Duas Placas Planas Paralelas Estão Situadas A 3 Mm De Distância A Placa Superior Move Se Com Velocidade De 4 M S Enquanto Que A Inferior Esta Imóvel Considerando Que Um Óleo V 0 15 Stokes E Ρ artigos e trabalhos de pesquisa

  • 4. Uma placa retangular de 4 m por 5 m escorrega sobre o plano inclinado da figura, com velocidade constante, e apóia-se sobre uma película de óleo de 1 mm de espessura e de μ = 0,01 n.s/m2. se o peso da placa é 100 n,

    de um óleo leve é 0,033 m2/s e a seu peso específico relativo é 0,86. Determinar a sua viscosidade dinâmica em unidades dos sistemas Métricos. 2. Duas placas planas paralelas estão situadas a 3 mm de distância. A placa superior move-se com velocidade de 4m/s, enquanto que a inferior está imóvel. Considerando que um óleo ( ν = 0,15 stokes e ρ = 905 kg/m3 ) ocupa o espaço entre elas, determinar a tensão de cisalhamento que agirá sobre o óleo. 3. A viscosidade cinemática de um óleo é 0,028...

    1566  Palavras | 7  Páginas

  • Tradução do documento da PASCO sobre o aparelho das gotas de óleo de Millikan

    manual de instruções e guia de experimento para a PASCO modelo científico ap -8210 aparelho gota de óleo de Millikan O ponto de exclamação dentro de um triângulo equilátero pretende alertar o usuário da presença de instruções de operação e manutenção (assistência) importantes na literatura que acompanha o aparelho. Índice analítico Seção Página Direitos de autor , garantia e Equipamentos Voltar ........................................... ................ ii introdução .................

    9086  Palavras | 37  Páginas

  • Captação de Óleos

    águas pluviais Capitulo 36- Caixa de retenção de óleo e sedimentos Engenheiro Plínio Tomaz 13 de outubro de 2008 pliniotomaz@uol.com.br Capítulo 36 Caixa de retenção de óleo e sedimentos As pessoas ficam surpresas quando aprendem que muito pouco da precipitação destina-se para a recarga de aqüíferos subterrâneos. Darrel I. Leap in The Handbook of groundwater engineering. 36-1 Manejo de águas pluviais Capitulo 36- Caixa de retenção de óleo e sedimentos Engenheiro Plínio Tomaz 13 de outubro...

    12248  Palavras | 49  Páginas

  • Lista física 3

    DE FÍSICA 3 Trabalho realizado como exercícios de três listas distintas (NivelamentoA, Campo Elétrico e Circuitos) de Física IIl do Curso de Engenharia Eletrônica. TOLEDO – 2013 - Nivelamento – A P1. No circuito mostrado na Fig. 1, os três resistores têm valores R1= 2Ω, R2= 20Ω e R3= 5Ω. Abateria B tem tensão constantes de 12 V. A corrente i1 é considerada positiva no sentido indicado. Entre os instantes t= 0s e t=100s, o gerador G fornece uma tensão variável V= 0,5t (V em volt e...

    6490  Palavras | 26  Páginas

  • Estática dos fluidos

    = 9,8 m/s2 ) 2. Um reservatório graduado contém 500 ml de um líquido que pesa 6 N. Determine o peso específico, a massa específica e o peso específico relativo do líquido ( considerar g=9,8 m/s2 ) 3. A viscosidade cinemática de um óleo leve é 0,033 m2/s e a seu peso específico relativo é 0,86. Determinar a sua viscosidade dinâmica em unidades dos sistemas Métricos. 4. Duas placas planas paralelas estão situadas a 3 mm de distância. A placa superior move-se com velocidade de 4m/s, enquanto que a inferior...

    1867  Palavras | 8  Páginas

  • LISTA DE EXERC CIOS 1

    LISTA 1 MÓDULO 1: PROPRIEDADES DOS FLUIDOS 1. Determine o peso de um reservatório de óleo que possui uma massa de 825 kg. Dado: g = 9,81 m/s² 2. Se o reservatório do exemplo anterior tem um volume de 0,917 m3 determine a massa específica e o peso específico do óleo. 3. Se 6,0m3 de óleo pesam 47,0 kN determine o peso específico e a massa específica do fluido. 4. Um fluido tem uma viscosidade dinâmica de 5x10 -3 N.s/m2 e uma massa específica de 0,85 kg/dm3. Determinar a sua viscosidade cinemática...

    687  Palavras | 3  Páginas

  • Mecânica de fluidos

    resolvida, escolhendo DUAS QUESTÕES DE CADA MÓDULO, totalizando 6 questões, NO MÁXIMO EM GRUPO DE 3 ALUNOS, e entregue ao professor na SEGUNDA FEIRA, DIA 25 DE MARÇO DE 2013 no horário da aula, digitada ou escrita a mão, de CANETA AZUL OU PRETA. O valor é de, no máximo, 3 PONTOS. EM HIPÓTESE ALGUMA HAVERÁ PRORROGAÇÃO NO PRAZO DE ENTREGA DESTE TRABALHO. MÓDULO 1: PROPRIEDADES DOS FLUIDOS 1. Determine o peso de um reservatório de óleo que possui uma massa de 825 kg. Dado: g = 9,81 m/s² 2. Se o reservatório...

