Diferenças Entre O Estado Liberal Neoliberal Bem Estar Social E Desenvolvimentista artigos e trabalhos de pesquisa

  • Estado Liberal. neoliberal e Estado do bem estar e o estado desenvolvimentista

    1 - Ao concluir o estudo desta Unidade, você seria capaz de identificar e explicar três diferenças entre o Estado liberal e o Estado neoliberal e entre o Estado de bem-estar social e o Estado desenvolvimentista? Estado liberal – > – o mercado (sociedade) seria uma instituição regulatória (sustentável), em contra partida não haveria necessidade de intervenção do Estado liberal (mínimo); > – ao Estado liberal (mínimo) cabe garantir a ordem, a legalidade e concentrar seu papel executivo naqueles serviços...

    1120  Palavras | 5  Páginas

  • Estado liberal, estado neoliberal, estado de bem estar-social e estado desenvolvimentista

    ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO EM SAÚDE PÓLO DE BEBERIBE DISCIPLINA: ESTADO, GOVERNO E MERCADO TUTOR: BRUNO POLICARPO ESTADO LIBERAL, ESTADO NEOLIBERAL, ESTADO DE BEM ESTAR-SOCIAL E ESTADO DESENVOLVIMENTISTA LIA RICARTE DE MENEZES FORTALEZA, 2012 INTRODUÇÃO Duas correntes dominaram o pensamento econômico no século XX e ainda provocam grandes debates: a escola desenvolvimentista e o pensamento liberal. A escola desenvolvimentista tem como fundador e maior teórico o economista inglês John M...

    2955  Palavras | 12  Páginas

  • 1) Identifique e explique três diferenças entre Estado Liberal e o Estado Neoliberal e entre o Estado de Bem Estar Social e o Estado Desenvolvimentista.

    DISCIPLINA: Estado, Governo e Mercado Aluno: Módulo 2: Atividade 1 e 2 1) Identifique e explique três diferenças entre Estado Liberal e o Estado Neoliberal e entre o Estado de Bem Estar Social e o Estado Desenvolvimentista. No Estado Liberal os indivíduos são livres e independentes, mas todos submetidos à lei, e o Estado interviria apenas naquilo que fosse estritamente necessário para garantir a liberdade e igualdade dos cidadãos, ficando todas as demais dimensões da vida social e cabo da...

    838  Palavras | 4  Páginas

  • Liberal e Neoliberal

    QUADRO DAS DIFERENÇAS ENTRE O ESTADO LIBERAL, ESTADO NEOLIBERAL, ESTADO DE BEM-ESTAR SOCIAL E ESTADO DESENVOLVIMENTISTA: Estado liberal -Não tem a intervenção do Estado na economia e contra o poder ilimitado do governo. Garantia de liberdade e independência dos indivíduos, mas todos eram submetidos à lei. Participação do cidadão nas decisões públicas através de representantes. A Constituição como garantia dos direitos individuais, onde todos são iguais perante e lei. O indivíduo...

    558  Palavras | 3  Páginas

  • Brasil: estado oligárquico, estado desenvolvimentista e estado neoliberal

    BRASIL: ESTADO OLIGÁRQUICO, ESTADO DESENVOLVIMENTISTA E ESTADO NEOLIBERAL A República no Brasil coincide com a democratização dos Estados liberais. Entretanto as características do Estado Brasileiro neste período foram mais que um simulacro dos regimes liberais-democráticos da Europa. Por isto, este período foi classificado como República Oligárquica. Na Primeira República brasileira a maior parte dos presidentes eram de São Paulo (produtores de café) ou de Minas Gerais (produtores de leite)...

    1414  Palavras | 6  Páginas

  • Estado, Governo e Mercado

    existência e sucesso do mundo capitalista. Outra grande contribuição de Joseph Shumpeter foi explicar a coexistência entre democracia e economia de mercado nas modernas sociedades capitalistas, tida como impossível pela teoria liberal clássica, mas que foi superada por pensamentos liberais mais modernos. 42. Explique o termo “poliarquia”, utilizado por Robert Dahl, para explicar como ocorre a democracia na realidade. Robert Dahl utilizou o termo “poliarquia” para substituir o termo “democracia” explicando...

    2497  Palavras | 10  Páginas

  • Estado, Governo e Mercado

    Elvira Souza Barbosa Rodrigues Disciplina: Estado, Governo e Mercado Tutor: Welington Paulino de Castro Cite e explique as principais diferenças entre o Estado liberal e o Estado neoliberal e entre o Estado de bem-estar social e o Estado desenvolvimentista. Estado liberal e Estado neoliberal O Estado liberal também é chamado de Estado mínimo. Nele todos os indivíduos são livres e independentes, mas todos igualmente submetidos à lei. Além disso, Estado mínimo, como o próprio nome já diz, é aquele...

