Discussao Textual Sobre Normatizações Propostas Nas Diretrizes Curriculares Nacionais Da Educação Infantil artigos e trabalhos de pesquisa

  • A importancia das diretrizes no papel do educador

    a criança e o mundo exterior” (apud OLIVEIRA, 2005, p. 44). Partindo deste pressuposto o educador infantil exerce influencia sobre a personalidade de seus alunos, e é preciso considerar que essa influencia pode culminar em resultados positivos ou negativos, dependendo da atuação do educador. Infelizmente, é comum escutarmos relatos de educadores que acreditam que o trabalho com educação infantil, é simplesmente “olhar” as crianças enquanto brincam ou então a crença de que o papel da pré-escola...

    1795  Palavras | 8  Páginas

  • Novas diretrizes curriculares para educação infantil

    Produção Textual Interdisciplinar em Grupo: as novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Barra de São Francisco - ES 2012 Edivânia da Silva Pereira de Paula Érico Pedro Jéssica Salvador da Cruz MIDILLA DO PRADO DA CRUZ OSMAR RIBEIRO DE SOUZA Nacionais para a Educação Infantil ...

    2998  Palavras | 12  Páginas

  • Nesse sentido o objetivo foi analisar alguns as novas diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil

    (ou filosofia pedagógica) explicitada na Proposta Pedagógica da Instituição. • Apresentar, no mínimo, 1 página e no máximo 2 páginas, de texto sobre as Diretrizes Curriculares da Educação Infantil. 2 desenvolvimento Nesta seção do trabalho, o grupo deverá, obrigatoriamente, elaborar um texto (respeitando as normas da ABNT) expondo os dados colhidos no Roteiro de Pesquisa de Campo disponibilizado, tomando como base a leitura das diretrizes, dos livros das disciplinas, das webaulas...

    752  Palavras | 4  Páginas

  • As novas diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil

    presente trabalho tem como objetivo conter informações sobre a Educação Infantil no Brasil, enfatizando e contextualizando as Diretrizes Curriculares Nacionais bem como a (Resolução número 05, de 17 de dezembro de 2009), que fixam as normas a serem observadas na organização de propostas pedagógicas na Educação Infantil. Também propõem algumas reflexões pontuais no campo de pesquisas sobre as práticas educativa utilizadas na educação da infância; enfatizando questões pertinentes à metodologia...

    2828  Palavras | 12  Páginas

  • As novas diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil

    com a infância e a compreensão do “Ser Humano Criança” tem aumentado a valorização deste momento da vida e melhorando a modalidade de ensino infantil. Deste modo a criança passa a ser vista como uma nova leitura de sociedade, em um ambiente democrático nacional, como cidadã de pouca idade e como participante da sociedade, e também adquire o direito à educação e cuidados previstos por lei. Contudo, para que isso ocorra na prática, muitas mudanças precisam ser feitas, a começar pela formação do docente...

    2700  Palavras | 11  Páginas

  • Novas diretrizes curriculares

    em uma instituição pública de ensino infantil com o objetivo de traçar uma reflexão sobre a importância das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil e as disciplinas estudadas no referido semestre. O trabalho desenvolveu-se com a atuação dos participantes fazendo a leitura reflexiva sobre os módulos estudados, a matriz das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil e outros textos voltados a temática proposta. Após o estudo feito,...

    2109  Palavras | 9  Páginas

  • Importâncias das diretrizes na educação

    qualidade da Educação Infantil, tomando como ponto de análise a legislação e a prática pedagógica corrente. Abordarei alguns aspectos mais relevantes de que trata a Constituição Brasileira de 1998 e a Lei de diretrizes e Bases LDB 9394/96, dentre outras acerca da formação dos profissionais da educação infantil. dISCUSSÃO O QUE SÃO Diretrizes Curriculares? São normas obrigatórias para a Educação Básica que orientam o planejamento curricular das escolas...

    1330  Palavras | 6  Páginas

  • diretrizes curriculares nacional

     Diretrizes Curriculares Nacionais FACULDADE ALFREDO NASSER Instituto Superior de Educação Curso de Pedagogia/ III º período Disciplina: Currículos e Programas Professora: Fernanda Laura Acadêmica: Kamilla Lima de Oliveira DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS: EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS; EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL; EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: Nº da lei: Lei...

