Direito Grego Classico artigos e trabalhos de pesquisa

  • Fichamento resumo - Direito Grego Clássico

    Fichamento Resumo BRANDÃO, Cláudio. O direito grego clássico. In SALDANHA, Nelson (ET. AL.). História do direito e do pensamento jurídico em perspectiva. São Paulo: ATLAS, 2012. Na Grécia antiga, o período arcaico e o clássico geralmente são lembrados como a época da fundamentação da filosofia como o ocidente conhece. Esses fundamentos serviram como base na estrutura do direito na história do pensamento grego. Mas as perguntas sobre o direito e a justiça começaram a ser feitas muito antes,...

    634  Palavras | 3  Páginas

  • História do direito

    HISTÓRIA DO DIREITO A relação entre o Direito e a História tem sido de há muito explorada, sem a preocupação de estabelecer qualquer critério de subordinação ou dependência entre os fenômenos históricos e jurídicos. A teoria do Culturalismo Jurídico, analisada sob a óptica da interdependência entre a História e o Direito, aponta que: a conduta humana se desenvolve em um contexto bilateral ou multilateral, historicamente estabelecido; e que os fatos se dão no seio da sociedade e são valorados...

    2851  Palavras | 12  Páginas

  • DIREITO GREGO CL SSICO

    DIREITO GREGO CLÁSSICO 1. A formação do conceito do direito no pensamento grego: As bases mitológicas O Direito Grego se inicia com o aparecimento da Polis e vai até o seu desaparecimento e surgimento dos reinos helenísticos. Correspondente a um período de cinco séculos, denominado "época arcaica" e "período clássico". Em Atenas foi onde a democracia melhor se desenvolveu e o Direito atingiu sua mais perfeita forma quanto a legislação e processo. Um dos fenômenos mais caracteríticos da época...

    830  Palavras | 4  Páginas

  • O Direito Grego Antigo

    O DIREITO GREGO ANTIGO Souza, Raquel de. O direito grego antigo. IN, Wolkmer, Antonio Carlos (org.). Fundamentos de história de direito. Belo Horizonte: Del Rey, 2009. Raquel de Souza é professora universitária. Mestre em direito penal pela Unisul (SC). A história da Grécia antiga é dividida em períodos arcaico (VIII ao VI a.C.), clássico (V ao IV a.C.), helenístico (de Alexandre Magno até a conquista romana), romano (vitória de Augusto sobre Antônio e Cleópatra). Os dois primeiros períodos são...

    861  Palavras | 4  Páginas

  • O direito Grego Antigo

    O DIREITO GREGO ANTIGO Quando se discute a Grécia antiga, é comum dividir sua história em vários períodos: o arcaico, o clássico, o helenístico e o romano. Para o estudo do direito grego é particularmente interessante o período que se inicia com o aparecimento da pólis, meados do século VIII a.C., e vai até o seu desaparecimento e surgimento dos reinos helenísticos no século III a.C. Esse período de cinco séculos corresponde aos convencionalmente denominados época e período clássico. Um aspecto...

    2696  Palavras | 11  Páginas

  • DIREITO ROMANO E SUA INFLUÊNCIA

     INTRODUÇÃO A influência do Direito Romano sobre os direitos nacionais europeus é imensa e perdura até hoje. Uma das grandes divisões do direito comparado, o sistema romano-germânico, adotado por diversos países continentais europeus, é baseado no Direito Romano. O mesmo acontece com todos os países latino-americanos. O Direito Romano designa o conjunto de regras jurídicas que vigoraram no Império Romano, durante cerca de (12) doze séculos, ou seja, desde a fundação da cidade de...

    11421  Palavras | 46  Páginas

  • Historia do Direito

     Período Romano. O Direito Natural Clássico. É impossível estabelecer um ponto inicial para o começo da viagem no tempo pelas fontes histórico-jurídicas, que não seja arbitrário. A cadeia na qual se sucedem as idéias e os fatos humanos não é suscetível de ser cortada sem alterar-lhe a correta percepção ao fazê-lo. Mas é indiscutível que o caminho que leva aos nossos sistemas jurídicos atuais toma a sua primeira forma clara na antiga Roma. E o Direito Romano, geograficamcntc, passa a integrar...

    2813  Palavras | 12  Páginas

  • Historia de direito

    História do Direito Fichamento Juiz de Fora 2007 Leandro Luiz Raimundo Procópio História do Direito Fichamento. Trabalho apresentado à disciplina de História do Direito, do curso de Direito da Faculdade de Ciências Jurídicas, da Faculdade Metodista Granbery. Orientadores: Luis Henrique Eiterer Juiz de Fora 2007 Fichamento de História do Direito Leandro Procópio INTRODUÇÃO * A história do direito fazendo compreender a formação e desenvolvimento do direito atual. * A família dos direitos romanistas...

