Expansão Maritima Portuguesa artigos e trabalhos de pesquisa

  • expansao maritima comercial portuguesa

    Expansão Marítima Comercial Portuguesa Nome: Gustavo Rodrigues, Daniel Paião, Cauã P. Castro Série: 7° ano A2 Após a deflagração da Revolução de Avis, Portugal passou por um processo de mudanças onde a nacionalização dos impostos, leis e exércitos favoreceram a ascendência das atividades comerciais de sua burguesia mercantil. A prosperidade material alcançada por meio desse conjunto de medidas ofereceu condições para o investimento em novas empreitadas mercantis...

    513  Palavras | 3  Páginas

  • A expansão marítima

    A EXPANSÃO MARÍTIMA | PRECEDENTES * A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. * Através das Grandes Navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa. * O contato comercial entre todas as partes do mundo (Europa, Ásia, África e América ) torna possível uma história em escala mundial, favorecendo uma...

    1019  Palavras | 5  Páginas

  • A expansão maritima

    ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO JACARAÍPE Emanuele A expansão marítima SERRA 2013 Emanuele A expansão marítima Trabalho apresentado à EEEFM Jacaraípe, como requisito parcial de avaliação na disciplina de História, ministrada pela professora ... SERRA 2013 1- Introdução Durante os séculos XV e XVI, os europeus, principalmente portugueses e espanhóis...

    2324  Palavras | 10  Páginas

  • Expansão Marítima

     Pedro Antônio Ribeiro Teixeira TRABALHO DE HISTÓRIA – EXPANSÃO MARÍTIMA 19 de Fevereiro de 2014 BRUMADINHO – MG SUMÁRIO: 1. Introdução.................................................................3 2. Expansão Marítima....................................................4 2.1 O comércio com o Oriente......................................4 2.2 O desenvolvimento técnico....................................4 2.3 A mudança do Eixo Econômico...

    4496  Palavras | 18  Páginas

  • Expansão Marítima

    As Expansões Marítimas  eram caras e nenhum comerciante rico era capaz de se embrenhar pelos mares sem recursos do rei. A figura do monarca era essencial para este empreendimento, pois ele conseguia captar recursos públicos de toda a nação para investir em embarcações mais resistentes. Foram criadas as primeiras bússolas e astrolábios para que os embarcadores pudessem se orientar. Um importante avanço foi o surgimento da primeira caravela, que tornava possível longas viagens marítimas. A primeira...

    1431  Palavras | 6  Páginas

  • Expansão marítima

    Resumo Tão logo completou a sua centralização monárquica, em 1492, a Espanha inicia as Grandes Navegações Marítimas. Os Reis Católicos (Fernando e Isabel) cederam ao navegador Cristóvão Colombo três caravelas. Com elas, Colombo pretendia chegar às Índias, navegando na direção do oeste. Ao aportar nas Antilhas, ele chega em Cuba, El Salvador e Santo Domingo acreditando ter chegado ao arquipélago do Japão. Com a entrada da Espanha no ciclo das grandes navegações, criou-se uma polêmica entre esta...

    1658  Palavras | 7  Páginas

  • Expansão maritima

    central, seria possível a ampliação de mercados comerciais. 2. EXPANSÃO MARÍTIMA EUROPÉIA A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. Através das Grandes Navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa. O contato comercial entre todas...

    1108  Palavras | 5  Páginas

  • A expansão marítima

    A expansão marítima Européia A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. Através das Grandes Navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa. O contato comercial entre todas as partes do mundo (Europa, Ásia, África e América ) torna possível uma história em escala mundial, favorecendo uma ampliação dos conhecimento...

    960  Palavras | 4  Páginas

  • O sentido da expansão portuguesa no mundo (séculos xv-xviii)

    Luís Filipe Barreto, autor do texto O sentido da expansão portuguesa no mundo (séculos XV-XVIII), elabora uma exposição sobre as movimentações marítimas de Portugal compreendendo três séculos de história além-mar. Considero, em traços largos, que no texto é delineada uma prespectiva sobre a localização de Portugal na europa, bem como a sua posição privilegiada e as relações internacionais. Foi a partir dos seculos XVI e XVI que o mundo começou a viver uma revolução espacial e ao longo dos seculos...