    6153  Palavras | 25  Páginas

  • Lei de diretrizes e bases

    INTRODUÇÃO A referida pesquisa tem como abordagem, As Novas Diretrizes Curriculares Nacionais Para a Educação Infantil, assunto esse muito de batente e questionador. Vamos relatar sobre acerca da realidade das escolas perante as novas leis e diretrizes, como esta sendo aplicada e seus resultados, se está sendo divulgada e de que forma, se a instituição tem acesso aos documentos das diretrizes, sua proposta pedagógica está se adequando refletindo sobre as mudanças ocorridas, se o espaço oferecido pela instituição...

    1683  Palavras | 7  Páginas

  • ABORDAGENS CURRICULARES

    de Caderno formação Formação de Professores Educação Infantil: Princípios e Fundamentos volume 2 CADA VEZ MELHOR São Paulo 2011 © 2010, BY UNESP - UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Rua Quirino de Andrade, 215 - CEP 01049-010 - São Paulo - SP Tel.(11) 5627-0245 www.unesp.br UNIVESP - UNIVERSIDADE VIRTUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Rua Bela Cintra, 847 - Consolação CEP: 01014-000 - São Paulo...

    42187  Palavras | 169  Páginas

  • A importância das diretrizes na formação teórica e prática

    aprendizagem e a autoconfiança nas capacidades individuais para aprender”. . 2 desenvolvimento Educação da Criança de 0 a 5 Anos A educação infantil consiste na educação das crianças antes da sua entrada no ensino obrigatório. É ministrada normalmente no período compreendido entre os zero e os seis anos de idade de uma criança. Neste tipo de educação, as crianças são estimuladas - através de atividades lúdicas e jogos - a exercitar as suas capacidades motoras e cognitivas...

    1631  Palavras | 7  Páginas

  • Teoria e prática na educação infantil: a importância das diretrizes na formação teórica e prática do professor de educação infantil

    (inclusive na educação), é semelhante ao de Prometeu, que na mitologia grega foi o Titã responsável por levar o fogo dos deuses até o ser humano (numa alusão ao conhecimento científico), pagando com a sua própria liberdade por este ato de justiça e valentia. Nessa luta contra o obscurantismo contemporâneo, o educador deve ser a síntese perfeita da dialética relação entre teoria e prática, elementos que atingiram o auge (até o momento) da formulação nacional nas Diretrizes Curriculares Nacionais. As DCNs...

    1276  Palavras | 6  Páginas

  • A educação básica no brasil

    A educação básica no Brasil ganhou contornos bastante complexos nos anos posteriores à Constituição Federal de 1988 e, sobretudo, nos últimos oito anos. Analisá-la não é fácil exatamente porque as contingências que a cercam são múltiplas e os fatores que a determinam têm sido objeto de leis, políticas e programas nacionais, alguns dos quais em convênio com órgãos internacionais. Assim, um cuidado para efeito de análise é separar os fatores condicionantes (quando possível) para se ter uma visão mais...

    12127  Palavras | 49  Páginas

  • As diretrizes c. nacionais para ed. infantil

    objetivo visar a formação do professor de educação infantil em relação às normatizações propostas nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação infantil (2010) e contextualizar seu nível de influência na formação do professor. As Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação infantil surgiu através de questionamentos de professores da educação infantil, diretores e coordenadores, com o objetivo a melhoria da proposta pedagógica na educação infantil. Este trabalho enfatiza as conclusões...

    1376  Palavras | 6  Páginas

  • ensino da linguagem oral na educacao infantil o lugar dos generos textuais formais 1

    TÍTULO: Ensino da linguagem oral na educação infantil: o lugar dos gêneros textuais formais AUTORIA: Glaís Sales Cordeiro (doutora, Universidade de Genebra, Glais.Cordeiro@unige.ch) RESUMO Esta contribuição visa realizar uma discussão sobre o lugar dos gêneros textuais formais no ensino da linguagem oral no ciclo da educação infantil, onde a noção de gênero é ainda pouco presente na prática do educador e do professor. Será apresentada a análise de produções do gênero oral “receita de cozinha”...

    8263  Palavras | 34  Páginas

  • POLÍTICA E EDUCAÇÃO COM ESTUDO DE GÊNEROS TEXTUAIS.

    CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TANGARÁ DA SERRA DEPARTAMENTO DE LETRAS JURANDI FERREIRA DOS SANTOS POLÍTICA E EDUCAÇÃO COM ESTUDO DE GÊNEROS TEXTUAIS. Tangará da Serra 2013 JURANDI FERREIRA DOS SANTOS POLÍTICA E EDUCAÇÃO COM ESTUDO DE GÊNEROS TEXTUAIS. Projeto de Estágio apresentado á disciplina de Língua Portuguesa e Literatura como requisito parcial de avaliação. Orientadoras:...

    2947  Palavras | 12  Páginas

  • Fundmentos da educação no Brasil

    FUNDAMENTOS DO DIREITO À EDUCAÇÃO Apresentação Prezado(a) cursista, seja bem vinda(o)! Esta sala constitui o ambiente que materializa um dos três eixos em que se baseia o curso de Especialização em Gestão Escolar: o direito à educação e a função social da escola básica. Nesse sentido, as questões a serem tratadas têm por objetivo desenvolver uma reflexão sobre o Direito à Educação, que permita a apreensão da gestão escolar como expressão da prática social, bem como abordar a democracia como...

    19711  Palavras | 79  Páginas

  • Proposta curricular de santa catarina – estudos temáticos 2005

    FEDERAL DA FRONTEIRA SUL COMPONENTE CURRICULAR: CURRÍCULO TEORIA E PRÁTICA ACADÊMICOS: GABRIELLE CRISTINA BAUMER Proposta Curricular de Santa Catarina – Estudos Temáticos 2005 O processo de elaboração e sistematização dos documentos da Proposta Curricular se deu basicamente em dois momentos bastante distintos, nos quais a participação dos educadores constituiu elemento marcante. O primeiro deles foi de 1988 a 1991, quando sob coordenação da Secretaria de Educação, um representativo grupo de educadores...

    1275  Palavras | 6  Páginas

  • Educação

    PESQUISA CDD: 372.21 Formação inicial de professores de educação infantil: que formação é essa? Maria da Paixão Gois Febronio1 RESUMO Este estudo objetivou analisar a formação de professores da Educação Infantil. Orientou-se pela questão: “Qual a contribuição do Curso de Pedagogia para a formação de docentes para a Educação Infantil na percepção de alunas dos sétimos e oitavos períodos dos anos de 2008 e 2009?”. Teve por objetivos: compreender a concepção que os professores, ainda em fase de...

    8402  Palavras | 34  Páginas

  • Educação da criança de 0 a 5 anos

    apresentação O trabalho a seguir foi desenvolvido com base nas Diretrizes curriculares Nacionais para a educação infantil focando na importância das diretrizes na formação teórica e prática do professor de educação infantil. Ao instituir que as instituições infantis sejam classificadas por faixa etária, a LDB 9394/96 abriu a possibilidade de se eliminar o estigma existente quanto às classes sociais. A lei...

    883  Palavras | 4  Páginas

  • Educação Infantil e currículo: na continuidade do debate

    Educação Infantil e currículo: na continuidade do debateAnne Grazielly Moura Campos CEI Frieda ZadroznyEducação Infantil e Currículo Nos últimos tempos, pensar a Educação Infantil no contexto brasileiro significa, necessariamente, dialogar com questões suscitadas na Constituição Federal (1988), no Estatuto da Criança e do Adolescente (1990), na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1996) e nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (1999). Somam-se a este diálogo ...

    6275  Palavras | 26  Páginas

  • Dossiê Educação.

    5 ANOS É NA EDUCAÇÃO INFANTIL Dossiê FMEI: 5 anos é na Educação Infantil Organizadoras Mônica Correia Baptista Rosalba Rita Lima Dossiê FMEI: 5 anos é na Educação Infantil Belo Horizonte Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Infância e Educação Infantil Faculdade de Educação/ UFMG 2013 D724 Dossiê FMEI : 5 anos é na educação infantil / Mônica Correia Baptista, Rosalba Rita Lima (orgs.). - Belo Horizonte, UFMG/Faculdade de Educação, 2013. 219 p. : il. ISBN: 978-85-8007-066-8...

