Determine O Peso Maximo Do Vaso De Planta Que Pode Ser Suportado Sem Exceder Uma Força De Tração De 50 Lb Nem No Cabo Ab Nem No Ac artigos e trabalhos de pesquisa

  • Mecanica geral hibeller

    R.C.Hibbeler. 2.1 Determine a intensidade da força resultante FR = F1 + F2 e sua direção, medida no sentido anti-horário, a partir do eixo x positivo. [pic] 2.23 Determine a intensidade e a direção da resultante FR = F1 + F2 + F3 das três forças, encontrando primeiro a resultante F’ = F2 + F3 e depois compondo FR = F’ + F1. [pic] 2.38 Determine a intensidade e a direção, medida no sentido anti-horário, a partir do eixo x, da força resultante das três forças que atuam sobre o anel...

    671  Palavras | 3  Páginas

  • Força e equilibrio

    FORÇA E EQUILÍBRIO PRF. SEBASTIÃO D. ROSSI “Um corpo está em equilíbrio quando a resultante das forças que nele atua for nula e quando o torque resultante também for nulo”. 1ª lei de Newton: Se a resultante das forças que atuam num corpo for nula, ele estará em repouso ou Movimento Retilíneo e Uniforme”. COMPONENTES DE UM VETOR: Considerando um vetor no plano cartesiano: RESULTANTE DA SOMA DE VETORES . A resultante da soma de dois ou...

    1149  Palavras | 5  Páginas

  • mecanica geral

    EXERCÍCIO OBS.: Deve ser entregue manuscrito! Não será aceito outra forma. RESPOSTAS PARA SEREM CONSIDERADAS DEVEM SER JUSTIFICADAS! EQUILÍBRIO EM 2D E1: Determine as intensidades de F1 e F2 de modo que o ponto material P esteja em equilíbrio. (Ex. 3.1 Hibeller 10ª edição) E4 O dispositivo mostrado na figura é usado para desempenar a estrutura de automóveis que sofreram uma trombada. Determine a tensão de cada segmento da corrente, AB e BC, considerando que a força que o cilindro hidráulico...

    768  Palavras | 4  Páginas

  • Mec ge ex1

    10ª. Edição. 10-03-2013 1. Determine a intensidade da força resultante FR = F1 + F2 e sua direção, medida no sentido anti -horário, a partir do eixo x positivo. 2. Determine a intensidade e a direção da resultante FR = F1 + F2 + F3 das três forças, encontrando primeiro a resultante F’ = F2 + F3 e depois compondo FR = F’ + F1. 3. Determine a intensidade e a direção, medida no sentido anti -horário, a partir do eixo x, da força resultante das três forças que atuam sobre o anel A. Considere...

    732  Palavras | 3  Páginas

  • forças

    corpo material está em equilíbrio quando a resultante de todas as forças que atuam no mesmo é zero. Neste caso o corpo estará em repouso ou com velocidade constante. Matematicamente expressamos a condição como: ΣF=0 Diagrama do corpo livre: Para aplicar as condições de equilíbrio, devemos fazer um esboço mostrando a partícula com todas forças que atuam sobre ela é chamada diagrama de corpo livre (DCL). As forças devem ser representadas com as respectivas intensidades e direções (quando...

    567  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho Mecanica Geral

     1- Determine a intensidade e a direção da resultante FR = F1 + F2 + F3 das três forças, encontrando primeiro a resultante F’ = F2 + F3 e depois compondo FR = F’ + F1. 2- Determine a intensidade e a direção, medida no sentido anti-horário, a partir do eixo x, da força resultante das três forças que atuam sobre o anel A. Considere que F1 = 500N e θ = 20°. 3- Determine a grandeza da força resultante e sua direção, medida no sentido anti-horário, a partir do eixo x positivo. 4- As três...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • Medidas de eficiência

    A lista de exercícios deverá ser entregue até o dia da prova da 1ª Unidade. Não será aceito entrega posterior. 1) Determine a intensidade da força resultante FR = F1 + F2 + F3 e sua direção, medida no sentido anti-horário, a partir do eixo x positivo. 2) Determine o peso máximo do vaso de planta que pode ser suportado, sem exceder uma força de tração de 50 lb nem no cabo AB nem no AC. 3) As três forças concorrentes que atuam sobre o poste produzem uma força resultante FR = 0. Se F2 = ½F1...

