Doenças Relacionadas Ao Sistema Esqueletico artigos e trabalhos de pesquisa

  • Disturbios musculo-esqueletico em trabalhadores da enfermagem

    DISTÚRBIOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS EM TRABALHADORES DE ENFERMAGEM. Manaus-AM 2012 ANDRÉA GALÚCIO NOEMIA VARRELA EDILANE CÂNDIDO DISTÚRBIOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS EM TRABALHADORES DE ENFERMAGEM. Trabalho apresentado ao UNICEL, para obtenção de nota parcial no curso de Enfermagem, na disciplina de Anatomia, turma 1Enf 1, ministrado pelo Professor: Fernando Barros Magalhães. Manaus-AM 2012 Distúrbios músculo-esqueléticos...

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • Doenças ocupacionais nas organizações

    relacionado a doenças ocupacionais nas organizações. Veremos a importância de seu estudo, os órgãos que apoiam este assunto e alguns tipos de doenças ocupacionais. O tema em questão é muito amplo, porém, iremos destacar pontos bastante relevantes para o nosso conhecimento. A saúde dos trabalhadores é um assunto de grande importância para as empresas, os acidentes e doenças ocupacionais são uns dos problemas que mais acontecem no dia-a-dia e que devem ser levados a sério. Pesquisas relacionadas a esses...

    3871  Palavras | 16  Páginas

  • Sistema esquelético e muscular

    -SISTEMA ESQUELÉTICO- Estudos das formações intimamente ligadas ou relacionadas com os ossos. ESQUELETO – Conjunto de ossos e cartilagens que se interligam para formar o arcabouço. OSSOS – Tecido vivo e rígido. CARTILAGENS – Forma elástica de tecidos conectivos (semirrígidos). FUNÇÕES DO ESQUELETO: a) SUSTENTAÇÃO; O esqueleto forma o arcabouço rígido ao quais os tecidos moles e órgãos do corpo estão fixos. b) PROTEÇÃO; O crânio e a coluna vertebral envolvem o encéfalo e a medula espinhal...

    1659  Palavras | 7  Páginas

  • Sistema esquelético e muscular

    -SISTEMA ESQUELÉTICO- Estudos das formações intimamente ligadas ou relacionadas com os ossos. ESQUELETO – Conjunto de ossos e cartilagens que se interligam para formar o arcabouço. OSSOS – Tecido vivo e rígido. CARTILAGENS – Forma elástica de tecidos conectivos (semirrígidos). FUNÇÕES DO ESQUELETO: a) SUSTENTAÇÃO; O esqueleto forma o arcabouço rígido ao quais os tecidos moles e órgãos do corpo estão fixos. b) PROTEÇÃO; O crânio e a coluna vertebral envolvem o encéfalo e a medula espinhal...

    1659  Palavras | 7  Páginas

  • Sistemas do corpo humano

    Sistema Esquelético Esqueleto e ossos: Quando estamos no útero os nossos ossos não estão formados e são cartilagens para melhor se movimentar e caber no útero. Já quando estamos no sétimo mês de vida recebemos o cálcio que forma os nossos “pequenos” ossos. O nosso esqueleto é formado de 22% de água são mais fortes que aço e mais leve do que alumínio e 206 ossos. A função principal do esqueleto é sustentar, proteger e movimentar o corpo. A cabeça está dividida em 29 ossos cranianos e...

    1848  Palavras | 8  Páginas

  • sistema esqueletico

    SISTEMA ESQUELÉTICO Os seres humanos nascem com mais de 270 ossos, no entanto alguns deles fundem-se num eixo longitudinal, no esqueleto axial, ao qual o esqueleto apendicular está ligado.Assim sendo, no momento em que é atingida a idade adulta, alguns dos 270 ossos fundiram-se juntos para dar um total de 206 ossos no corpo. Sistema esquelético O sisteme esquelético adulto é constituído por 206 ossos: • 28 ossos do crânio (8 cranianos, 14 faciais e seis ossos do ouvido) – O osso hióide em forma...

    1867  Palavras | 8  Páginas

  • Disturbio musculo-esqueletico relacionado ao trabalho de enfermagem

    DISTÚRBIOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS RELACIONADO AO TRABALHO DE ENFERMAGEM Karina Ingraça de Jesus Bueno¹; Jaira Lopes Brandão Crepischi² INTRODUÇÃO Os distúrbios musculo-esqueléticos tem se tornado um dos problemas mais graves no campo de saúde do trabalhador, problema este que acomete trabalhadores em todo o mundo, gerando aumento de absenteísmo e de afastamento temporários ou permanentes dos trabalhadores, neste estudo será feito uma abordagem especifica aos problemas que acometem os trabalhadores...

