Conclusão Lupus artigos e trabalhos de pesquisa

  • Lupus

    | “Lúpus Eritematoso Sistêmico” Por: Carolina Fernandes S. Pena Erika Fernanda Gomes Valeria C. F. Siqueira Juliana Silva São José dos Campos 2011 | |CCB - ESCOLA TÉCNICA EM ESTÉTICA E SAÚDE | “Lúpus” Apresentação de monografia à Escola Técnica em Estética e Saúde como condição prévia para a conclusão do Módulo Metodologia Científica em...

    2731  Palavras | 11  Páginas

  • Lupus

    DE ENFERMAGEM SÃO JOÃO DE DEUS FUNDAÇÃO GERALDO CORREA GABRIELA SILVA GRAZIELE BOTELHO THAÍS DAMASCENO LÚPUS Divinópolis 2013 GABRIELA SILVA GRAZIELE BOTELHO THAÍS DAMASCENO LÚPUS Trabalho de Conclusão de Curso apresentando à Escola de Enfermagem São João de Deus -- Fundação Geraldo Correa , como requisito parcial a conclusão do Curso deTécnico em Enfermagem. Divinópolis 2013 . Dedicamos...

    1337  Palavras | 6  Páginas

  • lupus

    ........................................................... 4 1. Lúpus: doença autoimune....................................................................5 1.1. Lúpus eritematoso discóide (LED).............................................5 1.2. Lúpus eritematoso sistémico......................................................6 1.3. Lúpus induzido por drogas.........................................................8 Conclusão......................................................................

    1156  Palavras | 5  Páginas

  • Psicologia lúpus

    ÍNDICE INTRODUÇÃO.....................................................................................................2 LÚPUS ERIMATOSO .........................................................................................3 LÚPUS DISCÓIDE...............................................................................................3 LÚPUS SISTÊMICO............................................................................................3 SINTOMAS............................

    2153  Palavras | 9  Páginas

  • Lupus

    Docente: Introdução: 3 O que é o Lúpus? 4 Imunocomplexos: complexos anticorpo-antigénio 5 Causas possíveis 5 Sintomas 6 Precauções 7 Tratamento do Lúpus 8 Drogas Anti-inflamatórias 8 Corticosteróides (cortisona) 9 Antimaláricos 10 Quimioterapia 11 Imunossupressores 12 Efeitos Secundários do Uso Prolongado de Esteróides 12 Curiosidades sobre esta doença 14 Conclusão: 16 Bibliografia 17 Introdução: No âmbito...

    3749  Palavras | 15  Páginas

  • LUPUS

    INTRODUÇÃO O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença de origem desconhecida que envolve diferentes sistemas do organismo, caracterizada pela formação de auto-anticorpos, deposição de imunocomplexos e oclusão de pequenos vasos em órgãos variados. A deposição vascular de imunocomplexos leva à ativação da cascata de complemento, gerando vasculite. O LES é considerado uma doença auto-imune, ocorrendo inflamação em diferentes órgãos, apresentando anticorpos reativos á antígenos nucleares, citoplasmáticos...

    1302  Palavras | 6  Páginas

  • Lúpus

    Introdução Lúpus é uma doença autoimune e não contagiosa caracterizada por acometer múltiplos órgãos e apresentar alterações da resposta imunológica, com presença de auto-anticorpos dirigidos contra proteínas do próprio organismo. De etiologia desconhecida, o desenvolvimento da doença esta associado à predisposição genética e aos fatores ambientais como a luz ultravioleta e alguns medicamentos. A doença tem evolução crônica caracterizada por períodos de atividades e remissões. As manifestações...

    1729  Palavras | 7  Páginas

  • Trabalho lúpus

    LUPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO Acadêmicas: CAROLINE SCHMIDT JANESSA TRICHES LUCIANA XAVIER RAÍSA BORBA ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO 3 2 - EXPLICAÇÃO TEÓRICA 4 2.1 – DEFINIÇÕES PARA O LÚPUS 4 2.2 - EPIDEMIOLOGIA 4 2.3 - TIPOS DE LÚPUS 4 2.4 - ETIOLOGIA E PATOGENIA 5 2.5 - CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS 6 2.6 - SINAIS E SINTOMAS 7 2.7 - DIAGNÓSTICO 8 2.8 - TRATAMENTO 8 2.9 - GRAVIDEZ E LÚPUS 9 2...

