Dalmo Dallari Democracia artigos e trabalhos de pesquisa

  • DEMOCRACIA PARTICIPATIVA

     DEMOCRACIA PARTICIPATIVA Introdução O Brasil, após anos de regime ditatorial, entrou no que é até agora o seu segundo maior ciclo de estabilidade constitucional, iniciado pela promulgação da Constituição de 1988. No entanto, apesar da solidez da nossa democracia, ela vem enfrentando problemas no que tange a representatividade e a ação popular no governo. Apesar dos inúmeros dispositivos de participação semidireta na legiferação, o povo ainda não consegue se expressar de...

    2472  Palavras | 10  Páginas

  • Democracia

    POLÍTICA CAMPUS MARQUÊS Democracia UNIP – UNIVERSIDADE PAULISTA DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA CAMPUS MARQUÊS Democracia Outubro/2013 Índice Introdução......................................................................................................................04 Democracia- História e Definição................................................................................05 Pilares da Democracia....................................

    1498  Palavras | 6  Páginas

  • Estados modernos e democracia

    DO ESTADO E DA DEMOCRACIA INTRODUÇÃO A evolução do estudo em Teoria Geral do Estado conduz, primordialmente, para a análise do Estado Moderno, visando um conhecimento, com fito de aprimoramento do próprio Estado em que se vive. Verificada a adequação política do Estado, deve-se passar para a constatação de como evoluiu o pensamento democrático, pilar indispensável do Estado Moderno, estudando-se os movimentos sociais e políticos que contribuíram para esta evolução. Lembre-se, sempre...

    1284  Palavras | 6  Páginas

  • Democracia Direta ou Indireta

    Veloso Título do Trabalho: Democracia Direta ou Indireta. Trabalho apresentado à disciplina de Ciência Política, sob a Regência do Prof. Paulo Henrique Deladona. Uberaba – MG Outubro/2013 Democracia Direta ou Indireta. Democracia tem origem na palavra grega “demos” que significa povo. Nas democracias, é o povo quem detém o poder soberano sobre os poderes legislativo e executivo. Nas democracias, existem certos princípios e...

    1125  Palavras | 5  Páginas

  • TGE - "O poder dos juízes" D. Dallari

     APRECIAÇÃO CRÍTICA DA OBRA “O PODER DOS JUÍZES” DE DALMO DE ABREU DALLARI – Principais críticas do autor ao Judiciário e propostas de solução FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO SÂO PAULO 2012 SUMÁRIO Introdução............................................................................................................ 03 Parte I 1. Inadequação para a realidade social e política atual..........................................

    3447  Palavras | 14  Páginas

  • Democracia e cidadania

    INTRODUÇÃO Democracia e Cidadania estão muito ligadas e são completamente interdependentes. Ser cidadão significa ser súdito e soberano, conforme a situação descrita na carta de Direitos da Organização das Nações Unidas (ONU), de 1948. Teve suas primeiras referências marcantes nas cartas de Direito dos Estados Unidos (1776) e da Revolução Francesa (1798). O conceito de cidadania nos afirma que todos os homens são iguais perante a lei, sem descriminação de raça, cor e religião. Prega que a todos...

    1897  Palavras | 8  Páginas

  • ESTADO MODERNO E DEMOCRACIA

     ESTADO MODERNO E DEMOCRACIA O surgimento do Estado Moderno coincide com a modernização da sociedade que se iniciou no séc. XVI e termina com a Revolução Industrial, tendo como elemento central, a tecnologia e o aumento da produtividade. Esta época é caracterizada pelo surgimento de novos grupos sociais, pela ascensão da burguesia e por uma nova forma de legitimação do poder, o povo e, em conseqüência, pelos parlamentos. Dalmo de Abreu Dallari[1] ensina que, “a idéia moderna de um Estado Democrático...

    669  Palavras | 3  Páginas

  • Estado Moderno e Democracia

    ESTADO MODERNO E DEMOCRACIA O surgimento do Estado Moderno coincide com a modernização da sociedade que se iniciou no séc. XVI e termina com a Revolução Industrial, tendo como elemento central, a tecnologia e o aumento da produtividade. Esta época é caracterizada pelo surgimento de novos grupos sociais, pela ascensão da burguesia e por uma nova forma de legitimação do poder, o povo e, em consequência, pelos parlamentos. Dalmo de Abreu Dallari, ensina que, “a ideia moderna de um Estado Democrático...

