Epi Usado Em Alto Forno artigos e trabalhos de pesquisa

  • EPI DE SEGURANÇA

    emprego de boas práticas laboratoriais quanto boas práticas nos serviços de saúde formam a base sem a qual o uso das barreiras de contenção perde sua finalidade. BARREIRAS PRIMÁRIAS São formadas pelos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) que protegem os trabalhadores dos laboratórios e serviços de saúde do contato com agentes de risco biológico, químico e físico. Pelos Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) que objetivam proteger o ambiente, a integridade dos trabalhadores ocupantes...

    1422  Palavras | 6  Páginas

  • metalururgia epi

    TEMPERATURAS EM FORNOS NA ÁREA DE SIDERÚRGIA ARTHUR EDUARDO DE OLIVEIRA LIMA CRISTIANO DE MELO SILVA FERNANDA ABREU SILVA MÉRCIA CAMARGOS SANTANA MICHELLE DA ROCHA RAMOS BELO HORIZONTE OUTUBRO – 2014 USO DE EPIs PARA ALTAS TEMPERATURAS EM FORNOS NA ÁREA DE SIDERÚRGIA ...

    5490  Palavras | 22  Páginas

  • Fornos

     Um forno é, basicamente, um trocador de calor que usa os gases quentes da combustão para elevar a temperatura de um fluido circulando através de uma serpentina instalada no seu interior.  Um forno é composto por: câmara inferior,(câmara de radiação); região superior (zona de convecção); serpentina; chaminé; sistema de combustíveis.•  Câmara ou zona de radiação  É onde as paredes internas do forno se aquecem e transmitem calor por radiação às serpentinas.  Zona ou seção de convecção...

    1924  Palavras | 8  Páginas

  • Fornos

    Login ------------------------------------------------- Parte superior do formulário Parte inferior do formulário Trabalho de NR 14 - Fornos Sendo uma Norma muito facil de ser disernida, resolvi adequa a mesma na construção de um alto-forno *           | outros ESCOLA TÉCNICA DO RIO DE JANEIRO FEIRA DA INDÚSTRIA NORMA REGULAMENTADORA 14 - FORNOS ALUNOS: ALBERTO SILVA BARROS CLEYDSON SIMÕES DE SOUZA DALVAN SOUZA NOVAES DOUGLAS ALMEIDA DE MIRANDA JEAN DE ASSIS BOCKHORNY JORGE LUIZ...

    5230  Palavras | 21  Páginas

  • NR - 14 Fornos

    14 - FORNOS ALUNOS: ALBERTO SILVA BARROS CLEYDSON SIMÕES DE SOUZA DALVAN SOUZA NOVAES DOUGLAS ALMEIDA DE MIRANDA JEAN DE ASSIS BOCKHORNY JORGE LUIZ PAULO BRUNES LEONARDO DE GOES MEDEIROS LUAN MEDEIROS DOS SANTOS MICHEL FERREIRA PAES RAFAEL DA SILVA MONTEIRO RODRIGO SARMENTO FIGUEIREDO ORIENTADOR: MAURO MELLO RIO DE JANEIRO, 11 DE JUNHO DE 2010 ESCOLA TÉCNICA DO RIO DE JANEIRO AVENIDA SANTA CRUZ, 9617 SANTÍSSIMO. NORMA REGULAMENTADORA 14 - FORNOS ...

    5170  Palavras | 21  Páginas

  • Segurança do trabalho fornos

    SUMÁRIO Apresentação 1 As Normas Regulamentadoras 14 - Fornos 2 A História do Alto-Forno 3 Aonde Construir um Alto-Forno? 5 Construção do Alto-Forno 6 Sistema de Limpeza 9 Riscos Ocupacionais 10 Orientações para Inspeções 10 Sistema de Gestão de Riscos (SGR) 11 Programas Implementados 13 Segurança em Primeiro Lugar 14 Operação do Alto-Forno 18 Produtos do Alto-Forno 19 Conclusão 21 Cronograma de Desenvolvimento 22 Plano Orçamentário 23 Referencias Bibliográfica 24 Apresentação ...

    4628  Palavras | 19  Páginas

  • Epi e epc

    manuseio de reagentes quiicos e soluções, movimentação e transporte de materiais perigosos e também na circulação em áreas externas, consideradas de risco. PROTETORES PARA A CABEÇA Capacetes de segurança – Os capacetes são dispositivos rígidos usados para proporcionar proteção a cabeça e partes adjacentes conta impactos, partículas desprendidas, choque elétrico ou qualquer combinação desses efeitos. Protegem o crânio contra riscos de impactos, perfurações e choques elétricos. Protetores faciais...

