Dietas Industrializadas Nutrição Enteral artigos e trabalhos de pesquisa

  • Dietas Industrializadas - Nutrição Enteral

     Capítulo 1 - Consideração Sobre Nutrição Enteral ..................... 5 * O que é nutrição Enteral ........................................................................ 6 * Tipos de Nutrição Enteral...................................................................... 7 Capítulo 2 – Higiene Pessoal e Ambiental ................................. 9 * É importante Saber ...............................................

    2454  Palavras | 10  Páginas

  • Dieta enteral

    Introdução Neste trabalho falaremos sobre o que é dieta enteral e a que pacientes ela é indicada e também sobre os tipos de alimentação existentes e suas vantagens e desvantagens, Falaremos também como fazer a alimentação da dieta enteral por sonda e principalmente sobre a higiene da mesma e algumas dicas de manutenção tais como observar sua posição e em caso de problemas com proceder em relação a sua sonda. Desenvolvimento A dieta enteral é segundo o Ministério da Saúde do Brasil, designa...

    2131  Palavras | 9  Páginas

  • Nutrição Enteral : Conceitos

    Nutrição enteral: conceitos A terapia nutricional enteral é um conjunto de procedimentos terapêuticos empregados para a manutenção ou recuperação do estado nutricional por meio de nutrição enteral (Waitsberg, 2000). De acordo com a Resolução RDC n° 63, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, de 6/7/2000, nutrição enteral (NE) defini-se como: “alimento para fins especiais, com ingestão controlada de nutrientes, na forma isolada ou combinada, de composição definida...

    1306  Palavras | 6  Páginas

  • NUTRIÇAO ENTERAL

    Conceitos Nutrição Enteral e Parenteral Terapia de Nutrição Enteral (TNE) é um conjunto de procedimentos terapêuticos empregados para a manutenção ou recuperação do estado nutricional por meio de Nutrição Enteral. Indicações da Terapia de Nutrição Enteral Conceitos Nutrição Enteral: RCD n. 63, de 6/7/2000 (ANVISA) Alimentos para fins especiais, com ingestão controlada de nutrientes, na forma isolada ou combinada, especialmente elaborada para uso por sonda ou...

    1733  Palavras | 7  Páginas

  • ]]Nutrição

    FÍSICO-QUÍMICA DE DIETAS ENTERAIS ARTESANAIS, INDICADAS PARA PACIENTES COM AVC (ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL) E HAS (HIPERTENSÃO ARTERIAL). Emilly de Oliveira da Silva Graduanda em Nutrição, Escola de Saúde, Centro Universitário do Norte, Av. Joaquim Nabuco, 15, Centro, Manaus-AM, Brasil. Ingryd Peltier Justino Araújo Graduanda em Nutrição, Escola de Saúde, Centro Universitário do Norte, Av. Joaquim Nabuco, 15, Centro, Manaus-AM, Brasil. Saana Oliveira dos Santos Graduanda em Nutrição, Escola...

    2014  Palavras | 9  Páginas

  • Nutrição Enteral

    Sumário NUTRIÇÃO ENTERAL 4 Conceito 4 INDICAÇÕES DA NUTRIÇÃO ENTERAL 6 CONTRA-INDICAÇÃO DA NUTRIÇÃO ENTERAL 6 MÉTODOS DE ADMINISTRAÇÃO 6 TIPOS DE ADMINISTRAÇÃO 7 Administração Contínua 8 Procedimento 8 PREPARAÇÃO DO PACIENTE 9 Orientação para uma administração correta da dieta enteral 9 CUIDADOS DE ENFERMAGEM NA NUTRIÇÃO ENTERAL (NE) 10 PREPARO E ORIENTAÇÃO DO PACIENTE E FAMÍLIA 11 Introdução da sonda para nutrição enteral por via nasal ou oral 11 Manutenção da sonda 12 Acesso por gastrostomia e...

    4732  Palavras | 19  Páginas

  • Terapia Nutricional Enteral

    AMPARENSE - UNIFIA FERNANDA PACELLI MOSSO – RA: 4610529 THAÍS PRISCILA DE TOLEDO – RA: 4614175 MANUAL DE TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL. AMPARO 2014 FERNANDA PACELLI MOSSO THAÍS PRISCILA DE TOLEDO MANUAL DE TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL. Manual de padronização de procedimentos Nutricionais na Terapia Nutricional Enteral, apresentado ao Centro Universitário Amparense UNIFIA, como parte das exigências da matéria de Terapia Nutricional. Exigido pela prof. Dra...

