• Relatorio de trabalho do livro vidas secas
    ESCOLA SENAI “Almirante Tamandaré” Relatório de trabalho Livro: Vidas Secas São Bernardo do Campo 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 01 2. DESENVOLVIMENTO 01 2.1 Método 01 2.2 Resultado 02 CONCLUSÃO 02 REFERENCIAS 03...
    505 Palavras 3 Páginas
  • Vidas secas - graciliano ramos
    ". Sustente sua resposta. Vidas Secas é na minha opinião um título que retrata muito bem o conteúdo do livro, pelo fato de que seu conteúdo traz relatos de fome, seca, miséria, entre outros. Nas partes do texto a seguir mostra como a água e a comida era escassa e como a situação em que eles estavam era...
    1501 Palavras 7 Páginas
  • Vidas Secas- Graciliano Ramos
    Trabalho apresentado à disciplina de Literatura, a respeito do livroVidas Secas” do autor Graciliano Ramos. Uberlândia 2013 resumo O presente trabalho tem como principal objetivo identificar no livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos, aspectos de exclusão social a...
    1370 Palavras 6 Páginas
  • Vidas secas
    responde por carta. Esse material transformou-se no livro "Ficção e Confissão". Em 1946, publica "Histórias incompletas", que reúne os contos de "Dois dedos", o conto inédito "Luciana", três capítulos de "Vidas secas" e quatro capítulos de "Infância". Os contos de "Insônia" são publicados em...
    2517 Palavras 11 Páginas
  • Resenha do Livro "Vidas Secas"
    tempo. E numa mistura de sonhos, descrenças e frustrações termina o livro. Graciliano Ramos transmite uma visão amarga da vida dos retirantes. 6º Crítica do Resenhista: O livroVidas Secas” de tema regionalista revela alguma das melhores qualidades de seu autor Graciliano Ramos, nesse livro...
    2072 Palavras 9 Páginas
  • TRABALHO DE ARTES
    brasileira. Depois vieram "Angustia" (1936) e Vidas Secas (1938) inspirando-se em Machado de Assis. CONCLUSÃO Em síntese o quadro de Portinari faz um dialogo em sua obra com o livro de Graciliano Ramos, Vidas Secas, de 1938, este amigo de Portinari, porque os dois autores retratam a vida...
    2608 Palavras 11 Páginas
  • Vidas Secas
    obtenção do certificado de conclusão do curso de Especialização em Estudos Literários. (2006) Disponível em: Acesso em 4 de julho de 2011. ANDRADE, M. B. S. A Transposição da Aridez em Vidas Secas: do livro ao filme. Paraíba: UFPB. Disponível em: Acesso em 5 de julho de 2011. BARRETO...
    4296 Palavras 18 Páginas
  • LINGUA PORTUGUESA
    Quixadá.” 6 FACULDADE ATENAS MARANHENSE LETRAS PORTUGUÊS – “TEORIA DA LITERATURA I” 3. CONCLUSÃO A autora descreve alguns fatos da vida do interior cearense durante o período da seca em 1915, um dos períodos mais dramáticos que o povo atravessou, mostrando a realidade do Nordeste...
    1074 Palavras 5 Páginas
  • Resenha e resumo - vidas secas
    Vidas Secas, de Graciliano Ramos Análise da obra Narrado em 3ª pessoa (ao contrário das obras anteriores de Graciliano Ramos), Vidas Secas pertence a um gênero intermediário entre romance e livro de contos. Nesta obra não é a personagem que ressalta nele, mas o narrador que se faz sentir pelo...
    3878 Palavras 16 Páginas
  • Graciliano Ramos
    "Ficção e Confissão". Em 1946, publica "Histórias incompletas", que reúne os contos de "Dois dedos", o conto inédito "Luciana", três capítulos de "Vidas secas" e quatro capítulos de "Infância".  Os contos de "Insônia" são publicados em 1947. O livro "Infância" é publicado no Uruguai, em 1948...
    2493 Palavras 10 Páginas
  • Análise sociológica de "Vidas Secas"
     ANÁLISE SOCIOLÓGICA DO LIVRO VIDAS SECAS DE GRACILIANO RAMOS Trabalho apresentado à disciplina Fundamentos Teóricos da Literatura do curso de Letras 1º semestre orientado pela professora especialista. Síntese do Romance Vidas...
    1118 Palavras 5 Páginas
  • Vidas secas
    Trabalho de Literatura Vidas Secas – Graciliano Ramos Manaus, 18 de Março de 2013 Introdução...................................................... 3 Capítulo 1 ao 13............................................4 - 8 Conclusão...................................................... 9...
    963 Palavras 4 Páginas
  • Seca do nordeste
    Vidas Secas de Graciliano Ramos, se torna evidente os prejuízos que ela traz para a sociedade e principalmente para os habitantes dessa região. Introdução Através dessa pesquisa e da comparação com o livro Vidas Secas, poderemos compreender o fenômeno das...
    475 Palavras 2 Páginas
  • Previdencia social
    as angústias dos personagens fiquem mais próximas do leitor, que as percebe com muito mais intensidade. CONCLUSÃO Vidas Secas é um dos maiores expoentes da segunda fase modernista, a do regionalismo. O diferencial desse livro para os demais da época é o apuro técnico do autor. Graciliano...
    5502 Palavras 23 Páginas
  • Vidas Secas
    detalhes do livro, tais como narrador, cenário, espaço e tempo. Vidas Secas é um romance cíclico: inicia-se com a seca no capítulo 1 (mudança), e encerra-se com os prenúncios da nova seca que se aproxima no capítulo 13 (fuga). Cada capítulo concentra-se mais particularmente numa das personagens...
    1570 Palavras 7 Páginas
  • VIDAS SECASS
    isso pela capa e também pelos resumos disponíveis em internet e etc. Conclusão Vidas Secas figura entre os livros mais importantes da literatura brasileira, tendo ganhado, em 1962, o prêmio da Fundação William Faylkner (EUA) como livro representativo da Literatura Brasileira Contemporânea...
    1874 Palavras 8 Páginas
  • Romance de 30
    primeira obra Caetés (1933), ao fazer uma narrativa da vida provinciana de Palmeira dos Índios. No livro seguinte São Bernardo, verdadeira obra-prima da literatura brasileira, e um significativo aprofundamento na analise psicológica das personagens, Graciliano apresenta uma notável evolução em técnica e...
    1241 Palavras 5 Páginas
  • Denis
    BIBLIOGRÁFICAS.................................................................... 29 7 I - INTRODUÇÃO O objetivo deste trabalho de conclusão de curso é fazer uma análise da seca do nordeste brasileiro, de acordo como se integra no universo de Fabiano, personagem central da obra “VIDAS SECAS” de...
    6898 Palavras 28 Páginas
  • Peça Capitães da Areia
    crianças ladras não era aceito, sendo assim mais de mil exemplares foram queimados em praça publica, Jorge Amado foi preso. O livro possui uma narrativa em terceira pessoa e tende em relatar a vida de crianças vítimas de abandono, e há um narrador onisciente (sabe como o personagem se sente). É...
    1872 Palavras 8 Páginas
  • Análise de obra literária: vidas secas
    livro "Ficção e Confissão". Em 1946, publicou "Histórias incompletas", que reúne os contos de "Dois dedos", o conto inédito "Luciana", três capítulos de "Vidas secas" e quatro capítulos de "Infância". Os contos de "Insônia" foram publicados em 1947, o livro "Infância" foi publicado no Uruguai, em...
    3984 Palavras 16 Páginas