    1578  Palavras | 7  Páginas

  • sistema imunologico

    aparecimento de infecções oportunistas e neoplasias malignas. Os portadores apresentam geralmente, os primeiros sinais clínicos da doença na cavidade bucal. De acordo com Prabhu (2007) - MANIFESTAÇÕES ORAIS EM PACIENTES COM AIDS, vimos que a AIDS é uma imunodeficiência adquirida que esta relacionada com o sistema imunológico. Sistema Imunológico, o que é? É o sistema de defesa do nosso organismo, que trabalha combatendo invasores com a produção de anticorpos. Manifestações na cavidade bucal dos...

    880  Palavras | 4  Páginas

  • órgãos- sistemas osteoarticular e muscular

    órgãos- sistemas osteoarticular e muscular Curso Profissional de Técnico auxiliar de saúde Professora: Maria Ferreira Rubrica: Classificação: Tomei conhecimento: Índice Introdução Neste trabalho vamos falar sobre 3 tipos de doenças. Começamos por falar sobre uma doença sistemática ou seja uma doença que não se centraliza só num determinado local espalha-se por todo o organismo e essa doença é chamada...

    2148  Palavras | 9  Páginas

  • Sistema Muscular

     Sistema Muscular Introdução: O Sistema Muscular produz uma infindável variedade de ações usando os músculos como times coordenados. O tecido muscular cria movimentos corpóreos e também efetua processos internos, desde o batimento cardíaco e a movimentação dos alimentos através dos intestinos até o ajuste do diâmetro das artérias e a focalização do olho. O Sistema Muscular tem uma existência muito física, na qual o uso regular evita a perda e a lesão...

    1474  Palavras | 6  Páginas

  • Sistema Muscular

     SISTeMA MUSCULAR LISTA DE ILUSTRAÇÕES IMAGEM-1-Tecidos Musculares 8 IMAGEM -2- Fibra Muscular 10 IMAGEM -3- Tecidos Musculares 12 IMAGEM -3- Distrofia Muscular 16 IMAGEM -4- Cãibra 20 SUMARIO 1 INTRODUÇÃO 7 1 Fisiologia 8 1.1 CONTRAÇÃO E RELAXAMENTO DO MÚSCULO ESQUELÉTICO 9 1.1.1 Junção Neuromuscular 9 1.1.2 Fisiologia da Contração (Músculos Esqueléticos) 10 1.1.3 Iniciação da Contração do Músculo Esquelético 11 1.1.4 Excitação, Inibição e Contração do Músculo...

    2828  Palavras | 12  Páginas

  • Anatomia esqueleto humano e sistema muscular

    Além de dar sustentação ao corpo, o esqueleto protege os órgãos internos e fornece pontos de apoio para a fixação dos músculos. Ele constitui-se de peças ósseas (ao todo 208 ossos no indivíduo adulto) e cartilaginosas articuladas, que formam um sistema de alavancas movimentadas pelos músculos. O esqueleto humano pode ser dividido em duas partes: 1. Esqueleto axial: formado pela caixa craniana, coluna vertebral caixa torácica (em amarelo). 2. Esqueleto apendicular: compreende a cintura escapular...

    2637  Palavras | 11  Páginas

  • Relação entre ergonomia e doenças laborais

    GPA DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE PEDAGOGIA RELAÇÃO ENTRE ERGONOMIA E DOENÇAS LABORAIS _ PROFESSOR Discente: Ana Angélica 10/1 Dalva 10/1 ...

    2375  Palavras | 10  Páginas

  • Músculos esqueléticos e exercícios físicos

    Músculos esqueléticos e exercícios físicos Introdução O músculo esquelético é o principal agente responsável pela conversão de energia química (potencia) em energia cinética. É composto por fibras musculares multinucleadas rodeadas por uma membrana plasmática excitável eletricamente denominada sarcolema. As principais musculares são a actina e miosina, sendo que a última possui cauda fibrosa constituída por duas hélices trançadas, com cada exibindo uma cabeça globular em um de seus...

    1095  Palavras | 5  Páginas

  • DOENÇAS DO SISTEMA OSTEOMUSCULAR

    18.1 Introdução O capitulo das doenças do Sistema Osteomuscular e do Tecido Conjuntivo Relacionadas com o Trabalho inclui entidades representativas de dois extremos da patologia ocupacional: de um lado doenças antigas, praticamente inexistentes na atualidade, como a Gota induzida pelo Chumbo, a Fluorose do Esqueleto, a Osteomalácea, e de outro, o grupo das Doenças Osteo-Musculares Relacionadas ao Trabalho (DORT), também conhecidas por Lesões por Esforços Repetitivos (LER), ou cumulative trauma...