    7582  Palavras | 31  Páginas

  • SUPLEMENTAÇÃO ORAL, NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL

    SUPLEMENTAÇÃO ORAL, NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL ................. 05 1.1 SUPLEMENTAÇÃO ORAL ............................................................................................. 05 1.2 NUTRIÇÃO ENTERAL (NE) ........................................................................................... 05 1.3 TERAPIA DE NUTRIÇÃO PARENTERAL (TNP) ......................................................... 05 2 DEFINIÇÃO E DIFERENÇAS ENTRE SUPLEMENTOS ORAIS E DIETAS ENTERAIS ARTESANAIS E INDUSTRIAIS...

    4792  Palavras | 20  Páginas

  • Nutrição enteral

    08/02/2014 Universidade Federal do Tocantins Curso de Nutrição NUTRIÇÃO ENTERAL Prof. Msc. Maylla Martins Palmas 2014 TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL (TNE) “Conjunto de procedimentos terapêuticos para manutenção ou recuperação do estado nutricional do paciente por meio de Nutrição Enteral.” RDC n°63, de 6 de julho de 2000 - ANVISA 1 08/02/2014 NUTRIÇÃO ENTERAL (NE) “Alimento para fins especiais, com ingestão controlada de nutrientes, na forma isolada ou combinada,...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • AVA NUTRIÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM AULA 5

    Observe a figura a seguir: Fonte: http://ebsco.smartimagebase.com/correct-placement-of-nasogastric-tube/view-item?ItemID=26209. Acesso em: ago. 2014. Assinale a alternativa que indica corretamente o tipo de posicionamento da sonda enteral apresentada: Escolher uma resposta. a. Nasoentérica. b. Nasopulmonar. c. Nasojejunal. d. Nasogástrica. Correto e. Nasoesofágica. Resposta correta: Nasogástrica. Comentário resposta correta: A sonda apresentada na figura é a nasogástrica...

    1154  Palavras | 5  Páginas

  • ava nutriçao

    1 Observe a figura a seguir: Fonte: http://ebsco.smartimagebase.com/correct-placement-of-nasogastric-tube/view-item?ItemID=26209. Acesso em: ago. 2014. Assinale a alternativa que indica corretamente o tipo de posicionamento da sonda enteral apresentada: Escolher uma resposta. a. Nasoentérica. b. Nasoesofágica. c. Nasojejunal. d. Nasogástrica. Correto e. Nasopulmonar. Resposta correta: Nasogástrica. Comentário resposta correta: A sonda apresentada na figura...

    1097  Palavras | 5  Páginas

  • dietas hospitalares

    Dietas hospitalares: A dieta é parte da prescrição médica indicada para o tipo de tratamento nutricional que o paciente deverá receber. Assim, a dieta ministrada ao paciente pode representar a parte mais importante no tratamento, ou até mesmo, ser o único tratamento prescrito, já que seus efeitos são terapêuticos. As dietas são denominadas específicas ou terapêuticas, e tem como objetivo: Possibilitar a recuperação do paciente no menor espaço de tempo possível. Evitar a desnutrição durante...

    1663  Palavras | 7  Páginas

  • Nutrição Enteral

    Técnica de Enfermagem São Vicente de Paula Curso: Enfermagem Turno: Manhã Professora: Cileneide Pereira Disciplina: Nutrição e Dietética Nutrição Enteral Nutrição Enteral Nutrição Enteral Conceito Quando a alimentação pela boca é insuficiente ou impossível de ser realizada, suas necessidades nutricionais podem ser satisfeitas através da nutrição enteral. A nutrição enteral é uma alternativa para a ingestão de alimentos e pode ser feita através de uma sonda posicionada ou implantada no estômago...

    992  Palavras | 4  Páginas

  • nutrição enteral

    SILVEIRA LISSANDRA CORREA NUNES NUTRIÇÃO ENTERAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA RIO GRANDE - RS SETEMBRO/2012 2 ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA NUTRIÇÃO ENTERAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA FERNANDA DE CASTRO SILVEIRA LISSANDRA CORREA NUNES Projeto de pesquisa do Setor de Nutrição e Dietética do Hospital Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande. Linha de Pesquisa: Nutrição Enteral. RIO GRANDE – RS SETEMBRO/2012 ...