    1486  Palavras | 6  Páginas

  • Uso epi siderurgia

    SIDEFORM – SIDERÚRGICA Manual de segurança do trabalho Operador de forno ÍNDICE 1. Introdução ................................................................................................5 2. Equipamento de Proteção Individual – EPI ..............................................6 2.1. A utilização dos EPI’s para operador de forno .................................6 3. Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA ..............................

    869  Palavras | 4  Páginas

  • Epi´s

    protetores faciais e máscaras de solda protegem os olhos ou face do trabalhador contra impactos de partículas volantes multidirecionais, respingos de líquidos, luminosidade intensa e radiação ultravioleta e infravermelha. Na hora de escolher qual EPI usar é fundamental fazer uma análise de risco e testar as opções existentes como usuário. Isso porque é preciso avaliar o conforto e a proteção. Além disso, todos EPIs devem contar com CA (Certificado de Aprovação) do MET. No caso desses equipamentos...

    7162  Palavras | 29  Páginas

  • Tcc epi e epc na industria quimica

    12345678 Fulano RA: Fulano RA: Fulano RA: Fulano RA: Epi e Epc na industria quimica Nome da faculdade 2012 Fulano RA: Fulano RA: Fulano RA: Fulano RA: NOME DO TÍTULO TCC DE VCS Título do tcc Nome da faculdade de vcs 2012 Fulano RA: Fulano RA: Fulano RA: Fulano RA: NOME DO TCC DE VCS TÍTULO OU SUBTÍTULO DO TCC Projeto Multidisciplinar apresentado à Banca da faculdade tal como exigência...

    8412  Palavras | 34  Páginas

  • A responsabilidade do empregador diante de seus empregados que atuam nos fornos de carvão sob o regime de ―trabalho escravo

    1 UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES CURSO MAURÍCIO TRIGUEIRO A RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR DIANTE DE SEUS EMPREGADOS QUE ATUAM NOS FORNOS DE CARVÃO SOB O REGIME DE ―TRABALHO ESCRAVO‖ Fernanda Daher Caram Farah Belo Horizonte 2009 2 Fernanda Daher Caram Farah A RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR DIANTE DE SEUS EMPREGADOS QUE ATUAM NOS FORNOS DE CARVÃO SOB O REGIME DE ―TRABALHO ESCRAVO‖ Monografia parcial para apresentada a obtenção como do requisito título de especialista perante a Universidade...

    15257  Palavras | 62  Páginas

  • EPI E EPC

    3.2 MÉTODOS DE PREVENÇÃO – UTILIZAÇÃO DE EPI e EPC Muitas empresas desconhecem as leis de Segurança e Saúde do trabalho e existe um contingente enorme que não adota nenhuma medida de prevenção. Entre aquelas que aplicam minimamente as exigências legais, prevalece o uso de EPI – Equipamento de Proteção Individual. Poucas são as que realmente investem em segurança, saúde e meio ambiente, visando com isso a preservação do homem, melhorias no local de trabalho e o conseqüente aumento de produtividade...

    1536  Palavras | 7  Páginas

  • Conscientização do uso do EPI

    CONSCIENTIZAÇÃO DO USO DE EPI/EPC 01 - OBJETIVO Conscientizar os empregados sobre a importância do uso de EPI e EPC. 02 - CONCEITO É todo dispositivo de uso individual e coletivo destinado a proteger a integridade física e saúde do trabalhador, durante o exercício do trabalho. 03 - POR QUÊ O USO DO EPI E EPC É necessário quando o controle das condições abaixo do padrão ou dos agentes ambientais não são possíveis de serem feitos pelos controles de engenharia, administrativo, e práticas...

    1228  Palavras | 5  Páginas

  • EPI e EPC

    EPI: O Equipamento de Proteção Individual - EPI é todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado a proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e a sua saúde.   O uso deste tipo de equipamento só deverá ser feito quando não for possível tomar medidas que permitam eliminar os riscos do ambiente em que se desenvolve a atividade, ou seja, quando as medidas de proteção coletiva não forem viáveis, eficientes e suficientes para a atenuação dos riscos...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • Epi equipamento de proteçao individual

    EPI EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL São dispositivos de uso pessoal, destinados a proteção da saúde e integridade física do trabalhador. O uso dos EPI no Brasil é regulamentado pela Norma Regulamentadora NR-6 da Portaria 3214 de 1978, do Ministério do Trabalho e Emprego. As instituições devem adquirir e oferecer EPI novos e em condições de uso aos trabalhadores sem nenhuma cobrança por seu uso. Igualmente, devem proporcionar capacitação para o uso correto dos mesmos e, caso o trabalhador...

