Estudo De Caso Roger Agnelli E Cvrd Gratis artigos e trabalhos de pesquisa

  • ESTUDO DE CASO – ROGER AGNELLI E A CVRD

    BAHIA DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO NA ENGENHARIA DATA: 16/09/2014 ESTUDO DE CASOROGER AGNELLI E A CVRD 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. A CVRD foi privatizada em leilão muito conturbado e diferente pois enquanto da lado de fora havia uma “guerra” pela NÃO privatização da CVRD do lado de dentro se via e ouvia sorrisos de alegria pela venda da empresa...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo de caso- Roger Agnelli e a CVRD

    Texto: Estudo de caso- Roger Agnelli e a CVRD Questões: 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. A CVRD foi privatizada em leilão muito conturbado e diferente pois enquanto da lado de fora havia uma “guerra” pela NÃO privatização da CVRD do lado de dentro se via e ouvia sorrisos de alegria pela venda da empresa. Do lado de fora os protestantes urravam contra a...

    1075  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo de caso Roger Agnelli

    Estudo de caso: Roger Agnelli e a CVRD 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R: A privatização da CVRD foi controversa, pois houve um contexto político, histórico e econômico para que tal decisão fosse tomada, pois desde os fins da década de 1970 o FMI criou um conjunto de normas, conhecido como o Consenso de Washington, que defendia a privatização de todas...

    725  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso cvrd e roger agnelli

    Estudo de caso CVRD e Roger Agnelli 1- A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização? Pesquise informações complementares. R: Quando Fernando Henrique Cardoso privatizou a CVRD ele alegava que o motivo da privatização desta companhia estatal era a necessidade de controlar a inflação desordenada que ocorria no país, além de que não havia dinheiro para investimentos necessários para s empresas se manter atualizada, e ainda seus...

    858  Palavras | 4  Páginas

  • TRABALHO DE ADMINISTRAÇÃO - QUESTÕES SOBRE O ESTUDO DE CASO: ROGER AGNELLI E A CVRD

    Profº Reydner Furtado TRABALHO DE ADMINISTRAÇÃO - QUESTÕES SOBRE O ESTUDO DE CASO: ROGER AGNELLI E A CVRD Americana/ SP 2013 Faculdade de Tecnologia de Americana Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas - Matutino Eliana Candido Guilherme Deckmann Jayme Santos Matheus Trindade TRABALHO DE ADMINISTRAÇÃO - QUESTÕES SOBRE O ESTUDO DE CASO: ROGER AGNELLI E A CVRD TGI apresentado à Faculdade de Tecnologia de Americana como parte das exigências...

    1183  Palavras | 5  Páginas

  • Caso ROGER AGNELLI E A CVRD

    CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS TURMA: CONT2 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO MATRÍCULA: 201320107 NOME: MARLEIDE SILVA RODRIGUES ESTUDO DE CASO 1 – ROGER AGNELLI E A CVRD 1) A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Argumentos a favor: Por ser uma estatal tinha um processo de gestão extremamente burocrático. Por isso muitas oportunidades foram perdidas...

    975  Palavras | 4  Páginas

  • estu de caso Roger Agnellli

    Estudo de caso: Roger Agnelli e a CVRD 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R: A privatização da CVRD foi controversa, pois houve um contexto político, histórico e econômico para que tal decisão fosse tomada, pois desde os fins da década de 1970 o FMI criou um conjunto de normas, conhecido como o Consenso de Washington, que defendia a privatização de todas...

    783  Palavras | 4  Páginas

  • Estudo do caso roger agnelli

    Estudo de caso Roger Agnelli e a CVRD Companhia Vale do Rio Doce Criada em 1942, durante o Goverso Vargas, a Companhia vale do Rio Doce ( CVRD ) representava os interesses nacionais na exploração das Minas de ferro de Minas Gerais. Fruto do nacionalismo caracterítico da Época e do intervencionismo estatal na economia, a CVRD nasceu em um contexto de fortalecimento da indústir de base brasileira, exemplificado também pela criação da companhia Siderúrgica nacional ( CSN ). A expansão da base industrial...