    102576  Palavras | 411  Páginas

  • Referencial Curricular da Educação Infantil

    ISSN 1982 - 0283 NOVAS DIRETRIZES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Ano XXIII - Boletim 9 - JUNHO 2013 NOVAS DIRETRIZES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL SUMÁRIO Apresentação........................................................................................................................... 3 Rosa Helena Mendonça Introdução. ............................................................................................................................. 4 . Zilma de Moraes Ramos de Oliveira Texto...

    15809  Palavras | 64  Páginas

  • Programa Mais Educação

    SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PROGRAMA Mais Educação São Paulo {Subsídios para a Implantação} São Paulo - 2014 Prefeitura da Cidade de São Paulo Fernando Haddad Prefeito Secretaria Municipal de Educação Cesar Callegari Secretário Joane Vilela Pinto Secretária Adjunta Ataíde Alves Chefe de Gabinete Assessoria Técnica de Planejamento Antonio Rodrigues da Silva Chefe Diretoria de Orientação Técnica Fernando José de Almeida Diretor Assessoria Técnica de Gabinete ...

    34210  Palavras | 137  Páginas

  • SINTESE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

     SINTESE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Apresentação O atendimento em creches e pré-escolas como direito social das crianças se afirma na Constituição de 1988, com o reconhecimento da Educação Infantil como dever do Estado com a Educação. O processo que resultou nessa conquista teve ampla participação dos movimentos comunitários, dos movimentos de mulheres, dos movimentos de trabalhadores, dos movimentos de redemocratização do país, além, evidentemente, das lutas...

    3125  Palavras | 13  Páginas

  • Mais Educação

    SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PROGRAMA Mais Educação São Paulo {Subsídios para a Implantação} São Paulo - 2014 Prefeitura da Cidade de São Paulo Fernando Haddad Prefeito Secretaria Municipal de Educação Cesar Callegari Secretário Joane Vilela Pinto Secretária Adjunta Ataíde Alves Chefe de Gabinete Assessoria Técnica de Planejamento Antonio Rodrigues da Silva Chefe Diretoria de Orientação Técnica Fernando José de Almeida Diretor Assessoria Técnica de Gabinete ...

    39425  Palavras | 158  Páginas

  • estágio Ed infantil

    Assim, o estágio curricular abrange desde as atividades de observação até a realização do confronto dos aspectos teóricos pertinentes às diferentes áreas da pedagogia, verificados em aula com a prática pedagógica. Essa atividade se caracteriza como uma forma do acadêmico poder responder e solucionar de forma sistemática o que foi visto na realidade da escola, em embate com o que discutido em sala de aula, através da supervisão direta dos docentes da IES. O estágio curricular, dessa forma abre...

    4446  Palavras | 18  Páginas

  • diretrizes

    Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Conselho Nacional de Educação Câmara Nacional de Educação Básica Organização Jaqueline Moll Coordenação Editorial e Revisão Joamara Mota Borges Maria Beatriz Ramos de Vasconcellos Coelho Projeto gráfico e diagramação Allan Patrick da Rosa Plínio Fernandes...

    349551  Palavras | 1399  Páginas

  • Diretrizes Curriculares 2013

    Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Básica Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Conselho Nacional de Educação Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica Brasília 2013 Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Conselho Nacional de Educação Câmara Nacional de Educação Básica ...

    338810  Palavras | 1356  Páginas

  • Estrutura e educaçao

    ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA ADILSON DOS ANJOS SILVA RA: 435846 FRANCISCO COSTA DE OLIVEIRA FILHO RA: 416874 FABIANA ALVES NASCIMENTO RA: 428106 FRANCISCA DA SILVA SOUSA RA: 438395 RELATORIO: ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA Prof. Msc. Djalma Silveira CAXIAS-MA, 16 DE ABRIL DE 2013 ETAPA 1 ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL A atual estrutura e funcionamento da educação brasileira têm sua base na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei n.º 9.394/96), por...

    1996  Palavras | 8  Páginas

  • diretrizes

    Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Conselho Nacional de Educação Câmara Nacional de Educação Básica Organização Jaqueline Moll Coordenação Editorial e Revisão Joamara Mota Borges Maria Beatriz Ramos de Vasconcellos Coelho Projeto gráfico e diagramação Allan Patrick da Rosa Plínio Fernandes...

