Conceito De Cultura Surda artigos e trabalhos de pesquisa

  • Cultura surda

    AS IMAGENS DA CULTURA SURDA Capítulo 1 QUAL O CONCEITO QUE TRAZEMOS SOBRE A CULTURA SURDA? Ou é identificada como os meios de comunicação de massa ou, então, cultura diz respeito às festas e cerimônias tradicionais, às lendas e crenças de um povo, seu modo de se vestir, sua comida e a sua língua. O doutor lynn comente que ``apesar de uma longa história de descrições e definições de cultura em várias tradições, o conceito continua a oferecer mais indagações do que respostas .´´ Traçarei algumas...

    4734  Palavras | 19  Páginas

  • As imagens do outro sobre a Cultura surda

    Universidade Federal da Bahia- UFBA LETE48- Língua Brasileira de Sinais As imagens do outro sobre a Cultura surda Resenha crítica Salvador-ba 2014 As imagens do outro sobre a Cultura surda STROBEL, Karin. As imagens do outro sobre a Cultura surda. 2. Ed. Red. Florianopolis. Ed. da UFSC, 2009. Cíntia da Conceição Marques Karin strobel é Doutora em Educação pela universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Formada em pedagogia, trabalhou...

    1117  Palavras | 5  Páginas

  • Cultura Surda - Libras

    trechos deste capítulo use a referência a seguir: LOURENÇO, Katia Regina Conrad; MEIRELES, Antônio Rauf Alves Di Carli; MENDONÇA, Suelene Regina Donola. Identidade, Cultura e Língua de Sinais: O Mundo do Surdo. In: Libras – Língua Brasileira de Sinais. Taubaté: UNITAU, 2012. Unidade 02, p. 25-46. UNIDADE 2 Identidade, Cultura e Língua de Sinais: O Mundo do Surdo Nesta unidade, vamos conhecer este sujeito de quem viemos falando na primeira unidade. Falamos da sua história, seus direitos e...

    8186  Palavras | 33  Páginas

  • Cultura surda

    A relação dialógica como pressuposto na aceitação das diferenças: o processo de formação das comunidades surdas O diálogo com os ouvintes e dentro das diversas comunidades surdas é essencial para entender o processo de formação dessas comunidades e suas diferenças, seja entre si ou em relação aos outros grupos sociais. A investigação é o começo para a resolução de alguns problemas que muitas comunidades enfrentam, é preciso discutir as diferentes maneiras de ação dessas classes, possibilitando...

    2212  Palavras | 9  Páginas

  • cultura surda

    Cultura e Identidade Surda È tarefa difícil definir cultura surda. Podemos vislumbrar um conceito como um movimento social, formado a partir de uma minoria linguística, que está em oposição à cultura e ideologia dominantes. Os surdos procuram conviver harmoniosamente com grandes diferenças, dentre elas a mais marcante, a linguística. Esta comunidade está sempre procurando fazer valer os seus direitos políticos e sociais, lutando contra o estigma, o estereótipo, a deficiência, o preconceito,...

    638  Palavras | 3  Páginas

  • Identidade surda: cultura e língua de sinais

    .........3 Tipos de Surdez ..................................................................................................................................4 Identidade Surda..................................................................................................................................5 Cultura.................................................................................................................................................6 Língua de Sinais..............

    1631  Palavras | 7  Páginas

  • Cultura surda

    EXISTE UMA CULTURA SURDA?[1] Profª Drª Nídia Limeira de Sá[2] A despeito de os surdos não terem dúvidas quanto a suas identidades culturalmente distintas, as pessoas não-surdas têm muita dificuldade em admitir que os surdos têm processos culturais específicos, então, muitos continuam a tratar os surdos apenas como um grupo de deficientes ou incapacitados. Este texto trata da existência da cultura surda, cultura esta geralmente desconhecida e ignorada, tida como uma cultura patológica...

    3255  Palavras | 14  Páginas

  • Identidade e Cultura Surda

    DO ESTADO DO CEARÁ CURSO DE LIBRAS IDENTIDADE E CULTURA SURDA ALUNO: MARIO JONNY DE CASTRO CUNHA PROFESSORA: JOÃO NETO – TURNO MATUTINO – SALA 14 Fortaleza - Ceará. Quinta feira dia 22 de Maio de 2014. Cultura e Identidade Surda È tarefa difícil definir cultura surda. Podemos vislumbrar um conceito como um movimento social, formado a partir de uma minoria linguística, que está em oposição à cultura e ideologia dominantes. Os surdos procuram conviver harmoniosamente...

