Com Relação À Importância Do Estado E Dos Conceitos De Nação E Território Para A Antropologia artigos e trabalhos de pesquisa

  • Antropologia

    Introdução A atividade virtual 1 apresentada à disciplina Antropologia, discute os conteúdos do 1° semestre do curso de Bacharelado em Serviço Social, trazendo-nos discussão e questionamentos acerca do que é a Antropologia em seu mais ambragente aspecto, tornando-a de total importância para conhecermos as nossas origens, nosso passado, e assim entendermos o nosso presente.Compreendermos também, as dimensões acerca de cultura, nação, afirmação da história do povo brasileiro e patrimônio, que também...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • Antropologia

    nasce velho: contribuições à antropologia jurídica Kleiber Gomes Reis*   Resumo: Fundamental para a compreensão da diversidade, a Antropologia cada vez mais tem assumido destacado espaço no mundo jurídico. Sendo assim, buscar-se-á demonstrar, neste trabalho, como a Antropologia Jurídica é uma categoria elementar para o saber/pensar o Direito. Trabalhar-se-á de forma sumária algumas questões que envolvem e perfazem o delicado elo de ligação entre o Direito e a Antropologia. Com isso, tentar-se-á instigar...

    10304  Palavras | 42  Páginas

  • O território e a territorialidade

    Claude Raffestin e Marcelo Lopes de Souza a respeito do conceito de território. Aponte limites, avanços e elabore questionamentos. 1 – INTRODUÇÃO Ao definir território e territorialidade, quando às vezes essas definições são apresentadas, elas parecem ser imprecisas devido ao grande volume teórico que esse tema possui. Devendo todo esse arsenal teórico aos grandes autores, detentores do conhecimento geográfico. A discussão sobre território está presente em diferentes áreas do conhecimento científico...

    1976  Palavras | 8  Páginas

  • ANTROPOLOGIA CULTURAL

    ANTROPOLOGIA CULTURAL DELIMITAÇÕES DA ANTROPOLOGIA CULTURAL 1. Como podemos definir a Antropologia Cultural? A antropologia cultural, é uma das quatro áreas da antropologia geral (four-field-approach), junto com a antropologia física (também conhecida como antropologia biológica), a arqueologia e a linguística. A antropologia cultural é diferente da antropologia social, diferindo principalmente na perspectiva. Tem por objetivo o estudo do homem e das sociedades humanas na sua vertente cultural...

    3222  Palavras | 13  Páginas

  • miscigenação e antropologia

    Miscigenação e antropologia: o desenvolvimento de uma população. BARBOSA, Ícaro Tayslan Santos1 SILVA, Taynara Adriely Reis2 RESUMO O objetivo deste artigo é apresentar a ideia de que existe uma relação entre a antropologia e o desenvolvimento de uma população em se tratando às suas raças, mostrando em pequenos textos como essa relação influenciou no desenvolvimento e caldeamento cultural do nosso país. Para tanto utilizaremos os estudos e trabalhos de vários autores e antropólogos de renome...

    2724  Palavras | 11  Páginas

  • Apontamentos antropologia

    Antropologia II Teste Identidade | Cultura | - Muito plástica- Implica reconhecimento- Processos de ordem consciente- Objectivos; estratégias; etc…- Pode ser escolhida- As estratégias identitárias podem manipular e alterar a cultura | - Modos de vida desenvolvidos em comunidade- Pode existir cultura sem consciência identitária (um grupo pode ter as suas especificidades mas não as reivindica)- Constrói-se no dia-a-dia (processos inconscientes) | Identidade Cultural - É o sentimento de identidade...

    2747  Palavras | 11  Páginas

  • Antropologia unidade 2 a 8

    UNIDADE 2 Pergunta 1 0,2 em 0,2 pontos Avalie as duas asserções a seguir: O antropólogo Franz Boas postulou que o conceito de cultura deveria substituir o conceito de raça PORQUE? Compreende que a diferença entre os povos é de ordem cultural e não racial. Com base nas duas asserções acima, assinale a alternativa correta: Resposta Selecionada: Corretab. As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira. Resposta Correta: ...

    6412  Palavras | 26  Páginas

  • Questões feitas - Teoria Geral do Estado

    Comente a importância da TGE na formação do jurista. Para o jurista, é fundamental o estudo dos fatos sociais, jurídicos e políticos do Estado, ao mesmo tempo em que deve conhecê-lo e explicá-lo, para que possa aplicar ou explicar as suas Leis. Nação é um conceito associado a patriotismo. A nação existe, quando existe o sentimento em relação a um determinado estado ou território.“A nação é uma sociedade natural de homens a quem a unidade de território ou de origem, de costumes e de idioma levam...