    1850  Palavras | 8  Páginas

  • Estado LIberal

    PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE ORGANIZAÇÃO PÚBLICA EM SAÚDE Estado, Governo e Mercado Tarefa 02 Autoria: Suélen Detoni Setembro/2014. 1. Descreva de forma sintética: a) Estado Liberal: indivíduos são livres e independentes, não submetidos ao poder de nenhuma outra pessoa, mas submetidos igualmente à lei. Neste Estado cabia ao poder público a manutenção da lei e da ordem, por exemplo, o Estado garantiria a defesa do país através das forças armadas, um corpo de diplomatas...

    650  Palavras | 3  Páginas

  • “As relações entre Estado, governo e mercado no século XX”

     “As relações entre Estado, governo e mercado no século XX”  1) Quais ações marcaram a construção do estado desenvolvimentista no Brasil?  2) Quais os fatores que fizeram com que o estado desenvolvimentista entrasse em crise no Brasil? 3) Quais as diferenças entre Estado Liberal e Neoliberal? 4) Qual a relação entre Neoliberalismo e globalização? 1) Com a queda do Estado Oligárquico algumas questões são colocadas para a reestruturação da economia: a forma de desenvolvimento econômico...

    591  Palavras | 3  Páginas

  • Estado, governo e mercado ao longo do séc. xx

    [pic] Módulo 3 – ESTADO, GOVERNO E MERCADO EM PERSPECTIVA: AS TRANSFORMAÇÕES DE FIM DESÉCULO XX E INÍCIO DE SÉCULO XXI. Trabalho Final Caro(a) aluno(a), Para elaborar e postar seu trabalho final da disciplina Estado, Governo e Mercado, você deve, além das leituras indicadas, pesquisar e refletir sobre a questão proposta, analisar os aspectos relevantes dos conteúdos estudados e então elaborar um texto (máximo de 4 páginas) em resposta a segunda questão da página 110 do Livro Estado, Governo e Mercado...

    1846  Palavras | 8  Páginas

  • Mercado estado e governo

    tratado na disciplina e discutido nos fóruns, descreva a relação entre Estado, Governo e Mercado no Brasil ao longo do século XX, identificando as principais características do Estado oligárquico, do Estado desenvolvimentista e do Estado Neoliberal relacionando-as com as mudanças produzidas nas duas matrizes teóricas que explicam as relações entre Estado, Governo e Mercado no mundo capitalista. No Brasil o poder do Estado (grafado com inicial maiúscula) e suas funções executiva, legislativa...

    1211  Palavras | 5  Páginas

  • Estado, Governo e Mercado

    Estado, Governo e Mercado No Estado Liberal a sociedade buscava igualdade e lutava pela garantia de seus direitos naturais de liberdade, igualdade e propriedade e faziam críticas a excessiva intervenção do Estado na sociedade. Os liberais lutavam pelo livre comércio e criticavam a Lei dos Pobres, pois para eles não era apenas uma maneira de ajudar os necessitados, mas um agravante da pobreza vivida pelos menos apossados e uma artimanha para a maior dependência do Estado. Também se acreditava que...

    2430  Palavras | 10  Páginas

  • Diferenças entre o Estado liberal e o Estado neoliberal e o Estado de bem-estar social e o Estado desenvolvimentista

    Diferenças: Estado liberal 1. Defendia a idéia de que o Mercado era autorregulável, não necessitando da intervenção do Estado nas relações econômicas para que elas funcionassem bem, onde teríamos a presença de mais Mercado e menos Estado; 2. Ao Estado cabia defender a propriedade privada, assegurando o direito e o usufruto da mesma; 3. Ao Estado era proibida a assistência pública sob qualquer forma, com exceção de workhouses, contudo, as condições que ofereciam obrigavam as pessoas a trabalharem...

    755  Palavras | 4  Páginas

  • Estado, governo e mercado

    GP - Estado, Governo e Mercado Trabalho final - Elaborar texto Rafael Campos de Oliveira Como forma de introduzirmos as relações entre Estado, governo e mercado no Brasil ao longo do século XX é interessante que tenhamos alguns conceitos em mentes. Quando tratamos de Estado, estamos tratando da organização que exerce de forma legítima o poder supremo sobre o conjunto de indivíduos que ocupam um determinado território. E quando falamos de exercício do poder, estamos nos referindo à capacidade...

    1670  Palavras | 7  Páginas

  • Estado de bem estar social, neoliberal, oligárquico, desenvolvimentista e neoliberal

    características do Estado de bem-estar social. 2) Apresente as principais características do Estado neoliberal. 3) Apresente as principais características do Estado oligárquico, desenvolvimentista e neoliberal no Brasil. O ESTADO DE BEM-ESTAR SOCIAL Forma de Estado que sucede o Estado liberal, e usaria a força estatal por meio da implementação de políticas públicas, visando intervir nas leis de mercado e assegurar para os seus cidadãos um patamar mínimo de igualdade social e um padrão...