    1036  Palavras | 5  Páginas

  • A expansão maritima

    ------------------------------------------------- A Expansão Maritima A expansão marítima portuguesa teve seu marco inaugural com a conquista de Ceuta, cidade do Norte da África, muito importante do ponto de vista comercial, pois lá se negociavam os mais diversos tipos de mercadorias: seda, marfim, ouro e escravos. Além do interesse comercial, esta primeira etapa da expansão marítima significa também o desdobramento da reconquista cristã, pois ajudou a libertar a navegação comercial europeia...

    695  Palavras | 3  Páginas

  • Expançao Maritima

    LISTA DE EXERCÍCIOS – EXPANSÃO MARÍTIMA Prof. Fernando 1. (Fuvest) Observe o mapa e explique: a) Por que não estão representados todos os continentes? b) Quais os conhecimentos necessários na época, final do século 15, para se confeccionar um mapa com essas características? 2. (Uerj) Mar Português Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos, quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses...

    1773  Palavras | 8  Páginas

  • Expansão Marítima Portuguesa

    Expansão Marítima Portuguesa A expansão marítima Portuguesa pelos oceanos não foi motivada apenas por fatores econômicos, havia razões religiosas, políticas e sociais. Faoro (2000), a posição geográfica estratégica favorecia a ligação entre o Mar Mediterrâneo e o norte da Europa. Os fatores que mais contribuíram para o pioneirismo de Portugal foram: a posição geográfica que Portugal ocupava na Península Ibérica e uma larga faixa costeira voltada para o Oceano Atlântico. Segundo Boxer, 2002...

    648  Palavras | 3  Páginas

  • A expansão ultramarina e a colonização da américa portuguesa

    A expansão Ultramarina e a colonização da América Portuguesa CAPÍTULO I _ Uma introduçào à história de Portugal 1) Considerando que a histografia admite distintas interpretações de um mesmo acontecimento, faça uma análise do texto abaixo sobre ascenção de D. João ao trono português em 1385. O historiador Fernão Lopes retrata as questões sociais vivenciadas na época, a revolução Portuguesa para ele era como se fosse, o inicio de uma nova historia , como se ressurgisse um povo cheio de espectativa...

    3946  Palavras | 16  Páginas

  • Expansão Marítima Européia

    EXPANSÃO MARÍTIMA EUROPÉIA Causas Catequese: a Igreja Católica desejava conquistar novos fieis para compensar as perdas na Europa. Tecnologias: alguns inventos, como bússola, astrolábio e a caravela tornavam as viagens mais seguras. Motivos que levaram às Grandes Navegações: Falta de alimento para abastecer as cidades. A produção artesanal nas cidades era alta e não encontrava consumidores na zona rural. Falta de moedas. Encarecimento das especiarias. Conversão ao cristianismo. Rotas das...

    1391  Palavras | 6  Páginas

  • Expansao comercial Maritima Europeia

    Expansao comercial Maritima Europeia O renascimento comercial fez o mar mediterrâneo como cenário principal das atividades entre Europa, Africa e Asia. Se desenvolveram rotas marítimas pelas quais chegavam produtos até a Europa, como tapetes, perfumes, porcelanas e especiarias como pimenta, gengibre, cravo e canela, que eram usados para conservação de alimentos. Esses produtos vinham da India, China, Arabia e Japao, pelas principais rotas: Mediterraneo Oriental, Constantinopoles e Alexandria a...

    816  Palavras | 4  Páginas

  • expanção marítima portuguesa

    trabalho abordará sobre as Grandes Navegações, também conhecido como Expansão Marítima. Também poderemos observar um pouco sobre a civilização dos Astecas, Maias e Incas. As Grandes navegações foi um movimento que ocorreu Europa, a partir do século XV, quando países europeu-liderados por Portugal, Holanda, França, Inglaterra e Espanha- lançaram-se na conquista dos mares. Expansão Marítima Portuguesa Portugal foi o primeiro país a empreender as Grandes Navegações...

    3234  Palavras | 13  Páginas

  • Expanção Marítima

    A EXPANSÃO MARÍTIMA EUROPÉIA A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. Através das Grandes Navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa. O contato comercial entre todas as partes do mundo (Europa, Ásia, África e América ) torna possível uma história em escala mundial, favorecendo uma ampliação dos conhecimento...