    1170  Palavras | 5  Páginas

  • prova

    4 (Equilíbrio de um ponto material 1) 1. Um objeto de peso igual a 100 N é mantido em equilíbrio por meio de fios, como mostra ao lado. Determine as intensidades das forças nos fios, sabendo que θ é igual a 35º. Resposta: 70,0 N, 122 N. θ 2. Determine as intensidades das forças nos cabos para os seguintes casos: 45o o 50 60o 60o 200 kg 100 kg (a) (b) 3. Determine a força necessária nos cabos AB e AC para suportar o farol de tráfego de 12 kg. Resposta: 238...

    600  Palavras | 3  Páginas

  • Força centripeta

    [pic] Mecânica (Professor: Sidclei) - UNIDADE 15 FORÇA RESULTANTE CENTRÍPETA 1. Força Resultante Centrípeta (FCP) A força resultante centrípeta é aquela que garante a existência do movimento circular, ela é responsável pela variação na direção do vetor velocidade, sendo formada sempre por outras forças como atrito, tração, normal, peso, elástica, elétrica e magnética. A força resultante centrípeta é perpendicular ao vetor velocidade e dirigida para o centro do movimento circular e...

    4168  Palavras | 17  Páginas

  • arcos e cabos

    requisito parcial para a obtenção da M3, na disciplina de Teoria das Estruturas, na Universidade do Vale do Itajaí, do Centro de Ciências Tecnológicas da Terra e do Mar. Este relatório aborda os sistemas estruturais ativos: arcos e cabos. O tratamento do tema ocorreu a partir de referenciais bibliográficos apresentados no plano de ensino da disciplina de Teoria das Estruturas I e websites. O trabalho pretende se tornar um documento de consulta a cerca desses dois sistemas estruturais...

    6158  Palavras | 25  Páginas

  • TD025FIS12 AFA EFOMM forca de atrito elastica

    Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com Exercícios – Força de Atrico – Força Elástica 1-Evaristo avalia o peso de dois objetos utilizando um dinamômetro cuja mola tem constante elástica K = 35 N/m. Inicialmente, ele pendura um objeto A no dinamômetro e a deformação apresentada pela mola é 10 cm. Em seguida, retira A e pendura B no mesmo aparelho, observando uma distensão de 20 cm. Após essas medidas, Evaristo conclui, corretamente, que os pesos de A e B valem, respectivamente, em newtons: a) 3,5 e...

    9478  Palavras | 38  Páginas

  • Força e Equilíbrio

    FORÇA E EQUILÍBRIO PRF. SEBASTIÃO D. ROSSI “Um corpo está em equilíbrio quando a resultante das forças que nele atua for nula e quando o torque resultante também for nulo”. 1ª lei de Newton: Se a resultante das forças que atuam num corpo for nula, ele estará em repouso ou Movimento Retilíneo e Uniforme”. COMPONENTES DE UM VETOR: Temos: sendo: e o módulo do vetor A é dado por: Considerando um vetor no plano cartesiano: y Ay A  0 Ax x RESULTANTE DA SOMA DE VETORES . A resultante...

    948  Palavras | 4  Páginas

  • Mecg

    elemento ABC uma força P dirigida ao longo da linha BD. Sabendo que P deve ter uma componente vertical de 960 N, determine (a) a intensidade da força P, e (b) seu componente vertical. Questão 02 – A haste ativadora AB exerce no elemento BCD uma força P dirigida ao longo da linha AB. Sabendo que P deve ter uma componente de 110 N perpendicular ao braço BC do elemento, determine (a) a intensidade da força P, e (b) seu componente ao longo da linha BC. Questão 03 – A haste AB é mantida na posição...

    1338  Palavras | 6  Páginas

  • Mecênica Técnica

    – Ex 2.8 - Determine o ângulo  necessário para acoplar o elemento A à chapa, de modo que a força resultante de FA e FB seja orientada horizontalmente para a direita. Além disso, informe qual é a intensidade da força resultante. FA = 10,4 kN  = 54,93o 2 - Todas as cargas são aplicadas aos nós, normalmente o peso próprio é desprezado pois a carga suportada é bem maior que o peso do elemento. Para que o sistema esteja em equilíbrio a resultante das forças em cada nó deve ser nula. Entretanto...

    971  Palavras | 4  Páginas

  • FORÇA E ATRITO

    Força de Atrito Exercícios Resolvidos Para a análise destes exercícios resolvidos, considere:     g = 10 m/s²  m = 2 kg  F = 4 N  sen = 0,8 e cos 0,6 OBS.: 1) = m · P = 2 · 10 = 20 N                                2) A Reação Normal é perpendicular à superfície EXEMPLO I:            CÁLCULO DA REAÇÃO NORMAL No Plano Horizontal MODELO 1:                     Calcule a Reação Normal no corpo da figura abaixo RESOLUÇÃO     1.   Represente as forças Peso e a Reação Normal sobre...