    736  Palavras | 3  Páginas

  • cultura surda

    EXISTE UMA CULTURA SURDA?1 A despeito de os surdos não terem dúvidas quanto a suas identidades culturalmente distintas, as pessoas não-surdas têm muita dificuldade em admitir que os surdos têm processos culturais específicos, então, muitos continuam a tratar os surdos apenas como um grupo de deficientes ou incapacitados. Este texto trata da existência da cultura surda, cultura esta geralmente desconhecida e ignorada, tida como uma cultura patológica, uma sub-cultura ou não-cultura. Estas representações...

    3545  Palavras | 15  Páginas

  • indentidade surda

    Sinais. Aula-tema 03: Identidade Surda. Professora Tutora: Luiza Regina Florêncio dos Santos Guerreiro. Aluna: Gilvana Mendes Novais RA: 6656390457 Sertãozinho - SP 2013 Introdução Hoje ainda temos muitas dúvidas sobre os surdos sobre a vida deles, cultura e aprendizagem. Muitos de nos não temos contato com surdos e por isso ficamos receosos em fazer o primeiro contato, por causa de nossos pré-conceitos e falta de conhecimento sobre a língua...

    1010  Palavras | 5  Páginas

  • Cultura e Identidade Surdas

    Ana Paula Santana & Alexandre Bergamo CULTURA E IDENTIDADE SURDAS: ENCRUZILHADA DE LUTAS SOCIAIS E TEÓRICAS ANA PAULA SANTANA* ALEXANDRE BERGAMO** RESUMO: As expressões cultura e identidade surdas têm se legitimado, principalmente, pela defesa da língua de sinais como sendo a língua natural dos surdos. Essa defesa se faz por meio de uma inversão teórica que toma a língua, num primeiro momento, como determinada pelas práticas e interações sociais e, num segundo, faz dela a definidora dessas...

    7973  Palavras | 32  Páginas

  • Cultura e Identidade dos Surdos

     A Identidade e a Cultura dos Surdos. Professora: Maria José Turma: 41061 Alunos: Alcione da Fonte Ravaioli Richane Teles Gonçalves Rodrigo do Nascimento Barbosa Rio de Janeiro 2013 Identidade e Cultura dos Surdos. “A surdez é uma grande invenção. Não estou me referindo aqui à surdez como materialidade inscrita em um corpo, mas à surdez como construção de um olhar sobre aquele que não ouve. Para além da materialidade do corpo, construímos culturalmente a surdez...

    2332  Palavras | 10  Páginas

  • 335 Livro Da Disciplina Cultura Surda E Libras

    CULTURA SURDA & LIBRAS ADRIANA DA SILVA THOMA BETINA S. GUEDES CARINE TOSO CÁTIA DE AZEVEDO FRONZA DENISE SPONCHIADO GISELE FARIAS MUCK GRACIELE MARJANA KRAEMER JULIANA FÁTIMA DA SILVA CHAVES LILIANE FERRARI GIORDANI MÁRCIA LISE LUNARDI-LAZZARIN MARICELA SCHUCK MAURA CORCINI LOPES (ORG.) PEDRO HENRIQUE WITCHS VANESSA SCHEID SANTANNA DE MELLO VÂNIA ELIZABETH CHIELLA VERA LUCIA MAROSTEGA VIRGÍNIA MARIA ZILIO 3/283 EDITORA UNISINOS 2012 APRESENTAÇÃO A surdez é uma grande invenção. (LOPES, 2011...

    64427  Palavras | 258  Páginas

  • cultura surda e identidade surda

    Cultura Surda Com o passar do tempo, nos grupos humanos, formou-se um conjunto de pessoas, resultante das experiências de seus membros. Ao conjunto das imposições de conviver de um grupo é chamado "Cultura". É um conjunto sobre determinado de valores, por meio dos quais um grupo de sujeitos, pratica um mesmo modo de refletir sobre si mesmo e sobre o universo, podendo, assim, viver junto, partilhando crenças e costumes comuns. É aprendida socialmente. Ao longo dos séculos, os surdos foram formando...

    2751  Palavras | 12  Páginas

  • UM OLHAR SOBRE A IDENTIDADE SURDA

    Fórum Nacional de Crítica Cultural 2 Educação básica e cultura: diagnósticos, proposições e novos agenciamentos 18 a 21 de novembro de 2010 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CRÍTICA CULTURAL UM OLHAR SOBRE A IDENTIDADE SURDA Márcia do Socorro E. da Silva1 INTRODUÇÃO Há uma luta pela prevalência sobre os poderes e os saberes que operam nas sociedades e o palco desta luta é o meio social como um todo, onde se tem como pano de fundo a opressão social e cultural, manifestadas aparentemente...