    6168  Palavras | 25  Páginas

  • História do Direito

    HISTÓRIA DO DIREITO: SEUS MÉTODOS E SUAS TAREFAS. 1. A história e a história do direito ‘’em tempos de crise, uma sociedade volta seu olhar para seu próprio passado e ali procura por algum sinal’’ (Otávio Paz) Em processos de mudanças há constantes embates entre duas pretensões: Aqueles que rejeitam as transformações e pregam o aprendizado de lições dadas no passado e aqueles que as aceitam e buscam legitimá-las compreendendo seus novos sentidos. 2. Questões de Método na história do direito ‘’ Com...

    2622  Palavras | 11  Páginas

  • resumo história direito

    HISTÓRIA DO DIREITO Grupos de manifestações: Direito Arcaico: Característico dos povos sem escrita. Direito Antigo: Surge com as primeiras civilizações humanas. Direito Moderno: Próprio das sociedades posteriores a Revolução Francesa. A história do direito começa em 300 a.c nas sociedades primitivas, o qual era denominado de direito arcaico primitivo. As principais características desse período são: Direito não Legislado/não escrito Direito único no grupo social Pluralidade de direitos Direito...

    2374  Palavras | 10  Páginas

  • Direito

    Direito e justiça na antiguidade clássica   Período da História da Europa   Vamos iniciar este tópico, analisando e verificando os momentos que deram origem a chamada antiguidade clássica, os países que fizeram parte desse momento histórico, os direitos referentes a cada um deles, e os momentos finais de tal momento importantíssimo para o direito atual. Inicialmente vale destacar, que a antiguidade clássica detém outras nomenclaturas utilizadas pelos doutrinadores, podem ser encontrada das...

    2617  Palavras | 11  Páginas

  • Influencia grega no direito

    FACULDADE POTIGUAR DA PARAÍBA BACHARELADO EM DIREITO RUBENS YAGO MORAIS TAVARES ALEXANDRINO GRÉCIA: BERÇO DA CIVILIZAÇÃO E DO DIREITO JOÃO PESSOA 2012 RUBENS YAGO MORAIS TAVARES ALEXANDRINO GRÉCIA: BERÇO DA CIVILIZAÇÃO E DO DIREITO Trabalho apresentado à disciplina História do Direito do Curso Bacharelado em Direito, Faculdade Potiguar da Paraíba como requisito parcial de avaliação. Orientador: JOÃO PESSOA 2012 INTRODUÇÃO Embora habitualmente, a civilização...

    1693  Palavras | 7  Páginas

  • Os direitos clássicos

    TERCEIRA PARTE III - OS DIREITOS CLÁSSICOS: DIREITO GREGO 1 – Introdução O Direito Ocidental é filho das experiências das Cidades-Estado mediterrânicas antigas. Surge na polis gregas e em suas origens, não era escrito, e de conhecimento exclusivo de aristocratas-juízes e só mais tarde foi codificado. Devemos dizer que o Direito Público Ocidental é filho da polis, na qual se viveu uma experiência intelectual, política e jurídica que alterou completamente, na história, os modelos de relação...

    1172  Palavras | 5  Páginas

  • período clássico

     Período clássico: o período das hegemonias O período histórico dos séculos V a.C. IV a.C., na região grega, foi denominado pelos historiadores como período clássico por conter as principais características das civilizações gregas, os polis disputaram a supremacia sobre toda a Grécia. Essa fase foi marcada pelas hegemonias e imperialismos no mundo grego, que acabaram em uma guerra entre os próprios gregos, concluindo com a sua decadência. Mas foi também neste período histórico que a civilização...

    1540  Palavras | 7  Páginas

  • Direito na história

    O direito na história: do mundo antigo ao direito como ciência Guarabira, 27 de Agosto de 2013 Direito no mundo antigo Para falarmos de direito no mundo antigo é necessário fazer alusões aos conceitos de Estado estabelecidos pela sociedade. O Estado, visto como uma “entidade abstrata, que não se pode ver, ouvir nem tocar” 6, influencia, dependendo do momento histórico, os respectivos conceitos de direito e justiça na sociedade. O direito é uma produção humana...