    7575  Palavras | 31  Páginas

  • Mecanica geral

    mostra a figura. Determine as intensidades de F1 e F2 para equilíbrio. Suponha θ = 60o. [F1=1,81kN; F2=9,6kN] 2. Exemplo 3.3 (PLT) Se o saco A da figura a lado tiver peso de 20 lb, determine o peso do saco B e a força necessária em cada corda para manter o sistema na posição de equilíbrio mostrada. 3. (3.7 – PLT) O dispositivo mostrado na figura é usado para desempenar a estrutura de automóveis que sofreram uma trombada. Determine a tensão de cada segmento de corrente, AB e BC, considerando...

    1702  Palavras | 7  Páginas

  • ESTRAT GIA COMPUTACIONAL PARA PROJETO DE VASOS DE PRESS O

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Departamento de Engenharia Mecânica DEM/POLI/UFRJ ESTRATÉGIA COMPUTACIONAL PARA PROJETO DE VASOS DE PRESSÃO Bernardo Fonseca Nogueira PROJETO FINAL SUBMETIDO AO CORPO DOCENTE DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO COMO PARTE DOS REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA A OBTENÇÃO DO GRAU DE ENGENHEIRO MECÂNICO. Aprovado por: ________________________________________________ Prof. Sylvio José...

    30810  Palavras | 124  Páginas

  • EXERCIC OS

    EXERCICÍOS 1) A caixa de 500 lb é erguida com um guincho pelas cordas AB é AC . Cada corda resiste a uma força de tração máxima de 2.500 lb sem se romper. Se AB permanecer sempre horizontal, determine o menor ângulo θ pelo qual a caixa pode ser levantada. 1- Diagrama de corpo livre. Resposta 1 1- TAB ƩFx = 0 TAB – TAC . cos θ = 0 2500 - TAC . cos θ = 0 -TAC . cos θ = -2500 (-1) TAC . cos θ = 2500 ƩFy = 0 TAC . sen θ – P = 0 TAC . sen θ – 500 = 0 TAC . sen θ = 500 θ= 11,31 ° TAC=...

    1163  Palavras | 5  Páginas

  • Cabo de fibra óptica

    CABO DE FIBRA ÓPTICA As fibras ópticas são elementos extremamente frágeis, tornando o seu manuseio, a níveis práticos, bastante difíceis. Para implementar um adequado conjunto de prestações as fibras ópticas são processadas e colocadas no interior de cabos, chamados cabos ópticos. Para o projeto de cabos óticos devem ser observados os seguintes itens: · número de fibras. · aplicação. · minimização de atenuação por curvaturas. · características de transmissão estáveis dentro da maior faixa possível...

    3702  Palavras | 15  Páginas

  • Física

    2.1 Determine os módulos das forças F1 e F2 de tal modo que a partícula representada na figura esteja em equilíbrio. [pic] Resposta: F1=259N, F2=366N Problema Nº 2.2 Determine o módulo da força F e a orientação θ da força de 750 N de tal modo que a partícula representada na figura esteja em equilíbrio. [pic] Resposta: F=28.3N, θ=53.0º Problema Nº 2.3 As barras de uma estrutura são ligadas a uma placa de reforço (“gousset”) conforme indicado na figura. Sendo todas as forças concorrentes...

    743  Palavras | 3  Páginas

  • ATIVIDADE

    Se F1 = F2 = 133,45 N, determine os ângulos θ e ϕ, de modo que a força resultante seja orientada ao longo do eixo x positivo e tenha intensidade FR = 88,96 N. 2. Se F2 = 667,23 N e θ = 55°, determine a intensidade e a orientação, medida no sentido horário a partir do eixo x positivo, da força resultante das três forças que atuam sobre o suporte. 3. O mastro está sujeito as três forças mostradas. Determine os ângulos diretores coordenados α1, β1, γ1 de F1, de modo que a força resultante que atua sobre...

    1487  Palavras | 6  Páginas

  • Traçao

    B – Tração / Compressão Puras 2.0 – TRAÇÃO/COMPRESSÃO PURAS Neste capítulo estudaremos o comportamento das peças prismáticas (barras retas) submetidas a um estado de tração (ou compressão) pura, onde o único esforço solicitante presente é a força normal N. 2.1 – FORÇA NORMAL A força normal N é a resultante dos esforços locais atuantes sobre a seção, na direção que lhe é perpendicular (Fig. 2.1.1-a). Segundo a convenção de sinais adotada, a tensão será (+) no caso de tração, e (-) no caso de compressão...

