Dentre As Principais Características De Uma Economia Capitalista Não Podemos Incluir Escolher Uma Resposta A Propriedade Privada Dos Meios De Produção Dada A Existência Do Capitalista B Capi artigos e trabalhos de pesquisa

  • Economia e negócios

    1 Notas: 2 Sobre o sistema feudal, não podemos afirmar que: Escolher uma resposta. a. O dinheiro, quando existente, era acumulado, de forma improdutiva b. O comércio era incipiente e ocorre à base de escambo c. As guildas eram como sindicatos; dentre suas responsabilidades estava o treinamento e formação de mão de obra d. Tudo o necessário para a sobrevivência era produzido dentro do próprio feudo e. A acumulação de capital ocorria com a poupança salarial realizada pelos servos...

    719  Palavras | 3  Páginas

  • economia e negocios

    1 Notas: 2 Sobre o sistema feudal, não podemos afirmar que: Escolher uma resposta. a. O comércio era incipiente e ocorre à base de escambo b. Tudo o necessário para a sobrevivência era produzido dentro do próprio feudo c. As guildas eram como sindicatos; dentre suas responsabilidades estava o treinamento e formação de mão de obra d. O dinheiro, quando existente, era acumulado, de forma improdutiva e. A acumulação de capital ocorria com a poupança salarial realizada pelos servos e...

    650  Palavras | 3  Páginas

  • Economia

    uma geração” (NUSDEO, Fabio – Curso de Economia – Introdução ao Direito Econômico – 2ª. edição, São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2000, pg 24. São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2000, pg 24). Esse texto procura demonstrar que: Escolher uma resposta. a. As necessidades humanas sempre foram finitas e sempre puderam ser atendidas na sua totalidade, especialmente porque os recursos para a produção de bens e serviços foram e são ilimitados b. A satisfação humana, de forma total, é...

    719  Palavras | 3  Páginas

  • QUESTIONÁRIO - ECONOMIA E NEGÓCIOS UNIP

    de esforços, ou seja, diz respeito a qual técnica de produção utilizar na produção de determinadas mercadorias. III - O como produzir diz respeito à alocação de esforços: não basta que homens e mulheres sejam postos a trabalhar; eles devem trabalhar nos lugares certos a fim de produzirem os bens e serviços de que a sociedade necessite. Em relação a essas afirmativas: Escolher uma resposta. a. apenas a afirmativa I está incorreta b. estão corretas as afirmativas I, II e III c. apenas...

    752  Palavras | 4  Páginas

  • Economia e Negocio

    (NUSDEO, Fabio – Curso de Economia – Introdução ao Direito Econômico – 2ª. edição, São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2000, pg 24. São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2000, pg 24). Esse texto procura demonstrar que: Escolher uma resposta. a. É a partir da Revolução Industrial inglesa, no século XIII, que as necessidades humanas passaram a ser atendidas na sua totalidade; antes desse período, elas eram ilimitadas e atendidas apenas parcialmente b. A satisfação humana, de...

    750  Palavras | 3  Páginas

  • economia

     Economia e Negócios Você acessou como FRANCIKLEYTON GONÇALVES BEZERRA (Sair) Você está aqui AVAEAD  / ► BC1093  / ► Questionários  / ► Questionário Online  / ► Tentativa 1   Questionário Online - Tentativa 1 Parte superior do formulário Question1 Notas: 2 Dentre as principais características de uma economia capitalista, não podemos incluir: Escolher uma resposta. a. Existência da moeda b. Decisões relativas ao preço sob comando de uma central planificadora c. Propriedade...

    2551  Palavras | 11  Páginas

  • Q 1 ECONOMIA

    geração” (NUSDEO, Fabio – Curso de Economia – Introdução ao Direito Econômico – 2ª. edição, São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2000, pg 24. São Paulo, Editora Revista dos Tribunais, 2000, pg 24). Esse texto procura demonstrar que: Escolher uma resposta. a. É a partir da Revolução Industrial inglesa, no século XIII, que as necessidades humanas passaram a ser atendidas na sua totalidade; antes desse período, elas eram ilimitadas e atendidas apenas parcialmente b. As necessidades humanas sempre...

    1397  Palavras | 6  Páginas

  • Economia e negocio

    II – As empresas, diferentemente dos consumidores, não sofrem com a limitação de recursos à disposiçãodiante de suas categorias de despesas.III – O governo, diferentemente dos consumidores e das empresas, não necessita alocar da melhor formaseus recursos disponíveis diante da grande quantidade de itens de gasto que tem à sua frente.Pode-se afirmar que: Resposta a. apenas a afirmativa I está correta; b. apenas a afirmativa II está incorreta; c. apenas as afirmativas I e II estãoincorretas; ...