    1126  Palavras | 5  Páginas

  • Causas da Expansão Maritima Comercial

    causas da expansao maritima EXPANSÃO MARÍTIMA COMERCIAL EUROPÉIA Desde cedo aprendemos em casa ou na escola que o Brasil foi descoberto em 22 de Abril de 1500 por navegadores portugueses comandados por Pedro Alvares Cabral. Mais do que os ventos que empurravam as caravelas para o além mar, a mola propulsora ( causas) da expansão marítima européia dos séculos XV e XVI foi: · a necessidade de romper o limites do comércio europeu e expandir mercados para aumentar os lucros. Na Baixa Idade Média a...

    657  Palavras | 3  Páginas

  • Expansão Maritima/Grandes Navegações

    Expansão Marítima/Grandes Navegações No século XV, início da Idade Moderna, a Europa via sua economia cada vez mais comprometida com a queda de consumo dos bens produzidos na zona rural e agrícola. O mercado interno europeu passava por sérias complicações. Para abastecer o consumo, muitas vezes tinha que exportar produtos que vinham do Oriente, como especiarias, objetos raros e pedras preciosas. Entretanto, para comprar este material os europeus tinham que negociar com os mercadores árabes,...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento - as causas da expansão marítima e a chegada dos portugueses ao brasil , história do brasil - bóris fausto

    FICHAMENTO IDENTIFICAÇÃO DA FICHA Páginas 17 a 33 Livro As causas da expansão marítima e a chegada dos portugueses ao Brasil Expansão, descobrimento, economia. IDENTIFICAÇÃO DA BASE FAUSTO, Boris. As Causas da Expansão Marítima e a Chegada dos Portugueses ao Brasil, São Paulo: Edusp, 10ª edição, 2010. pp. 9 – 18. 1ª edição - 1994 1ª edição 1994 IDENTIFICAÇÃO DA PARTE FAUSTO, Boris, História do Brasil / Boris Fausto. - 10. ed. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2002...

    1581  Palavras | 7  Páginas

  • A expansão européia

    A Expansão Europeia O final da idade média foi difícil para os europeus, a população diminuiu significativamente e a retomada da atividade comercial se fez de forma lenta. A oferta de moeda se limitava cada vez mais na Europa, pois os metais preciosos eram desviados para o oriente, a falta de moeda prejudicou ainda mais o comércio. Esses fatores acabaram por forçar a burguesia europeia a buscar novas alternativas para expandir o comércio. A saída foi a navegação atlântica. Teve origem assim o processo...

    607  Palavras | 3  Páginas

  • Expansão Marítima Europeia

    Recuperação de História 1)Quanto à expansão marítima europeia responder o que se pede: a) Comentar a respeito das condições que favoreceram o pioneirismo de Portugal. Um dos pontos que primeiramente diferencia o caso português está relacionado ao processo de formação de sua monarquia nacional. Ao contrário dos longos e desgastantes conflitos que marcam a grande maioria dos processos de formação das monarquias nacionais, Portugal formou um estado centralizado em um relativo curto período de tempo...

    693  Palavras | 3  Páginas

  • Expansaes maritimas

    Expansão Marítima Européia A expansão marítima européia foi um dos maiores feitos realizados pela humanidade, a partir dos séculos XV e XVII sob a liderança de portugueses e espanhóis, os europeus começam um processo de intensa globalização, a chamada Expansão Marítima que contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. Este fato também ficou conhecido como as Grandes Navegações e tinha como principais objetivos: a obtenção de riquezas (atividades comerciais) tanto pela...

    3984  Palavras | 16  Páginas

  • Expansão ultramarina européia

    A expansão Ultramarina Européia dos séculos XV e XVI. A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV.Através das Grandes Navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa.O contato comercial entre todas as partes do mundo (Europa, Ásia, África e América ) torna possível uma história em escala mundial, favorecendo uma ampliação...

    1555  Palavras | 7  Páginas

  • trabalho de Historia; EXPANSÃO EUROPEIA E CONQUISTA DA AMÉRICA

    EXPANSÃO EUROPEIA E CONQUISTA DA AMÉRICA PORTUGAL A FORMAÇÃO DE UM PAÍS: Nos séculos V e VI,a maior parte dos povos que habitavam a península ibérica (romanos e germanos )converteu-se ao cristianismo . No século VIII, a região foi conquistada por mulçumanos vindos do norte da africa ;essa ocupação prolongou-se até o século XV. Durante esse período ,cristão e muçulmanos alternaram momentos de luta com períodos de relativa paz ,o que possibilitou um rico e variado intercâmbio cultural. DE...