    2100  Palavras | 9  Páginas

  • O direito Romano

    DIREITO ROMANO Direito romano é um termo histórico-jurídico que se refere, originalmente, ao conjunto de regras jurídicas observadas na cidade de Roma e, mais tarde, ao corpo de direito aplicado ao território do Império Romano e, após a queda do Império Romano do Ocidente em 476 d.C., ao território do Império Romano do Oriente. Mesmo após 476, o direito romano continuou a influenciar nas invasões bárbaras. Os historiadores do direito costumam dividir o direito romano em fases. Ele foi dividido...

    1398  Palavras | 6  Páginas

  • Direito grego

    História do Direito: O direito grego antigo. História do Direito Direito Grego SOUZA, Raquel de. O direito grego antigo. In: WOLKMER, Antônio Carlos. Fundamentos de História do Direito. 3. ed. Belo Horizonte: Del Rey, 2006. Cap. 3, p. 37-66 Páginas 37 Idéias 1 INTRODUÇÃO A Grécia Antiga é dividida em períodos: * Arcaico: dos séculos VIII ao VI a.C, quando se iniciam as Guerras Pérsicas; * Clássico: dos séculos V ao IV a.C; * Helenístico: desde Alexandre Magno até a conquista romana...

    2478  Palavras | 10  Páginas

  • A História do Direito

    A HISTÓRIA DO DIREITO A História do Direito. • O Direito, como manifestação social, constitui o mais importante dos instrumentos disciplinadores de toda a atividade humana. Como processo de adaptação social, o Direito deve, sempre, acompanhar as mobilidades sociais, criando procedimentos novos e eficazes na garantia do equilíbrio e da harmonia da Sociedade. • Todavia é importante não esquecer que, mesmo estando o Direito sujeito a um processo permanente de evolução, ele é capaz de...

    2393  Palavras | 10  Páginas

  • influencia grego-romana no brasil

    também tinham direito. As regras eram passadas oralmente e tiveram origem baseada nos costumes e tradições. E tal organização surgiu de forma espontânea. Com a invensão da escrita, as leis que anteriormente eram trasmitidas oralmente, puderam ser preservadas com maior eficácia. Dentre as sociedades primitivas, a tradição romano-germânica influenciou o ordenamento brasileiro jurídico. Tal ordenamento considera a lei como a principal fonte do Direito na ausência de...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo história do direito – professor militão

    História do Direito – Professor Militão Fonte de livros: Introdução Histórica ao Direito e Fundamentos da História do Direito De acordo com o que havia sido visto em aula, a história do direito é estudada por um cronograma, uma linha do tempo, que vai caracterizar inclusive como poderia haver direito antes da escrita. Como visão geral podemos falar sobre o marco que foi o Direito Romano, que até hoje influencia o Direito Positivo da maioria dos países. Formação do Direito nas sociedades...

    2507  Palavras | 11  Páginas

  • Evolução histórica do direito no brasil

    1) Evolução Histórica do Direito no Mundo Código de Hamurabi: Baseado na lei de talião, “olho por olho, dente por dente”. São 281 Leis que foram talhadas em uma pedra. Seu objetivo principal era unificar o reino através de um código em várias regiões do reino. As leis apresentam punições para o não cumprimento das regras. As punições ocorriam de acordo com a posição que a pessoa criminosa ocupava na hierarquia social. A pena de morte é a punição mais comum nas leis do código. Não havia a possibilidade...

    716  Palavras | 3  Páginas

  • História do direito

    Direito Cuneiforme na Mesopotâmia ____________________________ Povos da Mesopotâmia: - Sumérios e Acadianos (antes de 2000 a.C.) - Amoritas (2000 a.C.-1750 a.C.) - Assírios (1300 a.C.-612 a.C.) - Caldeus (612 a.C.-539 a.C.)  A escrita cuneiforme, grande realização sumeriana, usada pelos sírios, hebreus e persas, surgiu ligada às necessidades de contabilização dos templos.  Quem decifrou a escrita cuneiforme foi Henry C. Rawlinson. A chave dessa façanha ele obteve nas inscrições ...

    7564  Palavras | 31  Páginas

  • MULHER NO DIREITO GREGO CLÁSSICO

    A MULHER NO DIREITO GREGO CLÁSSICO: UMA ABORDAGEM LITERÁRIA Arnaldo Moraes Godoy O presente artigo tem por objetivo identificar a presença da mulher no direito grego clássico, valendo-se de fontes literárias, vinculando direito e literatura. Primeira leitura sugere mulheres fortes, dominantes, donas da mais absoluta liderança. Teríamos Aspásia (na vida real), Medéia, Lisístrata e Antígona (na ficção teatral). Sintetizam exceções, fatos isolados, ensaios de igualdade num mundo de homens, que negaram...