    4715  Palavras | 19  Páginas

  • Tração e Compressão

    __ 1 1ª Lista de Exercícios Tração, Compressão e Cisalhamento 1) Três pranchas de madeira são unidas por uma série de parafusos, formando uma coluna. O diâmetro de cada parafuso é de 12 mm, e o diâmetro interno de cada arruela é 15 mm, que é ligeiramente maior que os furos das pranchas. Sabendo-se que o diâmetro externo de cada arruela é d = 30 mm, e que a tensão de esmagamento média entre as arruelas e as pranchas não deve exceder 5 MPa, determine a máxima tensão normal admissível em...

    1075  Palavras | 5  Páginas

  • Mecânica básica exercícios

    DECOMPOSIÇÃO DE FORÇAS 1º) Determine a intensidade da força P de tal modo que a força resultante exercida sobre o suporte seja vertical se a=20°. Qual a intensidade da resultante correspondente. (1.8 Vol.I) R = 919N 2°) Uma força vertical de 900N é necessária para arrebatar o suporte cravado no solo. Determine o módulo, direção e sentido da força P para a força resultante precisa conforme mostra a figura. (1.9 Vol.I) P =394N q= 31,4° 3°) Com que ânguloa anti-horário deve ser aplicada...

    5189  Palavras | 21  Páginas

  • Manual excesso de peso

    FISCALIZAÇÃO DO EXCESSO DE PESO NAS RODOVIAS FEDERAIS CONCEDIDAS Manual de Operação 4ª Edição Versão Agosto/2009 Versão Agosto/2009 Excesso de Peso, Dimensões e Lotação 1 ANTT – SUFIS – GEFIC Versão Agosto/2009 ÍNDICE 1. Introdução 1.1 1.2 O Manual A Importância do Controle do Excesso de Peso 2. Competência da ANTT 3. Terminologia 3.1 Conceitos Básicos 3.2 Conceitos Práticos 3.3 Alguns Tipos de Combinações de Veículos de Carga 4. Como o Excesso de Pesos Prejudica o Pavimento...

    29872  Palavras | 120  Páginas

  • Mecanica dos solidos 1 - tensão e deformação

    aplicação na determinação das forças nos elementos conectados por pinos que formam uma estrutura simples. A Seção 1.3 apresentará o conceito de tensão em um elemento estrutural e mostrará como essa tensão pode ser determinada a partir da força nesse elemento. Após uma breve discussão da análise e projeto de engenharia (Seção 1.4), você estudará sucessivamente as tensões normais em uma barra sob carga axial (Seção 1.5), as tensões de cisalhamento originadas pela aplicação de forças transversais equivalentes...

    19220  Palavras | 77  Páginas

  • Abs antilock braking sistem

    Sistema de freio por fricção a tambor ..................................................... 09 2.2 – Sistema de freio a disco .......................................................................... 12 3. SISTEMA DE FREIO ANTITRAVAMENTO (ABS) ....................................... 14 3.1 – Princípio de funcionamento .................................................................... 15 3.2 – Modelagem matemática ...............................................................

    14911  Palavras | 60  Páginas

  • Apostila de vaso de pressão

    PROJETO MECÂNICO VASOS de PRESSÃO e TROCADORES DE CALOR CASCO e TUBOS Carlos Falcão Apresentação A finalidade deste texto é fornecer orientação básica e interpretação dos tópicos que mais causam dúvidas, além de incluir os assuntos que não são apresentados nos principais códigos de projeto de vasos de pressão e trocadores de calor casco e tubos, necessários ao correto dimensionamento mecânico destes equipamentos. A apresentação está feita em dezesseis seções, cada uma tratando de um...

    34953  Palavras | 140  Páginas

  • Apostila Mec Nica Geral 1

    Mecânica Geral 2 Curtir 1. Introdução 3 2. Forças Sobre uma Partícula 4 2.1. Forças no plano sobre uma partícula 4 2.1.1. Resultante de duas forças sobre uma partícula (triângulo de forças) 5 2.1.2. Resultante de forças sobre uma partícula (componentes ortogonais) 10 2.1.3. Equilíbrio de uma Partícula no plano 14 2.2. Forças no espaço sobre uma partícula 17 Compartilhar 97.807 pessoas curtiram isso. Seja o primeiro entre seus amigos. 2.2.1. Vetor força definido por seu módulo e dois pontos de sua linha de ação19...

    3307  Palavras | 14  Páginas

  • 184199540299

    11 2.2 Força Resultante .......................................................................................... 11 2.3 Forças no Plano ........................................................................................... 11 2.4 Componentes Cartesianas de uma força ..................................................... 12 2.5 Equilíbrio de um ponto material .................................................................... 14 3 Corpos Rígidos: sistemas equivalentes de forças .......