    1014  Palavras | 5  Páginas

  • Economia e negocios

    Questionário Online “Economia e Negócios” 01-Leia atentamente as seguintes afirmativas: I – A questão referente ao quê e quanto produzir diz respeito a quais mercadorias devem ser produzidas pelas empresas de um país e em quais quantidades. II - A questão referente ao como produzir diz respeito à mobilização de esforços, ou seja, diz respeito a qual técnica de produção utilizar na produção de determinadas mercadorias. III - O como produzir diz respeito à alocação de esforços: não basta que homens...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • Respostas ED's economia

    “O conceito de necessidade humana é concreto, neutro e subjetivo; porém, para não se omitir da questão, definir-se-á “necessidade humana” como qualquer manifestação de desejo que envolva a escolha de um bem econômico capaz de contribuir para a sobrevivência ou para a realização social do indivíduo. Assim sendo, ao economista interessa a existência das necessidades humanas a serem satisfeitas com bens econômicos, e não a validade filosófica das necessidades”.[...]. “O fato concreto é que no mundo...

    2328  Palavras | 10  Páginas

  • Estudos Disciplinares Economia

    Disciplinares – Economia e Negócios 1) Leia atentamente o trecho proposto. “O conceito de necessidade humana” é concreto, neutro e subjetivo; porém, para não se omitir da questão, definir-se-á “necessidade humana” como qualquer manifestação de desejo que envolva a escolha de um bem econômico capaz de contribuir para a sobrevivência ou para a realização social do indivíduo. “Assim sendo, ao economista interessa a existência das necessidades humanas a serem satisfeitas com bens econômicos, e não a validade...

    3073  Palavras | 13  Páginas

  • Elementos De Economia

    teóricos da Economia, conhecidos como liberais clássicos. Assinale a alternativa correta. Dentre os fundamentos para as propostas dos liberais clássicos, está a crença de que: Resposta Selecionada: d.   cada ser humano está essencialmente interessado em seu próprio bem-estar, e suas ações para obtê-lo levam ao surgimento de condições que favorecem o bem-estar coletivo. Respostas: a.     cada ser humano tem seu comportamento determinado pelas instituições e relações sociais. b.     o trabalho...

    3100  Palavras | 13  Páginas

  • Economia

    Curva de possibilidade de produção é a linha na qual todos os pontos revelam as diferentes possibilidades de dois produtos serem fabricados de forma combinada em determinado período com a quantidade de fatores que a firma possui. ( ) Verdadeiro ( ) Falso 4. O ponto localizado abaixo da curva de possibilidade de produção pode ser considerado uma situação de pleno-emprego. ( ) Verdadeiro ( ) Falso 5. As curvas de possibilidades de produção mostram: a. a quantidade...

    1457  Palavras | 6  Páginas

  • Princípios gerais da economia

    Disciplina: 556640 - Princípios Gerais da Economia Questão 1: Para Juarez A. B. Rizzieri, “em economia tudo se resume a uma restrição quase física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços com os recursos escassos disponíveis a cada sociedade.” (Manual de economia: equipe de professores da USP. 5ª edição, São Paulo: Editora Saraiva, 2004, p.10). Leia as seguintes afirmativas: I - A preocupação central da Economia é a análise da produção de bens e da distribuição da renda, dado...

    1358  Palavras | 6  Páginas

  • Respostas ed economia

    “O conceito de necessidade humana é concreto, neutro e subjetivo; porém, para não se omitir da questão, definir-se-á “necessidade humana” como qualquer manifestação de desejo que envolva a escolha de um bem econômico capaz de contribuir para a sobrevivência ou para a realização social do indivíduo. Assim sendo, ao economista interessa a existência das necessidades humanas a serem satisfeitas com bens econômicos, e não a validade filosófica das necessidades”.[...]. “O fato concreto é que no mundo...

