Era Vargas Controle Dos Sindicatos artigos e trabalhos de pesquisa

  • Avaliação 9º ano a Era Vargas

    grande controle sobre os sindicatos, tanto de trabalhadores quanto patronais. 02) Na história da República brasileira, a expressão "Estado Novo" identifica: a) o período de 1930 a 1945, em que Getúlio Vargas governou o país de forma ditatorial, só com o apoio dos militares, sem a interferência de outros poderes. b) O período de 1950 a 1954, em que Getúlio Vargas governou com poderes ditatoriais, sem garantia dos direitos constitucionais. c) o período de 1937 a 1945, em que Getúlio Vargas fechou...

    1145  Palavras | 5  Páginas

  • Relações Trabalhistas (Getúlio Vargas)

    Relações Trabalhistas Material de apoio - Os Anos 30 a 45 (Era Vargas) e o Desenvolvimentismo (1950-1954) A ESTRUTURAL OFICIAL DE VARGAS Introdução: Durante a chamada Era Vargas (1930 – 1945) e também durante o governo de Vargas dentro da chamada República Populista (1950- 1954), paralelo a um maciço desenvolvimento industrial nos setores de máquinas e equipamentos, transporte e energia, o conceito de trabalhismo foi amplamente difundido. Não obstante a atuação dos chamados “pelegos”, que...

    4881  Palavras | 20  Páginas

  • Trabalhismo e corporativismo - era vargas

    Trabalhismo e corporativismo - era vargas Após a primeira guerra mundial o Brasil sofreu diretamente, visto que o nosso país era dependente de produtos estrangeiros. Com isso instaurou-se no país uma crise cafeeira, que na época era o principal produto do Brasil.Em vista desse cenário de crise os empresários pressionavam por não verem com bons olhos a hegemonia ainda presente dos grandes latifundiários. Esse conjunto de fatores foram os influenciadores para a industrialização no país. Antes a...

    1469  Palavras | 6  Páginas

  • DIREITOS DOS TRABALHADORES: rupturas e permanências, do Governo Vargas aos dias atuais 


     DIREITOS DOS TRABALHADORES: rupturas e permanências, do Governo Vargas aos dias atuais Elisa de Carvalho Espósito O que significou de fato o Getulismo? Por que num país como o nosso ainda permanece forte a figura do pai dos pobres? É exatamente neste universo que se pode compreender a questão trabalhista, que conferiu a Vargas o título de pai dos pobres e o converteu no mais importante representante da nossa classe dominante em toda a história republicana brasileira. A obra maior da...

    1641  Palavras | 7  Páginas

  • Era Vargas - Questões objetivas

    Estudo: O Estado Novo (1937-1945) 1. (Unicamp) Em 10 de novembro de 1937, Getúlio Vargas discursava à nação através do rádio: "A disputa presidencial estava levando o país à desordem. Os comunistas infiltravam-se dia a dia nas instituições nacionais. A Nação corria perigo de uma luta de classes e os partidos políticos inquietavam o nosso povo”. a) Que argumentos Vargas usou para implantar o Estado Novo? R: Vargas usou para implantar o Estado Novo o Plano Cohen, que foi utilizado pelo governo federal...

    5912  Palavras | 24  Páginas

  • Era vargas

    Monteiro Professora: Disciplina: Formação econômica do Brasil II DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E PROPAGANDA – ERA VARGAS Força sindical – era vargas DIP A instalação do regime ditatorial varguista trilhou uma nova página na história do cenário cultural brasileiro. Acompanhando de perto o desenvolvimento dos meios de comunicação no Brasil, o governo de Getúlio Vargas teve nítida preocupação em censurar e orientar as idéias e programas divulgados nesse período. Para tanto, foi criado...

    1101  Palavras | 5  Páginas

  • trabalhadores e sindicatos no brasil

    História do Brasil III Marcelo Badaró Mattos Trabalhadores e Sindicatos no Brasil Rio de janeiro 10 de Setembro de 2014 Capítulo 1 A formação da classe trabalhadora: primeiros momentos (1876 – 1912) João de Mattos – Padeiro Segundo o autor, João de Mattos seria um dos primeiros a iniciar as lutas trabalhistas. Organizou em Santos o primeiro “levante geral” (greve) em padarias, na qual se deu a fuga dos trabalhadores escravizados, através de cartas de alforria...

