Explique O Que Entendemos Por Objetividade Da Ciencia Em Seguida Dê Exemplos De Objetividade Cientifica A Partir De Seus Próprios Estudos As Diversas Ciencias artigos e trabalhos de pesquisa

  • Discurso sobre ciencias

    paradigmas em educação, a partir da concepção atual do que se entende por conhecimento, realidade e cidadania. Apresenta uma reflexão sobre paradigmas, discutindo seu significado na dimensão de Kuhn e nas tendências contemporâneas de educação. Identificando três eixos paradigmáticos, o estudo questiona o contexto histórico-social-cultural, com o qual a educação mantém estreita relação, o que levará a uma nova percepção da própria educação. Os eixos são os seguintes: a objetividade, mostrando a questão...

    9288  Palavras | 38  Páginas

  • ciencia e pesquisa

     Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul Campus Virtual Avaliação a Distância Disciplina: Ciência e Pesquisa Curso: Engenharia de Produção Professor: Alexandre de Medeiros Motta Nome do aluno: Graciela Nario Hoizman Data: 19/09/2013 Orientações: Procure o professor sempre que tiver dúvidas. Entregue a atividade no prazo estipulado. Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final. Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de...

    2227  Palavras | 9  Páginas

  • Introdução ao estudo das Ciências Sociais

    Capítulo 01 – Introdução ao estudo das Ciências Sociais As Ciências Sociais estudam as interações humanas e, assim, pode-se dizer que se preocupam com o comportamento humano. São ciências que se concentram na interpretação do mundo social por meio da objetividade garantida pela utilização do método científico. No contexto das ciências sociais, verificam-se divisões em campos especializados, tais como a Sociologia, a Antropologia e a Ciência Política, entre outros. A Sociologia, que surgiu no século...

    2370  Palavras | 10  Páginas

  • ciencia, tecnica e arte

    CAPITULO I CIÉNCIA, TÉCNICA E ARTE: O DESAFIO DA PESQUISA SOCIAL. Maria Cecília de Souza Minayo* . 1. CIÊNCIA E CIENTIFICIDADE Do ponto de vista antropológico, podemos dizer que sempre existiu preocupação do "homo sapiens" com o conhecimento da realidade. As tribos primitivas, através dos mitos, explicaram e explicam os fenômenos que cercam a vida e a morte, o lugar dos indivíduos na organização social, seus mecanismos de poder, controle e reprodução. Dentro de dimensões históricas imemoriais...

    5056  Palavras | 21  Páginas

  • Material de estudo Metodologia Cientifica

    MBA em Gestão de TI Palavra Digital Metodologia de Pesquisa Científica CLIQUEAQUIPARA VIRARAPÁGINA Pós -Graduação Palavra Digital MBA em Gestão de TI Disciplina Metodologia de Pesquisa Científica Coordenação do Curso Jeanne Dobgenski Autor André Glaser FICHA TÉCNICA Equipe de Gestão Editorial Flávia Mello Magrini Análise de Processos Juliana Cristina e Silva Flávia Lopes Revisão Textual Alexia Galvão Alves Giovana Valente Ferreira 2 Ingrid Favoretto Julio...

    27131  Palavras | 109  Páginas

  • Metodologia da Pesquisa Cientifica

    MBA em Gestão de TI Palavra Digital Metodologia de Pesquisa Científica CLIQUEAQUIPARA VIRARAPÁGINA Pós -Graduação Palavra Digital MBA em Gestão de TI Disciplina Metodologia de Pesquisa Científica Coordenação do Curso Jeanne Dobgenski Autor André Glaser FICHA TÉCNICA Equipe de Gestão Editorial Flávia Mello Magrini Análise de Processos Juliana Cristina e Silva Flávia Lopes Revisão Textual Alexia Galvão Alves Giovana Valente Ferreira 2 Ingrid Favoretto Julio...

    27131  Palavras | 109  Páginas

  • SENSO COMUM E A NECESSIDADE DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

    NECESSIDADE DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA Trabalho apresentado à disciplina de Metodologia da Construção do Conhecimento Científico I (MCCCI) do Curso de Bacharelado em Direito da Escola de Direito e Relações Internacionais das Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil. Orientação: Prof. Ms. Alexandre Godoy Dotta CURITIBA 2010 SUMÁRIO INTRODUÇÃO Neste trabalho irão constar informações importantes sobre o estudo dos fundamentos da metodologia científica, mais especificamente...