    4859  Palavras | 20  Páginas

  • Relatório Estagio Nutrição Clinica - Terapia Nutricional

    INSTITUTO MACAPAENSE DE MELHOR ENSINO SUPERIOR - IMMES CURSO DE NUTRIÇÃO Priscila Patricia de Souza Monteiro RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA ÁREA DE NUTRIÇÃO CLINICA MACAPÁ - AP 2014 INSTITUTO MACAPAENSE DE MELHOR ENSINO SUPERIOR - IMMES CURSO DE NUTRIÇÃO Priscila Patricia de Souza Monteiro RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA ÁREA DE NUTRIÇÃO CLINICA Relatório apresentado como processo avaliativo da Disciplina Estágio Supervisionado, orientado...

    5108  Palavras | 21  Páginas

  • Nutriçao enteral

    NUTRIÇÃO ENTERAL A desnutrição, freqüente em pacientes hospitalizados, deve ser prevenida e tratada, pois o estado nutricional prejudicado aumenta o risco de complicações e piora a evolução clínica dos pacientes. Portanto, a terapia nutricional (TN) constitui parte integral do cuidado ao paciente. A equipe de enfermagem tem um papel fundamental não somente na administração da TN e na sua monitorização, mas também na identificação de pacientes que apresentam risco nutricional. De acordo com a...

    1918  Palavras | 8  Páginas

  • nutrição do paciente hospitalizado

    NUTRIÇÃO DO PACIENTE HOSPITALIZADO O aumento das necessidades nutricionais em pessoas doentes muitas vezes é ignorado pelos profissionais de saúde ou suplantado por outras terapias, causando a desnutrição iatrogênica. As práticas hospitalares que contribuem para a desnutrição iatrogênica são: - Falha ou ausência da avaliação do estado nutricional na admissão do paciente; - Jejum freqüente e prolongado; - Anorexia; - Modificações na dieta; - Aspectos patológicos como hipercatabolismo...

    5930  Palavras | 24  Páginas

  • SLIDE ALIMENTACAO ENTERAL

    Semiológicos I ALIMENTAÇÃO ENTERAL INTR0DUÇÃO RESOLUÇÃO - RCD N° 63/2000. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, adota a seguinte resolução: Art. 1º Aprovar o Regulamento Técnico para fixar os requisitos mínimos exigidos para a Terapia de Nutrição Enteral, constante do Anexo desta Portaria. OBJETIVO Este Regulamento Técnico fixa os requisitos mínimos exigidos para a Terapia de Nutrição Enteral. ALIMENTAÇÃO ENTERAL: O QUE É? A nutrição enteral é uma alternativa para...

    551  Palavras | 3  Páginas

  • Nutrição enteral

    RENATA DE SOUZA FERREIRA ELABORAÇÃO DE FÓRMULAS ENTERAIS ARTESANAIS DE BAIXO CUSTO ADEQUADAS EM FLUIDEZ E OSMOLALIDADE Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Nutrição, para obtenção do título de Magister Scientiae. VIÇOSA MINAS GERAIS – BRASIL 2009 ...

    26619  Palavras | 107  Páginas

  • Nutrição enteral

    ........ 04 O que é nutrição enteral? .......................................................... 04 Como é colocada a sonda nasoenteral? ..................................... 07 O que fazer em caso de problemas com a sonda nasoenteral? .. 07 Como evitar a saída da sonda nasoenteral? ................................ 07 Como evitar obstrução da sonda nasoenteral? .......................... 08 Quais os cuidados com a gastrostomia ou a jejunostomia? ........ 09 Que tipo de dieta devo passar na sonda...

    2141  Palavras | 9  Páginas

  • nutriçao ava aula 6

    corretamente o tipo de posicionamento da sonda enteral apresentada: Escolher uma resposta. a. Nasoentérica. b. Nasoesofágica. c. Nasojejunal. d. Nasogástrica. e. Nasopulmonar. Question 2 Notas: 1 (CESP-UNB – 2013) Acerca da administração da nutrição enteral, assinale a opção correta: Escolher uma resposta. a. A nutrição enteral artesanal é seguramente estéril e amplamente utilizada nos hospitais. b. A administração da nutrição enteral em sistema aberto deve ser contínua, pois...

    730  Palavras | 3  Páginas

  • nutrição

    EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA SENAC NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL Projeto desenvolvido como requisito parcial para a conclusão da Competência de Fisiopatologia e Dietoterapia do Curso Técnico em Nutrição e Dietética do Senac/Barretos Alunos: Rosilda Jessica Aparecida Docente: Gisele Costa Neves Barretos Agosto de 2014 SUMÁRIO Introdução 03 1 Objetivo 04 NUTRIÇÃO ENTERAL 05 NUTRIÇÃO ENTERAL...

