Conceito De Liberdade Pessoal Em Democracia artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha Democracia

    – “A desarmonia da democracia” in: Lua Nova, № 36, 1995. Amy Gutmann realiza um avanço na teoria participativa de democracia, defendida por Carole Pateman. Isso porque, ela continua a criticar a “maneira schumpeteriana” de democracia que com seu “minimalismo procedimental” não vê esta como um ideal. Mas Gutmann evolui quando realiza uma defesa, ao invés da democracia participativa, da democracia deliberativa como melhor forma de governo, sendo que esta tem como conceito chave a autonomia. ...

    536  Palavras | 3  Páginas

  • Democracia e seus críticos - Resumo

     “A democracia e seus críticos”, Robert Dahl Nunca existiram sistemas políticos completamente ideais, a democracia é o sistema que mais se aproxima do ideal. A democracia acima de todos os regimes implantados foi a que mais se aproximou de produzir o melhor sistema politico viável para o povo, do que comparado entre as sociedades que existiram e existem até agora, e são muito mais desejáveis que qualquer outra alternativa de governo. Segundo Robert Dahl, o processo político democrático está...

    769  Palavras | 4  Páginas

  • Democracia

    DEMOCRACIA Para falarmos em democracia, precisamos definir claramente o que vem a ser este tema tão discutido, sem a participação popular, característica essencial da democracia, não podemos falar em democracia. Segundo Renato Janine Ribeiro “A palavra democracia vem do grego (demos, povo, kratos, poder) e significa poder do povo.” A democracia é um ideal a ser alcançado. O que existe é um processo contínuo e não dá a democracia como algo acabado. Na democracia moderna a autoridade é exercida...

    1128  Palavras | 5  Páginas

  • Democracia: Os fundamentos;

    Montesquieu: Democracia Charles – Louis de Secondat que cursou direito aos 16 anos foi um dos pensadores Iluministas. Francês ficou conhecido como Barão de Montesquieu por herdar o título após casar-se com Jeanne Lartigue, uma rica protestante. Em sua obra o Espirito das Leis Montesquieu (1963), observa que existem três tipos de governo que são eles: Republicano, o Despótico e o Monárquico, e ainda afirma que é o Republicano é o tipo de governo que o povo possui o poder soberano. Quando Montesquieu...

    1768  Palavras | 8  Páginas

  • Democracia representativa

    NG-1 DIREITOS E DEVERES (Liberdade e responsabilidade democráticas) Resultados de Aprendizagem - Reconhece as responsabilidades inerentes à liberdade pessoal em democracia. - Assume direitos e deveres laborais enquanto cidadão activo. - Identifica os direitos fundamentais de um cidadão num estado democrático contemporâneo. - Participa consciente e sustentadamente na comunidade global. Conteúdos DR1. Compromisso Cidadão/Estado Conceitos-chave: identidade; liberdade; igualdade; participação;...

    10015  Palavras | 41  Páginas

  • Democracia

    Para Hans Kelsen, a democracia , sobretudo, um caminho da progresso para liberdade. Conceito Democracia Antiga - Assim como o termo, segundo Azambuja (2001), o conceito de democracia tambm tem origem Grega, seu significado remonta a idia do poder exercido pelo povo. O exerccio deste poder na Grcia Antiga, era a participao poltica do povo na gora (praa pblica), formando assim, a Eclsia (assemblia) para ouvir os demagogos (orientadores do povo). O objetivo das assemblias na Grcia era legitimar o processo...

    781  Palavras | 4  Páginas

  • O futuro da democracia

    Questões Já que a regra básica da democracia é a regra da maioria - para a escolha dos governantes e para a tomada de decisões obrigatórias para todos-podemos afirmar que democracia elimina as minorias? A regra da maioria é fundamental na democracia. Esta regra é a base da qual são consideradas as decisões públicas. As decisões tomadas pelo menos pela maioria daqueles a quem compete tomar decisões serão validadas. Deste modo, a democracia, partindo de regras para a tomada de decisão como...

    713  Palavras | 3  Páginas

  • Democracia e cidadania

    ESCOLA CIDADANIA E DEMOCRACIA Trabalho Escolar apresentado à disciplina de Filosofia, ministrada pelo Professor. do 3º ano B, do Ensino Médio. TRÊS LAGOAS 2013 ESCOLA Alunos: 3º ANO “B” Ensino Médio Profº: TRÊS LAGOAS 2013 Indice Introdução Cidadania não é uma questão de persuasão ou opção puramente racional entre virtude e pecado. Ela é vivida como necessidade do eu, como desejo...