    974  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho sobre EPI

    na utilização de celular e fornos microondas. Pessoas que possuem marcapasso, aparelhos auditivos devem tomar cuidados especiais, pois o funcionamento destes aparelhos pode ser comprometido na presença de campos magnéticos intensos. 2- Risco de queda: as quedas constituem uma das principais causas de acidentes no setor elétrico, ocorre devido aos choques, utilização inadequada de equipamentos de elevação (escadas, cestas, plataformas), falta ou uso inadequado de EPI, falta de treinamento, entre...

    2278  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo Tema 8 Alto Forno Usado Na Siderurgia

    Resumo – Tema 8 O Alto-Forno usado na siderurgia: principais partes, princípios de funcionamento e etapas mais importantes de controle. Após um processo longo e histórico surgiu o Alto- Forno, este, foi primeiramente explorado por um povo chamado Hitita, que para obter ferro, faziam um buraco no chão e dentro dele, aqueciam uma mistura de minério e carvão vegetal. Posteriormente, desenvolveu-se um forno semi-enterrado, onde se colocavam camadas de minério de ferro e carvão, neste, o ar era soprado...

    639  Palavras | 3  Páginas

  • Produção do ferro gusa em alto forno

    I. Introdução O material apresentado faz referência ao processo de alto forno na produção de ferro gusa. Este é um assunto que tem bastante aplicações na metalurgia e exige um bom grau de conhecimento sobre temas básicos. Os assuntos são apresentados de maneira bastante simplificada e abordando conceitos estabelecidos a bastante tempo, mas destes que surgiram grandes inovações como novas tecnologias e investimentos na área da siderurgia, estão fazendo com que cada vez mais especialistas...

    8748  Palavras | 35  Páginas

  • ALTO FORNO

    ALTOS-FORNOS PRODUTOS DO ALTO-FORNO LUIZ FERNANDO ANDRADE DE CASTRO ROBERTO PARREIRAS TAVARES OUTUBRO / 2003 ÍNDICE Página Sumário........................................................................................ 1 Introdução.................................................................................... 2 Ferro gusa.................................................................................... 3 Escória...............................................

    4480  Palavras | 18  Páginas

  • Altos fornos

    Altos Fornos O alto forno é um forno de cuba ou fornalha com 20 a 30 metros de altura, com a forma de dois troncos de cone unidos pelas suas bases (cuba e ventre) e fechado na parte inferior pelo cadinho com a soleira. Age como um reator metalúrgico de contra corrente, o qual tem como finalidade o fato de que o silício indesejável e outras impurezas sejam eliminados do ferro fundido, seu produto principal, denominado ferro gusa. 1. Fornalha Cowper 2. Zona de derretimento 3. Zona de redução...

    1178  Palavras | 5  Páginas

  • alto forno

    material. • Dessulfuracao: retirada de enxofre. • Permeabilidade: fato de algum material poder se passado ou transportado por outro. • Cadinho: parte do alto forno onde se acumulam o material fundido e a escoria. • Ventaneiras: parte onde é soprado o ar pré-aquecido e sob pressão. • Cuba: maior parte volumétrica do alto forno, região onde ocorre o aquecimento e o inicio das reduções da carga metálica. • Rampa: região de formato troco cônico, com menor diâmetro na parte inferior, sendo...

    2632  Palavras | 11  Páginas

  • Alto Forno

    produzida e em seguida transformada em aço. Este trabalho tem a finalidade de apresentar essa materia prima, chamada de ferro gusa, além de explicar como é feita sua produção, nos alto fornos, e apresentar suas aplicações. Palavras-chave: alto forno, ferro gusa, aço. LISTA DE FIGURAS Figura 1 – Estrutura do alto forno.............................................................................................. 6 Figura 2 – Ferro gusa............................................................