    6712  Palavras | 27  Páginas

  • A Psicologia como Ciencia

    Professor: Roberto José Nery Moraes Acadêmicos: Andre Miranda(201310990012),Brenno Binelly(201310990018), Breno Lacerda(201310990004), Cristiano Miranda(201310990032), Hyago Sampaio(201310990019). Data: 06/03/2014 Unidade I- A psicologia como ciência Descrever os pontos de vista dos filósofos gregos sobre a vida psíquica. Voltados para o mundo exterior, os primeiros filósofos não se interessavam em esclarecer os mistérios da alma humana. Estes apenas concebiam a alma como um sopro, como uma...

    11385  Palavras | 46  Páginas

  • A objetividade do conhecimento nas ciências sociais

    Max Weber e a objetividade do conhecimento nas ciências da cultura: um breve guia para o texto A ‘Objetividade’ do Conhecimento na Ciência Social e na Ciência Política (1904) Jean Henrique Costa* Resumo O presente artigo objetiva discutir o sentido da objetividade do conhecimento empírico-social na obra de Max Weber, especificamente no texto “A ‘Objetividade’ do Conhecimento na Ciência Social e na Ciência Política”, de 1904. Discute-se, no primeiro momento, a distinção entre conhecimento ...

    5484  Palavras | 22  Páginas

  • ciencia e cientificidade

    Ciência, técnica e arte: o desafio da pesquisa social. INTRODUÇAO O objetivo da pesquisa se da nas inquietações, no modo de compreensão que se da ao se realizar uma pesquisa. Este estudo se justifica em poder contribuir para identificar a iniciação a pesquisa e a contribuição com dados e reflexões que auxiliam a melhoria nas pesquisa relacionada a uma iniciação cientifica. DESENVOLVIMENTO Este trabalho defende o ponto de vista que sempre existiu a preocupação do homem com a realidade. Dentro...

    2895  Palavras | 12  Páginas

  • Trabalho Metodologia Cientifica

    Dê três exemplos de certezas do senso comum e sua refutação pelas ciências Três exemplos de certeza do senso comum “Se pegar a comida que caiu no chão em cinco segundos não faz mal” , a ciência já provou através de estudos que ao entrar em contato com o solo a comida instantaneamente se contamina. “Chupar manga e tomar leite faz mal” A ciência através de estudos já provou que ingerir estes dois alimentos, seja um de cada vez ou juntos, não faz mal e é nutritivo. “Se cortar o cabelo na lua crescente...

    1316  Palavras | 6  Páginas

  • Agostinho ramalho marques neto. a ciência do direito - conceito, objeto, método (2001)

    Agostinho Ramalho Marques Neto. A Ciência do Direito - Conceito, Objeto, Método (2001) “No domínio da ciência (...), cada um sabe que sua obra terá envelhecido daqui a dez, vinte ou cinquenta anos... É que toda obra científica “concluída” não tem outro sentido, a não ser o de fazer surgirem novas perguntas: ela pede, pois, para ser “ultrapassada”, e para envelhecer. Quem quer servir à ciência deve conformar-se com esta sorte.” (Max Weber) NOTA DO AUTOR “O texto deste livro foi originariamente...

    64602  Palavras | 259  Páginas

  • O estudo na sociedade humana

    Conteúdo: O Estudo da Sociedade Humana 1 – De que se ocupam as Ciências Sociais? Observando a sociedade, percebemos que as pessoas caminham, correm, dormem, respiram. Mas elas também cooperam umas com as outras no trabalho, recebem salário, descontam cheques, fazem reuniões para melhorar a produção, entram em greve, casam-se, estudam, divertem-se. Como vemos, as pessoas apresentam os mais variados comportamentos. Alguns desses comportamentos – como andar, respirar, dormir – são estritamente...

    1434  Palavras | 6  Páginas

  • Fasciculo Metodologia Cientifica

    METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Governo do Estado do Maranhão Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Desenvolvimento Tecnológico Universidade Estadual do Maranhão - UEMA Núcleo de Tecnologias para Educação - UemaNet Antonio Carlos Frasson Constantino Ribeiro de Oliveira Junior METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA São Luís 2010 Governadora do Estado do Maranhão Roseana Sarney Murad Reitor da uema Prof. José Augusto Silva Oliveira Edição: Universidade Estadual do...

    39814  Palavras | 160  Páginas

  • Introducao as ciencias sociais

    Ciencias Sociais As Ciências Sociais são um conjunto de disciplinas científicas que estudam os aspectos sociais das diversas realidades humanas. As Ciências Sociais nos ajudam a "limpar a lente" para enxergarmos melhor as diferentes realidades com que convivemos. Elas têm como objeto de estudo tudo o que diz respeito às culturas humanas, sua história, suas realizações, seus modos de vida e seus comportamentos individuais e sociais. Elas ajudam a identificar e compreender os diferentes grupos...