    824  Palavras | 4  Páginas

  • Apostila Fisica 3

    Edition, John Wiley & Sons, 2011 • Nussenzveig, Curso de F´ısica B´ asica Vol 3, Edgard Blucher, 1997 • Feynman, Leighton & Sands, The Feynman Lectures on Physics Vol 2, Addison-Wesley, 1964 • Landau & Lifshitz, Course on Theoretical Physics Vol 8, 2nd Edition, Pergamon, 1984 • Griffiths, Introduction to Electrodynamics, 3rd Edition, 1999 • Jackson, Classical Electrodynamics, 3rd Edition, John Wiley & Sons, 1999 3 4 Conte´ udo 1 Campo El´ etrico 1.1 Prel´ udio . . . . . . . . . ....

    29621  Palavras | 119  Páginas

  • Lista 1 FT

    Fleming 1. Conversão: a) Vazão: m3/s para ft3/s Resp.: 35,3 ft3/s ft3/s para gal/min Resp.: 449 gal/min gal/h para L/s Resp.: 1,05x10-3 L/s b) Pressão: psi para kgf/cm2 Resp.: 0,0703 kgf/cm2 kgf/cm2 para N/m2 Resp.: 9,81x104 N/m2 psi para Pa (pascal) Resp.: 6,895x103 Pa psi para lbf/ft2 Resp.: 140 lbf/ft2 c) Viscosidade: 1cp para Pa . s Resp.: 10-3 Pa . s N . s/m2 para psi . s Resp.: 1,45x10-4 psi . s lbf . s/ft2 para N . s/m2 Resp.: 47,88 N . s/m2 2. O quilograma-força é comumente...

    899  Palavras | 4  Páginas

  • Exercicio de peso especifico

    ABAIXO. CONSIDERE YH2o=9810 N/m^3. -- -- -- -- -- -- ------------ 140mm=0,14m; 36mm=0,036mm; 84mm=0,084m; 124mm=0,124m; YH2O=9810 N/m^3; Resolução: PA=YH2O(0,14-0,036)=YH2O(0,124-0,084)+YX*(0,084-0,036) 9810(0,14-0,036)=9810(0,124-0,084)+YX(0,08-0,036) 1020,2=392,4+YX(0,084-0,036) YX=13079 N/m^3. 2) UM TANQUE FECHADO CONTÉM AR COMPRIMIDO E UM ÓLEO QUE APRESENTA Yóleo=8,8KN/m^3. O FLUÍDO UTILIZADO NO MANOMETRO...

    1425  Palavras | 6  Páginas

  • fenômenos de transporte

    Disciplina: Fenômenos de Transporte Curso : Engenharia Aula 1 a 3 Introdução,Definição e Propriedades dos Fluidos Mecânica dos fluidos é a ciência que estuda o comportamento físico dos fluidos, assim como as leis que regem esse comportamento. As bases da mecânica dos fluidos são fundamentais para muitos ramos de aplicação da engenharia como por exemplo:           2 o escoamento de um fluido em canais ou condutos Ação de fluidos sobre superfícies submersas...

    2736  Palavras | 11  Páginas

  • Fenomenos

    de Produção Fenômenos de Transporte – 2013 Lista de Exercícios I 1) Converta: a) 104,6 ft3/min em m3/s b) 300 m2 em ft2 c) 450 lb/ft2s em kg/ m2s d) 680 dina em N e) 390 kcal/h em Btu/s f) 210 psi em inHg g) 450 atm em MPa h) 500 kgf/m em N/m i) 290 K em ºC, em ºF e em R. j) 807 lbm.ft/s em kg.m/s 2) [pic] 3) [pic] 4) [pic] 5) [pic] 6) [pic] 7) [pic] 8) [pic] [pic] 9) [pic] 10) 2) Fazer exercícios 1.1 ao 1.6; 1...

    962  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho 1 22

    específica de um combustível leve é 805 kg/m3. Determinar o peso específico e a densidade deste combustível. (considerar g = 9,81 m/s2). · Peso Especifico (γ): γ = ρ.g Þ é o peso especifico. γ = ρ.g = 805 (kg/m3) ´ 9,81 (m/s2) = 7.897 (N/ m3) A massa especifica da água é aproximadamente 1.000 (kg/m3). Portanto o seu peso especifico é: γ (H2O) = ρ.g = 1.000 (kg/m3) ´ 9,81 (m/s2) = 9.810 (N/ m3 ) · Densidade (d): d = γf / γ (H2O) = 7.897 / 9.810 = 0,805 (2) Um reservatório graduado contém 500...

    507  Palavras | 3  Páginas

  • Pesquisa operacional

    cinemática de um óleo leve é 0,033 m2/s e a sua densidade é 0,86. Determinar a sua viscosidade dinâmica em unidades dos sistemas Métrico. A peso específico da água é aproximadamente 1000 kgf/m3. 02. Duas placas planas paralelas estão situadas a 3 mm de distância. A placa superior move-se com velocidade de 4m/s, enquanto que a inferior está imóvel. Considerando que um óleo (ν = 0,15 stokes e ρ = 905 kg/m3 ) ocupa o espaço entre elas, determinar a tensão de cisalhamento que agirá sobre o óleo. 03...

