Estudo De Caso Para Pielonefrite artigos e trabalhos de pesquisa

  • CUIDADOS DE ENFERMAGEM A UMA GESTANTE COM PIELONEFRITE: UM ESTUDO DE CASO

    e Desenvolvimento Infantil CUIDADOS DE ENFERMAGEM A UMA GESTANTE COM PIELONEFRITE: UM ESTUDO DE CASO Antônia Gabriela Aragão de Oliveira Maria Angelúcia Silveira Nidoval Araújo Albuquerque Segundo Sobral, CE 2013 Universidade Estadual Vale do Acaraú Centro de Ciências da Saúde – CCS CUIDADOS DE ENFERMAGEM A UMA GESTANTE COM PIELONEFRITE: UM ESTUDO DE CASO Estudo de caso desenvolvido e apresentado como pré-requisito para obtenção da nota de aprovação...

    4817  Palavras | 20  Páginas

  • Estudo de caso sobre Pielonefrite Aguda

    1. INTRODUÇÃO O presente trabalho consiste em um estudo de caso realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos, conhecido popularmente como Hospital da Mulher, durante o período de estágio curricular obrigatório do Curso Técnico de Enfermagem da disciplina Materno Infantil, transcorrido no período de 23 de Março à de 21 de Abril de 2014; com o objetivo principal de aprimorar os conhecimentos a cerca da patologia Pielonefrite Aguda, tendo como base a analise do quadro clínico da senhora M.B.J., por...

    4078  Palavras | 17  Páginas

  • pielonefrite

    Professor/Orientador: Diego Inácio do Nascimento Estágio Supervisionado na Maternidade Wall Ferraz (CIAMCA) (Pielonefrite) Teresina-PI Maio de 2014 FRANCISCA REJANE Estágio Supervisionado na Maternidade Wall Ferraz (CIAMCA) (Pielonefrite) Teresina-PI Maio de 2014 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO 03 2- REFERENCIAL TEÓRICO .. ...

    11187  Palavras | 45  Páginas

  • Pielonefrite

    ENFERMAGEM ESTUDO DE CASO INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO (IAM) Clara Alice Brodzinski Blumenau – SC 2012 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 02 2. DESENVOLVIMENTO 03 2.1 Descrições da Patologia 03 2.2 Conceito 03 2.3 Etiologia e Incidência 04 2.4 Fisiopatologia 05 2.5 Classificações 05 2.6 Sintomatologia 06 2.7 Diagnóstico 07 2.8 Tratamento 08 2.9 Complicações 09 3. ASSISTÊNCIAS DE ENFERMAGEM 10 3.1 Preventiva 10 3.2 Curativa 10 3.3 Descrições do Estudo de Caso 11 3.4 Históricos...

    4298  Palavras | 18  Páginas

  • Pielonefrite

     PIELONEFRITE Instituto de Saúde São Judas Tadeu Salvador-BA, 2013 Índice Pielonefrite...................................................................................................... 3 Sinais Clínicos..................................................................................................3 Diagnóstico.......................................................................................................3 Fatores que podem agravar o quadro...

    889  Palavras | 4  Páginas

  • Pielonefrite

    Sumário 1. INTRODUÇÃO 4 2. URETRITE 5 2.1 Etiologia e Fisiopatologia 5 2.2 Manifestações Clínicas 5 2.3 Diagnostico 6 2.3 Tratamento 6 2.4 Intervenções de Enfermagem 6 3. PIELONEFRITE 7 3.1 Etiologia 7 3.2 Fisiopatologia 7 3.2 Manifestações Clínicas 9 3.3 Diagnóstico 10 3.4 Tratamento 10 3.5 Intervenções de Enfermagem 11 ...

    2862  Palavras | 12  Páginas

  • Pielonefrite

    Pielonefrite_________________________________5 Rins. Entenda a Pielonefrite_______________________________6 A Principal bactéria causadora da Pielonefrite. O que é a bactéria Escherichia Coli. Sinais da Pielonefrite_______________________________7 Possíveis Causas. Pielonefrite Aguda (PNA)____________________________8 Pielonefrite Crônica (PNC). Exames Lab. Realizados em Pielonefrite_______________9 Tratamento da Pielonefrite. Vias de Administração. Medicamentos____________________________________10 Medicamentos____________________________________11 ...