    4133  Palavras | 17  Páginas

  • FILOSOFIA, EPISTEMOLOGIA E PRÁTICA CIENTÍFICA:

    FEDERAL DO ABC Curso de Pós-Graduação em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática Dissertação de Mestrado Rafael Specian Gomes FILOSOFIA, EPISTEMOLOGIA E PRÁTICA CIENTÍFICA: Diálogos e interfaces Santo André - SP 2013 Curso de Pós-Graduação em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática Dissertação de Mestrado Rafael Specian Gomes FILOSOFIA, EPISTEMOLOGIA E PRÁTICA CIENTÍFICA: Diálogos e interfaces Trabalho apresentado como requisito parcial para ...

    42824  Palavras | 172  Páginas

  • METODOLOGIA CIENTÍFICA

    INTRODUÇÃO A finalidade deste trabalho é a exposição e a análise dos conceitos fundamentais em Metodologia Científica. 1. CIÊNCIA 1.1. Conceito Consiste no conhecimento exato e raciocinado de certas coisas determinadas: O conjunto dos conhecimentos humanos, baseados no estudo:Representa o conjunto de conhecimentos coordenados relativamente a determinado objeto; Estudo sistematizado. Tão antiga quanto a própria existência do homem é sua inquietude diante da percepção e da compreensão dos objetos...

    6253  Palavras | 26  Páginas

  • A pesquisa cientifica e suas fases pg:75

    Administrativo e Financeiro ♦ Samuel Soares Superintendente de Ensino, Pesquisa e Extensão ♦ Germano Tabacof Superintendente de Desenvolvimento e>> Planejamento Acadêmico ♦ Pedro Daltro Gusmão da Silva FTC - EaD Faculdade de Tecnologia e Ciências - Ensino a Distância ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ Coord. de Softwares e Sistemas ♦ Coord. de Telecomunicações e Hardware ♦ Coord. de Produção de Material Didático ♦ Diretor Geral Diretor Acadêmico Diretor de Tecnologia Diretor Administrativo e Financeiro ...

    32973  Palavras | 132  Páginas

  • MÉSZÁROS, István. Filosofia, Ideologia e Ciência Social.

    A anfibologia[1] da pretensão à objetividade nas ciências sociais. István Mészáros, em seu Filosofia, Ideologia e Ciência Social[2], estabelece um enfrentamento agudo contra as correntes em voga da sociologia que, sob uma pretensa defesa da objetividade científica, intentam rebaixar a produção teórica marxista a um corpo de idéias contaminado ideologicamente, sem valor científico maior, representando uma espécie de vício histórico da teoria social a qual é preciso neutralizar. Para esse objetivo...

    4113  Palavras | 17  Páginas

  • CIÊNCIA, METODOLOGIA E TRABALHO CIENTÍFICO

    CIÊNCIA, METODOLOGIA E TRABALHO CIENTÍFICO (ou Tentando escapar dos horrores metodológicos) Ruben Araujo de Mattos Este texto integra o material Caminhos para análise de políticas de saúde, produzido com apoio da Faperj, e disponibilizado no site www.ims.uerj.br/ccaps Para citá-lo, utilizar esta forma: MATTOS, R. A. Ciência, Metodologia e Trabalho Científico (ou Tentando escapar dos horrores metodológicos). In MATTOS, R. A.; BAPTISTA, T. W. F. (Orgs.) Caminhos para análise das políticas...

    14772  Palavras | 60  Páginas

  • Metodologia do estudo

    METODOLOGIA DO ESTUDO II - A DOCUMENTAÇÃO COMO MÉTODO DE ESTUDO PESSOAL O estudo e a aprendizagem, em qualquer área do conhecimento, são plenamente eficazes somente quando criam condições para uma contínua e progressiva assimilação pessoal dos conteúdos estudados. A assimilação,por sua vez,precisa ser qualitativa e inteligentemente seletiva,dada a complexidade e enorme diversidade das várias áreas do saber atual. Daí a grande dificuldade encontrada pelos estudantes, cada...

    2889  Palavras | 12  Páginas

  • artigo cientifico e ciencia

    A temática ciência constitui, na atualidade, um dos mais importantes debates intelectuais, tendo sido ampliada pelas mais diversas áreas afins. Além das contribuições pertinentes à filosofia, à ciência, à epistemologia, e à teoria do conhecimento, existe uma demanda ética-política-social que se tem presenciado na sociedade de forma impositiva.    Tal debate intelectual extrapola a questão restrita à compreensão da ciência “in loco”, ou seja, enquanto mera análise dos processos cognitivos e quesitos...