    552  Palavras | 3  Páginas

  • Estado, governo e mercado

    se desenvolveram de formas diversas, e salientou a importância de algumas características específicas do protestantismo ascético, que levou ao nascimento do capitalismo, a burocracia e do estado racional e legal nos países ocidentais. Em outro trabalho importante, A política como vocação, Weber definiu o Estado como "uma entidade que reivindica o monopólio do uso legítimo da força física", uma definição que se tornou central no estudo da moderna ciência política no Ocidente. Em suas contribuições...

    3407  Palavras | 14  Páginas

  • Resenha " as relações entre estado, governo, mercado"

    CEAD/UAB/IFES CLARINDA MORGAN ESTADO, GOVERNO E MERCADO Venda Nova do Imigrante/ES 2011 CENTRO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - CEAD/UAB/IFES CURSO: PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPALGPM DATA: 06 DE JUNHO DE 2011 ESTADO, GOVERNO E MERCADO Resenha apresentada à recuperação da disciplina Estado, Governo e Mercado como requisito parcial da avaliação continuada Venda Nova do Imigrante 2011 As relações entre Estado, Governo e Mercado. COELHO, Ricardo Corrêa. Estado, Governo e Mercado....

    1308  Palavras | 6  Páginas

  • Estado governo e mercado

    Barão de Montesquieu, Jean-Jacques Rousseau, Adam Smith. Maximillian Carl Emil Weber: A sociologia tem sua origem neste sociólogo bem como estudos e pesquisas sobre religiosidade de cultura, acreditava que era necessário uma interdependência entre a religião, economia e a sociedade, pois só assim o núcleo social poderia ser analisado , segundo ele o estado é supremo uma vez que tem a legitimidade para fazer cumprir ordens , enquanto outras organizações como o tráfico por exemplo disputam territórios...

    2781  Palavras | 12  Páginas

  • Estado

    os conteúdos tratados nas duas Unidades desta disciplina, descreva as relações entre Estado, governo e mercado no Brasil ao longo do século XX, identificando as características principais do Estado oligárquico, Estado desenvolvimentista e Estado neoliberal relacionando-as com as mudanças produzidas nas duas matrizes teóricas que explicam as relações entre Estado e sociedade no mundo capitalista. Estado,  organização que exerce o poder supremo sobre o conjunto de indivíduos que ocupam um...

    2245  Palavras | 9  Páginas

  • FOME ZERO. UMA POLITICA DE BEM ESTAR SOCIAL.

    7 1. INTRODUÇÃO As primeiras idéias que surgiram em favor do Estado de Bem-Estar-Social retomam ao século XIX, com o Estado defendendo o direito a assistência social aos trabalhadores, direito esse que mais adiante seriam irmanados com os direitos ao nascimento, a educação, saúde, garantia mínima de renda, dentre outros. O Estado de Bem Estar Social ou Welfare State começa a formar suas afeições após a Grande Depressão quando trabalhadores reivindicam melhores condições de vida. É...

    3899  Palavras | 16  Páginas

  • Relações entre estado governo e mercado no seculo xx

    entre Estado, Governo e Mercado durante o Século XX Ao longo dos séculos diversas mudanças transformaram o cotidiano e a visão da população para com o estado. As vitórias e derrotas foram evidentes ao longo dos anos o que se fez a necessidade de criar várias nomenclaturas por diferentes moldes de estado, como o estado liberal, o neoliberal, o desenvolvimentista, o do bem-estar. Estes modelos desempenharam papéis importantes na definição de Estado e relações entre ele. O Estado liberal espera...

    981  Palavras | 4  Páginas

  • Neoliberalismo, pós-neoliberalismoe desenvolvimentista

    País.10 anos de governos pós-neoliberais no Brasil,.as tensões em meio às quais se desenvolveu a política econômica do governo, da primeira à segunda – e atual – fase. Nos governos Lula e Dilma –, seus enfoques setoriais obrigatoriamente desiguais, seus sucessos e obstáculos até hoje ainda não superados. O estudo do governo lula e Dilma a prática política e a reflexão são necessária para a superação definitiva do neoliberalismo no Brasil. A rubrica “pós-neoliberal” visa dar conta da totalidade...