    2137  Palavras | 9  Páginas

  • Doença de pompe

    Doença de Pompe Também chamada Glicogenose do tipo II, Deficiência de Alfa-Glicosidase Ácida, Deficiência de Maltase Ácida e Doença de Depósito de Glicogênio Tipo II. Introdução A doença de Pompe é uma doença de depósito lisossômico (DDL) causada pela atividade insuficiente da alfa-glicosidase-ácida.1 Esta enzima lisossômica é responsável pela degradação do glicogênio intra-lisossômico, que representa apenas uma pequena porcentagem (1-3%) do glicogênio celular total. A deficiência enzimática resulta...

    2149  Palavras | 9  Páginas

  • Manifestações sistêmicas na doença pulmonar obstrutiva crônica

    161 Manifestações sistêmicas na doença pulmonar obstrutiva crônica Artigo de Revisão Manifestações sistêmicas na doença pulmonar obstrutiva crônica* Systemic manifestations in chronic obstructive pulmonary disease VICTOR ZUNIGA DOURADO 1, SUZANA ERICO TANNI 2 , SIMONE ALVES VALE 2 , MÁRCIA MARIA FAGANELLO 3, FERNANDA FIGUEIRÔA SANCHEZ 3, IRMA GODOY 4 RESUMO A doença pulmonar obstrutiva crônica é progressiva e está relacionada a uma resposta inflamatória anormal dos pulmões à inalação...

    7479  Palavras | 30  Páginas

  • O trabalhador de enfermagem – com lesão por esforço repetitivo (ler) e doença osteomuscular relacionada ao trabalho (dort)

    2003). No Brasil, a partir da década de 80, o aumento da incidência de distúrbios musculoesqueléticos pode ser observado nas estatísticas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), autarquia responsável pela concessão de benefícios por doenças profissionais. De acordo com os dados disponíveis, mais de 80% dos diagnósticos desses distúrbios resultaram em concessão de auxílio-acidente e aposentadoria por invalidez pela Previdência Social, em 1998. Tal fato também pode ser observado na casuística...

    8440  Palavras | 34  Páginas

  • EXAMES SISTEMAS CORPO HUMANO

    SISTEMA NERVOSO LÍQUOR Sinônimo: líquido cefalorraquidiano, LCR, análise do LCR. Descrição: Exame do LCR obtido por punção lombar, suboccipital ou ventricular que inclui a pressão de abertura e final, aparência, celularidade, glicose e proteínas. A análise do líquido cefalorraquidiano é a principal ferramenta de diagnóstico das encefalites e meningites. Indicações do exame de LCR Processos infecciosos do SN e seus envoltórios Processos granulomatosos com imagem inespecífica Processos desmielinizantes...

    1799  Palavras | 8  Páginas

  • sistema locomotor completo

    SISTEMA LOCOMOTOR O sistema locomotor é constituído pela união de dois sistemas , o muscular e o sistema esquelético . Esse sistema é responsável pelos inúmeros movimentos, inclusive a locomoção que conseguimos desenvolver. SISTEMA ESQUELÉTICO O sistema esquelético é composto de ossos e cartilagens.  Conceito de Ossos : Ossos são órgãos esbranquiçados, muito duros, que unindos-se aos outros, por intermédio das junturas ou articulações constituem o esqueleto. É uma forma especializada de tecido...

    1112  Palavras | 5  Páginas

  • Doenças do trabalho

    mostrar algumas doenças causadas pelo trabalho, quais parte do corpo essas doenças atingem, e qual melhor maneira se previnir. As doenças de trabalho são aquelas que aparecem devido ao esforço físico que é pedido no trabalho. Exemplos disso são os dentistas que desenvolvem uma dor nos ombros pela má posição em que trabalha, e telefonistas que desenvolvem uma tendinite por realizar sempre os mesmos movimentos. As doenças relacionadas ao trabalho podem...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • doenças reumaticas

    Doenças reumáticas Reumatismo é o nome comum para as doenças que afetam o sistema músculo esquelético. As doenças reumáticas não são exclusivas de uma determinada faixa etária podem acometer crianças, jovens, adultos e idosos. Os tipos mais comuns de reumatismo, no Brasil, são a artrite, a artrose, a tendinite, e a osteoporose.  Apesar de apresentarem alguns sintomas semelhantes, como dor nas articulações, cada tipo de doença reumática tem características próprias, as doenças reumáticas provocam...

    2026  Palavras | 9  Páginas

  • Legislação em Biossegurança,Definição Ergonomia,Antropometria e Biomecânica e Classificação de Doenças de Notificação Trabalhista Relacionada às Práticas (LER e DORT)

    LEGISLAÇÃO EM BIOSSEGURANÇA, DEFINIÇÃO ERGONOMIA, ANTROPOMETRIA E BIOMECÂNICA E CLASSIFICAÇÃO DE DOENÇAS DE NOTIFICAÇÃO TRABALHISTA RELACIONADA ÀS PRÁTICAS (LER E DORT) SÃO JOSÉ DOS CAMPOS- SP 2014 UNIVERSIDADE PAULISTA RELACIONADA AS PRÁTICAS (LER E DORT) SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2014 OBJETIVO Realizar análise...

