• linguística
    1.1.1 Exercícios resolvidos.......................................................................................................05 1.2 Valor Linguístico.....................................................................................................................06 1.3 Sintagma e Paradigma...
    3699 Palavras 15 Páginas
  • A importância do investimento na formação de professores na área de língua portuguesa
    primeiro conhecer a leitura de mundo do aluno, ter ciência da sua linguagem, fazendo exercícios para descobrir como é o seu vocabulário, a sociedade em que habita, idade, entre outros fatores. Respeitando todas as variações lingüísticas, é possível trabalhar o ensino da norma culta ao longo dos anos. Se o...
    2184 Palavras 9 Páginas
  • Preconceito Linguístico
    apresenta uma unidade surpreendente”, mostra que a língua falada apresenta um alto grau de diversidade e de variabilidade linguística, que gera as diferenças regionais, sofrendo algumas vezes preconceito por não falar a norma-padrão. “Brasileiro não sabe português/ Só em Portugal se fala bem...
    1552 Palavras 7 Páginas
  • EDUCAÇAÕ NO BRASIL
    uma forma acessível e próxima do expectador (aluno) para que ele possa compreender e entender o que lhe é proposto. Para isto o pedagogo precisa conhecer e ensinar todas aas formas de variações linguísticas existentes. Estas variações surgem da diversidades cultural, da idade, a origem e a forma de...
    1338 Palavras 6 Páginas
  • O trabalho do pedagogo nos espaços educativos
    culturais, classes sociais e variações lingüísticas existentes no país caso como este deve ser resolvido conversando com o aluno e familiares se necessário. Na escola chega aluno com necessidade educacional especial e o professor muitas vezes encontra dificuldades para lidar com este aluno, pois não...
    1550 Palavras 7 Páginas
  • Resumo do livro "Por que (não) ensinar Gramática na Escola", de Sírio Possenti
    errado. Relata também que no ensino do português nada será resolvido se não mudar a concepção de língua e de ensino de língua na escola. PRIMEIRA TESE: O PAPEL DA ESCOLA É ENSINAR LÍNGUA PADRÃO O autor adota, sem qualquer dúvida, que o objeto da escola é ensinar o português padrão, sendo um...
    2354 Palavras 10 Páginas
  • 8888
    -se utilizar a norma culta na Internet? * O que é o internetês? EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Aula 2 Questão 1 (...) Diário é muito formal, eu vou te chamar de Di, afinal de contas, é superfofo você ter “apelidinhos” para seus amigos mais íntimos. E com você, Di, eu vou me abrir completamente, tenho...
    1649 Palavras 7 Páginas
  • Rdbm
    das línguas faladas, regras bem definidas e vários níveis de estrutura linguística, como morfologia, sintaxe, semântica, pragmática; além de serem dotadas de riqueza lexical e de sofrerem variações linguísticas. Os itens lexicais, que nas línguas orais são chamados de palavras, são denominados...
    3605 Palavras 15 Páginas
  • Resenha do livro Porque não ensinar gramática na escola
    encontrar variações de palavras mas nunca modificações. Assim como estes, encontramos inúmeros fatores que justificam as variedades linguísticas, mas o que importa mesmo é saber que elas são condicionadas por fatores internos a língua ou por fatores sociais, ou ainda, por ambos ao mesmo tempo. Assim...
    4075 Palavras 17 Páginas
  • 014203952321
    : a escola tem vários alunos com diferentes variações lingüísticas, precisa promover situações que os incentivem a falar, fazer uso da variedade de linguagem que eles empregam. Escrita: o professor deve desenvolver pratica de escrita que considere o leitor, que tenha um destinatário e finalidade. É...
    8655 Palavras 35 Páginas
  • Abem-se as cortinas: O Texto Dramático na Escola
    demonstrem as variações linguísticas implícitas em cada diálogo. 3.2) Após a leitura, proporemos um exercício em grupo em que os alunos serão estimulados a identificar os recursos usados em cada uma das falas, decodificando os episódios fonêmicos de cada frase, classificando os elementos usados para que...
    11195 Palavras 45 Páginas
  • Escola navais
    conhecimento comprovado numa prova escrita. O suporte para as aulas é o livro didático e as gramáticas e, estes deveriam ser estudados rigorosamente, seus exercícios resolvidos e corrigidos. Para Faraco (1988), o grande problema destes manuais é que eles pararam no tempo, cristalizando uma forma de língua...
    7914 Palavras 32 Páginas
  • Sociolinguística
    professores da educação básica. Labov , na década de 1960, iniciou uma investigação sobre a língua, como ela é empregada por falantes comuns, em suas diversificações no contexto social em que vivem. Percebeu que havia alguns problemas a serem resolvidos se a linguística tivesse que ir ao encontro...
    8800 Palavras 36 Páginas
  • Metodologia do preconceito lingustico
    ciência lingüística, a língua falada começou a ser estudada. A língua escrita exige memorização, treinamento, exercício e obedecer as regras fixas conservadoras pouco justificadas. Aprendizado das língua falada acontece antes d escrever, há pessoas que vivem sem nunca ter lido ou escrito e são...
    3291 Palavras 14 Páginas
  • Variação linguística e ensino de gramática
    sociolinguística, deverá demonstrar, por exercícios, o valor social das variantes de um elemento variável no português do Brasil. (MATTOS E SILVA, 2006, p. 282) Uma vez apontada, em termos gerais, uma política linguística e uma linha metodológica para o ensino da língua, vamos focalizar, a título...
    9471 Palavras 38 Páginas
  • Coesao
    devida é um desrespeito à ordem. (13) E os urubus, uníssono, expulsaram da floresta os passarinhos que cantavam sem alvarás... MORAL: Em terra de urubus diplomados não se ouve canto de sabiá. (Rubem Alves. Estórias de Quem Gosta de Ensinar ) ENTREGAR TODOS OS EXERCÍCIOS DEST ETEXTO RESOLVIDOS NO...
    4717 Palavras 19 Páginas
  • Comunicação
    pessoas ao longo de anos de trabalho merecem muma resposta adequada. As situações lingüísticas são muito complexas. Em um panorama sucinto das duas principais variações, temos; • As variações de uso regional que se verificam na entonação, no vocabulário e em algumas estruturações sintáticas...
    3458 Palavras 14 Páginas
  • fundamentos de metodologia da lingua portuguesa
    fonológicos naturais: a) Demonstrar que esses erros não devem ser cometidos e encaminhá-los ao acompanhamento adequado. b) Realizar exercícios de repetição das palavras e termos errados. c) Orientá-los sobre a norma culta, as variantes linguísticas e as diferenças entre fala e escrita e...
    30316 Palavras 122 Páginas
  • Dicas de redacao
    seus respectivos comentários: Variações linguisticas Os artistas do final do século XIX estavam presos à formalidade, à cânones que moldavam suas formas de expressão e comunicação. Por sua vez, no breve século XX, como diria Hobsbawn, os artistas entendiam as variações linguísticas existentes...
    7376 Palavras 30 Páginas
  • alimento saudável
    ; concordância nominal e verbal; classe de palavras; emprego de pronomes; conhecimentos básicos da comunicação escrita/produção de textos (coesão, coerência, informatividade); adequação das variações linguísticas às diferentes situações comunicativas; sentido literal e sentido figurado; classes...
    7069 Palavras 29 Páginas