    2953  Palavras | 12  Páginas

  • O que é libras? - Cultura surda e Cultura Ouvinte.

    ou seja, desde 23 de dezembro de 2006. A LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) tem sua origem na Língua de Sinais Francesa. As Línguas de Sinais não são universais. Cada país possui a sua própria língua de sinais, que sofre as influências da cultura nacional. Como qualquer outra língua, ela também possui expressões que diferem de região para região (os regionalismos), o que a legitima ainda mais como língua. Os sinais são formados a partir da combinação da forma e do movimento das mãos e do...

    2319  Palavras | 10  Páginas

  • cultura e identidade surda no Brasil

     Um pouco da cultura e identidade surda no Brasil A questão do deficiente auditivo ainda é infelizmente, vista por grande parte da população como algo estranho e de difícil aceitação, tanto que os surdos ainda sofrem com a negação o que dificulta ainda mais o seu convívio com a sociedade. Podemos constatar isso no trecho a seguir extraído do artigo da autora Karin Lilian Strobel onde ela afirma que; A sociedade não conhece nada sobre povo surdo e, na maioria das vezes, fica com receio e apreensiva...

    1417  Palavras | 6  Páginas

  • Historias De Vida Surda Identidades Em Questao

    Histórias de vida surda: Identidades em questão Publicado em 1998 Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre Autor(es): Gladis Perlin Resumo Desde que surgiram os estudos culturais, a identidade surda tem sido reespacializada e reinvestida em novas formas. Não é mais a visão do indivíduo surdo sob o ponto de vista do corpo, da normalidade. É o sujeito surdo do ponto de vista da identidade. A identidade não é em uma visão que “universaliza” o sujeito. E trata...

    26108  Palavras | 105  Páginas

  • A criança surda

    GOLDFELD, Márcia. A Criança Surda GOLDFELD, Márcia. A Criança Surda. Linguagem e Cognição Numa Perspectiva Sócio-Interacionista. São Paulo: Plexus Editora, 2001. RESUMO: INTRODUÇÃO A linguagem de sinais despertou defensores e opositores, criações de correntes que no decorrer do tempo foram sendo analisadas e colocadas em prática, trazendo resultados, nem sempre esperados. O mundo se preocupou, neste último século em buscar amenizar as dificuldades das pessoas surdas, o desenvolvimento destas...

    7642  Palavras | 31  Páginas

  • a cultura surda

    Cultura dos surdos Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Os surdos, por norma são utilizadores de uma comunicação espaço-visual, como principal meio de conhecer o mundo em substituição à audição e à fala, e podem ter ainda uma cultura característica. Alguns fatores podem afetar o processo de aprendizagem de pessoas surdas, como por exemplo: o período em que os pais reconhecem a perda auditiva, o envolvimento dos pais na educação das crianças, os problemas físicos associados, os encaminhamentos...

    2029  Palavras | 9  Páginas

  • Identidade Surda Trabalho

    Identidade Surda Para que haja uma compreensão melhor e domínio do vocabulário é importante que tenha contato com os surdos, assista os vídeos no YouTube. Geralmente nesses vídeos eles falam sobre as comunidades surdas e os acontecimentos entre eles. Nessas comunidades serão vistas as características determinantes da identidade surda. Segundo Perlin (1998), as identidades podem ser definidas como: Identidade Flutuante: na qual o surdo se espelha na representação hegemonia do ouvinte, vivendo e se...

    2500  Palavras | 10  Páginas

  • Comunidade Surda

    A Comunidade Surda Brasileira comemora em 26 de setembro, o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas as lutas históricas por melhores condições de vida, trabalho, educação,saúde, dignidade e cidadania. A Federação Mundial dos Surdos já celebra o Dia do Surdo internacionalmente a cada 30 de setembro. No Brasil, o dia 26 de setembro é celebrado devido ao fato desta data lembrar a inauguração da primeira escola para Surdos no país em 1857, com o nome de Instituto Nacional de Surdos Mudos...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • Legislação da Pessoa Surda

    A LEGISLAÇÃO E A PESSOA SURDA A presença de surdos e atual fundamentação da educação dos surdos na legislação brasileira teve uma caminhada longa e suas possibilidades enunciativas foram mudando ao longo dos anos. À medida que se dava visibilidade à comunidade surda, através da luta pelos seus direitos e dos movimentos em torno da cultura surda, e por esta, a língua de sinais, a legislação foi-se ampliando. Há uma série de legislações em relação à educação de surdos, presente e abundante, visando...