    1968  Palavras | 8  Páginas

  • A Teoria da Democracia Revisitada – A democracia grega e a democracia moderna (SARTORI, Giovanni)

    A Teoria da Democracia Revisitada – A democracia grega e a democracia moderna (SARTORI, Giovanni) Homonímia, não homologia Segundo Sartori, a democracia antiga era concebida numa relação íntima com poli. E a polis grega não era de fato uma cidade-Estado, pois, em nenhum sentido, era um “Estado”. A polis era uma cidade-comunidade. Tucídides definiu-a com três palavras: andres gar polis (os homens é que são a cidade). Sendo assim, segundo o autor, estaríamos sendo grosseiramente imprecisos, tanto...

    2254  Palavras | 10  Páginas

  • O CONCEITO DE SOCIEDADE ABERTA SEGUNDO POPPER

    INTRODUÇÃO Esta reflexão pretende aprofundar o conceito de "sociedade aberta" e as vantagens da democracia liberal no pensamento político de Karl Popper. Popper foi um defensor acérrimo da chamada "democracia liberal" e, olhando para os regimes democráticos do nosso tempo, é um dos pensadores cujas ideias podem inspirar a sociedade a assumir posições em defesa da vida concreta, pessoal e social das comunidades, como forma de promoção e dignificação da pessoa humana e expressão de abertura intelectual...

    2730  Palavras | 11  Páginas

  • AUTONOMIA POL TICA LIBERALISMO E DEMOCRACIA

    AUTONOMIA POLÍTICA, LIBERALISMO E DEMOCRACIA Beatriz Bonfim Daniel Utimada Gabriella Facco Larissa Pelati Talyssa Paiva Baixa Idade Média Feudalismo - Descentralização política - Poder dos monarcas restritos aos seus domínios pessoais - Cada senhor feudal detinha o poder sobre o feudo - Título do monarca essencialmente simbólico Idade Moderna – Absolutismo Monárquico - Governo central - Poder do rei intervinha tudo à respeito da sociedade - Absolutismo monárquico Governo Central Leis Impostos...

    930  Palavras | 4  Páginas

  • conceitos chave

    Cidadão/Estado – reconhece as responsabilidades inerentes a liberdade pessoal em democracia. Conceitos chave: identidade, liberdade, igualdade, participação, cidadania, estado, democracia, sociedade civil, organização politica dos estados democráticos. Identidade É o conjunto de caracteres particulares, que identificam uma pessoa, como nome, data de nascimento, sexo, filiação, impressão digital, entre outros. Liberdade Liberdade significa o direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de...

    610  Palavras | 3  Páginas

  • Iluminismo, historismo e democracia

    Iluminismo, historismo e democracia Luiz Rogério Fernandes Estudante de Serviço Social 2º período – PUC – Coração Eucarístico Resumo Os ideais iluministas vieram elucidar um anseio do homem em encontrar uma maneira pacífica de conviver. Emergem conceitos de universalismo, autonomia e liberdade como bases para a construção de uma sociedade igualitária que não discriminasse a subjetividade humana. Existiria uma universalidade que não agride as diferenças culturais, étnicas...

    1522  Palavras | 7  Páginas

  • Democracia e cidadania

    DEMOCRACIA E CIADADANIA: ORIGENS, CONCEITOS E DILEMAS. CIDADANIA O conceito da cidadania tem origem na Grécia Clássica, era usado para designar os direitos relativos ao cidadão. Cidadania pressuponha todas as implicações decorrentes de uma vida em sociedade. Com o passar do tempo, o conceito da cidadania passou a englobar um conjunto de valores sociais (direitos e deveres do cidadão). COMO SURGIU? A idéia da cidadania surgiu na Idade Antiga, após a Roma conquistar a Grécia (séc...