    567  Palavras | 3  Páginas

  • Secundaria Instrumentacao Industrial Curso De P S Graduacao Em Engenharia Mecatronica

    Detector São dispositivos com os quais conseguimos detectar alterações na variável do processo. Pode ser ou não parte do transmissor. Transmissor Instrumento que tem a função de converter sinais do detector em outra forma capaz de ser enviada à distância para um instrumento receptor, normalmente localizado no painel. Indicador Instrumento que indica o valor da quantidade medida enviado pelo detector, transmissor, etc. Registrador Instrumento que registra graficamente valores instantâneos medidos...

    20674  Palavras | 83  Páginas

  • Aula 1 Introdu o Defini o e Propriedades dos Fluidos

    Centro de Educação superior de Brasília – IESB Curso: Engenharia Civil Professor: Douglas Esteves Disciplina: Fenômenos de Transporte Aula 1 Introdução, Definição e Propriedades dos Fluidos Mecânica dos fluidos é a ciência que estuda o comportamento físico dos fluidos, assim como as leis que regem esse comportamento. As bases da mecânica dos fluidos são fundamentais para muitos ramos de aplicação da engenharia como por exemplo  o escoamento de um fluido em canais ou condutos  Ação de fluidos...

    3108  Palavras | 13  Páginas

  • Fisica 3

    elétrico. Potencial elétrico. 2. Corrente Elétrica: Resistividade. Resistência. Força eletromotriz. Potência elétrica. Resistores em série e em paralelo. Circuitos de corrente contínua. Leis de Kirchhoff. 3. Capacitância: Capacitores. Dielétricos. Capacitores em série e em paralelo. Circuitos R-C. 4. Magnetismo: Campo magnético. Força magnética. Torque. Movimento de cargas. 5. Fontes de Campo Magnético: Lei de Biot-Savart. Lei de Ampère. Aplicações da Lei de Ampère. Fluxo Magnético. Corrente de deslocamento...

    8249  Palavras | 33  Páginas

  • Fenomeno dos transportes

    um combustível leve é 805 kg/m3. Determinar o peso específico e a densidade deste combustível. (considerar g = 9,81 m/s2). • Peso Especifico (γ): γ = ρ.g ( é o peso especifico. γ = ρ.g = 805 (kg/m3) ( 9,81 (m/s2) = 7.897 (N/ m3) A massa especifica da água é aproximadamente 1.000 (kg/m3). Portanto o seu peso especifico é: γ (H2O) = ρ.g = 1.000 (kg/m3) ( 9,81 (m/s2) = 9.810 (N/ m3 ) • Densidade (d): d = γf / γ (H2O) = 7.897 / 9.810 = 0,805 (2) Um reservatório graduado...

    653  Palavras | 3  Páginas

  • Lista de Fluídos

    corpo de massa igual a 1 kg é jogado verticalmente para baixo, de uma altura de 20 m, com velocidade inicial de 10 m/s, num lugar onde a aceleração da gravidade é 9,8 m/s2 e o atrito com o ar, desprezível. Qual a sua energia cinética quando se encontra a 10 m do chão? 2. Em uma prova de salto com vara, uma atleta alcança, no instante em que a vara é colocada no apoio para o salto, a velocidade final v = 9,0 m/s. Supondo que toda energia cinética da atleta é convertida, pela vara, em energia potencial...

    2000  Palavras | 8  Páginas

  • Cap Tulo 22 Fundamentos Da F Sica 3 Halliday 8 Ed

    flores para colher néctar. Entretanto, elas não se limitam a roçar na flor, recolhendo o pólen do mesmo modo como recolhemos pó de giz de um quadro-negro se roçarmos nele. Na verdade, o pólen salta da flor para a abelha, fica preso ao corpo do inseto enquanto ele voa para uma segunda flor, e então salta para a segunda flor. O que faz o pólen saltar, primeiro para a abelha e depois para a flor? A resposta está neste capítulo. 23 022haly.indd 23 8/27/08 7:23:25 AM 24 Capítulo 22  |  Campos Elétricos...

    18794  Palavras | 76  Páginas

  • Ponte em concreto armado com duas longarinas

    ponte em concreto armado com duas longarinas Daniel de Lima Araújo Apostila da disciplina Pontes do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Goiás. Goiânia Março de 1999 2 APRESENTAÇÃO Este texto foi elaborado para servir como material didático aos alunos da disciplina de pontes, ministrada no 5o ano do curso de engenharia civil. Ele tem por objetivo detalhar, de forma didática, o projeto estrutural de uma ponte em concreto armado com duas longarinas. Foi escolhido para...

    28689  Palavras | 115  Páginas

  • E X E R C C I O S Notas 2

    cilíndrica pode ser dividida em três partes, as duas tampas e a área lateral do cilindro). R: Vamos dividir a área total da superfície do cilindro em três partes, as duas tampas (superior e inferior) e a área lateral do cilindro, pois, o ângulo entre E e d A será o mesmo em todos os pontos de cada uma das partes. E   E  d A   E  d A1   E  d A2   E  d A3 1 2 3 E   EdA cos180   EdA cos 90   EdA cos 0o o 1 o 2 3 E  EA  EA  E  0 2. A localização da carga, no interior de uma...