    2720  Palavras | 11  Páginas

  • CASO CLÍNICO PIELONEFRITE

    oportunizando a vivência discente/paciente e o contato com os profissionais da saúde. O presente Estudo de Caso foi desenvolvido durante o Estágio Curricular da disciplina de clínica médica I, no SPA do Coroado, no período de 02/09 a 23 de outubro de 2013, no horário de 13 às 19 horas, sob orientação da preceptora/ Enfermeira Andrea Costa. Tendo como tema Assistência de Enfermagem ao Paciente Acometido por Pielonefrite abordando todos os seus aspectos, desde a admissão do paciente até sua alta. Foi realizada...

    2943  Palavras | 12  Páginas

  • Relatório sobre glomerunefrite e pielonefrite

     FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS CURSO BACHARELADO EM ENFERMAGEM DISCIPLINA: FISIOLOGIA GENILVADO SOUSA RIMAELLE CASTRO RELATÓRIO: GLOMERULONEFRITE E PIELONEFRITE PATOS-PB 2013 GLOMERULONEFRITE 1. DEFINIÇÃO A glomerulonefrite é uma inflamação nos glomérulos dos rins, que é uma estrutura microscópica formada por um emaranhado de capilares semelhantes a um novelo de lã, sendo a principal estrutura renal responsável...

    2994  Palavras | 12  Páginas

  • Infecção Urinária e Pielonefrite

     UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM MÉDICO-CIRÚRGICA CUIDADO DE ENFERMAGEM A PESSOAS NO CONTEXTO HOSPITALAR INFECÇÕES URINÁRIAS E PIELONEFRITE Salvador 2013 INFECÇÕES URINÁRIAS E PIELONEFRITE Trabalho apresentado à disciplina Cuidado a pessoas no Contexto Hospitalar, da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia, como atividade para composição de nota no semestre. Salvador ...

    3908  Palavras | 16  Páginas

  • Pielonefrite Xantogranulomatosa

    RELATO DE CASO Arq Med Hosp Fac Cienc Med Santa Casa São Paulo 2009; 54(2):76-80 Pielonefrite xantogranulomatosa - relato de caso Xanthogranulomatous pyelonephritis – a case report Waldinei Mercês Rodrigues1, Ana Carolina de Alencar Gonçalves2, Sylvia Sakamoto2, Marcelo Higutchi Sato3, Adriana Fucci4 Resumo system and a perinephric fluid collection extended to both psoas muscles and diaphragm. Submitted to a right nephrectomy without complications. The case was proved to be a typical...

    2975  Palavras | 12  Páginas

  • Pielonefrite

    urinário, com diagnóstico de Pielonefrite. 2 – Conceito É a infecção que por penetração de germes atinge um ou dois rins. Geralmente o paciente refere dor na região lombar (abaixo da última costela nas costas), febre alta, calafrios, ardência para urinar, sensação de urina quente e urina mais escura. Náuseas e vômitos acompanham o quadro. As bactérias ou microorganismos que entraram pela uretra passaram pela bexiga e se instalaram no rim. Nas mulheres, na maioria dos casos, isso ocorre pela contaminação...

    917  Palavras | 4  Páginas

  • Caso Clinico Infeccao Ur

    CASO CLÍNICO: Infecção do trato urinário Pediatria- HRAS Mariana Siqueira Escola Superior de Ciências da Saúde/SES/DF Coordenação: Luciana Sugai www.paulomargotto.com.br CASO CLÍNICO  Identificação       W.C.V Sexo masculino Branco 2 anos e 10 meses Natural e procedente do Gama – DF Informante : o pai CASO CLÍNICO  Q. P: Febre e dor ao urinar  HDA: Há 3 dias o menor iniciou quadro de febre de 38-39º C associado a dor em baixo ventre de forte intensidade. Refere disúria e estrangúria...

    1139  Palavras | 5  Páginas

  • Estudo de caso renal

     Curso: Enfermagem Disciplina: Adulto idoso na especializada Profe: Suzana Boerira Academica: Margarete Marini Respostas dos estudos de casos de renal I e II Caxias do sul,20 de maio de 2014. Resposta do estudo de caso I- Renal Descreva a fisiopatologia da pielonefrite: Inflamação do pielo-pelve Causas refluxo da urina (mulheres) Hiperplasia prostática (homens) Higiene inadequada usa de fraldas e sondas de repetição Sinais e sintomas: Febre, dor no flanco,...