    12548  Palavras | 51  Páginas

  • CIÊNCIA: UMA TENTATIVA DE CONCEITUAR

    CIÊNCIA: UMA TENTATIVA DE CONCEITUAR Maria Célia da Silva Gonçalves* William José Ferreira** Resumo: O presente artigo, desenvolvido por meio de uma revisão bibliográfica, busca investigar a natureza do conhecimento científico, assim como a importância da epistemologia das ciências e suas filosofias. Partindo-se do principio de que para que um cientista possa ser respeitado ele precisa conhecer a história da ciência da qual se ocupa e refletir sobre sua filosofia, assim faz-se também...

    6813  Palavras | 28  Páginas

  • O mito da neutralidade científica

    INTRODUÇÃO O que é ciência? Talvez a ciência não possa nem ser definida. Em geral, é mais conceituada do que propriamente definida. Para o grande público, ciência é um conjunto de conhecimentos “puros” ou aplicados, produzidos por métodos rigorosos, comprovados e objetivos, fazendo-nos captar a realidade de em modo distinto da maneira como a filosofia, a arte, a política ou a mística a percebem. A verdadeira ciência seria um conhecimento independente dos sistemas sociais e econômicos. Seria um...

    3972  Palavras | 16  Páginas

  • Psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia. BOCK, A. M. B.; FURTADO, O.; TEIXEIRA, M. L. T. São Paulo: Saraiva, 2002.

    Psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia. São Paulo: Saraiva, 2002. Pág. 29 (Questões de 1 a 12) Pág. 44 (Questões 1, 2, 5, 7, 8 e 10 / Nº2 das atividades em grupo). Exercícios Página 29 (Questões de 1 a 12): 1. Qual a relação entre cotidiano e conhecimento científico? Dê um exemplo de uso cotidiano do conhecimento científico (em qualquer área). É no cotidiano que tudo flui, que as coisas acontecem, que nos sentimos vivos, que sentimos a realidade. Já a ciência é uma atividade eminentemente...

    1675  Palavras | 7  Páginas

  • NOVA CIÊNCIA E RACIONALISMO

    TRABALHO DE FILOSOFIA TEMA GERAL: NOVA CIÊNCIA E RACIONALISMO. *IDADE MODERNA: A REVALORIZAÇÃO DO SER HUMANO E DA NATUREZA E RENASCIMENTO. A partir do século XV, ocorreu uma série de transformações nas sociedades européias – o começo da construção de uma nova mentalidade. Entre essas transformações, podemos destacar: *A passagem do feudalismo para o capitalismo — florescimento do comércio, o estabelecimento das grandes rotas comerciais, o predomínio do capital comercial e a emergência da burguesia; ...

    2142  Palavras | 9  Páginas

  • Psicologia Científica

    e desenvolveu-se a Ciência. A ciência é considerada um conjunto de conhecimentos sobre aspectos da realidade, sendo esta, as características da realidade, o seu objeto de estudo, expresso por uma linguagem sucinta e com máxima exatidão. Descarta-se, reafirma, reformula, acrescenta-se sempre novos aspectos, e assim a ciência prossegue. Isso faz da ciência um processo contínuo. Pode-se ainda caracterizar um elemento fundamental da metodologia científica: a objetividade. A validade do conhecimento...

    3227  Palavras | 13  Páginas

  • Ciência e senso comum

    Odair; TEXEIRA, M. L.) RELATÓRIO DA OFINA I Relatório, apresentado à disciplina Metodologia Científica, do Curso de Psicologia da FSA, como requisito parcial para obtenção da segunda nota. PROFESSORA ORIENTADORA: Jeiel Lucena. TERESINA (PI) MARÇO, 2012 1 CIÊNCIA E SENSO COMUM Usamos o termo psicologia, no nosso cotidiano, com vários sentidos. Por exemplo, quando falamos no poder de persuasão do vendedor, dizemos que ele usa de “psicologia” para vender seu produto;...

    1711  Palavras | 7  Páginas

  • Ciências Sociais

    Texto 10 - A Antropologia Contemporânea 1- O que aconteceu com os grupos sociais que eram objetos de estudo da antropologia, que justifique a afirmação de que ela está perdendo seu objetivo? Os trabalhos da antropologia, são baseados na lógica do distanciamento entre pesquisador e pesquisado, distanciamento entre civilizações e culturas, distanciamento entre tempo e espaço entre outros. Porém a história e a crescente internacionalização do capitalismo estão promovendo o encurtamento dessa...

    1196  Palavras | 5  Páginas

  • Os princípios do cientificismo e sua influência sobre as ciências sociais

    princípios do cientificismo e sua influência sobre as Ciências Sociais. O cientificismo começou a ser elaborado no século XVIII. Desde que surgiu, o Cientificismo sempre foi uma atitude intelectual bastante difundida. Quem estabeleceu as primeiras bases ou os primeiros fundamentos epistemológicos para a teoria Cientificista do Conhecimento foi Kant. Japiassu, em seu texto diz: “Por “fundamentos epistemológicos do cientificismo”, entendemos, numa primeira aproximação, esse “fundo de saber”(“solo”...