    5720  Palavras | 23  Páginas

  • Processo Capitalista de trabalho e (Re)Produção das relações sociais: as exigências de disciplinamento e mercantilização do processo de envelhecimento do trabalhador

    CIÊNCIAS SOCIAIS, COMUNICAÇÃO SOCIAL – JORNALISMO E SERVIÇO SOCIAL CURSO DE SERVIÇO SOCIAL FERNANDA GOMES GERALDO PROCESSO CAPITALISTA DE TRABALHO E (RE)PRODUÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS: As exigências de disciplinamento e mercantilização do processo de envelhecimento do trabalhador Mariana 2013 FERNANDA GOMES GERALDO PROCESSO CAPITALISTA DE TRABALHO E (RE)PRODUÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS: As exigências de disciplinamento e mercantilização do processo de envelhecimento do trabalhador ...

    48362  Palavras | 194  Páginas

  • Conceito de terceiro setor, economia social e economia solidaria

    FALC - FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUIBA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DIEGO MENEGHIN SAMPAIO CONCEITO DE TERCEIRO SETOR, ECONOMIA SOCIAL E ECONOMIA SOLIDARIA CARAPICUIBA 2013 DIEGO MENEGHIN SAMPAIO CONCEITO DE TERCEIRO SETOR, ECONOMIA SOCIAL E ECONOMIA SOLIDARIA Trabalho para complementar a nota da DP da matéria do Terceiro Setor, cujo objetivo é explanar os temas abordados, sexto semestre de graduação a FALC- Faculdade da Aldeia de Carapicuíba, Curso Administração de Empresas...

    9354  Palavras | 38  Páginas

  • Economia

    NOÇÕES DE ECONOMIA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Ministro de Estado Embaixador Celso Amorim Secretário-Geral Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO Presidente Embaixador Jeronimo Moscardo INSTITUTO RIO BRANCO (IRBr) Diretor Embaixador Fernando Guimarães Reis A Fundação Alexandre de Gusmão, instituída em 1971, é uma fundação pública vinculada ao Ministério das Relações Exteriores e tem a finalidade de levar à sociedade civil informações...

    202927  Palavras | 812  Páginas

  • Manual de economia

    NOÇÕES DE ECONOMIA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Ministro de Estado Secretário-Geral Embaixador Celso Amorim Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO Presidente Embaixador Jeronimo Moscardo INSTITUTO RIO BRANCO (IRBr) Diretor Embaixador Fernando Guimarães Reis A Fundação Alexandre de Gusmão, instituída em 1971, é uma fundação pública vinculada ao Ministério das Relações Exteriores e tem a finalidade de levar à sociedade civil informações...

    186135  Palavras | 745  Páginas

  • Respostas ED economia Unip 1 sem

    conceito de necessidade humana é concreto, neutro  e subjetivo; porém, para não se omitir da questão, definir-se-á “necessidade humana” como  qualquer manifestação de desejo que envolva a escolha de um bem econômico capaz de  contribuir para a sobrevivência ou para a realização social do indivíduo. Assim sendo, ao  economista interessa a existência das necessidades humanas a serem satisfeitas com bens  econômicos, e não a validade filosófica das necessidades”.*...+. “O fato concreto é que no  mundo...

    4877  Palavras | 20  Páginas

  • Introdução a economia

    INTRODUÇÃO À ECONOMIA 1 ECONOMIA BIBLIOGRAFIA: NOGAMI,Otto, PASSOS, Carlos Roberto Martins,Princípios de Economia,São Paulo, Pioneira Thomson Learning, 2001; TROSTER,Roberto Luis, MORCILLO, Francisco Mochón.Introdução à Economia, São Paulo, Makron Books, 1999 SIQUEIRA, Nilza S., Apostila de Economia, S.P.,2004 VICTOR, Luiz S., Apostila de Economia, S.P.,2004 APOSTILA DE ECONOMIA 1. INTRODUÇÃO A economia é um processo sistêmico com o qual convivemos. Como na Teoria de Sistemas cada fator ...

    15712  Palavras | 63  Páginas

  • PRINCIPIOS GERAIS DA ECONOMIA

    GERAIS DA ECONOMIA Questionário Unidade I (2014/1)  Pergunta 1 0,5 em 0,5 pontos A Economia começou a ser reconhecida como ciência: Resposta Selecionada: e. Apenas alternativas “b” e “c” estão corretas. Respostas: a. Apenas no séc. XX. b. A partir do séc. XVIII. c. Com as obras de Adam Smith, David Ricardo e Thomas Malthus. d. Todas alternativas anteriores estão corretas. e. Apenas alternativas “b” e “c” estão corretas. Feedback da resposta: Antes...