    1310  Palavras | 6  Páginas

  • Assistência de enfermagem ao paciente em terapia nutricional enteral domiciliar

    SAÚDE E TRABALHO ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE EM TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL DOMICILIAR Enfª. Esp. Flávia Danyelle Oliveira Nunes 2013 TERAPIA NUTRICIONAL DOMICILAR Consiste na assistência nutricional e clínica ao paciente em seu domicílio, com o objetivo de recuperar ou manter o nível máximo de saúde, funcionalidade e comodidade do paciente. (SBNPE; ABN, 2011) TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL É um conjunto de procedimentos cujo objetivo é manter e/ou recuperar o estado...

    744  Palavras | 3  Páginas

  • Dietas hospitalares

    DIETAS HOSPITALARES E NUTRIÇÃO ENTERAL As dietas hospitalares recebem diferentes classificações para entender as necessidades de cada cliente. Essas dietas dividem-se em normais, modificadas e especiais. Dietas Normais: indicada para clientes cuja condição clínica não exige modificação em nutrientes e consistência da dieta. Sem nenhuma restrição, deve preencher todos os requisitos de uma dieta equilibrada. Dietas Modificadas: líquida clara ou liquida restrita: indicada em pós operatório imediato...

    1916  Palavras | 8  Páginas

  • Dietas enterais artesanais

    DIETAS ENTERAIS ARTESANAIS: FORMULAÇÃO E OSMOLALIDADE 225 ARTIGO ORIGINAL FORMULAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS ARTESANAIS E DETERMINAÇÃO DA OSMOLALIDADE PELO MÉTODO CRIOSCÓPICO FORMULATION OF HANDMADE ENTERAL DIETS AND DETERMINATION OF OSMOLALITY BY CRYOSCOPIC METHOD Gilberto Simeone HENRIQUES1 Gilberto Paixão ROSADO2 RESUMO Este trabalho foi realizado com o objetivo de elaborar formulações dietéticas nutricionalmente equilibradas, com controle da osmolalidade, de fácil preparo e de baixo...

    4359  Palavras | 18  Páginas

  • Nutrição enteral

    GABARITO - PASSO A PASSO PARA O CÁLCULO DE NUTRIÇÃO ENTERAL O QUE FAZER SEMPRE? 1. Avaliação do estado nutricional do indivíduo; 2. Conhecer as condições do TGI (diarréia, digestão absorção, desnutrição...); 3. Conhecer as condições específicas da doença e suas necessidades: nutrientes específicos, hiper, hipo, restrição hídrica, etc... 4. Determinar as necessidades nutricionais: calorias, proteínas e demais nutrientes (QAVP - prescrição nutricional completa); 5. Conhecer ou...

    761  Palavras | 4  Páginas

  • Protocolo de nutrição enteral

    Unidade I Revisão: 01 Setembro/2012 PROTOCOLO DE TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL ADULTOS Página: 1/25 UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Emissor: Unidade de Alimentação e Nutrição Emitido em: 04/09/12 Revisor: Karen de Barros Lima Longo Aprovação: Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional Substitui Protocolo nº: 01/11 Revisado em: 04/09/12 Aprovado em: 11/09/12 PROTOCOLO DE TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL ADULTOS FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA MARÍLIA 2012 1 SECRETARIA...

    5296  Palavras | 22  Páginas

  • dietas enterais parenterais e modificadas em consistencia

    Universidade Federal de Alfenas- Unifal Fundamentos da Nutrição Dietas enterais, parenterais, e modificadas em consistência Professora: Gislene Alunos: Caio Henrique, Elisabete Junqueira, Fabrício Azevedo, Fabiano Begalli, Gustavo Mesquita. Introdução No seguinte trabalho serão abordadas noções básicas de procedimentos clínicos relacionados a nutrição.Tendo em vista explicar os conceitos de nutrição Enteral (que consiste basicamente em vias de administração de alimentos na impossibilidade...

    1537  Palavras | 7  Páginas

  • Nutrição

    REVISÃO Terapia nutricional enteral em pacientes graves: revisão de literatura Enteral nutrition therapy in critically ill patients: a literature review Vanessa Fujino1; Lucimar A.B.N.S. Nogueira2 Enfermeira Especialista em UTI, Docente do Centro Universitário de Rio Preto (UNIRP); 2Enfermeira Mestre, Docente do Centro Universitário São Camilo-SP e Enfermeira diretora do Centro Cirúrgico do Hospital INCOR-SP (USP). 1 Resumo A Terapia Nutricional Enteral é considerada parte importante...