    2127  Palavras | 9  Páginas

  • Era Vargas

    Palavras-chave: Populismo. Sindicalismo de Estado. Reforma sindical. Introdução Segundo nos informa Ferreira (2001, p. 111), as palavras populismo e populista não eram utilizadas na linguagem cotidiana do país, mas a partir de 1945, quando Getúlio Vargas e João Goulart eram considerados líderes populistas não representavam nenhuma ofensa. Entretanto, apesar das críticas, a expressão populismo passou a fazer parte da linguagem corrente da população. A mudança do modelo econômico da industrialização...

    6781  Palavras | 28  Páginas

  • Trabalhadores Sindicatos e política 1945-1964

     Trabalhadores, sindicatos e política (1945-1964). Os Caminhos da política Social e do Sindicalismo no Brasil (1945-1964) Trabalho apresentado para a avaliação da disciplina de Brasil: desenvolvimentismo, democracia e reformas (1945-1964) do curso de Especialização em História e Sociedade da Universidade Estadual de Maringá, ministrado pelo professor Doutor Sidnei José Munhoz Maringá – 2008 1ª Parte: Fichamento Trabalhadores, sindicatos e política (1945-1964)...

    3354  Palavras | 14  Páginas

  • era vargas

    Goytacazes – RJ 2013 ARAUJO, Maria Celina d´. A Era Vargas. Moderna. São Paulo: 1997. Getúlio tornou-se presidente da República por meio de um movimento popular e militar que derrubou o governo constitucional então existente. Permaneceu no poder por aproximadamente quinze anos, mais precisamente até 1945. Retornou à Presidência em 1951, desta feita pelo voto popular, e ficou no cargo até 1954, ano de sua morte. (p.07) 1930 é o início da Era Vargas. Para alguns terminou em 1954, com a morte do presidente;...

    5836  Palavras | 24  Páginas

  • A ERA VARGAS

     A ERA VARGAS INTRODUÇÃO Neste trabalho será apresentado aspectos importantes sobre a história do Brasil, fatos que ocorrem a partir de revoluções que buscavam melhorias para a população e, em determinados momentos, atitudes que foram tomadas para beneficio próprio daqueles que estavam no poder. No decorrer do trabalho, vão ser relatados períodos como o tenentismo, a relação entre a crise do café no Brasil e o contexto global gerado...

    2952  Palavras | 12  Páginas

  • O populismo em Getúlio Vargas no Brasil entre 1930 e 1945

    em Getúlio Vargas no Brasil entre 1930 e 1945 Salvador, BA 2013 THAIS DOS SANTOS LESSA O populismo em Getúlio Vargas no Brasil entre 1930 e 1945 Trabalho apresentado à faculdade Montessoriano de Salvador como requisito parcial para avaliação da disciplina História. Orientador: Prof. Carlos Barros Salvador, BA 2013 1.0 INTRODUÇÃO 04 2.0 CAPITULO I – O QUE É O POPULISMO E COMO SE APRESENTA NO GOVERNO VARGAS. 04 2.1 RESUMO...

    1082  Palavras | 5  Páginas

  • Era Vargas

    ERA VARGAS – 1930-1945 GOVERNO PROVISÓRIO – (1930-1934) Fim da República Velha Fim da Política do café com leite Industrialização do Brasil Fortalecimento da classe burguesa Plano político: fortalecimento do Poder Executivo, baseado nas Forças Armadas e numa burocracia civil bastante numerosa Plano social: Fortalecimento da classe média, crescimento do operariado urbano como conseqüências do processo de industrialização e urbanização Burguesia industrial se torna o grupo mais rico...

    2808  Palavras | 12  Páginas

  • Vargas

    exilado, Getúlio Vargas tomou posse como chefe do governo provisório, dando início à “Era Vargas”. Este novo governo tinha objetivo de promover uma centralização política e administrativa que garantisse ao governo sediado no Rio de Janeiro o controle efetivo do país, para isso foram nomeados interventores para governar os estados, que eram homens de confiança, e tinham a tarefa de fazer cumprir em seus determinados estados as determinações do governo provisório. Além disso, Getúlio Vargas adiava a convocação...

    1965  Palavras | 8  Páginas

  • A Era Vargas

    Era Vargas (1930-1945) Getúlio Vargas foi um político amado por muitos brasileiros e odiado por muitos outros, sem duvida é o nome de maior destaque na república brasileira, seu nome está presente na memória política do povo brasileiro até os dias de hoje. Inaugurou no Brasil o populismo, um modelo político de manipulação dos anseios populares, onde o governante cria elementos que o identifique com as aspirações e com a vida desse povo sem, no entanto, pertencer a ele. Um modelo onde o governo...