    3008  Palavras | 13  Páginas

  • Introdução à Economia

    ECONOMIA: Introdução à Economia 1ª ETAPA Curso: DIREITO. Campo Grande 2014 1|P á g i n a ECONOMIA: Introdução à Economia 1ª ETAPA Curso: DIREITO. Atividades práticas supervisionadas – ATPS, Economia. Trabalho para composição de notas, 1ª Etapa, sob a supervisão e orientação do professor xxxxxx Campo Grande 2014 2|P á g i n a 1. INTRODUÇÃO O objetivo deste trabalho é apresentar os principais conceitos básicos da economia. Definimos os principais problemas econômicos...

    2402  Palavras | 10  Páginas

  • Historia da riqurza do homem capi ao vii

    em si, difícil e insípida. Mas situada em seu contexto histórico, vista como uma batalha na luta entre proprietários de terras e industriais, na Inglaterra do início do século XIX, ela se tornará animada e significativa. Este livro não pretende ser exaustivo. Não é uma história econômica nem uma história do pensamento econômico — mas um pouco de ambas. Tenta explicar, em termos de desenvolvimento das instituições econômicas, por que certas doutrinas surgiram em determinado momento, como se originaram...

    102797  Palavras | 412  Páginas

  • Fichamento Economia Política: da origem à crítica marxiana

    Introdução: Economia Política: da origem à crítica marxiana “A Economia Política aborda questões ligadas diretamente a interesses materiais (econômicas e sociais), e em face deles, não há nem pode haver “neutralidade”: suas teses e conclusões estão sempre conectadas a interesses de grupos e classes sociais.” [p. 16]. Economia Política Clássica Os principais pensadores da Economia Política Clássica foram Smith e Ricardo, porém ambos apresentam diferenças entre suas concepções teóricas, que se...

    15314  Palavras | 62  Páginas

  • Fichamento do livro economia politica

    Resumo Livro: Economia Política: uma introdução critica; autores –José Paulo Netto e Marcelo Braz. Introdução Economia Política: da Origem à critica marxista É uma teoria voltada para a compreensão da vida social; Apresenta o principio da não neutralidade das coisas. A Economia Política Clássica Principais pensadores da Economia Política Clássica: Smith e Ricardo, mas ambos apresentam diferentes concepções teóricas e podemos encontrar duas características: Primeira refere-se a natureza mesmo...

    15270  Palavras | 62  Páginas

  • A ciência da economia

    1. A CIÊNCIA DA ECONOMIA É um ambiente de interação entre indivíduos. Um ambiente em que os indivíduos interagem com o objetivo de melhorar seu padrão de vida, aumentar seu bem-estar, através da produção, distribuição e consumo de bens e serviços, levando em consideração o fato de que estes são escassos. 1.1 Conceitos de Economia Economia é a ciência social que estuda a produção, distribuição e consumo de bens e serviços. O termo economia vem do grego oikos (casa) e nomos (costume...

    46666  Palavras | 187  Páginas

  • web aula 1 economia e gestao

    Visão geral Apresentação da disciplina: Caro Aluno, bem-vindos à disciplina de Economia e Modelos de Gestão! Nesse momento, você pode estar se perguntando: por que eu, futuro Gestor de Recursos Humanos, preciso estudar Economia? Ao longo de nossos encontros perceberemos que conhecer Economia é fundamental para profissionais de uma área tão estratégica nas empresas como é a área de Recursos Humanos. A seguir, apresentarei os objetivos e conteúdos de nossa disciplina para que vocês saibam o que...

    6613  Palavras | 27  Páginas

  • economia politica - um estudo critico

    29/6/2014 FICHAMENTO ECONOMIA POLITICA - Trabalho Universitário. Imprimir Trabalho Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações Trabalhos Gratuitos Busque aqui seu trabalho, resumo, monografia, resenha, etc... Busque Trabalho Completo FICHAMENTO ECONOMIA POLITICA FICHAMENTO ECONOMIA POLITICA Imprimir Trabalho! Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias Categoria: Política Enviado por: LUDMILLA 27 março 2013 Palavras: 15215 | Páginas:...

    11270  Palavras | 46  Páginas

  • ECONOMIA POLITICA

    Dilson Menezes Barreto Economia Política Jouberto Uchôa de Mendonça Reitor Amélia Maria Cerqueira Uchôa Vice-Reitora Jouberto Uchôa de Mendonça Junior Pró-Reitoria Administrativa - PROAD Ihanmarck Damasceno dos Santos Pró-Reitoria Acadêmica - PROAC Domingos Sávio Alcântara Machado Pró-Reitoria Adjunta de Graduação - PAGR Temisson José dos Santos Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa - PAPGP Gilton Kennedy Sousa Fraga Pró-Reitoria Adjunta de Assuntos Comunitários...