    349551  Palavras | 1399  Páginas

  • Diretrizes Curriculares

    DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Apresentação O atendimento em creches e pré-escolas como direito social das crianças se afirma na Constituição de 1988, com o reconhecimento da Educação Infantil como dever do Estado com a Educação. Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009. Fixa as diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. 1. Objetivos 1.1 – Tem por objetivo estabelecer as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil a serem observadas...

    1595  Palavras | 7  Páginas

  • Reflexões sobre educação infantil

    REFLEXÕES SOBRE A EDUCAÇÃO INFANTIL E O PRIMEIRO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL No Brasil, o debate sobre o papel que a Educação Infantil deve cumprir, ou melhor, sobre as suas funções e a sua qualidade, ainda é motivo de dúvidas entre os profissionais das instituições que educam e cuidam das crianças de 0 a 5 anos de idade. Este fato pode ser interpretado em função da história recente deste campo de conhecimento no país, tanto em relação às políticas públicas quanto à produção de estudos e pesquisas...

    7125  Palavras | 29  Páginas

  • Educação Infantil

    Constituição de 1988, com o reconhecimento da Educação Infantil como dever do Estado com a Educação. O processo que resultou nessa conquista teve ampla participação dos movimentos comunitários, dos movimentos de mulheres, dos movimentos de trabalhadores, dos movimentos de redemocratização do país, além, evidentemente, das lutas dos próprios profissionais da educação. Desde então, o campo da Educação Infantil vive um intenso processo de revisão de concepções sobre educação de crianças em espaços coletivos, e...

    1759  Palavras | 8  Páginas

  • Diretrizes Curriculares Nacionais

    Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil A conquista da cidadania plena, da qual todos os brasileiros são titulares, supõe, portanto, entre outros aspectos, o acesso à Educação Básica, constituída pela Educação Infantil, Fundamental e Média. A integração da Educação Infantil, no âmbito da Educação Básica, como direito das crianças de 0 a 6 anos e de suas famílias, dever do Estado e da sociedade...

    1396  Palavras | 6  Páginas

  • A importância das diretrizes na formação teórica e prática do professor na educação infantil

    FARIA LACERDA “a IMPORTÂNCIA DAS DIRETRIZES NA FORMAÇÃO TEÓRICA E PRÁTICA DO PROFESSOR NA EDUCAÇÃO INFANTIL.” SETE LAGOAS 2012 KELLY Trabalho apresentado às disciplinas Educação da Criança de 0 a 5 anos; Organização e didática na Educação Infantil; Ensino e alfabetização I; Ensino da Linguagem Oral e Escrita e Ludicidade e Educação... da Universidade Norte do Paraná -...

    2220  Palavras | 9  Páginas

  • Diretrizes curriculares nacionais

    Quais são as novas diretrizes da educação infantil? Quais os avanços que traz? FM - O documento atualmente representativo das diretrizes governamentais são os Subsídios para Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica - Diretrizes Curriculares Nacionais Específicas Para a Educação Infantil, elaborado com a consultoria da professora Sonia Kramer e disponível na página do MEC. A revisão das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil fundamenta-se numa concepção de...

    2166  Palavras | 9  Páginas

  • MESTRADO EM EDUCAÇÃO

    PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO REGINA SODRÉ ALMEIDA MARREIROS DOS MÉTODOS DE ALFABETIZAÇÃO ÀS PRÁTICAS DAS PROFESSORAS: um percurso a ser desvelado São Luís 2011 REGINA SODRÉ ALMEIDA MARREIROS DOS MÉTODOS DE ALFABETIZAÇÃO ÀS PRÁTICAS DAS PROFESSORAS: um percurso a ser desvelado Dissertação apresentada ao Departamento de Pós-Graduação, Programa de Mestrado em Educação, da Universidade Federal do Maranhão -...

    40107  Palavras | 161  Páginas

  • Procedimentos Metodológicos da Educação Infantil

    QUESTÃO 01. Leia as alternativas a seguir e assinale a que contempla os estudos realizados sobre o capítulo indicado para leitura nas orientações de estudo: FFF-A função pedagógica em 1970 foi apresentada com o objetivo de compensar as deficiências das crianças, a pobreza, a miséria e os atrasos decorrentes das privações culturais e econômicas. FFF Economicamente percebemos que a necessidade de estruturação e ampliação da pré-escola apareceu decorrente das grandes transformações que ocorreram...

