Endemias Parasitarias No Mundo artigos e trabalhos de pesquisa

  • endemia

    Exemplos de endemia no Brasil são as áreas afetadas por febre amarela na Amazônia e áreas afetadas pela Dengue, como o sul da Bahia e a região sudeste. Estas regiões são denominadas faixas endêmicas, pois estas doenças possuem um alto grau de continuidade, na mesma região. Há outros exemplos de endemias pelo mundo, como a malária e a AIDS em várias regiões da África, e a tuberculose em diversas partes do mundo. Quando se viaja para uma área endêmica, é recomendável prevenir-se, se houver vacinas...

    1139  Palavras | 5  Páginas

  • Grandes endemias

    FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO Grandes Endemias Rio de Janeiro Nov/ 2010. FACULDADE BEZERRA DE ARAÚJO Acadêmicos responsáveis: Tainá Monteiro Yasmim Angeloff Grandes Endemias [pic] Rio de Janeiro Out/ 2010. Sumário Introdução............................................................................................................4 Desenvolvimento......................

    2389  Palavras | 10  Páginas

  • Doenças infecciosas e parasitárias

    TRABALHO DE BIOLOGIA DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS São doenças causadas por seres vivos ou seus produtos. Quando o ser vivo que causa a doença vive à custa de outro ser vivo que o abriga, estes são chamados, respectivamente, de parasita e hospedeiro. Muitas vezes, as DIP são confundidas com doenças contagiosas, mas nem todas as DIPs são contagiosas (p.ex. o tétano não é contagioso). A especialidade DIP, no Brasil, se originou da tradicional...

    578  Palavras | 3  Páginas

  • doenças parasitarias

    Relatório especial Doenças infecciosas e parasitárias no Brasil: uma década de transição1 Neir Antunes Paes 2 e Lenine Angelo A. Silva 2 RESUMO Uma das características mais marcantes da modificação do padrão brasileiro de mortalidade nos últimos 20 1 2 A análise desenvolvida no presente artigo é parte do projeto integrado de pesquisa intitulado “O poder explicativo dos registros de óbitos para estimar taxas de mortalidade no Brasil”, desenvolvido com o apoio do Conselho Nacional...

    3736  Palavras | 15  Páginas

  • Doenças Parasitárias em Crianças

    Izabella Peixoto; Lino Martins; Thais Oliveira; Thayná Souza. Doenças Parasitárias em Crianças: Causas e Consequências da Incidência Elevada Petrolina, Janeiro de 2013 INTRODUÇÃO Doença parasitária é uma doença infecciosa causada por um parasito protozoário ou metazoário. Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), corresponde à doença mais comum do mundo, atingindo 25% da população mundial. Mesmo com todos os avanços tecnológicos...

    3994  Palavras | 16  Páginas

  • ASaudeNoBrasilEm2030 V2 Doencas Transmissiveis Endemias Epidemias E Pandemias

    Doenças Transmissíveis, Endemias, Epidemias e Pandemias Doenças Transmissíveis, Endemias, Epidemias e Pandemias DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS, ENDEMIAS, EPIDEMIAS E PANDEMIAS Expedito J. A. Luna Jarbas Barbosa da Silva Jr. 1 | APRESENTAÇÃO Há trinta anos, a emergência da pandemia de HIV/Aids levou ao questionamento dos limites do paradigma então hegemônico, fundado na teoria da transição epidemiológica (OMRAN, 1971) que propunha como modelo para a explicação das tendências contemporâneas de morbidade...

    24090  Palavras | 97  Páginas

  • Doenças infecciosas e parasitárias

    Doenças infecciosas e parasitárias Processos infecciosos causados por diferentes microrganismos – bactérias , fungos, protozoários , vermes e vírus – que penetram, se desenvolvem e se multiplicam no organismo humano. Quando o agente causador é um protozoário ou um verme, a doença infecciosa é chamada de parasitária. Segundo seu aparecimento e evolução, as doenças infecciosas podem ser epidêmicas, endêmicas e pandêmicas. As doenças epidêmicas são aquelas com ocorrência de muitos casos num dado...

    3908  Palavras | 16  Páginas

  • Doenças infecciosas e parasitárias quia de bolso

    ISBN 85-334-0805-6 MINISTÉRIO DA SAÚDE guia de bolso Doenças Infecciosas e Parasitárias: guia de bolso www.saude.gov.br/svs volume I Doenças Infecciosas e Parasitárias 3ª edição VOL. I Brasília / DF junho 2004 Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância Epidemiológica DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS GUIA DE BOLSO 3ª Edição Vol. I Série B. Textos Básicos de Saúde BRASÍLIA / DF JUNHO - 2004 © 2004 Ministério da...