    4627  Palavras | 19  Páginas

  • ANTROPOLOGIA

    é que, a partir da antropologia de Franz Boas, estima‐se que para compreender o lugar particular ocupado por um determinado costume não se pode mais confiar nos investigadores (informantes). Apenas o antropólogo pode elaborar uma monografia, isto é, dar conta cientificamente de uma micro‐ sociedade, apreendida em sua totalidade e considerada em sua autonomia teórica. Pela primeira vez, o teórico e observador estão finalmente reunidos (...) O parágrafo acima sobre a antropologia produzida por Franz...

    8025  Palavras | 33  Páginas

  • mudolo antropologia unidade 1

    PEDAGÓGICAS Vamos tentar compreender a relação entre a Antropologia e a Educação. Inicialmente iremos buscar algumas referências históricas que nos auxiliem a estabelecer relações entre uma e outra. Antropologia e Educação são duas importantes áreas do conhecimento científico moderno que se distanciam nos seus conteúdos de reflexão, mas que também se aproximam nos seus processos de análise. UESC Pedagogia 19 Antropologia e Educação Civilização e escrita na formação...

    6670  Palavras | 27  Páginas

  • Antropologia juridica

    TEXTO 5 Antropologia: 1) Contexto histórico e científico do surgimento da disciplina: 1.1 Contexo Histórico: .A antropologia como disciplina surge na metade do século XIX. Alguns autores fazem seu histórico remontando a Heródoto, Idade Média, Renascimento ou Iluminismo. Acontece que esses estudos não são trabalhos antropológicos como os que conhecemos hoje. Eram apenas estudiosos que tinham interesse por outas culturas e imprimiam um olhar diferenciado sobre elas. Aí formou-se o embrião de...

    9672  Palavras | 39  Páginas

  • Apontamentos Antropologia

    Antropologia • • • • • • • • A Antropologia estuda o Homem enquanto ser cultural integrado em grupos/sociedade. Anthropos ⇒ Humano/Homem. Logos ⇒ ciência. A Antropologia estuda as culturas humanas (quer sejam mais ou menos desenvolvidas), do passado ou contemporâneas ⇒ diversidade cultural. Analisamos as outras culturas fazendo comparação com a nossa. Há sempre aspectos comuns a todas as culturas (ex: família, religião, casamento). A Antropologia estuda os aspectos comuns e as...

    12658  Palavras | 51  Páginas

  • Mana Antropologia e direitos humanos alteridade e tica no movimento de expans o dos direitos universais

    16/07/2015 Mana ­ Antropologia e direitos humanos: alteridade e ética no movimento de expansão dos direitos universais        Mana Services on Demand On­line version ISSN 1678­4944 Article Mana vol.12 no.1 Rio de Janeiro Apr. 2006 Portuguese (pdf) http://dx.doi.org/10.1590/S0104­93132006000100008  Portuguese (epdf) ARTIGOS   Article in xml format Article references Antropologia e direitos humanos: alteridade e ética no movimento1 de expansão dos direitos universais How to cite this article...

    12785  Palavras | 52  Páginas

  • Antropologia e Direitos Humanos

    Antropologia e direitos humanos: alteridade e ética no movimento de expansão dos direitos universais Introdução Passarei em revista quatro grandes temas que revelam a tensão entre normas locais e normas de mais amplo espectro. Em primeiro lugar, abordarei a diferença entre a lei e a moral, cuja distinção se faz necessária para o entendimento da coabitação de uma diversidade de comunidades morais2 no universo de uma nação, frente ao papel mediador da lei (em condições ótimas e em contextos plenamente...

    11764  Palavras | 48  Páginas

  • Antropologia

    Antropologia Primeiras Aproximações ao Estudo de Antropologia A origem etimológica da Antropologia remete aos gregos anthropos, que significa homem, e logos, estudo. Portanto, é uma ciência humana que elege o ser humano enquanto objeto de investigação. Entretanto, a antropologia não foi criada pelos gregos, tal como a filosofia. Somente no contexto mais recente do Iluminismo (século XVIII), como você irá estudar, antropologia se estabelece enquanto ciência que busca investigar as possibilidades...

    7622  Palavras | 31  Páginas

  • Livro Antropologia Mercio Gomes

    Mércio Pereira Gomes ANTROPOLOGIA Ciência do homem Filosofia da cultura A Editora não é responsável pelo conteúdo da obra, com o qual não necessariamente concorda. O Autor conhece os fatos narrados, pelos quais é responsável, assim como se responsabiliza pelos juizos emitidos. editoracontexto Copyright 2008 Mercio Pereira Gomes Todos os direitos desta edição reservados à Editora Contexto (Editora Pinsky Ltda.) Foto de capa índio Guajá, Christian Knepper Montagem de capa e...