    1603  Palavras | 7  Páginas

  • estude caso Roger Agnelli

    Estudo de caso: Roger Agnelli e a CVRD 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R: A privatização da CVRD foi controversa, pois houve um contexto político, histórico e econômico para que tal decisão fosse tomada, pois desde os fins da década de 1970 o FMI criou um conjunto de normas, conhecido como o Consenso de Washington, que defendia a privatização de todas...

    783  Palavras | 4  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    Estudo de Caso Roger Agnelli e a CRVD. 1) A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização ? Pesquise informações complementares.Resposta : A Vale do Rio Doce Como empresa estatal desenvolveu um processo de gestão extremamente burocrático, fazendo com que muitas oportunidades que necessitavam de respostas imediatas fossem perdidas. As decisões sempre foram muito centralizadas pelos administradores de topo. Interesses...

    938  Palavras | 4  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    Resumo de Estudo de caso Roger Agnelli e a CVRD Criada em 1942, durante o governo de Vargas, a companhia Vale Do Rio Doce (CVRD), representava os interesses nacionais na exploração das minas de ferro de Minas Gerais, a expansão da base industrial brasileira era um dos pilares da política desenvolvimentista de Vargas, que visava à industrialização no país. A CVRD desenvolveu um processo de gestão extremamente burocrático, tendo como conseqüência: oportunidades...

    1082  Palavras | 5  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    Estudo de Caso: Roger Agnelli e a CVRD (Companhia Vale do Rio Doce) 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Argumentos a favor: a privatização da CVRD deixou de ser cabide de empregos com intenções políticas. Outro aspecto a considerar foi a geração de empregos com aproveitamento de pessoas qualificadas. A expansão da empresa e o aumento da arrecadação de impostos...

    806  Palavras | 4  Páginas

  • Resolução do estudo de caso da CVRD

    Resolução do exercício de estudo de caso da CVRD 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R. – A CVRD foi privatizada em leilão muito conturbado e diferente pois enquanto da lado de fora havia uma “guerra” pela NÃO privatização da CVRD do lado de dentro se via e ouvia sorrisos de alegria pela venda da empresa. Do lado de fora os protestantes urravam contra a venda...

    1204  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo De Caso

     B05077-2 Larissa Gasparin T174JA-0 Leila Marçal B349EI-5 Estudo de Caso LIMEIRA – SP 2015 Estudo de Caso 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Como empresa estatal, a Vale do Rio Doce desenvolveu um processo...

    1015  Palavras | 5  Páginas

  • Adm e mercado de trabalho cvrd

    Questão 1: A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Os principais argumentos contra a privatização da CVRD foram: - Soberania Nacional; - Manutenção das Estatais; - Critérios de Avaliação subestimou valor financeiro das reservas; - Grandes reservas de Nióbio e Titânio (minerais indispensáveis à indústria aeronáutica e aeroespacial), além de fosfato, cassiterita...

    637  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso: cvrd

    Estudo de Caso: Roger Agnelli e a CVRD Quanto a privatização da CVRD consideramos como argumentos utilizados a favor desta descentralização a sua má administração enquanto empresa estatal pois desenvolvia um processo de gestão extremamente burocrático, tomada de decisão centralizada nas mãos dos administradores do alto nível estratégico, os interesses políticos dentro da empresa também afetaram o recinto e as decisões que eram tomadas pela CVRD. Podemos considerar como argumentos contra a descentralização...

    583  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso cvrd

    ESTUDOS DE CASO ADM paginas: 26;27 e 28 1- A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a destatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Resp: Argumentos a favor; A CVRD foi privatizada há dez anos. Mais especificamente de 2000 para cá, comprou 16 empresas no Brasil e no exterior, fez parcerias com a China. Na África prospectou novos negócios, em 2006, comprou a canadense Inco por US$ 13 bilhões, maior...

    877  Palavras | 4  Páginas

  • Caso roger agnelli

    Leia o estudo de caso: ROGER AGNELLI E A CVRD, identifique os elementos relevantes e responda aos questionamentos abaixo: 1.A privatização da CVRD foi um processo conturbado.  Quais os argumentos utilizados a favor e contra a privatização dessa organização?  Pesquise informações complementares para reforçar sua justificativa.      À Época dos fatos, quem era a favor da privatização da Vale do Rio Doce tinha como argumento a escassez de recursos suficientes para capitalizar as empresas sob a administração...