    2720  Palavras | 11  Páginas

  • Trabalho de politicas sociais

    FUNDAMENTOS DA POLÍTICA SOCIAL [pic] PROFESSORA: ELOISA CASTRO BERRO ALUNAS: ANDREÍZA AP. AGUIAR ALVARENGA - RA: 225921 MARIA VANDA VIEIRA DE ABREU - RA: 193353 MARÌLIA PORFÌRIA MIGUEL – RA: 222060 RAFAELA PEREIRA PLACEDINO - RA: 200584 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. O NEOLIBERALISMO, A CONSTITUIÇÃO DE 1988 E ATUAÇÕES DE PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL 4 2.1 ESTADO E POLÍTICAS (PÚBLICAS) SOCIAIS 6 2.2 A CONSTITUIÇÃO...

    4202  Palavras | 17  Páginas

  • Mudanças no estado brasileiro

    METAMORFOSES DO ESTADO BRASILEIRO NO FINAL DO SÉCULO XX* Brasilio Sallum Jr. O objetivo deste artigo é analisar algumas das mudanças políticas mais importantes ocorridas no Estado brasileiro nas últimas duas décadas do século XX. Para isso focalizarei dois processos que alteraram tanto o Estado como suas relações com a ordem social e a ordem econômica: a democratização política e a liberalização econômica. Esses dois processos foram dimensões-chave da transição política que transformou a forma autocrática...

    12515  Palavras | 51  Páginas

  • Gudynas, Eduardo. Estado compensador e novos extrativismos: as ambivalencias do extrativismo sulamericano. Nueva Sociedad, n.237, p.128-146.

    *Gudynas, Eduardo. Estado compensador e novos extrativismos: as ambivalencias do extrativismo sulamericano. Nueva Sociedad, n.237, p.128-146. Obs: Formas de Estado relação entre economia: ( liberal, regulador, intervencionista, desenvolvimentista). Formas de regime (ditadura, democracia liberal, corporativismo) Em seu texto Gudynas discute as potencialidades e limites do que ele chama de “Novos Estados compensadores”, analisa a diferença entre os velhos e novos extrativismos e os crescentes...

    1190  Palavras | 5  Páginas

  • ESTADO DO BEM-ESTAR SOCIAL E O NEOLIBERALISMO NO CONTEXTO SÓCIOECONÔMICO DO PERÍODO PÓS SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

    ESTADO DO BEM-ESTAR SOCIAL E O NEOLIBERALISMO NO CONTEXTO SÓCIOECONÔMICO DO PERÍODO PÓS SEGUNDA GUERRA MUNDIAL CURITIBA, 31 DE AGOSTO DE 2014. 1.1 Introdução Este artigo tem como objetivo propor uma análise a cerca do contexto socioeconômico do período Pós Segunda Guerra Mundial, ou seja, deixar claro que duas correntes dominaram o pensamento econômico no século XX: o modelo liberal, um tipo de pensamento que tem como ponto principal a não participação do estado na economia...

    874  Palavras | 4  Páginas

  • Ajute Neoliberal

     UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO EDU. 144 Os custos do ajuste neoliberal na América Latina – Laura Tavares Soares Docente: José Henrique Discente: Yasmin Lana, 78715 Madelaine Campos, 78704 Ana Beatriz Silva, 83232 Beatriz Alves, 78743 I - O que é o ajuste neoliberal? 1. O que a autora chama de “terceira revolução industrial”? R: A Terceira Revolução Industrial é, segunda a autora, uma resposta a grande crise da década de 80 que afetava, principalmente...

    1482  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo - DEMOCRACIA, ESTADO SOCIAL E REFORMA GERENCIAL

    DEMOCRACIA, ESTADO SOCIAL E REFORMA GERENCIAL Luiz Carlos Bresser-Pereira Professor Emérito da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas – São Paulo – SP, Brasil Resumo Democracia, Estado Social e Reforma Gerencial são instituições dialeticamente inter-relacionadas. Após a Segunda Guerra Mundial, a democracia permitiu que os trabalhadores e as classes médias aumentassem suas demandas por serviços sociais, transformando o Estado Democrático Liberais em Estado Democrático...

    1428  Palavras | 6  Páginas

  • Tarefa Alyne Carvalho Vieira O Assistente Social Nas Pol Ticas P Blicas

    Alyne Carvalho Vieira Disciplina: O ASSISTENTE SOCIAL NAS POLÍTICAS PÚBLICAS. EAD – Educação a Distância Parceria Universidade Católica Dom Bosco e Portal Educação Pós-graduação em Gestão em Serviço Social - especialização lato sensu - 2014L ATIVIDADE AVALIATIVA 04/2015 1.2 TAREFA Prezado(a)! Chegamos ao final desta disciplina. É o momento de refletirmos sobre o que aprendemos. Para tanto, propomos uma reflexão sobre o texto de Sandra Lourenço “Estado e políticas públicas: uma análise sobre o processo...