    16499  Palavras | 66  Páginas

  • Doenças parasitarias

    A esquistossomose é uma endemia parasitária típica das Américas, Ásia e África. Chegou ao Brasil com os escravos africanos trazidos pela Colônia Portuguesa, mas há referências da doença muito antes dessa época. Ovos do esquistossomo – helminto do gênero Schistosoma que causa essa endemia – foram encontrados em múmias chinesas de mais de dois mil anos. No século XXI, a doença ainda é um problema grave de saúde pública. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a esquistossomose acometa 200 milhões...

    3563  Palavras | 15  Páginas

  • Doencas infecciosas parasitaria

    DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS GUIA DE BOLSO Sumário Prefácio Introdução PARTE I Vigilância Epidemiológica: procedimentos técnicos e situação das doenças infecciosas no Brasil 1 Influenza Pandêmica A(H1N1)2009 2 Situação Epidemiológica das Doenças Transmissíveis no Brasil 3 Vigilância Epidemiológica 4 Estrutura para Respostas às Emergências em Saúde Pública 5 Sistemas de Informações 6 Acidentes por Animais Peçonhentos 11 13 15 17 38 46 51 56 62 PARTE II Doenças Infecciosas...

    84357  Palavras | 338  Páginas

  • Histologia

    UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP CURSO DE BIOMEDICINA ENDEMIAS PARASITÁRIAS DA ATUALIDADE MANAUS 2012 GEOVANA MONTEIRO JANAINA DAMASCENO ENDEMIAS PARASITÁRIAS DA ATUALIDADE Trabalho solicitado pelo Diego, referente à disciplina Parasitologia do curso de Biomedicina, para obtenção de nota parcial . MANAUS 2012 INTRODUÇÃO As doenças endêmicas, na sua grande maioria, fazem parte do grupo das doenças negligenciadas que ocorrem geralmente entre populações mais pobres nos trópicos...

    2413  Palavras | 10  Páginas

  • DOENÇAS PARASITÁRIAS TROPICAIS E NEGLIGENCIADAS

    Atividade Prática Supervisionada DOENÇAS PARASITÁRIAS TROPICAIS E NEGLIGENCIADAS TRABALHO PARA OBTENÇÃO DE APROVAÇÃO NA MATÉRIA DE ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISONADAS APRESENTADO Á UNIVERSIDADE PAULISTA-UNIP Índice 1- Introdução 2- Conclusão; 3- Doenças; 4- Tratamento; 5- Referências Bibliográficas. RESUMO Doenças Tropicais Negligenciadas são em geral, doenças que se desenvolvem em condições...

    13938  Palavras | 56  Páginas

  • Doenças infecciosas e parasitárias

    Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância Epidemiológica DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS GUIA DE BOLSO 5ª edição ampliada Série B. Textos Básicos de Saúde brasília / df  © 1999 Ministério da Saúde. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial. A coleção institucional do Ministério da Saúde pode ser acessada na íntegra na...

    86797  Palavras | 348  Páginas

  • Prevalencia de casos de contaminação por esquistossomo

    ................13 6.0 CONCLUSÃO..................................................................14 7.0 REFERÊNCIAS...............................................................15 RESUMO A Esquistossomose Mansoni é uma doença parasitaria tropical, que foi introduzida no Brasil desde a sua descoberta, onde o clima tropical úmido, favoreceu a sua disseminação. Sendo que os focos endêmicos desenvolvem onde há o hospedeiro suscetível, para que não haja contaminação, ou seja a existência...

    1957  Palavras | 8  Páginas

  • esquistossomose

     ESQUISTOSSOMOSE INTRODUÇÃO  Esquistossomose é uma endemia parasitária típica das Américas, Ásia e África. Chegou ao Brasil com os escravos africanos trazidos pela Colônia Portuguesa, mas há referências da doença muito antes dessa época. Ovos do esquistossomo – helminto do gênero Schistosoma que causa essa endemia – foram encontrados em múmias chinesas de mais de dois mil anos. No século XXI, a doença ainda é um problema grave de saúde pública. A Organização Mundial...