    15542  Palavras | 63  Páginas

  • resolução meriam Livro Mecanica Estatica James Meriam

    libra massa/pé 3 (lbm/ft3) (Força) quilograma/metro3 (kg/m3) quilograma/metro3 (kg/m3) newton (N) newton (N) metro (m) metro (m) metro(m) metro (m) quilograma (kg) quilograma (kg) quilograma (kg) newton-metro (N • m) newton-metro (N • m) metro4 (m4) kip (1000 Ib) libra força (Ib) (Comprimento) pé (ft) polegada (in.) milha (mi) milha (mi), (milha marítima) (Massa) libra massa (lbm) slug (lb-sec2/ft) tonelada (2000 Ibm) (Momento de força) libra-pé (lb-ft) libra-polegada (lb-in.) (Momento de inércia,...

    130362  Palavras | 522  Páginas

  • Engenharia civil

    .. 11 2.2 Força Resultante .......................................................................................... 11 2.3 Forças no Plano ........................................................................................... 11 2.4 Componentes Cartesianas de uma força ..................................................... 12 2.5 Equilíbrio de um ponto material .................................................................... 14 Corpos Rígidos: sistemas equivalentes de forças .............

    16079  Palavras | 65  Páginas

  • Tração, compressão e cisalhamento

    1 1. TRAÇÃO, COMPRESSÃO E CISALHAMENTO 1.1. Tração e Compressão: Consideremos uma peça retilínea da seção transversal constante e de peso desprezível, sujeita unicamente a dois sistemas de forças exteriores iguais e opostas, aplicadas às duas seções extremas e tendo uma resultante passando pelo centro de gravidade da seção. Esta peça está sujeita à tração ou à compressão dependendo do sentido das forças aplicadas nas seções extremas da peça. Quando a carga atuar com o sentido dirigido para o exterior...

    6750  Palavras | 27  Páginas

  • Projetos

    Resistência dos materiais, volume 1 Humberto Ritt Larissa Soriani Zanini Ribeiro Soares © 2011 by Universidade de Uberaba Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer modo ou por qualquer outro meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia, gravação ou qualquer outro tipo de sistema de armazenamento e transmissão de informação, sem prévia autorização, por escrito, da Universidade de Uberaba. Universidade de Uberaba ...

    18038  Palavras | 73  Páginas

  • Exercicios Do Beer MEC NICA

    PROBLEMAS* Duas forças P e Q são aplicadas no ponto A de um suporte tipo gancho. Sabendo que P = 75 N e Q = 125 N, determine graficamente a intensidade, a direção e o sentido da resultante usando (a) a lei do paralelogramo, (h) a regra do triângulo. 2.2 Duas forças P e Q são aplicadas no ponto A de um suporte tipo gancho. Sabendo que P = 266 N e Q = 110 N, determine graficamente a intensidade, a direção e o sentido da resultante usando paralelogramo, (h) a regra do triângulo. 2.3 Os cabos AB e AV ajudam...

    4903  Palavras | 20  Páginas

  • Resumo Resistência dos Materiais

    sofrem compressão por forças de 8 kN, em B, e 12 kN em C. Determine graficamente o módulo, a direção e o sentido da força resultante que age em A. Resposta: R=17 kN,  = 84,8º, R = {1,55 i -16,93 j} kN Exercício 2: Um carro avariado é puxado por duas cordas, como na figura abaixo. A tração em AB é de 400 N, e o ângulo α é de 20°. Sabendo que a resultante das duas forças aplicadas em A tem a direção do eixo do carro, utilizando trigonometria determine: (a) a tração na corda AC e (b) a intensidade...

    3249  Palavras | 13  Páginas

  • mecanica doa materiais

    barras cilíndricas maciças AB e BC são soldadas uma à outra em B e submetidas a um carregamento conforme mostra a figura. Sabendo que = 50 e = 30 , calcule a tensão normal no ponto médio da: a) barra AB; e b) barra BC. a) tensão normal na barra AB ( ): As duas forças somadas atuam sobre a barra AB. = 40 + 30 = 70 = 70 × 10 = . (0,050 ) = 1,9635 × 10 = = = × , × = 35,7 × 10 b) tensão normal na barra BC ( Somente a força de 30 = 30 / = 35...

    7488  Palavras | 30  Páginas

  • mecanica

    Salvador 2007 Mecânica Geral 2 1. Introdução 3 2. Forças Sobre uma Partícula 4 2.1. Forças no plano sobre uma partícula 4 2.1.1. Resultante de duas forças sobre uma partícula (triângulo de forças) 5 2.1.2. Resultante de forças sobre uma partícula (componentes ortogonais) 10 2.1.3. Equilíbrio de uma Partícula no plano 14 2.2. Forças no espaço sobre uma partícula 17 2.2.1. Vetor força definido por seu módulo e dois pontos de sua linha de ação 19 2.2.2. Equilíbrio de uma partícula...