    2362  Palavras | 10  Páginas

  • lupus

     INTRODUÇÃO Neste trabalho será abordado sobre Lúpus eritematoso (LE) doença auto-imune heterogênea, multissistêmica, caracterizada pela produção de auto-anticorpos, que acomete mais mulheres com idade entre 20 e 45 anos, e tem sintomas variados. Sua etiologia permanece ainda pouco conhecida, porém sabe- se da importante participação de fatores hormonais, ambientais, genéticos e imunológicos para o surgimento da doença, a qual pode cursar com sintomas constitucionais, artrite, serosite, nefrite...

    1849  Palavras | 8  Páginas

  • Lúpus e Esclerose Mútipla

    Rodrigo Silva de Jesus IMUNOLOGIA BÁSICA DOENÇAS AUTOIMUNES LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO E ESCLEROSE MÚLTIPLA Trabalho apresentado à Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy, Escola de Ciências de Saúde, Curso de Enfermagem para avaliação semestral. Orientadora: Professora Valéria Almeida DUQUE DE CAXIAS 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO__________________________________________________4 2. LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO______________________________5 2.1 DEFINIÇÃO...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • Lupus

    PACIENTES COM LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO OBJETIVOS Objetivo geral: • Avaliar a prevalência de Diabetes melito (DM) em pacientes comLúpus eritematoso sistêmico (LES). Objetivos específicos: • Avaliar a associação do envolvimento de órgãos específicos no LES e o aparecimento da comorbidade DM. • Avaliar a associação de parâmetros laboratoriais no LES e o aparecimento da comorbidade DM. • Avaliar a associação da terapêutica no LES e o aparecimento da comorbidade DM. O que é lúpus eritematoso...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • ASSOCIAÇÃO ENTRE A ATIVIDADE CLÍNICA DO LUPUS E NÍVEIS DE FERRITINA

    ASSOCIAÇÃO ENTRE A ATIVIDADE CLÍNICA DO LUPUS E NÍVEIS DE FERRITINA Curitiba – Paraná 2011 SOCIEDADE EVANGÉLICA BENEFICENTE FACULDADE EVANGÉLICA DO PARANÁ. CURSO DE MEDICINA. Projeto de Pesquisa referente ao Trabalho de Conclusão de Curso para obtenção do Grau de Médico ...

    813  Palavras | 4  Páginas

  • Monografia lupus

    ALVES GLADYS LEONOR BENITAH MARTINS RAVIGUIANA MACHADO DA SILVA Orientações de enfermagem ao portador de lupus eritematoso sistêmico MANAUS 2009 ELIENAI DA SILVA SOUZA GIONÉLIA MIRANDA ALVES GLADYS LEONOR BENITAH MARTINS RAVIGUIANA MACHADO DA SILVA Orientações de enfermagem ao portador de lupus eritematoso sistêmico Manaus 2009 ...

    15384  Palavras | 62  Páginas

  • Incidência e Prevalência de Artrite Reumatoide e Lupus Eritematoso Sistemico

    UNIVERSIDADE PAULISTA MAYARA MANAME OHIRA INCIDÊNCIA E PREVALÊNCIA DE ARTRITE REUMATOIDE E LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO EM UMA CLÍNICA DE REUMATOLOGIA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, BRASIL São José dos Campos 2014 MAYARA MANAME OHIRA INCIDÊNCIA E PREVALÊNCIA DE ARTRITE REUMATOIDE E LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO EM UMA CLÍNICA DE REUMATOLOGIA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, BRASIL Projeto de Pesquisa apresentado à Universidade Paulista, como requisito...

    3732  Palavras | 15  Páginas

  • lupus eritematoso na espécie canina - revisão de literatura

    UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Francielle Denise Bubniak LÚPUS ERITEMATOSO NA ESPÉCIE CANINA – REVISÃO DE LITERATURA CURITIBA - PR 2009 FRANCIELLE DENISE BUBNIAK LÚPUS ERITEMATOSO NA ESPÉCIE CANINA Monografia apresentada à Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA, Departamento de Ciências Animais como requisito parcial para obtenção do título de especialista em Clínica Médica de Pequenos Animais. Orientadora: Valéria Natascha Teixeira CURITIBA – PR ...

