Exercicios Com Gabarito Criminologia artigos e trabalhos de pesquisa

  • Criminologiaexercícios de criminologia i 01. a obra clássica de cesare bonesana tem o seguinte título: a) utopia b) a origem das espécies c) o homem delinquente d) o estado das prisões e) dos delitos e das penas 02.

    Exercícios de Criminologia I 01. A obra clássica de Cesare Bonesana tem o seguinte título: a) Utopia b) A Origem das Espécies c) O Homem Delinquente d) O Estado das Prisões e) Dos Delitos e das Penas 02. Considera-se cifra negra a criminalidade: a) registrada, mas não investigada pela Polícia. b) registrada, investigada pela Polícia, mas não elucidada. c) registrada, investigada pela Polícia, elucidada, mas não punida pelo Judiciário. d) não registrada pela Polícia, desconhecida, não...

    5943  Palavras | 24  Páginas

  • CRIMINOLOGIA 1

      CRIMINOLOGIA  Retornar Exercício: CCJ0060_EX_A1_201202140556  Matrícula: 201202140556 Aluno(a): PRISCILA JACOME ALVES DA CONCEICAO Data: 13/02/2015 11:21:22 (Finalizada)  1a Questão (Ref.: 201202327581)  Fórum de Dúvidas (3)       Saiba  (0) Pedro Paulo animado com o final de semana se dirige a "MICARETA dos NÃO-CARETAS" onde a cerveja é liberada, após percorrer os cinco primeiros quilômetros do percurso é surpreendido com a ausência de banheiro químico e uma súbita vontade de urinar, para...

    774  Palavras | 4  Páginas

  • criminologia

    Exercícios de Criminologia II 01. No texto do artigo 26 do Código Penal, constam expressões como: doença mental, perturbação da saúde mental, desenvolvimento mental incompleto e desenvolvimento mental retardado. Analise a lista de distúrbios a seguir: 1. doença de Alzheimer; 2. cleptomania; 3. distúrbio obsessivo-compulsivo; 4. epilepsia; 5. alucinose alcoólica; 6. imbecilidade; 7. surdo-mudez não tratada; 8. personalidade psicopática; 9. agorafobia; 10. psicose maníaco-depressiva. ...

    1506  Palavras | 7  Páginas

  • Noções de Criminologia

    ApostilasBrasil.com Seu Futuro é o Nosso Presente! Como em outras ciências, também em criminologia se tem tentado eliminar o conceito de "causa", substituindo-o pela idéia de "fator". Isso implica no reconhecimento de não apenas uma causa mas, sobretudo, de fatores que possam desencadear o efeito criminoso (fatores biológicos, psíquicos, sociais...). Uma das funções principais da criminologia é estabelecer uma relação estreita entre três disciplinas consideradas fundamentais: a psicopatologia...

    40919  Palavras | 164  Páginas

  • criminologia

    Aula de Apresentação – 2013 – Criminologia Investigador da Polícia Civil de São Paulo Aula de Apresentação – 2013 Criminologia para o cargo de Investigador da Polícia Civil de São Paulo Olá amigos, Inicialmente gostaria de manifestar minha felicidade em fazer parte de seu projeto profissional e espero ser um auxiliar presente em sua caminhada para a vitória. Meu nome é Pablo Farias Souza Cruz, atualmente advogado e professor de Processo Penal, Direito Penal e Direito Constitucional...

    4501  Palavras | 19  Páginas

  • criminologia

    Ministério Público.   ANÁLISE DA QUESTÃO 1: Você marcou a letra C, quando o gabarito correto é D.         Questão de concurso 12087 2 . (SP - POLÍCIA CIVIL - Investigador - 2009) Rafael Garófolo, um dos precursores da ciência da Criminologia, tem como sua principal obra o livro intitulado: A)   Criminologia.   B)  A Criminologia como ciência.   C)  Política Criminal.   D)  A ciência da Criminologia.   E)  O homem delinquente.   ANÁLISE DA QUESTÃO 2: Você marcou corretamente...

    4952  Palavras | 20  Páginas

  • Criminologia Atividade1 A 5

    1a Questão (Ref.: 201202328400)  Fórum de Dúvidas (3)       Saiba  (0) Segundo as aulas ministradas sobre a criminologia, analise as afirmativas abaixo: I- a criminologia estuda apenas a figura do criminoso II - a criminologia sempre se utiliza de um método valorativo III - o objeto de estudo da criminologia não é bem definido, podendo ser o crime, o criminoso, a vítima ou o sistema penal IV - a criminologia não admite a utilização do método empírico Com base nas assertivas, assinale a alternativa que contém...

