• Matematica
    poder real seria a representação do poder divino na terra. Em uma época ainda marcada por forte sentimento religioso, os súditos não deveriam correr o risco de desagradar a Deus ao não seguirem as determinações reais. Elaborado desde os fins da Idade Média, o absolutismo predominou no continente...
    3149 Palavras 13 Páginas
  • Panorama Historico sobre Locke e Hobbes
    "Leviatã", cuja ideia central era a defesa do absolutismo e a elaboração da tese do contrato social. Hobbes viveu na mesma época que outro teórico político, John Locke, que era defensor dos princípios do liberalismo, ao passo que Hobbes pregava um governo centralizador. No período em que viveu, a...
    985 Palavras 4 Páginas
  • Absolutismo e Iluminismo
    radical iniciou a derrubada do absolutismo monárquico. PENSADORES ILUMINISTAS Descartes (1596-1650) Foi um intelectual que escreveu muito sobre os sintomas das transformações da sua época. Descartes desenvolveu uma “teoria do conhecimento” através da “dúvida metódica”. Essa teoria...
    1267 Palavras 6 Páginas
  • Projeto da Prática
    um pouco o regime que vigorava anteriormente, esse regime é o Absolutismo Monárquico, vigorou até a metade do século XVIII. Nesse sistema político administrativo quem governava era obrigatoriamente um Rei, cercado e defendido pela nobreza que exercia apenas a função de, pela força, apoiar e proteger...
    2487 Palavras 10 Páginas
  • Revolução francesa
    Revolução francesa é um divisor entre o passado monárquico e uma nova época de revoluções burguesas. 3- Por que a catedral fez parte de vários momentos da historia, onde aconteceram muitas mudanças em seu local, pois já teve varias utilidades, como ser o lugar que seria enterrado durante mil anos...
    909 Palavras 4 Páginas
  • iluminismo
    L'encyclopédie Diderot, elaborada por Diderot e D’Alembert ( entre 1761-1764). O Iluminismo combatia: - O Absolutismo monárquico: Como o iluminismo defendia o direito de igualdade a todos os homens, se tornava contra o Absolutismo, pois com ele a nobreza mantinha seus privilégios protecionistas e bania a...
    609 Palavras 3 Páginas
  • Resumo Capítulo X História do Direito Geral e do Brasil
    prazo determinado, prisioneiros poderiam ficar presos por um longo período.(pag. 204).  Iluminismo e Criticas ao Estado Absolutista  - A intelectualidade da Europa reagiu ao Absolutismo Monárquico.... Esta reação teve o nome de Iluminismo ou Época das Luzes.  - Movimento intelectual que...
    909 Palavras 4 Páginas
  • Revoluções burguesas
    -fundação da Nova Inglaterra, uma colônia de povoamento. Carlos I ( 1625/1648) - sucessor de Jaime I e procurou reforçar o absolutismo, estabelecendo novos impostos sem a aprovação do Parlamento. Em 1628 o Parlamento impôs ao rei a "Petição dos Direitos",que limitava os poderes monárquicos...
    2997 Palavras 12 Páginas
  • INDIOS NO ACRE
    , o absolutismo teve início em 1509 com Henrique VIII, que apoiado pela burguesia, ampliou os poderes monárquicos, diminuindo os do parlamento.2 No reinado da Rainha Elisabeth I, o absolutismo monárquico foi fortalecido, tendo iniciado a expansão marítima inglesa, com a colonização da América do...
    2919 Palavras 12 Páginas
  • Iluminismo
    , o Iluminismo pregava a razão, a liberdade do espírito, a livre crítica e a tolerância religiosa, contrapondo-se, assim, ao peso da tradição, do dogmatismo religioso e filosófico e ao absolutismo monárquico. 16) O Iluminismo, em seu conjunto, fazia uma incisiva crítica ao mundo civilizado e...