    6706  Palavras | 27  Páginas

  • lupus

    .....11 Plano de Cuidado ..............................................................................16 Conclusão ...........................................................................................20 Referências bibliográficas ..................................................................21 3 INTRODUÇÃO O Estudo de Caso fundamentado trata-se de um portador de Lúpus Eritematoso Sistêmico admitido na Unidade hospitalar São Vicente de Paulo, cujos dados foram coletados por...

    4150  Palavras | 17  Páginas

  • LuPUS

    CORREA LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO: UMA REVISÃO DA LITERATURA TERESINA 2010 FERNANDA IBIAPINA CORREA LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO: UMA REVISÃO DA LITERATURA Monografia de Trabalho de Conclusão de Curso submetida ao Curso de Bacharelado em Farmácia do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Piauí, como requisito parcial para obtenção do título de Farmacêutico Generalista. Orientador: Prof. Dr. Rivelilson Mendes de Freitas TERESINA 2010 FERNANDA IBIAPINA CORREA LÚPUS ERITEMATOSO...

    12479  Palavras | 50  Páginas

  • Cuidados e orientações de enfermagem para pacientes portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico

    Cuidados e orientações de enfermagem para pacientes portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico Priscila Alves Pistori Aluna do Curso de Graduação em Enfermagem. Valdileia Zorub Pasquini Docente do Curso de Graduação em Enfermagem. Orientadora. RESUMO O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica auto-imune, heterogênea, multissistêmica, caracterizada pela produção de auto-anticorpos contra vários constituintes celulares, de etiologia não esclarecida, o desenvolvimento...

    3124  Palavras | 13  Páginas

  • Determinação do anticorpo anti-dsdna em doentes com suspeita de lúpus: comparação de dois métodos

    anticorpo anti-dsDNA em doentes com suspeita de Lúpus: comparação de dois métodos Guerra M.D (1,2) 1 - Laboratório de Patologia Clínica do Hospital Santo André, SA 2 – Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra Resumo O Lúpus Eritematoso Sistémico é uma patologia autoimune, complexa e multifactorial, de percurso clínico variável e de prognóstico imprevisível. O anticorpo anti-dsDNA é um dos marcadores de eleição na suspeita e diagnóstico do Lúpus, sendo a sua determinação um dos 11 critérios...

    2191  Palavras | 9  Páginas

  • Doenças auto-imunes: lupus e diabetes

    especificamente, a diabetes melitus insulinodependente (tipo I) e o lúpus eritematoso sistémico e discóide. As doenças auto-imunes são uma situação médica em que o organismo torna-se hipersensível a antigénios específicos das suas próprias células ou tecidos, atacando-os. A diabetes melitus insulinodependente (tipo I) é uma doença crónica do pâncreas na qual níveis excessivamente baixos de insulina são libertados no organismo. O lúpus eritematoso sistémico é uma doença em que os anticorpos reagem contra...

    3778  Palavras | 16  Páginas

  • Lupus Eritematoso Sistemico

    1 INTRODUÇÃO O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica, auto-imune, multissistêmica, caracterizada pela presença de uma gama de anticorpos. (NETTINA, 2007). Seus sintomas podem surgir em diversos órgãos lentamente e progressivamente ou mais rapidamente A incidência chega a 1 em cada 2.500 indivíduos em uma dada população ; a razão mulheres para homens é de 9:1, sendo que 1 em cada 700 mulheres em idade fértil é afetada. (MITCHELL, et al. 2012). A doença pode...

    800  Palavras | 4  Páginas

  • Lúpus eritematoso sistêmico: estudo de caso clínico

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE IMPERATRIZ. DEPARTAMENTO DE CIENCIAS ARLETH TEIXEIRA ROCHA Lúpus eritematoso sistêmico: estudo de caso clínico Imperatriz 2012 ARLETH TEIXEIRA ROCHA LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO: estudo de caso clínico Projeto de monografia apresentado ao Departamento de Ciências da Universidade Estadual do Maranhão para obtenção do grau de...