    2400  Palavras | 10  Páginas

  • Artigo Projeto refratario para altos fornos a carvao vegetal e a

    PROJETO REFRATÁRIO PARA ALTOS-FORNOS A CARVÃO VEGETAL E A COQUE (1) (2) Alamar Kasan Duarte (3) Jorge Eustáquio Fernandes RESUMO A indústria siderúrgica brasileira produziu 31,5 milhões t de aço e 34,0 milhões de t de gusa em 2005. Cerca de 24,6 milhões t de gusa (72,4%) foram produzidas em usinas integradas de produção de aço e 9,4 milhões de t (27,6%) foram produzidas em altos-fornos independentes. Cerca de 22,9 milhões t (67,4%) foram produzidas em altos-fornos a coque e 11,1 milhões t (32...

    5045  Palavras | 21  Páginas

  • EPI Culos

    EPI´S Conceito legal  Equipamento de Proteção Individual é todo dispositivo ou produto , de uso individual , utilizado pelo trabalhador , destinado a proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho Obrigatoriedade Lei 6514 de 22/12/77 altera o Capítulo V do Título II da CLT , estabelecendo uma série de disposições quanto a segurança e medicina do trabalho.  Portaria n.º 3214 / 78 , aprova as Normas Regulamentadoras - NR do mesmo Capítulo.  Inicia com 28 normas...

    1643  Palavras | 7  Páginas

  • Uso de EPI

    1. RESUMO O EPI (Equipamento de proteção individual) pode ser definido como todo produto de uso individual do trabalhador, com a finalidade de protegê-lo e não colocar em risco sua saúde, esses equipamentos são utilizados por UPR (Unidade Produtora de Refeição) e em UAN (Unidades de Alimentação e Nutrição).As empresas são encarregadas de fornecer todo equipamento necessário para proteção do colaborador. A NR-6 (Norma Regulamentadora) é quem informa a responsabilidade tanto do empregador quanto...

    4912  Palavras | 20  Páginas

  • Alto forno

    – 11 ENGENHARIA DE PROCESSOS (Mineração) I - Semestre de 2010 ALTO FORNO Alto forno Um alto-forno é, um reator tipo chaminé (cuba), essencialmente, um enorme gasogénio em que, ocorre, simultaneamente, a redução de um minério e a formação de uma escória. O funcionamento é contínuo. Minério de ferro Fundentes Coque (CV) Ar Vapor de água Gases secos Vapor de água nos gases Gusa Poeiras Escória Alto forno Um alto-forno é, um reator tipo chaminé (cuba), essencialmente, um enorme gasogénio...

    1698  Palavras | 7  Páginas

  • alto forno

    vida inteira para continuarmos amigos... SUMÁRIO 1-Apresentação da Empresa 1.1-Ferro Gusa 1.2-Resumo da produção 1.3-Fundição Mauá 2-Meio Ambiente 3-Introdução 4-Definições 5-Definições das partes constituintes do alto forno e alguns termos técnicos 6-Revestimento Refratário 7-Sistema de Depuração 8-Sistema de Limpeza dos Gases 8.1-Balão de Poeira 9-Sistema de Aquecimento do Ar/Regeneradores de Calor 9.1-Descrição 9.2-Entrada de Glêndon em Funcionamento...

    7660  Palavras | 31  Páginas

  • Alto-forno/como funciona etc

    SUMÁRIO 3. Resumo: Tecnologia – Como funciona um Alto- forno? 4. Funcionamento do Alto-Forno 5. Foto: Seção transversal de um alto-forno para producao de ferro em ligotes 7. Referência Bibliográfica Tecnologia – Como funciona um alto-forno? Trata-se de construção realizada especialmente para fundir e reduzir minérios de ferro tendo em vista a obtenção do metal fundido. Existem também os altos fornos elétricos, aparelho cujo aquecimento faz por arco elétrico, sendo carvão o elemento...

    930  Palavras | 4  Páginas

  • EPI e EPC

    1. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) Todo dispositivo de uso individual, de fabricação nacional ou estrangeira, destinado a proteger a saúde e a integridade física do trabalhador. Como expressa a própria sigla, EPI é um equipamento de uso individual, não sendo adequado o uso coletivo por questões de segurança e higiene. Em nível internacional a Occupational Safety and Health Administration (OSHA) define os equipamentos de proteção individual que devem ser utilizados para os olhos, cabeça...

    1379  Palavras | 6  Páginas

  • Cálculo de carga de um alto forno

    CALCULO DA CARGA DE UM ALTO-FORNO 2 Camila Rezende 3 Gabriel Onofre 4 Mariana Souza 5 Tatiane Ferreira RESUMO: No dia a dia da operação de um alto-forno, o calculo da carga metálica e de fundentes se faz necessário para conhecermos as características da minha escoria de alto forno como basicidade, viscosidade e principalmente temperatura de liquidus juntamente com os teores dos elementos químicos no gusa e escoria. Palavras chaves: Escoria, gusa, temperatura liquidus, basicidade ABSTRACT: On the...