    833  Palavras | 4  Páginas

  • Estado Governo e mercado

    Descreva as relações entre Estado, Governo e Mercado no Brasil ao longo do século XX. Para tanto, identifique as principais características do Estado Oligárquico, Estado Desenvolvimentista e Estado Neoliberal, relacionando-as com as duas matrizes teóricas que explicam as relações entre Estado e Sociedade no mundo capitalista. Estado, organização que exerce o poder supremo sobre o conjunto de indivíduos que ocupam um determinado território. Em um regime democrático, em que os governantes são...

    1530  Palavras | 7  Páginas

  • Estado, Governo e Mercado

    Estado, Governo e Mercado EXERCÍCIO 2 – As mudanças nas sociedades capitalistas no final do século XIX e as relações entre Estado, governo e mercado no século XX O gestor público precisa estar bem informado sobre como as relações entre Estado, governo e mercado estabeleceram-se e modificaram-se ao longo do tempo. Sem esse conhecimento acumulado fica difícil compreender porque o setor público brasileiro é como é, entender os processos de mudança que afetam as relações entre Estado, governo...

    2569  Palavras | 11  Páginas

  • Relação entre Estado,Governo e Mercado no Brasil ao longo do século XX

    entre Estado, Governo e Mercado no Brasil ao longo do século XX O Brasil passou por várias fazes econômica influenciada pelo sistema liberal, porém com características que em determinados momentos, de acordo com os governos instalados, pareciam contrariar esta vertente. Dois fatores contribuíram especialmente para isso: a escravidão e ausência da representatividade popular. Tais como no momento da saída do império para a República, o avanço nos países Europeus para o capitalismo liberal já estava...

    1034  Palavras | 5  Páginas

  • Neoliberalismo e as políticas sociais da constituição de 1988

    NORTE DO PARÁ - UNOPAR CURSO DE SERVIÇO SOCIAL NEOLIBERALISMO E AS POLÍTICAS SOCIAIS DA CONSTITUIÇÃO DE 1988 WALKIRIA HOLANDA PINHEIRO COSTA ALMONDES PICOS-PI 2013 WALKIRIA HOLANDA PINHEIRO COSTA ALMONDES NEOLIBERALISMO E AS POLÍTICAS SOCIAIS DA CONSTITUIÇÃO DE 1988 PICOS-PI 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...........................................................................................................3 NEOLIBERALISMO E AS POLITICAS SOCIAIS DE 1988...............................

    2139  Palavras | 9  Páginas

  • ATPS ESTADO E PODER LOCAL

     TECNOLOGIA EM GESTÃO PUBLICA - ATPS DE ESTADO E PODER LOCAL - Profª. Mª. Vivian Menezes Tutor Presencial: Verônica M. Cartoce. Disciplina: Estado e Poder Legal 3º semestre - Noturno Taboão da Serra 2014 ANHANGUERA EDUCACIONAL FACULDADES DE TABOÃO DA SERRA TECNOLOGIA EM GESTÃO PUBLICA - ESTADO E PODER LOCAL - SILVIA FRANCISCA DE CARVALHO 8139748698 MARCIAL P. DO NASCIMENTO 7371574013 VALDIR COLHADO ZANOLLI 7705679606 MARIA HELENA S. DAMASCENO ...

    6005  Palavras | 25  Páginas

  • Estado Republicano

    RESUMO O Estado social-democrata nas democracias avançadas está gradativamente se transformando em Estado republicano. A onda neoliberal fracassou porque as sociedades modernas precisam de um Estado forte, e não fraco. Um Estado é republicano quando é suficientemente forte para proteger o patrimônio público da captura privada. O Estado republicano que está surgindo é forte sob o aspecto fiscal porque limita sua dívida, é forte administrativamente porque está engajado na reforma da gestão pública...

    7711  Palavras | 31  Páginas

  • Modelo neoliberal e políticas educacionais

    MODELO NEOLIBERAL E POLÍTICAS EDUCACIONAIS Faculdades Santa Cruz Curitiba 2011 INTRODUÇÃO Para o autor o Neoliberalismo é usado como modelo social, tratando da educação como um comércio. O livro mostra a busca das raízes do liberalismo e as condições gerais em que o modelo neoliberal conquista sua superioridade. E também as categorias que constituem a estrutura do modelo social. 1. O RESSURGIMENTO NEOLIBERAL As três últimas décadas do século xx são consideradas como o ressurgimento...

    2101  Palavras | 9  Páginas

  • politicas sociais

    relação as políticas sociais, como o aprimoramento destas políticas foi de extrema importância para a população brasileira, principalmente para os das classes menos favorecidas, considerados, ‘pobres’. Recomendo sua leitura por se tratar de um vocabulário de simples entendimento e de complexa quantidade de informações que podem aumentar significadamente o que já sabemos sobre o tema proposto. 2 DESENVOLVIMENTO – produção textual A existência de políticas sociais pode ser considerada...