    3477  Palavras | 14  Páginas

  • O mundo grego

    FAZIO, M. Leitura e Interpretação de Textos O mundo grego in A história da Arquitetura mundial São Paulo: Bookman, 2011, páginas 55-81 Ideia central: O texto trás uma analise sobre os diversos tipos de cultura, povoados e projetos arquitetônicos na Grécia Antiga. Enfatiza como o equilíbrio a dinâmica entre a forma, o belo e a seguridade. Equilíbrio: temática do mundo grego em varias dimensões da sociedade. Existia um ponto de coesão entre a alma e o físico(o que se vê). Um cidadão sisudo...

    842  Palavras | 4  Páginas

  • DIREITO ROMANO

    TRABALHO DE HISTÓRIA DO DIREITO. DIREITO ROMANO O DIREITO ROMANO É UM TERMO MUITO IMPORTANTE E TAMBÉM HISTORICO-JURÍDICO, ELE NASCE COMO UM CONJUNTO DE REGRAS JURÍDICAS NA CIDADE DE ROMA E EM SEGUIDA ELE SERA APLICADO AO TERRÍTÓRIO DO IMPÉRIO ROMANO E APÓS A DERROCADA DO IMPÉRIO ROMANO DO OCIDENTE EM 476 D. C., AO TERRITÓRIO DO IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE. AINDA APÓS 476 D. C., O DIREITO ROMANO CONTINUOU A INFLUENCIAR A PRODUÇÃO JURÍDICA DOS REINOS OCIDENTAIS RESULTANTES DAS INVASÕES BÁRBARAS...

    1483  Palavras | 6  Páginas

  • resumo história do direito

    HISTÓRIA DO DIREITO E DAS INSTITUIÇÕES JURÍDICAS 15/02 1. Disciplina Propedêutica Pesquisar sobre: João Goulart 1962 retirou o Latim (esquerda) Linguagem Correta: ferramenta de trabalho 2. Livros Adotados: I – “Introdução História do Direito” – John Gillisen II –“Direito: Tradução Histórica ao Direito” – Cláudia de Cicco III – “O Poder na Antiguidade” Acácio Vaz de Lima IV - “As Construções Imperiais como Fonte do Direito” – Acácio Vaz de Lima 3. 3 Matrizes da Cultura Ocidental 1.Lagos ...

    11118  Palavras | 45  Páginas

  • Direito Romano

    1. Introdução. Direito romano é um termo histórico-jurídico que se refere, originalmente, ao conjunto de regras jurídicas observadas na cidade de Roma e, mais tarde, ao corpo de direito aplicado ao território do Império Romano e, após a queda do Império Romano do Ocidente em 476 d.C., ao território do Império Romano do Oriente. Mesmo após 476, o direito romano continuou a influenciar a produção jurídica dos reinos ocidentais resultantes das invasões bárbaras, embora um seu estudo sistemático no...

    2387  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo Cap 3 e 4 Fundamentos de Historia do Direito

    Fundamentos Históricos do Direito Turma: 1º Semestre / Curso: Direito Discente: João Victor Dutra de Almeida Docente: Vivyanne Jesus. SOUZA, Marcos Antônio de. O Direito Hebraico Antigo. In. WOLKMER, Antônio Carlos (Org). Fundamentos de História do Direito. 4.ed. Belo Horizonte: Del Rey, 2009. Foi bastante difícil o estudo do direito hebraico pela falta de uma literatura especifica escrita na época por um jurista ou estudiosos da lei ao contrário do direito grego que dispõe de uma gama imensa...

    2016  Palavras | 9  Páginas

  • direito grego

    contribuiu imensuravelmente para o desenvolvimento no Mundo Ocidental de várias áreas de estudo, como o direito, teoria militar, arte, literatura, arquitetura, linguística, e a sua história persiste como uma grande influência mundial, mesmo nos dias de hoje. Grécia Antiga é o termo geralmente usado para descrever, em seu período clássico antigo, o mundo grego e áreas próximas, além de assentamentos gregos no litoral de outros países —; como o Egipto.Não existe uma data fixa ou sequer acordo quanto ao...

    507  Palavras | 3  Páginas

  • Como fazer filosofia sem grego estar morto ou ser gênio.