    536  Palavras | 3  Páginas

  • PATOLOGIA CL NICA GUIA DE ESTUDO 06 AVALIA O DA FUN AO RENAL DOEN AS DO SISTEMA URIN RIO

    PATOLOGIA CLÍNICA PATOTOLOGIA CLÍNICA Profª ROSEANA NEVES GUIA DE ESTUDO 06 PATOTOLOGIA CLÍNICA DOENÇAS DO SISTEMA URINÁRIO Avaliação da Função Renal Rim Glomérulo e Túbulo Renal Funções Primárias do Rim Roseana Neves Página 1  Eliminar resíduos metabólicos (uréia, creatinina, ácido úrico, ácidos orgânicos, bilirrubina conjugada, drogas e toxinas).  Reter nutrientes (proteínas, aminoácidos, glicose,sódio, cálcio, cloretos, bicarbonato e água).  Regular o equilíbrio eletrolítico no líquido...

    3476  Palavras | 14  Páginas

  • Caso cínico obstetrícia

    [pic] xxxxxxxxxxxxxxx Caso Clínico Nova Lima 2009 [pic] xxxxxxxxxxxxx Caso Clínico Posto de Saúde dos Cristais Trabalho apresentado como requisito parcial para a obtenção de créditos no Ensino Clínico...

    2833  Palavras | 12  Páginas

  • Estudo de caso de gestante

    existem estudos adequados e bem controlados feito com gestantes que comprovem a segurança do tratamento. A cefalexina age interferindona síntese de peptideoglicanos tanto de bactérias Gram-positivas quanto de Gram-negativas . Após sua absorção, exibi ampla distribuição pelo corpo e é excretada, em boa parte pelos rins. Em alterações de teste de laboratório o teste de Coombs pode resultar falso positivo durante o tratamento. Também faz uso de ácido fólico 5 mg 1 comprimido por dia. Muitos estudos científicos...

    6814  Palavras | 28  Páginas

  • ESTUDO DIRIGIDO URO

    ESTUDO DIRIGIDO 1. Faça um resumo referenciando a uranálise como sendo o inicio da medula laboratorial. A uranálise é a análise da urina com fins de diagnóstico ou prognóstico de estados fisilógicos ou patológicos. A análise da urina é um dos métodos mais comuns de diagnóstico médico.  Dentre os exames mais comuns realizados na urina estão :Exame de rotina de urina, também designado urinálise, uranálise, EAS. Bacterioscopia e Urocultura. Teste de gravidez na urina. Clearence de Creatinina ou Depuração...

    5036  Palavras | 21  Páginas

  • Estudo de caso Oligodramnio

     GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM CARLA FRANCIELLY QUERINO SANTOS ESTUDO DE CASO Aracaju, SE 2013 GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM CARLA FRANCIELLY QUERINO SANTOS ESTUDO DE CASO: Oligodramnio e ITU Aracaju, SE 2013 “Não basta ensinar ao homem uma especialidade, porque se tornará assim uma máquina utilizável e não...

    3426  Palavras | 14  Páginas

  • AVALIAÇÃO DOS CASOS DE INFECÇÃO URINÁRIA EM GESTANTES DE UM LABORATÓRIO DO OESTE DO PARANÁ NO ANO DE 2013.

    AVALIAÇÃO DOS CASOS DE INFECÇÃO URINÁRIA EM GESTANTES DE UM LABORATÓRIO DO OESTE DO PARANÁ NO ANO DE 2013. Joana Carolina Gubert 1; Jean Colacite 2 & Aline Da Silva Mattos 3 1 Farmacêutica aluna do Curso de Pós Graduação em Análises Clínicas da Universidade Paranaense. * E-mail: joana_gubert@hotmail.com 2 Professor do Curso de Pós Graduação em Análises Clínicas da Universidade Paranaense. E-mail: jeancolacite@unipar.br 3 Aluna do Curso de Farmácia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná...

    2854  Palavras | 12  Páginas

  • Estudo de caso

    infecções por vírus ou bactérias. Conforme os sinais clínicos que apresentem, elas recebem denominações específicas. A mais comum é a nefropatia por IgA, ou doença de Berger, que se caracteriza por presença de sangue na urina, pressão alta e, em alguns casos, edema nas pernas.As secundárias não se originam primariamente no glomérulo, mas estão associadas a doenças, como hipertensão arterial, diabetes, lúpus eritematoso, hepatites B e C, infecção pelo HIV, ou, ainda, por alguns medicamentos. As causas mais...

    1381  Palavras | 6  Páginas

  • Pielonefrite

    PIELONEFRITE A pielonefrite é uma infecção do trato urinário superior, que envolve o rim, geralmente causada por bactérias vindas da bexiga, que alcança a pelve renal por via ascendente. Existe um segundo modo, que pode ser pela via hematógena, quando há alguma outra infecção no organismo, a bactéria pode viajar pela corrente sanguínea e acabar se alojando no rim. É uma doença potencialmente grave, já que se trata da infecção de um órgão vital. Se não tratado a tempo e corretamente, pode levar...