    77153  Palavras | 309  Páginas

  • antropologia

    Texto 10 Liminaridade, distinção e mistura: a importância das fronteiras Só se pode comprender esta forma particular de luta das classificações que é a luta pela definição da identidade «regional» ou «étnica» com a condição de se passar para além da oposição que a ciência deve primeiro operar para romper com as pré-noções da sociologia espontânea, entre a representação e a realidade, e com a condição de se incluir no real a representação do real ou, mais exactamente, a luta das representações...

    1852  Palavras | 8  Páginas

  • TRABALHO ESTUDOS SOCIAIS TERRITORIO

    SANTA BÁRBARA NÁDIA SOLANGE NOMINATO RITA TOMAZ TERRITÓRIO Trabalho da disciplina de Estudos Sociais e Econômicos, apresentado à Faculdade de Engenharia, no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Vale do Rio Doce. Professora: Edileila Maria Leite Portes. Governador Valadares 2014 Sumário 1 INTRODUÇÃO 3 2 O CONCEITO DE TERRITÓRIO 5 3 O CONCEITO DE ALGUNS TEÓRICOS 7 4 O SURGIMENTO DO CONCEITO NA HISTÓRIA 11 5 AMPLIANDO CONCEITOS - TERRITORIALIDADES 13 6 A OCUPAÇÃO E O PROCESSO DE...

    13732  Palavras | 55  Páginas

  • Antropologia

    Antropologia Jurídica. Anotações de aula Professor Euclides Di Dário 1. Conceito de Antropologia 2. Natureza Cultura e Comportamento 3. Antropologia e Direito 4. A globalização e a sociedade de consumo 5. Pluralismo jurídico 6. Costumes e leis 7. Direitos humanos 1. Conceito de antropologia Na perspectiva da cultura ou da evolução humana, antropologia é uma ciência que se interessa por ideias, valores, símbolos, normas, costumes, crenças, invenções ambiente etc., e, portanto, encontra-se...

    6765  Palavras | 28  Páginas

  • antropologia e direitos humanos

    12(1): 207-236, 2006 ANTROPOLOGIA E DIREITOS HUMANOS: ALTERIDADE E ÉTICA NO MOVIMENTO1 DE EXPANSÃO DOS DIREITOS UNIVERSAIS Rita Laura Segato Introdução Passarei em revista quatro grandes temas que revelam a tensão entre normas locais e normas de mais amplo espectro. Em primeiro lugar, abordarei a diferença entre a lei e a moral, cuja distinção se faz necessária para o entendimento da coabitação de uma diversidade de comunidades morais2 no universo de uma nação, frente ao papel mediador...

    13616  Palavras | 55  Páginas

  • Antropologia

    Frequência de Antropologia: ► O papel da antropologia no turismo: O turismo é uma actividade complexa e mutável, multifacetada e multidimensional que não deve ser reduzida exclusivamente a negócio, actividade industrial, marketing ou gestão de produtos. Isto leva a que alguns autores (Tribe) definam o turismo como uma indisciplina. Na realidade, o turismo é um fenómeno sociocultural que pode ser abordado de distintos pontos de vista (Carvajal) e com diferentes perspectivas disciplinares, nomeadamente...

    3323  Palavras | 14  Páginas

  • Teoria geral do estado de sahid maluf

    E DA ANTROPOLOGIA JURÍDICA TEACHING AND RESEARCH IN THE LAW AND LEGAL ANTHROPOLOGY Thais Luzia Colaço1 RESUMO O presente artigo trata da importância do ensino e da pesquisa da Antropologia Jurídica nos cursos de Direito como possibilidade de humanização e promoção da tolerância para com o “outro”. Faz uma introdução histórica e conceitual da Antropologia Jurídica. Refere-se ao conservadorismo do ensino do Direito no Brasil. Demonstra as possibilidades de pesquisa em Antropologia Jurídica...

    5305  Palavras | 22  Páginas

  • Antropologia e Sociologia

    FUNDAMENTOS DE ANTROPOLOGIA E SOCIOLOGIA Esse material foi produzido a partir de Convênio de Colaboração firmado entre as Instituições: Fundamentos de Antropologia e So1 1 2/1/2008 16:51:26 Expediente Curso de Direito — Coletânea de Exercícios Coordenação Geral do Curso de Direito da Universidade Estácio de Sá Prof. André Cleófas Uchôa Cavalcanti Coordenação do Projeto Núcleo de Qualificação e Apoio Didático-Pedagógico Coordenação Pedagógica Profa. Tereza Moura Organização...