    RESENHA CRITICA COMO FAZER FILOSOFIA SEM GREGO ESTAR MORTO OU SER GÊNIO. TERESINA 2012 PALÁCIOS, Gonçalo Armijos. De como fazer filosofia sem ser grego ,estar morto ou ser gênio.2ª reimpr. Goiania: Ed UFG,2000. Gonçalo Armijos Palácios, não é grego é um equatoriano, estar vivo e é intelectualmente muito ativo aos 55 anos de idade aproximadamente é professor de filosofia na Universidade federal de Goiás e não tem nenhuma pretensão em ser gênio só porque tem doutorado em filosofia pela...

    3128  Palavras | 13  Páginas

  • Direito grego

    DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS CURSO DE DIREITO Direito Grego TRABALHO APRESENTADO A DISCIPLINA TEORIA CRÍTICA DO DIREITO Docente: Prof.ª Drª: Maria Sayonara Spreckelsen da Cunha Kurtz Discente: Ricardo da Silva Fiorin Santa Maria, 11 de janeiro de 2013. Introdução O presente trabalho trará de forma sucinta, em tópicos, o sistema jurídico da Grécia Antiga. Apesar dos gregos terem sido grandes pensadores políticos e filosóficos da antiguidade, os gregos não eram grandes juristas, ou seja, não...

    1322  Palavras | 6  Páginas

  • historia do direito

    HISTÓRIA DO DIREITO Gustavo Prazeres RESUMO OBJETO DA HISTÓRIA DO DIREITO: Paralela ao estudo da História, a História do Direito estuda os homens e a transformação da sociedade e da cultura numa perspectiva cronológica. A História do Direito estuda uma parcela específica: código de direito na sociedade e suas transformações no decorrer do tempo. O direito está desassociado da escrita, podendo ser estudado como ordenamento (leis escritas) ou como pensamento jurídico (regido por aspectos morais)...

    4022  Palavras | 17  Páginas

  • historia do direito

    HISTÓRIA DO DIREITO Gustavo Prazeres RESUMO OBJETO DA HISTÓRIA DO DIREITO: Paralela ao estudo da História, a História do Direito estuda os homens e a transformação da sociedade e da cultura numa perspectiva cronológica. A História do Direito estuda uma parcela específica: código de direito na sociedade e suas transformações no decorrer do tempo. O direito está desassociado da escrita, podendo ser estudado como ordenamento (leis escritas) ou como pensamento jurídico (regido por aspectos morais)...

    4022  Palavras | 17  Páginas

  • Conceitos de Direito

    Conceitos de Direito Sociedades Costumes Moral Ordenação Sugestões da turma para o conceito de Direito: Normas, leis Meios de organizar a sociedade Controle Social Sanções Meios de fazer justiça e injustiça Permissões e deveres Garantir a convivência social Impedir conflitos Defesa da pessoa Estão todos corretos. Tipos de entendimento de Direito: Lei e Ordem: Direito objetivo Permissões: direito subjetivo Qualidade:  justiça Frase do dia: UBI SOCIETAS IBI JUS "Onde há sociedade há o Direito". Conceito...

    11214  Palavras | 45  Páginas

  • Direito romano

    Direito romano é um termo histórico-jurídico que se refere, originalmente, ao conjunto de regras jurídicas observadas na cidade de Roma e, mais tarde, ao corpo de direito aplicado ao território do Império Romano e, após a queda do Império Romano do Ocidente em 476 d.C., ao território do Império Romano do Oriente. Mesmo após 476, o direito romano continuou a influenciar a produção jurídica dos reinos ocidentais resultantes das invasões bárbaras, embora um seu estudo sistemático no ocidente pós-romano...

    2593  Palavras | 11  Páginas

  • Direito grego

    DIREITO GREGO Entendia-se que o direito grego deveria fazer parte da educação de todo cidadão. Como todos deveriam conhecer seus direitos e suas obrigações, não houve espaço para a profissionalização do direito, já que todos devias estar aptos para enfrentar os tribunais.O direito era consequência da noção de justiça que estava difusa na consciência coletiva. Para os pensadores, a frente do direito é os nomos, que se traduz geralmente por lei. E o nomos o meio de limitar o poder das autoridades...

    2425  Palavras | 10  Páginas

  • Os Gregos

    Os Gregos: Grécia Antiga: Sociedade e Organização Política: O território grego apresenta duas características físicas marcantes: as montanhas, que dominam cerca de 80% de seu território, e o mar, já que praticamente nenhum ponto fica distante de sua costa recortada. As cadeias de montanhas formam planícies férteis, favoráveis ao estabelecimento de grupos humanos, o que de fato ocorreu. Já as águas calmas do litoral grego e as pequenas distancias que separam as ilhas eram um convite a navegação...