    3232  Palavras | 13  Páginas

  • historia era vargas

    Revolução de 1930 e a Era Vargas (RESUMO) 1. Introdução: Essa revolução marca o fim da República Velha e suas podres estruturas políticas. Trata-se de um dos maiores marcos na história brasileira dentro do século XX. Caem as antigas oligarquias e agora o Estado será incentivador da industrialização, que se diversificará. 2. A crise de 1929 e o golpe de 30: . A crise de 29 e o Brasil: A crise de 1929 e depressão dos anos 30 foi a maior crise do capitalismo de todos os tempos. Começa nos EUA e espalham-se...

    2320  Palavras | 10  Páginas

  • Era Vargas

    fábricas de vidro. A única lei trabalhista até 1930 foi a da regulamentação do trabalho infantil de 1927. . A posição do governo: A cartilha do liberalismo excludente valia inteiramente na questão do movimento operário. Não se coibia a formação de sindicatos e também não havia legislação trabalhista, a relação entre capital e trabalho era tida como questão privada. Greve e outros protestos operários eram questão de polícia. . O movimento operário: Mesmo com a liberdade de ação e péssimas condições...

    4307  Palavras | 18  Páginas

  • Getúlio Vargas

    GETÚLIO VARGAS – Governo Ditatorial (1937 – 1945) A ditadura de Vargas dura oito anos. A imprensa foi censurada, ninguém podia criticar o governo, as greves foram proibidas, os sindicatos controlados pelo Estado. A ditadura de Vargas era bem parecida com a de Mussolini na Itália, mas não era fascista. Getúlio Vargas governou por decretos-leis. Vargas se preocupou bastante com controle da classe operária e dos sindicatos. É dessa época a criação do imposto sindical, um dia de trabalho por ano...

    3920  Palavras | 16  Páginas

  • Era vargas - resumo

    Era Vargas Antecedentes Era Vargas: - Política do café com leite; - Industrialização (Sudeste); - Movimento operário (Anarquistas X Socialistas); - Organização do Partido Comunista Brasileiro (PCB) – influência da Revolução Russa; - Criação do Bloco Operário e Camponês (BOC). Movimento operário: - Oposição da classe média urbana e dos militares ao governo dos fazendeiros (participação política e fraudes eleitorais); - Movimento Tenentista (participação política, fraudes eleitorais...

    1990  Palavras | 8  Páginas

  • A era Vargas

    ERA VARGAS (1930 – 1945) ERA VARGAS (1930 – 1945) 1 - O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934): • Suspensão da Constituição. Decretos-lei. • Nomeação de interventores. • Atrelamento de sindicatos ao governo. • Recuperação do preço do café (queima de estoque). • Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. • Criação de leis trabalhistas: 8hs diárias, salário mínimo, aposentadoria, férias, estabilidade... ERA VARGAS (1930 – 1945) • Revolução Constitucionalista (SP – 1932): ...

    899  Palavras | 4  Páginas

  • era vargas

    1 - Vida pessoal Casou-se, em São Borja, na casa de residência do Tenente Antônio Sarmanho, em 4 de março de 1911, com Darcy Lima Sarmanho13 , de quinze anos de idade, com quem teve cinco filhos: Lutero Vargas, Getulinho, que morreu cedo, Alzira Vargas, Jandira e Manuel Sarmanho Vargas, o "Maneco", que cometeu suicídio. Este casamento foi um ato de conciliação, pois as famílias dos noivos eram apoiadoras de partidos políticos rivais na Revolução Federalista de 1893. A família de Darcy Sarmanho...

    4076  Palavras | 17  Páginas

  • era vargas

    ASPECTOS ECONÔMICOS DO GOVERNO VARGAS: PAI DOS POBRES E MÃE DOS RICOS? ECONOMIA BRASILEIRA – ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Atividades propostas pela Professora: Francisca Diana Ferreira Viana Tutora Presencial: Vanessa Morena Gonçalves Dias UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP PÓLO ARAGUARI ARAGUARI / MG-2014 CONTEÚDO 1. Breve Biografia 2. Governo Getúlio Vargas 1930 a 1945 a) Conselho Federal do...