    2465  Palavras | 10  Páginas

  • Cultura e Identidade Surda

    LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS 1 : Cultura e Identidade Surda, a visão no Âmbito Escolar Marlene Maria de Araújo 2 Resumo: - O Pressente estudo realizou com o objetivo de contribuir para o processo de discussão sobre a questão conceitos-termos como deficiente-auditivo, surdo-mudo, e mudo com o intuito de desconstruir as conotações negativas que esses nomes implicam na representação social e na identidade cultural dos indivíduos surdos. Percepção nos ambientes sociais como a interação de aula...

    5262  Palavras | 22  Páginas

  • Cultura Surda

    Ao pesquisar sobre a cultura surda concluir que os surdos, além de serem indivíduos que possuem surdez, por norma são utilizadores de uma comunicação espaço-visual, como principal meio de conhecer o mundo em substituição à audição e à fala, tendo ainda uma cultura característica. A chave para uma boa comunicação com uma pessoa surda é o claro e apropriado contato visual. É uma necessidade, quando os surdos se comunicam. De fato, quando duas pessoas conversam em língua de sinais...

    542  Palavras | 3  Páginas

  • Cartilha Convivendo Com A Pessoa Surda

     CONHECENDO A SURDEZ1 Você tem diante de si uma pessoa surda. Certamente, já deve ter se perguntado o que significa ser surdo?. Ser pouco inteligente? Ser mudo? Ter problemas de comunicação? Usar as mãos para se comunicar? O que existe, de fato, na realidade relativa à surdez? Na verdade, os pontos de vista sobre a surdez variam de acordo com as diferentes épocas e os grupos sociais no qual são produzidos. Estas representações darão origem a diferentes práticas sociais, que limitarão ou ampliarão...

    12007  Palavras | 49  Páginas

  • cultura surda em seus aspectos

    como exigência parcial da Disciplina Empreendedorismo para a obtenção de nota, sob orientação da Profa. Tutora EAD Ma.Kate Oliveira Kumada São José dos Campos / SP 17/11/2013 Sumário Introdução .......4 Cultura surda em seus aspectos...........................................................................5 a 6 Deficientes Auditivos em sala de aula..................................................................7 a 8 A inclusão escolar de alunos surdos...

    1841  Palavras | 8  Páginas

  • Aquisição de libras por crianças surdas

    FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA SAMANTHA ORSOLIN A AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM POR CRIANÇAS SURDAS CAÇADOR 2011 FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA SAMANTHA ORSOLIN - A AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM POR CRIANÇAS SURDAS Trabalho de Conclusão de curso apresentado á Faculdade Internacional de Curitiba,como requisito parcial para a obtenção ...

    6337  Palavras | 26  Páginas

  • Tcc- aquisição de linguagem por crianças surdas

    CURITIBA SAMANTHA ORSOLIN A AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM POR CRIANÇAS SURDAS 1. HISTORIA DA EDUCAÇÃO DA PESSOA PORTADORA DE DEFICIENCIA AUDITIVA Conhecer a história, bem como as filosofias educacionais para surdos, é o primeiro passo para iniciar um estudo mais profundo que tem como objetivo relacionar a exposição ao meio social, a linguagem e a qualidade de interações interpessoais ao desenvolvimento cognitivo da criança surda. Até meados do século XV o surdo era to como uma pessoa primitiva...

    3465  Palavras | 14  Páginas

  • Astronomia como tema gerador de ensino e de aprendizagem de conceitos matemáticos para alunos surdos – um projeto em construção

    ASTRONOMIA COMO TEMA GERADOR DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS PARA ALUNOS SURDOS – UM PROJETO EM CONSTRUÇÃO Tina Andreoella – tinaandreolla@hotmail.com Talita Pilati Alves – talipilati@gmail.com Nadia Sanzovo – sanzovo@utfpr.edu.br Aline Brancalione – linnydrigues@gmail.com Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR Rodovia do Conhecimento, km 01 Pato Branco - PR Elaine Beilner – elainebeilner@hotmail.com Secretaria de Estadual da Educação, Colégio Estadual Castro Alves...

    4487  Palavras | 18  Páginas

  • Historia da cultura surda

    UESB DEPARTAMENTO GEOGRAFIA – DG CURSO: LICENCIATURA PLENA EM GEOGRAFIA VI SEMESTRE – NOTURNO PERIODO: 2011.2 DISCIPLINA: LIBRAS I DOCENTE: NEEMIAS GOMES SANTANA DISCENTE: CATIA MARIA RIVAS TEIXEIRA “Enquanto houver duas pessoas surdas sobre a face da terra e elas se encontrarem, serão usados sinais.” J. Schuyler Long RESENHA É importante fazer um retrospecto com a intenção de se ter uma visão geral de como o Surdo tem sido visto e educado, e assim, conhecendo...