    1196  Palavras | 5  Páginas

  • Pielonefrite

    INFECÇÃO URINÁRIA - PIELONEFRITE Sinônimo: Infecção do rim, infecção urinária alta O que é? A pielonefrite é a infecção urinária que atingiu o rim. As bactérias ou microorganismos que entraram pela uretra passaram pela bexiga e se instalaram no rim. Nas mulheres, na maioria dos casos, isso ocorre pela contaminação e colonização perivaginal pela flora bacteriana fecal. O representante mais importante da flora bacteriana fecal é a Escherichia coli, responsável por 85-90% das infecções urinárias...

    612  Palavras | 3  Páginas

  • PieloNefrite na Gestação

     Pielonefrite Aguda Um grau mais grave de infecção urinária é a Pielonefrite (infecção renal). A Pielonefrite é uma das complicações mais comuns da gravidez e pode agravar lesões renais preexistentes. A gestação facilita a instalação da infecção urinária que pode evoluir para Pielonefrite em 1 a 2% das grávidas que ocorre no 3º trimestre da gestação. As repercussões funcionais da infecção são grandes, pois na gestação a vasculatura renal tem maior sensibilidade à ação das endotoxinas. Assim...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • PieloNefrite na Gestação

     Pielonefrite Aguda Um grau mais grave de infecção urinária é a Pielonefrite (infecção renal). A Pielonefrite é uma das complicações mais comuns da gravidez e pode agravar lesões renais preexistentes. A gestação facilita a instalação da infecção urinária que pode evoluir para Pielonefrite em 1 a 2% das grávidas que ocorre no 3º trimestre da gestação. As repercussões funcionais da infecção são grandes, pois na gestação a vasculatura renal tem maior sensibilidade à ação das endotoxinas. Assim...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • PieloNefrite na Gestação

     Pielonefrite Aguda Um grau mais grave de infecção urinária é a Pielonefrite (infecção renal). A Pielonefrite é uma das complicações mais comuns da gravidez e pode agravar lesões renais preexistentes. A gestação facilita a instalação da infecção urinária que pode evoluir para Pielonefrite em 1 a 2% das grávidas que ocorre no 3º trimestre da gestação. As repercussões funcionais da infecção são grandes, pois na gestação a vasculatura renal tem maior sensibilidade à ação das endotoxinas. Assim...

    723  Palavras | 3  Páginas

  • Pielonefrite

     Pielonefrite  A pielonefrite é uma inflamação renal provocada pela ação de bactérias nos rins e nos ureteres, os ductos pelos quais a urina chega até a bexiga. A condição pode se manifestar de repente, de forma aguda, ou se tornar crônica após um episódio repentino. Na maioria dos casos, o agente infeccioso se instala inicialmente na uretra e na bexiga, que formam o chamado trato urinário inferior, e, por falta de tratamento adequado ou por conta de outros fatores de risco, alcança os ureteres...

    543  Palavras | 3  Páginas

  • Pielonefrite

    pielo-ureteral junção - PNC primitivo (... Pielonefrite crônica Doença infecciosa crônica do rim, de origem microbiana, afetando todas as estruturas renais (tecido coletor, intersticial). Rins pielonefrite são menores em volume, assimetria, superfície irregular. Os sinais e sintomas Muitas vezes, o paciente tem infecções urinárias de repetição do trato sintomáticos (tratada, na maioria dos casos, incorreto ou incompleto, ou pior, não investigada corretamente)....

    830  Palavras | 4  Páginas

  • Caso clinico antibioticos

    CASO CLINICO N° 1 Paciente de 35 anos, sexo masculino, interna com queixa de febre, dor para urinar há 2 semanas . Relata também urina de mau cheiro e dor abdominal difusa tipo cólica, sem fatores de melhora ou piora. Relata antecedente de cálculos na via urinaria a 10 anos, sendo submetido à colocação de duplo J há três meses o qual foi retirado 10 dias antes da internação atual. Já teve vários episódios de cólica renal e quadros de infecção urinaria, que foram tratados com quinolonas. Nega outras...

    3698  Palavras | 15  Páginas

  • Estudo de caso sobre apendictomia

    APRESENTAÇÃO Este estudo de caso trata-se de um paciente, admitido no Hospital Regional de augustinopolis, em 25 de maio de 2011, com um quadro de Apendicite Aguda. O paciente queixava-se de fortes dores abdominais, mal estar geral e constipação há dois dias. Após avaliação médica e a realização de alguns exames pré-operatórios, como: hemograma e ultra-sonografia, o mesmo foi submetido a uma cirurgia de urgência para a retirada do apêndice (apendicectomia) às 08h00minh do dia 26 de maio do corrente...