    6766  Palavras | 28  Páginas

  • Lei de stokes para viscosidade

    2.1.5 LEI DE STOKES PARA VISCOSIDADE Consideremos uma esfera de raio R movendo-se através de um fluido com uma velocidade constante. Então, sobre esta esfera existe uma força de resistência exercida pelo fluido, cujo módulo F depende do coeficiente de viscosidade μ do fluido, do raio R da esfera e do módulo v de sua velocidade (se este é pequeno). A única maneira pela qual estas grandezas podem ser combinadas para que o resultado tenha dimensão de força é no produto μRv. Pela análise física deste...

    605  Palavras | 3  Páginas

  • RESPONSABILIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE

    fluidos e a dinâmica dos fluidos. A estática dos fluidos trata das propriedades e leis físicas que regem o comportamento dos fluidos livre da ação de forças externas, ou seja, nesta situação o fluido se encontra em repouso ou então com deslocamento em velocidade constante, já a dinâmica dos fluidos é responsável pelo estudo e comportamento dos fluidos em regime de movimento acelerado no qual se faz presente a ação de forças externas responsáveis pelo transporte de massa. Dessa forma, pode-se perceber que...

    1683  Palavras | 7  Páginas

  • T pico 4 Capacitores

    Tópico 4 – Capacitores 1 Tópico 4 1 E.R. .. No instante t0 = 0, um capacitor de 2 500 μF, descarrega- do, é ligado a uma fonte de 12 V, por meio de uma chave colocada na posição 1. Em um determinado instante t1, o capacitor atinge plena carga. (1) (2) e) Durante a descarga do capacitor, a ddp U entre os seus terminais, que é igual à ddp aplicada na lâmpada, diminui. Por isso, a intensidade da corrente na lâmpada decresce com o tempo a partir do instante t2, até anular-se. Em t2, o valor...

    9601  Palavras | 39  Páginas

  • eletrica

    viscosidade 0,005 kg/m.s e massa específica de 850 kg/m³. Calcule: a) A viscosidade cinemática em unidades S.I. b) A viscosidade dinâmica em unidades CGS. Solução: a) b) 2º- A viscosidade cinemática de um óleo é 0,028 m²/s e o seu peso específico relativo é 0,85. Determinar a viscosidade dinâmica em unidades dos sistemas MK*S, CGS e SI. Solução: 2 No MK*S: No SI: No CGS: 3º A viscosidade dinâmica de um óleo é 5x10-4 kgf.s/m² e o peso específico relativo é 0,82. Determinar...

    3516  Palavras | 15  Páginas

  • 3 pratica viscosidade macanica dos fluidos

    Universidade Católica de Minas Gerais, do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica. Professora: Mara Nilza Estanislau SUMÁRIO 1 - INTRODUÇÃO 1.1 – Objetivo 4 1.2 – Conceituação teórica: 4 2 – DESENVOLVIMENTO 2.1 – Procedimento 8 2.2 – Equipamentos 8 2.3 – Dados obtidos 9 3 - CONCLUSÃO 12 4 - BIBLIOGRAFIA 13 1.0 – INTRODUÇÃO Viscosidade: A viscosidade de um líquido (inverso da fluidez) mede a resistência interna oferecida ao movimento relativo de diferentes...

    1431  Palavras | 6  Páginas

  • lista de mecanica dos fluidos

    combustível. (considerar g=9,8 m/s2). 2) Sabendo-se que 800 gramas de um líquido enchem um cubo de 0,08 m de aresta, obter a massa específica desse fluido. 3) Enche-se um frasco com 3,06 g de ácido sulfúrico. Repete-se a experiência, substituindo o ácido por 1,66 g de água. Obter a densidade relativa do ácido sulfúrico. 4) Uma caixa de 1,5 x 1,0 x 1,0 m armazena 1.497,5 kg de água. Determine o peso específico da água em N/m3 e kgf/m3. Considere g = 9,81 m/s2. 5) Um reservatório cilíndrico...

    512  Palavras | 3  Páginas

  • FT Mec Fluidos 1 Viscosidade

    A Experiência das Placas • Consideremos um fluido em repouso entre duas placas planas. Suponhamos que a placa superior em um dado instante passe a se movimentar sob a ação de uma força tangencial • A força Ft, tangencial ao fluido, gera uma tensão de cisalhamento. • O fluido adjacentes à placa superior adquirem a mesma velocidade da placa (princípio da aderência) • As camadas inferiores do fluido adquirem velocidades tanto menores quanto maior for a distância da placa superior (surge um perfil de...

    1210  Palavras | 5  Páginas

  • Lista De Exerc Cios 01

    g=9,8 m/s2). Resp.:7889 N, 0,805. 2) Um reservatório graduado contém 500 mL de um líquido que pesa 6 N. Determine o peso específico, a massa específica e a densidade do líquido (considerar g=9,8 m/s2) Resp.: 12000N; 1224,49Kg/m3; 1,2 3) A viscosidade cinemática de um óleo leve é 0,033 m2/s e a sua densidade é 0,86. Determinar a sua viscosidade dinâmica em unidades do sistema Métrico. Resp.: 2,86 Kgf.s/m2. 4) Duas placas planas paralelas estão situadas a 3mm de distância. A placa superior move-se com...

