Exercícios De Matemática Para Deficientes Visuais artigos e trabalhos de pesquisa

  • Informação, em formação do deficiente visual da educação básica da cidade de Salvador

    Informação, em formação do deficiente visual da educação básica da cidade de Salvador Alaor Lopes Filho 1 .  INTRODUÇÃO: Através de um estudo acerca da falta de informação enfrentada pelos deficientes visuais da educação básica da cidade de Salvador justificou a necessidade de futuros profissionais da Informação conhecerem, um pouco mais, os meios, os processos e as técnicas utilizadas...

    2071  Palavras | 9  Páginas

  • Deficientes visuais

    CADERNOS DA Este Caderno complementa a série de vídeos da tv escola Deficiência Visual Marta Gil (Org.) M INISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA N. 1/2000 Presidente da República Fernando Henrique Cardoso S UMÁRIO Ministro da Educação Paulo Renato Souza Secretário de Educação a Distância Pedro Paulo Poppovic Secretária de Educação Especial Marilene Ribeiro dos Santos Secretaria de Educação a Distância Cadernos da TV Escola Diretor de Produção...

    15670  Palavras | 63  Páginas

  • A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA ESCOLA REGULAR

    FACULDADE DE TECNOLOGIA EQUIPE DARWIN - FECTED DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO LUCIANA ALVES DOS SANTOS A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA ESCOLA REGULAR Morrinhos 2011 LUCIANA ALVES DOS SANTOS A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA ESCOLA REGULAR Monografia apresentada à Faculdade de Tecnologia Equipe Darwin, como requisito parcial para obtenção do título de especialista em Psicopedagogia com Ênfase em Educação Especial e Educação...

    9471  Palavras | 38  Páginas

  • ATENDIMENTO EDUCACIONAL DO DEFICIENTE VISUAL NO ENSINO REGULAR

    ATENDIMENTO EUCACIONAL DO DEFICIÊNTE VISUAL NO ENSINO REGULAR SÃO PAULO 2013 ATENDIMENTO EDUCACIONAL DO DEFICIENTE VISUAL NO ENSINO REGULAR SÃO PAULO 2013 FICHA CATALOGRÁFICA Silva,Cristiane Bife Moraes da Atendimento Educacional do deficiente visual no ensino regular / Cristiane Bife Moraes da Silva. 2013...

    7374  Palavras | 30  Páginas

  • Deficiencia visual

     DEFICIENCIA VISUAL: ASPECTOS EVOLUTIVOS E EDUCACIONAIS São José do Rio Preto - SP 2014 Universidade Paulista – UNIP Curso de Serviço Social – DEFICIENCIA VISUAL: ASPECTOS EVOLUTIVOS E EDUCACIONAIS A expressão e o contato visual têm um papel fundamental na interação social. Em geral...

    2867  Palavras | 12  Páginas

  • ARTIGO EMPREENDEDORISMO PARA DEFICIENTES VISUAIS.

    EMPREENDEDORISMO PARA DEFICIENTES VISUAIS RESUMO Trabalhar é uma das necessidades primordiais para o ser humano, pois dignifica o homem, tornando cidadão de um mundo moderno e globalizado. É também a conquista de direitos, independência financeira e emocional, realização pessoal e a dignidade. Ingressar no mercado de trabalho como Empresário é um desafio e tanto para essas pessoas, pois o mercado...

    7294  Palavras | 30  Páginas

  • O LÚDICO E O DEFICIENTE VISUAL

    com deficiência visual. PROBLEMATIZAÇÃO: Como o lúdico pode ajudar crianças com deficiência visual na escola? OBJETIVO GERAL: Compreender como é possível o lúdico ajudar no desenvolvimento escolar de uma criança com deficiência visual. OBJETIVOS ESPECIFICOS: Analisar os benefícios do lúdico para o desenvolvimento do deficiente visual Reconhecer as dificuldades dos educadores em aplicar atividades lúdicas em sala de aula Avaliar o processo de conhecimento do deficiente visual através do lúdico...

    3005  Palavras | 13  Páginas

  • Educação matemática especial

    EDUCAÇÃO MATEMÁTICA ESPECIAL FERNANDA DIBAI LANA OTTONI* Orientadora: Augusta Fagundes “Algumas crianças aprendem mais rapidamente do que outras; algumas aprendem mais vagarosamente que seus companheiros da mesma idade e, conseqüentemente, têm dificuldades em se adaptar às demandas sociais”. (Kirk, 1979). Resumo: A preocupação em obter uma formação profissional consistente e, acima de tudo, humana levou-me a desenvolver o artigo Educação Matemática Especial...