    2044  Palavras | 9  Páginas

  • Era vargas (1930-1945)

    Era Vargas (1930-1945) Fim da politica do café-com-leite Na Primeira República alternavam-se na presidência os representantes dos estados de São Paulo e Minas Gerais, num arranjo político que ficou conhecido como política do cafe-com-leite. A hegemonia de paulistas e mineiros na politica nacional começou a sofrer fortes pressões em 1929. Além de crescente insatisfação das elites dos outros estados que se sentiam alijados do poder, o presidente Washington Luís, que representava São Paulo ,resolveu...

    2334  Palavras | 10  Páginas

  • A era vargas

    A Era Vargas (1930 – 1945): “Façamos a revolução antes que o povo a faça!” Antônio Carlos de Andrada – Presidente de MG. Populismo:fenômeno típico da América Latina, onde um líder se mostra como representante dos anseios populares e nacionais, colocando-se acima e como mediador das classes sociais, promovendo a intervenção do Estado na economia através de um nacionalismo econômico. É um fenômeno de manipulação das massas populares. Getúlio Vargas = Brasil. Lázaro Cardenas...

    658  Palavras | 3  Páginas

  • Era Vargas

    Era Vargas: economia. “A organização sindical, a lei de férias, a limitação das horas de trabalho, o salário mínimo, as comissões de conciliação, as caixas de pensões, o seguro social, as leis de proteção às mulheres e aos menores realizam velhas aspirações proletárias de solução inevitável. O individualismo excessivo, que caracterizou o século passado, precisava encontrar limite e corretivo na preocupação predominante do interesse social. Não há nessa atitude nenhum indício de hostilidade ao capital...

    8350  Palavras | 34  Páginas

  • RESUMO ERA VARGAS

    [RESUMO] Era Vargas Durante a República Velha (1889-1930), a política do café com leite representava os interesses das oligarquias, isto é os grandes produtores rurais, principalmente de São Paulo e de Minas Gerais. Grupos políticos e parte do exército insatisfeitos com a situação política, econômica e social do Brasil se uniram para enfrentar o Governo. Esse movimento desencadeou a Revolução de 1930, um movimento militar, que tinha por objetivo impedir a posse de Júlio Prestes na presidência e...

    772  Palavras | 4  Páginas

  • Era vargas

    A Era Vargas é o nome que se dá ao período em que Getúlio Vargas governou o Brasil por 15 anos ininterruptos (de 1930 a 1945). Essa época foi um divisor de águas na história brasileira, por causa das inúmeras alterações que Vargas fez no país, tanto sociais quanto econômicas. Quando Getúlio Vargas chegou ao poder em 1930 o movimento operário estava em franca ascensão com o aumento do número de sindicatos e de trabalhadores sindicalizados no país. Essa crescente organização operária reivindicava...

    1242  Palavras | 5  Páginas

  • Lista Era Vargas

    NOVAES, Fernando A. (Coord.) História da Vida Privada no Brasil. São Paulo: Cia das Letras, 1998.  A leitura mais provável da charge relacionada ao governo Vargas indica que  a. Getúlio  Vargas  considerava  de  fundamental  importância  garantir  a  unidade  nacional através da expansão das comunicações.   b. a oposição ao governo  de Vargas usava o rádio para promover uma  crítica clara e  franco ao governo, ajudando a sociedade a se conscientizar.  c. o rádio não era capaz de promover a unidade nacional...

    7368  Palavras | 30  Páginas

  • Sindicato- Considerações gerais da legislação

     CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PROFESSORA: VIRGINIA GRANJA SILVA MACHADO DE LIMA SINDICATO Considerações gerais junto á doutrina /legislação ALUNO: BRUNO CESAR TEIXEIRA / RA: 31026640 História do sindicato O direito coletivo do trabalho desenvolveu-se com o reconhecimento do direito de associação dos trabalhadores após a revolução industrial do século XVII. O sindicalismo na Inglaterra é considerado o mais antigo do mundo...

    3265  Palavras | 14  Páginas

  • Estado Novo- Getúlio Vargas

    medidas adotadas pelo governo revolucionário é o fechamento do Congresso Nacional e das Assembleias Legislativas estaduais e municipais. Getúlio Vargas passa a governar através de decretos-leis. Ele limita o poder dos Estados e os governadores, que haviam sido eleitos pelo voto direto, são substituídos por interventores nomeados diretamente por Vargas. O executivo Federal se torna todo poderoso e uma ditadura se instala no país. Diferente do que acontecia na República Velha, o estado que se implanta...