    555  Palavras | 3  Páginas

  • Apostila Fisica 4

    freqüência é de responsabilidade do aluno. Ao longo do semestre serão aplicadas duas provas práticas, abrangendo todas as experiências realizadas no período. A média final da parte experimental da disciplina (ME ), será calculada da seguinte forma: ME = F = P 1 + P2 ×F 2 1 N (1) N pi .ri (2) i=1 onde P1 e P2 são as notas das provas práticas de laboratório. pI corresponde a presença na prática i, que pode assumir o valor 0 , quando o aluno não comparecer à aula e o valor 1 indicando a sua presença;...

    11731  Palavras | 47  Páginas

  • AN LISE EXPERIMENTAL DA DEFORMA O EM PLACA CER MICA ESMALTADA COM A UTILIZA O DA EXTENSOMETRIA Rascunho O Original N O Foi Encontrado

    CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CIVIL ANÁLISE EXPERIMENTAL DA DEFORMAÇÃO EM PLACA CERÂMICA ESMALTADA, COM A UTILIZAÇÃO DA EXTENSOMETRIA ALUNO: CLÉVIO CLÊNIO FERREIRA DA SILVA ORIENTADOR: NILTON DA SILVA MAIA Monografia apresentada à Banca Examinadora do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, como parte dos requisitos para obtenção do título de Engenheiro de Produção Civil. Belo Horizonte 2008 i ii DEDICATÓRIAS...

    10502  Palavras | 43  Páginas

  • Lista Fen Menos De Transporte

    Fenômenos de Transporte Professor: M. Sc. Felipe Corrêa Veloso dos Santos Lista de exercício pré-avaliação 1) Determine o peso de um reservatório de óleo que possui uma massa de 825 kg. 2) Se o reservatório do exemplo anterior tem um volume de 0,971 m³ determine o massa especifica, peso especifico e a peso especifico relativo. 3) Um fluido tem uma viscosidade dinamica de 5x10-³ N.s/m2 e uma massa especifica de 0,85kg/dm³. Determinar a sua viscosidade cinematica. 4) Em um reservatório contendo glicerina...

    765  Palavras | 4  Páginas

  • produção de biodisel apartir do oleo de cozinha

    Orientador: Francisca Pessoa de França Dissertação – (Mestrado em tecnologia de Processos Químicos e bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Química, Rio de Janeiro, 2012. 1. Biocombustível. 2. Glicerina. 3. Polímeros hidrossolúveis. 4. Plastificantes. I. França, Francisca Pessoa. (Orient.). II. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Curso Programa em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos. III. Título. iii       DEDICATÓRIA Aos meus amados:...

    28329  Palavras | 114  Páginas

  • ESTRUTURAS TIPO SANDUICHE COM PLACAS DE ARGAMASSA PROJETADA

    ESTRUTURAS TIPO SANDUÍCHE COM PLACAS DE ARGAMASSA PROJETADA Alexandre Araújo Bertini Tese apresentada à Escola de Engenharia de São Carlos, como parte dos requisitos para obtenção do título de Doutor em Engenharia de Estruturas ORIENTADOR: Prof. Dr. Libânio Miranda Pinheiro São Carlos, 22 de fevereiro de 2002 Aos meus pais e irmãos, à Mirian, à Bruna, e à pequenina Gabriele. AGRADECIMENTOS A Deus em primeiro lugar que permitiu que eu chegasse até o fim deste trabalho...

    50835  Palavras | 204  Páginas

  • Fetran

    e gasoso. O espaçamento e a atividade intermoleculares são maiores nos gases, menor nos líquidos e muito reduzido nos sólidos. Figura 1 – Configuração das moléculas nas três fases da matéria Os sólidos cristalinos tem tipicamente superfícies planas bemdefinidas, chamadas de faces do cristal, que fazem ângulos definidos umas com as outras. Essas faces são formadas por camadas ordenadas de átomos. Sólidos amorfos não têm faces bem-definidas a menos que tenham sido cortados ou molhados. Figura...

    4215  Palavras | 17  Páginas

  • Viscosidade

    a viscosidade dinâmica ( ( ) de um fluido ( glicerina ou óleo de rícino. Biografia [pic] Sir George Gabriel Stokes Matemático e notável físico teórico britânico, nascido em Skreen, Irlanda, que se distinguiu pelas suas contribuições na dinâmica de fluidos com, por exemplo, as Equações de Navier-Stokes, na óptica e na física matemática: Teorema de Stokes. De uma família de raízes profundas na Igreja da...

    1620  Palavras | 7  Páginas

  • Quest Es De Provas Anteriores

    de cisalhamento versus Taxa de deformação. 02) No sistema de embreagem mostrado na figura abaixo, o torque é transmitido através de uma película de óleo, com 3 mm de espessura e viscosidade μ  0 ,38 kg/(m.s), confinada entre dois discos idênticos com 30 cm de diâmetro. O torque transmitido permite o intercâmbio de marchas e as alterações de velocidade. Quando o eixo de acionamento tem rotação de 1450 rpm , o eixo acionado gira a 1398 rpm . a) Determine o torque transmitido para este caso. b) Deseja-se...