    4808  Palavras | 20  Páginas

  • A pós-industrialização e a decorrência das doenças ocupacionais

    A PÓS-INDUSTRIALIZAÇÃO E A DECORRÊNCIA DAS DOENÇAS OCUPACIONAIS Osias Daniel Volanski Joice Russi Professora-Alexandra Danuza Bertold Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Publicidade e Propaganda (PEP15) – Psicologia Organizacional 26/05/2010 RESUMO A produção desenfreada e a super-valorização do capital, submeteu o homem atual à condição de agente quase que exclusivo voltado ao trabalho. Consequentemente tornou-se praticamente obcecado pelo capital e alienado...

    1556  Palavras | 7  Páginas

  • Sistema Muscular

    Sistema Muscular O SISTEMA MUSCULAR É FORMADO POR TODOS OS MÚSCULOS DO CORPO. EMBORA OS MÚSCULOS DO SISTEMA MUSCULAR SEJAM TODOS FORMADOS POR UM TIPO ESPECÍFICO DE TECIDO MUSCULAR, OUTROS TIPOS DE TECIDO MUSCULAR FORMAM IMPORTANTES COMPONENTES DOS ÓRGÃOS DE OUTROS SISTEMAS, INCLUINDO O SISTEMA CIRCULATÓRIO, DIGESTÓRIO, GENITAL, URINÁRIO E TEGUMENTAR. TIPOS DE MÚSCULO (TECIDO MUSCULAR) AS CÉLULAS MUSCULARES, SÃO DENOMINADAS FIBRAS MUSCULARES, PORQUE SÃO LONGAS E ESTREITAS QUANDO RELAXADAS...

    2165  Palavras | 9  Páginas

  • Sistema Vascular

    O sistema vascular: substancias vasoativas, aplicações clinicas das substancias vasoativas. Sistema Vascular   Também conhecido como sistema circulatório, o sistema vascular é responsável por transportar pelo corpo hormônios, excreções, gases, nutrientes e vários outros itens. O coração é o órgão central, que com a ajuda de vasos sanguíneos (que transportam o sangue), artérias, veias e outros itens que fazem com que os fluídos possam circular dentro dos vasos sanguíneos. O coração é então...

    1307  Palavras | 6  Páginas

  • sistemas do corpo humano

    5 Sistemas Fisiológicos   Nervoso    Composto por: olhos, ouvidos, cerebelo, medula espinhal e nervos. Função: É o sistema e controle. Recebe os estímulos do meio ambiente, que entram pelo sistema nervoso periférico e nervos, e por um processo eletro-químico, envia mensagens do que está acontecendo em cada órgão e no meio ambiente.   Endócrino    Composto por: Pâncreas, órgãos sexuais, hipófise cerebral, tireóide, glandula pineal, glândula paratireóide, glândula adrenal e outros órgãos...

    3376  Palavras | 14  Páginas

  • CONDIÇÕES DE TRABALHO X DISTÚRBIOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS EM POLICIAIS DO BATALHÃO DE CHOQUE DA POLÍCIA MILITAR

    CONDIÇÕES DE TRABALHO X DISTÚRBIOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS EM POLICIAIS DO BATALHÃO DE CHOQUE DA POLÍCIA MILITAR Marília Costa de Lima (marilia-lima@hotmail.com) Dominique Babini Lapa de Albuquerque Trabalho de Conclusão de Curso com vista a obtenção do grau de Bacharel em Fisioterapia – Professora Helda Barros Recife, 03 de Novembro de 2009. DECLARAÇÃO PESSOAL DE ÉTICA EM PESQUISA DECLARAÇÃO Eu...

    5245  Palavras | 21  Páginas

  • O sistema vascular: substancias vasoativas, aplicações clinicas das substancias vasoativas.

    O sistema vascular: substancias vasoativas, aplicações clinicas das substancias vasoativas. Sistema Vascular   Também conhecido como sistema circulatório, o sistema vascular é responsável por transportar pelo corpo hormônios, excreções, gases, nutrientes e vários outros itens. O coração é o órgão central, que com a ajuda de vasos sanguíneos (que transportam o sangue), artérias, veias e outros itens que fazem com que os fluídos possam circular dentro dos vasos sanguíneos. O coração é então...