    695  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo Caso 1 Vale

    Curso de Administração – Prof. Adias 2012/2  FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO  Nome RA  Nome RA  Nome RA  Caso Roger Agnelli e a CVRD Avaliação  Essa atividade será realizada exclusivamente em sala e entregue até o final da aula. Leia todas  as questões relacionadas a seguir e responda de forma manuscrita. Atenção: não serão aceitas  respostas idênticas ao texto do livro ou copiadas de outros alunos.  1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor  e  contra a desestatização dessa organização...

    2000  Palavras | 8  Páginas

  • Respostas, estudo de caso: roger agnelli e a cvrd

    Estudo de Caso: Roger Agnelli e a CVRD 1 – A privatização da CVRD foi um período muito conturbado e gerou muita controvérsia. As privatizações na época vinham sendo defendidas a nível mundial como solução para alavancar o desenvolvimento econômico. No Brasil, período de governo FHC, não vinha sendo diferente, as privatizações brasileiras foram rodeadas de polêmicas, dentre elas, a antiga CVRD (agora Vale S.A). Para a venda da Vale, FHC contratou dois bancos internacionais para fazer a avaliação...

    703  Palavras | 3  Páginas

  • Roger agnelli

    ESTUDO DO CASO Roger Agnelli e a CVRD Criada em 1942, durante o governo Vargas, a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) representava os interesses nacionais na exploração das minas de ferro de Minas Gerais. Como empresa estatal, a Vale do Rio Doce desenvolveu um processos de gestão extremamente burocrático, até a alocação de recursos e a nomeação de diretores eram influenciadas por autoridades políticas, limitando assim, suas possibilidades de crescimento. Em 1997, a CVRD foi privatizada...

    1094  Palavras | 5  Páginas

  • Case Roger Agnelli

     ADMINISTRAÇÃO-FGV 1º SEMESTRE Tatiana Ribeiro, Luciana Vasconcelos, Gabriel e Felipe Pavani. ESTUDO DE CASO- ROGER AGNELLI 1- A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R: Os argumentos principais a favor da privatização da vale .Em primeiro lugar como toda empresa estatal a Vale se tornava uma empresa extremamente burocrática e por conta disso perdia mercado...

    842  Palavras | 4  Páginas

  • caso CVDR

    Estudo de caso: Roger Agnelli e a CVRD 1) A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Argumentos a favor: Basicamente, o texto apresenta dois argumentos a favor da privatização da CVRD. Primeiro, a Companhia Vale do Rio Doce desenvolveu um processo de gestão burocrático, que provocava perdas de oportunidades de negócios que necessitavam de respostas rápidas. Assim, as...

    1081  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo de caso da vale

    ESTUDO DE CASO ROGER AGNELLI E A CVRD (VALE RIO DOCE) (Do livro Administração teoria e prática no contexto brasileiro de Sobral e Peci) COMPANHIA VALE RIO DOCE: Criada em 1.942 durante o governo Vargas,, a Companhia Vale do Rio Doce (CRVD) representava os interesses nacionais na exploração das minas de ferro de Minas Gerais. Fruto do nacionalismo característico da época do intervencionismo estatal na economia, a CVRD nasceu em um contexto de fortalecimento da indústria de base brasileira, exemplificando...

    1636  Palavras | 7  Páginas

  • caso agnelli

    ESTUDO DE CASO: Roger Agnelli e a CVRD 1- A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. O favorecimento da privatização da CVRD – Companhia Vale do Rio Doce ocorreu devido ao fato de que como empresa estatal, desenvolvia um processo de gestão muito burocrático e, como consequência, perdia muitas oportunidades de fechar grandes negócios que necessitavam de respostas imediatas...

    1278  Palavras | 6  Páginas

  • Roger agnelli e a crvd

    Estudo de Caso: Roger Agnelli e a CVRD 1   A Companhia Vale do Rio Doce Criada em 1942, durante o Governo Vargas, a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD)representava os interesses nacionais na exploração das minas de fero de Minas Gerais. Fruto donacionalismo característico da época e do intervencionismo estatal na economia, a CVRDnasceu em um contexto de fortalecimento da indústria de base brasileira, exemplificado tambémpela criação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A expansão da base industrial...