    5747  Palavras | 23  Páginas

  • As novas diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil

    1. INTRODUÇÃO Visando conhecer e discutir a respeito de como as Diretrizes Nacionais Curriculares Para a Educação Infantil - DNCEI estão sendo apresentadas dentro do ambiente escolar, foi proposto aos estudantes do 4º semestre do curso de Pedagogia da Universidade do Norte do Paraná - UNOPAR, uma pesquisa de campo, levantando as questões que seguem em anexo. A partir das repostas coletadas através de gravação em vídeo feita por dois dos membros da equipe na Escola Municipal Zulema Cotrim localizada...

    1955  Palavras | 8  Páginas

  • Orientacoes Curriculares

    Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Secretaria de Educação Básica Ministério da Educação Processo de revisão DCNEI Encontros Nacionais Reuniões Parcerias Seminários Audiências Perspectivas da atualização das Diretrizes Nacionais Curriculares para a Educação Infantil (DCNEI)29 „ Alinhamento das Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica „ Resposta a importantes questões da área como faixa etária; critérios de matrícula...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • resumo diretrizes curriculares

    DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Apresentação O atendimento em creches e pré-escolas como direito social das crianças se afirma na Constituição de 1988, com o reconhecimento da Educação Infantil como dever do Estado com a Educação. Desde então, o campo da Educação Infantil vive um intenso processo de revisão de concepções sobre educação decrianças em espaços coletivos, e de seleção e fortalecimento de práticas pedagógicas mediadoras de aprendizagens e do desenvolvimento...

    3255  Palavras | 14  Páginas

  • Ii conferência nacional da educação

    DOCUMENTO-BASE (Volume I) Comissão Organizadora Nacional da CONAE Coordenador-Geral: Francisco das Chagas Fernandes Secretaria Executiva Adjunta - SEA Titular: Arlindo Cavalcanti de Queiroz Suplente: Paulo Egon Wiederkehr Secretaria de Educação Básica - SEB Titular: Carlos Artexes Simões Suplente: Edna Martins Borges Secretaria de Educação Superior - SESU Titular: Renata Perez Dantas Suplente: João Guilherme Lima Granja Xavier da Silva Secretaria de Educação Especial - SEESP Titular: Martinha Clarete...

    66085  Palavras | 265  Páginas

  • Educação fisica

    0 UniEVANGÉLICA Curso de Educação Física MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Anápolis/GO 2012 1 MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA COORDENADOR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Iransé Oliveira Silva COORDENADORA DE ESTÁGIO Patrícia Espindola Mota Venâncio COLABORADORES: Jairo Teixeira Júnior Maria Clemência Pinheiro de Lima Ferreira Wisley Gontijo Mesquita 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO ...

    7209  Palavras | 29  Páginas

  • Relatório sobre educação infantil

    – UnB Faculdade de Educação Amanda Fonseca Mariana Andrade Ferreira da Silveira Geraldo Ricardo Leite Sarah Cintra Sâmia Daniz Pereira Sousa RELATÓRIO Prof.ª Adriana Sales Brasília 2012 Amanda Fonseca Mariana Andrade Ferreira da Silveira Mat.110063881 Geraldo Ricardo Leite Mat. 11/0119134 Sarah Almeida Cintra Mat. 090132203 Sâmia Daniz Pereira Sousa Mat. 09/0132068 RELATÓRIO Relatório a ser apresentado à disciplina de Organização da Educação Brasileira do curso...

    2395  Palavras | 10  Páginas

  • DIFICULDADES NA APRENDIZAGEM DE LEITURA E ESCRITA DOS ALUNOS DA EJA – EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

    CRISTINA LOPES PINHEIRO DIFICULDADES NA APRENDIZAGEM DE LEITURA E ESCRITA DOS ALUNOS DA EJA – EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS CASCAVEL – PR 2014 Esmeraldina Pereira Neta Karla Cristiane Vitali Kelly Cristina Lopes Pinheiro DIFICULDADES NA APRENDIZAGEM DE LEITURA E ESCRITA DOS ALUNOS DA EJA – EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Monografia apresentada ao Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS do ESAP Instituto de Estudos Avançados e Pós-Graduação e UNIVALE – Faculdades...