    38165  Palavras | 153  Páginas

  • elementos da economia

    ELEMENTOS DA ECONOMIA ATIVIDADE TELE AULA I Pergunta 1 0 em 0 pontos Sobre a escassez, podemos dizer que: Resposta Selecionada: c.       é a preocupação básica da Ciência Econômica. Pergunta 2 0 em 0 pontos        Geladeiras, aparelhos de som, aparelhos de telefone devem ser classificados como: Resposta Selecionada: d.      bens de consumo de uso durável. Pergunta 3 0 em 0 pontos  Quanto aos fatores...

    12442  Palavras | 50  Páginas

  • Elementos De Economia Unid I

    Elementos de Economia Autor: Prof. Maurício Felippe Manzalli Colaboradora: Profa. Ivy Judensnaider Professor conteudista: Maurício Felippe Manzalli Economista pela Universidade Paulista – UNIP e mestre em Economia Política pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professor da UNIP nos cursos de Ciências Econômicas e Administração e também é coordenador do curso de Ciências Econômicas na mesma Universidade, tanto na modalidade presencial quanto a distância. Tem experiência...

    18885  Palavras | 76  Páginas

  • "O dinheiro como valor no sistema capitalista e socialista refletindo na elaboração dos valores da lei"

    o dinheiro vem assumindo, no capitalismo, levaram a um instigante debate, sobretudo durante a década de 1990 e início da década de 2000, que se consubstanciou em vários artigos, alguns deles apresentados nos congressos da Sociedade Brasileira de Economia Política. As discussões giraram, principalmente, em tornodo caráter de mercadoria do dinheiro, da sua progressiva desmaterialização e de suas funções no capitalismo moderno, com especial destaque para o dinheiro de crédito. Autores como...

    25033  Palavras | 101  Páginas

  • Economia

    DIREITO DISCIPLINA: ECONOMIA POLÍTICA PROFESSOR: NAIRO RILDO DOS SANTOS ECONOMIA POLÍTICA INTRODUÇÃO A Economia Política estuda as relações sociais de produção, circulação e distribuição de bens materiais, definindo as leis que regem tais relações. Procura também analisar o caráter das leis econômicas, sua especificidade, sua natureza e suas relações mútuas. Nesse sentido, é uma ciência fundamentalmente teórica, valendo-se dos dados fornecidos pela economia descritiva e pela história...

    11543  Palavras | 47  Páginas

  • Economia solidaria

    RESUMO Este estudo traz uma análise de algumas feições da denominada economia solidária, construída por um conjunto de princípios e práticas e almejada, no limite, como alternativa ao modo de produção capitalista. Pretende-se discutir algumas faces que envolvem a teoria relacionada a este modo específico de produção e verificar sua efetividade em casos reais. Ao longo da explanação, os aspectos positivos e negativos desta teoria são frequentemente comparados com o caso real coletado especificamente...

    46577  Palavras | 187  Páginas

  • O homem e o capitalismo? Resposta de Marx, Durkheim e Weber

    MARX, DURKHEIM E WEBER: OS FUNDAMENTOS DO PENSAMENTO SOCIOLÓGICO. Gilberto de Moura Santos* Não obstante as divergências teóricas entre estes três grandes autores, todos se preocuparam em analisar e definir a estrutura do capitalismo moderno em comparação com os modos de produção anteriores. Nesta empresa, os autores abordaram, a partir de perspectivas e interesses distintos, as conseqüências da Divisão Social do Trabalho (DST) na sociedade moderna. Os três pensadores buscaram entender...

    4668  Palavras | 19  Páginas

  • INTRODU O ECONOMIA

     CURSO DIREITO 2015.1 INTRODUÇÃO À ECONOMIA. Seja no nosso cotidiano, seja através dos jornais, rádio e televisão, deparamo-nos com inúmeras questões econômicas, por exemplo: Aumento de preços; Períodos de crise econômica ou de crescimento; Desemprego; Setores que crescem mais do que outros; Crise no balanço de pagamento; Valorização ou desvalorização da taxa de câmbio; Ociosidade de alguns setores de atividade; Diferenças de rendas entre as várias regiões do país; Taxas de juros;...