    759  Palavras | 4  Páginas

  • Aula 4 Direitos Humanos E Cidadania Dallari

    Direitos Humanos e Cidadania Dalmo Dallari  A origem da palavra cidadania vem do latim “civitas”, que quer dizer cidade. A palavra cidadania foi usada na Roma antiga para indicar a situação política de uma pessoa e os direitos que essa pessoa tinha ou podia exercer.  A palavra cidadania tem valor simbólico.  Uma sociedade sem discriminação, na qual, direitos e deveres são iguais para todos.  Direitos são conquistas, alguns já reconhecidos outros ainda não. Música: Cidadão – Zé Ramalho 1- O...

    1494  Palavras | 6  Páginas

  • Democracia

    DEMOCRACIA OBJETIVOS Geral Caracterizar a democracia, diferenciando-a de outros regimes políticos. Específicos Estabelecer a relação entre democracia e liberdade. Entender a evolução do regime democrático, política e socialmente. Identificar as principais peculiaridades do regime democrático. SUMÁRIO Introdução. Aspectos teóricos conceituais. Democracia e forças sociais. As etapas da marcha das sociedades rumo à democracia política e social. Os tipos de democracia. Institutos da democracia...

    802  Palavras | 4  Páginas

  • desigualdade social, democracia e cidadania

    FILOSOFIA Desigualdade Social Democracia e Cidadania Origens, Conceitos e Dilemas Nome: Série: Nº São Paulo __/__/__ Desigualdade Social A desigualdade social refere-se a processos relacionais na sociedade que têm o efeito de limitar ou prejudicar o status de um determinado grupo, classe ou círculo social. As áreas de desigualdade social incluem o acesso aos direitos de voto, a liberdade de expressão e de reunião, a extensão dos direitos de propriedade e de acesso à educação...

    2394  Palavras | 10  Páginas

  • Fichamento Peculiaridades do sistema judiciário brasileiro (pp. 103 – 157). Parte III, capítulo XII. DALLARI, Dalmo de Abreu. O Poder dos Juízes. São Paulo: Saraiva, 2007.

    DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS CURSO DE DIREITO DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO Aluno: Gilberto Jefferson de A. Aranha Matrícula: 11116998 P/5 noite Peculiaridades do sistema judiciário brasileiro (pp. 103 – 157). Parte III, capítulo XII. DALLARI, Dalmo de Abreu. O Poder dos Juízes. São Paulo: Saraiva, 2007. O texto traça um panorama crítico da estruturação, formação e desenvolvimento do Poder Judiciário no decorrer da república, dando ênfase ao período pós Constituinte de 1988. Mormente...

    1780  Palavras | 8  Páginas

  • A democracia e o exercicio da cidadania

    A DEMOCRACIA E O EXERCÍCIO DA CIDADANIA Adilson Martins da Silva * Elisiene Cristina Amorim Santana Rosângela Gonçalves Magalhães RESUMO Este trabalho aborda a necessidade de se motivar a participação da sociedade nos processos decisórios dos governantes. Tal participação política vem sendo discutida por diversos setores da sociedade que se preocupam com o fortalecimento da democracia e dos grupos menos favorecidos economicamente através de uma representatividade por participarem de...

    1908  Palavras | 8  Páginas

  • O que participação politica?dalmo de abrel

    “ O QUE É PARTICIPAÇÃO POLÍTICA – DALMO DE ABREU DALLARI” Por Márcio Leoni 1) O que é Política A partir do texto de Dallari é possível refletir inúmeros assuntos relacionados com a participação política. Para iniciar é necessário entender o que significa “Política”. A origem da palavra política é Grega e foi utilizada por vários filósofos e escritores da Grécia antiga. Entretanto o de melhor compreensão foi escrita por Aristóteles. Segundo o filósofo o homem é um animal político, pois necessita...

    1808  Palavras | 8  Páginas

  • estado moderno e democracia

    Estado Moderno e Democracia. A palavra democracia, se divide em, Demo (povo) e Kracia (governo) e tem sua origem Grega.A democracia, passou por inúmeros processo de evoluções, até chagar na democracia que esta presente nos dias de hoje. A democracia iniciou-se na Grécia Antiga, e sempre teve o mesmo pressuposto de governo para povo, até os dias atuais. Porém o conceito, naquela época, de cidadão, que são as pessoas que exercem a democracia, era mais restrito, como diz ARISTÓTELES1 em sua obra...