    10709  Palavras | 43  Páginas

  • SISTEMAS PARA DEFICI NCIA VISUAL

    Faculdade de Tecnologia de Americana - FATEC Camila Escaleira RA: 051217 Sistemas de Informática para deficientes visuais Orientadora: Ana Lúcia Spigolon Outubro de 2007 Americana/SP – Brasil Faculdade de Tecnologia de Americana - FATEC Sistemas de Informática para deficientes visuais Autora: Camila Escaleira Orientadora: Ana Lúcia Spigolon Dissertação de Conclusão de Graduação apresentada à Faculdade de Tecnologia de Americana como parte...

    7951  Palavras | 32  Páginas

  • Deficiencia visual

    Liliane do Socorro Silva Gomes A FAMÍLIA E O DEFICIENTE VISUAL: Avanços, dificuldades e expectativas em relação ao processo de Inclusão em uma escola de Educação Infantil em Breves-Pa. Breves – Pará 2011 Liliane do Socorro Silva Gomes A FAMÍLIA E O DEFICIENTE VISUAL: Avanços, dificuldades e expectativas em relação ao processo de Inclusão...

    23946  Palavras | 96  Páginas

  • Iniciação matemática para portadores de deficiências mentais

    Iniciação Matemática para Portadores de Deficiências Mentais INTRODUÇÃO A preocupação em obter uma formação profissional, acima de tudo humana, consistente nos levou a cursar a disciplina de Educação Especial que nos proporcionaria os conhecimentos básicos iniciais de sorte que pudéssemos atender os alunos que apresentam necessidades educativas especiais. O presente trabalho, de conclusão da disciplina, foi motivado a partir de nossa inquietação acerca de como se daria o conhecimento matemático...

    10851  Palavras | 44  Páginas

  • Deficiência Visual: Estimulação psicomotora

    Resumo Deficiência Visual: Estimulação psicomotora Orientação e Mobilidade Santin e Simmons (1977) relatam que, para o DV, a mobilidade é necessária para se estabelecer um elo primário com o mundo exterior, um elo sem o qual ficaria prejudicado o seu desenvolvimento auditivo e tátil. Santos (2005) mostra que os sentimentos de autoestima e interação estão relacionados com a independência física e a capacidade de movimentar-se livremente leva a uma melhor participação e a um maior reconhecimento...

    860  Palavras | 4  Páginas

  • Bilinguismo nas aulas de matemática

    de ensino- aprendizagem nas aulas de matemática Para esse momento não precisa deste cabeçalho use a norma que lhe passei. Aracaju-SE 21 de janeiro de 2011 Alunas: Jarleide Almeida Feitosa Paula Valença Pinto da Silva Emiliana Nunes da Silva A Importância do Bilingüismo Como Facilitador do Processo de Ensino Aprendizagem nas Aulas de Matemática Esse tema é interessante...

    1578  Palavras | 7  Páginas

  • ensino e aprendizado de quimica para alunos deficientes auditivos

    O ENSINO E APRENDIZADO DA QUIMICA PARA DEFICIENTES AUDITIVOS: ESTUDO DESENVOLVIDO NA UFMA E NA ESCOLA CEGEL EM SÃO LUIS. 1Jerdenes Nascimento Costa INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR FRANCISCANO-IESF RESUMO As pessoas surdas enfrentam historicamente grandes dificuldades de inserção educacional e essas dificuldades são, em grande parte, decorrentes das condições de comunicação entre surdos e ouvintes. A partir disso, o ensino de química para surdos, através da linguagem de sinais, possui suas...

    4166  Palavras | 17  Páginas

  • O processo de escolarização do aluno deficiente visual no ensino regular

    DE MATO GROSSO FACULDADE DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PEDAGOGIA Jéssica Simplício de Sousa O PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO DO ALUNO DEFICIENTE VISUAL NO ENSINO REGULAR SINOP, MT 2010 Jéssica Simplício de Sousa O PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO DO ALUNO DEFICIENTE VISUAL NO ENSINO REGULAR Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da Universidade...

    19150  Palavras | 77  Páginas

  • Slackline para deficientes Visuais

    sempre estão dispostos a participar mostrando que dificuldades existem para serem vencidas. RESUMO Este trabalho vê por objetivo associar o esporte com a qualidade de vida em Deficientes Visuais, partindo desse pressuposto o presente estudo analisou o ganho de autonomia em portadores de deficiência visual com a vivência de um esporte não conhecido e não praticado anteriormente por eles, essa prática também foi em um lugar imprevisível, pouco frequentado ou nunca antes visitado por nenhum...