    3790  Palavras | 16  Páginas

  • Introdução a Criminologia

    Introdução a Criminologia Voltar Gabarito da Avaliação O objeto da Criminologia é o crime e o criminoso, o que a confunde, muitas vezes, com o Direito Penal, já que este também tem por objeto o crime e o criminoso. Sendo assim, no que diz respeito ao objeto de estudo da Criminologia, qual das alternativas está INCORRETA? Exato afirmar que o Direito Penal e a Criminologia trabalham em cima da mesma matéria prima, mas a forma de operação, de elaboração do trabalho, é bem diferenciada, o que...

    747  Palavras | 3  Páginas

  • Criminologia

    Unime Direito - I Semestre Criminologia – Prof.: Inocêncio Política Crimina Perguntas Itabuna – Ba 2014 1. Quando e por quem foi fundada a União Internacional de Direito Penal? Assinale a alternativa correta. a. 1889, Clovis Benvelacqua, Franz Von Liszt, Enrico Ferri, Carlos Stoos . b. 1888, Clovis Benvelacqua,Enrico Ferri, Carlos Stoos,Adolphe Prins. c. 1888, Enrico Ferri, Adolhe Prins, Carlos Stoos, César Lombroso. d. 1889, Franz...

    671  Palavras | 3  Páginas

  • Exercício de criminologia

    PENAL, PROCESSO PENAL E CRIMINOLOGIA EXERCÍCIO DE CRIMINOLOGIA Juliana Maria Freire de Melo Trabalho de Conclusão do Módulo de Criminologia Especialização em Direito Penal, Processual Penal e Criminologia Turma 1 Recife - 2011 EXERCÍCIOS DE CRIMINOLOGIA I – Breves Considerações Inicialmente, cumpre destacar que, conforme os esclarecimentos expostos em sala de aula, as respostas ao questionário formulado devem ser guiadas pelos fundamentos da Criminologia Crítica, motivo pelo qual...

    1514  Palavras | 7  Páginas

  • CRIMINOLOGIA 2013

    CURSO DISCIPLINA PERIODO C/H SEMESTRAL PROFESSOR DIREITO CRIMINOLOGIA OPTATIVA SEMESTRE: 2013/1 76h C/H Presencial: 66h ANTONIO IANOWICH C/H Semipresencial: 10h 1. MISSÃO Educar para a cidadania plena por meio da construção do conhecimento, produção e difusão dos saberes e para a prática da inovação, proporcionando síntese e interação entre ciência e fé, tendo em vista o desenvolvimento sustentável da região amazônica. 2. EMENTA Criminologia: conceito, objeto, método. Escolas: Clássica e Positiva...

    1134  Palavras | 5  Páginas

  • CRIMINOLOGIA

    Parte superior do formulário Processando, aguarde ...   CRIMINOLOGIA Exercício: CCJ0060_EX_A1_201101366931  Voltar Aluno(a): ELIANE VIEIRA JERONIMO Matrícula: 201101366931 Data: 16/02/2015 14:48:14 (Finalizada)  1a Questão (Ref.: 201101576587) 1a sem.: CRIMINOLOGIA COMO CIÊNCIA Analise a notícia retirada do Jornal O Globo e responda a questão proposta: "Após cinco dias de julgamento, o casal foi condenado no início da madrugada deste sábado (27) pela acusação da morte de Isabella Nardoni...

    956  Palavras | 4  Páginas

  • Criminologia

    Exercícios de Fixação * Conceituar Criminologia. É um conjunto de conhecimento que se ocupa do crime, da criminalidade e suas causas, da vítima, do controle social do ato criminoso, bem como da personalidade do criminoso e da maneira de ressocializá-lo. * Caracterizar a ciências criminologia. É uma ciência empírica e interdisciplinar. É empírica, pois baseia-se na experiência da observação, nos fatos e na prática, mas que opiniões e argumentos. É interdisciplinar e portanto formada pelo...

    821  Palavras | 4  Páginas

  • CCJ0060 WL Criminologia AV2 Quest es Discursivas Condensadas 2015

    não tenha aptidão para tanto. Já com a relação ao crime esta teoria diz que a vontade de ter, obter objetos, bens de valor faz com que as pessoas passem a praticar crimes, ou seja, sua vontade de ter algo é maior que a vontade de cumprir a lei. Gabarito: Anomia é a ausência de reconhecimento da norma pela sociedade, sendo o crime um fenômeno normal e necessário para medir os valores desta sociedade. 2a Questão "Quem nunca ouviu dizer que as favelas do Rio são um Estado a parte? Essa idéia nos...