    1436  Palavras | 6  Páginas

  • estado moderno e democracia

    Estado Moderno e Democracia Baseado no livro Elementos de Teoria Geral do Estado de Dalmo de Abreu Dallari Haverá alguma relação entre a idéia moderna de democracia e aquela que se encontra na Grécia antiga?  A resposta é afirmativa, no que diz respeito à noção de governo do povo, havendo, entretanto, uma divergência fundamental quanto à noção do povo que deveria governar.  A idéia restrita de povo de Aristóteles (nem todos eram cidadãos, nem todos poderiam governar) não poderia estar...

    1354  Palavras | 6  Páginas

  • Democracia semidireta:referendo,plebiscito,

    Conforme o texto de Alexandre Navarro Garcia, a democracia direta vem sendo aplicada desde a Antiga Grécia (séculos IV e V a.C.). O paralelo moderno que hoje encontramos da democracia dos gregos seria o governo comunitário de algumas cidades da nova Inglaterra( no séc. XVIII com a realização de assembléias ) e dos três mais antigos cantões da Suíça , Unterwald,Appenzell e Glarus. Nesses lugares os cidadãos maiores de idade comparecem as assembléias populares (Landesgemeinden) , onde reunidos ao...

    1492  Palavras | 6  Páginas

  • Participação popular efetiva em meio aos apelos de democracia e cidadania

    PARTICIPAÇÃO POPULAR EFETIVA EM MEIO AOS APELOS DE DEMOCRACIA E CIDADANIA SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 3 2 DESENVOLVIMENTO 4 2.1 CONCEITOS DE DEMOCRACIA E CIDADANIA E SUAS EVOLUÇÔES HISTÓRICAS 4 2.2 PAPEL DAS “MINORIAS” NA COSTRUÇÃO HISTÓRICA DO PROCESO DE CIDADANIA E DE DEMOCRACIA. 7 REFERÊNCIAS 11 1 INTRODUÇÃO Na história do povo brasileiro nunca se falou tanto em cidadania, em democracia e em direitos humanos como nas últimas décadas, fato que se desenvolve após o termino dos governos militares...

    2732  Palavras | 11  Páginas

  • Constitucionalismo, Democracia e Vontade Geral

    I – Introdução O objetivo desta monografia é conceituar e analisar ideias propostas por Jean-Jacques Rousseau na sua obra Do Contrato Social. Algumas destas ideias, como a vontade geral, é muitas vezes confundida com a da vontade de todos e da democracia, por exemplo. Traçar-se-á, também, paralelos entre o contratualismo e obras de autores mais modernos, como Ronald Dworkin. E, a partir disso, relacioná-las com eventos da História, como o nazi-fascismo, e da atualidade, como a instituição da união...

    1563  Palavras | 7  Páginas

  • CIDADANIA, DEMOCRACIA E ÉTICA NA EDUCAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO MUNICIPAL PROFESSOR ANTÔNIO ROHDEN EM BRAÇO DO NORTE, SANTA CATARINA

    LUCAS XAVIER DE MELO CIDADANIA, DEMOCRACIA E ÉTICA NA EDUCAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO MUNICIPAL PROFESSOR ANTÔNIO ROHDEN EM BRAÇO DO NORTE, SANTA CATARINA Braço do Norte 2014 ANA CRISTINA TRAVENSOLI RODRIGUES EDUARDO ALVES JOÃO LUCIANO DA SILVA CRUZ LUCAS XAVIER DE MELO CIDADANIA, DEMOCRACIA E ÉTICA NA EDUCAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO MUNICIPAL...

    4749  Palavras | 19  Páginas

  • CONSOLIDAÇÃO DA DEMOCRACIA

    A CONSOLIDAÇÃO DA DEMOCRACIA INTRODUÇÃO Vários estudiosos políticos têm frequentemente ressaltado as vantagens de ver a democracia como um subsistema político, de preferência a encará-la como um padrão total de sociedade. O estudo dos colapsos que a atingiram deu-lhes toda a razão para insistirem nesse ponto de vista, dado haver mostrado que, em muitos casos, a ditadura poderia ter sido evitada por meio de mudanças institucionais e de esforços políticos conscientes. A observação dos processos...

    2980  Palavras | 12  Páginas

  • democracia, igualdade e liberdade

    Democracia Ateniense: Princípios da Igualdade e da Liberdade. Como se sabe, a democracia começou a se formar na Grécia, na cidade de Atenas, por volta do ano de 508 a.c.. Este novo sistema político tinha por princípios básicos a igualdade e a liberdade, ou seja, todos os cidadãos são iguais perante à lei e nenhum cidadão pode impor a sua vontade ao outro, todos devem viver livremente. Neste tópico, iremos explorar melhor e procurar explicar estes dois princípios básicos, esclarecendo sobre...