    15393  Palavras | 62  Páginas

  • QUESTÕES CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GEAL DO ESTADO

    CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GERAL DO ESTADO www.ResumosConcursos.hpg.com.br Simulado: Direito Constitucional – 1. TEORIA GERAL DO ESTADO: SUA POSIÇÃO NO QUADRO DAS CIÊNCIAS JURÍDICAS. RELAÇÃO. HISTÓRICO. CONCEITO.  - Qual é o tríplice aspecto da Teoria Geral do Estado?  R. - Sociológico, Político e Jurídico. A Teoria Geral do Estado, na sua exataconceituação, compreende um conjunto de ciências aplicadas à compreensão do fenômeno estatal, destacando-se principalmente a sociologia, a política...

    7017  Palavras | 29  Páginas

  • Revista de antropologia

    ISSN 0034-7701 Revista de Antropologia Publicação do Departamento de Antropologia Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Universidade de São Paulo Volume 53 nº 2 Número especial: Antropologia do Direito SÃO PAULO julho-dezembro 2010 revista_2010_53(2)_finalh.indd 433 8/14/11 8:19 PM Revista de Antropologia Fundada por Egon Schaden em 1953 Editora Responsável: Heloísa Buarque de Almeida Comissão Editorial Heloísa Buarque de Almeida; Renato Sztutman; Laura Moutinho ...

    125391  Palavras | 502  Páginas

  • Antropologia

    1 Descreva os fatos históricos que contribuíram para a formação da Antropologia Científica. Os fatos que contribuíram para a formação da Antropologia Científica foram: -Expansão Marítima Com a escassez de mantimentos e a queda do consumo dos produtos produzidos na zona rural e agrícola europeia,e para suprir esse alto consumo,muitas vezes importavam produtos oriundos do oriente,entretanto,para comercializar esses produtos,tinham que negociar com diversos vendedores encarecendo então os produtos...

    2490  Palavras | 10  Páginas

  • Estado-nação

    [pic]FACULDADE DE JANDAIA DO SUL Fátima Gomes de Oliveira Silva Estado-Nação Território [pic] Jandaia do Sul 2009 [pic]FACULDADE DE JANDAIA DO SUL Fátima Gomes de Oliveira Silva Estado-Nação e Território Trabalho apresentado por exigência da disciplina de Geopolítica, ministrada pelo professor Virgílio M. Pereira Bernardino, do curso de geografia, da Faculdade...

    2066  Palavras | 9  Páginas

  • Antropologia e Direito

    antropologia & direito associação breasileira de antropologia 2002–2004 Gustavo Lins Ribeiro presidente Antonio Carlos de Souza Lima vice-presidente antropologia & direito 2004–2006 Miriam Pillar Grossi presidente Peter Henry Fry vice-presidente temas antropológicos 2006–2008 Luís Roberto Cardoso de Oliveira presidente Roberto Kant de Lima vice-presidente para estudos jurídicos 2008–2010 Carlos Alberto Caroso Soares presidente Lia Zanotta Machado vice-presidente ...

    165136  Palavras | 661  Páginas

  • Resenha de antropologia

    São Pedro, Pedro Cubas, Sapatu, Nhunguara, André Lopes, Maria Rosa e Pilões, no Estado de São Paulo, de autoria de antropólogos do Ministério Público Federal: Adolfo Neves de Oliveira Júnior, Deborah Stucchi, Miriam de Fátima Chagas e Sheila dos Santos Brasileiro. 2 Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Analista Pericial em Antropologia na Procuradoria da República – Ministério Público Federal. Horizontes Antropológicos...

    10706  Palavras | 43  Páginas

  • Antropologia e moralidade

    ANTROPOLOGIA E MORALIDADE  (*)   Roberto Cardoso de Oliveira   As idéias que pretendo desenvolver aqui versarão sobre a moralidade, considerando-a como uma instância suscetível de investigação antropológica. Para viabilizar esse objetivo, penso poder trilhar dois caminhos sucessivamente: um, procurando elucidar o próprio conceito de moralidade em termos que sejam consistentes com as possibilidades de tratamento interdisciplinar; outro, mostrando o quanto o conceito pode ser fecundo...

    7688  Palavras | 31  Páginas

  • antropologia

    Aula 1 - Está faltando. quinta-feira, 8 de agosto de 2013 11:29 Página 1 de Antropologia Aula 2 - Constituição e desenvolvimento do campo de análise e pesquisa da antropologia jurídica quinta-feira, 8 de agosto de 2013 11:25 Contexto da disciplina e como influencia nas consequências da configuração assumida. Projeção do discurso antropológico para um época em que não poderia existir efetivamente. É um equívoco recorrente entre os autores, projetar a matéria para um período em...