    2622  Palavras | 11  Páginas

  • resumo de criminologia

    Bem vindo(a) à disciplina de Criminologia. Nela nos debruçaremos sobre o estudo do crime, do criminoso e dos fatores, tanto internos como externos, que podem desencadear o comportamento delitivo. Daí porque nos aproximaremos da psiquiatria forense, em que vamos estudar algumas enfermidades mentais (como a esquizofrenia) que podem motivar comportamentos violentos, bem como da sociologia criminal, que pesquisa o meio circundante para entender o porquê do cometimento de diversos crimes, dentre tantas...

    8389  Palavras | 34  Páginas

  • Resenha Crítica Criminologia

    RESENHA CRÍTICA DA OBRA POR QUE A CRIMINOLOGIA (E QUAL CRIMINOLOGIA) É IMPORTANTE NO ENSINO JURÍDICO? FLORIANÓPOLIS 2013 RESUMO Na obra “Por que a criminologia (e qual criminologia) é importante no estudo jurídico?”, a autora Vera Regina Pereira de Andrade pretende chamar a atenção da comunidade jurídica sobre a importância do ensino da disciplina de criminologia nos cursos de ciência jurídica. Comenta que mesmo existindo verdadeiros mestres no assunto tal disciplina possui pouca...

    834  Palavras | 4  Páginas

  • Criminologia

    Giovani de Paula ENSINO DE CRIMINOLOGIA NA FORMAÇÃO POLICIAL Florianópolis/SC 2 2007 Giovani de Paula ENSINO DE CRIMINOLOGIA NA FORMAÇÃO POLICIAL FLORIANÓPOLIS/SC 2007 3 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM DIREITO PROGRAMA DE MESTRADO GIOVANI DE PAULA O ensino de Criminologia na formação policial. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa...

    42314  Palavras | 170  Páginas

  • Nova Criminologia - DIREITO

    FACULDADE PITÁGORAS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO CRIMINOLOGIA GUARAPARI/ 2014 FACULDADE PITÁGORAS NOVA CRIMINOLOGIA\CRIMINOLOGIA CRÍTICA BENEDITO FERNANDES GENILSON COSTA LUCAS NASCIMENTO GUARAPARI 2014 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO ................................................................................................. 04 2 NOVA CRIMINOLOGIA\CRIMINOLOGIA CRÍTICA ................................... 04 3. CONCLUSÃO .................................................

    1797  Palavras | 8  Páginas

  • criminologia

     CRIMINOLOGIA E CONTORNOS SOCIAIS DO DIREITO PENAL CURITIBA 2013 CRIMINOLOGIA E CONTORNOS SOCIAIS DO DIREITO PENAL Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) apresentado às Faculdades OPET (FAO) como requisito parcial para a obtenção de grau de Bacharel em Direito. Prof. Orientador:................ CURITIBA 2013 SUMÁRIO 1 LINHA DE PESQUISA 3 2 TEMA 3 3 PROBLEMA/HIPÓTESE 3 4 JUSTIFICATIVA...

    1677  Palavras | 7  Páginas

  • criminologia

    SEMESTRE: 2°/2014 DISCIPLINA: CRIMINOLOGIA DISCENTE: Rodrigo david Arantes QUESTÕES OBJETIVAS 1. Atualmente, são objetos de estudo da Criminologia: a) o delito, o delinquente, a vítima e o controle social. b) o delito, a antropologia e a psicologia criminais. c) o delito e os fatores biopsicológicos da criminalidade. d) o delito e o delinquente. e) o delinquente e os fatores biopsicológicos da criminalidade. 2. A Criminologia dos dias atuais a) É uma ciência...

    2732  Palavras | 11  Páginas

  • Conceito De Criminologia RODRIGO

    Conceito de criminologiacriminologia é um conjunto de conhecimentos que se ocupa do crime, da criminalidade e suas causas, da vítima, do controle social do ato criminoso, bem como da personalidade do criminoso e da maneira de ressocializá-lo. Etimologicamente o termo deriva do latim crimino (crime) e do grego logos (tratado ou estudo), seria portanto o "estudo do crime".1 É uma ciência empírica e interdisciplinar. É empírica, pois baseia-se na experiência da observação, nos fatos e na prática...

    6251  Palavras | 26  Páginas

  • criminologia

    conceito de criminologia.   Segundo Luiz Flavio Gomes, a criminologia é a ciência empírica e interdisciplinar que se ocupa do estudo do crime, da pessoa do infrator, da vítima, do controle social e do comportamento delitivo, buscando informações sobre a gênese, a dinâmica e as variáveis do crime, a fim de embasar programas de prevenção criminal e técnicas de intervenção positiva no homem delinqüente.   2. Aponte e explique as principais características da Escola Clássica de Criminologia. 3. Descreva...