    596  Palavras | 3  Páginas

  • A era vargas

    A ERA VARGAS A "Revolução" de 1930 deu início a uma nova etapa de nossa história política, que estendeu-se até 1945, essa fase foi marcada pela liderança política de Getúlio Vargas. Podemos segmentá-la em "Revolução" de 30, Governo Provisório, Fase Constitucional e Estado Novo (1937-1945) este último um período ditatorial baseado em burocracia complexa e poder centralizador, com intervenção do Estado na economia e nos sindicatos. Assim vista, a Revolução de 1930 se inscreve...

    1103  Palavras | 5  Páginas

  • Era Vargas

    Em síntese: A política exterior do governo Vargas na década de 1930 tem sido qualificada de diversas maneiras pelos estudiosos do tema: jogo duplo, eqüidistância pragmática etc. Esses rótulos referem-se às relações que o Brasil mantinha simultaneamente com os dois novos eixos de poder em ascensão no mundo, Estados Unidos e Alemanha. Superado o constrangimento inicial causado pelo apoio norte-americano ao governo deposto em 1930, Vargas procurou dar continuidade à política externa praticada desde...

    3667  Palavras | 15  Páginas

  • Era vargas

    estabelecimentos industriais no país. Desse modo, independentemente das origens sociais e das motivações mais imediatas dos revolucionários, não há dúvida de que a Revolução de 1930 constituiu uma ruptura no processo histórico brasileiro. Significado da era Vargas: Getúlio implantou no país um novo estilo político - O POPULISMO - e um modelo econômico baseado no intervencionismo estatal objetivando desenvolver um capitalismo industrial nacional (processo de substituição de importações). Populismo é um fenômeno...

    2299  Palavras | 10  Páginas

  • Era Vargas

    ERA VARGAS ( 1930 – 1945 ) 1 - O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934): • Decretos-lei. • Nomeação de interventores. • Atrelamento de sindicatos ao governo. • Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (a cargo de Lindolfo Collor). • Criação de leis trabalhistas: 8hs diárias, salário mínimo, aposentadoria, férias, estabilidade... • Revolução Constitucionalista (SP – 1932): – Oligarquia paulista insatisfeita com exclusão do poder. – Classe média urbana insatisfeita com autoritarismo...

    818  Palavras | 4  Páginas

  • A Era Vargas

    A Era Vargas 1930 - 1945 Prof. Adriano Ricardo Ceretta 1 - O PERÍODO PROVISÓRIO (1930 – 1934) : Decretos-lei. Nomeação de interventores. Atrelamento de sindicatos ao governo. Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (a cargo de Lindolfo Collor).  Criação de leis trabalhistas: 8hs diárias, salário mínimo, aposentadoria, férias, estabilidade...  Revolução Constitucionalista (SP – 1932):  Oligarquia paulista insatisfeita com exclusão do poder.  Classe média urbana insatisfeita...

    799  Palavras | 4  Páginas

  • Vargas

    Getúlio Vargas Vargas assumiu a presidência em 1930 em plena crise mundial (Grande Depressão 1929). A Crise de 1929 atingiu a economia do Brasil, muito dependente das exportações de um único produto, o café. Mas, mais do que gerar dificuldades econômicas, ela provocou uma mudança no foco de poder no país, acabando com um pacto político interno que já durava mais de trinta anos. O que aconteceu, então, foi que o foco do poder no país foi deslocado para o gaúcho Getúlio Vargas, que se tornou presidente...

    983  Palavras | 4  Páginas

  • Era vargas

    Trabalhador Urbano na Era Vargas Getúlio Vargas tomou posse do governo no dia 3 de novembro 1930, data que ficou registrada como sendo o fim da Primeira República. No início de seu governo, com a centralização do poder, Vargas iniciou a luta contra o regionalismo. A administração do país tinha que ser única e não, como ocorria na República Velha.Com a crise do café Getúlio manda destruir todo o estoque de café, mesmo, com a crise mundial, conhecida como “crash de 1929”, houve uma intensa aceleração...

    1513  Palavras | 7  Páginas

  • A era vargas

    A Era Vargas Com a crise de 1929, onde os EUA e o mundo todo eram varridos por uma grave crise financeira, no Brasil houve a grande dificuldade em se exportar café e o governo não recebeu os empréstimos dos EUA e da Inglaterra para cumprir com o Convênio de Taubaté e comprar o excedente produzido no país. Em meio a esta crise econômica que desencadeou uma crise política, o representante da oligarquia paulista Washington Luís que então governava o Brasil e deveria dar a sucessão à oligarquia mineira...