    3741  Palavras | 15  Páginas

  • lupus eritematoso sistemico

    INTRODUÇÃO Lúpus Eritematoso Sistêmico é uma doença auto-imune,caracterizada pela produção de anticorpos contra componentes do núcleo celular,em associação com um variado conjunto de manifestações clinicas. É uma doença rara , incindindo mais frequentemente em mulheres jovens ,ou seja na fase reprodutiva,numa proporção de nove a dez mulheres pra um homem. A doença pode ocorrer em todas as raças e em todas as partes do mundo. O QUE É LUPUS O nome lúpus eritematoso...

    4728  Palavras | 19  Páginas

  • Lúpus Eritematoso: Principais Sintomas, Diagnósticos e Terapêutica

    1 Lúpus Eritematoso: Principais Sintomas, Diagnósticos e Terapêutica Autor: Ana Carolina Queiroz Lopes - Unidade de Terapia Intensiva Adulto Orientador: Dr. Renato Giuseppe Giovanni Terzi Terzius: Rua: Conceição, 233 - 8ª andar, sala 810. CEP: 13010-916 - Campinas - SP Fone/Fax: (19) 3231-8232 Fone: (19) 3233-2969 e-mail: contato@terzius.com.br. Campinas, SP 2013 2 RESUMO O lúpus eritematoso é uma doença auto-imune, que pode afetar vários órgãos, o sistema imunológico ataca...

    4578  Palavras | 19  Páginas

  • Estudo de caso - lúpus eritematoso sistêmico (les)

    ANA KAROLINA BORBA MANOELLA FERNANDES LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO (LES) FLORIANÓPOLIS,2011. NSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE SAÚDE E SERVIÇOS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM RADIOLOGIA LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO (LES) Trabalho de pesquisa submetido ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina para os eixos temáticos de Patologia e Metodologia Científica. Professores: Giovani Nogueira; Súelen...

    4526  Palavras | 19  Páginas

  • Lúpus Eritematoso Sistêmico

    Introdução O Lúpus Eritematoso Sistêmico e uma doença inflamatória crônica de origem autoimune, cujos sintomas podem surgir em diversos órgãos de forma lenta e progressiva ou mais rapidamente e variam com fases de atividade e de remissão. Por ser uma doença do sistema autoimune que e responsável pela produção de anticorpo e organização dos mecanismos de inflamação em todos os órgãos, quando a pessoa tem LES ela pode ter diferentes tipos de sintomas em vários locais do corpo. Alguns sintomas...

    1422  Palavras | 6  Páginas

  • Lupus Eritematoso

    estagio – Enfermagem 7º semestre, da unidade Anhanguera,sob supervisão do professor e Enfermeiro Marcelo realizado na Clínica médica do Hospital Regional de Taguatinga. Das diversas situações observadas no serviço optei por selecionar um paciente com Lúpus Eritematoso, que deu entrada no HRT, no dia 26 de Abril de 2012. Este estudo de caso tem como objetivo promover conhecimento no âmbito prático da enfermagem, e principalmente identificar um diagnóstico que possibilite a reestruturação da saúde do paciente...

    2814  Palavras | 12  Páginas

  • TCC LUPUS Impresso 1

    1. INTRODUÇÃO Os primeiros estudos sobre o lúpus eritematoso sistêmico (LES) iniciaram à partir da década de 50, quando o médico Pierre Cazenave constatou, em diversos pacientes, lesões avermelhadas na face que cobriam o nariz e as bochechas. Comparou tais alterações de pele à mordidas de lobo, daí o nome lúpus, sendo o termo eritematoso utilizado para designar tal vermelhidão por ele observada1. O LES é atualmente caracterizado como doença inflamatória crônica, multissistêmica, de causa desconhecida...

    4111  Palavras | 17  Páginas

  • LUPUS ERITEMATOSO SITÊMICO

    ano de 2011. Este estudo tem sido realizado na Clínica Nefrológica de um Hospital de grande porte na cidade de Teresina-PI, durante o mês de setembro. Das diversas situações observadas no serviço, optei por selecionar um paciente com diagnóstico de Lúpus Eritematoso sistêmico, não só divido à pertinência interesse da situação que apresenta, mas também à disponibilidade e acessibilidade ao paciente. Segundo Pinto (1990), “o estudo de caso é um método de investigação que pretende descrever de um modo...