    11327  Palavras | 46  Páginas

  • o que ensinar na educação infantil

    O QUE ENSINAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL Kate Fabre Locatelli Professor - Silvana Alves Bento Marcineiro Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Pedagogia (0422) 22/06/2012 RESUMO Ao abordar a concepção e desenvolvimento do ensino infantil no Brasil compreendemos quanto evoluímos e o quanto temos a ensinar aos alunos pequenos. Sabendo que a Educação Infantil é considerada a primeira etapa da Educação Básica, direito de todas as crianças independente de classe social, despertou-se...

    1492  Palavras | 6  Páginas

  • A formação de professores no contexto das diretrizes curriculares: análise da identidade docente

    das Diretrizes Curriculares: Análise da Identidade Docente[1] Jeziely Oliveira Mirela Bleidão[2] Resumo O objetivo deste artigo é apresentar alguns apontamentos teóricos sobre a pesquisa documental, abordando o processo de formação da identidade docente do professor. A pesquisa traz importantes contribuições para uma compreensão mais profunda sobre esse processo de constituição da identidade do professor/pedagogo. Primeiramente, o texto vem apresentar o resultado da análise feita sobre dois...

    3202  Palavras | 13  Páginas

  • Educação e Diversidade

     Curso de Pedagogia EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE – Maria Mariciane Moraes Nunes ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA – Maria Clotilde Bastos TUTOR PRESENCIAL – José Francisco Bustamante Romain ROSEIRA-SP 24/04/2014 Introdução O interesse dos cidadãos por uma educação de qualidade tem se manifestado de maneira mais marcante nos últimos tempos, as redes sociais estão abarrotadas de protestos que até podem parecer silêncios, mas na verdade...

    3843  Palavras | 16  Páginas

  • as diretrizes curriculares nacionais

    que orientam o planejamento curricular das escolas e dos sistemas de ensino. Elas são discutidas, concebidas e fixadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Atualmente, existem diretrizes gerais para a Educação Básica. Cada etapa e modalidade da dela (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio) também apresentam diretrizes curriculares próprias. A mais recente é a do Ensino Médio.As diretrizes buscam promover a equidade de aprendizagem, garantindo que conteúdos básicos sejam ensinados...

    739  Palavras | 3  Páginas

  • BASE CURRICULAR

    P452b Pernambuco. Secretaria de Educação Base Curricular Comum para as Redes Públicas de Ensino de Pernambuco: língua portuguesa / Secretaria de Educação. - Recife : SE. 2008. 110p. Inclui bibliografia. 1. CURRÍCULO ESCOLAR - METODOLOGIA - ENSINO FUNDAMENTAL. 2. CURRÍCULO ESCOLAR - METODOLOGIA - ENSINO MÉDIO. 3. PORTUGUÊS - CURRÍCULOS. 4. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS - PERNAMBUCO. 5. LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO. 1996 - BRASIL. 6. LIVROS DIDÁTICOS - ASPECTOS EDUCACIONAIS....

    31915  Palavras | 128  Páginas

  • O GÊNERO HISTÓRIA EM QUADRINHOS COMO PROPOSTA DE AUXÍLIO À EDUCAÇÃO DE SURDOS

    O GÊNERO HISTÓRIA EM QUADRINHOS COMO PROPOSTA DE AUXÍLIO À EDUCAÇÃO DE SURDOS Por José Augusto da Silva Pinto RESUMO A partir do gênero histórias em quadrinhos, buscamos neste artigo a elaboração de uma didática de ensino inovadora para crianças com necessidades especiais, com base na Educação Inclusiva. Este artigo tem como propósito apresentar e discutir um conjunto de informações e ideias como referência para a construção, desenvolvimento e caracterização de histórias em quadrinhos...

    3815  Palavras | 16  Páginas

  • As novas diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil.

    Rural Dendê da Serra, atendem-se crianças de Educação Infantil ao Ensino Fundamental, até o nono ano. São atendidas 150 crianças, sendo dessas, 55 da Educação Infantil. O método utilizado pela escola é o da Pedagogia Waldorf, filosofia que visa desenvolver a criança como um ser pleno em sua essência, mostrando caminhos para atuar no mundo através do pensar, do sentir e da vontade. Na área de Educação Infantil, 04 professoras de Educação Infantil trabalham diretamente com as crianças, em...