    2071  Palavras | 9  Páginas

  • ALTO FORNO

    ESCOLA TÉCNICA DO RIO DE JANEIRO ALTO FORNO Eduardo Andrade Heron Felipe Marcos José Orlando Junior Paulo Henrique C. Paulo Jobson Pedro Lopes Rio de Janeiro, 2014 ESCOLA TÉCNICA DO RIO DE JANEIRO ALTO FORNO Relatório para feira de ciências da Escola Técnica do Rio de Janeiro, sobre o Alto Forno e processos sobre supervisão da professora Glaucia Rio de Janeiro, 2014 RESUMO Alto-forno é como se chama a construção, na siderurgia...

    2125  Palavras | 9  Páginas

  • Equipamentos de proteção coletiva (epi)

    Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Conforme Norma Regulamentadora nº6, Equipamento de Proteção Individual – EPI é todo dispositivo de uso individual utilizado pelo empregado, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho. Os equipamentos de segurança individual (EPI) são itens indispensáveis para empresas que trabalham com atividades consideradas de risco, como por exemplo, indústrias químicas, metalúrgicas, mineradoras, construção civil, trabalhos...

    1331  Palavras | 6  Páginas

  • Cimento portland alto forno e aluminoso

    demais processos da construção civil. Com isso abordaremos um item essencial para qualquer construção (cimento) que nos da varias aplicações e usabilidades em diversas situações; trataremos especialmente de três especificações, cimento portland de alto-forno, cimento aluminoso e cimento supersulfatado. Aplicações, composições normas de regulamentação serão passadas ao longo do trabalho, iniciaremos com uma breve explicação de seus componentes que diferenciam os mesmos: Clinquer O clínquer tem...

    1994  Palavras | 8  Páginas

  • Alto Forno Carv O E Coque

    Alto Forno Carvão e Coque Os altos-fornos são equipamentos utilizados para a produção de ferro-gusa líquido, que é uma das principais matérias-primas utilizadas para a fabricação do aço, o gusa líquido entregue na Aciaria é produzido em 2 altos fornos. O alto forno 1, o menor deles, é responsável por 35 % da produção e o alto forno 2 por 65 %. Em ambos a carga metálica, fonte de ferro para o processo, é composta por pelotas e minério de ferro granulado em diferentes proporções. O redutor granulado...

    3834  Palavras | 16  Páginas

  • Processo Alto Forno

    CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CAMPUS TIMÓTEO Processos Industriais - Módulo Aço O processo do alto-forno e a produção de aço Prof. Armin Isenmann 1. O Ferro e suas ligas 1.1. História do ferro Ferro se conhece há 6000 anos, quando foi descoberto em meteoritos. Desde 3000 ante Cristo o ferro foi produzido pelo homem, por aquecimento de minérios junto ao carvão da lenha - semelhante ao processo moderno de hoje. A produção mundial de ferro e aço hoje é superior...

    7798  Palavras | 32  Páginas

  • Alto Forno

    Alto Forno: Durante todo o período medieval fora o setor agrícola o verdadeiro motor da economia. Apenas no final do período o comércio suplantou a exclusividade do anterior. Durante o século XV também se assistiu a um esforço de melhoramento das técnicas com algumas invenções que contribuíram para um impulso posterior na produção industrial.  Historia: Os grandes setores da indústria dos séculos XV, XVI e XVII ,numeram-se facilmente: o mineiro, o metalúrgico e o têxtil. O fenômeno mais im...

    1429  Palavras | 6  Páginas

  • Alto forno e pci

    TRABALHO DE CONCLUSÃO SEMESTRAL ALTO FORNO E PCI (Injeção de Carvão Pulverizado) INTRODUÇÃO Este trabalho objetiva externar, dois assuntos provenientes da indústria siderúrgica: Alto forno e Injeção de Carvão Pulverizado (PCI). Essas fabricas tem entre si ligação direta, sendo que o PCI pulveriza o carvão e injeta no alto forno através das ventaneiras, assim, diminuindo o consumo de coque. ALTO FORNO Um dos primeiros métodos de obtensão do aço foi à forja catalã (aproximadamente no século...