    943  Palavras | 4  Páginas

  • Projeto Iniciacao Cientifica Criminologia 2011

    MATERIAL, SOLUÇÕES PARA O FIM DA SELETIVIDADE PENAL Linha de Pesquisa: CRIMINOLOGIA Área: DIREITO PENAL Orientadores: BEATRIZ OLIVEIRA DE PAOLA, MELISSA GONÇALES DOS SANTOS Departamento / Unidade: INESUL/ FANEESP – ARAUCÁRIA 2. RESUMO DO PROJETO O presente projeto para Iniciação Científica/ Orientação de Grupo de Pesquisa é definido pela área do conhecimento do Direito Penal, dentro da linha de pesquisa da Criminologia e tem por escopo a questão criminal, com enfoque no fenômeno social da...

    1789  Palavras | 8  Páginas

  • criminologia

     CRIMINOLOGIA - AULA 3 EMPIRISMO E INTERDISCIPLINARIDADE CONCEITO Características da criminologia – Diagnosticar o crime; Prevenção ao crime visando o controle da criminalidade; Estabelecer programas, diretrizes e estratégias; Preocupa-se com a “qualidade da resposta ao crime” em relação ao infrator, à vítima e a sociedade. MÉTODOS Os estudos mostram que toda ciência se caracteriza pela existência de método e objeto, e é o objeto, aliás, o que distingue as ciências. O que seria método...

    1581  Palavras | 7  Páginas

  • criminologia

    Estudo da criminologia - Aula 01 Caro(a) leior(a), a  partir de hoje, estaremos publicando  aqui em nossa coluna, uma série de aulas básicas de Criminologia. Pretendemos chegar ao jurista, sem deixar de ser acessível a todo(a) aquele(a) que tenha interesse em conhecer a matéria, por  isso, mna medida do possível, procuraremos utilizar termos simples e fácil entendimento mesmo a quem tenha outra formação ou atividade que não o Direito. Na atualidade, onde uma verdadeira histeria punitiva assola...

    8235  Palavras | 33  Páginas

  • vertentes da criminologia

    AS VERTENTES DA CRIMINOLOGIA CRÍTICA: POR EDMUNDO OLIVEIRA Professor Titular de Direito Penal da Universidade Federal do Pará - Amazônia (Brasil)  Pós-Doutorado em Direito Penal e Criminologia pela Universidade de Paris (França)  Estágio Sênior em Direito Penal na Universidade de Miami - Flórida (Estados Unidos)  Professor Associado do Centro de Pesquisas de Política Criminal da Universidade  de Paris (França)  Professor Pesquisador junto à Universidade de Miami - Flórida (Estados Unidos)  ...

    3072  Palavras | 13  Páginas

  • Apostila de criminologia

    proibida a duplicação ou reprodução deste material, ou parte do mesmo, sob qualquer meio, sem autorização expressa da Universidade Estácio de Sá. Índice Introdução Estrutura e Funcionamento da Disciplina On-line Unidade 1 – Criminologia: Evolução e Teorias Aula 1 – Criminologia como Ciência Aula 2 – Análise Histórica dos Meios Punitivos e do Controle Social Aula 3 – Positivismo Aula 4 – Escola de Chicago: Teoria Ecológica Aula 5 – Teorias Subculturais e do Conflito Aula 6 – Teorias do Processo Social...

    12026  Palavras | 49  Páginas

  • Criminologia

    CONCEITO, MÉTODO, OBJETO E FINALIDADE DA CRIMINOLOGIA CONCEITO Significado etimológico – Vamos entender de onde vem o vocábulo criminologia, bem ele é originário do latim crimino (crime) e do grego logos (tratado ou estudo), logo, é o estudo do crime. Conceito em sentido lato: “Criminologia vem a ser a pesquisa científica do fenômeno criminal, das suas causas e características, da sua prevenção e do controle de sua incidência”. Vamos trazer as definições dadas por alguns autores da doutrina: ...

    1591  Palavras | 7  Páginas

  • Criminologia e Controle Social

    1) Aponte e explique os conceitos de cidadania, maniqueísmo, senso comum e livre-arbítrio, em sua relação com o crime e o criminoso: Resposta: O sistema penal (exercício institucionalizado de poder punitivo) é dimensão de controle e regulação social, em cujo centro radica a reprodução de estruturas e instituições sociais, e não a proteção do sujeito, ainda que em nome dele fale a se legitime; enquanto a cidadania é dimensão de construção de direitos e necessidades, o sistema penal é dimensão de...