    3072  Palavras | 13  Páginas

  • epidemiologia

    Indivíduos idosos são mais atingidos que crianças? • Pertencer a uma dada classe social determina diferenças nos riscos? Epidemia, Endemia e Pandemia Endemia • É uma doença localizada em um espaço limitado denominado “faixa endêmica”. Isso quer dizer que, endemia é uma doença que se manifesta apenas numa determinada região, de causa local. • Endemia é qualquer doença que ocorre apenas em um determinado local ou região, não atingindo nem se espalhando para outras comunidades. ...

    910  Palavras | 4  Páginas

  • Perfil epidemiológico dos casos de malária no município de alenquer

    dos lindos momentos que juntos passamos durante o curso. “Aquele que tem fé também tem humildade. Ele possui um reservatório interno de coragem, esperança, confiança, tranqüilidade, uma confiança segura em que tudo vai dar certo – embora para o mundo possa parecer que tudo vai dar errado”. - B. C. Forbes RESUMO Este trabalho tratou-se de um estudo descritivo do perfil epidemiológico dos casos de malária no município...

    5241  Palavras | 21  Páginas

  • Fundamentos de Microbiologia e Parasitologia Humana

    fornece alimento e abrigo para este”. ◦ “É a ciência que tem por fim o estudo da morfologia e da biologia dos parasitos como fundamento para o conhecimento da patologia, do diagnóstico, da terapêutica, da epidemiologia e da profilaxia das doenças parasitárias”. Importância: ◦ Doenças freqüentes na população mundial ◦ ◦   980 milhões de pessoas estão parasitadas pelo Ascaris lumbricoides  200 milhões pelo Schistosoma mansoni  116 milhões pelo Trypanosoma cruzi Brasil - Parasitoses intestinais:...

    2368  Palavras | 10  Páginas

  • malária

    Maria das Graças Vale Barbosa, Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, pelo apoio e estímulo. Ao Prof. Dro Paulo Sérgio Bernarde, pela amizade e ajuda em muitos momentos da elaboração deste trabalho. À equipe do Núcleo de Endemias de Cruzeiro do Sul, pela disposição em ajudar e pelas facilidades no fornecimento dos dados. À equipe da Estação Metereológica do 61o Batalhão de Infantaria e Selva, pelo fornecimento dos dados pluviométricos de Cruzeiro do Sul. À Catiane Alencar...

    7081  Palavras | 29  Páginas

  • Parasitologia

    BIOLOGIA PARASITÁRIA I    CONCEITOS GERAIS RELAÇÃO PARASITO-HOSPEDEIRO EPIDEMIOLOGIA PARASITÁRIA “É a ciência que tem por fim o estudo da morfologia e da biologia dos parasitos, com os fundamentos para o conhecimento da patologia, do diagnóstico, da terapêutica, da epidemiologia e da profilaxia das doenças parasitárias.” Compreende-se por PARASITO o ser que de um modo permanente, periódico ou ocasional vive em outro organismo, nele se nutrindo e determinando, de modo variável...

    4258  Palavras | 18  Páginas

  • parasitologia

    esta, tem um campo muito amplo, seja na parte laboratorial, docência e principalmente na pesquisa, já que as doenças parasitárias são desde o final do século XIX motivo de pandemias e morbidade mundial. 1 HISTÓRIA DA PARASITOLOGIA A história da parasitologia não é uma história de muitos eventos extraordinários. As doenças parasitarias estão presentes desde sempre em nossa história. Responsáveis por inúmeras epidemias ao longo dos séculos. Seu estudo...

    2419  Palavras | 10  Páginas

  • trabalho de saneamento ESQUISTOSSOMOSE

    Prevenção 11 Curiosidades 12 Inovações 12 Conclusão 13 Referências Bibliográficas 14 Introdução Definição A Esquistossomose Mansônica, também conhecida entre os brasileiros como barriga d'água, xistose, ou doença do caramujo, é uma doença infecciosa parasitária, causada por um trematódeo (Schistosoma mansoni) que vive na corrente sangüínea do hospedeiro definitivo, cuja evolução clínica pode variar desde formas assintomáticas até as extremamente graves. Apesar da magnitude de incidência e severidade...

    3982  Palavras | 16  Páginas

  • Endemias

    Endemias, profilaxia e tratamento Endemia As endemias  tem causado grandes problemas as  populações ao longo da história, com grandes perdas sociais, principalmente nas populações  menos favorecidas, devido à condições precárias de vida, como a falta de saneamento básico e de moradias mais dignas. Por definição, Endemia é uma enfermidade, geralmente infecciosa que reina constantemente um certo país ou região por influência de causa local. (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2001, p.06). Para entender melhor:...