    2289  Palavras | 10  Páginas

  • Literatura surda

    Karnopp Literatura Surda Florianópolis, 2008 LITERATURA SURDA Na disciplina “Introdução aos Estudos Literários”, vocês conheceram os momentos mais importantes e a produção escrita mais significativa da Literatura Brasileira desde 1500. Estudaram e leram crônicas, poemas, narrativas. Dessa forma, foi através de autores, obras, fragmentos de textos narrativos e poéticos, que vocês tiveram contato com a Literatura Brasileira. Na presente disciplina, Literatura Surda, seguiremos uma proposta...

    11564  Palavras | 47  Páginas

  • pedagogia surda

    Universidade de Pernambuco-UPE. Pedagogia Surda Novembro-2013 Esta pesquisa foi realizada pelo artigo Teorias da Educação e Estudos Surdos, das autoras Gládis Perlin, Karin Strobel; onde elas abordam de temáticas importantes não só a pedagogia surda, mas nos leva a entender o campo moderno, teórico, tradicional e até o crítico foi dividido este artigo em quatro unidades para melhor compreensão. Mas a...

    2729  Palavras | 11  Páginas

  • surdos que destacam na comunidade surda

    Rosani Suzin “Costumo dizer que a pior surdez é aquela que se trava na alma e não no ouvido”. Nasceu em 9 de agosto de 1967, na cidade de São Lourenço d’Oeste em Santa Catarina. Nasceu Surda, pois sua mãe teve rubéola nos primeiros meses de gestação, seus pais ficaram inconformados, pois não havia nenhum caso de Surdos na família. Começaram então a procurar soluções, como a cidade era pequena não havia otorrinolaringologista, somente clinico geral. Foram para a cidade de Pato Branco – Paraná...

    2646  Palavras | 11  Páginas

  • surdos que destacam na comunidade surda

    Kátia Yuri Okawa* Maria Emilia Mello Zanquetta** Este artigo teve o objetivo de conhecer alguns Surdos que se destacam na comunidade surda. Para a construção desse artigo, foram coletados depoimentos das próprias situações vivenciadas pelos Surdos e com base nessa coleta foram montadas suas biografias. Suas opiniões sobre as metodologias de ensino também foram levadas em conta, o processo até construírem suas identidades, o apoio familiar que é muito importante, os vários tipos de preconceitos...

    9782  Palavras | 40  Páginas

  • CONSUMO DE PUBLICIDADE PELA CULTURA SURDA NO DF

    PELA CULTURA SURDA NO DF Brasília 2012 MARCELLE ROSA PEREIRA CONSUMO DE PUBLICIDADE PELA CULTURA SURDA NO DF Trabalho apresentado à Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas como requisito parcial para a obtenção do grau de Bacharel em Comunicação Social – habilitação em Publicidade e Propaganda do UniCEUB - Centro Universitário de Brasília. Professora Orientadora: MSc Mônica Igreja Prado Brasília 2012 MARCELLE ROSA PEREIRA CONSUMO DE PUBLICIDADE PELA CULTURA SURDA ...

    10378  Palavras | 42  Páginas

  • identidade surda

    apresenta resquícios de sua ideologia até os dias de hoje. Basicamente, a proposta oralista fundamenta-se na ‘recuperação’ da pessoa surda, chamada de ‘deficiente auditivo’ [...], contudo, é uma proposta educacional que contraria tais suposições: não permite que a língua de sinais seja usada nem na sala de aula nem no ambiente familiar, mesmo sendo esse formado por pessoas surdas usuárias da língua de sinais.” (p. 21-22) “[...] O oralismo é considerado pelos estudiosos como uma imposição social de uma...

    1511  Palavras | 7  Páginas

  • crianças surdas que usam a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.

    demais animais, e, na cultura social, a comunicação é fundamentalmente oralista, o que dificulta a comunicação entre ouvintes e não ouvintes. No conceito gerativista, a linguagem é a capacidade inata que todo falante-ouvinte possui para adquirir uma língua; partindo desse pressuposto acredita-se que surdos privados da experiência lingüística de ouvir a voz humana, não podem transitar com facilidade em línguas orais-auditivas. O contato da criança surda com outras crianças surdas e adultos surdos é essencial...

    4470  Palavras | 18  Páginas

  • O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM: do conceito e abordagem para crianças surdas

    conduzir à aprendizagem. Acrescenta-se também que a solução está em partir da teoria e colocar em prática os conhecimentos adquiridos ao longo do tempo de forma crítica reflexiva para pensar os conceitos atuais e passados e identificar o que há de melhor; laborativa: crítica e reflexiva para pensar os conceitos atuais e passados e identificar o que há de melhor; não só para mudar como também para criar novos conhecimentos. Quantos a isto esclarecem os Parâmetros Curriculares Nacionais – Introdução (PCN...