    2446  Palavras | 10  Páginas

  • Democracia

    DEMOCRACIA. 1.INTRODUÇÃO: No funcionamento do Estado, a sua Constituição deve ser exaltada para que se compreenda melhor a atuação a sua atuação em relação aos seus governados e aos estrangeiros, bem como frente aos demais Estados. Destaca-se a na Constituição Federal brasileira a estrutura e a organização dos poderes estatais, visando a sua boa ordenação interna e o desenvolvimento de atividades tendentes a atender aos interesses dos governados. “Não obstante a indiscutível caracterização da democracia...

    1822  Palavras | 8  Páginas

  • Democracia Direta

    Colégio Pedro II Democracia Direta Professora: Valéria Disciplina: Sociologia Alunos: Ana Luiza Prior (03), Claudia Abib (8), Lucia Margarida (20), Luiz Gabriel (21) e Yasmin Calegari (35). Turma: 2206 Manifestações e Democracia O ano de 2013 foi marcado pela participação política popular através de manifestações, inicialmente com o intuito de reduzir as tarifas de ônibus, culminando em questionamentos maiores sobre nosso sistema político. Conforme o filósofo e colunista da...

    2211  Palavras | 9  Páginas

  • Democracia

    IV – Estado e Governo 2. Democracia direta, representativa e semidireta. “Nenhum homem é bom o bastante para governar a outro sem o seu consentimento" (Abraham Lincoln) Introdução. Já vimos que democracia é o regime de governo em que prevalece a vontade do povo. Essa vontade pode ser expressa diretamente, como ocorria nas democracias antigas, ou por meio de representantes, como é mais frequente nas democracias modernas. Também é possível a combinação da vontade popular com a intermediação...

    2985  Palavras | 12  Páginas

  • DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de teoria geral do Estado. São Paulo: Saraiva, 2009. Capítulo III

     DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de teoria geral do Estado. São Paulo: Saraiva, 2009. Capítulo III Estado: indicando uma sociedade política só aparece no século XVI Época de aparecimento do Estado O Estado assim como a sociedade sempre existiu. A sociedade humana existiu sem o Estado durante certo período. Estado a sociedade política dotada de certas características muito bem definidas. Formação originária: Parte-se de agrupamentos humanos ainda não integrados a qualquer Estado...

    1467  Palavras | 6  Páginas

  • Democracia

     Ciências Sociais A Democracia Aluna: Kenia Professor: Leonardo Pugliese Curso de Direito – 2º Período Sumário Introdução-------------------------------------------------------------------1 Desenvolvimento----------------------------------------------------------2 Conclusão-------------------------------------------------------------------13 Referência Bibliográfica-------------------------------------------------14 ...

    2895  Palavras | 12  Páginas

  • Democracia Representativa

     1 INTRODUÇÃO A Grécia foi o berço da democracia direta, mormente Atenas, onde o povo, reunido no Ágora, para o exercício direto e imediato do poder político, transformava a praça pública “no grande recinto da nação”. A democracia antiga era a democracia de uma cidade, de um povo que desconhecia a vida civil, que se devotava por inteiro à coisa pública, que deliberava com ardor sobre as questões do Estado, que fazia de sua assembleia um poder concentrado no exercício da plena soberania...

    4391  Palavras | 18  Páginas

  • Ficha destaque - Da Sociedade - Dalmo de Abreu Dallari

    1 FICHA DESTAQUE/REFERENTE DE OBRA CIENTÍFICA ! 1. NOME COMPLETO DO AUTOR DO FICHAMENTO: Leonardo Schiliró 2. OBRA EM FICHAMENTO: DALLARI, DALMO DE ABREU. ELEMENTOS DE TEORIA GERAL DO ESTADO / DALMO DE ABREU DALLARI.  –  32. ED. –  SÃO PAULO : SARAIVA, 2013. 3. ESPECIFICAÇÃO DO REFERENTE UTILIZADO: Entender os reais motivos que levam o homem a viver em sociedade. Identifica-la e a todos seus elementos para compreender sua origem. Conhecer os tipos de sociedades...

    6498  Palavras | 26  Páginas

  • Resenha capítulo ii elementos de teoria geral do estado de dalmo de abreu dallari

    DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de Teoria Geral do Estado. 31ª ed. - São Paulo : Saraiva, 2012. Dalmo de Abreu Dallari é um jurista brasileiro, que formou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Suas obras são fontes de estudos dos juristas, e seu livro "Elementos de Teoria Geral do Estado" será analisada. No Capítulo II, denominado "Do Estado", de seu livro, entre demais itens, que não serão abordados, Dalmo de Abreu Dallari fala a respeito da Origem e Formação do Estado...