    754  Palavras | 4  Páginas

  • Democracia e rep blica o dissenso sobre a liberdade e as linguagens modernas da pol tica

    MOREIRA, Marcelo Sevaybricker. Democracia e república: o dissenso sobre a liberdade e as linguagens modernas da política. Leviathan - Cadernos de Pesquisa Política, v. 7, p. 44-76, 2013. 1. APRESENTAÇÃO DO AUTOR Marcelo Sevaybricker Moreira é Doutor em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG; é Professor Adjunto da Universidade Federal de Lavras, UFLA, ministrando as disciplinas de Sociologia, Ciência Política e Teoria Geral do Estado; atualmente participa de dois projetos...

    2464  Palavras | 10  Páginas

  • O que é política e sobre Aristóteles e sobre democracia

     Sendo assim temos que ‘’A Política ’’ é uma derivação grega, em seu sentido original significava ‘’Politikos’’que esta relacionada à cidade, porém o conceito de polis é mais abrangente do que cidade, entre os séculos 8 e 6 ac. Surgiram na Grécia as ‘’polis’’ , cidades-estados, estas eram quase que como países atuais, Esparta e Atenas são as mais famosas, inicialmente a palavra política fazia referencia a tudo o que é urbano, civil, público, este...

    1749  Palavras | 7  Páginas

  • Democracia

    DEMOCRACIA: UM RESUMO Diego Nassif da Silva* * Advogado, graduado pela Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro, campus da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), pós-graduado (especialista) em Direito Empresarial pela Universidade Cândido Mendes e em Direito Público pela Universidade do Sul de Santa Catarina. E-mail: diego_nassif@yahoo.com.br RESUMO: O presente estudo objetiva expor de maneira sucinta e objetiva o conteúdo cultura abrangido pela idéia de democracia, criando...

    10404  Palavras | 42  Páginas

  • Liberalismo e democracia

    PROFESSORA: LUÍZA PONTUAL LIBERALISMO E DEMOCRACIA ALUNA: RAÍSSA MENDONÇA LEAL 2º PERÍODO DO CURSO DE DIREITO 27/05/2010 1. A LIBERDADE DOS ANTIGOS E DOS MODERNOS O liberalismo é uma determinada concepção de Estado, na qual o Estado tem poderes e funções limitadas. Contrapõe-se ao Estado absoluto e ao Estado social. A democracia é uma forma de governo em que o poder não está nas mãos de um só, ou de poucos...

    4494  Palavras | 18  Páginas

  • Sociologia Democracia

    Democracia, cidadania e direitos humanos Introdução O termo demokratia é composto pelos vocábulos demos (povo) e kratos (poder). A democracia é, assim, um regime político que supões o governo direto ou indireto da população mediante eleições regulares para os cargos administrativos do país, do estado ou do município. Logo, a ideia de iniciativa popular vai de encontro a um Estado controlado por um rei (autocrata) ou ainda por um grupo restrito (aristocracia ou oligarquia). Ao longo da história...

    3002  Palavras | 13  Páginas

  • Democracia

    Democracia é um regime político em que todos os cidadãos elegíveis participam igualmente — diretamente ou através de representantes eleitos — na proposta, no desenvolvimento e na criação de leis, exercendo o poder da governação através dosufrágio universal. Ela abrange as condições sociais, econômicas e culturais que permitem o exercício livre e igual daautodeterminação política. O termo origina-se do grego antigo δημοκρατία (dēmokratía ou "governo do povo"),1 que foi criado a partir δῆμος (demos ou...

    995  Palavras | 4  Páginas

  • Direito, Democracia e Soberania Segundo Carl Schmitt

    RESUMO EXPANDIDO DEMOCRACIA, DIREITO E SOBERANIA SEGUNDO CARL SCHMITT Introdução A concepção de Estado Democrático de Direito é formada por dois princípios fundamentais: a ideia liberal de direitos de liberdade dos indivíduos e a ideia democrática de soberania popular. A democracia moderna, por sua vez, é caracterizada por alguns elementos, tais como a ideia da participação política do maior número possível de interessados e, por conseguinte, o princípio da maioria, bem como a proteção...

    1791  Palavras | 8  Páginas

  • Democracia participativa e estado democrático de direito

    conquistada por aqueles que se reconhecem na sociedade e têm plena consciência de seus direitos. A cidadania a serviço da democracia. Uma democracia que se guia pela decisão das maiorias e observe as reivindicações das minorias, que tenha, além do caráter teórico, uma responsabilidade prática, a qual não se forma sem o incremento da capacidade intelectual do ser humano; uma democracia na qual haja participação efetiva dos cidadãos nos assuntos públicos e na realidade do país. Para que haja uma participação...