    2924  Palavras | 12  Páginas

  • Expansão Marítima

     A expansão marítima lusitana fundiu o interesse mercantilista com a velha mística cruzadista – a procura do lucro com a defesa da fé. As expedições portuguesas seriam empreendimentos comerciais, militares e religiosos, pois eram enviadas também em nome da “missão” ou “destino” do império luso de expandir a cristandade em outras terras. A expansão marítima espanhola obteve destaque em 1492, quando o reino espanhol patrocinou a viagem do navegador Cristovão Colombo, com a finalidade inicial de...

    737  Palavras | 3  Páginas

  • Expansão Europeia

    E.E.E.F.M Marechal Cordeiro de Farias Expansão europeia e Conquista da América Pimenta Bueno 2014 Apresentação A história da expansão europeia e a conquista da América é cativante pelo fato de mostrar ao leitor a garra e a determinação dos seus participantes, a coragem e a sabedoria claro também a ganancia e o aproveitamento uma história cheia de conquistas e de grandes derrotas um marco histórico onde relata as proezas dos seres humanos os sonhos, os desejos e a euforia pela...

    2072  Palavras | 9  Páginas

  • Expansão marítima europeia

    O que foram as grandes navegações? As grandes navegações foram um conjunto de viagens marítimas que expandiram os limites do mundo conhecido até então. Mares nunca antes navegados, terras, povos, flora e fauna começaram a ser descobertas pelos europeus. E muitas crenças passadas de geração a geração, foram conferidas, confirmadas, ou desmentidas. Antes das grandes navegações, muitos acreditavam que os oceanos eram povoados por animais gigantescos e hostis, ou ainda que a Terra tinha um limiar...

    2161  Palavras | 9  Páginas

  • Expansão Marítima e colonialismo

    Fichamento de historia Assuntos: Expansão marítima e colonialismo Expansão marítima: o que foi? A expansão marítima foi um grande empreendimento econômico, político, social e militar e que envolveu grande volume de dinheiro. Sua realização somente foi possível graças à criação do Estado nacional e à aliança entre o rei e a burguesia. Foi a época em que alguns países da Europa (os que eram mais ricos) desenvolveram uma tecnologia marítima, e lançaram vários navios e tripulações para todo o Mundo...

    571  Palavras | 3  Páginas

  • “Expansão européia e a conquista da América”

    Expansão européia e a conquista da América” Centralização política e sociedades nacionais Nos séculos finais da Idade Média, uma série de fatores, ligados à desestruturação do feudalismo, concorreram para a formação das monarquias nacionais e o fortalecimento da autoridade do rei. Entre esses fatores, destacam-se o desaparecimento gradual da servidão, as revoltas camponesas contra a exploração feudal, o desenvolvimento do comércio e o enfraquecimento do poder da nobreza feudal...

    1105  Palavras | 5  Páginas

  • Expansão marítima chinesa do sec. xv

    A expansão marítima chinesa no século XV Por Jin Guo Ping e Wu Zhiliang Publicado em Macau, III Série, nº 13, Fevereiro de 2003, pp. 98-112 Adaptado para Girafamania As expedições de Zheng He foram uma proeza sem precedentes na história da navegação marítima da China e do Mundo. Foram atos de Estado, onde se reuniam os fatores político, diplomático, militar e econômico. À primeira vista, poderiam bem parecer operações no âmbito da diplomacia chinesa. Mas na realidade, para além da vertente diplomática...

    6902  Palavras | 28  Páginas

  • A EXPANSÃO ESPANHOLA

    A expansão espanhola Os espanhóis estavam atrasados em relação aos portugueses, no processo de expansão marítimo-comercial. Sua unidade política só foi conseguida em 1469, graças ao casamento de Fernando, herdeiro do trono de Aragão, com Isabel, irmã do rei de Leão e Castela. Em 1492, o navegador italiano Cristóvão Colombo ofereceu ao rei e à rainha da Espanha o projeto de alcançar as Índias navegando para o ocidente. Com isso, ele pretendia acabar com o monopólio português no Oriente e comprovar...