    1200  Palavras | 5  Páginas

  • Contribuição da criminologia crítica para o desenvolvimento da atividade de segurança pública pela polícia militar do estado do paraná

    CONTRIBUIÇÃO DA CRIMINOLOGIA CRÍTICA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE DE SEGURANÇA PÚBLICA PELA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO PARANÁ 2º Ten QOPM Marcos José da Silva 2º Ten QOPM Gledson de Lima Resumo: Apresenta a contribuição oferecida pela Criminologia Crítica voltada à atividade de segurança pública no Estado do Paraná, a qual é executada, dentre outros órgãos, pela Polícia Militar. Objetiva demonstrar, através de pesquisa bibliográfica voltada ao estudo da Criminologia Crítica, em suas vertentes...

    5027  Palavras | 21  Páginas

  • Criminologia

    38 C RIMINOLOGIA • Conceito, métodos, objetos e finalidade da criminologia Conceito Etimologicamente, criminologia vem do latim crimino (crime) e do grego logos (estudo, tratado), significando o “estudo do crime”. Entretanto, a criminologia não estuda apenas o crime, mas também as circunstâncias sociais, a vítima, o criminoso etc. de do agente), adotou a teoria objetiva ou formal para tentar diferenciar atos executórios de atos preparatórios. Assim, exige-se que o autor tenha realizado de maneira...

    2234  Palavras | 9  Páginas

  • Questionário Criminologia

    utilizada pelo infrator. Portanto, para a escola positiva o crime é um fato humano originado de fatores individuais, físicos e morais. Completamente oposto ao que considerava a escola clássica, o crime como sendo um ente jurídico. 2) Como a criminologia positivista entende a sociedade? De acordo com os principais representantes das ideias positivistas, a sociedade era uma entidade autônoma e orgânica, assim como um sistema biológico. Desta maneira, seria necessária a manutenção da ordem...

    3491  Palavras | 14  Páginas

  • A escola de criminologia

    de Berkeley surge como reação aos objetivos básicos da escola de criminologia que consubstanciava na formação de técnicos e profissionais treinados para a “luta contra o crime”. Tratava-se do confronto entre os interesses básicos do Estado, em sua política de criação de novos profissionais para o exercício do controle funcional da criminalidade, e os teóricos universitários que queriam a redefinição do próprio objeto da criminologia. O grupo inglês, por seu turno, parte de uma premissa segundo...

    1341  Palavras | 6  Páginas

  • CRIMINOLOGIA

    CRIMINOLOGIA, DIREITO PENAL E CONTROLE SOCIAL Fernando Machado da Silva Lima  1.983       Qualquer que seja a teoria criminológica que adotemos, na perplexidade geral pertinente ao conceito, ao objeto e ao método da ciência criminológica, não podemos deixar de reconhecer que o tema que nos propusemos fere o próprio cerne da nossa disciplina, de modo que somente as considerações de cunho econômico-social e político utilizadas para a avaliação dessa ciência, como eminentemente social que é, poderão...

    2114  Palavras | 9  Páginas

  • Criminologia

    Fontoura Pinto Neto e Alexandre Costi Pandolfo CRIMINOLOGIA E NARRATIVIDADE: Fazendo ecoar a alteridade Moysés da Fontoura Pinto Neto* Alexandre Costi Pandolfo** Resumo: O artigo argumenta que as raízes da Criminologia, inspiradas por Cesare Lombroso e Enrico Ferri, estão fixadas na matriz epistemológica positivista, baseada nas idéias de neutralidade, objetividade e experimentação. Essa metodologia – além de ter sido útil à criminologia racista latino-americana e aos estados totalitários...

    7801  Palavras | 32  Páginas

  • Criminologia crítica

    CRIMINOLOGIA CRÍTICA E ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO: breves considerações HEKELSON BITENCOURT VIANA DA COSTA Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília – UNICEUB e servidor público federal do Superior Tribunal de Justiça/STJ RESUMO Aponta a evolução histórica da Criminologia e a necessidade de um novo conteúdo conceitual e de objeto dentro da perspectiva de um Estado Democrático de Direito. Ressalta que a criminalidade atual, principalmente a de alta soma, é fruto de incongruências...

    3963  Palavras | 16  Páginas

  • Criminologia resumo

    CRIMINOLOGIA – RESUMO – PROVA 2011 CRIMINOLOGIA : é a ciência que estuda o crime do criminoso como fenômeno social. * Fenômeno Social pode ser crime ou não Dois objetivos básicos da Criminologia: 1 - determinação de causas tanto pessoais como sociais, do comportamento criminoso. 2 - desenvolvimento de princípios válidos para o controle social do delito. A Criminologia é interdisciplinar: Como interdisciplinar, por sua vez, é formada por outra série de ciências...

    1909  Palavras | 8  Páginas

  • Criminologia

    duplamente culpabilizados: a) Seja por obstaculizarem a construção de sua própria cidadania, eis que não fazem por merecer, de acordo com a liberdade de vontade supostamente detêm, e a moral do trabalho, que dela se deduz; b) Seja por obstacularizarem o exercício da cidadania alheia, que crescentemente se encontra no cárcere gradeado de sua propriedade privada. No livre-arbítrio, quanto mais se anuncia o aumento da criminalidade, mais ocorre o aumento da culpabilização punitiva, o mercado da culpa e da responsabilidade...