    7326  Palavras | 30  Páginas

  • O LÚDICO NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: ALUNOS COM NECESSIDADES VISUAIS

    O LÚDICO NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: ALUNOS COM NECESSIDADES VISUAIS José Miraelzo Soares Pinto¹ Jmiraelzo_@hotmail.com Andrea Souza de Albuquerque² andalbuquerque@ig.com.br RESUMO Este trabalho trata sobre o uso do Lúdico na Educação Matemática aos alunos com necessidades visuais do 6º ano do ensino fundamental. O propósito é valorizar as contribuições dos conhecimentos matemáticos do Lúdico no processo ensino-aprendizagem aos alunos com necessidades educativas visuais. Nesse trabalho apresento...

    7121  Palavras | 29  Páginas

  • A INCLUSÃO DO DEFICIÊNTE VISUAL NA ESCOLA

     SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO PEDAGOGIA Jéssica hitinger da silva a inclusão do deficiênte visual na escola Campo Novo do Parecis 2012 jéssica hitinger da silva a inclusão do deficiênte visual na escola Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, como requisito parcial para a obtenção do título de licenciado em Pedagogia Orientador: Okçana Battini Tutor Eletrônico: Jacqueline C. Grade ...

    8034  Palavras | 33  Páginas

  • deficiencia visual e os jogos educativos

    KELLY DEFICIÊNCIA VISUAL E OS JOGOS EDUCATIVOS Trabalho de curso para obtenção do título de graduação em Pedagogia apresentado à Universidade Paulista – UNIP. SANTOS 2013 KELLY DEFICIÊNCIA VISUAL E OS JOGOS EDUCATIVOS Trabalho de curso para obtenção do título de graduação em Pedagogia apresentado à Universidade Paulista – UNIP. RESUMO Este trabalho vem mostrar a história da inclusão e...

    13136  Palavras | 53  Páginas

  • educação do deficiente visual

    UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PSICOLOGIA DIANA VILLAC OLIVA A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito São Paulo 2011 DIANA VILLAC OLIVA A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito Dissertação apresentada ao Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo para a obtenção do título de Mestre em Psicologia. Área de Concentração: Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano Orientador: Prof...

    110629  Palavras | 443  Páginas

  • Pesquisa sobre Softwares educativos para Deficiêntes

    1. Introdução Segundo o Censo 2010, 45 milhões de brasileiros afirmaram possuir algum tipo de deficiência. Esse número representa aproximadamente 24% da população [IBGE, 2012]. O Estado garante “as pessoas portadoras de deficiência o pleno exercício de seus direitos básicos, inclusive dos direitos à educação” [Lei n.º 7.853]. Nessa direção, são necessárias iniciativas públicas e particulares no intuito de promover meios de inclusão educacional às pessoas com deficiência. A denominação de...

    4223  Palavras | 17  Páginas

  • Deficiência Visual

    consciência de que ainda se vive. Vinícius de Moraes O tema “deficiência visual” foi escolhido pelo grupo, com o objectivo de ter uma noção mais ampla deste tipo de deficiência para que futuramente se torne mais fácil a abordagem com crianças invisuais. Sendo assim, o nosso trabalho começa, com um poema de Vinícius de Moraes onde é feito um apelo à amizade. Em seguida definimos deficiência visual no que diz respeito: à sua classificação, as características dessas crianças, a forma como...

    29626  Palavras | 119  Páginas

  • Deficiente fisico

    UM ALUNO DEFICIENTE EM MINHA SALA DE AULA. 07 7 - TRABALHANDO COM DIFICULDADE MOTORA 08 8 - HISTÓRICO EDUCAÇÃO ESPECIAL. 09 10 - DECLARAÇÃO DE SALAMANCA E LINHA DE AÇÃO 10 11 – REPORTAGEM NA MÍDIA COM TIME DE BASQUETE. 12 12 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS. 12 1 - OBJETIVO DO TRABALHO . Entendermos dentro da psicologia a inclusão do aluno Deficiente Físico. . Pesquisar e nos aprofundarmos no tema deficiência física. . Definir o que é Deficiência Física e relatar o deficiente na ESCOLA...