    4527  Palavras | 19  Páginas

  • Do luto a lta: percursos familiares na educação escolar de crianças surdas

    Contemporaneidade – PPGEduC Salvador - Bahia RESUMO Este artigo parte da seguinte indagação: “De que forma o processo do luto vivenciado pelas famílias de crianças e jovens Surdos interfere na condução da educação escolar desses alunos? Encarar a diferença surda como modo de vida, possibilita o desenvolvimento de estratégias exitosas para o desenvolvimento escolar desses sujeitos?” No processo investigativo, buscouse examinar bibliografias específicas baseadas na concepção sócio-antropológica, dentre as quais...

    7464  Palavras | 30  Páginas

  • REALIDADES FABRICADAS (CULTURA, IDENTIDADE E SURDEZ)

    FACULDADE POLIS DAS ARTES WILSON PAZ DA SILVA TURMA “B” REALIDADES FABRICADAS (CULTURA, IDENTIDADE E SURDEZ) Embu das Artes-SP 2014 WILSON PAZ DA SILVA REALIDADES FABRICADAS (CULTURA, IDENTIDADE E SURDEZ) Trabalho/Artigo apresentado ao Curso de Complementação Pedagógica em Matemática, equivalente a Licenciatura em Matemática, como requisito parcial para obtenção do titulo de Licenciatura em Matemática. Professora Roseli G.F.Toledo Embu das Artes-SP 2014 SUMÁRIO 1...

    6581  Palavras | 27  Páginas

  • Pedagogia Surda

    capacidade auditiva aos 6 anos e foi criada em um ambiente de comunicação total. A mãe inscreveu-a nas aulas de voz para que não perdesse sua capacidade de falar. Amy fala, lê lábios e usa American Sign Language (ASL). A estrela das novelas não nasceu surda, Ecklund nunca ganhou um Emmy, mas já foi nominada. Em 1998, ganhou o prêmio Daytime Webbie por "melhor atriz de drama". Também foi nominada uma das mulheres mais bonitas das novelas.   Como qualquer atriz, Amy Ecklund participou nos chats de internet...

    977  Palavras | 4  Páginas

  • Movimentos sociais no protagonismo político: a Comunidade Surda Brasileira e sua luta por reconhecimento e efetivação de direitos

    Movimentos sociais no protagonismo político: a Comunidade Surda Brasileira e sua luta por reconhecimento e efetivação de direitos Ana Paula Jung RESUMO O presente artigo convida o leitor a aproximar-se e, assim, permitir-se mergulhar nas questões que envolvem a temática do movimento social e político dos surdos no Brasil, cuja luta é pela garantia e pela efetivação de direitos, especialmente àqueles relacionados à igualdade de condições de acesso a uma educação de qualidade, capaz de respeitar a...

    9929  Palavras | 40  Páginas

  • A ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS NA CIDADE DE PETROLINA-PE: UMA ANÁLISE

    INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA FACULDADES INTA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU GESTÃO ESCOLAR LADJANE ALENCAR A ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS NA CIDADE DE PETROLINA-PE: UMA ANÁLISE PETROLINA 2011 LADJANE ALENCAR A ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS NA CIDADE DE PETROLINA-PE: UMA ANÁLISE Monografia apresentada ao INTA - Instituto Superior de Teologia Aplicada, como requisito para a obtenção do título de pós graduação...

    8632  Palavras | 35  Páginas

  • Adequação do ensino do português como l2 nas crianças surdas: um desafio a superar/enfrentar

    ADEQUAÇÃO DO ENSINO DO PORTUGUÊS COMO L2 NAS CRIANÇAS SURDAS: UM DESAFIO A SUPERAR/ENFRENTAR Marisa Dias Lima[1] RESUMO: A história do povo surdo revela que por muitos séculos de existência, os aspectos educacionais têm sido elaborados numa perspectiva dos ouvintes e não dos surdos que, quase sempre, são ignorados e desvalorizados como sujeitos e profissionais que podem contribuir a partir de suas capacidades inerentes e de sua diferença: a de ser surdo. Desta maneira, a “integração/ inclusão”...

    4003  Palavras | 17  Páginas

  • Família e Criança surda – Analise no desenvolvimento cognitivo e social

    Família e Criança surda – Analise no desenvolvimento cognitivo e social. Introdução Estabelecer um diálogo entre pessoas surdas e ouvintes é um desafio que a humanidade sempre carregou em sua história, pois através da interação linguística temos uma boa comunicação. A família tem um papel muito importante na formação do ser humano, na construção de sua identidade social, cognição, estruturação de pensamentos, caráter, formação de personalidade humana, moldando comportamentos do homem e influenciando...