    1059  Palavras | 5  Páginas

  • Endemia, Epidemia e Pandemia

    Endemia É uma doença localizada em um espaço limitado denominado “faixa endêmica”. Isso quer dizer que, endemia é uma doença que se manifesta apenas numa determinada região, de causa local. Para entender melhor: endemia é qualquer doença que ocorre apenas em um determinado local ou região, não atingindo nem se espalhando para outras comunidades. Enquanto a epidemia se espalha por outras localidades, a endemia tem duração continua porém, restrito a uma determinada área. No Brasil, existem áreas...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • MALÁRIA Perfil Epidemiológico do Município de Rio Preto da Eva (2004-1014)

    malária, seguido por Rio Preto da Eva, com 1.402 casos de malária e Iranduba com 730 casos de malária. (MS, 2012). De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), hoje em dia, a malária é de longe a doença tropical e parasitária que mais causa problemas sociais e econômicos no mundo e só é superada em número de mortes pela AIDS. (OMS, 2013). 2. JUSTIFICATIVA O tema proposto é de grande importância para que a ciência busque juntamente com os órgãos competentes por melhorias...

    1407  Palavras | 6  Páginas

  • Doenças infecciosas

    de Biologia Aluno: Gabriel Simão Silva Siqueira Doenças parasitárias e infecciosas Processos infecciosos causados por diferentes microrganismos bactérias , fungos, protozoários , vermes e vírus que penetram, se desenvolvem e se multiplicam no organismo humano. Quando o agente causador é um protozoário ou um verme, a doença infecciosa é chamada de parasitária.  Segundo seu aparecimento e evolução, as doenças infecciosas podem ser epidêmicas, endêmicas...

    1895  Palavras | 8  Páginas

  • endemias e epidemias

    rodrigues miranda Turma: 222 Disciplina : biologia A) ENDEMIAS: Uma endemia é caracterizada por qualquer doença que aparece em um determinado local por tempo indeterminado, regularmente, atingindo uma população dentro dos limites previamente determinados (quantidade de pessoas e época), Por exemplo, uma doença que atinge X número de pessoas em um ano (continuamente, no após ano). Se esse número não for ultrapassado trata-se de uma endemia. EPIDEMIAS: Uma epidemia se caracteriza por apresentar...

    757  Palavras | 4  Páginas

  • saude no brasil no periodo da republica velha

    seu auge em todo mundo, a medicina higienista começava a ganhar força no Brasil e a pautar o planejamento urbano da maioria das cidades. No momento em que os tripulantes estrangeiros receavam desembarcar nos portos brasileiros, pela temeridade de contrair inúmeras doenças que proliferavam aqui, o saneamento foi a solução encontrada para, literalmente, mudar a imagem do País lá fora. Os problemas de saúde que, então, aparecem como preocupação maior do Poder Público são as endemias e as questões gerais...

    1545  Palavras | 7  Páginas

  • Diferenças entre pandemia, epidemia e endemia

    Diferenças entre pandemia, epidemia e endemia" Pandemia é enfermidade epidêmica amplamente disseminada. Epidemia é doença geralmente infecciosa, de caráter transitório, que ataca simultaneamente grande número de indivíduos em uma determinada localidade. Pode ser também surto periódico de uma doença infecciosa em dada população ou região. Endemia é doença infecciosa que ocorre habitualmente e com incidência significativa em dada população ou região. As três palavras, então, podem ser consideradas...

    6774  Palavras | 28  Páginas

  • CROMATOGRAFIA CAMADA DELGADA

     ONCOCERCÍASE Introdução A Oncocercíase é uma doença parasitária crônica causada por um nematódeo, caracterizada pelo aparecimento de nódulos subcutâneos fibrosos, sobre superfícies ósseas dos ombros, membros inferiores, cabeça e pelve.  Dentro desses nódulos indolores e móveis se encontram os vermes adultos. A doença incide principalmente na pele e nos olhos, causando lesões graves. A Oncocercíase ocorre principalmente em locais de proximidade dos rios e afluentes, porque nos rios é que se...

    624  Palavras | 3  Páginas

  • Agente De Combate As Endemias PRONATEC 2013 2

    Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em Agente de combate às endemias na modalidade presencial, no âmbito do PRONATEC Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional em Agente de combate às endemias na modalidade presencial no âmbito do PRONATEC Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Projeto aprovado pela Deliberação nº 75/2013-CONSEPEX/IFRN, de 31/10/2013. Belchior de Oliveira Rocha REITOR José...