    5974  Palavras | 24  Páginas

  • nutrição parenteral

    INDICAÇÃO NUTRIÇÃO PARENTERAL: trato digestivo não funcionante, obstruido ou inacessível com previsão q esta condição continuará por pelo menos sete dias; absorção de nutrientes é incompleta; incapacidade para tolerar ingesstão enteral; qndo as consições acima estão associadas ao estado de desnutrição não corrigíveis por NE; (7a10dias) antes da cirurgia em pacientes com desnutrição grave; depleção grave na insuficiencia renal com diálise; disfunção hepática; desordens gastrointestinais: mucosidade...

    1538  Palavras | 7  Páginas

  • Avaliação nutricional e evolução da nutrição enteral em pacientes submetidos a cirurgia de neoplasia da cabeça e pescoço

    Avaliação nutricional e evolução da nutrição enteral em pacientes submetidos a cirurgia de neoplasia da cabeça e pescoço Isadora H. B. de Oliveira, Isabel V. T. Argeri, Selma F. C. da Cunha, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Nutrição e Metabolismo Objetivos Descrever o estado nutricional e a terapia nutricional enteral em pacientes submetidos à cirurgia de cabeça e pescoço no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Casuística e Métodos O estudo retrospectivo...

    573  Palavras | 3  Páginas

  • Dietas hospitalares

    CENTRO DE ENSINO CEFAECURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM THAYSA ADRIANE DOS SANTOS FRANÇA TIPOS DE DIETAS HOSPITALARES TURMA: ENF 102MANHÃRio de Janeiro2012TIPO DE DIETAS HOSPITALARES A dietoterapiaDesde os tempos remotos a humanidade já utilizava os alimentos e ervas...

    1727  Palavras | 7  Páginas

  • Nutrição

    Dietas para diabéticos É indicada para pacientes com sede, fome e urina em excesso, emagrecimento, visão embaçada, infecções repetidas na pele ou nas mucosas, machucados que demoram a cicatrizar, cansaço inexplicável e dores nas pernas. - Uma alimentação pobre em açúcar (alimentos diet); - Não misturar e nem repetir os carboidratos na mesma refeição; - Dê preferência ao carboidrato integral. (A fibra presente nesse alimento ajuda a liberar o açúcar no sangue); - Comer 3 frutas por dia, uma...

    1006  Palavras | 5  Páginas

  • nutrição enteral

    ENFERMEIRO JARDEL NASCIMENTO DOS SANTOS Manaus 2014 CETAM CENTRO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO AMAZONAS ESCOLA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL ENFERMAIRA SANITARISTA FRANCISCA SAAVEDRA Patrícia Souza dos santos Terapia de Nutrição Parenteral (NP) E ENTERAL (NE) MANAUS 2014 INTRODUÇÃO Sempre que pensamos em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) neonatal ficamos com a imagem na cabeça de bebês prematuros, bem debilitados, em estado grave. Mas nem sempre é assim. Há bebês...

    2932  Palavras | 12  Páginas

  • SONDA ENTERAL

    SONDA ENTERAL A Terapia nutricional Enteral compreende um conjunto de procedimentos terapêuticos para a manutenção ou recuperação do estado nutricional do paciente, por meio da ingestão controlada de nutrientes. Com o intuito de oferecer nutrientes necessários a pacientes com alto catabolismo, sendo a primeira opção de escolha na prevenção da desnutrição hospitalar, na impossibilidade de se implementar a ingestão oral. Essa difusão está ocorrendo, em razão do aprimoramento do arsenal utilizado...

    720  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo de dietas enterais

    Nutrição Enteral e Parenteral Terapia Nutricional Enteral Indicar via de acesso adequada - Oral Suplementação - Enteral Nasogástrica Orogástrica Gastrostomia Nasoentérica Oroentérica Jejunostomia - Parenteral Periférica Central Estimar necessidades energéticas de macro e micronutrientes Propor a dieta enteral Iniciar terapia Acompanhar e avaliar resultados da terapia Indicações para TN ORAL Paciente eutrófico ou de risco com hiporexia (ingestão abaixo de 60%) ...

    725  Palavras | 3  Páginas

  • sonda enteral

    CUIDADOS COM A SONDA ENTERAL EM IDOSOS ACAMADOS EM CASA: Há muitas pessoas acamadas usando sonda. Quais os cuidados que se deve ter no preparo da refeição caseira? Um dos segredos da alimentação via sonda nasoenteral é a fluidez da dieta. E esse é um quesito em que se deve ter atenção redobrada no caso da refeição feita em casa, a dieta enteral caseira. Basta entender que a dieta terá que passar, sem esforço algum, por aquela “mangueirinha” que leva a comida até o estômago, ou intestino, do...