    636  Palavras | 3  Páginas

  • Elementos De Teoria Geral Do Estado (Dalmo Dallari)

    Dalmo de Abreu Dallari (Autor) Elementos de Teoria Geral do Estado (Obra) Capitulo 1 Da Sociedade (Tópico 5 ao final do 8) Capitulo 1 Da Sociedade Tópico 5 Conceito do autor sobre a origem da sociedade Tópico 6 Afirmação de Aristóteles sec. IV a.c Cícero I a.c Santo Tomás de Aquino (período medieval) Afirmação de Ranelletti Tópico 7 Teoria Contratualista Tópico 8 A afirmação de Thomas Hobbes Tópico 5 Dallari faz um comentário sobre a origem da sociedade: Será que...

    610  Palavras | 3  Páginas

  • referencias

    Biográficas, Autor: Dalmo de Abreu Dallari. Capítulos de livros publicados 1. DALLARI, Dalmo de Abreu . Constituição resistente.. In: MORAES, Alexandre de. (Org.). Os 10 anos da Constituicao Federal. São Paulo: Atlas, 1999, v. , p. 45-63. 2. DALLARI, Dalmo de Abreu . Antonio Cândido: humanista militante.. In: AGUIAR, Flávio. (Org.). Antonio Cândido: pensamento e militância. São Paulo: Ed. Fundacao Perseu Abramo; Humanitas/FFLCH/USP, 1999, v. , p. 291-293. 3. DALLARI, Dalmo de Abreu . Os direitos...

    5510  Palavras | 23  Páginas

  • Tge - dalmo de abreu dallari

    Geral do Estado passaram a identificar esta disciplina com a Ciência Política. Sendo que, para efeito de currículo, algumas universidades passaram a dar ao curso de Teoria Geral do Estado o a denominação de Direito Constitucional I, que para Dalmo de Abreu Dallari, é uma impropriedade, pois mesmo havendo afinidade, a Teoria Geral do Estado e o Direito Constitucional não se confundem. 4. Por decisão federal, o ensino de Teoria Geral do Estado, a partir de 1994, continuou a ser obrigatório para...

    1329  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo Cap 1 TGE Dallari

    DANYLO FAUSTINO DA SILVA LEITE – I Semestre 2013.1 RESUMO – Elementos da Teoria Geral do Estado – Dalmo de Abreu Dallari CAP I Sociedade Origem da Sociedade - Sociedade Natural → Natureza do Homem → Natural - Contratualismo → Ato de Escolha → Consequência da escolha Teorias à ideia da Sociedade Natural “O homem é um ser social por natureza” Aristóteles – “O homem é naturalmente um animal político” para ele, só um indivíduo de natureza vil ou superior ao homem, procuraria viver isolado...

    2773  Palavras | 12  Páginas

  • Território - Dalmo de Abreu Dallari

     Fichamento: Território Segundo a ótica de Dalmo de Abreu Dallari Elaboração Araçatuba 2014 Território: Noção, Características, Funções e Limites do Território A definição de território como sendo componente necessário para a formação do Estado só apareceu com o Estado Moderno, assim diz Dallari, logo no começo de sua introdução sobre território, constante no aspecto 39, página 92, do presente livro. Isso não queira dizer que os Estados anteriores...

    1073  Palavras | 5  Páginas

  • Democracia

    Democracia e Cidadania na Escola: do Discurso à Prática Ângela Antunes [1] Texto atualizado em agosto de 2008, publicado inicialmente em Conselhos de Escola: formação para e pela participação. São Paulo: Cortez, 2005. Profundas raízes vão crescer A luz das pessoas me faz crer Eu sinto que vamos juntos ohh, nem o tempo amigo Nem a força bruta Pode um sonho apagar. Milton Nascimento Precisamos contribuir para criar a escola que é aventura, que marcha, que não tem medo do risco, por...

    8118  Palavras | 33  Páginas

  • Elementos de teoria geral do estado

    TURNO: MANHÃ DATA: 12/11/2007 GRADUANDO: GENISSON ARAUJO DOS SANTOS REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: DALLARI, DALMO DE ABREU. ELEMENTOS DE TEORIA GERAL DO ESTADO. 2ª EDIÇÃO, SÃO PAULO: EDITORA SARAIVA, 1988. CAPITULO V: PROBLEMAS DO ESTADO CONTEMPORÂNEO O Estado na Ordem Internacional De acordo com Dallari: “O mundo é uma sociedade de Estados”. Pois, se analisado sobre o prisma jurídico, o Estado é uma pessoa de direito público internacional...