    8900  Palavras | 36  Páginas

  • Desenvolvimento da Sociedade em termos relacionados a saúde, doenças e taxas de mortalidade

    mais: em 2002, quando o mercado mundial de fármacos era de US$ 400 bilhões, nos Estados Unidos 194 novos medicamentos estavam sendo desenvolvidos pela indústria farmacêutica e de biotecnologia, dos quais apenas uma única droga era contra doenças parasitárias e nenhuma era vacina contra doenças tropicais. A lista de doenças consideradas negligenciadas varia de um país para outro. Atualmente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) concentra seus esforços em dois grandes grupos: doenças tratáveis e contra...

    2846  Palavras | 12  Páginas

  • Tracoma - medidas de saúde

    ativa em outras mucosas é transmitida principalmente por crianças e pessoas com nível de cultura e educação baixa. Geralmente se desenvolve de forma endêmica. 4. Vetores Não são os principais princípios, mas ajuda bastante no que se desenvolve a endemia. Insetos como a mosca doméstica e o mosquito lambe-olhos. 5. Quanto ao modo de transmissão. Forma direta, pessoa para pessoa. Forma indireta, através de objetos contaminados. Forma mecânica, a qual acontece através das ações dos vetores. ...

    1313  Palavras | 6  Páginas

  • Aula introdut ria de Parasitologia

    Disciplina BP 323 – Parasitologia Médica II Prof. Responsável: Dra. Regina Maura Bueno Franco 2014 Introdução à Parasitologia  Cada ser vivo (animal) é hospedeiro de vários parasitos; então, há mais organismos de vida parasitária na Terra do que organismos não parasitários; ou seja:  Número de espécies parasitas excede o número de espécies de vida livre. Introdução à Parasitologia  Parasitismo é um “estilo de vida” bastante numeroso; praticamente todos os animais de vida livre são hospedeiras...

    2221  Palavras | 9  Páginas

  • Doenças parasitárias

    Doença parasitária Doença parasitária, enfermidade parasitária, ou parasitose, é uma doença infecciosa causada por um parasito protozoário ou metazoário (cestódeo, trematódeo, nematódeo e artrópode). O estudo das doenças parasitárias é denominado Parasitologia. Terminologia Existe grande controvérsia quanto à terminação das palavras indicadoras de doenças parasitárias. Os sufixos -íase e -ose, utilizados ambos para designar doença, são oriundos do grego e chegou até a termionologia médica através...

    679  Palavras | 3  Páginas

  • APOSTILA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

    que no Brasil do início do século XX controlaram os surtos de peste bubônica e erradicaram a febre amarela e permaneceram vinculados controlavam as endemias rurais. No Brasil identifica-se a utilização desses técnicos de saúde desde SUCAM – Superintendência de Campanhas de Saúde Pública, órgão que resultou da fusão do Departamento Nacional de Endemias Rurais (DENERu), da Campanha de Erradicação da Malária e da Campanha de Erradicação da Varíola aos programas de saúde da década de 1970. Na China...

    6761  Palavras | 28  Páginas

  • Trabalho sla

    forma que possa ser integrada no próprio código genético da célula hospedeira. Assim cada vez que ela se divide, produzem copias do vírus, cada uma das quais contem código virótico. 6- Designação genérica das diversas doenças infecciosas ou parasitarias transmissíveis por animais a seres vivos. São doenças de animais que podem se contaminadas por humanos são chamadas de virais. 7- Os arbovirus não chegam a constituir uma família, agrupam-se nessa classificação todos os vírus transmitidos por...

    1713  Palavras | 7  Páginas

  • Etica e moral

    ASPECTOS GERAIS As chamadas doenças parasitárias afetam hoje em dia uma grande parcela da população mundial, provocando muitas mortes e exercendo uma grande influência limitante na qualidade de vida e no desenvolvimento de muitos países. Estas doenças podem ser provocadas por seres unicelulares mais simples, como protozoários, ou por seres multicelulares mais desenvolvidos, como os vermes¹. Os protozoários são os responsáveis pela maioria das infecções parasitárias que afetam os humanos. As denominadas...