    2174  Palavras | 9  Páginas

  • Liberalismo e democracia

    Liberalismo O liberalismo é um sistema político-econômico baseado na defesa da liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra as ingerências e atitudes coercitivas do poder estatal. Desde suas primeiras formulações, no século 18, o liberalismo é uma filosofia ou um conjunto de filosofias que defendeu a existência de um Estado laico e não-intervencionista. Laico, porque não está vinculado a nenhuma crença religiosa, nem admite interferência de qualquer Igreja...

    2913  Palavras | 12  Páginas

  • Cidadania e democracia

    Mesmo quando agimos em torno do bem comum, a atividade implica em motivação individual: ninguém é movido por interesses universais e abstratos e não se pode pedir ao homem que abandone a esfera pessoal de busca da felicidade, mas deve impedir que esta busca cerceie a dos outros. A democracia é a tentativa constante de regeneração de suas definitivas imperfeições por meio de um processo de aperfeiçoamento permanente, razão pela qual é o sistema superior de organização da sociedade...

    1490  Palavras | 6  Páginas

  • democracia no brasil

    A corrupção e a democracia Há várias definições para democracia. Não é objetivo desse texto nomeá-las ou fazer um levantamento exaustivo de suas categorizações e especificidades. Partimos aqui de uma definição que leve em consideração o processo da democracia, de acordo com a questão da inclusão. Assumimos, portanto, que a democracia é um regime político pelo qual os cidadãos podem fazer uso do processo de comunicação pública. A democracia, como um ideal normativo, é o regime político no qual...

    2201  Palavras | 9  Páginas

  • Conceito de cidadania

    COMUNICAÇÃO E POLÍTICA O conceito de cidadania, origens históricas e bases conceituais: os vínculos com a Comunicação RESUMO Quais os pressupostos, as premissas para a qualificação democrática para a sociedade moderna de massas? Apesar da questão ser complexa, existem procedimentos que oferecem condições mínimas para se enfrentar a questão. A dificuldade está situada no fato de sociedades poderem ser mais ou menos democrática que outras. Como democracia é movimento, é meio e fim ao mesmo tempo...

    8616  Palavras | 35  Páginas

  • Fichamento - Liberalismo e Democracia

    Referência: BOBBIO, Norberto. Liberalismo e Democracia. 6ª Ed. São Paulo: Brasiliense, 1994. 101 p. A LIBERDADE DOS ANTIGOS E DOS MODERNOS – “A existência atual dos regimes denominados liberal-democráticos ou de democracia liberal leva a crer que liberalismo e democracia sem interdependentes. No entanto, o problema das relações entre eles é extremamente complexo, e tudo menos linear”. (pág. 70). O autor procura relacionar os conceitos de liberalismo e democracia dentro dos diversos períodos da sociedade...

    2433  Palavras | 10  Páginas

  • Democracia e cidadania

    interesse pessoal em algo. Ninguém se importa com os outros e ajuda-os sem um interesse. A democracia mostra um conflito em desigualdade social, o governo é a maioria e o povo é a minoria. A sociedade é claramente dividida. “Onde quer que seja, existirão sempre homens e mulheres, grupos e indivíduos singulares, minorias e camadas particulares, submetidos a algum tipo de humilhação, degradação, injustiça ou opressão” Marco Aurélio Nogueira . CIDADANIA E DEMOCRACIA Cidadania...

    1382  Palavras | 6  Páginas

  • democracia

    Democracia Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Democracia (desambiguação). Vote2 final.png Política Poderes[Expandir] Formas de governo[Expandir] Regimes e sistemas[Expandir] Tipos de poder[Expandir] Classes de estado[Expandir] Conceitos[Expandir] Processos[Expandir] Divisões administrativas[Expandir] Cargos[Expandir] Disciplinas[Expandir] Espectro político[Expandir] Ideologias[Expandir] Atitudes[Expandir] Portal • Categoria ...

    1211  Palavras | 5  Páginas

  • A Democracia

    Introdução Democracia é um regime político em que todos os cidadãos elegíveis participam igualmente directamente ou através de representantes eleitos na proposta, no desenvolvimento e na criação de leis, exercendo o poder da governação através do sufrágio. Ela abrange as condições sociais, económicas e culturais que permitem o exercício livre e igual da autodeterminação. Desenvolvimento O sistema democrático contrasta com outras formas de governo em que o poder...