    1555  Palavras | 7  Páginas

  • Estudo de caso

    Estudo de caso 1 - Dê exemplos de cada uma das habilidades gerenciais que Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador do Bradesco e da CVRD. Habilidades Técnicas- Roger Agnelli iniciou sua carreira no Bradesco como Analista de Investimentos, logo se formou em economia, destacou-se por ter uma habilidade técnica de se comunicar internamente e externamente, já que como poucas pessoas ele falava inglês fluentemente, isso possibilitou que desempenhasse importante papel no processo...

    636  Palavras | 3  Páginas

  • Administração- teoria e prática no contexto brasileiro - estudo de caso

    Estudo de Caso Capítulo 1 – Introdução à Administração e às organizações Questões: 1- A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Pesaram a favor da estatização da CVRD a forte tendência neoliberal corrente à época, segundo a qual o Estado deveria exercer um papel mínimo na economia, deixando o mercado gerir-se sozinho, e o fato de que o Estado torna tudo mais caro para...

    871  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho CVRD 1

    Conteúdo 1 Introdução 2 2 Companhia Vale do Rio Doce 3 2.1 Historia 3 3 Roger Agnelli 4 4 Estudo de caso da cvrd 6 5 Criticas 8 5.1 Privatização segundo o FHC 9 6 Conclusão 10 7 Anexo 11 1 Introdução 2 Companhia Vale do Rio Doce 2.1 Historia Vários grupos de investidores internacionais adquiriram extensas glebas de terra próximas a Itabira e, em 1909, se reuniram fundando o Brazilian Hematite Syndicate, um sindicato que visava a explorá-las. Em 1911, o empresário estadunidense Percival Farquhar...

    3168  Palavras | 13  Páginas

  • Estudo de caso 1

    Administração no Brasil é um total reflexo de nossa cultura, por sermos muitos calorosos e altruístas e sempre estarmos nos preocupando com o próximo em nossas relações pessoais é total refletido em nosso modo de administração. Tema: Estudo de CasoRoger Agnelli e a CVRD A Companhia Vale do Rio Doce foi privatizada em 1997 frente a um processo conturbado com pessoas a favor e contra essa privatização. Diante da discussão de tal ato feito pelo presidente Fernando H. Cardoso, os que eram a favor dessa...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • Caso roger agnelli e cvrd

    Questões Caso Roger Agnelli e CVRD 01 - A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Os argumentos utilizados a favor desta descentralização foram: A má administração enquanto estatal que foi centralizado nas mãos dos administradores de topo, interesses políticos dentro da empresa, falta de recursos do governo para a manutenção da empresa. Os argumentos utilizados contra...

    509  Palavras | 3  Páginas

  • Caso roger agnelli e a cvrd

    1 - A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Argumentos pró: que a continuidade dessa empresa no controle absoluto do governo, poderia, em caso de falência, não ser dissolvida, por ser estatal, e se utilizaria recursos de outras áreas para socorrer a estatal; outro argumento é de que geraria mais divisas para o País, através da participação da empresa no mercado aberto...

    911  Palavras | 4  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    Tema: Roger Agnelli e a CVRD 1-A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R: A Vale do Rio Doce Como empresa estatal desenvolveu um processo de gestão extremamente burocrático, fazendo com que muitas oportunidades que necessitavam de respostas imediatas fossem perdidas. As decisões sempre foram muito centralizadas pelos administradores de topo. Interesses políticos...

    774  Palavras | 4  Páginas

  • Roger Agnelli

    Roger Agnelli (São Paulo, 3 de maio de 1959) é empresário brasileiro e, de 2001 à 2011, foi presidente da Vale. Formado em Economia pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), trabalhou de 1981 a 2000 no Banco Bradesco, onde iniciou sua carreira, chegando ao cargo de diretor executivo em 1998. Nesse mesmo período a Companhia Vale do Rio Doce, que já detinha o controle das maiores jazidas minerais do Brasil, foi privatizada por R$3,3 bilhões com financiamento subsidiado, disponibilizado aos...

    1730  Palavras | 7  Páginas

  • Estudo de caso roger agnelli

    uma das habilidades gerenciais que, segundo Katz, Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador do Bradesco e da CVRD. | | Habilidades conceituais: “Agnelli vinha discutindo com os acionistas da CRVD um plano estratégico de longo prazo que focasse as áreas de mineração e logística...” É perceptível nesse trecho a capacidade de Roger Agnelli para coordenar e integrar os diversos interesses e atividades dos acionistas (grupo)no caso da Vale para um melhor desempenho da organização...