    3567  Palavras | 15  Páginas

  • ciência política

    Ciências Políticas - é possível o conhecimento científico do fenômeno? No significado íntimo de ciência, a natureza conquista o seu maior espaço. Nessa interligação é que surgem as várias denominações de ciência. Mas no âmbito político, essa fusão de idéias era difícil de assimilar, pois, há a necessidade de criar-se um elo entre esses dois conceitos. O elo matricial se dá pelo “desenvolvimento da sociedade o qual está sujeito às leis que podem ser descobertas pela ciência, pelas ciências sociais...

    1045  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo para pfolio Antropologia

    Antropologia: Ciência estudo homem e a humanidade, abrangendo todas as suas áreas Antropologia biológica: Evolução das características humanas, genéticas, esqueletos etc Antropologia Pré-histórica: Estudo sobre as culturas do passado através de artefactos e objetos de civilizações desaparecidas, comparando as transformações e mudanças em relação as culturas atuais. Antropologia Linguísticas: Como o homem se expressa por meio da linguagem- fala, sinais sonoros, escritos audiovisuais, ou seja, toda...

    2858  Palavras | 12  Páginas

  • FICHAMENTO DO LIVRO “INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA SOCIOLOGIA”

    POSITIVISMO: UMA PRIMEIRA FORMA DE PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Introdução: cientificismo e organicismo O positivismo foi a primeira corrente a definir a especificidade do estudo científico da sociedade, distinguindo-se das outras ciências e adquirindo um espaço próprio à ciência da sociedade, sendo representada e sistematizada primeiramente pelo francês August Comte. Derivado do cientificismo baseou-se na interpretação da realidade através das leis naturais para substituir as explicações teológicas...

    6274  Palavras | 26  Páginas

  • Ciência e Conhecimento Científico

    Ciência e Conhecimento Científico O CONHECIMENTO CIENTÍFICO E OUTROS TIPOS DE CONHECIMENTO Ao se falar em conhecimento científico, o primeiro passo consiste em diferenciá-lo de outros tipos de conhecimento existentes. Para tal, analisemos uma situação histórica, que pode servir do exemplo. Desde a Antiguidade, até aos nossos dias, um camponês, mesmo iletrado e/ou desprovido de outros conhecimentos, sabe o momento certo da semeadura, a época da colheita, a necessidade...

    2725  Palavras | 11  Páginas

  • Estudos Filos Ficos E Sociol Gicos Apostila Completa

     Estudos Filosóficos e Sociológicos Agostinho Carlos Oliveira Estudos Filosóficos e Sociológicos Diretora Geral: Débora Guerra Diretor Acadêmico: Gustavo Hoffmann Vice Diretora Acadêmica: Samira Maria Araújo 2 Estudos Filosóficos e Sociológicos Todos os direitos em relação ao design deste material didático são reservados à FACEB. Todos os direitos quanto ao conteúdo deste material didático são...

    21840  Palavras | 88  Páginas

  • A necessária renovação do ensino de ciências

    Fichamento livro: A Necessária Renovação do Ensino das Ciências Cachapuz, A., Gil-Perez, D., Carvalho, A.M.P., Vilches, A. (org) São Paulo: Cortez, 2005 Introdução Este livro é uma sistematização das idéias do grupo, já apresentadas anteriormente (de maneira esparsa), que abordam a necessária renovação no Ensino de Ciências (EC). 1ª. parte 1- Aborda a necessidade de Educação Científica para todos os cidadãos (conceito de alfabetização científica) para tomada de decisões. (Nações Unidas instituiu a...

    4960  Palavras | 20  Páginas

  • Dificuldades metodológicas das ciências humanas

    Dificuldades metodológicas das ciências humanas Sabe-se que durante o século XVII as ciências naturais tiveram um grande impulso devido a sua metodologia, objeto, e resultados satisfatórios. Concomitante a isso, as ciências humanas estavam longe de ter objeto e métodos eficazes para obter resultados efetivos, assim, as ciências humanas perderiam seu status de cientificidade. De tal modo, acreditavam-se que as ciências humanas precisavam de um método rigoroso que lhes permitissem maior domínio...

    789  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo capítulo 2 de a construção das ciências

    Resumo: FOUREZ, Gerard. A construção das ciências In Reflexões epistemológicas. O método científico: a observação. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995. Págs. 37-61 O dito método crítico dialético “parte-se da maneira pela qual, espontaneamente, as pessoas se representam algo.” (pág.37) Em seguida, usa-se de um diferente ponto de vista, negando o primeiro, para que, finalmente, uma síntese seja criada, resultando, assim, em uma nova maneira de ver. Entretanto, não se caracteriza...