    2637  Palavras | 11  Páginas

  • Estudo de caso transplante renal

    monitorização terapêutica dos imunossupressores passou a ocupar um lugar imprescindível no bom prognóstico dos procedimentos de pós-enxerto de órgãos. Todos os receptores necessitam de exames imunológicos, laboratoriais, endoscópicos e, em alguns casos, procedimentos cirúrgicos de pré-transplante, como a nefrectomia. (SALOMÃO FILHO et al 2002) A Enfermagem, por se agrupar ao saber de várias ciências em sua formação profissional, no processo de transplante renal sua atuação se faz essencial. A atuação...

    5056  Palavras | 21  Páginas

  • Estudo de caso - hospital municipal de santo andré

    RESUMO O presente estudo de caso foi realizado no Centro Hospitalar Municipal de Santo André, e teve o consentimento da paciente para que as informações fossem coletadas.A paciente tem 17 anos, do gênero feminino, foi acompanhada por cinco dias (01/03/13 a 05/03/13), onde foram coletadas informações pessoais diretamente com a paciente e informações do prontuário médico.A suspeita inicial foi de leucemia e infecção no trato urinário, posteriormente o diagnóstico foi confirmado para Hemoglobinopatia...

    3969  Palavras | 16  Páginas

  • ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UMA CRIANÇA PORTADORA DE ANEMIA HEMOLÍTICA AUTO-IMUNE: ESTUDO DE CASO

    INTRODUÇÃO O estudo de caso foi baseado em um cliente internado na ala da pediatria na Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) entre os dias 17 a 23/11/2012. Diante da integridade do processo de enfermagem, foi elaborado um plano assistencial a ser colocado em prática, o qual será apresentado neste estudo de caso, visando enriquecer o trabalho, realizando pesquisas bibliográficas. Foi feita a avaliação de uma criança, com diagnóstico de Anemia Hemolítica Auto-imune, através da implementação...

    3037  Palavras | 13  Páginas

  • Doenças infecciosas

    urinário:  Má higienização de partes íntimas  Má formação do aparelho urinário  Uso de DIUs  Fatores que possam retardar o fluxo urinário, como pedras nos rins. Introdução O que é a pielonefrite? Infecção do trato urinário que afeta quase todas as estruturas do rim Existem duas formas de pielonefrite, a aguda, causada por uma infecção bacteriana, e a crónica, na qual infecções de repetição se conjugam com a reação do sistema imunitário a essas infecções para produzir o quadro de lesões...

    1340  Palavras | 6  Páginas

  • Revisao do artigo

     PIELONEFRITE A pielonefrite é um distúrbio renal que afeta os túbulos, interstício e pelve renal e é uma das doenças mais comuns do rim. Ocorre em duas formas. A pielonefrite aguda é causada por infecção bacteriana e é a lesão renal associada à infecção do trato urinário. A pielonefrite crônica é um distúrbio mais complexo; a infecção bacteriana desempenha um papel dominante, mas outros fatores (refluxo vesicouretral, obstrução) estão envolvidos na sua patogenia. A pielonefrite é uma complicação...

    3469  Palavras | 14  Páginas

  • protocolo infecção urinária

    7.4. Exames de imagem 19 7.5. Diagnóstico diferencial 19 EXAMES COMPLEMENTARES 20 8.1. Exame de urina - rotina 20 8.2. Urocultura 20 TRATAMENTO 21 9.1. Cistite não complicada 21 9.2. Pielonefrite e cistite complicadas 25 SITUAÇÕES ESPECIAIS 27 10.1. Infecção urinária no homem 27 10.2. Bacteriúria assintomática 29 10.3. Infecção urinária no idoso 29 10.4. Infecção urinária na criança 33 10...

    9132  Palavras | 37  Páginas

  • estudo de caso pielonefrite

    gastrostomia em 2008. Deu entrada no serviço de saúde por sua mãe, com quadro de febre há cinco dias, face de dor e urinando pouco, realizado exames de hemograma, rx de tórax, urinaI e urocultura com antibiograma, após avaliação médica foi diagnosticado pielonefrite e solicitado internação para tratamento com antibióticoterapia endovenoso. Durante a internação foi realizado USG de vias urinárias, hemograma, urina I , dosagem de fenitoina e foi tratado com cefepime apresentando melhora. O Sr Rogério dos Santos...

