• a origem
    explique quais são os argumentos das duas posições antagônicasantagônicasantagônicas explique quais são os argumentos das duas posições assumidas com relação ao ltrabalho : como tortura e como condição de humanização.em seguida, posicione-se sobre a questão. de tortura relacionado ao trabalho, dá...
    1948 Palavras 8 Páginas
  • Trabalho, alienação e consumo
    inteligente. Dê exemplos. 2) Em que sentido a diversidade cultural e um fato? 3) Como é possível, em uma dada cultura, conciliar tradição e ruptura? Explique e dê exemplos. 4) Segundo o jurista e filósofo Norberto Bobbio, "apenas a democracia permite a formação e a expansão das revoluções silenciosas...
    501 Palavras 3 Páginas
  • Trabalho
    Revendo o capítulo_________________________________________________ 1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e comocondição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Podemos dizer que o ser humano se faz...
    348 Palavras 2 Páginas
  • consumo
    | SIMON DIZ, “CLIQUE ABAIXO." Envie Revendo o capítulo_________________________________________________ 1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e comocondição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão...
    373 Palavras 2 Páginas
  • Filosofando , pagina 79.
    1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e comocondição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Podemos dizer que o ser humano se faz pelo trabalho, porque ao mesmotempo em que produz coisas torna-se humano...
    330 Palavras 2 Páginas
  • Trabalho
    Revendo o capítulo_________________________________________________ 1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Podemos dizer que o ser humano se faz...
    351 Palavras 2 Páginas
  • gfggddgd
    Revendo o capítulo_________________________________________________ 1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e comocondição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Podemos dizer que o ser humano se faz pelo...
    348 Palavras 2 Páginas
  • Atividade de Filosofia
    o capítulo 1. Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. 2. Distinga a concepção de trabalho na Antiguidade e na Idade Moderna. 3. Explique o que Marx entende...
    537 Palavras 3 Páginas
  • Natureza e cultura
    a diversidade cultural é um fato? Variam as formas de pensar, de agir, são diferentes as expressões artísticas e os modos de interpretação do mundo. 3) Como é possível uma dada cultura, conciliar tradição e ruptura? Explique e dê exemplos. Devido à individualidade de cada um diante das heranças...
    362 Palavras 2 Páginas
  • revendo o capitulo
    1- Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Confirmando esse sentido negativo, a própria palavra trabalhar deriva do latim tripaliare, que nomeava o tripálio...
    352 Palavras 2 Páginas
  • atividade do livro
    (pag.79) 1- Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. 2- Distinga a concepção de trabalho na Antiguidade e na Idade Moderna. 3- Explique o que Marx entende...
    559 Palavras 3 Páginas
  • fhytyy
    Nesse sentido, a liberdade humana não é dada, mas resulta da ação humanatransformadora. 3º) Explique o que Marx entende por fetichismo da mercador1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e comocondição de humanização. Em seguida...
    575 Palavras 3 Páginas
  • Trabalho, alienação e consumo
    1-Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre sua questão. R: Confirmando esse sentido negativo, a própria palavra trabalhar deriva do latim tripaliare, que nomeava o tripálio...
    401 Palavras 2 Páginas
  • em busca felicidae
    Revendo o capitulo: 1 Explique quais os argumentos das duas posições antagônicas assumidos com relação ao trabalho: como condições de humanização. Em segundo posicione-se sobre a questão. R: uma considera o trabalho como uma tortura, que o homem está condenado a vida toda á infelicidade. E quando...
    974 Palavras 4 Páginas
  • Filosofia - mito
    mundo e do homem por meio de deuses, semideuses e heróis. Pode-se dizer que o mito é uma primeira tentativa de explicar a realidade. 6) Quais são as diferenças entre Filosofia e mito? A explicação mítica é contrária à explicação filosófica. Segundo o texto de Marilena Chauí entre tantas...
    1553 Palavras 7 Páginas
  • Asdf
    1- Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Confirmando esse sentido negativo, a própria palavra trabalhar deriva do latim tripaliare, que nomeava o tripálio...
    1322 Palavras 6 Páginas
  • Trabalho, alienação e consumo
    Revendo o capítulo_________________________________________________ 1º) Explique quais são os argumentos das duas posições antagônicas assumidas com relação ao trabalho: como tortura e como condição de humanização. Em seguida, posicione-se sobre a questão. R: Podemos dizer que o ser humano se faz...
    1431 Palavras 6 Páginas
  • filosofia
    01 – Leia com atenção este texto do bispo São Gregório de Tours (século VI), que se dispôs a escrever uma históriados francos: “Os povos se enfureceram selvagemente; a fúria dos reis cresceu; igrejas for am assaltadas pelosheréticos e defendidas pelos católicos. No entanto, nesses tempos em que...
    1869 Palavras 8 Páginas
  • Educação e Trabalho
    as demais peças a percorrerem a fábrica enquanto os operários, distribuídos lateralmente ao longo dela, iam montando os veículos. Marque com X em duas características do modelo fordista de produção: ( ( ( ( ( ) A- Rotina de trabalho, controle do tempo, homogeneidade dos produtos. ) B - Homogeneização...
    2524 Palavras 11 Páginas
  • descobrindo afilosofia
    alienação e consumo Leitura obrigatória ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando – introdução à filosofia. São Paulo: Moderna, 2009, p. 66-79. 1 “Construção” de Chico Buarque Amou daquela vez como se fosse a última Beijou sua mulher como se fosse a...
    1670 Palavras 7 Páginas