    803  Palavras | 4  Páginas

  • Fichamento liberdade x democracia

    | | |Item |Conteúdo |Observações | |1-Titulo |Liberalismo e Democracia | | |1.1 Nº de páginas |100 | | |1.2Autor ...

    4033  Palavras | 17  Páginas

  • Resumo liberalismo e democracia

    BOBBIO, N. Liberalismo e democracia. São Paulo: Editora Brasiliense, 1988.   1.A LIBERDADE DOS ANTIGOS E DOS MODERNOS   *Liberalismo e democracia não são conceitos interdependentes. *Liberalismo: Estado tem funções e poderes limitados; contra o absolutismo e Estado Social. *Democracia: uma forma de governo, poder na mão de todos ou maioria; contra monarquia e oligarquia. *Estado Liberal não necessariamente democrático: realizou-se em sociedades que o poder era limitado às classes possuidoras...

    2708  Palavras | 11  Páginas

  • Democracia formal e democracia substancial

    DEMOCRACIA CONCEITO Formas de governo de Aristóteles: Aristóteles baseou-se em dois critérios para distinguir as três formas de governo. São eles: um critério quantitativo, baseado no número de pessoas que fazem parte do governo; e um critério essencialmente ético, ou seja, de ordem moral. O Estagirita propõe ainda a divisão dos governos em normais (puros) e anormais (impuros). Esta divisão leva em consideração o critério ético, uma vez que o governo para ser puro precisa ter como principal...

    1639  Palavras | 7  Páginas

  • Conceitos de Cidadania

    obrigações permitimos que o outro exerça também seus direitos a toda população. O conceito de cidadania tem origem na Grécia clássica, sendo usado então para designar os direitos relativos ao cidadão, ou seja, o indivíduo que vivia na cidade e ali participava ativamente dos negócios e das decisões políticas. Cidadania pressupunha, portanto, todas as implicações decorrentes de uma vida em sociedade. Ao longo da história, o conceito de cidadania foi ampliado, passando a englobar um conjunto de valores sociais...

    2585  Palavras | 11  Páginas

  • Democracia no Mundo

    Poque eu sou um bolinho de arroz ( de arroz ) Meus Bracinhos vieram bem depois ( bem depois ) Minhas Perninhas ainda estão por vir ( estão por vir ) E eu não tenho boquinha pra sorrir Porque? Porque? Porque eu sou um bolinho de arroz Democracia é uma forma de governo em que todos os cidadãos elegíveis participam igualmente — diretamente ou através de representantes eleitos — na proposta, no desenvolvimento e na criação de leis, exercendo o poder da governação através do sufrágio universal...

    2106  Palavras | 9  Páginas

  • O Enigma Da Democracia Em Marx

    O ENIGMA DA DEMOCRACIA EM MARX Thamy Pogrebinschi Marx afirma, na Crítica da filosofia do direito de Hegel, que “a democracia é o enigma resolvido de toda constituição” (Marx, 1992a [1843], p. 87). Mais do que conceber a democracia como um enigma, Marx a concebe como um “enigma resolvido” (aufgelöste Rätsel). Um enigma resolvido é aquele que se sabe ser a solução do próprio problema para o qual aponta. Trata-se de um conceito que contém em si simultaneamente um enigma e a solução capaz de decifrá-lo...

    8775  Palavras | 36  Páginas

  • Democracia Deliberativa e Legitimidade

    Democracia Deliberativa e Legitimidade Diarlison Lucas Silva da Costa1 Resumo: As questões a cerca da legitimidade democrática das práticas e instituições políticas estiveram fundadas, principalmente sobre dois modelos normativos tradicionais de democracia: o liberal e republicano. Um terceiro modelo é proposto a partir da obra de Habermas e de autores que defendem que a legitimidade não deve está fundada na vontade geral de Rousseau nem em concepções individualistas ou substantivistas, mas...

    3010  Palavras | 13  Páginas

  • Democracia e Sociedade

    DEMOCRACIA E SOCIEDADE Introdução Definição temática em nível histórico, filosófico e político: O final do “ciclo autoritário”/ “modernização”- O exigível tema da Democracia. “O ciclo autoritário sob cuja égide a sociedade brasileira conheceu profundas transformações, designadas usualmente com o termo abrangente e ambíguo de ‘modernização’, toca aparentemente seu fim. Nesse momento a questão da democracia torna-se um tema privilegiado de reflexão para quem quer que se preocupe com o destino...