    7044  Palavras | 29  Páginas

  • Lista-resmat

    do momento fletor em cada trecho; b) traçar os diagramas de esforço cortante e momento fletor; c) indicar os valores máximos de V e M e onde eles ocorrem. 6) 5) 7) 8) 9 a 13) Para as vigas a seguir, pede-se: a) traçar os diagramas de esforço cortante e momento fletor utilizando as relações diferenciais entre carregamento, cortante e momento fletor; b) indicar os valores máximos de V e M e onde eles ocorrem. 10) 9) 1 11) 12) 13) 14) O cortante e o momento fletor na extremidade A do segmento...

    3694  Palavras | 15  Páginas

  • Apostila de mecânica geral

    .......................................................................3 2. Forças Sobre uma Partícula .....................................................................................4 2.1. Forças no plano sobre uma partícula ...................................................................4 2.1.1. Resultante de duas forças sobre uma partícula (triângulo de forças) .............. 5 2.1.2. Resultante de forças sobre uma partícula (componentes ortogonais) ........... 10 2.1.3. Equilíbrio...

    9633  Palavras | 39  Páginas

  • Mecanica Geral ATPS

    1. A caixa de 500 lb e erguida comum guincho pela cordas AB e AC cada corda resiste a uma forca de tração máxima de 2.500 lb sem se romper. Se AB permanecer sempre horizontal, determine o menor ângulo o pelo qual a caixa pode ser levantada. 2. O tanque de massa uniforme de 200 lb esta suspenso por meio de um cabo de 6 pés de comprimento preso na suas laterais e que passa sobre uma pequena polia localizada em O. se o cabo puder ser preso em qualquer um do ponto A e B ou...

    622  Palavras | 3  Páginas

  • Teste

    libra/polegada (lb/in) newton/metro (N/m) 1,7513 x 102 (Força) kip(1000 lb) libra-força (lb) newton (N) nevvton (N) 4.4482 X 1034.4482 (Massa) libra-massa (lbm) slug (lb-s2/ft) t (2000 lbm) quilograma (kg) quilograma (kg) quilograma (kg) 4,5359 X 10"1 1,4594 X 10 9,0718 x 102 (Massa especifica) libra-massa/polegada3 (lbm/in3) libra-massa/pé3 (lbm/ft3) quilograma/metro3 (kg/m3) quilograma/metro3 (kg/m3) 2,7680 X 10* 1,6018 x 10 (Momento) libra-pé (lb-ft) libra-polegada (lb-in) newton-metro...

    42589  Palavras | 171  Páginas

  • Resistencia do materiais

    da viga. (Despreze o peso da viga). 2- A coluna está sujeita a uma força axial de 8kN aplicada no centroide da área da seção transversal. Determine a tensão normal média que age na seção a-a. Mostre como fica essa distribuição de tensão sobre a seção transversal da área. 3- O arganéu da âncora suporta uma força de cabo de 3 kN. Se o pino tiver diâmetro de 6mm, determine a tensão média de cisalhamento no pino. 4- A junta está presa por dois parafusos. Determine o diâmetro exigido para...

    638  Palavras | 3  Páginas

  • RESITENCIA MATERIAIS LISTA

    finais encontram-se em negrito e realçadas na cor amarela, e são desenvolvidas de forma direta e objetiva, e estão de acordo com o Sistema Internacional de Unidades (SI). Cada capítulo contém uma breve introdução dos tópicos do livro que considerei ser importante. O objetivo aqui é despertar o interesse do aluno pela disciplina Resistência dos Materiais e mostrar que tal disciplina não é um bicho de sete cabeças. Capítulo 1 Tensão Desenvolvimento histórico A origem da resistência dos materiais...

    52457  Palavras | 210  Páginas

  • trabalho

     1a Questão (Cód.: 84259) Pontos: 1,0  / 1,0 A força de F={600 i + 300j ¿ 600k} N age no fim da viga. Determine os momentos da força sobre o ponto A.   M = 781 i + 290 j + 700 k (N.m) M = 640 i + 120 j + 770 k (N.m) M = -282 i + 128 j - 257 k (N.m) M = -160 i -120 j + 190 k (N.m)   M = -720 i + 120 j - 660 k (N.m)  2a Questão (Cód.: 84255) Pontos: 1,0  / 1,0 Determine o momento da Força F que atua em A sobre P. Expresse o momento como um vetor cartesiano.   ...