    2184  Palavras | 9  Páginas

  • criminologia

    CRIMINOLOGIA: QUAIS OUTROS MEIOS SOCIAIS DE CONTROLE DA CRIMINALIDADE DEVERIAM OU PODERIAM SER ADOTADOS PELO ESTADO? As consequências advindas de uma dada criminalização são estudadas pela Criminologia e, a depender dos resultados, recomenda-se uma via não criminalizadora (estratégias de Política criminal não repressiva), já que o efeito “colateral” acaba superando qualquer justificativa de manutenção ou criação do tipo penal. Conforme a criminologia moderna, a violência não é somente um...

    1086  Palavras | 5  Páginas

  • Monografia-criminologia e a função do processo penal

    CRIMINOLOGIA E POLITICA CRIMINAL INTRODUÇÃO   As explosões demográficas, as modificações do mundo moderno e a globalização têm proporcionado alterações no comportamento da vida de todos os seres humanos. A comunicação de massa, a concentração de riquezas e o desenfreado controle populacional provocam desempregos, degradação ambiental, desigualdades sociais, incredibilidade e revolta no restante da população. Tudo isso torna o desenvolvimento econômico e social terrivelmente...

    22021  Palavras | 89  Páginas

  • TRABALHO DA POS DE INTRODU O A CRIMINOLOGIA

     TRABALHO: dissertação sobre Vitimologia ALUNO: Fabio Rocha de Carvalho MATRÍCULA: 201408123118 PROFESSOR:Juliana Hissa Ribeiro da Fonseca MATÉRIA: Introdução a Criminologia CAMPUS: Nova Iguaçu. TEMA: Vitimologia. Introdução: Esse trabalho retrata o estudo da vítima sob vários aspectos e a maneira como vitima e meliante se relacionaram, tentando conhecer o ponto de vista de ambos. Tudo sob o aspecto psicológico, social, econômico e jurídico. Também será visto os cinco...

    5665  Palavras | 23  Páginas

  • Artigo Criminologia

    introduzido por uma breve abordagem sobre as contradições da criminologia oficial, sob a ótica de David Garland, a sua utilização, estratégica, pelo Estado como argumentação científica para implementação das políticas de segurança pública, principalmente na mitigação dos medos sociais e na legitimação do poder punitivo estatal. Em seu desenvolvimento aborda o Paradigma do ato como suficiente para definir o objeto de estudo da criminologia através da adoção do conceito legal do delito, o Paradigma da...

    1905  Palavras | 8  Páginas

  • MATERIA DE CRIMINOLOGIA COMPLETA PARA CONCURSO E PROVAS

     Ementa Pitágoras Introdução à criminologia. Escolas Criminológicas. Teorias Sociológicas à respeito do crime. Escola de Chicago e Teoria das subculturas delinquentes. Psicologia e Psiquiatria Criminal. Política Criminal. Exame Criminológico. Vitimologia. CONCEITO DE CRIMINOLOGIAcriminologia é um conjunto de conhecimentos que se ocupa do crime, da criminalidade e de suas causas, da vítima, do controle social do ato criminoso, bem como da personalidade do criminoso e da maneira de...

    15004  Palavras | 61  Páginas

  • Resumo De Criminologia L Lio Braga Calhau 4a Edi O

    E S U I M M I N O O L O D E G I A 4a Edição, revista, ampliada e atualizada I B H Niterói, RJ O lançamento de obras de elevada qualidade no mercado editorial brasileiro nos últimos dois anos e incremento da inclusão da matéria de Criminologia em concursos públicos em todo o país, em especial, para os cargos de delegado de polícia e promotor de justiça, refletem a importância que a matéria tem cada vez mais para os profissionais que atuam na área criminal. A sociedade cobra uma ação...

    35831  Palavras | 144  Páginas

  • Noções de criminologia

    A criminologia é a ciência que estuda: 1 - As causas e as concausas da criminalidade e da periculosidade preparatória da criminalidade;2 - As manifestações e os efeitos da criminalidade e da periculosidade preparatória da criminalidade e,3 - A política a opor, assistencialmente, à etiologia da criminalidade e da periculosidade preparatória dacriminalidade, suas manifestações e seus efeitos. Conceito de Criminologia: A Criminologia é um conjunto de conhecimentos que estudam o fenômenoe as causas...