    1072  Palavras | 5  Páginas

  • expansão marítima europeia

     EXPANSÃO MARÍTIMO COMERCIAL Com a crise do feudalismo houve a necessidade de expandir para novas áreas que oferecessem respostas para tudo aquilo que faltava na Europa.  Necessidades alimentícias, especiarias e principalmente prata e ouro para cunhar moedas já que havia uma maior monetarização e as minas da Europa estavam esgotadas.      Após a expulsão dos mulçumanos os italianos dominaram o comércio pelo Mar Mediterrâneo, levando as especiarias orientais para o norte da Europa nas...

    881  Palavras | 4  Páginas

  • As causas da expansão marítima e a chegada dos portugueses ao brasil

    As causas da Expansão Marítima e a Chegada dos portugueses ao Brasil A chegada dos portugueses ao Brasil em 1500 constitui um dos episódios da expansão marítima portuguesa, iniciada em princípios do século XV. Para entender esse processo de expansão devemos começar pelas transformações ocorridas na Europa Ocidental nos séculos que precederam esse fenômeno. Mesmo antes da expansão marítima os europeus já vinham expandindo os seus territórios por meio das cruzadas e guerras de reconquista...

    8520  Palavras | 35  Páginas

  • Questôes discursivas - expansão maritima

    QUESTÕES GRANDES NAVEGAÇÕES E EXPANSÃO MARÍTIMA 1. Quais os dois países que mais se destacaram no período das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos dos séculos XV e XVI? Portugal e Espanha 2. Qual era o principal objetivo dos empreendimentos marítimos dos séculos XV e XVI? Descobrir e controlar uma rota marítima para as Índias para comprar especiarias diretamente na fonte e vender com elevados lucros na Europa. 3. Quem foram os principais financiadores dos empreendimentos marítimos...

    1053  Palavras | 5  Páginas

  • Historia do brasil -problemas na expansão ultra marina

    Trata o autor de abordar o período da expansão ultramarina portuguesa procurando resumir a problemática política e econômica dos Descobrimentos, situando Portugal e Espanha e suas atuações entre os anos de 1450 e 1640. É nesse contexto de um reino em risco que o texto nos apresenta um Estado Portugues em constante expansionismo “preemptivo”, engatilhado para ganhar territórios do além-mar que poderiam vir a ser ocupados por Madri. Expansão esta que nos séculos 15 e 16 se apodera de...

    1348  Palavras | 6  Páginas

  • Expansão Marítima Portuguesa e Espanhola

     Expansão Marítima Portuguesa e Espanhola. A Expansão Marítima A expansão ultramarina Européia deu início ao processo da Revolução Comercial, que caracterizou os séculos XV, XVI e XVII. Através das Grandes Navegações, pela primeira vez na história, o mundo seria totalmente interligado. Somente então é possível falar-se em uma história em escala mundial. A Revolução Comercial, graças a acumulação primitiva de Capital que propiciou, preparou o começo da Revolução Industrial a partir da segunda...

    1056  Palavras | 5  Páginas

  • A Expansão Marítima Portuguesa

    História do Brasil I 3ª Aula –Texto: A Expansão Marítima Portuguesa 1400 – 1800 Autor: John R Russel-Wood → Importante historiador do Brasil colonial, o Império português e o mais amplo mundo luso-brasileiro. “O britânico partia do princípio que a sola dos pés é boa para aprendermos a história de um lugar”. Necessidade de ir a campo. Tema central: O autor trata nesse texto a questão das colônias ultramarinas portuguesas. (p.173) As motivações da expansão ultramarina → Não houve um fator primordial...

    706  Palavras | 3  Páginas

  • Expansão Ultramarina portuguesa

    A Expansão Ultramarína Portuguesa dos Séculos XV e XVI Durante o século XV, Portugal atingiu sua supremacia ultramarina, com suas expedições bem sucedidas, o que além de reconhecimento lhe deu muito lucro. Desde os primórdios do século XV, o grande desafio era atingir às Índias em busca de especiarias e ouro. Pedro de Covilhã, navegando pelo mar mediterrâneo realizou este feito. Portugal viu a necessidade de conquista do Ceuta, para estabelecer ali sua base marítima. Com o domínio do norte...

