• projeto multidisciplinar 3
    meio do desenvolvimento de projeto como uma forma de conceber educação que envolve o professor, o aluno, os recursos disponíveis, as novas tecnologias e todas as interações que se estabelecem nesse ambiente denominado ambiente de aprendizagem. Segundo a autora um ambiente criado para promover a...
    2822 Palavras 12 Páginas
  • Deficiencia
    melhor a necessidade que a criança DV tem de tocar tudo que está á sua volta. 07- Geralmente alunos autistas, têm certa resistência em entrar na sala de aula, muitas vezes fica em um ambiente fora do espaço da sala de aula. Para aproximá-lo do grupo, você pode organizar uma aula perto dele, no ambiente...
    2354 Palavras 10 Páginas
  • Aquisição sobre a aquisição da escrita de acordo com emilia ferreiro e o ensino da lingua portuguesa
    ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS As adaptações de acesso devem contemplar a funcionalidade e as condições individuais do aluno: • ambientes de aula que favoreça a aprendizagem, como: ateliê, cantinhos, oficinas; • acesso à atenção do professor; • materiais de aula: mostrar os objetos...
    13949 Palavras 56 Páginas
  • Educação especial
    surdos (monitores de ensino, instrutores de LIBRAS), a escola deve-se organizar de modo que alunos e professores desenvolvam um tipo de dinâmica em sala de aula, no qual o conhecimento a ser trabalhado seja, de fato, compartilhado. Comunicação é troca, é interação e é processo. O ato de comunicar-se pode...
    7232 Palavras 29 Páginas
  • O PERFIL DO PROFESSOR COORDENADOR NA PERSPECTIVA INCLUSIVA
    condições ergonômicas apropriadas do mobiliário escolar, ele pode melhorar o desempenho funcional do aluno, durante as atividades desenvolvidas em sala de aula e, por causa disso, melhorar o processo de ensino e aprendizagem. Em relação ao ambiente escolar, é importante a adequação do espaço físico no...
    8053 Palavras 33 Páginas
  • Atendimento educional especializado
    de Idéias. Sacola de idéias: é um mapa conceitual no modelo de uma sacola que tem bolsos os quais trazem sugestões para que o professor da sala comum envolvido com a inclusão de alunos com deficiência múltipla e ou com surdocegueira na sua sala de aula possa analisar e levantar a proposta de...
    15738 Palavras 63 Páginas
  • Dificuldades de aprendizagem nos alunos do 6º ao 9º ano da E.E.F. Profª Maria do Carmo de Sousa Lopes
    , tanto em sala de aula ou de casa. É importante ressaltar que, na maioria das vezes o que torna mais difícil a aprendizagem em sala de aula é o número de alunos, pois deve possibilitar ao professor um atendimento individual para que o mesmo possa identificar as dificuldades de aprendizagem. Pode...
    6815 Palavras 28 Páginas
  • Matemática e ludicidade: uma proposta viável
    da inserção do lúdico em sala de aula requer do educador mudanças na prática pedagógica no que concerne ao processo de ensino e aprendizagem, uma vez que tal atitude trás junto a si a transformação ou mudança  no ambiente escolar, sala de aula, tornado-a um espaço dinâmico, no qual as prioridades...
    7032 Palavras 29 Páginas
  • O trabalho do professor nos dias atuais
    abordados, vimos que diante das mais diversas situações que se apresentam no ambiente escolar e diretamente ao professor em sala de aula, e é através da motivação do trabalho deste profissional que levará os alunos a tomar consciência de si para ir a busca de seus objetivos pessoais. E pela formação...
    3279 Palavras 14 Páginas
  • Projeto Multidiciplinar em Pedagogia
    definidos por especialistas. Para ela é uma mudança radical que deve tornar a escola capaz de: atender às demandas da sociedade, criar espaços para que professores e alunos tenham autonomia para desenvolver o processo de aprendizagem de forma cooperativa e incorporar as novas tecnologias não apenas para...