    2087  Palavras | 9  Páginas

  • questionário ava nutrição

    Respostas das Questões do AVA – Nutrição aplicada a Enfermagem Aula tema 5 Questão 1 Leia o texto a seguir: A diabetes é uma doença que atinge cerca de 347 milhões de pessoas, segundo dados da Organização Mundial de Saúde. Se bem controlada, ela não prejudica a qualidade de vida do paciente; porém, se não houver o controle adequado, o diabético pode ter riscos de problemas na visão, nos pés e também nos rins, nervos e coração [...]. Em relação à visão, o risco aumenta porque a diabetes provoca...

    3099  Palavras | 13  Páginas

  • nutrição RDC63

    exigidos para a administração de Terapia Nutricional Parenteral e Terapia Nutricional Enteral, respectivamente, define a “Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional (EMTN) como grupo formal e obrigatoriamente constituído de pelo menos um profissional médico, farmacêutico, enfermeiro e nutricionista, habilitados e com treinamento específico para a prática da TN” (BRASIL, 1998; BRASIL 2000). Nutrição Enteral (NE): alimento para fins especiais, com ingestão controlada de nutrientes, na forma isolada...

    3592  Palavras | 15  Páginas

  • Consenso Brasileiro de Nutriçao

    I Consenso Brasileiro de Nutrição e Disfagia em Idosos hospitalizados Consenso Brasileiro (0_cap 0).indd 1 15.07.10 16:27:19 Consenso Brasileiro (0_cap 0).indd 2 15.07.10 16:27:19 SBGG I Consenso Brasileiro de Nutrição e Disfagia em Idosos hospitalizados Apoio: Consenso Brasileiro (0_cap 0).indd 3 Patrocínio: 15.07.10 16:27:29 Copyright © 2011 Editora Manole Ltda., por meio de coedição com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) e a pedido...

    34615  Palavras | 139  Páginas

  • Nutriçao no pacinete grave

    terapêutica objetiva propiciar um anabolismo protéico, para a manutenção das condições gerais ou recuperação do estado nutricional de pacientes impossibilitados em utilizar o trato gastrintestinal como via de alimentação, seja por meio da Nutrição Parenteral (NP) e/ou Enteral (NE). Tornando-se essenciais a recuperação do individuo sendo de competência da enfermagem administrá-los. Para tal procedimento a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) sustenta a prática do cuidado de acordo com a resolução...

    3292  Palavras | 14  Páginas

  • Nutrição aplicada a enfermagem

    UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP CURSO DE ENFERMAGEM NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM: RESUMO Manaus 2012 SALOMÃO SILVA DE SOUZA NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM: RESUMO Trabalho apresentado como exigência parcial para obtenção de nota da disciplina Nutrição Aplicada à Enfermagem, ministrada pela Profª. Andréia Silvana Costa, da Universidade Paulista. ...

    9393  Palavras | 38  Páginas

  • Nutrição pós transplante hepático

    moléculas de nutrientes provenientes da digestão, absorvidas em nível de enterócitos e conduzidas através da circulação portal, encontram no fígado um complexo laboratório de transformação, armazenagem e redistribuição dos metabólitos destinados à nutrição dos órgãos periféricos e à própria síntese macromolecular hepática. Provenientes de outros tecidos, demais nutrientes vêm ao fígado, como os ácidos graxos e o glicerol originários dos tecidos adiposos, e importantes contribuintes para o provimento...

    3283  Palavras | 14  Páginas

  • Nutrição hospitalar

    CULTURA ALIMENTAR ORIGINAL | HOSPITALAR | 129 ORIGINAL A dieta hospitalar na perspectiva dos sujeitos envolvidos em sua produção e em seu planejamento Hospital diet from the perspective of those involved in its production and planning Rosa Wanda Diez GARCIA 1 RESUMO Objetivo Conhecer as razões objetivas e subjetivas, materiais e simbólicas que fundamentam a atitude das instituições hospitalares frente à alimentação, considerando-as como uma construção social, produto de concepções...

    10707  Palavras | 43  Páginas

  • Nutrição - câncer de tireóide

    cuidados oncológicos, referente a disciplina Projeto Interativo V, do curso Bacharelado em Nutrição, apresentado ao Centro Universitário Senac, Campus Santo Amaro. Orientadora: Profª. Rodrigues Bevilacqua Marcelle São Paulo 2010 AGRADECIMENTOS Nossos agradecimentos a todos os professores e coordenadora do curso de Nutrição que nos atenderam com muita atenção e também aos responsáveis da área de Nutrição do ICESP que foram muito prestativos em nos receber e dar todas as informações necessárias...