    3765  Palavras | 16  Páginas

  • Estado, governo e mercado: uma relação necessária?

    ESTADO, GOVERNO E MERCADO: uma relação necessária? Maria Dorotéia Freire Silva INTRODUÇÃO Discutir a necessidade da existência de relações entre instituições como Estado, governo e mercado, nos leva imprescindivelmente para o âmbito da política, da economia e do bem-estar social, esferas que constituem uma sociedade que evolui e transforma-se constantemente de forma dinâmica, principalmente na contemporaneidade em que é considerada sociedade da comunicação e da informação em função do avanço das...

    1941  Palavras | 8  Páginas

  • Politicas Sociais

    consulte a secretaria: interfacehs@interfacehs.com.br POLÍTICAS SOCIAIS E POLÍTICAS DE BEM-ESTAR:ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Marinilzes Moradillo Mello PhD em Educação pela Unicamp; diretora do Departamento de Planejamento e Informática da Educação da Secretaria Municipal de Educação de Guarulhos; marinilzes@gmail.com RESUMO O artigo discute o conceito de políticas públicas, procurando enfatizar a centralidade das políticas sociais para o desenvolvimento e a expansão da cidadania. Para isso, retoma...

    8099  Palavras | 33  Páginas

  • O Sistema Único de Saúde (SUS), á luz das visões liberal e keynesiana.

    PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS ECONOMIA DO SETOR PUBLICO. Prof. Luciano Braga de Morais Elvis Aguilar dos Santos O Sistema Único de Saúde (SUS), á luz das visões liberal e keynesiana. CANOAS, 2012 Sistema Único de Saúde(SUS). A expressão ‘Sistema Único de Saúde’ (SUS) alude em termos conceituais ao formato e aos processos jurídico-institucionais e administrativos compatíveis com a universalização do direito...

    2754  Palavras | 12  Páginas

  • Desenvolvimento de políticas sociais no brasil

    DESENVOLVIMENTO E POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL CONSIDERAÇÕES SOBRE AS TENDÊNCIAS DE UNIVERSALIZAÇÃO E DE FOCALIZAÇÃO Maria Raquel Lino de Freitas RESUMO O trabalho discute os principais traços e tendências das políticas sociais brasileiras observando suas transformações no cenário de desenvolvimento econômico e político do país, bem como as suas implicações no processo de acumulação e de hegemonia. Identifica-se neste cenário uma tendência à sobreposição do caráter focalizante ou...

    3906  Palavras | 16  Páginas

  • Tipos de Estado que já ocorreram no Brasil

    1- Durante o período imperial havia o estado absoluto já que Dom Pedro ficava acima dos três poderes; Executivo, Legislativo e Judiciário. E ele podia chamar as forças armadas quando achasse necessário para manter a segurança, característica do estado absoluta já que Dom Pedro estava acima e mandava nos três poderes, entretanto por ter uma constituição e os três poderes o país fingia ser liberal . A chamada “ República velha” (1889-1930) era um Estado Oligárquico semelhante ao ditatorial que...

    554  Palavras | 3  Páginas

  • Serviço social

    BRASILEIRA DE PROTEÇÃO SOCIAL DIMENCIONADA EM PERÍODOS HISTÓRICOS “No Brasil ,as políticas sociais tiveram a sua trajetória em grande parte influenciada pelas mudanças econômicas e políticas ocorridas no plano internacional e pelos impactos reorganizadores dessas mudanças na ordem política interna (Lavinas e Varsano,1997).”Pag 125 “... políticas sociais dos países capitalistas avançados,que nasceram livres da dependência econômica e do domínio colonialistas,o sistema de bem-estar brasileiro sempre...

    3900  Palavras | 16  Páginas

  • A crise neoliberal

    A crise financeira domina o processo de reprodução econômica global desde 2007. A identificação de suas origens e de seu caráter social, político e econômico tem enorme importância teórica e prática: por um lado, o estudo da instabilidade sistêmica permite identificar os principais aspectos da reprodução do sistema de acumulação dominante na atualidade (ou seja, a etapa atual do capitalismo), o neoliberalismo (2). Por outro, a crise ilumina as vulnerabilidades desse sistema de acumulação e permite...

    4008  Palavras | 17  Páginas

  • Políticas sociais

    origem das políticas sociais de forma geral, origem esta que se dá no modo capitalista de produção que gera a divisão desigual de bens e lucros, ou seja, a contradição entre Capital/Trabalho. Reflete- se a construção das políticas sócias no Brasil desde seu início na década de 30 até a contemporaneidade, políticas essas que durante sua trajetória obtiveram avanços bastante significativos, mas que ainda precisam galgar muitos degraus para alcançar o fim desejado. O Serviço Social está a posto na sociedade...