    3046  Palavras | 13  Páginas

  • Tratamento do LUPUS

    1 INTRODUÇÃO Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica do tecido conjuntivo, de etiologia multifatorial, que se caracteriza por acometer diversos órgãos e sistemas e apresentar importantes distúrbios imunológicos, com a presença de autoanticorpos dirigidos, sobretudo contra antígenos nucleares, alguns dos quais participam de lesão tissular imunologicamente mediada. Embora possa ocorrer em ambos os sexos e em qualquer faixa etária, tem maior incidência em mulheres, com...

    2529  Palavras | 11  Páginas

  • LUPUS1 TRAB ESCRITO

    ..........................................02 O que é lúpus?...............................................................03 Epidemiologia................................................................03 Etiologia........................................................................03 Quais são os sintomas da lúpus?.................................03 Sintomatologia..............................................................03 Como a lúpus é diagnosticada?...................................04...

    945  Palavras | 4  Páginas

  • linguas

     PATOLOGIA TEMA: LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO CURSO: TÉCNICO EM PODOLOGIA CONTEÚDO *OBJETIVO * INTRODUÇÃO À LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO - DEFINIÇÕES - DADOS EPIDEMIOLÓGICOS *DESENVOLVIMENTO - ETIOLOGIA - PATOGENIA - SINTOMATOLOGIA - TRATAMENTOS DISPONÍVEIS *CONCLUSÃO *REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS OBJETIVO Este trabalho tem...

    1342  Palavras | 6  Páginas

  • TRABALHO Gota Lupos

    CEM∙FACENE∙FAMENE FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM – PRONATEC SISTEMA REUMATOLÓGICO: Gota e Lúpus Eritematoso Sistêmico. MOSSORÓ 2015 HÉLIDA JOSEANNE DA SILVA JANICE CRISTINA SILVEIRA FERNANDES JOSEANDRA RIBEIRO PINTO DA C OLIVEIRA SISTEMA REUMATOLÓGICO: Gota e Lúpus Eritematoso Sistêmico. Trabalho apresenta como exigência da disciplina, Saúde do adulto, para obtenção de nota parcial do I módulo do curso Técnico de Enfermagem ministrado pela Professora: Enf...

    3974  Palavras | 16  Páginas

  • Lupus

    Tatiana W.Meneguine nº30 Lúpus Eritematoso Sistêmico Profº Valeria. Santo André, 2008. Introdução O Lúpus Eritematoso é uma doença crônica auto-imune que pode afectar vários órgãos do corpo em especial a pele, as articulações, o sangue e os rins.È uma doença...

    2088  Palavras | 9  Páginas

  • Lúpus

    INTRODUÇÃO O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença crônica autoimune que pode afetar vários órgãos do corpo, em especial a pele, as articulações, o sangue e os rins. O LES é uma doença crônica, o que significa que pode prolongar-se durante muito tempo. Auto-imune significa que é uma doença do sistema imunitário que, em vez de proteger o corpo das bactérias e dos vírus, ataca os tecidos do doente. O mecanismo etiopatogênico da doença ainda é um tanto obscuro. Todavia, existem fatores...

    3125  Palavras | 13  Páginas

  • Lúpus

    O que é lúpus? O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES ou apenas lúpus) é uma doença inflamatória crônica de origem autoimune, cujos sintomas podem surgir em diversos órgãos de forma lenta e progressiva (em meses) ou mais rapidamente (em semanas) e variam com fases de atividade e de remissão. São reconhecidos 2 tipos principais de lúpus: o cutâneo, que se manifesta apenas com manchas na pele (geralmente avermelhadas ou eritematosas e daí o nome lúpus eritematoso), principalmente nas áreas...

    3950  Palavras | 16  Páginas

  • Lupus

    1. INTRODUÇÃO Lúpus é uma doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, exatamente aquele que deveria defender o organismo das agressões externas causadas por vírus, bactérias ou outros agentes patológicos. O fato é que, no lúpus, a defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação...

    7217  Palavras | 29  Páginas

  • Tamponamento cardiaco

    cardíaco no LES Tamponamento Cardíaco no Lúpus Eritematoso Sistêmico. Relato de Quatro Casos Márcia Bueno Castier, Elisa M. Neves Albuquerque, Maria Eduarda F. Costa Castro Menezes, Evandro Klumb, Francisco Manes Albanesi Fº Rio de Janeiro, RJ Objetivo - Descrever e avaliar a incidência de tamponamento cardíaco no lúpus eritematoso sistêmico como manifestação cardíaca da doença. Métodos - Foram revisados os prontuários de 325 portadores de lúpus eritematoso sistêmico, segundo os critérios...