    7986  Palavras | 32  Páginas

  • EXERCICIOS DE ESTUDO EDUCA O ESPECIAL

    Em sua primeira semana de trabalho foi convocada por sua diretora para uma reunião em que o aluno Matheus de 8 anos de idade e sua família seriam apresentados aos profissionais da escola. A diretora explicou para Débora que a inclusão de alunos deficientes é assegurada por lei e pôde complementar a sua explicação com mais um argumento que mostrava respeito à diversidade de formas de ensinar e respeito à cidadania de Matheus. Marque o único argumento que NÃO faz parte desta descrição qualitativa e...

    29080  Palavras | 117  Páginas

  • Dificuldade de aprendizagem do deficiente auditivo na escola regular

    FACULDADE ASSOCIADA BRASIL Fernanda Barbieri Dificuldade de Aprendizagem do Deficiente Auditivo na Escola Regular TABOÃO DA SERRA 2014 Fernanda Barbieri Dificuldade de Aprendizagem do deficiente Auditivo na Escola Regular Monografia apresentada como exigência parcial de avaliação para conclusão do curso de Pós-Graduação em (Psicopedagogia Clinica e Institucional), pela Faculdade Associada Brasil, Sob a supervisão da orientadora Edna Maria...

    8076  Palavras | 33  Páginas

  • TG artes visuais e inclusão

    Assim sendo, buscou-se como objetivo fazer-se uma reflexão contextualizada dos conceitos, da legislação, da pratica pedagógica vinculando-se no campo da arte educação. PALAVRAS-CHAVE: Inclusão. Educação Inclusiva. Concepções sobre inclusão. Artes Visuais. 1 INTRODUÇÃO Esta pesquisa foi decorrente por meio de inquietações que me acompanharam ao longo do percurso acadêmico. Convém ressaltar que o presente estudo baseou-se em investigação bibliográfica para fundamentar a temática. Foi por vontade...

    7595  Palavras | 31  Páginas

  • O ensino de artes visuais nas escolas

    O ensino de artes visuais na escola no contexto da inclusão O ENSINO DE ARTES VISUAIS NA ESCOLA NO CONTEXTO DA INCLUSÃO LUCIA REILY* RESUMO: A heterogeneidade é algo que o professor de Artes Visuais gerencia como parte de seu métier cotidiano. Entretanto, a diversidade se acentuou nas escolas brasileiras a partir do paradigma da inclusão, que assegura espaço no ensino regular para alunos com deficiências. Estes alunos podem necessitar de recursos para o atendimento de suas necessidades...

    6637  Palavras | 27  Páginas

  • O uso da calculadora nas aulas de matemática no ensino médio

    SUPERIOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE MATEMÁTICA O USO DA CALCULADORA NAS AULAS DE MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO Ludmila Rosa Arantes de Souza APARECIDA DE GOIÂNIA 2010 2 LUDMILA ROSA ARANTES DE SOUZA O USO DA CALCULADORA NAS AULAS DE MATEMÁTICA NO ENSINO MÉDIO Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Instituto Superior de Educação da Faculdade Alfredo Nasser, sob orientação do Profº. Me. Ronan Santana dos Santos como requisito para a conclusão do curso de matemática. APARECIDA DE GOIÂNIA...

    8222  Palavras | 33  Páginas

  • O ensino da matematica

    CAMPO MAIOR - PI CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO: EM METODOLOGIA DO ENSINO DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTIFICA PROFESSOR MESTRE: VALDOMIR MARQUES DE SOUSA O ENSINO DE MATEMÁTICA NO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA UNIDADE ESCOLAR CECILIA COELHO DE RESENDE. BOA HORA DO PIAUÍ /2010 FACULDADE MONTE NEGRO POLO E PROFESSOR MESTRE:...

    4714  Palavras | 19  Páginas

  • Lei de cotas para deficientes físicos no mercado de trabalho

     ALESSANDRA GRANDI DOS SANTOS AS LEIS DE COTAS PARA OS DEFICIENTES FÍSICOS NO MERCADO DE TRABALHO Orientador: Miron Fernandes Dias UNIVERSIDADE DE CUIABÁ FACULDADE DE DIREITO CUIABÁ 2014 ALESSANDRA GRANDI DOS SANTOS AS LEIS DE COTAS PARA OS DEFICIENTES FÍSICOS NO MERCADO DE TRABALHO Trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso de Direito da Universidade de Cuiabá- UNIC, como requisito parcial para obtenção do Titulo de Bacharel em Direito. Sob a orientação dos...