    779  Palavras | 4  Páginas

  • América portuguesa, antigo regime, império colonial, antigo sistema colonial

    preocupados com os aspectos econômicos, depois se passou para os aspectos demográficos e sociais até chegar aos estudos das mentalidades. Em termos econômicos trata-se de uma sociedade que se assenta basicamente na agricultura, mas a partir da expansão marítima o comércio passa a ser tão importante que se chega a falar de um capitalismo comercial. E percebe uma urbanização desigual. O Antigo Regime demográfico é aquele em que a sociedade cresce uns ficam no campo e outros na cidade, sem disporem de...

    1317  Palavras | 6  Páginas

  • EXPANSAO MARITMA PORTUGUESA E A OCUPA AO DO LITORAL BRASILEIRO

     UNIUBE – Universidade de Uberaba EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA E A OCUPAÇÃO DO LITORAL BRASILEIRO 2015 EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA E A OCUPAÇÃO DO LITORAL BRASILEIRO Trabalho apresentado ao componente: o projeto colonizador europeu no Brasil e seu desenlace I, do curso de História, como requisito p/ avaliação parcial de avaliação da primeira etapa. 2015 SUMÁRIO 01 Introdução 3 02 Trechos relevantes da História da Província de Santa Cruz, de Pêro de Magalhães Gândavo 4...

    2277  Palavras | 10  Páginas

  • A Expansão Europeia

    interrompidas, a população diminuiu significantemente. A empreitada de enfrentar a desconhecida navegação no oceano Atlântico exigia investimentos de vulto, estavam muito alem das possibilidades de qualquer cidade européia isoladamente. Por isso, a expansão marítima so foi possível onde havia uma população unificada por centralização monárquica. O Estado Moderno A formação dos estados modernos na Europa, ou seja, a centralização do poder por um estado, denominando varia cidades, iniciou-se com a...

    1108  Palavras | 5  Páginas

  • A colônia portuguesa na américa

    interrompidas, a população diminuiu significantemente. A empreitada de enfrentar a desconhecida navegação no oceano Atlântico exigia investimentos de vulto, estavam muito além das possibilidades de qualquer cidade europeia isoladamente. Por isso, a expansão marítima só foi possível onde havia uma população unificada por centralização monárquica. • O Estado Moderno A formação dos estados modernos na Europa, ou seja, a centralização do poder por um estado, denominando varia cidades, iniciou-se com...

    1009  Palavras | 5  Páginas

  • A expansão ultramarina européia

    HISTÓRIA DO BRASIL A expansão Ultramarina Européia dos séculos XV e XVI Essa é a Europa no século XV. Essa é a Europa Atual (esse mapa é só pra dar uma visibilidade melhor) Bom, vamos começar, né. Primeiro, levanta ai, dá uma lavadinha no rosto, bebe um café e fuma um cigarro. Vou seguir o roteiro dado no Manual, portanto, comecemos pelas grandes viagens das nações europeias nos séculos quinze e dezesseis. Sabe o Jack Sparrow? Reza a lenda que tenha sido nesse contexto que ele viveu...

    1882  Palavras | 8  Páginas

  • Crise do medievo, expansão marítima e formação do estado nacional português

    Gênese do processo de Expansão Marítima: A crise do século XIV (ou da Idade Média) Em fins do século XX e início do XXI, com o advento da pós-modernidade, da Sociedade do Conhecimento, da revolução da informação, da internet, etc., a globalização atingiu níveis estratosféricos, há pouco inimagináveis, adquirindo sentidos diversos. Verdade que atualmente um desses sentidos tenha advogado a favor do imperialismo cultural (sobretudo norte-americano), revelando-se importante instrumento usado...

    3956  Palavras | 16  Páginas

  • A Expansão Européia

     INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS SÃO VICENTE DO SUL RESUMO DOS CAPITULOS 1 E 8 DO LIVRO TRABALHO DE HISTÓRIA 2013 A Expansão Europeia (Capitulo 1) A Europa não passava de uma periferia apagada. A Idade Moderna é o período em que se estuda como foi que a Europa criou, ao longo dos séculos seguintes, e sob sua liderança, uma economia mundial. Embora o comércio tenha existido desde os primórdios da humanidade, e o lucro tenha sido a base disso, o capitalismo...