    4155  Palavras | 17  Páginas

  • Criminologia Crítica e Crítica ao Direito Penal

    BARATTA, Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica ao Direito Penal. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2002. A sociologia teórica chega da descrição dos fenômenos às estruturas e as leis sociais que não são empiricamente observáveis, mas que são necessárias para interpretar os fenômenos. O objeto da ciência do direito são normas e estruturas normativas, enquanto a sociologia jurídica tem a ver com modos de ação e estruturas sociais. Estabelecer as relações entre sociologia, teoria e filosofia do...

    8758  Palavras | 36  Páginas

  • Resumo de criminologia

    Resumo de Criminologia 1- Qual é uma das características mais destacadas da moderna Criminologia e do perfil de sua evolução nos últimos anos? R - é a progressiva ampliação e problematização do seu objeto. 2- Qual a noção de Delito para o Direito Penal? R- delito é toda conduta prevista na lei penal e somente a que a lei penal castiga. 3- Além do Direito Positivo a Filosofia e a Ética se valem de mais o que? R- da ordem moral, da natural, da razão etc. 4- A Criminologia positiva naturalista...

    3766  Palavras | 16  Páginas

  • Criminologia Resumo

    Criminologia Criminologia quanto à ciência: ciência autônoma – compreender o crime para estabilizar normas para fazer com que o crime não aconteça mais. Objeto: estudo do crime Dividida em dois aspectos – crime Aspectos fáticos: elementos concretos do crime, o que efetivamente faz com que o crime aconteça. - criminologia clínica – Fatores criminogenos (criminoso-vítima): o que leva o criminoso a cometer o crime, estudo da vítima para saber o por que. - criminologia social: a causa do crime...

    12465  Palavras | 50  Páginas

  • Criminologia

    saber criminológico, ou seja, o caminho trilhado por aqueles que, num dado momento, pretendem explicar as “causas” do crime. PALAVRAS CHAVES: Criminologia Positivista, Labeling Approach, Criminologia Crítica. SUMÁRIO: 1. Introdução 2. O Mito do “Homem-Criminoso” 3. O Impulso Desestruturador do Moderno Sistema Penal 4. A maturação do Labeling Approach: Criminologia Crítica 5. Conclusão. Atirada para o meio do palco, a violência criminal transforma-se no objeto único da concentração de todos os projetores...

    5288  Palavras | 22  Páginas

  • Criminologia

    [pic] CRIMINOLOGIA SÉRGIO SALOMÃO SHECAIRA 2011 [pic] CRIMINOLOGIA SÉRGIO SALOMÃO SHECAIRA Trabalho apresentado ao curso de Direito da Faculdade Cenecista de Varginha - FACECA, como requisito parcial, para a obtenção de crédito na disciplina de Direito Penal, ministrada pelo professor Wellington Clair de Castro. ...

    4363  Palavras | 18  Páginas

  • HIST RIA DO DELITO CONCEITO CRIMINOLOGIA

    fins do século XVIII. Foi nesse momento que o homem moderno tomou consciência crítica do problema penal como problema filosófico e jurídico que é. Seu expoente é Cesare Bonesana, o Marquês de Beccaria. CONCEITO, MÉTODO, OBJETO E FINALIDADE DA CRIMINOLOGIA CONCEITO: Conceito de Antonio Garcia Pablos de Molina: “É a ciência empírica e interdisciplinar, que tem por objeto o crime, o delinqüente, a vítima e o controle social do comportamento delitivo; e que aporta uma informação válida, contrastada...

    1881  Palavras | 8  Páginas

  • ASPECTOS FUNDAMENTAIS DO PARADIGMA LIBERAL DA CRIMINOLOGIA

    conceito da denominada criminologia critica, de modo a verificar dados colhidos da questão criminal, explicitar a idéia do desvio social e descrever os processos de criminalização, entre outros temas envolvidos. Pretende-se mostrar, nesta criminologia, um estudo que aponta novidades nas ciências sociais, trabalhando suas matrizes teóricas de forma critica e contextualizadas nas demais estruturas sociais envolvidas na definição da criminalidade e na sua reação. A criminologia critica, oriunda das teorias...

    6108  Palavras | 25  Páginas

  • A mulher junto a criminologia

    A MULHER JUNTO ÀS CRIMINOLOGIAS: DE DEGENERADA À VÍTIMA, SEMPRE SOB CONTROLE SOCIOPENAL Simone Martins RESUMO Este artigo apresenta figuras referentes à mulher junto às criminologias, bem como discute suas repercussões no código penal brasileiro. É identificada na criminologia positivista a figura da criminosa nata relacionada à prostituição, à mulher masculinizada e à atávica; bem como da vítima, seja ela criminosa por dependência do homem, seja pela necessidade de proteção do Estado. Estas...