    4857  Palavras | 20  Páginas

  • MODELAGEM E SIMULAÇÃO DO PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE ÓLEO DE SOJA

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE ENGENHARIA QUÍMICA DEPARTAMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS MODELAGEM E SIMULAÇÃO DO PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE ÓLEO DE SOJA-HEXANO POR EVAPORAÇÃO Dissertação de Mestrado apresentada à Faculdade de Engenharia Química como parte dos requisitos exigidos para a obtenção do título de Mestre em Engenharia Química ALINE FERRÃO CUSTÓDIO Engenheira de Alimentos Prof. Dr. RUBENS MACIEL FILHO Orientador Dr. DAITON DE FREITAS REZENDE Co-Orientador ...

    20755  Palavras | 84  Páginas

  • EST TICA Aulas 1 2 3 4 5 6 7 8 9

    17/03/15 ESTÁTICA TARGINO AMORIM 2 ESTE MATERIAL FOI EXTRAIDO DOS LIVROS  BEER, F.P.; JOHNSTON, E.R. Mecânica Vetorial para Engenheiros TEXTOS: - Estática. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 2006.  HIBELLER, R.C. Estática – Mecânica para Engenharia. São Paulo: Prentice Hall, 2005.  SCHMIDT, R.J.; BORESI, A.P. ESTÁTICA. São Paulo: Pioneira Thomsom Learning, 2003.  ALMEIDA, M.; LABEGALINI, P.R.; OLIVEIRA, W.C. Mecânica geral: estática. São Paulo: Edgard Blücher, 1984. 508 p. 17/03/15 Palavras...

    17308  Palavras | 70  Páginas

  • Relatorio projeto cnc 3 eixos

    Livres | Rodrigo Krug PUCRS PROJETO CNC DE 3 EIXOS 1 Rodrigo Krug Projeto CNC de 3 Eixos Utilizando Tecnologias Livres Relatório final do projeto desenvolvido no laboratório CIM. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Orientador: Isaac Newton Lima da Silva Porto Alegre Fevereiro 2008 2 Sumário 1. Introdução............................................................................................................................ 4 2. Objetivos .............................

    9810  Palavras | 40  Páginas

  • Exercicio fenomenos de transpoorte

    (considerar g=9,8 m/s2). 2) Um reservatório graduado contém 500 ml de um líquido que pesa 6 N. Determine o peso específico, a massa específica e a densidade do líquido. (considerar g=9,8 m/s2). 3) A viscosidade cinemática de um óleo leve é 0,033 m2/s e a sua densidade é 0,86. Determinar a sua viscosidade dinâmica em unidades do sistema métrico. 4) Duas placas planas paralelas estão situadas a 3 mm de distância. A placa superior move-se com velocidade de 4m/s, enquanto...

    842  Palavras | 4  Páginas

  • Unidade 0 Recapitula o Fenomenos

    HIDRÁULICA UNIDADE - 0 NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1. CONCEITUAÇÃO DE HIDRÁULICA: É o estudo do comportamento da água e de outros líquidos, no estado de repouso ou de movimento. 2. DIVISÃO DA HIDRÁULICA: Hidrostática: Repouso Hidráulica Geral Hidrocinética: Movimento Hidrodinâmica: Causas movimento Hidráulica Aplicada: conhecimentos científicos. É a aplicação pratica dos ALGUMAS UTILIZAÇÕES DA HIDRÁULICA APLICADA Aplicada ou Hidrotécnica H. Urbana H. Fluvial H. Rural ou Agrícola H. Marítima...

    2536  Palavras | 11  Páginas

  • APOSTILA FEN MENOS DE TRANSPORTES 2015 2

    calor por convecção  Propagação do calor por irradiação Bibliografia Básica:  Hallyday, R.. Fundamentos de Física vol 2 . 8 ed. São Paulo: LTC, 2009.  Çengel, Y. A. et al. Mecânica dos fluidos: Fundamentos e Aplicações 1 ed.. AMGH, 2008.  Assy, T. M.- Mecânica dos Fluidos: Fundamentos e Aplicações- 1 ed- Rio de Janeiro: LTC, 2004. Bibliografia Complementar  Munson, B. R. et al- Introdução à Engenharia de Sistemas Térmicos- 1 ed- Rio de Janeiro: LTC, 2005.  McDonald, A.T.- Introdução à Mecânica...

    30367  Palavras | 122  Páginas

  • Fluidos

    de um reservatório de óleo que possui uma massa de 825 kg. P=mg=825.10=8250kg.ms2=8250N 2 - Se o reservatório do exemplo anterior tem um volume de 0,917 m3 determine a massa específica, peso específico e densidade do óleo. ρ=mV=825Kg0,917m3=899,7kg/m³ γ=ρg=899,7kgm3.10ms2=8997N/m³ 3 - Se 6,0m3 de óleo pesam 47,0 kN determine o peso específico, massa específica e a densidade do fluido. DADOS: V=6,0 m3 P=47KN=47000N γ=PV=mgV=ρg↔γ=47000N6,0m3=7,83N/m³ 4 - Um fluido tem massa...