    19058  Palavras | 77  Páginas

  • CONCEITOS DE SOCIOLOGIA

    grego significa estudo, formando assim, o “estudo do social” ou “estudo da sociedade”. 1.2. CONCEITOS DE SOCIOLOGIA A sociologia possui uma infinidade de conceitos para identificá-la e explicá-la, diferenciando-a de outras ciências ou tipos de conhecimentos. Vejamos alguns conceitos segundo alguns sociólogos: para Durkheim “a sociologia é a ciência das instituições”; para L. Ward e W. G. Summer “a sociologia é a ciência da sociedade”;...

    38707  Palavras | 155  Páginas

  • A identidade Kinikinau como Máquina de Guerra para a Manutenção Territorial da etnia no Estado de MS

    Ghizoni Dieterich – Jardim: [s.n], 2012. 61 f. TCC (Graduação) – Universidade Estadual de mato Grosso do Sul. Orientadora: Prof.ª Dra. Sandra Cristina de Souza. 1. Caracterização histórica dos Kinikinau 2. Pressupostos Teóricos 3. Território Kinikinau. É concedida à Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul a permissão para publicação e reprodução de cópia(s) deste Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), apenas para propósitos acadêmicos e científicos, resguardando-se a autoria...

    14239  Palavras | 57  Páginas

  • Historia da antropologia portuguesa - hap

    Pois a antropologia portuguesa é uma antropologia comprometida, antes do mais, com um discurso etnogenealógico de identidade nacional. Nesse seu empreendimento etnogenealógico, os etnógrafos e os antropólogos portugueses, deram importancia a análise histórico-genética da cultura popular. Por fim, os etnógrafos e os antropólogos portugueses foram também essenciais no processo de «objectivação» da cultura popular portuguesa. Parte I: À procura do povo português Capitulo 1: A antropologia portuguesa...

    8554  Palavras | 35  Páginas

  • Politica, Poder e Estado

    surgimento; como também a lista de alguns sociólogos e um pouco de suas respectivas teorias, e como a sociologia influência outras ciências explicando procedimentos observados na sociedade, fazendo parte de estudos de ciências como: filosofia, antropologia, economia e psicologia.  No contexto atual de importantes e aceleradas transformações que atravessam as sociedades, a sociologia, na qualidade de disciplina científica, estuda sistematicamente as relações sociais que se desenvolvem entre os indivíduos...

    4208  Palavras | 17  Páginas

  • Antropologia e seu papel

    O PAPEL DA ANTROPOLOGIA NA EDUCAÇÃO: Construção da Identidade na Contemporaneidade NOVEMBRO/2011 Como e por quem, diferentes tipos de identidades são construídas, e com quais resultados, são questões que não podem ser abordadas em linhas gerais, abstratas: estão estritamente relacionadas a um contexto social. A política de identidade, escreve Zaretsky,”‘deve ser situada historicamente”. (CASTELLS, 2002, p. 26). SUMÁRIO INTRODUÇÃO ...................

    10027  Palavras | 41  Páginas

  • ANTROPOLOGIA CULTURAL

    ANTROPOLOGIA CULTURAL Foto: Jony Culo  A Antropologia, sendo a ciência da humanidade e da cultura, tem um campo de investigação extremamente vasto: abrange, no espaço, toda a terra habitada; no tempo, pelo menos dois milhões de anos, e todas as populações socialmente organizadas. Divide-se em duas grandes áreas de estudo, com objectivos definidos e interesses teóricos próprios: a Antropologia Física (ou Biológica) e aAntropologia Cultural, que se centram no desejo do homem de conhecer a sua origem...

    8382  Palavras | 34  Páginas

  • Resumo Antropologia

    Antropologia 1) Antropologia. Conceito. Campo de conhecimento – Antropologias 2) Antropologia Jurídica. Antropologia, multiculturalismo do Direito. 3) Cultura. Conceito. 4) Etnicidade, alteridade e tolerância. 5) Estado Nacional, etnicidade e autodeterminação. Novos atores e movimentos étnico-culturais. 6) Antropologia, alteridade de Direito 7) Universalização e revitalização. Universalismo e particularismo 8) Minorias: índios/quilombolas Visão histórica 1- Antecedentes (séc. XVI a XVIII) - Relatos...