    3779  Palavras | 16  Páginas

  • UEMS - Liberdade e Igualdade: Aristoteles, Rousseau, Bobbio.

    UNIDADEUNIVERSITÁRIA DE PARANAÍBA Liberdade e Igualdade Paranaíba/MS 2014 Liberdade e Igualdade Trabalho referente ao conteúdo de Ciência Política na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Paranaíba como exigência parcial para obtenção de aprovação na disciplina. Professor: Isael José Santana Paranaíba/MS 2014 Introdução O presente trabalho tem como objetivo expor os temas liberdade e igualdade de acordo com a ótica da Ciência Política. Ambos os conceitos são considerados de...

    2910  Palavras | 12  Páginas

  • democracia x economia

    Neste texto iremos definir o que é democracia, onde ela se iniciou, as características, a importância, o papel fundamental da sociedade, se o Brasil é um país democrático e as influencias que a democracia traz para o desenvolvimento econômico. O objetivo do texto é refletir se estamos usufruindo do poder que temos. Democracia, a palavra tem origem do grego demokratia, que é composta por demos e que significa povo e kratos que significa poder. A democracia pode ser exercida por vários sistemas de...

    786  Palavras | 4  Páginas

  • Liberdade

    Liberdade de Expressão Liberdade de expressão é o direito de manifestar livremente opiniões, ideias e pensamentos. É um conceito basilar nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral.1 A maioria dos ideais políticos modernos como justiça, a liberdade, o governo constitucional, surgiu na Grécia antiga. Foram os gregos os pioneiros a lançar as sementes da ideia democrática, que, conservadas pelos filósofos da idade média, frutificaram na modernidade. Com efeito, apenas integrantes...

    833  Palavras | 4  Páginas

  • Democracia

    1 – Democracia Democracia é um sistema de governo em que a soberania repousa em seu conjunto, o qual exerce o governo diretamente ou através de representantes escolhidos. 2 – A Democracia no mundo contemporâneo No mundo contemporâneo, a Democracia está estreitamente relacionada com a idéia de escolha dos governantes em eleições periódicas livres e multipartidárias. 3 – A Democracia na Antigüidade No passado o conceito de democracia era entendido em seu significado mais literal,...

    1357  Palavras | 6  Páginas

  • Sociedade civil e democracia: crise e reinvenção da política

    Sociedade civil e democracia: crise e reinvenção da política Hoje após vinte anos do restabelecimento da democracia os velhos modelos e novas idéias se enfrentam na sociedade. O cidadão se mostrou mais participativo após a crise da política, pois estavam indignados com a tamanha corrupção que existia, sendo assim foi aparecendo novos processos de uma transformação social. A emergência para lutar por uma sociedade com cultura cívica e compreensão crítica mostra um lado de inovação na política...

    1044  Palavras | 5  Páginas

  • Democracia

     DO PRINCÍPIO DEMOCRÁTICO E GARANTIA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS I . REGIME POLÍTICO 1. Conceito de regime político O regime político pressupõe a existência de um conjunto de instituições e princípios fundamentais que informam determinada concepção política do Estado e da sociedade, mas é também um conceito ativo, pois, ao fato estrutural há que superpor o elemento funcional , que implica uma atividade e um fim, supondo dinamismo, sem redução a uma simples atividade de governo , para concluir...

    1406  Palavras | 6  Páginas

  • democracia

    Democracia : um conceito em disputa Fábio F.B. de Freitas∗ I – Introdução: o problema e seus desdobramentos Este trabalho é fruto de uma pesquisa cujo objetivo principal era resgatar as várias nuances que permeiam o conceito de democracia, investigando quais os elementos identificados nas obras dos chamados clássicos da política que nos autorizam a falar da democracia enquanto uma proposta política. A primeira questão que surge é: que espécie de fé a democracia é capaz de suscitar nos...