    1380  Palavras | 6  Páginas

  • Uso do epi

    MANUAL DE USO CORRETO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Introdução O uso seguro de produtos fitossanitários exige o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). As recomendações hoje existentes para o uso de EPI são bastante genéricas e padronizadas, não considerando variáveis importantes como o tipo de equipamento utilizado na operação, os níveis reais de exposição e, até mesmo, as características ambientais e da cultura onde o produto será aplicado. Estas variáveis acarretam...

    3305  Palavras | 14  Páginas

  • REDUÇÃO DA TAXA DE COKE DO ALTO-FORNO: VISÃO DE THYSSENKRUPP

    MATERIAIS SIDERURGIA I REDUÇÃO DA TAXA DE COKE DO ALTO-FORNO: VISÃO DE THYSSENKRUPP Nome: Raylander Rocha Pessoa – 9717455 Professor: Luiz Fernando Andrade de Castro Belo Horizonte, 07 de Dezembro de 2001 REDUÇÃO DA TAXA DE COKE DO ALTO-FORNO: VISÃO DE THYSSENKRUPP Sumário ThyssenKrupp Stahl AG (TKS) opera nos trabalhos de Duisburg, perto do rio Rhine 4 alto-fornos (Schwelgern 1 e 2, Hamborn 4 e 9) com uma produção total de gusa líquido...

    4376  Palavras | 18  Páginas

  • Alto forno

    1. HISTÓRIA O alto forno, local onde é fundido o minério de ferro e transformado em ferro gusa, teve sua estrutura baseada em fornos primitivos datados do século V a.C.. Dois tipos de fornos primitivos que utilizavam o carvão vegetal como combustível são o tipo poço fechado e o tipo de forja catalã. Nestes, o ferro era obtido no estado pastoso, misturado com as impurezas do minério. O ferro, assim obtido, apresentava-se dúctil, mole, maleável e podia ser trabalhado por martelamento a temperaturas...

    2641  Palavras | 11  Páginas

  • Fornos

    http://cntq.org.br/wp-content/uploads/2013/05/FORNOS.pdf Fornos industriais INTRODUÇÃO Na grande maioria das unidades de refinação e petroquímica os fornos ocupam uma posição de destaque. Os fornos são equipamentos responsáveis pela combustão de matérias primas que representam aproximadamente 20% do investimento total e 80% do consumo de energia das unidades. DEFINIÇÃO Fornos industriais são equipamentos destinados ao aquecimento de materiais, com vários objetivos: cozimento, fusão, calcinação...

    1082  Palavras | 5  Páginas

  • Ferro Gusa, Coque - Forno Cubilô

    produção de ferro gusa (alto forno), sendo adicionado junto com a carga metálica. Hoje em dia no Brasil o coque 'verde' de petróleo tem origem nas refinarias da Petrobras que possuem unidades de processo conhecidas como 'Coqueamento Retardado', que visa extrair ainda mais frações leves e nobres de resíduos de destilações. O coque é na verdade um subproduto deste processo. Além da utilização na liga do ferro gusa, devido a escassez do carvão vegetal, o Coque de petróleo pode ser usado em várias outras...

    762  Palavras | 4  Páginas

  • Introdução ao alto forno

    PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO 4 DISPOSIÇÃO DA CARGA NO INTERIOR DO ALTO-FORNO 7 REAÇÕES INTERNAS NO ALTO-FORNO 8 04 – OPERAÇÃO DO ALTO-FORNO 14 4.1 – CONTROLE DE OPERAÇÃO DO ALTO-FORNO: 14 4.2 – CONTROLE DO NÍVEL TÉRMICO 19 4.3 – ANORMALIDADES OPERACIONAIS 21 05 – PRINCIPAIS ÍNDICES OPERACIONAIS DO ALTO-FORNO 24 01 – Introdução Sendo o objetivo do curso difundir conhecimentos e técnicas aplicadas na operação do alto-forno, primeiramente será feita uma descrição do equipamento e seu princípio...

    6399  Palavras | 26  Páginas

  • Epi e epc

    SENAC / SOROCABA pROJETO PROFISSIONAL DO CURSO DE TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO MÓDULO 2– COMPETÊNCIA 8 – GESTÃO DE EPI/EPC 22/11/2012 SUMÁRIO 1. Introdução...............................................................................................................3 2. Desenvolvimento....................................................................................................4 3. Conclusão.........................................................................