    8850  Palavras | 36  Páginas

  • Infecções Urinarias

    nesta população de pacientes pediátricos, predomina a pielonefrite, recorrente na maioria dos casos devido à presença de refluxo vésico-ureteral, uni ou bilateral. Definição A infecção urinária pode comprometer somente o trato urinário baixo, o que especifica o diagnóstico de cistite, ou afetar simultaneamente o trato urinário inferior e o superior; neste caso, utiliza-se a terminologia infecção urinária alta, também denominada pielonefrite. A infecção urinária baixa ou cistite pode ser sintomática...

    2042  Palavras | 9  Páginas

  • Infecções do trato urinário

    origem dos sintomas. Clinicamente, se manifesta por um quadro miccional irritativo, caracterizado por disúria, polaciúria, urgência miccional ou mesmo incontinência de urgência. A hematúria terminal, assim como dor suprapúbica, podem ocorrer em alguns casos. O exame ginecológico é de fundamental importância, pois pode detectar alterações uretrais e vulvovaginais, que podem ser responsáveis pela instalação e/ou manutenção da ITU. O tratamento da cistite bacteriana aguda nãocomplicada baseia-se em medidas...

    2715  Palavras | 11  Páginas

  • doença

    VELHO SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE PORTADOR DE PIELONEFRITE PORTO VELHO 2014 BÁRBARA CAROLINA FERREIRA LEAL ELIANA LIMA FEITOSA MARIA CAROLINA MELO MARIA IVETE SHIRLEY ALVES MAIA VANIANE CRISTINA DA CRUZ PEDROSA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE PORTADOR DE PIELONEFRITE Estudo de caso, apresentado como requisito parcial avaliativo da disciplina fundamentos técnico e semiológico de...

    7850  Palavras | 32  Páginas

  • infecção do trato urinário

    etiológico, na maioria das vezes bactérias. O presente estudo objetivou-se avaliar a abordagem diagnostica e terapêutica nas infecções do trato urinário ITU, através de revisão de literatura. Para a realização deste estudo qualitativo e descritivo selecionou-se diversos artigos científicos publicados em meios eletrônicos. Pelo levantamento desses dados, possibilitou-se verificar que existem diferentes formas de apresentação da ITU como cistite, pielonefrite. As infecções são diagnosticadas inicialmente...

    3505  Palavras | 15  Páginas

  • Nefropatias e gravidez

    assintomática ..................................................................................... 9 2.1.2.Cistite ......................................................................................................................... 10 2.1.3.Pielonefrite aguda ................................................................................................. 10 2.2. Litíase urinária aguda ................................................................................................. 12 2.3.Insuficiência...

    6330  Palavras | 26  Páginas

  • Bacteria E. Coli

    fazer um estudo sobre a grande incidência de Escherichia coli nas infecções urinárias. Métodos: o estudo realizado consta de um levantamento bibliográfico das literaturas científicas já publicadas como artigos e livros. Resultados: as ITUs são causadas por Enterobactérias, sendo a mais comum a E.coli de 85% a 90%. Acometendo principalmente mulheres, pacientes em tratamento ambulatorial e em mais da metade dos pacientes internados. Os sintomas vão desde uma simples uretrite a uma pielonefrite, esta...

    5750  Palavras | 23  Páginas

  • E. Coli

    fazer um estudo sobre a grande incidência de Escherichia coli nas infecções urinárias. Métodos: o estudo realizado consta de um levantamento bibliográfico das literaturas científicas já publicadas como artigos e livros. Resultados: as ITUs são causadas por Enterobactérias, sendo a mais comum a E.coli de 85% a 90%. Acometendo principalmente mulheres, pacientes em tratamento ambulatorial e em mais da metade dos pacientes internados. Os sintomas vão desde uma simples uretrite a uma pielonefrite, esta...

    5750  Palavras | 23  Páginas

  • pielo nefrite

    CUIDADOS DE ENFERMAGEM APLICADOS A UMA PACIENTE PORTADORA DE PIELONEFRITE: UM ESTUDO DE CASO CLÍNICO Autor (a): Dailon de Araújo Alves Orientador (a): Grayce Alencar Albuquerque Co-autor (es): Bruna Cavalcante Domingos, Cícera Dayse F. Sousa Lima, Kitielly Araújo Jerônimo, Gardielle Dayane B. Andrade Modalidade: Oral Área: Saúde As infecções que acometem o trato urinário, independente do seu local de origem, geram nos pacientes grandes complicações, em virtude do tratamento tardio e,...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • Estudo de caso

    1. INTRODUÇÃO 5 2. OBJETIVOS 6 2.1. Realizar entrevista e exame físico de enfermagem 6 2.2. Elaborar diagnósticos de enfermagem DE segundo NANDA 6 2.3. Fundamentar cientificamente os fatores relacionados de D E 6 2.4. Elaborar planos de estudos de cuidados individualizados conforme os diagnósticos de enfermagem levantados (justificar cada intervenção prescrita) 6 2.5. Realizar evolução de enfermagem 6 2.6. Realizar plano de alta (quando for possível) 6 3. MATERIAL E MÉTODO 6 3...