    1504  Palavras | 7  Páginas

  • Elinaldo Santos Silva Prh15 Unicamp M

    bolsa de estudos fornecida. Aos funcionários do Departamento de Energia pela construção e operação do aparato experimental. A todo o quadro de funcionários do Departamento de Engenharia de Petróleo pelo incentivo e ajuda na realização do meu trabalho. v A preguiça e a indecisão são traidoras. Pelo medo de arriscar, às vezes pode-se perder bens, que se poderia conquistar se não fosse o medo de tentar. William Shakespeare vi Resumo SILVA, Elinaldo Santos. Estudo do Escoamento Bifásico em Risers em...

    18625  Palavras | 75  Páginas

  • monografia MEDINDO A VELOCIDADE DO SOM COM O MICROFONE DO PC

    Licenciatura em Física Instituto de Física UFRJ PROJETO FINAL DE CURSO MEDINDO A VELOCIDADE DO SOM COM O MICROFONE DO PC Marco Antonio B. Freitas Orientador: Carlos Eduardo Aguiar Julho 2005 2 3 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO .............................................................................................4 2. PEQUENA HISTÓRIA DO SOM ...............................................................5 3. A VELOCIDADE DO SOM NO LABORATÓRIO DIDÁTICO...........12 3.1. Medidas por ressonância .......

    7318  Palavras | 30  Páginas

  • ENSAIO 1 – DETERMINAÇÃO DA VISCOSIDADE DINÂMICA DE FLUIDOS A PARTIR DA LEI DE STOKES. ENSAIO 2 – DETERMINAÇÃO DA VISCOSIDADE CINEMÂTICA DE FLUIDOS UTILIZANDO O VISCOSÍMETRO DE CANNON-FE

    CIVIL CURSO DE ENGENHARIA CIVIL TURMA 12009NA_3 RELATÓRIO DE ENSAIO ENSAIO 1 – DETERMINAÇÃO DA VISCOSIDADE DINÂMICA DE FLUIDOS A PARTIR DA LEI DE STOKES. ENSAIO 2 – DETERMINAÇÃO DA VISCOSIDADE CINEMÂTICA DE FLUIDOS UTILIZANDO O VISCOSÍMETRO DE CANNON-FENSKE. ENSAIO 3 – DETERMINAÇÃO DA ASCENSÃO DA ÁGUA EM TUBO CAPILAR. ENSAIO 4 – DETERMINAÇÃO DA TENSÃO SUPERFICIAL DA ÁGUA. Solicitante: Universidade Positivo – Mecânica dos Fluidos e Hidráulica Por Anderson Nascimento de Araujo. ...

    3209  Palavras | 13  Páginas

  • Montagem De Micro Parte 4

    T505A Montagem de Microcomputadores Parte 4 (T505A4) Dailson Fernandes 1ª Edição Montagem de Microcomputadores ESCOLA TÉCNICA DE INFORMÁTICA Sumário 11. PLACAS DE VÍDEO 11.1. 11.2. 11.3. 12. 13. 96 PLACAS DE VÍDEO "3D" - COMO FUNCIONAM PROGRAMAS "3D": SEM ELES O INVESTIMENTO NÃO VALE A PENA DIFERENÇA ENTRE VGA E SVGA 98 99 100 MONITOR 101 TAMANHO E TIPO DA TELA 12.2. DOT PITCH 12.3. VARREDURA 12.4. FREQÜÊNCIA VERTICAL 12.5. FREQÜÊNCIA HORIZONTAL 12.6. CINTILAÇÃO: A GRANDE VILÃ 12.7...

    11036  Palavras | 45  Páginas

  • Gota de Óleo de Millikan

    Laboratório de Física Moderna RELATÓRIO – TEMA C A gota de óleo de Millikan Efeito Fotoelétrico A razão e/m Alunos: Ana Maria Caroline de Arruda Farias Renan Duraes Oliveira Santo André, 11 de março de 2013. Sumário 1. A gota de óleo de Millikan ...................................................................................... 3 Resultados ......................................................................................................... 5 Conclusão ................

    3249  Palavras | 13  Páginas

  • Desenvolvimento de programa para calculo de eficiencia de coletor solar de placa plana

    DESENVOLVIMENTO DE UM PROGRAMA COMPUTACIONAL PARA PROJETO DE COLETOR SOLAR DE PLACA PLANA Daniel dos Santos Silva – danielsilva441@gmail.com Mario H. Macagnan – mhmac@unisinos.br Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Resumo.O objetivo deste trabalho é apresentar o desenvolvimento de uma ferramenta computacional para projeto e análise de coletores solares de placa plana, baseado na solução de equações analíticas que descrevem a distribuição de temperatura...

    4136  Palavras | 17  Páginas

  • fenotran

    O que se entende por campo de velocidade, com escoamentos Uni, Bi e Tridimensionais? Questão 06: Como se define a viscosidade absoluta ou dinâmica? Como ela varia com a temperatura? Exercício 07: A massa específica de um fluido é 610 kg/m3. Determinar o peso específico e a densidade. (R: 5978 N/m3 e 0,610). Exercício 08: A viscosidade cinemática de um óleo é 0,028 m2/s e sua densidade é 0,9. Determinar a viscosidade dinâmica em unidades do sistema métrico (MK*S) e CGS. Determine, ainda, a...