    1572  Palavras | 7  Páginas

  • Ciências sociais

    Regime e a ascensão da burguesia. Rompeu com sua condição nobilitaria aos 40 anos, pregando o fim absoluto dos resquícios da sociedade feudal, no momento em que vivia intensa inquietação intelectual motivada por seu encontro com a racionalidade cientifica. Seu pensamento, que foi influenciado pelas idéias revolucionárias burguesas e pelo aparato teórico desenvolvido pelos filósofos iluministas, pode ser considerado como um ponto de partida de duas formas opostas de compreensão da sociedade: a positivista...

    7690  Palavras | 31  Páginas

  • ESTUDO SOBRE A RELAÇÃO DA COGNIÇÃO E EMOÇÃO NA CONSTRUÇÃO DO SABER CIENTÍFICO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

    DO AMAZONAS ESCOLA NORMAL SUPERIOR CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA ESTUDO SOBRE A RELAÇÃO DA COGNIÇÃO E EMOÇÃO NA CONSTRUÇÃO DO SABER CIENTÍFICO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL ACADÊMICA: THAIANY GUEDES DA SILVA PROFESSOR ORIENTADOR: Dr. EVANDRO GHEDIN MANAUS-AM 2011 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS ESCOLA NORMAL SUPERIOR CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA THAIANY GUEDES DA SILVA ESTUDO SOBRE A RELAÇÃO DA COGNIÇÃO E EMOÇÃO NA CONSTRUÇÃO DO SABER CIENTÍFICO NOS...

    24523  Palavras | 99  Páginas

  • Sociedade e conhecimento: novas tecnologias e desafios para a produção de conhecimento nas ciências sociais

    SOCIEDADE E CONHECIMENTO: novas tecnologias e desafios para a produção de conhecimento nas Ciências Sociais Maíra Baumgarten* Alex Niche Teixeira** Gilson Lima*** Resumo: Este artigo debate algumas questões ligadas às relações entre sociedade e conhecimento, abordando as temáticas da sociedade da informação e da interdisciplinaridade (redes), associadas aos avanços nas tecnologias de informação e comunicação. A partir dessas relações são discutidos, especificamente, o desenvolvimento de metodologias informacionais...

    9339  Palavras | 38  Páginas

  • CIÊNCIA E SENSO COMUM

    as psicologias  CIÊNCIA  E  SENSO COMUM  Quantas vezes, no nosso dia-a-dia, ouvimos o termo psicologia?  Qualquer um entende um pouco dela. Poderíamos até mesmo dizer que  “de psicólogo e de louco todo mundo tem um pouco”. O dito popular não  é bem este (“de médico e de louco todo mundo tem um pouco”), mas  parece servir aqui perfeitamente. As pessoas em geral têm a “sua  psicologia”.  Usamos o termo psicologia, no nosso cotidiano, com vários  sentidos. Por exemplo, quando falamos...

    19873  Palavras | 80  Páginas

  • Ciencias sociais aula tema 1

    Questões para Acompanhamento da Aprendizagem Aula-tema 1 Question 1 A Sociologia é a ciência voltada à análise das relações e interações humanas, por meio do estudo sistemático do comportamento social e dos grupos humanos. Sobre a Sociologia é possível dizer que: I) A Sociologia, como disciplina científica, nasceu no século XIX, contudo, pode-se dizer que ainda é uma disciplina que está em processo de formação. II) Auguste Comte foi o primeiro a utilizar o termo Sociologia e o fez para substituir...

    1434  Palavras | 6  Páginas

  • Compreendendo o texto de divulgação científica

    – PDE 2008 COMPREENDENDO O TEXTO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA Francismara Aparecida Faria Pires Língua Portuguesa – NRE: Apucarana Orientador: Prof. Dr. Sérgio Paulo Adolfo COMPREENDENDO O TEXTO DE DIVULGAÇÃOCIENTÍFICA Francismara Aparecida Faria PIRES (Universidade Estadual de Londrina – UEL) RESUMO: Este trabalho foi pautado na busca de recursos/estratégias capazes de favorecer a capacidade de interpretação do texto de divulgação científica pelos alunos. Cabe esclarecer que partimos do princípio...

    6471  Palavras | 26  Páginas

  • Objetividade e subjetividade no conhecimento histórico: a oposição entre os paradigmas positivista e historicista

    Objetividade e subjetividade no conhecimento histórico: a oposição entre os paradigmas positivista e historicista José D’Assunção Barros Doutor em História (Universidade Federal Fluminense - UFF) Professor Adjunto da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) Resumo: Este artigo objetiva discutir questões referentes à relação entre Objetividade e Subjetividade na operação historiográfica, examinando os paradigmas Positivista e Historicista, de modo a desenvolver uma análise ...