    2226  Palavras | 9  Páginas

  • Mapa conceitual

     UNIVERSIDADE POTIGUAR ESCOLA DA SAÚDE BIOMEDICINA COMUNICAÇÃO PROFISSIONAL SUELEIDE EMIDIO DE OLIVEIRA Natal-RN 05/2014 CONVIVENDO COM O LÚPUS RESUMO Trata das variadas maneiras que o Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) pode agir no organismo em um paciente com essa patologia. No Objetivo de saber se seria possível conviver positivamente com a doença, mesmo ela acometendo vários sistemas no organismo. A...

    1069  Palavras | 5  Páginas

  • Lupus

    permalinkImprimir aumentar/reduzer Lúpus é uma doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, exatamente aquele que deveria defender o organismo das agressões externas causadas por vírus, bactérias ou outros agentes patológicos. O fato é que, no lúpus, a defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação...

    2854  Palavras | 12  Páginas

  • lúpus

    O que é Lúpus? O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença autoimune a longo prazo que pode afetar a pele, as articulações, os rins, o cérebro e outros órgãos. Doença autoimune é uma condição que ocorre quando o sistema imunológico ataca e destrói tecidos saudáveis do corpo Causas O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença autoimune, o que significa que o sistema imunológico do corpo ataca tecidos saudáveis por engano. Isso leva a inflamação a longo prazo (crônica). A causa...

    871  Palavras | 4  Páginas

  • Lupús

    CONCEITO DE LÚPUS OU LES (LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO) No estado normal nosso sistema imunológico produz proteínas chamadas anticorpos cuja função é proteger o organismo das eventuais agressões, sejam dos vírus, das bactérias, de células cancerígenas e quaisquer outros corpos estranhos. Estes agentes agressores, capazes de determinar a produção automática de anticorpos, são então chamados antígenos. Apesar de muitos homens serem afetados pelo Lúpus, ele costuma ocorrer de 10 a 15 vezes mais nas...

    2364  Palavras | 10  Páginas

  • laudo medico

    de Vossa Excelência, na oportunidade que lhe conferiu o r.despacho de fl.__, dizer e requerer sobre o LAUDO PERICIAL, o quanto segue: PRELIMINARMENTE Autor (a) com 29 anos, auxiliar de produção. Refere que há 03 anos, teve O DIAGNÓSTICO DE LUPUS. Procurou serviço médico e está em tratamento desde então, faz uso de medicação, sem melhora alguma. Recebeu auxílio-doença de 2006 até 2007, de lá até os dias de hoje não voltou ao trabalho pois não tem condições nenhuma para o trabalho. Atualmente...

    1474  Palavras | 6  Páginas

  • Lúpus

    biologia celular e desenvolvimento. Lúpus 1° e 2° Semestre Enfermagem LÚPUS Resumo Este trabalho tem por objetivo trazer informações sobre o lúpus eritematoso sistêmico (LES OU LÚPUS), é uma doença autoimune do tecido conjuntivo e crônico, de causa desconhecida, que pode afetar diversas partes do corpo e que ameaça a vida. Tem grande incidência em mulheres negras e latinas, atingindo um á cada 245. Pode ser fatal . Palavras chaves: doença crônica; lúpus eritematoso sistêmico ...

    1030  Palavras | 5  Páginas

  • Doença de lupús

    | DOENÇA DE LÚPUS | CAUSAS, SINTOMAS, TRATAMENTO | | | | | Lúpus Introdução: Lúpus é ocasionalmente chamado de o “camaleão” das doenças. Isso porque pode acometer virtualmente qualquer órgão ou tecido e se apresentar das mais variadas formas. Muitas doenças podem ser confundidas com Lúpus, e vice-versa.  Reumatologista freqüentemente recebem em seus consultórios pacientes erroneamente diagnosticados com Lúpus, que na verdade apresentam outra ou nenhuma doença. Afeta de 40 a 150 em...