    1790  Palavras | 8  Páginas

  • Políticas Públicas na educação infantil

    EM PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL CAROLINA LUIZA MARTINS BADARÓ TRABALHO INDIVUDUAL POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL SALVADOR 2013 CAROLINA LUIZA MARTINS BADARÓ TRABALHO INDIVUDUAL POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Este trabalho é destinado para a análise da professor Antônio Alberto da Silva para fins avaliativos. SALVADOR 2013 INTRODUÇÃO Neste texto será abordado, com o tema principal sobre as Políticas Públicas...

    1079  Palavras | 5  Páginas

  • Musicalidade na educação infantil

    DÉBORA CRISTINA ALVES DE MACEDO A RELEVÂNCIA DA MUSICALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Piracicaba 2013 DÉBORA CRISTINA ALVES DE MACEDO A RELEVÂNCIA DA MUSICALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Projeto de pesquisa entregue á disciplina “ Trabalho de Conclusão de Curso1”, apresentado ao curso de Pedagogia da Universidade Metodista de Piracicaba. Orientadora: Monica Botiglieri Piracicaba 2013 RESUMO Segundo Fonterrada (2008) em 1966 a música voltou...

    1109  Palavras | 5  Páginas

  • Relatório de estágio curricular ii

    UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA EAD Acadêmica : --------------------------------------- RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR II SP 04/2011 RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR II Relatório necessário para obtenção parcial da graduação do Curso de Pedagogia: Magistério da Educação Infantil e Anos Iniciais do ensino Fundamental, pela Universidade Luterana do Brasil, pólo São José do Rio Preto-SP. Profª Regente: Profª tutora Virtual: Profª tutora...

    4183  Palavras | 17  Páginas

  • Parâmetros curriculares

    O que são os Parâmetros Curriculares Nacionais? O PCN estabelece os pilares do que deve ser ensinado nas escolas Os Parâmetros Curriculares Nacionais são referenciais de qualidade elaboradas pelo Governo Federal em 1996. Essas diretrizes são voltadas, sobretudo, para a estruturação e reestruturação dos currículos escolares de todo o Brasil - obrigatórias para a rede pública e opcionais para as instituições privadas. Ou seja, o objetivo principal dos PCN é padronizar o ensino no país, estabelecendo...

    2501  Palavras | 11  Páginas

  • Psicologia da Educacao

    Pedagogia – Fajolca Ano 2011.2 FACULDADE JOSÉ LACERDA FILHO DE CIÊNCIAS APLICADAS – FAJOLCA PROCESSO DE Nº 23000.009216/97-88 MANTENEDORA: Associação Vale do Ipojuca de Educação, Ciências e Cultura. CIDADE: Ipojuca – PE o PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Tecnologias da Informação Aplicada a Educação Departamento: EDUCAÇÃO – Licenciatura em Pedagogia Código: Período: Carga Horária:34 Créditos:02 Ano de Aplicação: 1º 2011 Pré-requisitos: Não há. Ementa: Introdução ao Processamento...

    35221  Palavras | 141  Páginas

  • ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I – Gestão Escolar RELATÓRIO FINAL

    MOURA BATISTA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I – Gestão Escolar RELATÓRIO FINAL Santa Luz 2013 ANTONIA MARIA MACAMBIRA MOURA BATISTA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I – Gestão Escolar Relatório de Estágio apresentado ao curso Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina de Estágio Curricular Obrigatório – Gestão escolar - 5º semestre. ...

    8650  Palavras | 35  Páginas

  • Proposta

    Proposta Curricular da Rede Municipal de Criciúma Currículo para a Diversidade: Sentidos e Práticas 2008 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação 1 P965 Proposta Curricular da Rede Municipal de Criciúma: currículo para a diversidade: sentidos e práticas / organizadoras: Jádina Mara Dandolini Tasca, Maria Albertina Donato, Maristela dos Santos machado. Criciúma, SC: Secretaria Minicipal de Educação, 2008. 233p.: 27 cm. 1. Curículos - Educação infantil - Criciúma (SC). 2. Currículos...

    29458  Palavras | 118  Páginas

tracking img