    611  Palavras | 3  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    QUESTÕES 1ª) Dê exemplos de cada uma das habilidades gerenciais que, segundo Katz, Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador do Bradesco e da CVRD. Habilidades Técnicas- Roger Agnelli iniciou sua carreira no Bradesco como Analista de Investimentos, logo se formou em economia, destacou-se por ter uma habilidade técnica de se comunicar internamente e externamente, já que como poucas pessoas ele falava inglês fluentemente, isso possibilitou que desempenhasse importante papel no...

    904  Palavras | 4  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    QUESTÕES 1) A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos dessa organização? Pesquise informações complementares. A CVRD foi criada em 1942 pelo governo Vargas e buscava o fortalecimento da industria de base no Brasil. Tal industria era um dos pilares da política desenvolvimentista de Vargas, visando a industrialização do país, tendo uma postura favorável ao controle estatal de empresas como CVRD, CSN, Petrobras e outras. O Partido Socialista dos Trabalhadores...

    1025  Palavras | 5  Páginas

  • Administração Interdisciplinar - estudos de casos

    meio de estudos de casos. IV – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1-Estudo de caso: Roger Agnelli e a CVRD 2-Estudo de caso: Desafios da Administração no McDonald’s Brasil 3-Estudo de caso: O ambiente organizacional da Petrobrás 4-Estudo de caso: Grupo Schincariol e a tomada de decisão 5-Estudo de caso: A GOL levanta voo (planejamento e estratégia) 6-Estudo de caso: Crise e reestruturação nas Organizações Globo 7-Estudo de caso: Mudanças na direção da São Paulo Alpargatas 8-Estudo de caso: O processo...

    29808  Palavras | 120  Páginas

  • Estudos de casa

    indisciplina na escola pública: um estudo de caso na E.E.B.Cândido José Rabelo Morada Nova - Ceará 2011 ” RESUMO O objetivo deste trabalho é o de analisar a avaliação dos docentes e discente da escola Públ 10802 Palavras44 Páginas Estudo De Impacto Ambiental De Nascentes Estudo De Caso: Clube Estoril – Campo Grande / Ms - Brasil FACULDADES OSWALDO CRUZ MBA EM AUDITORIA, PERÍCIA E GESTÃO AMBIENTAL Maíra de Lacerda e Souza ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL DE NASCENTES ESTUDO DE CASO: CLUBE ESTORIL – CAMPO GRANDE...

    531  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso

    zonas de conforto imanentes e inerentes de acordo com os propósitos da cultura organizacional. e. Ignorar a acomodação associada à burocratização das organizações. JUSTIFICATIVA 8º)QUESTÃO: A LCL Consultoria está realizando um estudo da estrutura organizacional da Araucária Ltda. e propôs a criação da seguinte estrutura matricial: Entretanto, tal tipo de estrutura organizacional apresenta maior risco de surgimento de conflitos em função: a. da falta de mobilidade do conhecimento...

    1469  Palavras | 6  Páginas

  • caso roger agnelli e a vale do rio doce

    Introduçao Fundada em 1942, durante o governo de Getúlio Vargas, a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) alavancou a economia nacional e projetou o Brasil em nível externo, transformando distâncias geográficas em distâncias econômicas – filosofia da logística, defendida por Eliezer Batista, que assumiu a presidência da empresa em 1961. Ao longo dos anos, investiu em geologia, consolidou sua internacionalização e abriu caminhos para a exploração de novos segmentos, uma vez que, inicialmente...

    1355  Palavras | 6  Páginas

  • Estudos de caso

    Questões 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Como empresa estatal, a Vale do Rio Doce desenvolveu um processo de gestão extremamente burocrático.Como consequência, muitas oportunidades que necessitavam de respostas imediatas eram perdidas. Além disso, as decisões sempre foram muito centralizadas nas mãos dos administradores de topo, o que era um ponto negativo...