    11113  Palavras | 45  Páginas

  • O ENSINO DA MATEMÁTICA P/ ALUNOS C/ NECESSIDADES VISUAIS

    NATURAIS PROGRAMA DARCY RIBEIRO Curso de Ciências Licenciatura: Habilitação em MATEMÁTICA POLO: ROSÁRIO ASTELIENE SOARES MiLLES JEANE NASCIMENTO SANTOS RAIMUNDA NONATA da silva LEITE O ENSINO DA MATEMÁTICA PARA ALUNOS COM NECESSIDADES VISUAIS Rosário 2014 ASTELIENE SOARES MiLLES JEANE NASCIMENTO SANTOS RAIMUNDA NONATA da silva LEITE O ENSINO DA MATEMÁTICA PARA ALUNOS COM NECESSIDADES VISUAIS Proposta Pedagógica apresentada à Direção do Programa Darcy Ribeiro...

    5634  Palavras | 23  Páginas

  • A inclusao de crianças deficientes na educação infantil

    A inclusão de crianças deficientes na Educação Infantil MÁRCIA MOREIRA VEIGA PSICÓLOGA, MESTRE EM EDUCAÇÃO, PROFESSORA NA FCH/ FUMEC E- MAIL : MARCIAVEIGA @FCH .FUMEC .BR Introdução A inclusão de crianças deficientes na Educação Infantil, seja em creches, pré-escolas ou similares, é um tema polêmico. Muitos desafios se apresentam para quem lida diretamente com crianças com deficiência física, mental, auditiva ou visual. Tanto os pais como os professores, que assumem diariamente a...

    7767  Palavras | 32  Páginas

  • O deficiente auditivo e sua inclusão na escola

    A criança com deficiência auditiva não têm esse aprendizado, principalmente quando os pais são ouvintes. As crianças deficientes auditivas permanecem então, aprendendo a “linguagem” de forma fragmentada e incompleta sem passar muitas vezes da fase de decodificação de mensagens. O aprendizado da Língua Brasileira dos Sinais – Libras proporciona o domínio que a criança deficiente auditiva precisa para o alcance da aprendizagem e a compreensão de mundo de que ela precisa para inserção na escola regular...

    5750  Palavras | 23  Páginas

  • Recursos das escolas/colégios estaduais para trabalhar com deficientes visuais.

    [pic] Denizeti Maria Guilherme Dirce Antonia Germinari Rivas Karina Frasson RECURSOS DAS ESCOLAS/COLÉGIOS ESTADUAIS PARA TRABALHAR COM DEFICIENTES VISUAIS Londrina 2010 COMISSÃO EXAMINADORA _____________________________________ _____________________________________ _____________________________________ Londrina,...

    12115  Palavras | 49  Páginas

  • os aspectos psicológicos de pessoas com deficiência visual

    SUMÁRIO SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 1 1.1 OBJETIVOS 3 1.1.1 Objetivo geral 3 1.1.2 Objetivos específicos 3 2.1 CONHECENDO A DEFICIÊNCIA VISUAL 4 2.2 PSICOLOGIA DA DEFICIÊNCIA VISUAL 21 2.3 AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA DO DEFICIENTE VISUAL 25 3.1 DELINEAMENTO 33 3.2 PARTICIPANTES 33 3.3 INSTRUMENTOS 34 3.4 LOCAL 36 3.5 PROCEDIMENTO DE COLETA DE DADOS 37 3.6 PROCEDIMENTO DE ANÁLISE DE DADOS 38 4.1 ASPECTOS DA ENTREVISTA 43 4.2 ASPECTOS DA ANÁLISE DO QUATI 72 4.3 ASPECTOS...

    40643  Palavras | 163  Páginas

  • Educação de trânsito para deficientes auditivos: a psicopedagogia institucional visando a inclusão social.

    Elisabete Alves Gibson Orientado por: Maria Helena Fávero BRASÍLIA, 2011 EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO PARA DEFICIENTES AUDITIVOS: A PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL VISANDO A INCLUSÃO SOCIAL. Apresentado por:  Fabiana Lúcia Elisabete Alves Gibson Orientado por:      Maria Helena Fávero ...

    14375  Palavras | 58  Páginas

  • Dificuldades e Desafios do Deficiente Auditio

    hoje um grande desafio: garantir o acesso aos conteúdos básicos que a escolarização deve proporcionar a todos os indivíduos inclusive aqueles com necessidades educacionais especiais. O presente trabalho enfoca questões atuais sobre o ensino para deficientes auditivos no Brasil, refletindo e questionando sobre a atual conjuntura da educação regular, especial e do surdo em nosso país, tanto nas escolas Estaduais quanto nas escolas particulares. As temáticas que foram priorizadas são a descentralização...