    1813  Palavras | 8  Páginas

  • Controle de Temperatura nos Regeneradores de Alto-Forno

    Ribeiro Fernandes CONTROLE E MONITORAMENTO DA TEMPERATURA NOS REGENERADORES DE UM ALTO FORNO BELO HORIZONTE – MG 2013 Alex Cilene Prudêncio dos Santos Eduardo Rodrigues Emiliano Gabriel Vitor Rezende Viana Marcio Antônio Teixeira Junior Simone Ribeiro Fernandes CONTROLE E MONITORAMENTO DA TEMPERATURA NOS REGENERADORES DE UM ALTO FORNO Projeto apresentado à disciplina Trabalho de Conclusão de curso I da graduação...

    15151  Palavras | 61  Páginas

  • Trabalho sobre epi e epc, segurança do trabalho.

    Balsas, 01 de Setembro de 2012. EQTEI ESCOLA DE QUALIFICAÇÃO TECNICA DE ENFERMAGEM EPI E EPC Participantes: Introdução Este trabalho tem a importância de levar o maxímo de conhecimento sobre a importância do EPI e EPC ao funcionário ou a qualquer tipo de pessoa que possa precisar usar algum equipamento de proteção. Fazendo assim a pessoa ciente...

    1675  Palavras | 7  Páginas

  • Alto forno

    Introdução O alto forno pode ser descrito com base em vários pontos de vista. Um engenheiro mecânico descreveria o forno como uma carcaça de aço resistente com um revestimento refratário e um sistema de refrigeração, que de qualquer forma é facilmente atacado pelos desafios operacionais. Um engenheiro químico enfatizaria a abundância de reações químicas que ocorrem dentro do forno. Um operador salientaria os distúrbios freqüentemente encontrados ao operar o alto forno. ...

    3303  Palavras | 14  Páginas

  • APS original EPI

    RISCOS OCUPACIONAIS E EPI E EPCS UTILIZADOS EM UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO (UAN) EM RESTAURANTES COMERCIAIS CAMPINAS 2015 UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP ANA CAROLINA C00329-8 CAMILA DOS SANTOS DE SOUZA C163996 LETICIA LIZO DE SOUZA C265799 MARIANA FERREIRA BUENO C014168 TAILANE CENA C18HJ7 RISCOS OCUPACIONAIS E EPI E EPCS UTILIZADOS EM...

    5710  Palavras | 23  Páginas

  • Auto-forno

     ALTO-FORNO Dentro de uma usina siderúrgica, o alto-forno é o principal equipamento utilizado na metalurgia do ferro. O alto-forno é construído de tijolos e envolvido por uma carcaça protetora de aço. Todas suas partes internas são revestidas de tijolos refratários, pois suportam as altas temperaturas sem derreter. ...

    581  Palavras | 3  Páginas

  • Fornos Eletricos Industriais

     Introdução O forno elétrico é um processo de obtenção do aço, que consiste em transformar o ferro gusa em aço, com adição de sucatas sem chamas oxidantes e sim transformando a energia elétrica em energia térmica. Tipos de Fornos Elétricos Industriais Forno de Arco Elétrico Forno Elétrico de Indução Forno de Arco Elétrico Constituição: É constituído por uma panela de seção circular, cujo fundo tem formato de calota. Esta panela é construída...

    1731  Palavras | 7  Páginas

  • Fornos Usados Na Fundicao Dos Metais

    SEMINÁRIO: FORNOS USADOS NA FUNDIÇÃO DOS METAIS Alunos: Adriano Vitor Ruiz – RA: 200060683 Elvis Alessandro P. Lameu – RA: 200070144 Tecnologia e Metalurgia da Fundição Prof. Erivelto Marino Piracicaba, Maio/2010 Sumário Fornos Elétricos ............................................................................................................ 3 Fornos de Arco ............................................................................................................. 3 Fornos Por Indução Elétrica...

    3125  Palavras | 13  Páginas

  • ALTERNATIVA NA REDUÇÃO DE CIANETO DO EFLUENTE GERADO NO APAGAMENTO DO ALTO FORNO DA ARCELOR MITTAL TUBARÃO

    ALTERNATIVA NA REDUÇÃO DE CIANETO DO EFLUENTE GERADO NO APAGAMENTO DO ALTO FORNO DA ARCELOR MITTAL TUBARÃO SERRA 2012 KÉSSIA GOMES PARADELA RAPHAEL LORENÇON BARCELOS Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao curso de Engenharia Química, da Faculdade do Centro - Leste, como requisito parcial para a obtenção do grau de Bacharel...