    16633  Palavras | 67  Páginas

  • Economia

    ECONOMIA E MERCADO Profº William Curaçá de Sousa São Roque/SP 2012 ÍNDICE Capítulo I 1. Introdução à Economia....................................................................................................................03 2. Conceito de Economia.....................................................................................................................03 3. Os problemas econômicos...

    21906  Palavras | 88  Páginas

  • Economia

    ADMINISTRAÇÃO ECONOMIA E NEGÓCIOS 1 SEMESTRE / 2015 Versão 0.8 (falta revisão cf. normas ABNT e correção ortográfica, conteúdo revisado até pg. 79) Prof. Ms. Rogério Nahas Grijó Professor Mestre Rogério Nahas Grijó – UNIP – 1 SEM. 2015 0 1. CONCEITO DE ECONOMIA Etimologicamente, a palavra economia deriva do grego oikonomía (de oikos, casa ; nomos, lei). No sentido original seria a “administração da casa”, que posteriormente foi associada à “administração da coisa pública”. Define-se Economia como ciência...

    25443  Palavras | 102  Páginas

  • economia e mercado

    Sumário Economia e Mercado apresenta ção.......................................................................................................................................................9 INTRODUÇÃO............................................................................................................................................................9 1 QUESTÕES BÁSICAS DA ECONOMIA............................................................................................................

    6874  Palavras | 28  Páginas

  • Economia

     UNIPLAN CENTRO UNIVERSITÁRIO PLANALTO DO DISTRITO FEDERAL MATERIAL DE ECONOMIA Disciplina: Economia e Mercado Organizado por: Profa Mirizete de J. dos Santos Com a finalidade didática. 2014 Conceito de Economia A origem da palavra economia, ou oikosnomos, vem do grego. Oikos (casa) Nomos (norma, lei) No sentido genérico, entende-se, como “Administração da coisa pública”. Pode ser definida como:...

    13951  Palavras | 56  Páginas

  • Economia Solidaria Monografia Copia 1

    UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CLAUDEMIR ROSENO DE MENDONÇA ECONOMIA SOLIDÁRIA: Alternativa de Emancipação Frente ao Desemprego e ao Modelo Capitalista RECIFE – PE 2013. CLAUDEMIR ROSENO DE MENDONÇA ECONOMIA SOLIDÁRIA: Alternativa de Emancipação Frente ao Desemprego e ao Modelo Capitalista Monografia apresentada ao Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, como requisito parcial para obtenção do título de bacharel...

    35621  Palavras | 143  Páginas

  • TERRITORIALIZAÇÃO E PRODUÇÃO DO ESPAÇO: A VIOLÊNCIA URBANA NO BAIRRO DO JURUNAS

    TERRITORIALIZAÇÃO E PRODUÇÃO DO ESPAÇO: A VIOLÊNCIA URBANA NO BAIRRO DO JURUNAS SILVA, Felipe2 PIRES, Ruan3 BITENCOURT, Thiago4 RESUMO Neste artigo, objetivamos analisar o processo favelização constante que as grandes capitais brasileiras vem sofrendo nos últimos anos. Propomos trabalhar com os conceitos de territorialização e a produção do espaço como um dos fatores que nos levam a entender de que forma a violência urbana em Belém/PA, com destaque para o bairro do jurunas. Analisaremos...

    6459  Palavras | 26  Páginas

  • economia

    tiveram enorme influência na renovação das teorias clássicas e na reformulação da política de livre mercado. Acreditava que a economia seguiria o caminho do pleno emprego, sendo o desemprego uma situação temporária que desapareceria graças às forças do mercado.O objetivo do keynesianismo era manter o crescimento da demanda em paridade com o aumento da capacidade produtiva da economia, de forma suficiente para garantir o pleno emprego, mas sem excesso, pois isto provocaria um aumento da inflação. Na década...

    24415  Palavras | 98  Páginas

  • Economia - caderno de atividades

    Gabarito – Economia Conforme Caderno de Atividades – Administração - 2º semestre – Autor Milton Rodrigues Gonçalves. São Paulo, 2010. Tema 1 - Introdução à Economia Ponto de Partida Resposta: As vagas são escassas. Se não há bastante quantidade de um item para satisfazer a todos que o desejam a um preço zero, trata-se de um artigo escasso. Se as pessoas querem parar em frente a seus destinos e precisam caminhar em média duas quadras, há escassez de vagas. Questão 1 Resposta: A Questão...