    5292  Palavras | 22  Páginas

  • manual estágio curricular nutrição clinica

    Manual de Estágio em Nutrição Clínica / UECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE Centro de Ciências da Saúde - CCS Curso de Nutrição Coordenação de Estágio Curricular Obrigatório Manual de Estágio Curricular Obrigatório Área: Nutrição Clínica Fortaleza 2009 1 Manual de Estágio em Nutrição Clínica / UECE 2 Manual de Estágio em Nutrição Clínica / UECE Informações institucionais Prof. Francisco de Assis Moura Araripe Reitor Profa. MSc. Gláucia Posso Lima Diretora...

    3135  Palavras | 13  Páginas

  • dieta hospitalar

    A dieta hospitalar na perspectiva dos sujeitos envolvidos em sua produção e em seu planejamento   Hospital diet from the perspective of those involved in its production and planning     Rosa Wanda Diez Garcia Disciplina de Nutrição e Metabolismo, Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Av. dos Bandeirantes, 3900, Monte Alegre, 14049-900, Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail:< wanda@fmrp.usp.br>     RESUMO OBJETIVO: Conhecer as...

    9724  Palavras | 39  Páginas

  • nutricão

    Instituto Técnico Ana Nery Curso Técnico de Enfermagem NUTRIÇÃO E DIETÉTICA Professora: Ana Paula Marins Luciano 2014 INTRODUÇÃO Conceito de Nutrição: é o estudo dos nutrientes ou alimentos necessários para o desenvolvimento e crescimento normais do indivíduo. É o estudo dos nutrientes presentes nos alimentos e no corpo e também o estudo dos comportamentos humanos relacionados à alimentação. Conceito de Nutrientes: componentes dos alimentos que são indispensáveis ao funcionamento...

    8243  Palavras | 33  Páginas

  • Nutriçao leucemia linfoide aguda

     Curso de Nutrição DISCIPLINA: DISCIPLINA TRATAMENTO DIETÉTICO EM DIFERENTES SITUAÇÕES CLÍNICAS II SEMINÁRIO:NUTRIÇÃO EM CONDIÇÕES PEDIÁTRICAS ESPECIAIS” SÃO PAULO 2014 Leucemia Linfoide Aguda A Leucemia Linfoide Aguda (LLA) envolve um grupo de neoplasias constituídas de linfócitos precursores B (pré-B) ou T (pré-T) imaturos, denominados linfoblastos. Esses linfócitos imaturos perdem a capacidade de funcionar como células sanguíneas normais, levando...

    3416  Palavras | 14  Páginas

  • nutricao enteral parenteal

    suas diversas áreas de atuação. A nutrição tem importância relevante em paciente hospitalizado devido a sua reconhecida influencia sobre a evolução clinica, agravamento dos quadros patológicos e a recuperação dos pacientes. Esse trabalho tem como objetivo, descrever os principais objetivos em terapia nutricional da equipe de enfermagem e explicar os princípios da terapia nutricional e apresentar a assistência de enfermagem ao paciente sob terapia nutricional enteral e parenteral. ...

    1346  Palavras | 6  Páginas

  • nutriçao enteral e parenteral

     NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL Nutrição Enteral         A nutrição enteral é aquela realizada através da sonda nasoenteral e deve ser utilizada para suplementação da dieta ou mesmo para sua completa substituição em determinadas doenças neurológicas graves, ou em situações em que não há condições para se engolir. A nutrição enteral não utiliza a via oral normal para...

    2228  Palavras | 9  Páginas

  • Nutrição Enteral/ Parenteral/Picc

     NUTRIÇAO ENTERAL EXISTEM 4 PROCESSOS QUE EFETUAM A NUTRIÇÃO INGESTÃO: Ingestão é o processo de trazer o alimento e fluidos para dentro  do trato digestivo. DIGESTÃO : Digestão é o processo de desdobramento que transforma pedaços grandes de comida em estruturas pequenas,para serem absorvidas através do intestino até o sangue ou linfa. ABSORÇÃO: A absorção é a mudança do alimento digerido do trato gastrintestinal para o sangue ou linfa para transporte às células do organismo. A absorção...

    1775  Palavras | 8  Páginas

  • Nutrição - dieta enteral em pneumopatias

    INTRODUÇÃO 1. Dietas Enterais O suporte nutricional pode ser tanto por fórmulas enterais quanto parenterais, esses dois tipos de suporte tem como objetivo manter ou restaurar o estado nutricional do paciente. (MAHAN, 2002). Segundo a Portaria nº337 da ANVISA a definição de TNE é: “Alimento para fins especiais, com ingestão controlada de nutrientes, na forma isolada ou combinada, de composição química definida ou estimada, especialmente elaborada para uso por sondas ou via oral, industrializados...

