• ditadura
    norte da África de uma onda de democratização como a que atravessou a Europa e a América Latina nas décadas de 1970-1980. Latino-americanos compartilham com árabes desafios sócio-econômicos, mas partem de experiências distintas com relação à natureza de seus regimes autoritários. As Ditaduras na...
    511 Palavras 3 Páginas
  • RESENHA CRÍTICA: A AMÉRICA LATINA E OS MOVIMENTOS DE DISSENSO NOS EUA - Cecília Azevedo
    estadunidenses liberais e de esquerda relacionadas à América Latina, entre as décadas de 1960 e 1980. Além de apresentar uma série de organizações dedicadas aos direitos humanos e ao pacifismo na década de 1970 e ao apoio aos refugiados da América Central, em 1980. “A América Latina e os...
    2160 Palavras 9 Páginas
  • Socialismo
    nascimento, mas que se tornara um dos principais dirigentes da revolução, era favorável à segunda solução. Entretanto, não havia unanimidade. De qualquer modo, Cuba não tinha como renunciar a sua liderança continental, visto que exercia uma grande influência sobre as esquerdas na América Latina. E...
    605 Palavras 3 Páginas
  • O futuro da democracia na América Latina
    associar ambas as coisas agora que a esquerda está novamente no poder. Porque a democracia na America latina elege tantos presidentes autoritários O problema é que os ideais de esquerda por mais bem intencionados muitas vezes levaram à ditaduras, repressão e totalitarismo e não fecharam a brecha...
    4009 Palavras 17 Páginas
  • A revolução cubana
    . Entretanto, não havia unanimidade. De qualquer modo, Cuba não tinha como renunciar a sua liderança continental, visto que exercia uma grande influência sobre as esquerdas na América Latina. E, como as esquerdas latino-americanas eram seu único ponto de apoio no continente, seria um suicídio...
    2294 Palavras 10 Páginas
  • Guerra Fria
    América Latina. A ditadura militar, consequência direta da Guerra Fria, teve um nítido impacto negativo na vida cultural. Durante duas décadas, o governo censurou a imprensa, a literatura e as artes de um modo geral. Experiências inovadoras, como o Tropicalismo, e o talento de artistas como Chico Buarque...
    423 Palavras 2 Páginas
  • Cancer
    Colégio Cenecista Monsenhor Antônio de Souza Gens Trabalho de Sociologia e Filosofia Câncer em Líderes de Esquerda da América Latina Trabalho apresentando a Professora Gagati da (s) Disciplina (s) Sociologia e Filosofia 1° Ano B Ensino Médio...
    1615 Palavras 7 Páginas
  • História
    Introdução A América Latina foi tratada durante muito tempo como o quintal dos Estados Unidos. Sendo assim houve uma manipulação dos governos da América Latina que tiveram como justificativa o perigo vermelho. Os militares estiveram presentes em vários países impondo seu autoritarismo. Durante a...
    2737 Palavras 11 Páginas
  • 036295332771
    construção de uma sociedade mais justa no continente passa por uma superação necessária na própria esquerda de uma visão eurocêntrica. A obra de Aníbal Quijano, intitulada colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina, apresenta a idéia de raça como um dos eixos fundamentais do novo padrão...
    498 Palavras 2 Páginas
  • Revolução Cubana, interferência americana
     Não se pode, hoje, falar de ditaduras civis-militares na América latina sem associa-las a experiência cubana de revolução social. A revolução cubana foi de forte impacto na conjuntura internacional da guerra fria, pois, se tratava de uma pequena ilha situada na América central, que vivia sobre...
    847 Palavras 4 Páginas
  • Sociologia
    , das quais sai vitoriosa Violeta Chamorro, pondo fim a este período conturbado da história nicaraguense. NO PLANO INTERNACIONAL A Nicarágua passou a ser exemplo para a luta internacional da esquerda na América Latina; A URSS (União Soviética) retirou o apoio, em função de acordos com...
    4216 Palavras 17 Páginas
  • Educador
    a America latina. A tese do autor analisa a ideia de contra-hegemonia e de emancipações como experiência histórica da luta social e das transformações sociais num âmbito dos horizontes dos processos revolucionários relacionados á realidade latino americana. Na percepção do aumento das lutas...
    2483 Palavras 10 Páginas
  • Ilet - Instituto latino-americano de estudos transnacionais
    história girou para a esquerda. Se na Europa, o Maio de 68, aponta este giro, na América Latina, primeiro é para Cuba, depois para o Chile que os olhares se dirigem. Girar para a esquerda na América Latina significava dirigir-se ao socialismo. O primeiro obstáculo à concretização do sonho socialista...
    1168 Palavras 5 Páginas
  • Revolução chilena
    Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB Departamento de História Revoluções na América Latina Caso Chileno – Allende (1970-1973) Ana Carla de Araújo Portela Carlos Jonatas dos Santos Andrade Cláudia Rosa de Jesus Carvalho Sandra Mara Andrade Vasconcelos...
    3492 Palavras 14 Páginas
  • Cultura brasileira e participação democrática
    enraizamento social com a experiência das CEBs. O comunitarismo cristão enraizou-se a vida popular por intermédio de 70 mil CEBs, que organizavam cerda de 2 milhões de ativistas cristões, agindo dos anos 1960 até os anos 1990. O nacional-desenvolvimentismo Nenhum outro país da América latina viveu no...
    882 Palavras 4 Páginas
  • Pensando a revolução cubana
    atritos envolvendo estas duas partes – Estados Unidos e América Latina – existiam de longa data. Apesar da breve experiência norte-americana no desenvolvimento de um relacionamento mais amistoso com o restante do extremo ocidente – denominado de Política de Boa Vizinhança –, de fato, como considera Lars...
    11208 Palavras 45 Páginas
  • Artigo
    esse governo as seguintes características: desacreditar a vitória da Unidade Popular nas eleições chilenas de 1970. Associar a governo de Allende ao governo socialista cubano. Veja também sugere negatividade ao questionar o avanço da esquerda na América Latina, refletindo sintomas da Guerra Fria. A...
    4477 Palavras 18 Páginas
  • A Contribuição de Estados Unidos e Cuba para a
    Unidos e Cuba, na desestruturação do governo socialista chileno, encabeçado por Salvador Allende. Os Estados Unidos vivenciavam a Guerra Fria. A ascensão de um governo socialista na América Latina, área de influência política e econômica dos EUA, representava uma ameaça ao seu poder. Na...
    3348 Palavras 14 Páginas
  • Resenha: o continente do labor
    contextualizam, em cada país da América Latina, os movimentos e conflitos de esquerda e a criação das centrais sindicais, destacando o campo de ação e as contradições, os enfrentamentos, avanços e retrocessos, conciliações e desmembramentos, os objetivos postos, no sentido de compreendermos as condições...
    3172 Palavras 13 Páginas
  • cultura geral
    de Batista. Isto foi possível devido à situação concreta que existia em Cuba e em outros países da América Central e Caribe. Não foi possível que o Che repetisse com êxito a experiência da revolução em outros países da América Latina onde existiam condições diferentes, concretamente uma população...
    3672 Palavras 15 Páginas