    888  Palavras | 4  Páginas

  • Fenomeno dos transportes

    NOME: DAVID DE ARAUJO CERQUEIRA NEIVA – 20102600643 NOME: INDICE CAPÍTULO I * VISCOSIDADE 1- CONCEITOS GERAIS, DEFINIÇÃO E TIPOS DE VISCOSIDADES 3 2- DENSIDADE RELATIVA E ABSOLUTA 4 3- SITEMA MÉTRICO DE UNIDADES DA VISCOSIDADE 5 * TENSÃO DE CISALHAMENTO 1- CONCEITOS GERAIS, COMO SE APLICA, DEFINIÇÃO 6 CAPÍTULO II *...

    1824  Palavras | 8  Páginas

  • 3 Apostila Topografia PUC PR

    ---------------------------3. Erros em Topografia-------------------------------------------------------------------4. Grandezas Medidas num Levantamento Topográfico---------------------------5. Unidades de Medida--------------------------------------------------------------------6. Desenho Topográfico e Escala--------------------------------------------------------7. Critérios para a Escolha da Escala de uma Planta-------------------------------8. Medida de Distâncias-------------------------------------------------------------------8...

    36909  Palavras | 148  Páginas

  • Lista Exercícios 01

    g=9,8 m/s2). Resp.:7889 N, 0,805. 2) Um reservatório graduado contém 500 mL de um líquido que pesa 6 N. Determine o peso específico, a massa específica e a densidade do líquido (considerar g=9,8 m/s2) Resp.: 12000N/m3; 1224,49Kg/m3; 1,2. 3) A viscosidade cinemática de um óleo leve é 0,033 m2/s e a sua densidade é 0,86. Determinar a sua viscosidade dinâmica. Resp.: 28,36 Kg /m.s. 4) Duas placas planas paralelas estão situadas a 3mm de distância. A placa superior move-se com velocidade de 4m/s, enquanto...

    565  Palavras | 3  Páginas

  • HIDRAULICA GERAL

    colocada entre duas placas paralelas bem próximas e grandes de modo que as perturbações nas bordas possam ser desprezadas. A placa inferior é fixa, e uma força F é aplicada na placa superior, a qual exerce uma tensão de cisalhamento (F/A) na substância entre as placas. A é a área da placa superior. Quando a força F movimenta a placa superior com uma velocidade (não nula) constante, não importando quão pequena seja a intensidade de F, pode-se concluir que a substância entre as duas placas é um fluido...

    7508  Palavras | 31  Páginas

  • fetran

    DEFINIÇÃO DE UM FLUIDO O que é um fluido? Quais as diferenças entre um sólido e um fluido? Um sólido é “duro” e não é fácil de deformá-lo enquanto um fluido é “mole” e é muito fácil de deformá-lo. ENGENHARIA Estrutura molecular Não são comprimidos LÍQUIDO São comprimidos e deformados GASES SÓLIDO Moléculas pouco espaçadas e estão sujeitas a forças intermoleculares intensas e coesivas. Não se deforma facilmente. Espaçamento molecular é maior (liberdade de movimento)...

    5809  Palavras | 24  Páginas

  • ondulatoria

    1 11/03/2011 DEFINIÇÃO DE UM FLUIDO O que é um fluido? Quais as diferenças entre um sólido e um fluido? Um sólido é “duro” e não é fácil de deformá-lo enquanto um fluido é “mole” e é muito fácil de deformá-lo. ENGENHARIA Estrutura molecular Não são comprimidos LÍQUIDO SÓLIDO Moléculas pouco espaçadas e estão sujeitas a forças intermoleculares intensas e coesivas. Não se deforma facilmente. São comprimidos e deformados Espaçamento molecular é maior (liberdade...

    5673  Palavras | 23  Páginas

  • Geometria Em M Quinas CNC

    machining centres was researched, trying to congregate metrological reliability with operational and economical advantages, when comparing to methods classically used for such task. A system called QUALIMAQ was developed, where a touch probe is used on a 3-axis vertical machine centre to check against artefacts calibrated on a coordinate measuring machine (CMM). By comparing the results obtained from the machine tool and CMM, the main machine tool error components are measured, attesting the machine accuracy...

    48122  Palavras | 193  Páginas

  • UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PLACAS DE CIRCUITO IMPRESSO, EM CONCORDÂNCIA COM OS CONCEITOS DA COMPATIBILIDADE ELETROMAGNÉTICA

    DE DESENVOLVIMENTO DE PLACAS DE CIRCUITO IMPRESSO, EM CONCORDÂNCIA COM OS CONCEITOS DA COMPATIBILIDADE ELETROMAGNÉTICA FLORIANÓPOLIS JULHO DE 2007 DIEGO DE MOURA UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PLACAS DE CIRCUITO IMPRESSO, EM CONCORDÂNCIA COM OS CONCEITOS DA COMPATIBILIDADE ELETROMAGNÉTICA Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito parcial para obtenção do título de Tecnólogo em Sistemas Digitais ao Curso Superior de Tecnologia em Sistemas...

    26927  Palavras | 108  Páginas

tracking img