    894  Palavras | 4  Páginas

  • Getulio vargas

    A Posse! Com a posse de Getúlio Vargas, o Congresso Nacional e as Assembléias Estaduais e Municipais foram fechadas, os Presidentes dos Estados foram depostos e a Constituição de 1891, foi revogada. Getúlio Vargas passou a governar através de Decreto-Lei. O Ministério de Getúlio foi assim constituído, em 1930: Justiça – Oswaldo Aranha; Agricultura – Assis Brasil; Viação e Obras Públicas – Juarez Távora; Fazenda – José Maria Whitaker; Exterior – Afrânio de Mello Franco; Guerra – General Leite de...

    1522  Palavras | 7  Páginas

  • Sindicatos

    longínquo não havia sindicatos. Eles nasceram, timidamente, em alguns países da Europa e seu surgimento confunde-se, relativamente, com o surgimento da Revolução Industrial. É bem verdade que, na França do século XVIII, já havia entidades que podem ser chamadas de sindicatos, embora sua configuração fosse muito diferente do que conhecemos nos dias de hoje. Neste país, os organismos predecessores dos sindicatos eram denominados de associações de companheiros. Os sindicatos do passado não passavam...

    2872  Palavras | 12  Páginas

  • Leis e Normativas da epoca vargas

    Escola Estadual Professora Alda Gawlinski Scopel 3° ano I Leis e Normativas de Getulio Vargas Primavera do Leste - MT 2013 Escola Estadual Professora Alda Gawlinski Scopel 3° ano I Leis e Normativas de Getulio Vargas Alunos:Bruno Krasnievicz , Dalton Luiz , Gabriel Müller , Gilliard Soares , Paulo Vitor , Pedro Rubert , Rafael Valiate e Wilds Martins. Trabalho apresentado para avaliação na disciplina...

    2720  Palavras | 11  Páginas

  • A era vargas

    Apresentação da Era Vargas Era Vargas : O populismo: É um conjunto de movimentos políticos, que teve inicio principalmente a partir do ano de 1930, estando associado à industrialização, à urbanização e à dissolução das estruturas políticas oligárquicas, que concentravam firmemente o poder político na mão de aristocracias rurais. DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda): A censura executada pelo DIP era de extrema eficiência. Agia em todos os segmentos da sociedade e, muitas vezes...

    669  Palavras | 3  Páginas

  • A era vargas

    A ERA VARGAS SUMÁRIO 1. Introdução 2. A Era Vargas • Revolução de 1930 e entrada no poder • O Governo Provisório (1930-1934) • Para salvar o café • Uma nova educação • A legislação trabalhista • A constituição de 1934 • O Governo Constitucional (1934-1937) • A caminho do golpe de Estado • O Estado Novo (1937-1945) • A política econômica do Estado Novo • O Brasil entra na guerra • A redemocratização do Brasil • O Segundo Governo de Getúlio Vargas (1951-1954) 3....

    3639  Palavras | 15  Páginas

  • O estado novo - Vargas

     CENTRO EDUCACIONAL SESI 355 O Estado Novo Vargas Trabalho ministrado pela professora Silvia Samora, na disciplina de História, com o tema: Estado Novo de Getúlho Vargas, Nome: Adrieli Karollyne Nº: 02 Bruna Klink 05 Fernanda Severiano 08 Laís de Souza Pereira 17 Milene Garcia 24 Priscila Campos...

    1677  Palavras | 7  Páginas

  • A Era De Vargas

    A ERA DE VARGAS  (1930-1945) SIGNIFICADO DA ERA DE VARGAS Getúlio implantou no país um novo estilo político - O POPULISMO - e um modelo econômico baseado no intervencionismo estatal objetivando desenvolver um capitalismo industrial nacional (processo de substituição de importações). Caracteriza-se pelo contato direto da liderança e o povo. Através dele, Getúlio lutou contra as oligarquias, manteve o povo sob controle assumindo uma imagem paternalista e consolidou a indústria dentro de um esquema...