    3501  Palavras | 15  Páginas

  • Economia

    18 2 A GLOBALIZAÇÃO DA ECONOMIA MUNDIAL Este capítulo, apresenta a dinâmica de desenvolvimento da economia mundial e os fatores que contribuíram para o processo de globalização e de acumulação de capital ao longo de cinco séculos. Além disso, tem por objetivo identificar os impactos do processo de globalização da economia mundial sobre o desenvolvimento econômico e social e sobre as desigualdades econômicas, sociais, regionais, nacionais e internacionais. Compõe-se de três partes: ...

    6284  Palavras | 26  Páginas

  • Economia Social

    ECONOMIA SOCIAL ÍNDICE ÍNDICE 2 1. INTRODUÇÃO 3 1.1.O CONCEITO DE ECONOMIA SOCIAL 3 1.2.O QUE REPRESENTA A ECONOMIA SOCIAL? 5 2.A LEGISLAÇÃO ENQUADRADORA DA ECONOMIA SOCIAL 6 3.OS ACTORES DA ECONOMIA SOCIAL: AS FAMÍLIAS, AS EMPRESAS E AS INSTITUIÇÕES 8 3.1.AS FAMÍLIAS 8 3.2.AS EMPRESAS 9 3.3.AS INSTITUIÇÕES 9 4.TIPOLOGIA DAS EMPRESAS DE ECONOMIA SOCIAL 10 4.1.AS COOPERATIVAS 11 4.2.AS MUTUALIDADES 12 4.3.AS MISERICÓRDIAS 12 4.4.AS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL...

    3841  Palavras | 16  Páginas

  • KARL MARX CONCEITO DE IDEOLOGIA COMUNISMO X CAPITALISTA

    realidade. Os pensadores adeptos da Teoria Crítica da Escola de Frankfurt consideram a ideologia como uma ideia, discurso ou ação que mascara um objeto, mostrando apenas sua aparência e escondendo suas demais qualidades. Já o sociólogo contemporâneo John B. Thompson também oferece uma formulação crítica ao termo ideologia, derivada daquela oferecida por Marx, mas que lhe retira o caráter de ilusão (da realidade) ou de falsa consciência, e concentra-se no aspecto das relações de dominação, já o Sociólogo...

    2481  Palavras | 10  Páginas

  • Modo Capitalista

    NOÇÕES SOBRE O MODO'DE PRODUÇÃO CAPITALISTA 1. O Trabalho Humano e a Geração do Excedente O trabalho foi sempre, em todas as épocas da história da humanidade, a atividade através da qual são obtidos os bens ne- cessários à sobrevivência do homem. Para o homem primitivo, que viveu há 40.000 anos atrás, esse trabalho consistia na caça, na pesca e na coleta de frutos, atividades através das quais obtinha seu sustento. Para melhor realiza-las, o homem passou a produzir instrumentos, a princípio...

    5036  Palavras | 21  Páginas

  • Economia e mercado

    impostos e tarifas. Os mercantilistas preocupavam-se com a política econômica, com saldos favoráveis na balança comercial, com o estoque de metais preciosos e com o poder do Estado. Eram a favor da restrição as importações e estímulo a exportações. A economia nacional afirmou-se no fortalecimento do poder político dos monarcas em detrimento da nobreza. Os monarcas contaram com os mercadores e pequenos proprietários de terra que se beneficiavam com o comércio. A meta fundamental da política nacional eram:...

    14212  Palavras | 57  Páginas

  • Economia politica para trabalhadores

    CAPÍTULO 1 O QUE É ECONOMIA? “A economia não trata de coisas, mas de relações entre pessoas e, em última instância, entre classes, embora essas relações estejam sempre ligadas a coisas e apareçam como coisas”. Quando iniciamos um estudo sobre economia, vem a nossa mente tudo aquilo que em nosso dia a dia associamos com a economia, por exemplo, dinheiro, banco, consumo, troca, mercado, investimento, capital, renda, riqueza, etc. Também faz parte do senso comum acreditar que ser econômico é...

    37695  Palavras | 151  Páginas

  • economia e mercado globalizado

    CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2º Período ECONOMIA E MERCADOS GLOBALIZADOS NOTA: Material Didático cedida pela Fundação Universidade do Tocantins – UNITINS à Faculdade ITOP, fruto de um Contrato de Cessão de uso de Material Didático. Todos os direitos, desta obra são reservados para Fundação Universidade do Tocantins - UNITINS. 1 Não é permitida a reprodução parcial ou total desta obra, exceto com a autorização prévia da UNITINS. Plágio é crime, porque viola os direitos de autor (Lei...