    1389  Palavras | 6  Páginas

  • lupus

    1 INTRODUÇÃO 1.1 TEMA EM ESTUDO O Lúpus Eritematoso Sistêmico - LES - é uma doença inflamatória crônica, multissistêmica, de causa desconhecida e de natureza autoimune, caracterizada pela presença de diversos auto-anticorpos (SATO, 2004). Evolui com manifestações clínicas polimórficas, com períodos de exacerbações e remissões. De etiologia não totalmente esclarecida, o desenvolvimento da doença está ligado à predisposição genética e fatores ambientais, como luz ultravioleta e alguns...

    7396  Palavras | 30  Páginas

  • lupus

    lúpus Lúpus Dr. Samuel Kopersztych é médico reumatologista e trabalha no Hospital das Clínicas da USP e no Hospital Sírio-Libanês de São Paulo. reduzir / aumentar O que é Lúpus? Lúpus é uma doença rara, mais freqüente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, exatamente aquele que deveria defender o organismo das agressões externas causadas por vírus, bactérias ou outros agentes. No lúpus, a defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio...

    2868  Palavras | 12  Páginas

  • Ausência de anticorpos antinucleares

    Glomerulonefrite lúpica e ausência de anticorpos antinucleares. Relato de caso* Lupus nephritis and absence of antinuclear antibodies. Case report Saulo da Silva Diógenes1, Tatiane Bezerra Moura2, Max Victor Carioca Freitas3, Antônio Luiz Carneiro Jerônimo4 *Recebido do Serviço de Clínica Médica do Hospital Geral Dr. César Cals de Oliveira (HGCCO), Fortaleza, CE. RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença autoimune de etiologia desconhecida que se...

    2407  Palavras | 10  Páginas

  • HIV e LUPUS

    Diferenças entre o lúpus e HIV • Categorizado em Doenças | Diferenças entre lúpus e HIV Lupus vs HIV O que poderia ser mais problemático do que adquirir doenças? Verdadeiramente o suficiente, quando um dos membros de sua família fica doente, você não pode parar de se preocupar. Primeiro de tudo, tornar-se doente toma um pedágio em sua saúde, emocional e até mesmo aspectos financeiros. Para qualquer família, eles estão mais preocupados quando um dos membros da sua família tem lúpus e HIV. Estas doenças...

    709  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho unopar em grupo 2 semestre

    MARIA LAIS CARVALHO DE SOUZA - EAD00800401 MOISÉS CRISOSTIMO DE FREITAS – EAD00734090 PRISCILA ELIAS DIAS –EAD00734092 WANDERSON HENRIQUE SANTANA – EAD00785092 WASHINGTON LUIZ ARAUJO CHAGAS – EAD00800368 VISITA TECNICA A EMPRESA LUPUS DESENVOLVIMENTO EM ALIMENTOS LTDA. SANTA LUZIA – MG 2012 EAD00785092 ...

    1984  Palavras | 8  Páginas

  • Lupus

    Lúpus Eritematoso Discóide (LED) E uma doença crônica, auto-imune e que afeta o tecido conjuntivo. Atinge geralmente as mulheres numa proporção de 3 para cada 1 homem é mais comum em adultos mas ocorre também em crianças. O que causa? A causa e desconhecida sendo provavelmente por danos causados por exposição prolongada a raios ultravioletas. No LED as lesões atingem a face, orelhas, pescoço, couro cabeludo. Região pré esternal, dorço das mãos e antebraços. A lesão mais típica do LED é o eritema...

    1136  Palavras | 5  Páginas

  • Lupus

    O que é lupus? Lúpus é uma doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, exatamente aquele que deveria defender o organismo das agressões externas causadas por vírus, bactérias ou outros agentes patológicos. O fato é que, no lúpus, a defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação clínica, às vezes...

    1067  Palavras | 5  Páginas

  • Anatomia Da Pele DIELE TRAZBALO

    externa; a derme, intermediária; e a hipoderme ou panículo adiposo, sobre a qual repousam as camadas já citadas, permitindo que a pele se movimente livremente sobre as estruturas mais profundas do corpo. DOENÇAS DA PELE Úlcera de pressão Pênfigo Lúpus eritematoso Úlcera de pressão A úlcera de pressão pode ser definida como uma lesão de pele causada pela interrupção sangüínea em uma determinada área, que se desenvolve devido a uma pressão aumentada por um período prolongado. Também é conhecida...