    10748  Palavras | 43  Páginas

  • Educação matemática e educação inclusiva: instituto dos cegos de campina grande e o caso paula

    CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA ANDRÉA DE ANDRADE MOURA CAMPINA GRANDE - PB 2011 ANDRÉA DE ANDRADE MOURA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E EDUCAÇÃO INCLUSIVA: INSTITUTO DOS CEGOS DE CAMPINA GRANDE E O CASO PAULA Monografia apresentada à Banca Examinadora como requisito para a obtenção do título de Licenciado Pleno em Matemática, pelo Departamento de Matemática. Área de Concentração: Educação Matemática Orientadora: Prof. Dra. Abigail Fregni...

    15234  Palavras | 61  Páginas

  • Matemática especial

    MATEMÁTICA ESPECIAL: UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA MENTAL EDUCÁVEL E TREINÁVEL. Petrina de Souza Lopes petrinadesouzalopes@gmail.com Resumo: A busca de metodologias que possibilitem o aluno com necessidades especiais uma compreensão significativa dos conteúdos matemáticos é uma ação renovável e um desafio constante, pois, o momento atual em que se debate muito sobre as práticas pedagógicas para a educação inclusiva, tem-se percebido o esforço...

    1864  Palavras | 8  Páginas

  • Calculadora para deficientes visuais

    COMPUTAÇÃO CALCULADORA PARA DEFICIENTES VISUAIS LUIZA VIEIRA BORGES RAQUEL GASPAR FERRAZ DIOVANE ALVES JHONATA GADIE Goiânia - GO Setembro de 2013 CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CALCULADORA PARA DEFICIENTES VISUAIS LUIZA VIEIRA BORGES RAQUEL GASPAR FERRAZ DIOVANE ALVES ...

    1665  Palavras | 7  Páginas

  • def visual 1

    HUMANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DEFICIÊNCIA VISUAL VOLUME 1 SÉRIE ATUALIDADES PEDAGÓGICAS 6 1 Presidente da República Federativa do Brasil Fernando Henrique Cardoso Ministro da Educação Paulo Renato Souza Secretária Executiva Maria Helena Guimarães de Castro Secretária de Educação Especial Marilene Ribeiro dos Santos 2 MEC Ministério da Educação Secretaria de Educação Especial PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DEFICIÊNCIA VISUAL VOLUME 1 SÉRIE ATUALIDADES PEDAGÓGICAS...

    30772  Palavras | 124  Páginas

  • Estudo das relações professor – aluno no ensino de Matemática na sala de aulas

    à Distância Curso de Licenciatura em Ensino de Matemática Estudo das relações professor – aluno no ensino de Matemática na sala de aulas Candidato: John Viagem Sixpence Beira, Novembro de 2013 Univesidade Católica de Moçambique Centro de ensino à Distância Curso de Licenciatura em Ensino de Matemática Estudo das relações professor – aluno no ensino de Matemática na sala de aulas Monografia científica...

    14189  Palavras | 57  Páginas

  • 2º encontro de alfabetizadores de deficientes auditivos

    2º ENCONTRO DE ALFABETIZADORES DE DEFICIENTES AUDITIVOS PRESIDENTE DA REPÚBLICA F E D E R A T I V A DO BRASIL José Sarney M I N I S T R O DE ESTADO DA E D U C A Ç Ã O Carlos Sant'Anna S E C R E T Á R I O DE E D U C A Ç Ã O ESPECIAL Rómulo Galvão de Carvalho D I R E T O R A - G E R A L DO INÊS Leni ta de Oliveira Vianna D E P A R T A M E N T O DE PROGRAMAS E D U C A C I O N A I S Lia Marques Jordão C O O R D E N A Ç Ã O DE APOIO À C O M U N I D A D E Therezinha VerardoSa/les COORDENAÇÃO...

    27703  Palavras | 111  Páginas

  • A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA SALA DE AULA

    A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA SALA DE AULA BELÉM – PA 2013 DIANE ROSA SANTOS JOHANN THOMAS SOARES DA CRUZ PALOMA SOBRAL DE LIMA A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA SALA DE AULA BELÉM – PA 2013 DIANE ROSA SANTOS JOHANN THOMAS SOARES DA CRUZ PALOMA SOBRAL DE LIMA A INCLUSÃO DO DEFICIENTE VISUAL NA SALA DE AULA ...