    13864  Palavras | 56  Páginas

  • As Ciências Humanas José Teodoro Jr

     AS CIÊNCIAS HUMANAS José de Souza Teodoro Pereira Júnior In LEMOS FILHO, Arnaldo et alii. Sociologia Geral e do Direito. 2ªedição.Campinas:Ed.Alínea,2005 MITO E CIÊNCIA Na antiguidade, durante a fase tribal dos povos gregos, histórias mitológicas eram narradas de geração em geração, não só como forma de fortalecer sua identidade cultural perante os demais povos da época, mas sobretudo como modo de expressar sua concepção de mundo (cosmovisão), de sociedade, de economia etc. Boa parte dessa...

    7331  Palavras | 30  Páginas

  • A lógica das ciências sociais (livro completo)

    LOGICR DflS CIÊNCIAS SOCIRIS. R 006008 748634 EDIÇÕES T E M P O BRASILEIRO o C L Á U D I O S O U T O / Introdução no Direito como ciência social J O S É G U I L H E R M E M E R Q U I O R / A Estética d e Lévi-Strauss MARTIN HEIDEGGER / Introdução à Metafísica o © ® R O B E R T O C A R D O S O D E O L I V E I R A / Sociologia d o Brasil indígena A POLÊMICA A L E N C A R - N A B U C O a p r e s e n t a ç ã o de A F R A N I O C o u t i N H o ) (Organização e o » M A R C...

    21187  Palavras | 85  Páginas

  • filosofia, ciencia e politica

    sequência que achar melhor. SOBRE CIÊNCIA: Definição: é um conjunto de práticas, que se baseia no método científico para adquirir conhecimento. [Seria legal se você falasse isso]: “não é à toa que a etimologia da palavra ciência, do latim, significa conhecimento”. Objetivo 1: entender, de modo racional, como o universo e a natureza das coisas funcionam – é por isso que o método científico é utilizado (já que ele é um conjunto de regras que conduzem o processo de fazer ciência, possibilitando que outras...

    1468  Palavras | 6  Páginas

  • A objetividade do conhecimento

    A OBJETIVIDADE DO CONHECIMENTO Na investigação de um tema, um cientista é inspirado por seus próprios valores e ideais, que têm um caráter sagrado para ele, nos quais está disposto a lutar. Por isso, deve estar capacitado a estabelecer uma “distinção entre reconhecer e julgar, e a cumprir tanto o dever científico de ver a verdade dos fatos, como o dever prático de defender” os próprios valores, que devem ser obrigatoriamente expostos e jamais disfarçados de “ciência social” ou da “ordem racional...

    1491  Palavras | 6  Páginas

  • Introdução à Psicologia (ciência, senso comum, objetos e objetivos da Psicologia)

    que cada um deles abrange? Ciência e Senso Comum Quantas vezes, no nosso dia-a-dia, ouvimos o termo psicologia? Qualquer um entende um pouco dela. Poderíamos até mesmo dizer que “de psicólogo e de louco todo mundo tem um pouco”. O dito popular não é bem este (“de médico e de louco todo mundo tem um pouco”), mas parece servir aqui perfeitamente. As pessoas em geral têm a “sua psicologia”. Usamos o termo psicologia, no nosso cotidiano, com vários sentidos. Por exemplo, quando falamos do poder de...

    9907  Palavras | 40  Páginas

  • Metodologia do cientifica

    dos alunos das escolas municipais. Paralelamente, iniciei minha atividade de músico profissional. Em 1992 ingressei na Rede Estadual de Educação através de concurso. Comecei a trabalhar como Supervisor Educacional no Ensino Fundamental e Médio. A partir dessa época, passei a me dedicar inteiramente ao ensino público. Em 1994 prestei concurso para a Universidade Federal do Amazonas, sendo aprovado para o Departamento de Métodos e Técnicas, do qual faço parte até o presente momento. Nesse período...

    47421  Palavras | 190  Páginas

  • metodologia cientifica

     ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM – AA – CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS Questão 1- Na Unidade I, “A pesquisa e seus instrumentos”, você estudou que a ciência é classificada como uma forma de conhecimentoobjetivo, racional, sistemático, geral, verificável e falível, conforme (GIL, 1999, p. 20-21). Sobre as características desses conhecimentos, relacione o conceito da coluna da direita com sua definição na coluna da esquerda e, a seguir, marque a alternativa que corresponde à sequência...