    575  Palavras | 3  Páginas

  • A era vargas

    A Era Vargas, ou Período Getulista durou de 1930 a 1945. Iniciou-se com a consumação da Revolução de 1930 e terminou no mesmo ano do final da Segunda Guerra Mundial. Os 15 anos de Governo Vargas pode ser dividido em 3 partes. São eles: O Governo Provisório Ao ser nomeado chefe do governo provisório, Getúlio Vargas fez uma profunda mudança nos campos político e econômico. Declarou extinta a constituição de 1891 e afastou os governadores que pertenciam a Republica das Oligarquias. Os estados brasileiros...

    6701  Palavras | 27  Páginas

  • Era vargas

    INTRODUÇÃO O estado novo teve início no dia 10 de novembro de 1937, com um golpe liderado por Getúlio Vargas. Getulio Vargas passou a governar por meio de decretos-leis. Limitou-se o poder dos Estados. O executivo federal tornou-se todo-poderoso. Uma ditadura foi instalada no país.A economia permaneceu voltada basicamente para a agricultura, mas havia uma preocupação em acelerar a industrialização do país.A questão social, passou a ser vista como uma questão política. Ao mesmo tempo que...

    1592  Palavras | 7  Páginas

  • ERA VARGAS

    oposição. Esta política foi a progenitora da política do café-com-leite, e certamente moldou diversas práticas politicas no Brasil atual. 6) Analise o “voto de cabresto”. R: Voto de cabresto – o voto de cabresto é um sistema tradicional de controle de poder político através do abuso de autoridade, compra de votos ou utilização da máquina pública. É um mecanismo muito recorrente nos rincões mais pobres do Brasil como característica do coronelismo. A figura do coronel era muito comum durante...

    1983  Palavras | 8  Páginas

  • era vargas

     A era Vargas Na primeira republica alternavam-se na presidencia representantes de Minas Gerais e Sao Paulo, essa pratica denominada cafe-com-leite, comecou a sofrer fortes pressoes. Aumentava cada vez mais a instisfacao de outros estados que se sentiam excluidos do poder, e além disso o presidente Washington Luiz, respresentante de Sao Paulo, , resolveu anunciar a candidatura do paulista Julio Prestes. Isso gerou uma insatisfacao da parte dos mineiros e dos gauchos que então se uniram em um...

    828  Palavras | 4  Páginas

  • Era vargas

    A ERA VARGAS Por não haver resultado da vitória de um projeto econômico ou mesmo político específico, embora certamente tenha sido um divisor de águas na evolução das instituições brasileiras, o regime político que se consolida a partir da Revolução de 1930 não terá fundações firmes nos grupos sociais que dela participaram.3 Para construir sua base de sustentação, Vargas teve assim de redefinir a estrutura de incentivos da economia para contemplar os novos agentes políticos que começaram a pesar...

    4172  Palavras | 17  Páginas

  • era vargas

    Era Vargas 1930 - 1945 Governo Provisório 1930 - 1934 Governo Provisório Revolução de 30  Junta pacificadora: Tasso Fragoso Isaías Noronha Mena Barreto  poder para Getúlio Vargas Forças na Revolução de 30:     Tenentes Oligarquias Regionais Camadas Urbanas Burguesia Industrial Governo Provisório  Decreto 19.398  Getúlio Vargas Lei Orgânica: # Dissolução do Congresso Nacional # Dissolução das Casas Legislativas Estaduais e Municipais # Interventores nos Estados (Menos MG) Forças...

    1466  Palavras | 6  Páginas

  • Era Vargas

    Era Vargas - Governos e História Este trabalho traz a história sobre os governos de Getúlio Vargas, denominado Era Vargas, este período é divido em Provisório, Constitucional e Estado Novo. O Governo Provisório (1930-1934) A concentração de poderes na Era Vargas Getúlio Vargas assumiu o poder no dia 3 de novembro de 1930 como líder incontestável de uma revolução. Assumindo o governo com poderes extraordinários, Vargas reforçou lentamente o seu poder pessoal até que, em novembro de 1937, instituiu...

    4580  Palavras | 19  Páginas

  • A Era Vargas - Por: Gennaro

    BIOLÓGICAS A Era Vargas (da deposição, ao segundo governo (1951-1954) Por: Gennaro “A Era Vargas (da deposição, ao segundo governo (1951-1954)” 1) As oligarquias e o projeto nacional. 2) A deposição de Vargas e o governo Dutra: (1946 - 1950). 3) Segundo governo Vargas 1951-1954. 4) O WAR COLLEGE e seus clones, (as Escolas Superiores de Guerra impõe a ideologia da soberania nacional). 5) As relações de Vargas e as Forças Armadas. 6) Oposição a Getúlio Vargas 7) Aliados...