    1145  Palavras | 5  Páginas

  • Dalmo De Abreu Dallari - Elementos De Teoria Geral Do Estado

    INTERNACIONAIS- 2012 TEORIA GERAL DO ESTADO ASSUNTO: Dalmo De Abreu Dallari - Elementos De Teoria Geral Do Estado - 2º Edição - Ano 1998.pdf (Cap.II) CAPÍTULO II DO ESTADO ORIGEM E FORMAÇÃO DO ESTADO “O estudo da origem do Estado implica duas espécies de indagação: uma a respeito da época do aparecimento do Estado; outra relativa aos motivos que determinaram e determinam o surgimento dos Estados.” (p.23) “Para muitos autores, o Estado, assim como a própria sociedade, existiu...

    7238  Palavras | 29  Páginas

  • Antropologia e Cultura

    DIREITO ANTROPOLOGIA LUCAS OLIVEIRA VIANNA CULTURA COMO OBJETO DA ANTROPOLOGIA BAGÉ 2014 LUCAS OLIVEIRA VIANNA CULTURA COMO OBJETO DA ANTROPOLOGIA Trabalho apresentado para fins avaliativos na disciplina de Antropologia, do curso de Direito da Universidade Regional da Campanha. Orientação: Prof.ª Maria Helena G. Dias de Oliveira, BAGÉ 2014 RESUMO O trabalho visa identificar os conceitos de cultura...

    2376  Palavras | 10  Páginas

  • ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA

    entre esses dois entes, o Eu, ou o sujeito pensante, e o Outro, ou o objeto da pesquisa. Portanto, levar o relativismo cultural como método às suas propriedades finais terminaria produzindo a impossibilidade do conhecimento. (GOMES, Mércio P. Antropologia: Ciência do Homem, Filosofia da Cultura. São Paulo: Contexto, 2012) A afirmativa acima escrita pelo antropólogo Mércio Gomes produz indagações a respeito do relativismo cultural e do método comparativo. Julgue as opções abaixo no que se refere...

    6923  Palavras | 28  Páginas

  • Viveiros De Castro 2002 O Conceito De Sociedade Em Antropologia Txt

    O CONCEITO DE SOCIEDADE EM ANTROPOLOGIA: UM SOBREVÔO1 Eduardo Viveiros de Castro Os dois sentidos: o geral e o particular Em sentido geral, a sociedade é uma condição universal da vida humana. Esta universalidade admite uma interpretação biológica ou instintual, e outra simbólicomoral, ou institucional. Assim, a sociedade pode ser vista como um atributo básico, mas não exclusivo, da natureza humana: somos geneticamente predispostos à vida social; a ontogênese somática e comportamental dos humanos...

    7290  Palavras | 30  Páginas

  • Dicionario de Conceitos

    Brasil) Silva, Kalina Vanderlei Dicionário de conceitos históricos / Kalina Vanderlei Silva, Maciel Henrique Silva. – 2.ed., 2ª reimpressão. – São Paulo : Contexto, 2009. Bibliografia ISBN 978-85-7244-298-5 1. História – Dicionários 2. História – Estudo e ensino I. Silva, Maciel Henrique. II. Título. 05-3069 Índices para catálogo sistemático: 1. Conceitos históricos : Dicionários 903 2. Dicionários : Conceitos históricos 903 CDD-903 Editora Contexto ...

    187433  Palavras | 750  Páginas

  • RESUMO DO LIVRO: O MITO DA DESTERRITORIALIZAÇÃO Do “Fim dos Territórios” à Multiterritorialidade – Rogério Haesbaert

    ALUNO (A): GILMAR DE SOUSA DIAS RESUMO O MITO DA DESTERRITORIALIZAÇÃO Do “Fim dos Territórios” à Multiterritorialidade – Rogério Haesbaert CRATO, MAIO 2014 O MITO DA DESTERRITORIALIZAÇÃO Do “Fim dos Territórios” À Multiterritorialidade O Mito da Desterritorialização é o mito dos que imaginam que o homem pode viver sem território, que sociedade e espaço podem ser dissociados, como se o movimento de destruição de territórios não fosse sempre, de algum modo, a sua reconstrução em novas bases. Rogério...

    5194  Palavras | 21  Páginas

  • DO ESTADO ORIGEM E FORMAÇÃO DO ESTADO

    CAPÍTULO II - DO ESTADOORIGEM E FORMAÇÃO DO ESTADO . O estudo da origem do Estado implica duas espécies de indagação: uma a respeito da época do aparecimento do Estado; outrarelativa aos motivos que determinaram e determinam o surgimento dos Estados. Antes de abordarmos esses dois aspectos, porém, éindispensável um esclarecimento preliminar sobre a noção de Estado que tem sido adotada pelas inúmeras correntes teóricas, poisem conseqüência de diferentes concepções, como se verá, resultam conclusões...