    1727  Palavras | 7  Páginas

  • democracia

     DEMOCRACIA PARTICIPATIVA FACULDADE DAS AMÉRICAS São Paulo – 2013 DEMOCRACIA PARTICIPATIVA “Os instrumentos de democracia participativa existentes na Constituição Federal/88 e sua real aplicabilidade nos dias atuais” Eixo Temático, que teve Professor Orientador: Prof.º Paulo Lowenthal ...

    4970  Palavras | 20  Páginas

  • Democracia

    forma democrática, para se formar uma democracia de fato. O conceito de democracia, vem do grego demo= povo e cracia=governo, ou seja, governo do povo, baseado na maioria dos votos. Já a ética e a cidadania são parte da filosofia, ocupando-se como reflexão a respeito dos fundamentos da vida moral e social. Essa reflexão pode seguir as mais variadas direções, dependendo da concepção de homem que se toma como ponto de partida. Para termos uma democracia de fato, é necessário formamos uma comunidade...

    9284  Palavras | 38  Páginas

  • Origem da Sociedade (Dalmo de Abreu Dallari)

     Estudo Dirigido 3 – Teoria Política I Texto 5: Origem da Sociedade (Dalmo de Abreu Dallari) 1) A primeira teoria é favorável à idéia da sociedade natural, que tem, atualmente, maior número de adeptos e que exercem maior influência na vida concreta do Estado. O antecedente mais remoto da afirmação de que o homem é um ser social por natureza encontra-se no século IV a.C., com a conclusão de Aristóteles de que “o homem é naturalmente um animal político”, ou seja, o homem interage...

    1026  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho espécies de democracia

    INTRODUÇÃO A democracia apresenta diversos aspectos que podem ser abordados. É um tema de alta complexidade e periculosidade, envolvendo vários ramos da ciência política, da Teoria Geral do Estado bem como do Direito. Em relação às formas de Democracia têm-se a democracia direta (a qual, na verdade é de impossível existência), a democracia representativa (pode ser feita por partidos políticos), e a democracia semidireta (com intervenção dos governados em algumas deliberações dos governantes)...

    4466  Palavras | 18  Páginas

  • Cidadania e Democracia

      Cidadania e democracia  Lua Nova: Revista de Cultura e Política Print version ISSN 0102-6445 Lua Nova  no.33 São Paulo Aug. 1994 http://dx.doi.org/10.1590/S0102-64451994000200002  CIDADANIA Citizenship and democracy     Maria Victoria de Mesquita Benevides Professora associada da Faculdade de Educação da USP e pesquisadora do CEDEC. Na mesma área temática publicou, em Lua Nova (nº 28-29, 1993) "O plebiscito de 1993 à luz do precedente de 1993"     RESUMO Discute-se a importância...

    5159  Palavras | 21  Páginas

  • Estado democratico de direito

    Filosofia Geral e Jurídica, do Curso de Direito, da UNIVERSIDADE CEUMA, como requisito para obtenção de nota. Introdução Neste trabalho iremos discorrer sobre o tema Estado do direito e Estado democrático de direito, baseando-nos no livro de Dalmo de Abreu Dallari, onde ele mostra a importância da atuação do estado nas grandes transformações que o mundo tem passado, dos questionamentos que continuam surgindo com relação ao papel do estado nessa transformação, de como o estado influencia nessa transformação...

    1701  Palavras | 7  Páginas

  • RESUMO CORRIGIDO

    REALIDADE II DOSCENTES: MICHELI DANTAS SOARES E HELINTON NECKER DISCENTE: LAÍS MARA CARNEIRO REIS SÍNTESE DO LIVRO “O QUE É PARTICIPAÇÃO POLÍTICA” DE AUTORIA DE DALMO DE ABREU DALLARI Santo Antônio de Jesus/BA, 2015 SÍNTESE DO LIVRO “O QUE É PARTICIPAÇÃO POLÍTICA” DE AUTORIA DE DALMO DE ABREU DALLARI Dalmo de Abreu Dallari introduz o seu livro “O que é participação política”, evidenciando o conceito de política. Este está intrínseco às ações humanas, as quais, mesmo quando tomadas de forma...