    1307  Palavras | 6  Páginas

  • Sistema Cardiovascular

    Introdução. O sistema circulatório ou Cardiovascular é constituído por: coração, vasos sanguíneos (artérias, veias e capilares) e vasos linfáticos. É o responsável pela condução, distribuição e remoção das mais diversas substâncias dos e para os tecidos do corpo. Um sistema circulatório diz-se completo quando o sangue venoso separa-se completamente do sangue arterial. O trabalho a seguir mostra o quanto é importante nosso sistema circulatório, mostrando o que foi aprendido em sala, e também...

    2026  Palavras | 9  Páginas

  • doenca de deposito de glicogenio

    Doenças de armazenamento de glicogénio são um grupo de doenças hereditárias que resultem de uma falta de, ou para o funcionamento anormal de, uma das enzimas envolvidas na conversão da glicose em glicogénio ou a degradação do glicogénio em glicose. Como há um número de diferentes enzimas envolvidas na produção de glicogénio e desagregação, há um certo número de doenças de armazenamento de glicogénio diferentes. Na verdade, existem mais de 12 tipos de doença de armazenamento de glicogênio. Cada doença...

    2084  Palavras | 9  Páginas

  • Doenças relacionadas à deficiência em estrutura celular

    possui função bem definida, por isso, qualquer distúrbio envolvendo alguma dessas organelas pode causar sérias doenças. Ter conhecimento sobre o papel das organelas no complexo sistema celular e ser capaz de fazer a relação com determinada anomalia é muito importante, pois então se pode trabalhar em um possível método de tratamento. A seguir, estão descritas algumas dessas doenças relacionadas a problemas com as organelas celulares. • Anomalias na fluidez de membranas celulares A fluidez da membrana...

    1122  Palavras | 5  Páginas

  • Doenças ligadas aos cromossomos x e y

    ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO ILDEFONSO SIMÕES LOPES PATRÍCIA VARGAS FLÔR DALTONISMO HEMOFILIA DOENÇAS DE FABRY SÍNDROME DE DOWN DISTROFIA MUSCULAR SINDROME DO CROMOSSOMO “X” FRÁGIL RETARDO MENTAL HERMAFRODITISMO ESTERILIDADE FEMININA...

    2628  Palavras | 11  Páginas

  • doenças ocupacionaos relacionadas ao sistema ósseo e gastrointestinal.

    DOENÇAS OCUPAÇIONAIS O cuidado com a saúde mental e física dos colaboradores por parte das organizações nunca foi tão importante. É por meio da prevenção que as empresas evitam as chamadas doenças ocupacionais. Elas são originadas por meia da condição de trabalho desempenhada pelo profissional e até mesmo por situações pessoais do indivíduo que podem atrapalhar a atividade do dia a dia. Doenças que desencadeiam exclusivamente em função do trabalho podem ser decorrentes de riscos químicos ou físicos...

    5433  Palavras | 22  Páginas

  • sistema musco esqueletico

    SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO - SUSTENTAÇÃO: SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO: OSSO - tecido orgânico formado por um tipo de tecido conjuntivo (tecido ósseo) caracterizado por uma matriz extra-celular endurecida pela presença de compostos de cálcio em suas estruturas. Muda constantemente - desempenha várias funções. ESQUELETO - conjunto de todos os ossos do corpo. provê força, estabilidade e uma base de sustentação para que os músculos trabalhem e produzam o movimento. SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO -...

    3952  Palavras | 16  Páginas

  • SISTEMA CARDIOVASCULAR

    acarretar distúrbios ou doenças cardiovascular. Podendo ser disfunção cardiovascular primária ou secundária. Um exemplo de disfunção cardiovascular primária é a hemorragia, outro exemplo é a miocardite é causada quando uma infecção viral ou bacteriana resulta na inflamação do músculo cardíaco, comprometendo a capacidade de contratilidade do coração. A disfunção e as doenças cardiovasculares podem ser congênita ou adquirida. Doenças cardiovascular congênitas, está relacionada a valvas defeituosas,...

    2865  Palavras | 12  Páginas

  • Sistema Locomotor

    para o funcionamento perfeito. Para manter a mobilidade física perfeita, os sistemas musculoesquelético e nervoso do corpo devem estar intactos e funcionando. A prática clínica da enfermagem relacionada à mobilidade requer a incorporação de conhecimentos e habilidades relacionada à mecânica corporal para prestar cuidados com competência. O termo mecânico corporal é usado para descrever esforços coordenados dos sistemas musculoesqueléticos e nervoso para mover e levantar o corpo. Conhecer os movimentos...