    6335  Palavras | 26  Páginas

  • Apostila Criminologia

    Criminologia 1. Comentários gerais 1.1. O que é criminologia? É uma ciência que nasceu do Direito Penal. 1.2. Metodologia de estudo: Direito Penal: Ciência dogmática, dedutiva. Criminologia: Empírica, experimentação, observação. 1.3. Finalidade Direito Penal: Repressiva. Criminologia: Preventiva. Obs.: Direito Penal e Criminologia se prestam ao estudo do crime. 2. Parte histórica e evolução da pena 2.1. Período da vingança (Séc. XV a XVI) Subdividida em período da vingança privada,...

    9020  Palavras | 37  Páginas

  • Criminologia - Perguntas e Respostas

    CRIMINOLOGIA 1- Qual é uma das características mais destacadas da moderna Criminologia e do perfil de sua evolução nos últimos anos? R - é a progressiva ampliação e problematização do seu objeto. 2- Qual a noção de Delito para o Direito Penal? R- delito é toda conduta prevista na lei penal e somente a que a lei penal castiga. 3- Além do Direito Positivo a Filosofia e a Ética se valem de mais o que? R- da ordem moral, da natural, da razão etc. 4- A Criminologia positiva naturalista estabeleceu...

    3764  Palavras | 16  Páginas

  • Criminologia

    A Criminologia no Brasil ou Como Tratar Desigualmente os Desiguais Marcos César Alvarez “Nada há de mais profundamente desigual do que a igualdade de tratamento entre indivíduos diferentes.” Esmeraldino Bandeira INTRODUÇÃO pensamento social no Brasil, a partir da segunda metade do século XIX, constituiu-se, em grande medida, a partir da incorporação no debate intelectual local de um conjunto extremamente variado de idéias cientificistas importadas sobretudo da Europa. O positivismo foi a...

    10050  Palavras | 41  Páginas

  • O 4º OBJETO DA CRIMINOLOGIA: A REAÇÃO SOCIAL AO CRIME

    GOMES FONSECA PAULA MARRARA POLASTRI RAFAELA VIEIRA NUNES O 4º OBJETO DA CRIMINOLOGIA: A REAÇÃO SOCIAL AO CRIME FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS NOVA LIMA - MG 2013 ANA PAULA GOMES FONSECA PAULA MARRARA POLASTRI RAFAELA VIEIRA NUNES O 4º OBJETO DA CRIMINOLOGIA: A REAÇÃO SOCIAL AO CRIME Trabalho de Criminologia, Faculdade de Direito Milton Campos. Professor: Eléctra RESUMO A realidade...

    9859  Palavras | 40  Páginas

  • Criminologia

     QUESTIONAMENTOS À CRIMINOLOGIA POSITIVISTA: RELATIVIDADE DO DELITO, CIFRAS NEGRAS DA DELINQUÊNCIA E CRIMES DE COLARINHO BRANCO Introdução O presente trabalho visa analisar a criminologia positivista bem como seus reflexos produzidos para a noção de relatividade do delito, cifras negras de delinquência e crimes de colarinho branco. A criminologia positivista tem como objeto precípuo a verificação do fenômeno criminal a partir da...

    3221  Palavras | 13  Páginas

  • Criminologia

    DO ESTADO DE SÃO PAULO DIRETORIA DE ENSINO ESCOLA SUPERIOR DE SOLDADOS “CORONEL PM EDUARDO ASSUMPÇÃO” CURSO SUPERIOR DE TÉCNICO DE POLÍCIA OSTENSIVA E PRESERVAÇÃO DA ORDEM PÚBLICA MATÉRIA 09: MEDICINA LEGAL E CRIMINALÍSTICA UD 01: CRIMINOLOGIA Departamento de Ensino e Administração Divisão de Ensino e Administração Seção Pedagógica Setor de Planejamento APOSTILA ATUALIZADA EM ABRIL DE 2009 PELO 1º TEN PM CÁSSIA, DA ESSd. 2 ÍNDICE: DESCRIÇÃO PÁG CRIMINOLO GIA ......

    7796  Palavras | 32  Páginas

  • Criminologia

    17 PARTE PRIMEIRA NOgÓES INTRODUTÓRIAS 1. Conceito, objęto e metodo da criminologia 31 1.1 ConsideracSes preliminares 31 1.2 Conceito 36 1.3 Objęto da criminologia: delito, delinąiiente, yftima e controle social 43 1.3.1 O delito 43 1.3.2 O criminoso 47 1.3.3 A yftima 50 1.3.4 Controle social do delito 55 1.4 Metodo da criminologia 60 2. Nascimento da criminologia 73 2.1 Aportes iniciais 73 2.2 Estudo dos precursores 77 2...

    9529  Palavras | 39  Páginas

tracking img