    3327  Palavras | 14  Páginas

  • direito Canonico e Direito Bizantino

    O direito canónico Antônio Manuel Hespanha Um outro factor de unificação dos direitos europeus é constituído pela influência homogeneizadora do direito canónico, ao qual dedicaremos os parágrafos seguintes. A tradição canonística O direito canónico é o direito da Igreja cristã. Como instituição, a Igreja sempre teve um direito que, inicialmente, decorreu quase inteiramente da vontade de Deus, revelada nos livros sagrados (Antigo e Novo Testamentos). Nos tempos apostólicos, os cristãos...

    2143  Palavras | 9  Páginas

  • Fichamento sobre História do Direito

    SUMÁRIO O direito clássico grego..................................................................................1 A formação do conceito no pensamento grego: as bases mitológicas..1 Os conceitos platônicos e aristotélicos de direito e justiça.....................2 O direito no pensamento romano..................................................................4 O direito romano e a compilação justinianeia.........................................4 O direito como a arte do bom e do justo....

    3556  Palavras | 15  Páginas

  • Direito na antiguidade

    DIREITOS DA ANTIGUIDADE Até um século atrás não se conhecia outros direitos da antiguidade fora o direito romano, o direito grego e o direito hebraico. Desde então, através da arqueologia, vêm se descobrindo novas evidências de documentos jurídicos datados do final do 4º ou início do 5º milênio antes de nossa era, originários do Egito e da Mesopotâmia. Embora no Egito não tenhamos descoberto ainda códigos nem livros jurídicos, existem evidências que essa foi a primeira civilização que desenvolveu...

    1929  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha - as origens do pensamento grego

    Cabeçalho: VERNANT, Jean Pierre. As origens do pensamento grego. São Paulo, Ed. EDUSP, 2001. Informações sobre o autor: Jean-Pierre Vernant (4 de janeiro de 1914 -9 de janeiro de 2007) foi um historiador e antropólogo francês, especialista na Grécia Antiga, particularmente na mitologia grega. Foi professor honorário do Colégio Francês. Inicialmente prosseguiu os estudos em filosofia, e recebeu a sua admissão neste campo em 1937. Vernant iniciou seu estudo em 1948, sobre a noção platônica...

    1842  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha - O Classico e suas transições históricas

    UNIVERSITÁRIO UNIFACVEST ARQUITETURA E URBANISMO O CLÁSSICO E SUAS TRANSIÇÕES HISTÓRICAS LAGES – SC 2014 IAGO FERNANDO CAVALHEIRO PIAZZA O CLÁSSICO E SUAS TRANSIÇÕES HISTÓRICAS PAULA DE VINCENZO FIDELIS BELFORT MATTOS LAGES – SC 2014 1. OBRA EM DISCUSSÃO: O Clássico e Suas Transições Históricas 2. DESCRIÇÃO DO AUTOR Nome: Paula De Vincenzo...

    2454  Palavras | 10  Páginas

  • História do direito e direitos humanos

    Direitos Da Antiguidade Os mais antigos documentos escritos de natureza jurídica aparecem nos finais do 4º ou começo do 5º milênio, por um lado no Egipto, por outro na Mesopotâmia. Pode seguir-se a evolução do direito nestas duas regiões durante toda a antiguidade. A Mesopotâmia foi o país que conheceu as primeiras formulações do direito. Os Sumérios, os Acadianos, os Hititas, os Assírios, redigiram textos jurídicos que se podem chama ‘códigos´, os quais chegaram a formular regras de direito mais...

    3227  Palavras | 13  Páginas

  • DIREITO GRCO ROMANO

    GRÉCIA E ROMA HISTÓRIA E DIREITO José Walter Lisboa Cavalcanti O Mundo Antigo 2  “Se um homem livre fura o olho de um homem livre, terá seu olho furado.”  “Se um homem livre furou o olho de um escravo ou lhe fraturou um osso, pagará uma mina de prata.” (Código de Hamurábi).  O que hoje chamamos Direito é bastante diferente do que foi o direito de civilizações já desaparecidas;  Recebemos a herança romana e a herança grega O Direito nos Impérios Orientais ...

    2039  Palavras | 9  Páginas

  • O COTIDIANO DA MULHER ATENIENSE NO PERÍODO CLÁSSICO

    CURSO DE HISTÓRIA O COTIDIANO DA MULHER ATENIENSE NO PERÍODO CLÁSSICO Amanda scalcon bitencourt DIÉSSICA DOS SANTOS STEFANELLO MURILO CEZAR FLORES PAULO ROGERIO HAAG VALMOR RABELO Taquara 2013 Amanda scalcon bitencourt DIÉSSICA DOS SANTOS STEFANELLO MURILO CEZAR FLORES PAULO ROGERIO HAAG VALMOR RABELO O COTIDIANO DAMULHER ATENIENSE NO PERÍODO CLÁSSICO Monografia apresentada à disciplina de História Antiga II das...