    2152  Palavras | 9  Páginas

  • nutricao

    Notas: 1 (CESP-UNB – 2013) Acerca da administração da nutrição enteral, assinale a opção correta Notas: 1 (CESP-UNB – 2013) A respeito de nutrição enteral, assinale a opção correta: Escolher uma resposta. a. A nutrição enteral somente deve ser administrada com a extremidade da sonda nasoenteral localizada no jejuno, pois a localização da sonda em posição gástrica não é mais utilizada. b. Ofertar nutrientes pela via enteral colabora para a manutenção da arquitetura e da microbiota intestinal...

    581  Palavras | 3  Páginas

  • nutrição enteral e parenteral

    UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP CURSO ENFERMAGEM MISAN GOLGHETO NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 2014 MISAN GOLGHETO NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL Trabalho desenvolvido como requisito da disciplina de Nutrição em Enfermagem, Universidade Paulista – UNIP, sob orientação da Profª Drª Graziella Allana Serra Alves de Oliveira Oller SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 2014 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO..................

    2070  Palavras | 9  Páginas

  • Nutri O Enteral E Parenteral

    Nutrição Enteral e Parenteral Conceito A nutrição enteral é aquela que não utiliza a via oral normal para a entrada dos alimentos. Esta se faz por meio de sondas introduzidas diretamente no estômago ou no intestino do paciente. Os pacientes que recebem dieta por sonda ficam temporária ou permanentemente impedidos de receber alimentação por via oral, mas seu trato gastrointestinal deve estar em condições de realizar o mecanismo de digestão. É importante lembrar que as sondas para alimentação são...

    943  Palavras | 4  Páginas

  • Nutrição

     Sumário Sumário 3 INTRODUÇAO 4 1.0- COMPLICAÇÕES NA NUTRIÇAO PARENTERAL 5 1.1-PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES 6 2.0-COMPLICAÇOES NA NUTRIÇAO ENTERAL 7 2.1- AS DIETAS INTERAIS SÃO CLASSIFICADAS 8 2.2- O QUE E NUTRICAO ENTERIAL 9 2.3-O QUE DEVE SER FEITO 10 CONCLUSÃO 11 BIBLIOGRAFIA 13 INTRODUÇAO Enteral = pela boca, muitas drogas na forma de tabletes, cápsulas ou gotas, por tubo gástrico, tubo de alimentação...

    936  Palavras | 4  Páginas

  • Assistencia de Enfermagem na Alimentação: Nutrição Enteral e Parenteral.

    Alimentação: Nutrição Enteral e Parenteral. ILHÉUS-BA 2013 Carlson Cláudia Simões Eciane Quirino Josana Silveira Marília Reis Assistencia de Enfermagem na Alimentação: Nutrição Enteral e Parenteral...

    2220  Palavras | 9  Páginas

  • Nutrição enteral

    (calculado a partir do IMC(*) * IMC= peso (Kg) / altura2 (m) (IMC ideal: 20 - 25) ** limite: 2000 Kcal/dia Necessidade hídrica: 30 a 40 ml / Kg / dia Nutrição enteral: Definição: uso de nutrição por meio de dispositivo para administração gástrica (preferencial), duodenal, ileal ou jejunal. Indicações de nutrição enteral: • adequação das necessidades nutricionais e demandas metabólicas • impossibilidade de ingestão VO (contra-indicado) • distúrbios de deglutição • incapacidade...

    1574  Palavras | 7  Páginas

  • ORIENTAÇÃO NA HIGIENE E PREVENÇÃO MICROBIOLÓGICA EM DIETA ENTERAL ARTESANAL DO HOSPITAL DOM PEDRO DE ALCÂNTARA- HDPA

    ORIENTAÇÃO NA HIGIENE E PREVENÇÃO MICROBIOLÓGICA EM DIETA ENTERAL ARTESANAL DO HOSPITAL DOM PEDRO DE ALCÂNTARA- HDPA Adavânia Almeida Santiago1 RESUMO Este trabalho analisou através de observações as condições higiênicas e microbiológicas das dietas enterais artesanal, do Hospital Dom Pedro de Alcântara-H.D.P.A, de Feira de Santana-Ba. O objetivo foi elaborar um manual de boas praticas de higienização e prevenção em dieta enteral artesanal, visando conscientização dos manipuladores...

    1937  Palavras | 8  Páginas

tracking img