    11264  Palavras | 46  Páginas

  • microbiologia para técnicos em enfermagem

    11. Principais doenças endêmicas, epidêmicas e pandêmicas e outras moléstias causadas por microrganismos, no Brasil e no mundo 12. A AIDS   Parasitologia 13. Importância da Parasitologia para o Técnico em Enfermagem 14. Origem do estudo dos parasitas 15. Parasitas microscópicos e parasitas macroscópicos 16. Ectoparasitas e endoparasitas 17. Principais doenças parasitárias endêmicas do Brasil 18. Ciclos de vida de Platelmintos (vermes achatados) 19. Ciclos de vida de Nematelmintos (vermes...

    8742  Palavras | 35  Páginas

  • A Amazônia Brasileira

    mamíferos, totalizando mais de 2 milhões de espécies, a Amazônia representa um terço de toda a área de florestas tropicais do mundo e é essencial para o clima e a diversidade biológica do planeta. Com uma população estimada em cerca de 16, 5 milhões de pessoas das quais, 62% vivem na zona urbana e 38% na zona rural. Das doenças parasitárias da população, a malária é a principal endemia. Verificou-se em Porto Velho 90% do total; Boa Vista 82%; Macapá e Rio Branco 22%, Manaus 14%; Palmas 11%, Cuiabá 6% e...

    713  Palavras | 3  Páginas

  • Artigo 5 Transição demográfica e epidemiológica

    alimentos localmente. Além disso, a modificação da forma de ocupação do espaço territorial e da relação humana com o meio ambiente facilitou a ocorrência de epidemias e a prevalência de endemias (antes de pouca importância), graças ao desequilíbrio ecológico então introduzido na região (Doyal, 1979). Atualmente, no mundo em desenvolvimento, Preston (1975) considera que o determinismo econômico da mortalidade não seria tão importante, graças à introdução de medidas efetivas de proteção à saúde. Desta...

    3081  Palavras | 13  Páginas

  • Zoonoses Transmitidas por Mosquitos e Moscas

    humanos que tem para a sociedade como vetores e transmissores de zoonoses ou doenças. Mosquitos Grupo com mais de 3.000 espécies.  Encontrados em todo o mundo.  Nome Comum: Mosquitos, Muriçoca  Classe Parasitária: Insecta  Filo: Arthropoda  Classe: Diptera  Ordem: Hexapoda  Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA)  Doença parasitária da pele e mucosas, de caráter pleomórfico, causada por protozoários do gênero Leishmania.  A doença cutânea apresenta-se classicamente por pápulas, que...

    1682  Palavras | 7  Páginas

  • epidemiologia

    onde até então nunca tinha sido detectada. Já as doenças ré emergentes São doenças já conhecidas e que foram controladas, mas voltaram a apresentar ameaça para a saúde humana. 18 O que é ENDEMIA? Endemia é uma doença que se restringe a um determinado local, e o exemplo do texto é que a esquistossomose é uma endemia de Alagoas, isto é, se restringe ao estado de Alagoas. 19 Diferencie SURTO, EPIDEMIA, PANDEMIA.   A diferença é que o surto é uma doença que se restringe a aparecer em lugares estritamente...

    2028  Palavras | 9  Páginas

  • Parasitologia Humana Seus Fundamentos Gerais

    predominância das forças de agressão do parasita tem como resultado a formação de patologias e sintomas, podendo levar o hospedeiro a óbito. Entre as doenças parasitárias, enteroparasitoses se destacam como um importante problema de saúde pública, havendo bilhões de seres humanos parasitados por algum tipo de helminto e protozoário intestinais em todo o mundo sendo inexplorados e negligenciados pela comunidade médica e institucional de pesquisa. As parasitoses intestinais são doenças infecciosas, que representam...

    2958  Palavras | 12  Páginas

  • Revião literárias parasitoses do semiárido

    2012 INTRODUÇÃO O parasitismo pode ser descrito como sendo uma relação direta e estreita entre dois organismos geralmente bem diferenciáveis: o hospedeiro e o parasita, este vive essencialmente dependente do primeiro. (AMATO et al., 1969). No mundo ainda existem altos índices de morbidades causados por parasitoses, nos países subdesenvolvidos as parasitoses intestinais atingem índices de até 90%, ocorrendo um aumento significativo da frequência à medida que piora o nível socioeconômico (CHERTER...