    6587  Palavras | 27  Páginas

  • Serviço social e as políticas sociais no brasil

    CONECTADO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL LIDUINA MARIA CARVALHO LINS AMORIM SERVIÇO SOCIAL E AS POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL Trabalho cadastrado com sucesso! Anote seu número de protocolo: 97051920 Tauá- Ce 2012 LIDUINA MARIA CARVALHO LINS AMORIM SERVIÇO SOCIAL E AS POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Social da UNOPAR - Universidade...

    2822  Palavras | 12  Páginas

  • Democracia Estado Social E Reforma Gerencial Bresser Pereira

    democracia, Estado social e reforma gerencial democracia, Estado social e reforma gerencial Luiz Carlos Bresser-Pereira Professor Emérito da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getulio Vargas – São Paulo – SP, Brasil Democracia, Estado Social e Reforma Gerencial são instituições dialeticamente inter-relacionadas. Após a Segunda Guerra Mundial, a democracia permitiu que os trabalhadores e as classes médias aumentassem suas demandas por serviços sociais, transformando o Estado Democrático...

    3880  Palavras | 16  Páginas

  • O estado de bem estar social, o estado neoliberal e a globalização no século XXI.

    UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL DISCIPLINA: ESTADO, GOVERNO E MERCADO PROFESSORA: MARIA DE FÁTIMA HANAQUE CAMPOS Relações entre Estado, Governo e Mercado durante o Século XX Suas Formas, Origens e Características Jocélio Hércules Corneau Ibotirama/ BA Apresentação  A relação Estado e sociedade é uma relação histórica e dinâmica que vem sendo construída com a história da própria humanidade. É o resultado dos conflitos de interesse...

    1760  Palavras | 8  Páginas

  • Bresser-pereira - os três ciclos da sociedade e do estado

    OS TRÊS CICLOS DA SOCIEDADE E DO ESTADO Luiz Carlos BRESSER-PEREIRA1  RESUMO: A história do Brasil independente pode ser dividida em três ciclos políticos, e, desde 1930, em cinco pactos políticos ou coalizão de classes. Os três primeiros pactos são desenvolvimentistas. Apenas nos anos 1990 as elites brasileiras se renderam à hegemonia neoliberal. Entretanto, desde meados dos anos 2000 o Brasil está recuperando a ideia de nação. O principal argumento desse trabalho é que as elites brasileiras...

    15171  Palavras | 61  Páginas

  • desiqualdade social

     serviço social BRUNO PRODUÇÃO TEXTUAL Palmeira dos índios 2012 Bruno PRODUÇÃO TEXTUAL Trabalho apresentado ao Curso de serviço social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina:Produção textual Individual Orientador:Prof.: Maria Angela Santini, Paulo Aragão, Giane Al.,e Sergio de Goes Barboza. Palmeira dos Índios 2012 Sumário Introdução..............

    2489  Palavras | 10  Páginas

  • O PAPEL DA CONTRA REFORMA NA EXPANSÃO DO TERCEIRO SETOR E O PROJETO ÉTICO-POLÍTICO DO SERVIÇO SOCIAL

     INTRODUÇÃO As relações estabelecidas entre o Estado e a sociedade civil, no Brasil, foram se reformulando ao longo do tempo, especialmente nos anos 70 e 80, sendo marcadas por crises econômicas e fiscais, acarretando implicações para as políticas públicas. Nesse contexto, o processo de reforma do Estado, o ajuste fiscal, a redução dos gastos sociais e da intervenção social, estimularam as ações do chamado “terceiro setor”, que passa a representar um espaço institucional, apresentando gradativa...

    10611  Palavras | 43  Páginas

  • A FALENCIA DO ESTADO DE BEM ESTAR SOCIAL E A INSTITUICAO Copiar

    1 A FALÊNCIA DO ESTADO DE BEM-ESTAR SOCIAL E A INSTITUIÇÃO DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS: UMA ANÁLISE DA LEI Nº 11.079/2004 Átila Bernardo Superbia Aluno do 2º ano do Curso de Direito da Unesp (Franca-SP) Sumário: 1- Introdução. 2- O Estado, o Direito e a economia 2.1- A crise de 1929 e o New Deal 2.2 - John Maynard Keynes e o Estado de Bem-estar Social 2.3- O Estado de Bem-estar Social após a Segunda Guerra Mundial 2.4- A década de 1970: as crises e o abandono das práticas keynesianas 2.4.1-...