    4604  Palavras | 19  Páginas

  • Doenças musculo esqueleticas

    2013/2014 Doenças músculo-esqueléticas Licenciatura em Análises Clínicas e Saúde Pública 2º ano; 1º semestre Escola Superior de Tecnologias da Saúde do Porto João Rodrigues Ano letivo 2013/2014 Sumário - Sistema neuro-muscular - Conceitos gerais - Reações gerais da unidade motora - Reações da fibra muscular - Doenças dos nervos periféricos - Doenças do músculo esquelético - Doenças da junção neuromuscular João Rodrigues 2 Ano letivo 2013/2014 As funções do sistema neuromuscular...

    4761  Palavras | 20  Páginas

  • Doenças lisossomicas

    DOENÇAS LISOSSÓMICAS Generalidades _ São também nominadas doenças de acumulação; - Os lisossomos são vesículas intracitoplasmáticas ricas em enzimas (hidrólises) em PH ácido. Estas enzimas são produzidas no retículo endoplasmático, passam depois para o complexo de Golgi, onde são processadas, depois incluídas em vesículas que se vão fundir com os endossomas, formando-se assim os lisossomas; Doenças degenerativas mitocondriais e lisossómicas 2 _ No complexo de Golgi vão ser adicionadas às...

    944  Palavras | 4  Páginas

  • Doença de McArdle (glicogenoses)

    do Rosário Vellano – UNIFENAS Seminário de Bioquímica Médica Glicogenoses : Doença de Andersen (glicogenose tipo IV) e Doença de McArdle (glicogenose tipo V) Alfenas , MG 2/2013 Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS Faculdade de Ciências Médicas Medicina Seminário de Bioquímica Médica Glicogenoses : Doença de Andersen (glicogenose tipo IV) e Doença de McArdle (glicogenose tipo V) Ana Paula Passaglia Anna Luíza Souza Bruna Alves...

    2695  Palavras | 11  Páginas

  • Sistema nervoso

    BIOLÓGIA SISTEMA NERVOSO Colégio Candelária Indaiatuba 24/10/2012 Gabriel Claudino Nº 9, Erico Stocco Nº 6, Fernando Garcez Nº 8, Matheus Condini - Nº19, Thiago Bassani - 3 EMC BIOLÓGIA SISTEMA NERVOSO Trabalho sobre Sistema Nervoso, da disciplina de Biológia sobre orientação do prof. Junior Colégio Candelária Indaiatuba 24/10/2012 Sumário 1 Introdução 4 2 Objetivo 5 3 Metodologia 6 4 Levantamento Bibliográfico 7 4.1 Neurônio e Sinapse. 7 4.2 O Sistema Nervoso...

    1628  Palavras | 7  Páginas

  • Doenças lisossomicas

    DOENÇAS LISOSSÔMICAS Generalidades ► São também denominadas doenças de acumulação; ► Os lisossomos são vesículas intracitoplasmáticas ricas em enzimas (hidrolases), em pH ácido. Estas enzimas são produzidas no retículo endoplasmático, passam depois para o complexo de Golgi, onde são processadas, depois incluídas em vesículas que vão se fundir com os endossomas, formando-se assim os lisossomos. ► No complexo de Golgi vão ser adicionadas às enzimas com destino aos lisossomos um marcador/endereço...

    856  Palavras | 4  Páginas

  • SISTEMA NERVOSO CENTRAL

    Sistema Nervoso. O sistema nervoso  é responsável pela maioria das funções de controle em um organismo, coordenando e regulando as atividades corporais. O neurônio é a unidade funcional deste sistema. Neurônio O neurônio  é a unidade funcional do sistema nervoso. Os neurônios comunicam-se através de sinapses; por eles propagam-se os impulsos nervosos. Anatomicamente o neurônio é formado por: dendrito, corpo celular e axônio. A transmissão ocorre apenas no sentido do dendrito ao axônio. Estrutura...

    1085  Palavras | 5  Páginas

  • Avaliação semiologica do sistema locomotor

    MATOS JEANE SANTA CLARA DE FREITAS LUCIAN ARAÚJO BARBOSA PRISCILLA NOVAES MARIANO REGINA DE SOUZA MOREIRA AVALIAÇÃO SEMIOLOGICA DO SISTEMA LOCOMOTOR Feira de Santana 2011 DANIELA PASSOS RIBEIRO DANIELE BACELAR MATOS JEANE SANTA CLARA DE FREITAS LUCIAN ARAÚJO BARBOSA PRISCILLA NOVAES MARIANO REGINA DE SOUZA MOREIRA AVALIAÇÃO SEMIOLÓGIA DO SISTEMA LOCOMOTOR Trabalho solicitado como critério avaliativo da disciplina Semiologia e Semiotécnica aplicada à enfermagem da Universidade...

    16992  Palavras | 68  Páginas

  • O sistema de tipo pluralista empresarial permissivo: o caso estados unidos

    Graduação em Biomedicina 3º Período Doença Motonica Sandra Costa Isadora Ruana Rita Veras Rio Branco AC- 2013 DOENCA MOTONICA O que é: Uma doença neuromuscular autossômica dominante normalmente presente na idade adulta jovem...