    3134  Palavras | 13  Páginas

  • A expansão marítima

    A expansão marítima foi um grande empreendimento econômico, político, social e militar e que envolveu grande volume de dinheiro. Sua realização somente foi possível graças à criação do Estado nacional e à aliança entre o rei e a burguesia. A centralização política promovida pelo Estado nacional permitiu que o rei contratasse toda a máquina estatal na criação de condições para o desenvolvimento tecnológico e para a separação de técnicos e navegadores aptos a concretizar a tarefa. O custo do projeto...

    617  Palavras | 3  Páginas

  • A atividade marítima no período colonial e pré colonial

    CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE BRAZ DE AGUIAR INTRODUÇÃO A MARINHA MERCANTE A ATIVIDADE MARÍTIMA NO PERÍODO COLONIAL E PRÉ COLONIAL Pruski, Auricélio Okano Ramos Douglas Introdução: A Marinha Mercante mundial foi movida, em seus aspectos intrínsecos iniciais, nos diferentes períodos da história humana, por ideologias que tinham normalmente algo em comum: aspectos econômicos como incentivadores do desenvolvimento, associado à curiosidade do ser humano de criação. Países, como...

    1904  Palavras | 8  Páginas

  • Expansão Europeia

    possam passar por uma ascese com a finalidade de atender as reivindicações que surgem e possam se adequar a maneira de viver dos populares. Neste material trataremos de várias mudanças que foram acontecendo com a expansão europeia após a crise medieval. Expansão Europeia As crises do fim da era Medieval (econômica, política e religiosa) provocaram a dissolução do sistema feudal. A terra deixou de ser a única fonte de riqueza.  O comércio se expandia a burguesia, que...

    2107  Palavras | 9  Páginas

  • America portuguesa

    comercio através de artesanato. Com isso , o comercio fortalecia cada vez mais servos migravam para as cidadezinhas que se formavam , deixando as terras do senhor feudal sem mão de obra , á beira da falência . Era o fim da Idade Média . Monarquia Portuguesa iniciou-se nas lutas pela expulsão dos árabes que ocupavam a península Ibérica.Essas lutas ficaram conhecidas como guerras de Reconquista.Durante o domínio árabe , os povos cristãos ficaram restritos ao norte da península. A partir do século XI...

    686  Palavras | 3  Páginas

  • Expansão Marítima

    Pioneirismo Portugal é pioneiro na expansão marítima européia... Os especialistas de Sagres aperfeiçoam instrumentos de navegação, como a bússola, o astrolábio, o quadrante, a balestilha e o sextante. Desenvolvem a cartografia moderna e são os primeiros a calcular com precisão a circunferência da Terra em léguas, numa época em que poucos acreditavam que o planeta fosse redondo. A tomada de Ceuta, no norte da África, em 1415, marca o início da expansão portuguesa rumo à África e à Ásia. Em menos...

    982  Palavras | 4  Páginas

  • BRASIL REDESCOBERTO, ESCALA PORTUGUESA À ÍNDIA

    UNIVERSIDADE GAMA FILHO – BACHARELADO EM HISTÓRIA BRASIL REDESCOBERTO, ESCALA PORTUGUESA À ÍNDIA Tratado de Tordesilhas; conhecimento prévio e assinado interesse português na não desconhecida Terra de Vera Cruz. Vanessa Rocha História do Brasil I – Candelária Professor: Marcos Sanches Em 08/05/2013 “Redescobrindo a Terra de Vera Cruz”, “Brasil, achado de Portugal”, “Brasil de 1.500: oficialmente descoberto”... São várias as denominações que podem ser mais bem aplicadas ao “descobrimento”...

    603  Palavras | 3  Páginas

  • Expansão Marítima

    Motivos da expansão europeia portuguesa 1. Motivações socioeconómicas: - procura de mão-de-obra, matérias-primas e novos mercados (burguesia mercantil). - necessidade de guerra, saque e conquista de novos títulos e territórios (nobreza). 2. Motivações religiosas: - alargamento da fé cristã, através da evangelização de novos povos (clero). 3. Motivações políticas: - conquista de novos territórios traz prestígio internacional ao rei. Motivos da prioridade portuguesa no processo de expansão 1....