    4559  Palavras | 19  Páginas

  • Características populistas das alianças partidárias de Getúlio Vargas

    Características populistas das alianças partidárias de Getúlio Vargas Neste ensaio pretendemos através dos estudos sobre o conceito de populismo traçados por Laclau nos livros: Política e ideologia na teoria marxista: capitalismo, fascismo e populismo (1978), e La Razón Populista (2006) traçar algumas considerações analíticas sobre certas características de Vargas como líder populista. Vargas é considerado um líder populista, e segundo alguns autores como Ianni (1990) é preciso compreender...

    4006  Palavras | 17  Páginas

  • Projeto Getulio Varga

    Introdução. Este projeto tem a finalidade de desenvolver nos alunos o despertar sobre a importância sobre a vida de Getúlio Vargas na politica de nosso Pais, tendo em vista a importância de conhecer as principais abordagens acontecimentos do Período Vargas. Getúlio Vargas Dorneles nasceu em 19/04/1882, na cidade de são Borja /RS, e faleceu em 24/08/1954, na cidade do Rio de Janeiro/RJ. Recebeu o grau de Bacharel em 1907, mas não exerceu advocacia...

    3521  Palavras | 15  Páginas

  • Era vargas

    1 Autor: Prof. Ricardo dos Reis Neves ERA VARGAS (1930-1945) Getúlio Vargas foi um daqueles políticos amados por muitos e odiados por outros tantos. Talvez seja a figura de maior destaque na República e a mais presente na memória política do povo brasileiro. Inaugurou no Brasil o populismo, um modelo político de manipulação dos anseios populares, onde o governante cria elementos que o identifique com as aspirações e com a vida desse povo sem, no entanto, pertencer a ele. Um modelo onde o governo...

    5321  Palavras | 22  Páginas

  • getulio vargas vargas

    Getúlio Vargas, denominado Era Vargas, este período é divido em Provisório, Constitucional e Estado Novo. O Governo Provisório (1930-1934) A concentração de poderes na Era Vargas Getúlio Vargas assumiu o poder no dia 3 de novembro de 1930 como líder incontestável de uma revolução. Assumindo o governo com poderes extraordinários, Vargas reforçou lentamente o seu poder pessoal até que, em novembro de 1937, instituiu uma ditadura fascista no Brasil. Essa concentração de poderes nas mãos de Vargas representou...

    4184  Palavras | 17  Páginas

  • sindicatos 1930

     ARTIGO Sindicatos no Brasil - Formação e Constitucionalismo Sindical » Diego Augusto Rodrigues Sumário: 1) História dos sindicatos no Brasil; 1.1) Sindicatos até 1930; 1.2) Sindicatos no governo de GV; 1.3) Sindicatos no período pós Getulio Vargas. 2)  Constitucionalismo Sindical; 2.1) Liberdade Sindical; 2.2) Unicidade Sindical; 2.3) Base territorial mínima ; 2.4) Sistema Confederativo;   2.5) Estabilidade do Dirigente Sindical;  2.6) Contribuição sindical obrigatória; 2.7) Direito...

    7310  Palavras | 30  Páginas

  • D’araujo, maria celina. a era vargas/ maria celina d’araujo. são paulo: moderna, 1997. (coleção polêmica)

    D’Araujo, Maria Celina. A Era Vargas/ Maria Celina D’Araujo. São Paulo: Moderna, 1997. (Coleção Polêmica) “Para começar, o que chamamos de Era Vargas não diz respeito apenas a um mandato formal de governo ou à duração de um plano econômico. Chama-se Era Vargas um conjunto das políticas econômicas e sociais introduzidas no país a partir de 1930, que marcaram de maneira indiscutível e indelével o processo de industrialização, urbanização e organização das sociedade brasileira.” (p. 7) “[...] quando...

    2256  Palavras | 10  Páginas

  • Era Vargas

     Introdução: Vida de Getúlio Vargas, Revolução de 1930, Estado Novo, Era Vargas, história do Brasil República, nacionalismo, desenvolvimento econômico, "o petróleo é nosso", direitos trabalhistas, industrialização, desenvolvimento industrial brasileiro, suicídio de Vargas Biografia: Getúlio Dornelles Vargas nasceu em 19/4/1882, na cidade de São Borja (RS) e faleceu em 24/8/1954, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Foi o presidente que mais tempo governou...

    3942  Palavras | 16  Páginas

tracking img