    2543  Palavras | 11  Páginas

  • microbiologia da água

    produção e na saúde da população (proliferação de doenças e vetores). Embora a água tenha um ciclo, seja o elemento de ligação nos ecossistemas e seja um recurso renovável, é também um recurso limitado, uma vez que a disponibilidade de água doce no mundo é muito pequena. E esta é a preocupação e a justificativa maior para a sua preservação. 2. Indicadores microbiológicos de qualidade de água O risco de exposição a patogênicos em águas recreacionais tem sido muito bem descrito em literaturas (WHO...

    3902  Palavras | 16  Páginas

  • Doenças Parasitárias

     Doenças Parasitárias São doenças causadas por seres vivos ou seus produtos . Quando o ser vivo que causa a doença vive às custas de outro ser vivo que o abriga estes são chamados respectivamente de parasita e hospedeiro. Muitas vezes as DP são confundidas com as doenças contagiosas, mas nem todas as DPs são contagiosas (p.ex. o tétano não é contagioso). A especialidade DP, no Brasil, se originou da tradicional Medicina Tropical que trata das grandes doenças que assolam e assolaram o Brasil...

    915  Palavras | 4  Páginas

  • epidemiologia

    utilizadas corretamente pelas pessoas que tomam as decisões na área de saúde e a população em geral. Endemia – Epidemia – Pandemia O que caracteriza e diferencia os termos é sua propagação e a extensão do espaço atingido: a endemia é local, restrita a uma região específica, a epidemia pode se espalhar rapidamente por outros países, enquanto a pandemia chega a outros continentes Endemia É qualquer doença que ocorre apenas em um determinado local ou região, não atingindo nem se espalhando para...

    4225  Palavras | 17  Páginas

  • Doenças de chagas

    ... 23 8. REFERÊNCIAS...................................................................................... 24 1. INTRODUÇÃO. A doença de Chagas se inicia com uma tripla descoberta no interior de Minas (IOC), que comunicou ao mundo científico a descoberta de uma nova doença humana, e seu agente causal (o protozoário que denominou de Trypanosoma cruzi, em homenagem ao mestre Oswaldo Cruz) e o inseto que o transmitia, otriatomíneo conhecido como “barbeiro” também havia sido por...

    12520  Palavras | 51  Páginas

  • Parasitose intestinal

    As parasitoses intestinais são de grande importância para o mundo, constituem-se num grave problema de saúde pública, além de caracterizar o subdesenvolvimento das populações com condições precárias de higiene, dificuldades econômicas, desconhecimento de medidas preventivas, desnutrição e outras variáveis agravantes do problema, como a falta de ações na área da saúde por parte das autoridades. As doenças parasitárias importam pela mortalidade resultante e pela freqüência com que produzem déficit...

    1040  Palavras | 5  Páginas

  • Estagio supervisionado

    desenvolver pesquisas para o controle e erradicação da doença. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA A malária continua sendo uma das mais importantes doenças parasitárias, mesmo quando as medidas de controle e os medicamentos modernos tenham reduzido sua extensão geográfica ou sua incidência em muitas áreas. Depois dos êxitos alcançados na luta contra essa endemia na década de 60, o problema voltou a agravar-se em muitos países, a partir de 1970, de tal forma que, segundo a OMS, mais de dois bilhões de pessoas...

    2231  Palavras | 9  Páginas

  • Esquistossoma mansoni

    Esquistossomose Especificidade do verme A esquistossomose é uma doença crônica parasitária causada pelo trematódeo Schistosoma. È a mais grave forma de parasitose por organismos multicelulares. Existem seis espécies de Schistosoma que podem causar a Esquistossomose ao homem, sendo as em negrito as mais conhecidas e de interesse médico: S.hematobium S. intercalatum, S.jáponicum, S. mansoni. Das seis apenas a S.mansoni é encontrada no continente americano. As espécies do gênero Schistosoma chegaram...

    886  Palavras | 4  Páginas

  • Esquistossomose

    1. INTRODUÇÃO A esquistossomose é uma doença parasitária, causada pelo trematódeo Schistosoma mansoni, que apresenta os seres humanos como hospedeiros definitivos (HD) e o caramujo como hospedeiro intermediário (HI). Estes parasitas são multicelulares platelmintas do gênero Schistosoma. Existem três espécies de vermes do gênero Schistosoma mais significativos: o S.mansoni, o S. japonicum e o S. haematobium9. Das três espécies de Schistosoma que habitualmente parasitam o homem, somente o S. mansoni...