    13194  Palavras | 53  Páginas

  • AS INTERPRETAÇÕES ACERCA DA DINAMICA DO CAPITALISMO COM A DEMOCRACIA

    Resumo: O objetivo deste trabalho visa à explicação das idéias de democracia liberal e capitalismo, relacionando-as e contextualizando com as situações da sociedade contemporânea. Primeiramente serão explanados os conceitos de democracia liberal e capitalismo, logo após as relações de um com o outro e por fim a conclusão do texto relacionando com o cotidiano por meio de fatos relevantes a sociedade contemporânea. Abstract: The objective of this work aims the explanation of the ideas of liberal...

    1574  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo: estado no conceito de maquiavel, hobbes e tocqueville. ideias principais dos autores

    Marta Cristina de Souza Merline Estado no conceito de Maquiavel, Hobbes e Tocqueville. Ideias principais dos autores Nicolau Maquiavel (1469-1527) Na idade Média possuía as afinidades de poder existentes entre a Igreja e o Estado. O poder divino dominava o pensamento político central, onde Deus ainda era o Centro do Universo. Nessa visão de poder do Estado, é clara a valor da religião, pois em nome dela são feitas valer muitas causas em favor do Estado. A religião é, sob a visão de Maquiavel...

    970  Palavras | 4  Páginas

  • Democracia

    Democracia In: Norberto Bobbio (Dicionário de Política) I. NA TEORIA DA DEMOCRACIA CONFLUEM TRÊS TRADIÇÕES HISTÓRICAS. — Na teoria contemporânea da Democracia confluem três grandes tradições do pensamento político: a) a teoria clássica, divulgada como teoria aristotélica, das três formas de Governo, segundo a qual a Democracia, como Governo do povo, de todos os cidadãos, ou seja, de todos aqueles que gozam dos direitos de cidadania, se distingue da monarquia, como Governo de um só, e da aristocracia...

    8290  Palavras | 34  Páginas

  • Contra a democracia

    locke Sobre a democracia: Por que o capitalismo de mercado prejudica a democracia Sobre a democracia: Por que o capitalismo de mercado favorece a democracia Bibliografia A teoria política do individualismo possessivo de Hobbes até Locke As suposições compreendidas pelo individualismo possessivo podem ser resumidas de acordo com o autor, em sete proposições: 1. O que confere aos seres a denominação de humanos é a liberdade de dependência...

    2200  Palavras | 9  Páginas

  • Democracia

    Análise dos conceitos Primeiramente Marilena Chauí explica que a sociedade democrática é aquela que não esconde suas divisões, mas procura trabalhá-las pelas instituições e pelas leis. Todavia, no capitalismo, são imensos os obstáculos à democracia, pois o conflito de interesses é posto pela exploração de uma classe social por outra, mesmo que a ideologia afirme que todos são livres e iguais. Houve uma divisão internacional do trabalho e da exploração que, ao melhorar a igualdade e a liberdade dos trabalhadores...

    1015  Palavras | 5  Páginas

  • Conceito de politica e democracia

    2.1 DEMOCRACIA A palavra democracia tem sua origem na Grécia Antiga (demo=povo e kracia=governo). Este sistema de governo foi desenvolvido em Atenas, então, uma das cidades-estados mais importantes da época clássica. Atenas e outras cidades-estados implantaram um sistema de governo por meio do qual todos os cidadãos livres podiam eleger seus governantes e serem eleitos para tal função, por um determinado período. Esse exercício democrático – do qual estavam excluídos os escravos, as mulheres...

    2590  Palavras | 11  Páginas

  • Democracia

    DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNO DEMOCRACIA Manaus 2012 DEMOCRACIA Trabalho apresentado para composição de nota da Disciplina Administrção Pública e Governo, do Curso de Administração. Manaus 2012 INTRODUÇÃO Para entendermos o tema do estudo apresentado, sobre democracia, precisamos passar pela compreensão o que significa estado...

    2985  Palavras | 12  Páginas

  • democracia

     Viver a Democracia: uma breve análise sobre Democracia, Direitos Humanos e Cidadania* Fábio F. B. de Freitas** 1. Apresentação Não existe. no campo da reflexão acadêmica sobre os direitos humanos. uma sistematização em relação à democracia como direito fundamental. Alguns autores têm tratado do tema desde fins dos anos setenta do século passado.1 Estas análises enfrentaram a questão das práticas sociopolíticas democráticas e, mais do que isso,...