    2603  Palavras | 11  Páginas

  • Ensino e aprendizagem de Física a estudantes com deficiência visual: Desafios e Perspectivas

    Educação em Ciências o Vol. 8 N 2, 2008 Ensino e aprendizagem de Física a estudantes com deficiência visual: Desafios e Perspectivas Physics Education for Blind Students: Challenges and Perspectives Adriana Gomes Dickman Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais adickman@pucminas.br Amauri Carlos Ferreira Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais mitolog@pucminas.br Resumo Neste artigo discutimos...

    6684  Palavras | 27  Páginas

  • Deficientes visuais e sala de aula

    QUANDO HOUVER CRIANÇAS DEFICIENTES DA VISÃO EM SUA SALA DE AULA: SUGESTÕES PARA PROFESSORES Íris Torres e Anne Lesley Corn RESUMO Abordando basicamente o ensino inclusivo, as autoras deixam clara a necessidade do professor especializado, em salas de recursos ou através do ensino itinerante, como sendo de participação imprescindível no processo educacional de crianças portadoras de deficiência visual. ABSTRACT This article is about integrated school. The authors explain that specialized...

    6524  Palavras | 27  Páginas

  • Atletismo para deficientes visuais

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Jéssica Marques da Rocha RA: 62171 Turma: 03 ATLETISMO PARA DEFICIENTES VISUAIS Maringá 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Jessica Marques da Rocha RA: 62171 ATLETISMO PARA DEFICIENTES VISUAIS Artigo apresentado à Disciplina Iniciação a Ciência e a Pesquisa, como requisito de Avaliação do 4º Bimestre 2010. Professor Ademir Q. Lazarini. ...

    1147  Palavras | 5  Páginas

  • ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DA LINGUAGEM MATEMÁTICA NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE UNIÃO

    UTILIZAÇÃO DA LINGUAGEM MATEMÁTICA NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE UNIÃO TERESINA / 2010 ROMULO MOREIRA MOITA ALUNO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MATEMÁTICA DA UESPI ANÁLISE DA Monografia apresentada ao Curso de Especialização em Matemática da Universidade Estadual...

    12176  Palavras | 49  Páginas

  • Plano de aula para deficientes

    Resumo O presente trabalho tem como objetivo a elaboração de aulas adaptadas para alunos com deficiência. Estarei abordando as seguintes deficiências: • Deficiência visual; • Deficiência auditiva; • Deficiência mental; • Deficiência física; As aulas de português, matemática, ciências e educação física foram elaboradas com base nos conteúdos regulares do currículo do Ensino Fundamental, mas foram adaptadas para cada tipo de deficiência sendo trabalhadas com materiais educativos e lúdicos...

    3042  Palavras | 13  Páginas

  • Inclusão de deficientes visuais na rede regular de ensino

    INCLUSÃO DE DEFICIENTES VISUAIS NA REDE REGULAR DE ENSINO MARQUES, Beatriz Moires1 RESUMO: Este trabalho tem por objetivo analisar, as relações existentes entre os termos: inclusão e integração, remetendo-os como ponto de partida para o processo de inclusão do aluno deficiente visual na rede regular de ensino. A metodologia constituiu em análise bibliográfica, buscando por meio desta, subsídios para a discussão em torno de como garantir que a educação dos deficientes visuais ocorra na rede...

    4466  Palavras | 18  Páginas

  • Educação fisica para deficientes visuais

    Faculdade Araguaia Felipe Cardoso Neto EDUCAÇÃO FISICA PARA DEFICIENTES VISUAIS GOIANIA-GOIAS OUTUBRO/2012 “Muitas pessoas pensam que estão a pensar quando estão apenas a re-arrumar os seus preconceitos.” William James INDICE 1. JUSTIFICATIVA................ PAG 04 2. INTRODUÇÃO................... PAG 05 3. DESENVOLVIMENTO....... PAG 06 4. CONCLUSÃO..................... PAG 13 5. BIBLIOGRAFIA.......

    2261  Palavras | 10  Páginas

  • O ensino de geografia ao deficiente intectual

    educacional que se busca atualmente para o aluno com deficiência intelectual é a de que os educadores façam a diferença buscando conhecimento, contribuindo com uma prática eficiente baseada no respeito, afetividade e superação de limites. Palavras-chave: Deficiente Intelectual; Déficit Intelectual; Educação Inclusiva; Ensino de Geografia. ABSTRACT: This research aimed to understand the intellectual disability seeking the teaching and learning of geography in the early years, highlighting the methodologies...