    1348  Palavras | 6  Páginas

  • Sistema Nervoso - Generalidades

    GENERALIDADES DO SISTEMA NERVOSO COMPONENTES: ● Encéfalo (cérebro, diencéfalo, cerebelo, tronco encefálico [mesencéfalo, ponte e bulbo]) ● Medula espinhal ● Nervos (espinhais – conectam-se com a medula; cranianos – conectam-se com o encéfalo) ● Gânglios ● Terminações nervosas DIVISÕES (levam em conta critérios anatômicos, funcionais e embriológicos): 1) Com base na LOCALIZAÇÃO (critério topográfico): ● Sistema Nervoso Central – SNC (neuroeixo ou eixo encéfalo-medular) → encéfalo...

    3367  Palavras | 14  Páginas

  • Sistemas do corpo humado e relação á odontologia

    ODONTOLOGIA 504 N6 - NOTURNO 1 PERÍODO PROFESSOR: ROBERTO GIL FACCIO BRETAS BELO HORIZONTE 2015 SUMÁRIO 1- Introdução à anatomia; 2- Sistema esquelético; 3- Sistema circulatório; 4- Sistema respiratório; 5- Sistema digestório; 6- Sistema reprodutor masculino; 7- Sistema reprodutor feminino; 8- Sistema excretor; 9- Sistema articular; 10- Sistema muscular. 1- Introdução à anatomia Anatomia é a ciência que estuda macro e microscopicamente, a constituição e o desenvolvimento dos seres organizados...

    6841  Palavras | 28  Páginas

  • PORTF LIO SISTEMAS CORPORAIS

     UNIVERSIDADE POTIGUAR – UNP ESCOLA DA SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO DISCIPLINA: SISTEMAS CORPORAIS TURMA: 3MA PORTFÓLIO NATAL – RN 2015 BRENDA JORGE DE FREITAS JOYCE ... MELISSA... .... ... ... PORTFÓLIO NATAL – RN 2015 RESUMO DE CAPITULOS DO LIVRO: CORPO HUMANO, FUNDAMENTOS DA ANATOMIA E FISIOLOGIA. GERARD J. TORTORA Resumo do capítulo 01 A homeostase é o fato de o corpo manter seu meio interno ( líquido intercelular) dentro de seus límites fisiológicos. Quando...

    8082  Palavras | 33  Páginas

  • Sistema Nervoso Central Meninges SNP - Nervos e gânglios

    Pitágoras Ciências Morfofuncionais II Professor: Neto Mesquita Alunos: Franciane, José Chaves e Wanderley Costa Sistema Nervoso Central Meninges SNP - Nervos e gânglios São Luís - MA 2014 Sistema Nervoso Central Meninges O que são as meninges? As meninges são três delicadas membranas que revestem e protegem o sistema nervoso central. Consiste em três camadas: a dura-máter, a pia-máter e a aracnóide. A aracnóide e a pia-máter, que no embrião constituem...

    1929  Palavras | 8  Páginas

  • Aula 7 Sistema End Crino

    Sistema Endócrino Prof Luiz Augusto da Silva Glândulas • Uma glândula, constituído de tecido epitelial, cuja função é secretar algumas substâncias com uma função pré determinada (hormônios). • Esta substância pode ser secretada dentro do sistema circulatório ou fora dele. – No primeiro caso a glândula tem função endócrina e no segundo função exócrina. • Uma glândula pode conter os dois tipos de função ao mesmo tempo. O pâncreas, por exemplo, contém as duas funções. – O pâncreas endócrino é responsável...

    1382  Palavras | 6  Páginas

  • sistemas do corpo humano

    imunidade, tecidos e órgãos – sistema osteoarticular e muscular. FORMADORA: Enf. Cláudia Silva Noções gerais sobre células, imunidade, tecidos e órgãos – sistema osteo- articular e muscular Trabalho elaborado por: Sílvia Pereira Magalhães Oliveira Índice: Introdução ……………………………………………………………………………………..2 Perspetivas pessoas ………………………………………………………………………….4 Sistemas do corpo humano …………………………………………………………………..5 Sistema imunitário ……………………………………………………………………………...

    3951  Palavras | 16  Páginas

  • Sistema Locomotor e Atividade Física - 2014.pdf transferido com sucesso

    COLÉGIO ESTADUAL DEMOCRÁTICO DE 2° GRAU DR. RÔMULO ALMEIDA Disciplina: Educação Física 2ª Série do Ensino Médio II Unidade / 2014 Professora Ana Lúcia Texto - 01 Sistema Locomotor e Atividade Física Introdução  É responsável pela sustentação e pelos movimentos do corpo. Pode ser dividido em sistema osteoarticular e sistema muscular. Os ossos formam o esqueleto e promovem os movimentos do corpo por causa de sua interação com os músculos e da existência das articulações. 1. Os ossos do...