    21350  Palavras | 86  Páginas

  • Entendendo a Antropologia Juridica

    ANTROPOLOGIA JURÍDICA  Introdução O livro antropologia jurídica nos mostra uma visão geral do nascimento do direito dentro de vários tipos de sociedades e por fim uma visão antropológica do nosso país, este resumo procura detalhar o que foi entendido neste assunto.  O que é antropologia ? Ciência social e natural, que estuda os povos de um modo genérico. Podemos encontrar a antropologia dividida em três temas: O pragmático que procura conhecer um determinado povo a fim de muda-lo...

    3756  Palavras | 16  Páginas

  • História da antropologia - resenha

    dúvidas quanto à origem da antropologia só dividem as opiniões. A especulação sobre o outro sempre existiu, fruto da curiosidade sobre os vizinhos ou povos distantes; geraram historias e mitos desde a antiguidade. Muitos destes relatos estavam carregados de preconceito e cheios de imprecisões, mas constituiam-se num primeiro esforço de uma investigação “antropológica”. Neste primeiro capitulo os autores nos convidam a um “passeio” pela chamada “pré-história” da antropologia, situando suas origens na...

    5847  Palavras | 24  Páginas

  • Ant02005 - antropologia e cultura brasileira (on.0)

    envio do teste: Atividade 1 Conteúdo Usuário | | Curso | ANT02005 - ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA (ON.0) - 201310.01672 | Teste | Atividade 1 | Iniciado | 09/03/13 19:11 | Enviado | 09/03/13 19:24 | Status | Completada | Resultado | 1 em 1 pontos   | Tempo decorrido | 12 minutos. | Instruções | | * Pergunta 1 0,2 em 0,2 pontos | | | Um dos principais conceitos da Antropologia considera o outro não como alguém superior ou inferior, mas como detentor de...

    7489  Palavras | 30  Páginas

  • Cultura é o que? reflexões sobre o conceito de cultura e a atuação dos poderes públicos

    de 2009 Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. “CULTURA É O QUÊ?” - REFLEXÕES SOBRE O CONCEITO DE CULTURA E A ATUAÇÃO DOS PODERES PÚBLICOS Daniele Canedo1 Resumo Este artigo é baseado na dissertação de mestrado “Cultura, Democracia e Participação Social: um estudo da II Conferência Estadual de Cultura da Bahia”. Tem como foco central de análise os diferentes usos e conceitos de cultura em voga na contemporaneidade. Inicia-se traçando um breve panorama da evolução do termo e das...

    4998  Palavras | 20  Páginas

  • antropologia

    semelhanças genéticas[carece de fontes]. Estas comunidades geralmente reivindicam para si uma estrutura social, política e um território. povo; o povo é o conjunto dos cidadãos de um país, ou seja, as pessoas que estão vinculadas a um determinado regime jurídico, a um estado. Um povo está normalmente associado a uma nação e pode ser constituído por diferentes etnias. nação: Nação, do latim natio, de natus (nascido), é a reunião de pessoas, geralmente do mesmo grupo étnico, falando o mesmo idioma...

    993  Palavras | 4  Páginas

  • Antropologia da educação

    ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO Origens de um diálogo Antropologia e educação constituem hoje, um campo de confrontação em que a compartimentação do saber atribui à antropologia a condição de ciência e a educação, a condição de prática. Dentro dessa divergência primordial, profissionais de ambos os lados se acusam e se defendem com base em práticas reducionistas e muito desconhecimento. Muitas coisas separam antropólogos e educadores, mas muitas outras os une. Neste texto, busca-se ressaltar o que...

    16360  Palavras | 66  Páginas

  • IMIGRAÇÃO, RACISMO E NAÇÃO DO SÉCULO XIX AO XX

    IMIGRAÇÃO, RACISMO E NAÇÃO DO SÉCULO XIX AO XX Paulo Divino Ribeiro da Cruz – UFMT/CNPq RESUMO Partindo da perspectiva Pós-Colonial, analiso as influências do pensamento racista europeu e norte americano na construção do conceito de Nação, na imigração européia e as interferências destes fatores no processo de desqualificação e subalternização do negro. Palavras Chave: Racismo, Imigração, Nação A Perspectiva Pós-Colonial A passagem da Monarquia para a República, a imigração européia...

    6761  Palavras | 28  Páginas

  • Antropologia brasileira- artigo

     os  negros vindos para o Brasil e os enviados para os Estados Unidos e, como a generalização  que faz com os grupos indígenas do território brasileiro considerando­os semi­nômades, de  baixo conhcimento em agricultura, moles e introvertidos e em escala inferior, em termos  culturais, que os grupos africanos que desembarcaram no Brasil):  “Mas dentro da orientação e dos propósitos deste, interessam­nos menos as diferenças de  antropologia física (que ao nosso ver não explicam inferioridade ou superioridade humanas...

