• Direito do trabalho -
    , prestar serviço com subordinação, não eventualidade, onerosidade e pessoalidade. O art.3, caput, da CLT, diz: “Considera empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob dependência deste e mediante salário. 3- Como a Jurisprudência interpreta a...
    1697 Palavras 7 Páginas
  • direito civil
    natural , que presta serviços com subordinação (dependencia), não eventualidade, onerosidade (prestação de serviço mediante salário), e pessoalidade, sendo este último aspecto mencionado no art.2°, caput, da CLT. 3-COMO A JURISPRUDÊNCIA INTERPRETA A DEFINIÇÃO LEGAL DE EMPREGADOR? R: Os elementos...
    1077 Palavras 5 Páginas
  • Direito
    CLT. C) Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (Art. 2° da CLT)? O Art. 2º A “CLT Considera empregador a empresa, individual ou coletiva que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviço”. § 1º - Equiparam-se...
    5094 Palavras 21 Páginas
  • Princípios do Direito do Trabalho
    natural, que presta serviços como subordinado. 3.Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2o da CLT)? Art. 2º Considera-se empregador a empresa individual ou coletiva assumindo os riscos da atividade econômica, admite, e dirige a prestação pessoal de serviço § 1º...
    1210 Palavras 5 Páginas
  • questões direito do trabalho
    jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (ART. 2º da CLT)? Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviço. h) Qual a posição jurisprudencial acerca da responsabilidade do...
    937 Palavras 4 Páginas
  • direito do trabalho
    trabalho. C.) Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT) ? Segundo A CLT, o empregador é a empresa individual ou coletiva, que assumi riscos de sua atividade econômica, admitindo, assalariando e dirigindo a prestação pessoal de serviço. Podemos considerar...
    493 Palavras 2 Páginas
  • Empregador
    COMO A JURISPRUDÊNCIA INTERPRETA A DEFINIÇÃO LEGAL DE EMPREGADOR (art. 2 da CLT)? CONCEITO LEGAL – Art. 2ᵒ. Considera-se empregador a empresa individual ou coletiva,que , assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviço. § 1ᵒ Equiparam-se ao...
    616 Palavras 3 Páginas
  • Direito do trabalho
    onerosidade, salario pessoalidade, . Não é transferível a outrem tarefa que o empregado por contrato se obrigou a executar. 3. Como a jurisprudência interpreta a Definição legal de empregador (art 2˚ clt) pag 147 plt Art. 2º – Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que...
    289 Palavras 2 Páginas
  • Atps
    jurídica 3. Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT)? R--Considera-se empregador, segundo o art 2º da CLT, a empresa, individual ou coletiva, que assumindo os riscos da atividade econômica, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviços.Apesar de a...
    1683 Palavras 7 Páginas
  • principios do dir do trabalho
    interpreta a definição legal de empregador A CLT não foi taxativa ao indicar os tipos possíveis de empregador ou de pessoas a ele equiparadas. A leitura de seu art. 2º evidencia que o ponto essencial da definição está no fato de haver contratação de trabalhadores enquadráveis como empregados...
    2728 Palavras 11 Páginas
  • direito do trabalho I
    ) Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador? (art. 2º da CLT) Conforme conceitua o artigo 2º da CLT, Considera-se empregador aquela pessoa, física ou jurídica, que assumindo os riscos inerentes a atividade econômica, contrata trabalhadores para, mediante o pagamento de salário...
    2059 Palavras 9 Páginas
  • Direito do trabalho atps
    prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário, art 3º CLT.-² 7):=3- Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador(art 2º da CLT)? R: Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que assumindo os riscos da...
    465 Palavras 2 Páginas
  • Direito do trabalho
    , orientações estabelecidas pelo empregador. Onerosidade, Significa que os serviços prestados têm como contraprestação o recebimento da remuneração, não se tratando, assim, de trabalho gratuito. 3. Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT)? R: Empregador é toda...
    607 Palavras 3 Páginas
  • ATPS Direito do Trabalho I - Passo 1 e 2
    como: “toda pessoa física que prestar serviço de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário”. c) Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT)? R. A CLT define Empregador em seu art. 2º, in verbis: Art. 2º - Considera-se...
    5273 Palavras 22 Páginas
  • QUAIS OS REQUISITOS DO CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO
    . Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT)? Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação de serviços. O poder hierárquico seria um direito institucional...
    945 Palavras 4 Páginas
  • Improbidade administrativa
    (empregado e empregador) c) Objeto ( prestação de serviço subordinado) d) Forma. 3. Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador ( Artigo 2º da CLT)? A jurisprudência, seguindo o artigo 2º do decreto lei n. 5.452, de 1º de maio de 1943, in verbis: “Considera-se empregador a...
    1487 Palavras 6 Páginas
  • Direito do trabalho
    -se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário (art.3º; caput – C.L.T.). Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador? R: Empregador é toda pessoa jurídica, pessoa natural ou ente...
    1573 Palavras 7 Páginas
  • direito do trabalho
    recebimento da remuneração, não se tratando, assim, de trabalho gratuito. 3. Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT)? R: Empregador é toda pessoa jurídica, pessoa física ou ente despersonalizado que contrate empregado, mantendo relação jurídica com este, ou seja...
    1349 Palavras 6 Páginas
  • atps direito trabalho I
    Art. 3ª da CLT, considera-se o empregado “toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste mediante salário”. 3) Como a jurisprudência interpreta a definição legal de empregador (art. 2º da CLT)? Com efeito, o Art. 2ª da CLT, “considera-se...
    4194 Palavras 17 Páginas
  • Direito trabalhista
    deve obedecer às ordens do empregador, que é a teoria mais aceita. O trabalhador autônomo não é empregado justamente por não ser subordinado a ninguém, exercendo com autonomia suas atividades e assumindo os riscos de seu negócio. 3 – COMO A JURISPRUDENCIA INTERPRETA A DEFINIÇÃO LEGAL DE EMPREGADOR...
    1050 Palavras 5 Páginas