    806  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo Do Livro Teoria Geral De Estado Dalmo Dallari

    Resumo do livro: Elementos de Teoria Geral de Estado, de Dalmo Dallari. Temas: Representação Profissional, Corporativa e Institucional. Segundo Dallari, a descrença na representação política já inspirou varias tentativas de encontro de outras bases de representação, visando a assegurar maior autenticidade dos representantes, sobretudo no sentido de serem efetivamente vinculados aos representados. Das ideias de representação surgidas em substituição à política, podem-se destacar três, que já exerceram...

    2542  Palavras | 11  Páginas

  • A origem remota do constitucionalismo

    livro A Constituição na Vida dos Povos, escrito por Dalmo de Abreu Dallari, “A origem remota do constitucionalismo” nos traz à luz o entendimento de como surgiu a Constituição – a lei máxima de uma nação, por exemplo. Nesse capítulo, Dallari traça, de forma minuciosa, uma linha do tempo das mudanças ocorridas nos primórdios (Idade Média) desse conjunto de leis até século XXI. Essa obra foi publicada em 2010 pela Editora Saraiva. Dalmo De Abreu Dallari é exímio jurista, estudioso do Direito e militante...

    636  Palavras | 3  Páginas

  • resumo de Dalmo de Abreu Dallari a cosntituiçao na vida dos povos da idade media ao sec. XXI

     A obra de Dalmo de Abreu Dallari nos mostra a constituição na vida dos povos, desde os povos da idade media até os dias atuais. Mostrando uma evolução muito significativa em decorrência das mudanças de pensamentos dos povos em cada época. Começa ele fazendo um estudo mais aprofundado sobre constitucionalismo e absolutismo, que em regra são duas coisas completamente diferentes, pois o absolutismo é um poder político imposto arbitrariamente pelo governante, já a constituição pode ser referida como...

    648  Palavras | 3  Páginas

  • Teoria Geral do Estado

    Monarquia, Aristocracia e Democracia 1.1 FORMAS PURAS 1.1.1 MONARQUIA A Monarquia é o governo de um só, onde atende à exigência unitária na organização do poder político,tendo como objetivo o respeito as leis. 1.1.2 ARISTOCRACIA A Aristocracia é o governo de alguns, ou seja dos capazes, melhores,dos mais qualificados ao governo. Acepção de força no sentido de qualidades, isto é força na cultura e Inteligência, sendo uma seleção dos capazes. 1.1.3 DEMOCRACIA A Democracia é o governo de todos...

    2101  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha do livro o futuro do estado 'dalmo de abreu dallari'

    do Estado poderão ser oportuna e convenientemente corrigidas, para que ele seja, efetivamente, um instrumento de todos os homens para a consecução da Justiça e da Paz.” Dalmo de Abreu Dallari FONTE: Livro O FUTURO DO ESTADO de Dalmo de Abreu Dallari...

    1169  Palavras | 5  Páginas

  • formas de governo

    baseada no número de governantes, criando três modalidades: a) realeza: um só governa; b) aristocracia: governo exercido por um grupo; c) democracia (república); governo exercido pelo povo, no interesse geral. Pode ocorre destas formas se desregrarem, constituindo formas impuras de: a) tirania  realeza. b) oligarquia  aristocracia c) demagogia  democracia  Embora feita, somente se tendo em conta o número de governantes, até hoje é válida.  MAQUIAVEL  Afirma que as formas de governo...

    758  Palavras | 4  Páginas

  • teoria geral do estado

     ELEMENTOS DE TEORIA GERAL DO ESTADO DALLARI, Dalmo de Abreu CAP I Da Sociedade O livro se inicia relatando o conceito de Sociedade no capítulo I com o 1 ° subtítulo Origem da Sociedade mostrando a vizão dos principais pensadores e filosofos de como surgui a sociedade. Os mesmos são separados...

    847  Palavras | 4  Páginas

  • Formação do Estado

    risco de um governo ditatorial. Diferentemente, quando se ignora o aspecto do poder para se cuidar das funções, o que se procura é aumentar a eficiência do Estado, organizando-o da maneira mais adequada para o desempenho de suas atribuições”. DALLARI O sistema de separação dos poderes, consagrado nas Constituições de quase todo o mundo, a partir do parágrafo 5º, da Declaração de Direitos da Virgínia, de 1776, que já dispunha “que os poderes executivo e legislativo do Estado deverão ser separados...

    3529  Palavras | 15  Páginas

  • Fichamento Representacao Politica

    Estado” de Dalmo Abreu Dallari Logo de inicio, o topico levanta a questao da escolha dos representantes politicos. Tendo em vista as diversas diferencas existentes entre as pessoas, sendo elas o sinteresses ou mesmo as suas aspiracoes, o que entra em questao seria a enfase para suas preferencias quanto aos respectivos governantes. Para exemplificar essas diferencas, Dallari explica os primordios da existencia dos partidos politcos, onde, em Roma, a instauracao da democracia gerou...