    11463  Palavras | 46  Páginas

  • Direito na antiguidade,direito medieval e evolução histórica do direito brasileiro

    *IED Direito na Antiguidade No principio os sacerdotes que foram os primeiros juízes guardavam as regras jurídicas na memória e em segredo, depois foi passado oralmente para os descendentes , cada caso deveria ser julgado como o antecedente . Era uma tradição sagrada depois de serem ininterruptamente repetidas , tornaram-se costumeiras , surgindo assim o costume jurídico . Depois da indiscrição de um escriba , revela o segredo guardado pelos juízes , tornando –o publico surgindo a Lei ou...

    1429  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha sobre história do direito

    Acadêmica: Cleidiany José da Silva Turma: 32 História do Direito – Raimundo Moraes Babilônia - +/- 3.000 a.C. Lugar onde quase tudo que consideramos civilizado nasceu, ex. escrita, tijolo , cerveja. Lá é onde hoje está localizado o Iraque e uma parte do Irã. Tem esse nome por causa da fertilidade do Rio Tigre e do Rio Eufrates. A sociedade tem +/- 3.000 anos e é rica. No final do ano 1901, uma expedição francesa de arqueologia encontrou uma pedra com aproximadamente 2,5m de altura contendo...

    3943  Palavras | 16  Páginas

  • Trabalho sobre historia do direito romano

    Trabalho sobre historia do DIREITO Romano . [pic] Professor : Claudio Henrique De Castro Aluno :Juliano Estevam Alciati Boese turma 222 noite Curitiba ,28 de agosto de 2012 Nestes poucos dias de aulas na faculdade uma coisa ficou muito clara pra mim “Roma é Direito como Direito é Roma”. Como se as duas historia fossem impossível de se contar sem falar uma da outra, ou mesmo “Aprender sobre uma sem aprender sobre a outra” antes de adentrar a faculdade não sabia eu...

    1441  Palavras | 6  Páginas

  • historia do direito

    DIREITO HAMMURABIANO E DIREITO GREGO NOME DO ACADEMICO1 Resumo Nesse trabalho serão expostos alguns aspectos relevantes para um breve entendimento sobre o Direito de Hamurabi e o Direito Grego, sobre esses temas englobam-se as origens, aspectos históricos, as fontes do direito e as leis para esses dois diferentes povos, mas com características marcantes e significantes. Foram escolhidos esses dois temas pelo fato de que o Código de Hamurabi foi um dos primeiros códigos escritos e por ter...

    2903  Palavras | 12  Páginas

  • A História do Direito Grego antigo não são colhidas de primeira mão

     O DIREITO GREGO ANTIGO INTRODUÇÃO A Grécia Antiga se divide em Arcaico onde se iniciam as Guerras Pérsicas dos séculos VIII ao VI a.C, Clássico dos séculos V ao IV a.C , Helenístico desde Alexandre Magno até a conquista romana do Mediterrâneo oriental e o Roman que se inicia a partir da derrota de Antônio e Cleópatra por Augusto . Atenas costuma e ser utilizada como um paradigma, é a polis mais conhecida, a que mais se obteve informações. A Democracia ateniense deu base para...

    1738  Palavras | 7  Páginas

  • Direito romano

    Direito romano é um termo histórico-jurídico que se refere, originalmente, ao conjunto de regras jurídicas observadas na cidade de Roma e, mais tarde, ao corpo de direito aplicado ao território do Império Romano e, após a queda do Império Romano do Ocidente em 476 d.C., ao território do Império Romano do Oriente. Mesmo após 476, o direito romano continuou a influenciar a produção jurídica dos reinos ocidentais resultantes das invasões bárbaras, embora um seu estudo sistemático no ocidente pós-romano...

    2893  Palavras | 12  Páginas

  • O direito romano

    UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO HISTÓRIA, GEOGRAFIA E SOCIOLOGIA BACHARELADO EM DIREITO Historia do Direito Prof Mr Dirceu O Direito Romano Aluno: Ivan Carlos De Lima Filho ...