    764  Palavras | 4  Páginas

  • ROGER AGNELLI E A CVRD

    CEUMA UNIVERSIDADE – EDUCAÇÃO A DISTANCIA ROGER AGNELLI E A CVRD IDINA POLARY NASCIMENTO CPD 37661 São Luís 2014 IDINA POLARY NASCIMENTO ROGER AGNELLI E A CVRD Trabalho apresentado ao professor Moisés Mendes Junior da disciplina Mercado de Trabalho do Curso de Gestão de Recursos Humanos na Universidade CEUMA Educação á Distancia. São Luís 2014 Em 1º de junho de 1995, a Companhia...

    866  Palavras | 4  Páginas

  • roger agnelli

    Pantanal 2014 INTRODUCAO À ADMINISTRACAO CUIABA – MT 2014 Questões Caso Roger Agnelli e CVRD 01 - Dê exemplos de cada uma das habilidades gerenciais que, segundo Katz, Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador. De que maneira essas habilidades gerenciais foram se tornando mais ou menos relevantes ao longo do percurso profissional de Roger Agnelli? R: Habilidades conceituais: tomou a decisão de ocupar o cargo de diretor-administrativo da companhia;...

    555  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso agnelii e a vale

    1. A COMPANHIA Criada em 1942, durante o governo de Vargas, a companhia Vale Do Rio Doce (CVRD), representava os interesses nacionais na exploração das minas de ferro de Minas Gerais, a expansão da base industrial brasileira era um dos pilares da política desenvolvimentista de Vargas, que visava à industrialização no país. A CVRD desenvolveu um processo de gestão extremamente burocrático, tendo como conseqüência: oportunidades de negócio perdidas, além disso, as decisões eram centralizadas...

    1111  Palavras | 5  Páginas

  • Estudos da Gol, Shcincariol, McDonald's

    Administração Noturno 6º período Disciplina: Administração Interdisciplinar Professor: Doriedson Serra Nome do aluno: Ana Graciele Menezes Almeida Maria de Jesus Ramos Santos Questões: 1 – Qual o foco principal do estudo de casoRoger Agnelli e a CVRD”? Habilidades gerenciais e os papeis do administrador. Tornar-se a empresa eficiente e produtiva agilizando também o processo e mostrando que a comunicação dentro dos setores e fundamental entre os colaboradores, aproximando-se de...

    658  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso cap 1 administração teoria e prática no contexto brasileiro questões

    Exercícios 1) Nas privatizações brasileiras foi possível observar muitas divergências nas opiniões sobre este assunto, incluindo a CVRD. As privatizações estavam sendo aplicadas a nível mundial pela corrente de pensamento neoclássica, que defendia que o governo não deveria influenciar o mercado, como uma possível resposta para alavancar o desenvolvimento econômico, bem como, no caso brasileiro, uma maneira de diminuir a corrupção e ineficiência. Porém, as empresas contratadas para avaliar a Vale utilizaram-se...

    619  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso - roger agnelli e a cvrd

    privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? A favor: Os lucros da empresa aumentaram exponencialmente. Comprou diversas empresas no Brasil e no Exterior, aumentando sua influência internacional. Criou um número considerável de empregos. Acabou com a influência política em sua administração. Contra: A empresa foi vendida a um preço muito baixo dado o seu tamanho e capacidade. Com a CVRD privada, o país...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso: roger agnelli e a cvrd

    01 – A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares.                    Os argumentos utilizados a favor desta descentralização foram:             A má administração enquanto estatal que foi centralizado nas mãos dos administradores de topo, interesses políticos dentro da empresa, falta de recursos do governo para a manutenção da empresa.             Os argumentos utilizados...

    513  Palavras | 3  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    Roger Agnelli e a CVRD 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Resposta: Favor: A CVRD foi privatizada há dez anos. Mais especificamente de 2000 para cá, comprou 12 empresas no Brasil e no exterior. Efetuou negócios na África. Explora outros metais e até energia elétrica. A privatização da vale gerou empregos, aumentou a arrecadação do Estado, com isso aquecendo...

    647  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso - cvrd

    A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? - A favor: os lucros da empresa tiveram um aumento bastante significativo; comprou diversas empresas tanto no Brasil quanto no exterior, aumento sua influência no cenário nacional e internacional; a criação de empregos; pôs fim a influência política na sua administração. - Contra: levando em conta seu tamanho e sua capacidade no mercado, a CVRD foi vendida a um preço...