    11272  Palavras | 46  Páginas

  • Fornos de fundição

    feito em fornos de fusão. Os fornos podem ser de diferentes tipos, cada forno é projetado em torno de um tipo de metal, cada um com seu próprio ponto de fusão, características e propriedades. Estes equipamentos podem ser pequenos e portáteis para pequenas tiragens ou máquinas de processamento de grande porte e permanentes, que são totalmente automatizados. Eles são em sua maioria gasolina, propano ou gás natural como combustível. Alguns também são movidos a eletricidade. A câmara do forno, onde o...

    2069  Palavras | 9  Páginas

  • descrição dos fornos

    CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CAMPUS TIMÓTEO Processos Industriais - Módulo Aço O processo do alto-forno e a produção de aço Prof. Armin Isenmann 1. O Ferro e suas ligas 1.1. História do ferro Ferro se conhece há 6000 anos, quando foi descoberto em meteoritos. Desde 3000 ante Cristo o ferro foi produzido pelo homem, por aquecimento de minérios junto ao carvão da lenha - semelhante ao processo moderno de hoje. A produção mundial de ferro e aço hoje é superior...

    7463  Palavras | 30  Páginas

  • fornos de fundição

    Fornos de fabricação para ligas metálicas ATMOSFERA CONTROLADA Os fornos com atmosfera controlada podem ser utilizados para diversas aplicações. O uso de um gás durante o aquecimento aumenta a especificidade do processo, permitindo atmosferas neutras, redutoras ou oxidantes. Esta ferramenta pode ser utilizada em fornos câmara, tipo carro, campânula, tipo poço, fornos tubulares e contínuos. O controle de atmosfera é comum nos processos de cementação gasosa, nitretação gasosa, sinterização...

    981  Palavras | 4  Páginas

  • RELATÓRIO ESTÁGIO - EPI

    diversos riscos de elevada intensidade, bem como a correta utilização de todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPI), pertinentes a cada etapa de seu processo. Segundo Dobrovolski, witkowski & Atamamczuk (2008), O uso de EPI está previsto na legislação trabalhista. A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) prevê a obrigatoriedade da empresa em fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado aos riscos e em perfeito estado de conservação e funcionamento. Caso não sejam fornecidos os equipamentos...

    2169  Palavras | 9  Páginas

  • PRO 02 GERENCIAMENTO DE EPI

    Ambientais. 3. DEFINIÇÕES Atividade Crítica: Atividade considerada de alto risco devido histórico de fatalidades ou ocorrências graves. EPI: Equipamentos de Proteção Individual - Todo meio ou dispositivo de uso pessoal / individual destinado a preservar e proteger a integridade física e a saúde do empregado contra as ações de agentes nocivos existentes no ambiente de trabalho e as conseqüências resultantes de acidente do trabalho. EPI de uso Geral / Permanente: São aqueles de uso obrigatório pelo empregado...

    1319  Palavras | 6  Páginas

  • Forno elétrico

    Forno Elétrico industrial Fornos de Indução e de Arco elétrico 1 Índice Introdução Você conhece os fornos elétricos industriais, eles podem ser de 2 tipos: •Por indução •Arco A indústria atualmente utiliza muito o aquecimento através de indução. Suas principais aplicações, no consumo de energia (este obviamente, depende da politica energética de cada país), etc.· | | campo metalúrgico são a fusão de metais e o tratamento térmico, a fim de se obter um material com características...

    6882  Palavras | 28  Páginas

  • Controle de Nivel Térmico de Um Alto Forno a Carvao Vegetal

    Interdisciplinar em Engenharia Metalúrgica GUSTAVO DE OLIVEIRA GRILLO JOÃO HENRIQUE ANDRADE LIMA PAULO CÉSAR ALCANTARA BENJAMIM CONTROLE DE NÍVEL TÉRMICO DO ALTO-FORNO CORONEL FABRICIANO NOVEMBRO -2013 CONTROLE DE NÍVEL TÉRMICO DO ALTO-FORNO Trabalho apresentado no Projeto Interdisciplinar de Graduação em Engenharia Metalúrgica do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais, como comprimento de cronograma de conteúdo...

    3637  Palavras | 15  Páginas

  • Epi equipamento de proteçao individual

    Equipamento de Proteção Individual O Equipamento de Proteção Individual  - EPI é todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado a proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e a sua saúde.   O uso deste tipo de equipamento só deverá ser feito quando não for possível tomar medidas que permitam eliminar os riscos do ambiente em que se desenvolve a atividade, ou seja, quando as medidas de proteção coletiva não forem viáveis, eficientes e suficientes...

    2781  Palavras | 12  Páginas

tracking img