    1888  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo Capitulo 1 ao 4 Livro Fundamentos de Historia do Direito Organizador antonio Carlos Wolkmer

    Resumo Livro: Fundamentos de Historia do Direito 7 ed. Editora Del Rey Organizador: Antônio Carlos Wolkmer CAPÍTULO 1 - O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS O direito está presente em todas as culturas, em todas as sociedades, desde os tempos mais primitivos. Designa-se direito arcaico ou primitivo o direito das sociedades que não chegaram a dominar a técnica da escrita. A origem do direito é religiosa, e está intimamente ligada à família (Fustel de Coulanges) ou à autoridade dos sacerdotes...

    3083  Palavras | 13  Páginas

  • Antiguidade Cl Ssica Grego Romana

     INTRODUÇÃO É conhecido como Antiguidade Clássica, Era Clássica ou ainda Período Clássico o longo período histórico onde as civilizações grega e romana  se destacaram de modo excepcional em meio a qualquer outra sociedade nos mais variados aspectos do desenvolvimento humano. Tal época legou um riquíssimo repertório de informações ao mundo civilizado de modo que a cultura clássica é ainda considerada fundamental para a construção de toda a cultura ocidental contemporânea. A ARTE DA GRÉCIA ANTIGA...

    1718  Palavras | 7  Páginas

  • História do Direito Idade Clássica: Os Gregos

    História do Direito Belo Horizonte 2012 Mônica da Silva Ianque Paula dos Santos História do Direito Idade Clássica: Os Gregos Trabalho apresentado como exigência parcial da Disciplina :História do Direito do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix sob a orientação da professora Carine Silva Diniz do Curso de Direito, 1º Período – Turno Noite...

    6537  Palavras | 27  Páginas

  • manual elementar de direito romano

     Domicio Ulpiano Jurista romano, considerado um dos juristas maior da história do direito. Ele era membro de uma das famílias mais importantes de hipismo da província romana da Síria.Foi o discípulo mais favorecidas dos grandes clássicos Papiano jurista romano, que era um conselheiro quando ele serviu como perfeita pretoriana em 203 d., Cargo que permaneceu até 212 a. Suas obras, não muito original, mas muito profundo, teve um grande sucesso entre os juristas contemporâneos...

    1681  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia do direito capítulo 2 origens: a grecia clássica e o direito natural

    FILOSOFIA DO DIREITO Capítulo 2 ORIGENS: A GRECIA CLÁSSICA E O DIREITO NATURAL Autor aqui, deseja que o direito seja uma engenharia social cada vez mais eficiente, onde o direito seria uma instituição social, com a finalidade de atender às necessidades sociais, mediante a organização da conduta humana. Roscoe Pound, definiu o direito como a instituição social que permite que as necessidades humanas fossem satisfeitas. Ele considerava a organização jurídica como uma estrutura essencial a uma...

    743  Palavras | 3  Páginas

  • A evolução da pintura, escultura e da arquitetura nos períodos: arcaico, clássico e helenístico.

    seres animais e humanos com forma simplificada, sendo que este não será abordado neste trabalho. Por seguinte houve o Período Arcaico (610 à 480 a.C.) caracterizado por apresentar desenhos mais próximos da realidade. Logo após iniciou-se o Período Clássico (480 à 323 a.C.), momento este que representou o auge da arquitetura grega com a sua idéia de perfeição, de beleza ideal e notavelmente não real. Por fim, houve o Período Helenístico, marcado pela influência que imperador Alexandre Magno (O Grande)...

    2202  Palavras | 9  Páginas

  • Persas e gregos

    anexando os territórios conquistados. Ao tentar conquistar a Grécia, Dario I foi derrotado na Batalha de Maratona que marcou o fim dessa expansão persa. Nova tentativa foi empreendida por Xerxes, sucessor de Dario I, que também fracassou diante dos gregos. O império persa começou, então, a enfraquecer-se e em 330 a.c foi conquistado pelos macedônios. ADMINISTRAÇÃO: Durante o reinado de Dario I, o império persa atingiu sua extensão máxima. Para cuidar Dops domínios, foi criada uma complexa organização...

    2624  Palavras | 11  Páginas

  • Direito romano

    DIREITO ROMANO O direito romano é um conjunto de normas que regeram a sociedade romana desde as origens (segundo a tradição, roma foi fundida em 745 a.C,) quando ocorreu a morte do Imperador Justiniano. A História Externa Divide-se basicamente em quatro partes: 1) a Monarquia ou Realeza 2)a República 3) o Principado 4) o Dominado. A Monarquia, fase que se estendeu de 753 a.C a 510 a.C o poder político era exercido pelo rei, pelo senado e pelo povo. O rei era o Sumo sacerdote, chefe de exército...

    2257  Palavras | 10  Páginas

tracking img