    1413 Palavras 6 Páginas
  • revoluçoes burguesas
    absolutismo. Jaime II ( 1685/1688) - Era católico e com a morte de Carlos II assumiu o poder e procurou restaurar o absolutismo monárquico, tendo oposição dos Whigs. No ano de 1688, há o nascimento de um herdeiro ­filho de um segundo casamento com uma católica. Temendo a sucessão de um governante...
    3018 Palavras 13 Páginas
  • Pensamento liberal e despotismo esclarecido
    um deles. Ele condenava o absolutismo monárquico e defendia a tolerân-cia religiosa e a liberdade política. Propôs uma forma de governo no qual o rei se submetia às leis. Foi o que aconteceu na Inglaterra, ao final da Revolução Gloriosa (1688-1689), com a implantação da monarquia parla-mentar...
    2483 Palavras 10 Páginas
  • Absolutismo
    e a virtude cívica, segundo Rousseau. 2. Queda do Absolutismo Historicamente, o absolutismo viveu o seu auge durante os três primeiros séculos da era moderna. Ao chegarmos ao século XVIII, as diversas crises do poder monárquico levaram a queda do absolutismo dentro da Europa, e citando em...
    1724 Palavras 7 Páginas
  • Teoria Geral do Estado
    grego (a Polis); Estado Romano (a Civitas). Idade Média: Monarquias medievais; Feudalismo; O Estado medieval e a Igreja Romana. Renascença: O absolutismo monárquico. Idade Moderna: Reação antiabsolutista; Liberalismo; Reações antiliberais (socialismo, fascismo, nazismo); Estado social...
    4047 Palavras 17 Páginas
  • Teatro do oprimido e augusto boal
    juntaram suas forças para criar várias coligações. Por exemplo, quando Napoleão foi derrotado em Warterloo, Napoleão confrontava a Sétima Coligação, ele investiu muito na educação do cidadão. 4- Na época do absolutismo monárquico o povo passava fome, havia a cobrança de altos impostos para o luxo da...
    731 Palavras 3 Páginas
  • Formação histórica do estado
    . ABSOLUTISMO MONARQUICO (Espanha, França, Prússia, Aústria ...) O Absolutismo Monárquico – corresponde a uma época de transição para os tempos modernos. Característica do Absolutismo Monarquico: Centralização do poder- o fortalecimento do poder central era o único meio de se estabelecer a unidade...
    4003 Palavras 17 Páginas
  • Iluminismo
    construção do pensamento das “LUZES”. O antigo regime inclui principalmente forças da aristocracia e da realeza, um poder centralizado, “Monarquia Absolutista”, ao contrário do Iluminismo que tinha um cunho liberal diferenciando-se totalmente do absolutismo . “Absolutismo Monárquico” Os Estados...
    2626 Palavras 11 Páginas
  • Hobbes
    e a Reforma Protestante. E diante de todos problemas que havia na inglaterra na epoca, Hobbes tendeu ao Absolutismo O século XVII na Europa continental é o marco do absolutismo monárquico, tendo seu expoente máximo o Luis XIV. O Barroco também marcou o período e tinha influência da Contra...
    978 Palavras 4 Páginas
  • Os clássicos da política
    passíveis de falhas. Definiu três tipos de governo existentes: republicanos, monárquicos e tiranos, e organizou um sistema de governo que evitaria o absolutismo, isto é, a autoridade tirânica de um só governante. Para o pensador, o absolutismo era um perigo que podia ser prevenido com diferentes...
    2542 Palavras 11 Páginas
  • Mercado de trabalho
    na disciplina de Sociologia no Instituto de Educação Justiniano de Cerpa.Exerceu a Cátedra de ciência política na escola de administração do Ceará, lecionou Literatura Brasileira no Seminário Românico da universidade Heildelberg, na Alemanha,ex professor de Filosofia do Direito, Ciência Política...
    1026 Palavras 5 Páginas