    1972  Palavras | 8  Páginas

  • Celebridades Surdas

    muito pessoal para eles”. “Não tenho problema em mixar um álbum com som estéreo. Eu consigo ouvir a expansão do som, só não consigo dizer necessariamente de onde ele vem”. Emmanuelle Laborit – atriz francesa Nasceu em 18 de outubro de 1971. Nasceu surda e veio a conhecer a língua gestual, quando tinha 7 anos de idade. Rapidamente ensinou a sua irmã, que se tornou sua confidente, pois antes apenas se comunicava com sua mãe. É autora de uma conhecida obra literária: “O Grito da Gaivota”, que escreveu...

    1560  Palavras | 7  Páginas

  • FICHAMENTO: GESSER, Audrei. Libras? Que língua é essa? Crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola Editorial,2009.

    GESSER, Audrei. Libras? Que língua é essa? Crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola Editorial,2009. De um ideal precário á articulação do óbvio que ainda precisa ser dito Foi num encontro de sala de aula em meados da já distante década de 1990 que, hoje sei, fui escutado, e o meu precário tomou contornos definidos. Tratava da natureza da linguagem natural humana me dirigindo a ingressantes no mestrado em inglês da Universidade Federal de...

    6797  Palavras | 28  Páginas

  • A alfabetização/letramento de crianças surdas: a importância do professor bilíngue

    FACULDADE ALFREDO NASSER INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA A ALFABETIZAÇÃO/LETRAMENTO DE CRIANÇAS SURDAS: A IMPORTÂNCIA DO PROFESSOR BILÍNGUE. Grasielly Rabelo Rocha APARECIDA DE GOIÂNIA 2010 5 GRASIELLY RABELO ROCHA A ALFABETIZAÇÃO/LETRAMENTO DE CRIANÇAS SURDAS: A IMPORTÂNCIA DO PROFESSOR BILÍNGUE. Artigo apresentado ao Instituto Superior de Educação, da Faculdade Alfredo Nasser, sob orientação da professora Mestre Edna Misseno Pires, como parte dos requisitos para...

    6777  Palavras | 28  Páginas

  • aquisição de libras por crianças surdas

    sujeitos surdos, a comunidade surda adquiriu profundas transformações sociais que valorizam o tratamento dos ouvintes em relação aos surdos, decorrentes da organização da comunidade surda, das políticas públicas conquistadas e da oficialização da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS. No ano de 2002, foi publicada a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre o reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, como língua materna da comunidade surda. Essa Lei foi regulamentada pelo...

    6929  Palavras | 28  Páginas

  • a vida cotidiana das pessoas surdas

     QUESTÃO DA VIDA COTIDIANA DAS PESSOAS SURDAS Eliane Borba Professora Tutora Externa Luiza Maria Lorenzini Gerber Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Serviço Social (SES 0152) - Prática do Módulo III RESUMO O objetivo desse trabalho é mostrar o desconhecimento por parte da população ouvinte do que significa ser surdo. Infelizmente a visão dos ouvintes é que...

    1730  Palavras | 7  Páginas

  • A EXPERIÊNCIA DE PESSOAS SURDAS EM ESFERAS DE ATIVIDADE DO COTIDIANO

    César Camelo Marinho A EXPERIÊNCIA DE PESSOAS SURDAS EM ESFERAS DE ATIVIDADE DO COTIDIANO Nova Russas/CE 14/10/2011 RESUMO No Brasil, o trabalho com intérpretes iniciou-se nos anos 1980, principalmente, em função de serviços religiosos e informais. Nesse contexto, a FENEIS passou a organizar encontros de intérpretes de LIBRAS, em 22 de dezembro de 2005, criou-se o Decreto n° 5.626 que considera como tradutor e intérprete da língua de sinais e da língua portuguesa aquele...

    1665  Palavras | 7  Páginas

  • Aquisição da linguagem das crianças surdas

    AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM DAS CRIANÇAS SURDAS GOLIN, Leandro Bertolazzi RESUMO: A capacidade de comunicar utilizando a linguagem é um dos aspectos que distingue os seres humanos dosdemais. Na tradição cultural das sociedades a comunicação é basicamente oralista, o que dificulta a comunicação entre surdos e ouvintes, por isso reportaremos a História Educacional dos surdos, observando a influência que os ouvintes têm tido nela, ora privilegiando totalmente sua língua oral, ora utilizando a linguagem...