    1080  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho de mecânica geral

    Equilíbrio de um Ponto Material 1.1 1.2 1.3 1.4 Condição de Equilíbrio de um Ponto Material Diagrama de Corpo Livre Sistemas de Forças Coplanares Sistemas de Forças Tridimensionais 2 – Resultantes de Sistemas de Forças 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. 2.5. 2.6. Momento de Uma Força Produto Vetorial Momento de uma Força – Análise Vetorial Princípios dos Momentos Momento de uma Força em relação a um eixo específico Momento de um Binário 3 – Equilíbrio de um Corpo Rígido 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. 3.5. 3.6. Condições...

    3549  Palavras | 15  Páginas

  • Res Materiais Gere

    eixo de seção transversal cheia AB e com uma tensão de cisalhamento admissível de 82,7MPa e por um tubo CD feito de latão com uma tensão de cisalhamento admissível de 48,3MPa. Determine (a) o maior torque T que pode ser aplicado em A sem que a tensão de cisalhamento admissível do material do tubo CD seja excedida e (b) o valor correspondente necessário para o diâmetro d do eixo AB 2. (Beer – 3.11) O motor elétrico aplica um torque de 2,8kN.m no eixo AB. Sabendo que cada um dos eixos...

    2647  Palavras | 11  Páginas

  • Materiais

    Hooke, trabalho de deformação; tração e compressão; flexão; cisalhamento; torção; solicitações compostas; tensões principais; teorias para falhas estáticas”. Tem a finalidade de proporcionar aos acadêmicos o conteúdo básico da disciplina, com o intuito de melhorar o aproveitamento dos mesmos, principalmente em sala de aula. No entanto não deve ser usado como única fonte de estudo. Qualquer sugestão com referência ao presente trabalho, serão aguardadas, pois assim pode-se melhorá-lo com futuras modificações...

    30280  Palavras | 122  Páginas

  • Polias, Correntes, correias e cabos de aço

    UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE – UNIVILLE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA Polias, correias planas, corrente e cabos de aço Joinville – SC 2013 polias, correias planas, corrente e cabos de aço Trabalho de disciplina de Elementos de Máquinas apresentando ao curso de Engenharia de Produção Mecânica da Universidade da Região de Joinville – Univille Professor Marcos Francisco Ietka ...

    9633  Palavras | 39  Páginas

  • engenharia aula 01

    ENG 01156 – Aula 01 Prof. Inácio Benvegnu Morsch - CEMACOM 1 1.1 1 INTRODUÇÃO GENERALIDADES Conceito. Mecânica é a ciência física que descreve e prediz as condições de repouso ou movimento de corpos sob a ação de forças. Aplicações. Cálculo Estrutural, Projeto de Máquinas, Escoamento de Fluídos, Instrumentação Elétrica. Áreas do conhecimento que têm como base a Mecânica. Estática Mecânica dos Corpos Rígidos Dinâmica Mecânica dos Corpos Deformáveis Elasticidade Plasticidade ...

    2836  Palavras | 12  Páginas

  • 82574659 Vasos De Pressao Ntt Parte 1

    NTT - VASOS DE PRESSÃO CURSO DE VASOS DE PRESSÃO 1 NTT - VASOS DE PRESSÃO ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► ► 1 – INTRODUÇÃO 2 – NORMAS DE PROJETO 3 – TENSÕES EM VASOS DE PRESSÃO 4 – FADIGA EM VASOS DE PRESSÃO 5 – CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO E DE PROJETO DE VASOS DE PRESSÃO 6 – DIMENSIONAMENTO DE VASOS DE PRESSÃO 7 – TESTES DE PRESSÃO EM VASOS DE PRESSÃO 8 – ACOMPANHAMENTO DE VASOS DE PRESSÃO 9 – DESENVOLVIMENTO DO PROJETO E DA CONSTRUÇÃO DE VASOS DE PRESSÃO 10 – SELEÇÃO DE MATERIAIS 11 – CORROSÃO...

    24874  Palavras | 100  Páginas

  • Peso e balanceamento de aeronaves

    Maximum Zero Fuel Weight Peso Máximo Zero Combustível Se o MZFW for excedido, a parte da estrutura que sofrerá mais efeito será a raiz da asa. P E S O S O P E R A C I O N A I S B.W OU E.W (PB) Basic Weight ou Empty Weight Peso Básico B.O.W OU D.O.W (PBO) Basic Operational Weight ou Dry Operating Weight Peso Básico Operacional O.W (PO) Operational Weight Peso Operacional T.O.W (PAD) Take Off Weight Peso Atual de Decolagem ...