    5358  Palavras | 22  Páginas

  • Estudo de casos atresia de coanas

    VANESSA PAIVA MARQUES RODRIGUES ESTUDO DE CASO: ATRESIA DE COANAS RIO DE JANEIRO, 2008 FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM AC. VANESSA PAIVA MARQUES RODRIGUES ESTUDO DE CASO: ATRESIA DE COANAS Estudo de caso apresentado ao curso de Graduação em Enfermagem. Realizado durante o estágio...

    4039  Palavras | 17  Páginas

  • ITU - Infeccao do trato urinario

    Epidemiologia É um problema de saúde importante, tanto da comunidade, como hospitalar. Em 2001 foram notificados 150 milhões de casos é, mais ou menos, isso que se mantem. Tem gasto elevado (US$ 6 bilhões), 15% de todos os antibióticos prescritos na comunidade são devidos à infecção urinaria. A mulher é mais susceptível à infecção que o homem, o número de infecções acomete 0,5 a 0,7 por pessoa por ano. A incidência é bem elevada. 40% das infecções hospitalares por gram negativo é devido...

    3546  Palavras | 15  Páginas

  • Infecçao

    por bactérias. Muitas vezes o termo é usado como sinônimo de ITU por médicos e leigos. Cabe lembrar que a terminação "ite" à rigor remete à inflamação, podendo essa ser causada por agentes químicos e por radioterapia que afetem a bexiga. • Pielonefrite: Infecção mais alta, dos rins. É uma infecção de maior gravidade. Pode evoluir com formação de abcesso e sepse grave. A ITU ainda pode ser dividida em complicada e não complicada. Complicada quando vem associada à alterações funcionais ou anatômicas...

    1888  Palavras | 8  Páginas

  • Estudo de caso DPOC

    sazonal e suína (H1N1) e vacina pneumocócica por ser útil na prevenção de infecções secundárias e reduzir as complicações da doença e minorar o risco de óbito (BRASIL, 2004). . 2. Estudo de Caso 1. História Clínica Identificação do paciente: JDS, sexo masculino, 69 anos, proveniente de Arinus – MG. Data da internação: 29/10/2013. Queixa principal: falta de ar. HDA: Paciente buscou atendimento no Pronto Socorro do HRAN...

    3942  Palavras | 16  Páginas

  • INVESTIGAR A INCIDÊNCIA DE INFECÇÃO NO TRATO URINÁRIO EM GESTANTES ATENDIDAS PELO SUS EM UMA CIDADE DO INTERIOR DE MINAS GERAIS

    coordenação e a todos os professores do curso de enfermagem do Centro Universitário de Caratinga, que possibilitaram a realização deste sonho. A todas as gestantes que participaram deste estudo. A minha colega Mônica, pela colaboração e grande ajuda. A equipe da UBS, por ter me permitido realizar este estudo, e ter me recebido tão bem. A toda minha família, e de modo geral a todos que de alguma forma contribuíram para a elaboração deste trabalho. 5 LISTA DE TABELAS TABELA 1: Relação...

    9832  Palavras | 40  Páginas

  • estudo de caso

    1. INTRODUÇÃO O presente trabalho relata o estudo de caso de um paciente com diagnóstico de osteomielite. Esse estudo iniciou-se do dia 09 a 12 de abril de 2012, na ala masculina do Hospital João Paulo II, sob supervisão da Profª Ms. Daniela Oliveira Pontes. Tem como principal objetivo coletar dados através da anamnese e do exame físico e também prontuário. A ciência da enfermagem deseja proporcionar um corpo de conhecimentos abstratos, resultantes de pesquisas científicas e análises lógicas...

    5492  Palavras | 22  Páginas

  • Estudo de caso TCE pediatria

    UNIVERSIDADE TIRADENTES FRANCIELLE DÓREA COMPERTINO ESTUDO DE CASO: Traumatismo Cranioencefálico Aracaju 2014 FRANCIELLE DÓREA COMPERTINO ESTUDO DE CASO: Traumatismo Cranioencefálico Estudo de caso apresentado à Disciplina Estágio Curricular Supervisionado I do Curso de Bacharelado em Enfermagem da Universidade Tiradentes, para obtenção de nota parcial da I Unidade. Orientadora: Preceptora Teresinha Dias Aracaju 2014...