    4492  Palavras | 18  Páginas

  • O Estado e o Processo de Intervenção na Economia

     O Estado e o Processo de Intervenção na Economia     RESUMO Este artigo objetiva tratar sobre o processo de intervenção na Economia pelo Estado, questões referentes ao contexto político, econômico e social brasileiro. A gestão pública no cenário atual e o Estado regulador. Propõe-se a analisar a importância e objetivos da “intervenção”’ no Brasil. Historicamente, o modelo de Estado adotado pelo Brasil, pós-regime militar, remete-se para um modelo que se situa entre intervencionista e liberal...

    3524  Palavras | 15  Páginas

  • PROTEÇÃO SOCIAL

    SISTEMA DE PROTEÇÃO SOCIAL BRASILEIRO: MODELO, DILEMAS E DESAFIOS Maria Carmelita Yazbek1 Estas reflexões colocam em questão alguns dos dilemas, desafios e perspectivas que se apresentam para as políticas de Proteção Social brasileiras, neste início de século XXI, com ênfase nas ações voltadas ao enfrentamento da desigualdade social e da pobreza, nos atuais cenários e tendências de transformações societárias que caracterizam o capitalismo contemporâneo, especialmente em sua periferia. ...

    10978  Palavras | 44  Páginas

  • A Agenda de Reforma do Estado e seus reflexos no Espírito Santo

    do Estado e seus reflexos no Espírito Santo Marta Zorzal e Silva1 O tema da crise e da reforma do Estado assumiu a centralidade do debate na agenda política, na maioria dos países do mundo, nas últimas décadas do século findo. Os numerosos processos de mudança, ocorridos na ordem capitalista mundial, os quais têm sido apreendidos pela simultaneidade dos processos de globalização e de formação de blocos regionais, trouxeram pesadas conseqüências para a organização e o equilíbrio dos Estados nacionais...

    3322  Palavras | 14  Páginas

  • estado

    DO ESTADO PATRIMONIAL AO GERENCIAL Luiz Carlos Bresser-Pereira In Pinheiro, Wilheim e Sachs (orgs.), Brasil: Um Século de Transformações. S.Paulo: Cia. das Letras, 2001: 222-259. Abstract. An overview of the rise of the state and of public administration in Brazil since late nineteenth century. The Brazilian state was oligarchical and patrimonial; today it is modern, although clientelism and authoritarianism are still present. In the 1930s it realized its bureaucratic reform, and in the...

    13362  Palavras | 54  Páginas

  • A economia nacional relacionada com os principais conceitos de estado para marx, lênin e gramsci

    A Economia Nacional relacionada com os principais conceitos de Estado para Marx, Lênin e Gramsci Novembro de 2011 A Economia Nacional relacionada com os principais conceitos de Estado para Marx, Lênin e Gramsci Projeto de pesquisa para avaliação da disciplina de Ciência Política do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Santa Catarina. Área de Concentração: Questão Social aplicada às definições de Estado baseadas nas obras dos principais autores Marx, Lênin e Gramsci. ...

    1878  Palavras | 8  Páginas

  • Direito a direito constitucional: previdência social e assistência social

    leis constitucionais que são requisitos necessários na comprovação dos direitos estabelecidos a favor da população.  Já o segundo capítulo, aborda o histórico da previdência social, suas constantes modificações durante o período de composição e as intermináveis reformas e a causa das dificuldades enfrentadas pela Assistência Social, sobre o atendimento aos necessitados que não contribuíram com a Previdência e alcançam a velhice em situação vulnerável de sobrevivência. Enfim, o terceiro capítulo enfoca...

    11397  Palavras | 46  Páginas

  • Exclusão social e trabalho na sociedade brasileira

    ® BuscaLegis.ccj.ufsc.br Exclusão social e trabalho na Sociedade Brasileira Leonardo Biscaia de Lacerda* e Gustavo Biscaia de Lacerda** Como se dá a exclusão social a partir do trabalho? Ou melhor, como a saída do mercado de trabalho ou a impossibilidade de nele ingressar criam a exclusão social, entendida como contínua precarização das relações de trabalho e permanente informalidade? Tratar desses temas é o objetivo deste artigo, cujo trajeto é o seguinte: inicialmente fazemos uma revisão...

    3088  Palavras | 13  Páginas

  • A POLÍTICA E O SERVISO SOCIAL NO BRASIL.

    1 INTRODUÇÃO É um requisito e, ao mesmo tempo, um desafio examinar as condições sócias econômicas da última década, a nível nacional e mundial, especialmente por se tratar de um período que conduziu mudanças categóricas na área social, econômica, política e cultural. Consequentemente, entender tais transformações significa compreender a crise capitalista, suas manifestações e mudanças, não apenas no âmbito da economia e da política, mas também, a sua repercussão no campo da competência...

    2585  Palavras | 11  Páginas

tracking img