    3530  Palavras | 15  Páginas

  • Aula tema 1 - ciências sociais

    acessou como RAUL GIRALDINI SAIR Graduação GRACS_20122 Questionários Revisão da tentativa 2 Ciências Sociais Questões para Acompanhamento da Aprendizagem Revisão da tentativa 2 Terminar revisão Iniciado em Com pletado em Tem po em pregado terça, 18 setembro 2012, 00:08 terça, 18 setembro 2012, 00:17 9 minutos 2 segundos 5/6 Aulas: Aula-tem a 1: Introdução ao estudo das Ciências Sociais Aula-tem a 2: Cultura Aula-tem a 3: O Indivíduo e a Sociedade Aula-tem a 4: As Interações Sociais...

    1912  Palavras | 8  Páginas

  • A cientificidade das ciências humanas

    Gonçalves A Cientificidade das Ciências Humanas em Hilton Japiassu Desde do surgimento das ciências humanas, há o debate em torno de sua cientificidade, o presente trabalho pretende analisar a cientificidade das ciências humanas segundo Hilton Japiassu. As ciências ditas humanas surgiram depois das ciências matemáticas e naturais que definiram as ideias de cientificidade e a origem foi no período que prevalecia a concepção empirista. Com o surgimento das ciências humanas, surgi consequentemente...

    1598  Palavras | 7  Páginas

  • ciencias sociais

    A Sociologia é a ciência voltada à análise das relações e interações humanas, por meio do estudo sistemático do comportamento social e dos grupos humanos. Sobre a Sociologia é possível dizer que: I) A Sociologia, como disciplina científica, nasceu no século XIX, contudo, pode-se dizer que ainda é uma disciplina que está em processo de formação. II) Auguste Comte foi o primeiro a utilizar o termo Sociologia e o fez para substituir a expressão Física Social. Suas explicações sociais estavam fundamentadas...

    1779  Palavras | 8  Páginas

  • Questões resolvidas AVA Ciências Sociais Aula 1

    A Sociologia é a ciência voltada à análise das relações e interações humanas, por meio do estudo sistemático do comportamento social e dos grupos humanos. Sobre a Sociologia é possível dizer que: I) A Sociologia, como disciplina científica, nasceu no século XIX, contudo, pode-se dizer que ainda é uma disciplina que está em processo de formação. II) Auguste Comte foi o primeiro a utilizar o termo Sociologia e o fez para substituir a expressão Física Social. Suas explicações sociais estavam fundamentadas...

    1917  Palavras | 8  Páginas

  • Exemplo de resenha

    Exemplo de resenhai ALVES-MAZZOTTI, Alda J.; GEWANDSZNAJDER, Fernando. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. 2. ed. São Paulo, Pioneira, 1999. 203 p. 1. CREDENCIAIS DO AUTOR Alda Judith Alves Mazzotti é bacharel licenciada em Pedagogia, bacharel em Psicologia, Psicóloga, mestre em Educação, doutora em Psicologia da Educação, professora titular de Psicologia da Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e leciona a disciplina...

    2903  Palavras | 12  Páginas

  • Resenha Crítica: O método nas ciências naturais e sociais.

    Alda J.; GEWANDSZNAJDER, Fernando. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. 2. ed. São Paulo, Pioneira, 1999. 203 p.   2  RESUMO DA OBRA O livro é constituído de duas partes, cada uma delas sob a responsabilidade de um autor, traduzindo sua experiência e fundamentação sobre o método científico, em abordagens que se complementam. Na primeira parte, GEWANDSZNAJDER discute, em quatro capítulos, o método nas ciências naturais, apresentando conceitos básicos como...

    3158  Palavras | 13  Páginas

  • Metodologia cientifica

    4.5. Estudo de caso 2.4.6. Pesquisa expost-facto 2.4.7. Pesquisa-ação 2.4.8. Pesquisa participante 3. O planejamento da pesquisa 1 3.1. Existência de uma pergunta, fase decisória 3.2. Construção de um plano de pesquisa, fase construtiva 3.3. Organização de idéias, fase redacional 4. Considerações finais 4.1. Organização de etapas previamente dispostos 2 Resumos Informativos DEMO, PEDRO. Elementos da metodologia dialética. In: ______. Introdução à Metodologia Científica. São...

    3896  Palavras | 16  Páginas

  • Exemplo de resenha

    RESENHA CRÍTICA LUCKESI, Cipriano. Fazer Universidade: uma proposta metodológica. 16.ed. São Paulo: Cortez, 2010   1 CREDENCIAIS DOS AUTORES Cipriano Carlos Luckesi é bacharel licenciada em Filosofia, bacharel em teologia, mestre em Ciências Sociais, doutor em educação: Historia, Política e Sociedade, professor pós-aposentado da Universidade da Bahia e leciona a disciplina de Metodologia do trabalho científico e de Pesquisa em cursos de graduação e pós-graduação desde 1976. Mais Obras:           LUCKESI...

    2107  Palavras | 9  Páginas

tracking img