    726  Palavras | 3  Páginas

  • Roger agnelli e a cvrd

    Segundo Katz , Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador do Bradesco e do CRVD. Agnelli não possuía habilidade técnica, mas essa é de pouca importância para pessoas do topo da organização, sendo mais importantes habilidades conceituais e humanas. 2. demonstrou possuir na condição de administrador do Bradesco e da CVRD. As deficiências da empresa, na condição de estatal, eram muitas, e vencê-las demandaria de seus novos administradores empenho e talento. Agnelli tinha facilidade...

    903  Palavras | 4  Páginas

  • estudo de caso roger agnelli

    que o Estado vendeu patrimônio público a preços baixos, dando aos grupos compradores oportunidade de llucros exorbitantes, como na CVRD, onde o principal argumento era que o valor estimado para a sua privatização não levava em consideração o potencial econômico das reservas de ferro de posse da CVRD à época. 2. A frente das empresas Bradesco e CVRD, Roger Agnelli demonstro um grande perfil empreendedor e de líder, raro senso de oportunidade, além de tornar a empresa mais eficiente, eliminando...

    637  Palavras | 3  Páginas

  • roger agnelli

    Questões para discussão: 1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. R: A desestatização da CVRD tem como argumento a favor a eliminação da influencia politica na tomadas de decisões, o crescimento do rendimento lucrativo das empresas o crescimento de mais empregos o fortalecimento de vínculos internacionais e a sua expansividade no mercado da mineração ...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • Respostas artigo roger agnelli e a cvrd

    01. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Argumentos a favor: A CVRD foi privatizada há dez anos. Mais especificamente de 2000 para cá, comprou 16 empresas no Brasil e no exterior. Fez parcerias com a China. Prospectou negócios na África. Em 2006, comprou a canadense Inco por US$ 13 bilhões (maior negócio já feito por uma empresa latino-americana). Além disso, explora outros metais e até energia...

    956  Palavras | 4  Páginas

  • Roger Agnelli e a CRVD

    Em 1949, durante o governo de Getulio Vargas, foi criada a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), representando os interesses nacionais pelas minas de ferro em Minas Gerais. A CVRD nasceu para o fortalecimento das indústrias de base brasileira e pela criação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A Vale do Rio Doce, como empresa estatal, desenvolveu processos burocráticos, e suas conseqüências. Foram criadas oportunidades que exigiam respostas imediatas sendo estas desperdiçadas. As decisões da empresa...

    1613  Palavras | 7  Páginas

  • Roger Agnelli

    Roger Agnelli e a CVRD 1) A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização?  R: Argumentos a favor: A CVRD foi privatizada há dez anos. Essa privatização foi muito importante, pois depois houve parcerias que a levou a comprar várias empresas no Brasil e no exterior, além de expandir seus negócios com a exploração de outros metais e até energia elétrica, gerando mais empregos. Fez também com que o estado arrecadasse...

    540  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso - vale do rio doce

    poderia ter investido mais na empresa, administrá-la melhor, em pouco tempo o lucro seria muito maior que o da venda, 2) Dê exemplos de cada uma das habilidades gerenciais que, segundo Katz, Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador do Bradesco e da CVRD. Para Katz, Roger Agnelli possuía um perfil de negociador agressivo, uma comunicação diferencial, interna e externamente, o inglês fluente, cultivava uma rede de relacionamentos interpessoais, com pessoas poderosas, tinha...

    502  Palavras | 3  Páginas

  • Cvrd

    Questões 1º Capitulo Vale do Rio Doce 1- A privatização de CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares. Resposta: A CVRD tinha processos muito burocráticos que atrasam e desenvolvimento da empresa, devido a demora de respostas e perdendo oportunidades. Outro aspecto negativo era a centralização de poder de decisões no topo, questões politicas influenciavam as decisões e troca de administradores...

    629  Palavras | 3  Páginas

  • roger agnelii

     Trabalho avaliativo 1)A privatização da CVRD foi um processo conturbado.Quais os argumentos a favor e contra a desestatização dessa organização ?Pesquise informações complementar Argumentos contra: O estado ficou com medo de ficar nas mãos de empresas privadas e além disso muitos alegam que o estado brasileiro vendeu a CVRD por um valor muito inferior ao real. Argumentos a favor: Foi importante , pois pode expandir seus negócios explorando...

    664  Palavras | 3  Páginas

tracking img