    1404  Palavras | 6  Páginas

  • EXPANSÃO MARÍTIMO-COMERCIAL EUROPÉIA

     Navegar é preciso! Expansão Marítimo-Comercial Européia. Com o fim da crise do século XIV, como vimos, a população européia voltou a crescer. O crescimento demográfico, contudo, não foi acompanhado por igual expansão na oferta de gêneros alimentícios, devido à baixa produtividade do trabalho servil nos campos. A reabertura do Mar Mediterrâneo ao livre comércio, promovida pelas Cruzadas, colocou novos produtos no mercado — as especiarias do Oriente. Em 1453, os turcos otomanos conquistaram...

    2850  Palavras | 12  Páginas

  • Conquistas portuguesas

    UNIFEI - Universidade Federal de Itajubá IRN – Instituto de Recursos Naturais A opção de Portugal na Aventura Marítima dos Grandes Descobrimentos EHD904 – Geopolítica Felipe Pires Nogueira – 21296 Paulo Guilherme de Carvalho – 22556 Engenharia Hídrica Prof. Dr. Alexandre Santos Itajubá – MG 2014 INTRODUÇÃO Para entender a expansão marítima portuguesa, devemos estudar primeiro as transformações ocorridas na Europa com inicio próximo a 1150. Foi nessa época que a Europa, nascida...

    2433  Palavras | 10  Páginas

  • Expansão ultramarina europeia

    EXPANSÃO ULTRAMARINA EUROPÉIA  A grande expansão marítima européia dos séculos XV e XVI teve à frente Portugal e Espanha,conquistando novas terras e novas rotas de comércio, como o continente americano e o caminho para as Índias pelo sul da África.Desde o Renascimento comercial da Baixa Idade Média até a expansão ultramarina, as cidades italianas eram os principais pólos de desenvolvimento econômico europeu. Elas detinham o monopólio comercial do mar Mediterrâneo, abastecendo os mercados Europeus...

    1129  Palavras | 5  Páginas

  • expansao ultramarina

    Durante os séculos XV e XVI, os europeus, principalmente portugueses e espanhóis, lançaram-se nos oceanos Pacífico, Índico e Atlântico com dois objetivos principais: descobrir uma nova rota marítima para as Índias e encontrar novas terras. Este período ficou conhecido como a Era das Grandes Navegações ou Expansão Marítima ou Ultramarina Européia, que representou o avanço de navegações próximas ao litoral (mar fechado) para mar aberto. No século XV, os países europeus que quisessem comprar especiarias (pimenta...

    953  Palavras | 4  Páginas

  • GODINHO 1944 A Expans O Quatrocentista Portuguesa

    Godinho – A Expansão Quatrocentista Portuguesa Às comunidades marítimas interessa se apoderarem de centros e vias de comércios ou pontos estratégicos para empresas que virão. D. João I – opunha-se à tomada de Castela. Motivo religioso: guerra contra cristãos não é serviço de Deus. Mas a Portugal não interessava expandir-se por aquele local. Propusera auxílio aos castelhanos para a continuação da Reconquista, expulsando os mouros definitivamente. A proposta fracassara devido a questões de sucessão...

    5973  Palavras | 24  Páginas

  • Expansão marítima

    1- Como se deu o processo de expansão marítima? No século XV, A Europa via sua economia comprometida com a queda de consumo dos bens produzidos na zona rural e agrícola. Por isso, para abastecer o consumo, a Europa tinha que exportar produtos que vinham do Oriente. Porém, para comprar esses produtos, os europeus tinham que negociar com os mercadores árabes, pois a única rota para fazer esse comércio vinha pelo mar mediterrâneo, diante disso, muitos mercadores envolvidos na exportação de produtos...

    869  Palavras | 4  Páginas

  • América Portuguesa: O Sentido da Colonização

    descobrir um livro sensacional, A Coroa, a Cruz e a Espada de Eduardo Bueno. Li neste livro que nossa vivência com servidores públicos incompetentes e corruptos estão no nascedouro da criação da nossa nação. Para instalar o Governo Geral, a Coroa Portuguesa mandou dezenas de funcionários públicos, junto com escrivães, juízes, meirinhos, provedores e almoxarifados, vieram também algumas características presentes na burocracia ibérica como o clientelismo, o nepotismo a leniência, que perduram até nossos...

    938  Palavras | 4  Páginas

tracking img