    3771  Palavras | 16  Páginas

  • Fichamento Texto: Participação e teoria democrática (Carole Pateman) Ed. 1992 Tradução Luiz Paulo Rouanet Capítulo Teorias Recentes da Democracia e o “ Mito Clássico” pág . 09 à pág. 34.

    teoria democrática (Carole Pateman) Ed. 1992 Tradução Luiz Paulo Rouanet Capítulo Teorias Recentes da Democracia e o “ Mito Clássico” pág . 09 à pág. 34. Destacando as principais ideias de alguns autores, o presente trabalho trás o debate sobre a teoria democrática contemporânea e o mito da teoria clássica. O ponto de partida é a pergunta: Qual o lugar da “participação” numa teoria da democracia moderna e viável? A resposta a essa pergunta parece irônica para os teóricos e sociólogos da política...

    1207  Palavras | 5  Páginas

  • Democracia

    DEMOCRACIA 1 – Conceito Democracia, segundo Russel, é a melhor e mais sábia forma de organização do poder conhecida na história política e social de todas as civilizações. Segundo Bryce, democracia é a forma pela qual o povo impõe sua vontade para todas as questões importantes, sendo que Kelsen alega ainda que democracia é o caminho da progressão para a liberdade. Embora não haja uma forma uma e substancial de definir democracia, usa-se como fonte de inspiração o pensamento de Lincoln, de que...

    1208  Palavras | 5  Páginas

  • Democracia em Portugal

     Cidadania e Profissionalidade UFCD_CP 1: Liberdade e responsabilidades democráticas 3º RA Democracia em Portugal Introdução O presente trabalho destina-se a validar o 3º RA de Liberdade e Responsabilidade democráticas da Área de competência-chave de Cidadania e Profissionalidade. Vou falar sobre Democracia representatica e participativa, analisar a Constituição da República e por fim vou fazer um pequeno texto sobre como cidadão posso participar na vida...

    1251  Palavras | 6  Páginas

  • democracia

    DEMOCRACIA São Luis 2013 ALINNE ALVES HÁLABE DOS SANTOS GABRIELA ARAÚJO SANTOS JÉSSICA JACIARA SANTOS LINDOSO FERNANDA RODRIGUES DE CARVALHO DEMOCRACIA São Luís 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. TRADIÇÃO ARISTOTÉLICA DAS 3 FORMAS DE GOVERNO 3. TRADIÇÕES HISTORICAS 4. TRADIÇÃO ROMANO-MEDIEVAL DA SOBERANIA 5. TRADIÇAO REPUBLICANA MODERNA 6. DEMOCRACIA X LIBERALISMO 7. DEMOCRACIA X SOCIALISMO 8. DEMOCRACIA E ELITISMO ...

    4624  Palavras | 19  Páginas

  • Democracia

    POLÍTICA. Democracia Representativa e Democracia Participativa no Pensamento Político de Locke e Rousseau Carlos Frederico Rubino Polari de Alverga Dissertação apresentada ao Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Ciência Política. Orientadora: Profa. Dra. Marilde Loiola de Menezes Brasília Julho de 2003 -2CARLOS FREDERICO RUBINO POLARI DE ALVERGA DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E DEMOCRACIA PARTICIPATIVA ...

    69643  Palavras | 279  Páginas

  • República, federação e democracia de direito

    Discilina: Direito e Legislação I Curso Técnoco em Contabilidade módulo I Conceituação de República, Federação e Democracia de direito República A República (do latim res publica, "coisa pública") é uma forma de governo na qual o chefe do Estado é eleito pelos cidadãos ou seus representantes, tendo a sua chefia uma duração limitada.[1] A eleição do chefe de Estado, por regra chamado presidente da república, é normalmente realizada através do voto livre e secreto. Dependendo do sistema de...

    700  Palavras | 3  Páginas

  • Liberdade

    CENTRO UNIVERSITÁRIO DO LESTE DE MINAS PSICOLOGIA-ENGENHARIA CIVIL LIBERDADE . CORONEL FABRICIANO 1º Sem de 2012 ANA LAURA ASSUNÇÃO SILVA ANA CAROLINA SILVA FERREIRA DE OLIVEIRA ERLON DOS REIS RANDOW LIBERDADE Trabalho apresentado ao Curso de Psicologia e Engenharia Civil do UNILESTEMG, como requisito parcial...

    1539  Palavras | 7  Páginas

tracking img