• Questionário de Filosofia
    1. Como podemos entender relação entre o pensamento de Platão e o de seu mestre Sócrates? - Através do dialogo 2. Em que sentido pode ser dito que a obra de Platão representa uma longa reflexão sobre a decadência da democracia ateniense? - Ao colocar a epistemologia, isto é, a discussão...
    459 Palavras 2 Páginas
  • Fisiologia
    -lhe a teoria e procura determinar a relação entre o conceito e a realidade fazendo deste problema o ponto de partida da sua filosofia. 2. Em que sentido pode ser dito que a obra de Platão representa uma longa reflexão sobre a decadência da democracia ateniense? Platão coloca a epistemologia...
    2164 Palavras 9 Páginas
  • Questionários capítulos 1 a 4 - livro filosofia - danilo marconi
    chegarmos à verdade devemos abordar a maiêutica. Capítulo 4 1. Como podemos entender a relação entre o pensamento de Platão e o de seu mestre Sócrates? Através dos diálogos. 2. Em que sentido pode ser dito que a obra de Platão representa uma longa reflexão sobre a decadência da democracia...
    1450 Palavras 6 Páginas
  • trabalho tge
    o aprendiz adotou todas as visões do seu ensinamento. Questão 2 O sentido que o a obra de Platão representa uma longa reflexão sobre a decadência da democracia ateniense seria de colocar a discussão teórica do conhecimento, a epistemologia, como ponto de partida do projeto filosófico, da reflexão filosófica. ...
    1807 Palavras 8 Páginas
  • Apontamentos de filosofia
    . 7. A atitude filosófica envolve um conjunto de habilidades a serem exercitadas: 1º. Questionar: significa ser curioso, perguntar sobre tudo que existe, pensar sobre as coisas, suspeitar do que é dito habitualmente, desconfiar dos pré-conceitos, do senso comum. * O que é...
    7302 Palavras 30 Páginas
  • Platão
    BIBLIOGRAFIA 35 INTRODUÇÃO Platão pode ser considerado o mestre da filosofia grega, seu modo de escrever e o domínio que tinha das palavras faz desse filósofo um imortal. Suas obras são até hoje de grande importância para a literatura universal, de modo que é...
    11548 Palavras 47 Páginas
  • Filosofia da arte
    investigação teórica. É o pensamento racional que as interpela sobre o seu valor, sua razão de ser e o seu lugar na existência humana. Anos mais tarde, no século IV a. C, Aristóteles (384-322 a.C), discípulo de Platão, graças à perspectiva aberta pelo seu mestre, pôde desenvolver, numa obra de...
    9287 Palavras 38 Páginas
  • Historia
    sobre a ética e o "homem moral" a não ser o relativismo dos sofistas, neste sentido é inegável que ele é o "Pai da Ética. Contudo é preciso ponderar que desde períodos mais antigos havia uma identidade perfeita entre o bem comum e o bem individual tão arraigada na mente grega que talvez tal reflexão...
    6549 Palavras 27 Páginas
  • Filosofia
    PLATÃO A obra de Platão pode ser entendida como uma longa reflexão sobre a decadência da democracia ateniense, de seus valores e ideais, de seu modelo, o contexto político que afinal condenou seu mestre Sócrates à morte. Platão pretende analisar, avaliar, julgar as manifestações culturais gregas...
    954 Palavras 4 Páginas
  • Filosofia
    pode ser dito que a obra de Platão representa uma longa reflexão sobre a decadência da democracia ateniense? 3. Como se pode interpretar o sentido e a importância da doutrina da reminiscência? 4. Qual o sentido do dualismo platônico? 5. Qual o papel da teoria das idéias no pensamento de...
    56463 Palavras 226 Páginas
  • Trabalhos escolares
    Aristóteles busca uma Ética do Possível, que não desrespeite a paixões humanas – ignoradas por Platão para quem o homem é uma tabula rasa na qual qualquer coisa pode ser escrita – mas antes as oriente pelo caminho da ponderação até a maturidade racional do equilíbrio. Nesse sentido, a conduta os hábitos...
    9605 Palavras 39 Páginas
  • Direito
    primeiro sobre o nascimento da filosofia clássica na rivalidade socrático-sofística. O segundo sobre seu pleno desenvolvimento pelas obras de Platão e Aristóteles. O terceiro sua decadência nas escolas estoicas e epícuras. No quarto e último sua dissolução com o ascetismo e ecletismo. Distinguem-se...
    7163 Palavras 29 Páginas
  • Filosofia uma forma de literatura
    questões que sempre acompanharam a filosofia, desde seu nascimento em Platão – cuja obra pode ser vista como o palco privilegiado deste embate. Trata-se de questões ligadas à filosofia enquanto gênero discursivo diferente de outros gêneros discursivos em vigor. (GAGNEBIN, 2006, p. 205) Esta...
    12714 Palavras 51 Páginas
  • 12539923
    saber, mercenários e interesseiros. Um lento trabalho de reavaliação ocorrido nos últimos dois séculos tem reconhecido os méritos dos sofistas, o verdadeiro papel que desempenharam na construção da democracia ateniense. A palavra sofista deriva do grego sophistés, com o sentido original de habilidade...
    2469 Palavras 10 Páginas
  • a vida
    radicais. O local mais importante da cidade passa a ser a “ágora", a praça pública, onde o comércio se desenvolve e as discussões sobre a vida e a sociedade acontecem. A democracia contribuiu para que “todos” tivessem acesso à ágora, de modo que cidadania passou a ser um direito dos homens adultos e...
    21039 Palavras 85 Páginas
  • Formas de governo
    que cada um se prescreveu32. Falta, para a prevalência da autonomia e da democracia, uma teoria do Estado socialista. As indicações de Marx, de Lenin ou de Gramsci são insuficientes neste sentido, uma vez que a ênfase maior da reflexão marxista sobre o poder gira em torno de como adquiri-lo - daí a...
    74530 Palavras 299 Páginas
  • Teoria do conhecimento
    o rio mudou. Portanto não há ser estático, e o dinamismo pode bem ser representado pela metáfora do fogo, forma visível da instabilidade, símbolo da eterna agitação do devir, "o fogo eterno e vivo, que ora se acende e ora se apaga". Para Heráclito o ser é o múltiplo. Não no sentido apenas de que...
    15491 Palavras 62 Páginas
  • Tinha nada pra escrever
    constante). Neste contexto de lenta aparição da filosofia, pode-se deduzir que a reflexão sobre a condição humana se resume a sua pertença à natureza. Como foi dito antes, realidade humana e natureza para estes gregos antigos não são coisas diferentes. Assim, durante dois séculos (VII a V a.c.) o...
    20150 Palavras 81 Páginas
  • Aristoteles
    possibilidade de uma lei ser injusta é largamente discutida nos dias de hoje. A partir de uma perspectiva platônica de Estado, expressa na obra República, é natural que o filósofo-rei elabore regras concretas injustas? Justifique. Não, Platão mostra ao contrário, já que seu poder vem do saber, o...
    4679 Palavras 19 Páginas
  • Iniciacao da historia da filosofia
    de partida do projeto filosófico, da reflexão filosófica. Sua obra pode ser entendida como uma longa reflexão sobre a decadência da democracia ateniense, de seus valores e ideais, de seu modelo, o contexto político que afinal condenou seu mestre Sócrates, “o mais sábio dos homens”, à morte. Platão...
    11956 Palavras 48 Páginas