    11468  Palavras | 46  Páginas

  • Antropologia Cultural

    Antropologia Cultural antropologia cultural Fundação Biblioteca Nacional ISBN 978-85-7638-731-2 Fundação Biblioteca Nacional ISBN 978-85-387-3082-8 Antropologia Cultural Priscila Rezende Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Priscila Rezende Antropologia Cultural Edição revisada IESDE Brasil S.A. Curitiba ...

    39202  Palavras | 157  Páginas

  • O estado

    O ESTADO Extrema - MG 2012 FAEX – FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DE EXTREMA O ESTADO Trabalho Acadêmico, para complementação de nota do 1º bimestre do 1º semestre de 2012, relativo à matéria Ciência Política e Teoria Geral do Estado dirigido à Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Extrema – FAEX. Extrema – MG 2012 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 1. CONCEITO DE ESTADO ...

    1933  Palavras | 8  Páginas

  • Antropologia

    Introdução Derivada de duas palavras gregas: anthropos, que significa “homem” ou “humano”; e logos, que significa “pensamento” ou “razão”, a antropologia é o estudo da humanidade em todo tempo e lugar, surgiu no século XVIII, porém, foi somente no século XIX que se organizou como disciplina científica. Ela se distingue de outras disciplinas, pois foca a interconexão e a interdependência de todos os aspectos da experiência humana em todo lugar, no presente e no passado remoto, muito antes do surgimento...

    1605  Palavras | 7  Páginas

  • antropologia da globalização

    SÉRIE ANTROPOLOGIA ISSN 1980-9867 435 ANTROPOLOGIA DA GLOBALIZAÇÃO. CIRCULAÇÃO DE PESSOAS, MERCADORIAS E INFORMAÇÕES1. Gustavo Lins Ribeiro Brasília, 2011 Universidade de Brasília Departamento de Antropologia Brasília 2011 1 Texto originalmente apresentado como uma conferência no Instituto de Altos Estudios Sociales da Universidad Nacional de General San Martín, Buenos Aires, 16 de maio de 2008. Agradeço a Alejandro Grimson o honroso convite. Trata-se de parte do Memorial que...

    11914  Palavras | 48  Páginas

  • Teoria geral do estado - perguntas e respostas

    Júnior, José. 1920 – 1.000 Perguntas e Respostas sobre Teoria Geral do Estado para as provas das Faculdades de Direito, para os exames da OAB, Ordem dos Advogados do Brasil, para concursos públicos / José Cretella Júnior, José Cretella Neto – Rio de Janeiro: forense, 2000. “Respostas de acordo com a Constituição Federal de 05.10.1988 e o ...” Inclui Bibliografia 1. Teoria Geral do Estado – Concursos. 2. Teoria Geral do Estado – Problemas, questões, exercícios. I. Cretella Neto, José. II. Título...

    28650  Palavras | 115  Páginas

  • A antropologia e suas concepções de raça e cultura

    Debates Grupo de Pesquisa Cultura, Relações de Gênero e Memória Sessão Temática: Cultura, Memória e Sociedade A ANTROPOLOGIA E SUAS CONCEPÇÕES DE RAÇA E CULTURA Sandra Cristiana Kleinschmitt1 Yonissa Marmitt Wadi2 Resumo A tematização desse artigo é voltada para dois aspectos fundamentais, no primeiro é a tentativa de demonstrar como Norbert Elias descreveu a sociogênese dos conceitos de civilização e cultura e sua significação na Alemanha e também na França. Num segundo momento, será apresentada...

    2570  Palavras | 11  Páginas

  • CULTURA ADMINISTRATIVA: UMA ""'" NOVA PERSPECTIVA DAS RELAÇOES ENTRE ANTROPOLOGIA E ""'" ADMINISTRAÇAO Lívia

    PERSPECTIVA DAS RELAÇOES ENTRE ANTROPOLOGIA E ADMINISTRAÇAO ""'" ""'" Lívia Neves de Holanda Barbosa Professora Adjunta da Universidade Federal Fluminense e Doutora em Antropologia Social. RESUMO: O artigo trata das relações entre antropologia e administração a partir de uma nova perspectiva. Seu principal objetivo é demonstrar que as contribuições que a antropologia tem a oferecer ao entendimento das práticas e políticas administrativas vão muito além do conceito de cultura organizacional, desenvolvido...

    11040  Palavras | 45  Páginas

tracking img