    5562  Palavras | 23  Páginas

  • infecção urinaria em gestantes

    transformação das mulheres bacteriúricas assintomáticas (BA) em sintomáticas. A BA acomete entre 2-10% das gestantes, se não tratadas adequadamente podem desenvolver pielonefrite em 40% dos casos. As ITUs manifestam-se clinicamente por disúria, polaciúria, urgência miccional e dor no baixo ventre na cistite, arrepios de frio e lombalgia na pielonefrite, ou completa ausência de sintomas na bacteriúria assintomática. O diagnóstico, na maioria das vezes, com exceção da bacteriúria assintomática, é clínico. Deve-se...

    1806  Palavras | 8  Páginas

  • infeccao

    na grande maioria dos casos a infecção é causada por bactérias, principalmente as Gram negativas. Embora a urina contenha uma variedade de fluidos, sais e produtos que o metabolismo excreta, ela geralmente não possui bactérias. Quando bactérias entram na bexiga urinária ou rins e se multiplicam na urina, elas causam ITU. O tipo mais comum de ITU é a infecção da bexiga urinária, também conhecida como cistite. Outro tipo de ITU é a infecção renal, conhecida como pielonefrite, que é muito mais grave...

    2162  Palavras | 9  Páginas

  • infecção urinaria na gravidez final

    pré-termo. Já se tratando do feto, estes podem apresentar baixo peso, restrição de crescimento intra-uterino, paralisia cerebral/retardo mental e óbito perinatal. As ITUs podem ser classificadas como Bacteriúria assintomática, uretrite, cistite e pielonefrite; dependendo do local em que se instala. ITUs podem ser dadas como complicadas dependendo do seu grau, porém quando acometida durante o período gestacional, já recebe este diagnóstico por si só. Pode ocorrer com mais incidência em mulheres com atividade...

    983  Palavras | 4  Páginas

  • BIOLOGIA

    funcionais: Sistema renina-angiotensina-aldosterona Substâncias vasopressoras medulares (cininas e PGs) Equilíbrio hidroeletrolítico Anormalidades Congênitas Em 10% dos nascimentos encontra-se algum tipo de anormalidade renal, destes casos 20% representam hipoplasias/displasias e 10% representam rim policístico Agenesia Renal Bilateral: incompatível com a vida Unilateral: Incomum Compatível com a vida Há hipertrofia compensatória no rim contralateral, que desenvolve esclerose...

    3542  Palavras | 15  Páginas

  • Sistema excretor

    alguma doença desse tipo. Diagnóstico O diagnóstico para as Doenças Cardiovasculares são feitos sempre com acompanhamento médico, feitura de exames laboratoriais, análise dos sintomas e histórico familiar de cada paciente. Análises laboratoriais e estudos de imagens são essenciais no diagnóstico segura desse tipo de doença. Análises de coletas sanguíneas, eletrocardiograma, ecocardiografia, angiografia coronária, cateterismo, teste de esforço físico, raio x da caixa toráxica e até mesmo tomografia...

    2022  Palavras | 9  Páginas

  • Infecção do trato urinario

    na grande maioria dos casos a infecção é causada por bactérias, principalmente as Gram negativas. Embora a urina contenha uma variedade de fluidos, sais e produtos que o metabolismo excreta, ela geralmente não possui bactérias. Quando bactérias entram na bexiga urinária ou rins e se multiplicam na urina, elas causam ITU. O tipo mais comum de ITU é a infecção da bexiga urinária, também conhecida como cistite. Outro tipo de ITU é a infecção renal, conhecida como pielonefrite, que é muito mais grave...

    2042  Palavras | 9  Páginas

  • REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE INFECÇÕES NO TRATO URINÁRIO

    microhematúria isolada no adolescente (KUNIN, 1997). No sexo masculino, as uretrites (secreção uretral purulenta, presente inclusive entre as micções, disúria, hematúria geralmente inicial, dor suprapúbica) podem ser decorrentes de gonorréia. Nesses casos, o tratamento é específico e requer avaliação, orientação e tratamento simultâneo do parceiro (NABER, 2000). Entre as ITUs, são de suma importância aquelas que acometem os pacientes em uso crônico de sonda vesical (MERMEL, 2000). Tais pacientes apresentam...

    2534  Palavras | 11  Páginas

tracking img