    5767  Palavras | 24  Páginas

  • Peso e balanceamento

    Maximum Zero Fuel Weight Peso Máximo Zero Combustível Se o MZFW for excedido, a parte da estrutura que sofrerá mais efeito será a raiz da asa. P E S O S O P E R A C I O N A I S B.W OU E.W (PB) Basic Weight ou Empty Weight Peso Básico B.O.W OU D.O.W (PBO) Basic Operational Weight ou Dry Operating Weight Peso Básico Operacional O.W (PO) Operational Weight Peso Operacional T.O.W (PAD) Take Off Weight Peso Atual de Decolagem ...

    5952  Palavras | 24  Páginas

  • resistencia materiais

    Tensão Normal A relação (divisão) entre a força e a área, em geral tendem para um valor finito. Essa relação é chamada de tensão e, descreve a intensidade da força interna sobre uma plano específico (área) que passa por um determinado ponto. Quando a intentensidade da força F, que atua no sentido perpendicular a A, é definida como tensão normal,  (sigma). No Sistema Internacional de unidades, a tensão é expressa em N/m 2 , chamada de pascal (Pa). Em termos práticos, utilizam-se múltiplos...

    1082  Palavras | 5  Páginas

  • Atrito e forças

    IESDE BRASIL S/A, mais informações www.aulasparticularesiesde.com.br Tópicos de dinâmica: força Se, porém, ela for aplicada em B, o emborcamento poderá tornar-se iminente, dependendo do atrito entre o bloco e o plano de apoio. A dinâmica é a parte da mecânica que estuda o movimento dos corpos fazendo uma análise das causas desse movimento. Essa área da física se preocupa com a atuação das forças que alteram o estado de movimento de um corpo, podendo elas colocar o corpo em movimento, modificar...

    14358  Palavras | 58  Páginas

  • Tração

    EXERCÍCIOS SOBRE TRAÇÃO E COMPRESSÃO Profª Regina Souza 1) Uma força axial de 40 kN é aplicada a um bloco de madeira de pequena altura apoiado em uma base de concreto que repousa sobre o solo. Determine: a) a máxima tensão normal na base de concreto; b) as dimensões da base de concreto para que a tensão no solo seja de 145 kPa. 2) Sabendo-se que a carga de ruptura do cabo BD é de 100 kN, determine o coeficiente de segurança do cabo para o carregamento indicado. 3) Uma força P é aplicada a...

    739  Palavras | 3  Páginas

  • Concreto armado

    Tatiana Bittencourt Dumêt Salvador, Fevereiro/ 2008 ii APRESENTAÇÃO Este material foi elaborado com o objetivo de auxiliar no acompanhamento da disciplina ENG 118 – Estruturas de Concreto Armado I. Ele não é, e nem tem a intenção de ser, um substituto dos livros de concreto armado. Além da bibliografia sugerida para o curso, indicada neste material, no final de cada capítulo estão listadas as referências bibliográficas e a bibliografia complementar de cada um deles. É altamente recomendável...

    63493  Palavras | 254  Páginas

  • mecanica geral

      sujeito  a  um  sistema  de  forças,  cuja  resultante é dada pela segunda lei de Newton:       Se  (v dv   F Fi 0 ,  d v / dt const . 0 ou v 0 m. encontra  tracionada,  peso  desprezível  quando  comparado  ao  da  luminária  e  constante  elástica  k = 300 N/m.      [R: 1,18m]  dt tem-se  ).  Quando  .                                                     Prob.4:  Determine  o  comprimento  necessário  do  fio  AC,  de  modo  que  a  luminária...

    1019  Palavras | 5  Páginas

  • fisica força

    Força e Movimento - I Isis Vasconcelos de Brito isis@if.usp.br FATEC/SP – Física Aplicada I Conceito de Força Cotidiano = empurrar um prato, jogar uma bola – relação com alteração da velocidade do objeto. Em alguns momentos – não consegue mover o objeto. Qual força faz a Lua girar em volta da Terra? Somente uma força pode causar mudança na velocidade – o que leva um objeto a acelerar! Conceito de Força O que acontece quando várias forças atuam simultaneamente...

    731  Palavras | 3  Páginas

  • Exercicios De Forca De Atrito3082010111014

    Sidclei) Unidade 14 EXERCÍCIOS SOBRE AS LEIS DE NEWTON (Força de Atrito) 1. Considere um carro de tração dianteira que acelera no sentido indicado na figura em destaque. O motor é capaz de impor às rodas de tração um determinado sentido de rotação. Só há movimento quando há atrito estático, pois, na sua ausência, as rodas de tração patinam sobre o solo, como acontece em um terreno enlameado. O diagrama que representa corretamente as forças de atrito estático que o solo exerce sobre as rodas é: ...

    2288  Palavras | 10  Páginas

tracking img