    10526  Palavras | 43  Páginas

  • PLANOS DEFICIENTE VISUAL

    escrita, por meio da coordenação motora, domínio da escrita convencional e capacidade de explorar o software Dosvox. Aula nº. 4 Tema: Saúde e importância da alimentação saudável Conteúdo: Quantidades e os cinco sentidos Disciplinas: Ciências e Matemática Duração: 1 hora e 30 min. (relógio) Objetivos Conhecer os alimentos e sua importância para a saúde; Incentivar o aluno para compreender a importância de uma alimentação saudável para seu desenvolvimento; Estimular o raciocínio matemático a partir...

    7119  Palavras | 29  Páginas

  • OFICIAL Teste de Cooper em corredores de meio fundo deficientes visuais

    FACULDADE EUCLIDES DA CUNHA CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO EVANDRO OSSAIN DE ALMEIDA TESTE DE VO2 MÁX. EM CORREDORES DE MEIO FUNDO COM DEFICIÊNCIA VISUAL São José do Rio Pardo – SP 2013 EVANDRO OSSAIN DE ALMEIDA TESTE DE VO2 MÁX. EM CORREDORES DE MEIO FUNDO COM DEFICIÊNCIA VISUAL Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Educação Física, da...

    8571  Palavras | 35  Páginas

  • Assistência Educacional Especial (AEE): Estratégias de aulas para deficiências: visuais, auditivas, mentais, autismo, física.

    TENDÊNCIAS EDUCACIONAIS E EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Assistência Educacional Especial (AEE): Estratégias de aulas para deficiências: visuais, auditivas, mentais, autismo, física. Niterói 2013 FÁBIA S. B. DA CONCEIÇÃO auditivas, mentais, autismo, física. Trabalho apresentado à Universidade Estácio de Sá como requisito parcial para obtenção...

    2757  Palavras | 12  Páginas

  • Projeto deficiente visual

    A convivencia do aluno com problemas visuais esta longe de ser aceita ,naturalmente como um aluno normalvisual e professor.Trata-se de ter uma escola inclusa arquitetada como formas teorica pela legislação. Não basta integrar o aluno com deficiencia visual,sem a preparação dos professores,e misturar em meios ao outros alunos,o professor ve a deficiencia do aluno não como ele se porta,devemos lembrar que ele e aluno,criança com caracteristicas e semelhanças igual as outras crianças normaisvisual...

    520  Palavras | 3  Páginas

  • nataçao para deficientes visuais

    Colegiado do CURSO de EDUCAÇÃO FÍSICA HERLON PEREIRA DIAS NATAÇÃO PARA DEFICIENTES VISUAIS NA ASSOCIAÇÃO JEQUIEENSE DE CEGOS – AJECE JEQUIÉ-BA. JEQUIÉ (BA) JULHO/ 2013 HERLON PEREIRA DIAS NATAÇÃO PARA DEFICIENTES VISUAIS NA ASSOCIAÇÃO JEQUIEENSE DE CEGOS – AJECE JEQUIÉ-BA. Trabalho apresentado ao Profº André Santos, ministrante...

    2649  Palavras | 11  Páginas

  • O USO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS NO AUXÍLIO À APRENDIZAGEM MATEMÁTICA

    Educacionais (INEP) que para muitas pessoas a matemática é sinônimo de dificuldade para aprender. No entanto, esse problema na aprendizagem, em relação ao ensino da matemática, decorre da ausência de utilização de recursos que facilitem a passagem da estrutura teórica da disciplina (abstrato) para estrutura cognitiva do aluno (concreto), fazendo assim com que o aprendizado não tenha significado para o aluno. Sendo assim percebe-se que para o ensino da matemática tornar-se mais fácil há a necessidade de...

    8726  Palavras | 35  Páginas

  • Cartilha:Como Lidar com deficientes visuais.

    COMO LIDAR com pessoas com deficiência visual INTRODUÇÃO Conhecendo um pouco. . . O art. 3° e 4° do Decreto Federal n. 3.298, de dezembro de 1999, que regulamenta a Lei n. 7.853, de 24 de outubro de 1989, estabelece o conceito de deficiência e defini suas categorias em: física, mental, visual, auditiva e múltipla. Mas afinal o que é deficiência...

    819  Palavras | 4  Páginas

  • natação para deficiente

    forma, tem sido de grande importância para o desenvolvimento global das pessoas com deficiência visual, pois pode ser praticada em qualquer idade e condição física, trazendo benefícios que influenciarão diretamente as suas atividades diárias, favorecendo e facilitando a inserção social dessas pessoas. Portanto, a utilização da modalidade natação como atividade motora para pessoas com deficiência visual é altamente recomendável, pois este é um esporte que possibilita independência e autonomia ao seu...

    6796  Palavras | 28  Páginas

tracking img