    3602  Palavras | 15  Páginas

  • A prevalência de doenças parasitarias intestinais em crianças em idade escolar

    FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DO MARANHÃO-FACEMA CURSO: BACHARELADO EM ENFERMAGEM NOEMIA DOS SANTOS NASCIMENTO A PREVALÊNCIA DE DOENÇAS PARASITARIAS INTESTINAIS EM CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR CAXIAS-MA 2010 NOEMIA DOS SANTOS NASCIMENTO A PREVALÊNCIA DE DOENÇAS PARASITARIAS INTESTINAIS EM CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR Projeto de Pesquisa apresentado à Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (FACEMA), sendo um trabalho avaliativo em parcial para a conclusão da disciplina...

    3469  Palavras | 14  Páginas

  • Patologia

    Escola Estadual Joaquim Murtinho, localizado na Avenida Afonso Pena, Centro de Campo Grande MS, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento na elaboração e pratica do planejamento de aula, visando levar o aluno a compreender e transformar o mundo a sua volta, pode estabelecer as intraconexões e interconexões de áreas e conhecimentos, desenvolver sua autoconfiança, estabelecer relações qualitativas e quantitativas e resolver situações-problema, desenvolvendo novas competências e novos conhecimentos...

    2505  Palavras | 11  Páginas

  • Acilostomiase

    Um século de experiência no controle da ancilostomíase One century of experience in the control of ancylostomiasis Luís Rey Resumo A ancilostomíase despertou a atenção do mundo, no começo do século XX, como grave problema de saúde pública e deu origem aos primeiros planos sistemáticos de controle de uma endemia em larga escala. Passou depois a ser vista como questão de menor importância quando surgiram medicamentos antihelmínticos eficazes e o desenvolvimento econômico dos países mais ricos...

    6384  Palavras | 26  Páginas

  • Filariose Linfática - Região Norte - Belém/PA

    transmissão da doença, em especial nos locais onde, recentemente, tenha sido lograda a interrupção da transmissão. Gerson Oliveira Penna Secretário de Vigilância em Saúde 3 2. INTRODUÇÃO A filariose linfática (FL), doença parasitária crônica, é causada pelo verme nematoide Wuchereria bancrofti, sendo também conhecida como bancroftose. Sua transmissão se dá pela picada da fêmea do mosquito Culex quinquefasciatus infectado com larvas do parasito. Os vermes adultos causam lesões...

    3666  Palavras | 15  Páginas

  • PALEOPARASITOLOGIA: AS DIVERSAS CONTRIBUIÇÕES PARA ENTENDER A ORIGEM DAS PARASITOSES DO NOVO MUNDO E DO VELHO MUNDO.

     CENTRO UNIVERSITÁRIO CELSO LISBOA RAPHAEL HARTENBACH PALEOPARASITOLOGIA: AS DIVERSAS CONTRIBUIÇÕES PARA ENTENDER A ORIGEM DAS PARASITOSES DO NOVO MUNDO E DO VELHO MUNDO. Rio de Janeiro, 2013 INTRODUÇÃO O campo da Paleoparasitologia vem crescendo a largos passos no Brasil. Apesar de existir há mais de três décadas, ainda é quase que totalmente desconhecida pela maior parte das pessoas. Os pesquisadores, com a Paleoparasitologia, podem através de...

    1755  Palavras | 8  Páginas

  • a Globalização dissemina epidemias pelo mundo

    um continente, ou até por todo o mundo. Uma doença é considerada pandemia quando é altamente contagiosa e ao se difundir mata grande número de pessoas. O câncer, por exemplo, é responsável por um número muito grande de mortes, mas não é considerado pandemia porque não é uma doença infecciosa, como a AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida). Pelo menos 30 novas doenças foram descobertas em diversas partes do mundo nos últimos 20 anos. Características do mundo atual, como pobreza urbana, negligência...

    929  Palavras | 4  Páginas

  • Protozoarios e suas Doenças

    1.2 Amebíase 6.2.1.3 Tricomoníase 6.2.1.4 Toxoplasmose 6.2.1.5 Leishmaniose 6.2.1.6 Doença de Chagas 6.2.1.7 Malária 6.3 Conclusão Referência Bibliográficas Licenciatura em Ciências · USP/ Univesp Principais doenças infecciosas e parasitárias e seus condicionantes em populações humanas PRINCIPAIS DOENÇAS CAUSADAS POR PROTOZOÁRIOS Licenciatura em Ciências · USP/Univesp · Módulo 5 133 6.1 Introdução O reino Protista é constituído por aproximadamente 60.000 espécies conhecidas...

    6615  Palavras | 27  Páginas

tracking img