    4210  Palavras | 17  Páginas

  • PROJETO DE PESQUISA ACESSIBILIDADE DA CRIANÇA SURDA

    PROJETO DE PESQUISA 1 INTRODUÇÃO 1.1TEMA A acessibilidade da criança surda. 1.2 APRESENTAÇÃO DO TEMA A presente pesquisa tem como objetivo investigar não apenas a acessibilidade dos alunos surdos na sala regular de ensino, mas também em que condições os professores trabalham para atender as necessidades educacionais dos alunos surdos, de quais recursos dispõem, bem como, a disponibilidade de uma equipe de apoio especializada para subsidiar a sua prática docente. 1.3 OBJETO DE ESTUDO ...

    4162  Palavras | 17  Páginas

  • ARTIGO: ESTUDO SOBRE A AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM PELA CRIANÇA SURDA

    LINGUAGEM PELA CRIANÇA SURDA Macapá – AP 2012 ROGÉRIO FERREIRA DE MIRA ARTIGO: ESTUDO SOBRE A AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM PELA CRIANÇA SURDA Trabalho apresentado pelo acadêmico do 6º semestre de Licenciatura Plena em Letras Português/Francês ao professor Elissandro Araújo, como instrumento avaliativo da disciplina Psicolinguística. Macapá – AP 2012 ESTUDO SOBRE A AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM PELA CRIANÇA SURDA Rogério Ferreira de Mira...

    3630  Palavras | 15  Páginas

  • Educação especial: concepções educacionais na educação de pessoas surdas e o processo de inclusão na escola regular.

    ESPECIAL: CONCEPÇÕES EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DE PESSOAS SURDAS E O PROCESSO DE INCLUSÃO NA ESCOLA REGULAR. Redenção-PA 2011 Joice Maria Lopes de Souza Leide Anne Sousa Ferreira EDUCAÇÃO Redenção - PA 2011 EDUCAÇÃO ESPECIAL: CONCEPÇÕES EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DE PESSOAS SURDAS E O PROCESSO DE INCLUSÃO NA ESCOLA REGULAR. ...

    6891  Palavras | 28  Páginas

  • AS PRIMEIRAs apredizagem da criança surda

    Universidade do Grande Rio Prof. José de Souza Herdy UNIGRANRIO MESTRADO EM LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS AS PRIMEIRAS APRENDIZAGENS DA CRIANÇA SURDA Ana Lucia do Nascimento Rio de Janeiro 2010 ANA LUCIA DO NASCIMENTO AS PRIMEIRAS APRENDIZAGENS DA CRIANÇA SURDA Trabalho de dissertação, apresentado ao curso de Mestrado em Letras e Ciências Humanas, como requisito para obtenção do grau de Mestre. Orientadora: Profª Drª Cristina Novikoff Co-orientadora: Prof.ª Drª Haydéa Maria...

    67112  Palavras | 269  Páginas

  • Conceitos Abstratos na tradução de linguas em libras

    estruturam e atuam no processo de “fazer sentido” das experiências biossocioculturais em situações variadas de interação comunicacional (e.g. LAKOFF, 1987; LAKOFF; JOHNSON, 1999 entre outros). Neste estudo, de natureza experimental, investigam-se conceitos abstratos, tais como AUTONOMIA e CRÍTICO, nos processos tradutórios da língua de sinais, em estudo comparativo entre grupos (tradutores-intérpretes e surdos) do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Visa-se identificar os processos linguístico-cognitivos...

    6730  Palavras | 27  Páginas

  • Tcc ensino de lp em uma escola esp. para surda

    como requisito parcial à obtenção do título de Licenciada em Letras – Português e Espanhol. Vanessa de Oliveira Dagostim Professor Orientador Dra. Pedro de Moraes Garcez Porto Alegre, junho de 2005 Uma das canções mais célebres da cultura nacional versa “eu tenho tanto para lhe falar, mas com palavras não sei dizer...” Portanto, dedico esse estudo a todos aqueles que colaboram para que todos aprendam a dizer aquilo que guardam dentro de seu coração. AGRADECIMENTOS O principal...

    13193  Palavras | 53  Páginas

  • CRIANÇAS SURDAS: RELAÇÃO FAMÍLIA, SOCIEDADE E A ESCOLA - OLHAR DE SURDOS ESCOLARIZADOS.

    DEPARTAMENTO DE EDUCAO PATRCIA S TELES DE CASTRO CRIANAS SURDAS RELAO FAMLIA, SOCIEDADE E A ESCOLA - OLHAR DE SURDOS ESCOLARIZADOS. MANDAGUARI-PR 2012 FUNDAO FACULDADE FILOSOFIA CINCIAS E LETRAS DE MANDAGUARI - FAFIMAN Monografia apresentada ao curso de Ps graduao em Educao Especial Fundao Faculdade de Filosofia Cincias e Letras de Mandaguari FAFIMAN, como requisito...

    6169  Palavras | 25  Páginas

tracking img