    22755  Palavras | 92  Páginas

  • Economia

    Mercado Um dos argumentos mais utilizados na tentativa de justificar o intervencionismo do Estado no processo de mercado é a alegação de que se tornam necessárias correções, por parte do poder público, das imperfeições e falhas apresentadas pela economia de livre mercado. O objetivo deste texto é mostrar que o referido argumento peca duplamente: primeiro, por sua falaciosidade e, segundo, por sua periculosidade. Com efeito, a posição da Escola Austríaca a respeito das tão propaladas "falhas de...

    6833  Palavras | 28  Páginas

  • Resumo Economia Nilson Holanda

    de forma racional e eficiente. Este é o objetivo básico da economia. - Economia É a administração de recursos entre elas são: • Assegurar a plena utilização dos recursos escassos; • Distribuir esses recursos entre os seus diferentes usos e para a satisfação de diferentes necessidades; • Distribuir, de forma adequada, entre os consumidores, esses recursos e os bens e os serviços produzidos com o seu auxílio. Já as funções da economia são: • Reunir os diferentes recursos possíveis, para o...

    4993  Palavras | 20  Páginas

  • SISTEMATIZAÇÃO CRÍTICA DA PRODUÇÃO ACADÊMICA

    João Sette Whitaker Ferreira SISTEMATIZAÇÃO CRÍTICA DA PRODUÇÃO ACADÊMICA Volume organizado para concurso de Títulos e Provas para obtenção do título de Livre-Docente junto ao Departamento de Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. - Volume 01. Área de conhecimento de Planejamento Urbano (GDPL) Edital ATAAc 067/2012 Janeiro de 2013. SISTEMATIZAÇÃO CRÍTICA DA PRODUÇÃO ACADÊMICA João Sette Whitaker Ferreira Volume organizado para Concurso de Títulos e Provas para...

    129128  Palavras | 517  Páginas

  • A Macroeconomia capitalista de Kalecki

    MESQUITA A MACROECONOMIA CAPITALISTA DE KALECKI GOIÂNIA, NOVEMBRO DE 2012 INTRODUÇÃO Este trabalho demonstrará a teoria macroeconômica de Kalecki, visando como ponto norteador o investimento. Desse modo todo o trabalho está desenvolvido de forma que possa esclarecer os aspectos centrais para o investimento, este que está presente em diversas de suas colaborações para a economia capitalista macroeconômica. Michael Kalecki, importante economista...

    5445  Palavras | 22  Páginas

  • Questões sobre economia

    obrigada a fazer para direcionar a sua produção deve obedecer a respostas básicas da economia, ou seja, quanto e como produzir, por exemplo. Escolha a alternativa abaixo que responde a essas perguntas. A sociedade deve se preparar para decidir quanto aos destinatários dos produtos produzidos, bem como, a tecnologia a ser empregada. A sociedade deve se preparar para usar a tecnologia que possui e decidir quem irá receber os produtos resultantes dessa produção, respectivamente.   A sociedade...

    5375  Palavras | 22  Páginas

  • economia

     ECONOMIA E POLÍTICA DAS FINANÇAS PÚBLICAS: um guia de leitura à luz do processo de globalização e da realidade brasileira (Versão Preliminar) Fabrício Augusto de Oliveira Belo Horizonte, julho de 2007 SUMÁRIO INTRODUÇÃO Capítulo I: Estado e produção de bens públicos no pensamento econômico Capítulos II: O orçamento público: origens, papéis e gestão Capítulo...

    98076  Palavras | 393  Páginas

  • Economia solidaria

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS Secretaria Nacional de Economia Solidária – SENAES: superação do capitalismo? Aquiles Munarim Florianópolis, julho de 2007 superação do capitalismo? Monografia submetida ao departamento de Ciências Econômicas para obtenção de carga horária na disciplina CNM 5420 – Monografia...

    13199  Palavras | 53  Páginas

  • Economia Politica

    Economia Política – Faculdade de Direito Notas de aula RETIRANTES, de Candido Portinari, 1944. O Quadro RETIRANTES, de Candido Portinari, mostra a necessidade que o povo brasileiro tem de abandonar sua terra em busca de uma vida melhor em outra parte do país. Isso é e uma metáfora de nossa história: nós somos um povo errante, faminto por uma vida decente, por emprego e renda e, também, por justiça social e respeito. Nosso povo ainda caminha pela vida sem obter o que tanto procura e, acima...

    33445  Palavras | 134  Páginas

tracking img