    1908  Palavras | 8  Páginas

  • Sistema nervoso

    Santa Maria de Lamas Sistema Nervoso Ano Lectivo 2011/2012 Psicologia A Curso Tecnológico de Desporto Discente : Sara Sousa Turma : 11º Desporto A Docente : Alzira Santa Maria de Lamas, 13 de Dezembro de 2011 Índice 1. Introdução 3 2. Desenvolvimento 4 2.1 Constituição do sistema nervoso 4 2.2 Histologia do sistema nervoso 5 2.3 Fisiologia do sistema nervoso – transmissão do impulso nervoso no neurónio 6 2.4 Fisiologia do sistema nervoso - transmissão do...

    2079  Palavras | 9  Páginas

  • sistema neurolocomotor

    17 AULA Sistema neurolocomotor – o esqueleto como História e não como Geografia Meta da aula objetivos Identificar o esqueleto como um sistema vivo e dinâmico que sofre modificações adaptativas por toda a vida. Ao final desta aula, você deverá ser capaz de: • Reconhecer a interação do sistema locomotor com os demais sistemas do organismo. • Definir o osso como estrutura viva. • Identificar os fatores que influenciam a resistência mecânica dos ossos às forças aplicadas. ...

    9268  Palavras | 38  Páginas

  • Doenças Ósseas em Crianças

     Doenças ósseas em crianças Definição: Doença óssea é uma condição que prejudica o esqueleto e torna os ossos frágeis e propensos a fraturas. Ossos fracos não são uma parte natural do envelhecimento. Enquanto os ossos fortes começar na infância, pessoas de todas as idades podem melhorar sua saúde óssea. A saúde do sistema esquelético com ossos fortes é essencial para a saúde geral e a qualidade de vida. Ossos fortes apoiam o nosso corpo, protegem o nosso coração; pulmões e cérebro...

    1429  Palavras | 6  Páginas

  • Coraçao sistema cardio vascular

    SISTEMA CARDIO VASCULAR O sistema pode ser comparado a um sistema de irrigação, composto por uma bomba (coração), canos(vasos sanguíneos) um fluido(sangue)alvo(coração e tecidos) 1º coceito:o fluxo é impulsionado pela pressão, porem é limitado pela resistência (são inversamente proporcional .f igual a p sobre r. 2º conceito:a resistência é um fluido proporcional a viscuosidae de fluido e comprimento do vazo,porem é inversamente proporcional ao raio de vazo.R igual 8(viscuosidade) sobre 4 (raio) ...

    1740  Palavras | 7  Páginas

  • Matriz analítica doenças reumáticas

    DOENÇAS REUMÁTICAS SUMÁRIO 1. Introdução .....................................................................................................................04 1. Problemática ..........................................................................................................04 2. Problema.................................................................................................................05 3. Hipótese...........................................

    1361  Palavras | 6  Páginas

  • Doença do metabolismo do glicogenio

    Doenças de Armazenamento De Glicogênio INTRODUÇÃO Um número de síndromes genéticas tem sido identificado e que resultam de algum defeito metabólico na síntese ou catabolismo de glicogênio. A categoria mais bem compreendida e a mais importante inclui as doenças de armazenamento de glicogênio resultantes de deficiência hereditária de uma das enzimas envolvidas na síntese ou degradação seqüencial de glicogênio. Dependendo da distribuição no tecido ou órgão da enzima específica no estado normal,...

    2873  Palavras | 12  Páginas

  • Doenças Mitocondriais

    Grandes grupos de doenças: - degenerativas - inflamatórias - neoplásicas -As doenças lisossómicas e mitocondriais são incluídas no grupo das doenças degenerativas; -No entanto as doenças mitocondriais estão envolvidas em processos que se relacionam com as doenças neoplásicas; - As doenças degenerativas abordadas nesta aula têm relação com perda de capacidade e função a nível celular e orgânico; -Podemos dividi-las em: 1. Doenças por intoxicação, que provocam danos...

    1863  Palavras | 8  Páginas

  • DOENÇAS CARDIOVASCULARES E O MEIO AMBIENTE

    Introdução A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde não apenas como a ausência de doença, mas como uma situação de perfeito bem-estar físico, mental e social. "Qualidade de vida". Doença como ausência de bem-estar físico, mental e social. "Má qualidade de vida". As maiorias dos casos de doenças cardiovasculares estão relacionadas ao meio ambiente, no qual encontramos um grande número de fatores de risco. Entende-se por meio...

    1807  Palavras | 8  Páginas

tracking img