    772  Palavras | 4  Páginas

  • pco, democracia e constitucionaldade

    práticas sociais que permeiam a democracia política. O primeiro ponto, portanto, é definir de que forma o poder constituinte (como poder popular) está atrelado à democracia, pois é essa uma análise teórica que oferece condições para se definir soberania popular, participação democrática, passado e futuro das práticas sociais e políticas. Como diz Negri (2002): Falar de poder constituinte é falar de democracia. O poder constituinte está ligado à idéia de democracia, concebida como poder absoluto...

    5517  Palavras | 23  Páginas

  • Ely Assuncao

    Totalitário, Estado Liberal, Estado Social - Elementos essenciais do Estado. Povo e nação. Nacionalidade - Soberania - Território. Natureza e espécies de território. Fronteiras. O território e a CF de 88 - Estado moderno e democracia - Separação de Poderes - Democracia direta, semi-direta e representativa - O sufrágio - Formas de governo - Parlamentarismo e Presidencialismo - Representação política. Partidos políticos. Partidos políticos e a CF de 88 - O Estado Federal. A Federação brasileira ...

    9649  Palavras | 39  Páginas

  • Percentual

    geral. Nesse contexto, Dalmo de Abreu Dallari demonstra que a Teoria Geral do Estado tem como objeto o “...estudo do Estado sob todos os aspectos, incluindo a origem, a organização e o funcionamento e as finalidades compreendendo-se no seu âmbito tudo o que se considere existindo Estado e influindo sobre ele” (Elementos de Teoria Geral do Estado. 25ª ed.: São Paulo: Saraiva, p. 6). Título : Módulo 1 "b" - A origem do Estado Conteúdo : Segundo Dalmo de Abreu Dallari (Elementos de Teoria Geral...

    10648  Palavras | 43  Páginas

  • Locker

    Política? Explique as diferenças entre elas? 25) Quais são as diferenças fundamentais entre sociedade e comunidade. 26) O que é democracia direta, semidireta e representativa? 27) Na democracia semidireta existe outras instituições como: o referendum, o plebiscito, a iniciativa, o veto popular e o mandato. Explique cada um deles? ESTADO MODERNO E DEMOCRACIA Estado e Governo : Legalidade e legitimidade do poder estatal. Governo: conceito, formas e tarefas do governo. O Estado e a nova...

    5465  Palavras | 22  Páginas

  • Fichamento Dalmo Dallari

    DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de teoria geral do Estado. 31. Ed. São Paulo. Saraiva. 2012 (pp. 68-80). O trabalho do autor pauta-se na análise de características principais e gerais dos tipos de Estados historicamente mais importantes e influentes para o conhecimento e entendimento atual e futuro, do Estado. Adota-se uma sequência cronológica para compreender a tipologia de cada fase do Estado, que se divide em: Estado Antigo, Estado Grego, Estado Romano, Estado Medieval e Estado Moderno....

    501  Palavras | 3  Páginas

  • Fichamento: DALLARI, Dalmo Abreu; Elementos da Teoria Geral do Estado

    DALLARI, Dalmo Abreu. “Elementos da Teoria Geral do Estado”. São Paulo: Saraiva, 1998. 2ª ed. Capítulo 1 Da sociedade; origem da sociedade - Por que é que o homem vive em sociedade? Duas respostas: Origem natural da sociedade (mais adeptos atualmente e mais influente; Aristóteles, Cícero, Ranelletti). Contratualistas (HOBBES, MONTESQUIEU [menos], LOCKE [mas era religioso e por isso não atribuía ao homem a liberdade total de se associar, dizendo que Deus tinha arquitetado o fenômeno], ROUSSEAU)...

    3195  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo do capitulo i de elementos da teoria do estado de dallari

    Elementos da Teoria Geral do Estado - Dalmo de Abreu Dallari Introdução: noção, objetivo e método. 1- Na preparação de um jurista é importante que o mesmo conheça tanto as instituições como os problemas das sociedades contemporâneas. Precisando assim de disciplinas não-jurídicas. Apresentam três assuntos que merecem serem ressaltados: É preciso conhecer as instiuições, de maneira que entenda seu funcionamento e o papel dentro da qual. É necessário saber de que forma os problemas da sociedade...

    3160  Palavras | 13  Páginas

tracking img