    2862 Palavras 12 Páginas
  • Da teoria das leis à realidade vivida pelos portadores de necessidades especiais
    ser observados: * Que a gestão escolar proporcione um ambiente de trabalho nos quais os professores são apoiados; * Que escola parta da premissa de que cada aluno tem o direito a freqüentar a sala de aula independente de sua deficiência; * Que a gestão crie oportunidades para os...
    13849 Palavras 56 Páginas
  • Desenvolvimento cognitivo
    comunidade, facilitando assim sua integração. Nesse sentido o professor deve pensar em propor espaços dentro da própria sala de aula onde o aluno pode se dirigir a fim de fazer uma pausa, se afastando de atividades em andamento. Também e possível solicitar que o aluno vá realizar uma tarefa fora da...
    15804 Palavras 64 Páginas
  • Educação especial
    -se em processos de colaboração como meio de criar condições positivas de aprendizagem para alunos e professores. Unidades do módulo 4 4.1 Ambiente social na sala de aula Os bons professores criam nas suas aulas uma atmosfera que facilita a aprendizagem e evita a indisciplina. Esta unidade aborda...
    61511 Palavras 247 Páginas
  • O uso da Internet na Educação
    tecnologia, com o objetivo de ensinar muitas vezes de forma individual para os alunos que não estão fisicamente presentes em um ambiente tradicional de ensino, tais como uma sala de aula. Ele foi descrito como um processo para criar e fornecer o acesso à aprendizagem quando a fonte de informação e...
    9575 Palavras 39 Páginas
  • Aprendizagem e o desenvolvimento da aprendizagem
    tarefas. O aluno e o professor assumem, na sala de aula, posições distintas de cuja interação resultam a aprendizagem e a educação. A diferente forma de relacionamento que o professor adota com o aluno pode ser considerada como mediações históricas. Elas estão diretamente relacionadas...
    5245 Palavras 21 Páginas
  • trabalho
    superproteção ou expectativas limitadas sobre o aluno com deficiência intelectual. Quando o professor pensa que as dificuldades de aprendizagem são de responsabilidade exclusiva do aluno isto pode influenciar negativamente seu trabalho na sala de aula. Neste sentido, a etiqueta de “retardado” pode traduzir...
    24214 Palavras 97 Páginas
  • Aprendizagem do aluno com necessidades educacionais visuais especiais no ensino regular
    se parte do fato que os alunos sempre sabem algo de que todo educando pode aprender, mas no tempo e no jeito que lhe é próprio”. O processo de integração tem de favorecer o desenvolvimento integral ao aluno com deficiência visual, contribui para uma auto-imagem positiva e para o...
    10264 Palavras 42 Páginas
  • Pedagoga
    ENTRE O PROFESSOR DA SALA DE AULA E O PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL: REUNIÕES DIÁRIAS DEVE SER O MEIO DE COMUNICAÇÃO ENTRE OS DOIS 16 O PAPEL DO PROFESSOR 17 ESTRATÉGIAS DE ENSINO/APRENDIZAGEM 18 PLANEJAMENTO DAS ESTRATÉGIAS 21 Conhecer o Aluno 22 Coletividade 23...
    8009 Palavras 33 Páginas
  • Educação e diversidade cultural
    abordará a questão da deficiência Visual, caracterizando a cegueira e a baixa visão. Estaremos tratando das complementações curriculares para educação de alunos cegos e com baixa visão, bem como dos auxílios ópticos e estimulação sensorial e as práticas dos professores em sala de aula para favorecer a...
    11946 Palavras 48 Páginas
  • Memorial
    necessidades dos alunos inseridos em suas salas de aula. Na perspectiva de uma educação inclusiva, não se espera mais que a pessoa com deficiência se integre por si mesma, mas que os ambientes, inclusive o educacional, se transformem para possibilitar essa inserção, ou seja, estejam devidamente...
    9395 Palavras 38 Páginas