    2171  Palavras | 9  Páginas

  • Lúpus na Gestação

    Lúpus na gestação Lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica que acomete em mulher jovem, em idade fértil, entre 20 a 45 anos podendo causar inflamação na pele, nas articulações, e em múltiplos órgãos internos. E a sua etiologia é de causa desconhecida, e de natureza autoimune com predisposições genéticas hormonais, presença de processos virais, uso de drogas ou ambientais e até infecciosas, para levar a perda de tolerância...

    1085  Palavras | 5  Páginas

  • lupus

    doença ocorre nove vezes mais frequentemente em mulheres do que em homens, especialmente entre as idades de 15 e 50 anos, sendo mais comum em pessoas de ascendência africana ou nativos-americanos. No Brasil deve haver entre 16.000 e 80.000 casos de Lúpus sistêmico.7 8 9 Existe uma predominância quanto a7 : Sexo: Há um nítido predomínio no sexo feminino10 (8 mulheres em cada 10 portadores), aparecendo geralmente durante os anos férteis (da menarca à menopausa). Faixa etária: Os primeiros sintomas...

    2452  Palavras | 10  Páginas

  • L Pus

     SÂMELA BARBOSA DE SOUZA LUPÚS ERITREMATOSO SINOP MT SÂMELA BARBOSA DE SOUZA Trabalho desenvolvido durante a disciplina de Imunologia clínica como parte da avaliação referente ao 4ºsemestre de 2013 Profª Antônio Carlos SINOP MT INTRODUÇÃO Lúpus é uma doença inflamatória autoimune, desencadeada por um desequilíbrio no sistema imunológico, ocasionada pela produção de anticorpos contra o próprio organismo. perdendo a sua capacidade de distinguir entre...

    2723  Palavras | 11  Páginas

  • Lúpus (LES)

    LÚPUS Faculdades Integradas Promove de Brasília LÚPUS Isabella Cristina, Karoline Novaes, Katleen Santos, Lorrayne Katlen e Yulie Stoffel. LÚPUSLúpus ou LES, é uma doença autoimune provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico. Esse processo pode desencadear inflamações por todo o organismo, causando os mais variados sintomas. A evolução da doença costuma ser crônica, com períodos de melhora (remissão) e de piora (exacerbação). Há três tipos de lúpus: • • • Lúpus discoide; Lúpus...

    607  Palavras | 3  Páginas

  • lupus anatomia

     SISTEMA IMUNITÁRIO  Lúpus Eritematoso sistémico - LES 1  SISTEMA IMUNITÁRIO   Capacidade de resistir às agressões de substâncias estranhas;  Temos a resistência imunidade não inata ou específica e imunidade adaptativa ou imunidade específica;  As células mais importantes do sistema imunitário são os glóbulos brancos; 2  LÚPUS   Doença afectar auto-imune que principalmente pode pele, articulações, rins e cérebro.  Doenças auto-imunes ocorrem quando o sistema imunológico...

    638  Palavras | 3  Páginas

  • lupus

    ASSOCIADAS AO L Ú P U S E R I T E M AT O S O S I S T É M I C O P. Nero, M. Mateus, M. Cruz,T. Mesquita, A. Alves de Matos, J.B. Pimentão, A. Rosa, J.C. Branco Unidade de Reumatologia do Hospital de Egas Moniz, Lisboa RESUMO Introdução: O Lúpus Eritematoso Sistémico (LES) é uma doença reumática de carácter imunológico, que pode envolver qualquer órgão ou sistema. Objectivos: Caracterizar as complicações e doenças associadas ao LES nos doentes seguidos na Consulta de Reumatologia do Hospital...

    4130  Palavras | 17  Páginas

  • Lupus

    O QUE É LÚPUS? O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença crônica e auto-imune que pode atingir vários órgãos e sistemas do corpo, gerando diversos quadros clínicos que podem ser fonte de incapacidade física e profundo sofrimento psicológico, bem como uma ameaça à vida da pessoa (Dobkinet al, 2001; Moreira & Mello Filho, 1992). Reconhece-se que esse tipo de doença crônica tem uma dimensão psicossomática prevalente, sendo importante considerar o estresse e o sofrimento psicossocial no seu...

    3552  Palavras | 15  Páginas

tracking img