• Trabalho escravo no brasil
    período colonial; o fato deles não aguentarem o trabalho forçado e intenso nos engenhos, a morte de vários devido às doenças trazidas pelos colonos portugueses como, por exemplo, sarampo, varíola e gripe; e o aumento rentável do tráfico de escravos africanos, onde a própria coroa portuguesa começou a...
    1907 Palavras 8 Páginas
  • TABELA T
    Psicologia - RedePsi - O seu Portal de Psicologia Coerção como subcategoria de controle escolhido no período do sistema escravista Categoria : Análise do Comportamento Publicado por Patyvss em 11/2/07 Alex Franco; Fábio dos Santos; Murillo Mendes; Nara Moraes; Patrícia Vaz Universidade...
    2230 Palavras 9 Páginas
  • Resenha encruzilhadas da liberdade
    sinônimo de prestígio, riqueza e poder: as terras. Viram-se em todo o tempo manobrando a situação a seu próprio favor, utilizando o que podemos chamar de força moral, coerção física para manter esse status,e de repente vêem-se ameaçados em perder todo esse monopólio, sem contar que nos...
    3040 Palavras 13 Páginas
  • O Poder coercitivo da religião
    de sagrado, como algo ligado a um bem maior, que surge o profano. O profano sendo a oposição a isso. O Sagrado se voltando ao divino, com uma função moral maior que si mesmo e que o aproxima do mundo irreal , enquanto o profano esta ligado ao cotidiano o material e ao comum. Sendo portanto o...
    3576 Palavras 15 Páginas
  • Analise do ordenamento jurídico brasileiro
    , políticas e econômicas na Europa e que se propagou por todo mundo, ocorridas concomitantemente ao desenvolvimento deste ordenamento jurídico monista e positivista . Tais fatores exercem grande efeito no desenvolvimento deste ordenamento , dando-lhe forma , conteúdo e determinando assim o objetivo o...
    2262 Palavras 10 Páginas
  • portifolio
    PORTIFÓLIO Aula 2  Primeira marcante mistura aconteceu no momento em que as populações indígenas da região entraram em contato com os colonizadores do Velho Mundo. Em meio ao interesse de exploração e o afastamento dos padrões morais europeus, os portugueses engravidaram várias índias que deram...
    2176 Palavras 9 Páginas
  • Trabalho de curso
    pagamento inferior ao valor acertado; coerção física e moral, restrição da liberdade, alojamentos sob condições insalubres, feitos essencialmente de lona e tocos de pau armados no meio do mato subordinados a toda uma sorte de enfermidades tropicais, como a malária, a dengue, a febre amarela e...
    4003 Palavras 17 Páginas
  • Escravidão
    encara inúmeros preconceitos, percorrem uma caminhada nada fácil, muitas vezes aceitando insultos morais e verbais, estes que lutam sozinhos ou com suas famílias são as pessoas que tiveram sua origem na raça mais importante da história do nosso país, aquela que fez o trabalho pesado,que mostrou  força e...
    7626 Palavras 31 Páginas
  • Raízes do brasil
    as características dos povos ibéricos, portugueses e espanhóis, destacando, de foram rica, as feições de cada um. Fala da criação de um Novo Mundo mas, a partir de uma velha civilização. Essa velha civilização seria representada pelas influências europeias trazidas pelo colonizador para a...
    4038 Palavras 17 Páginas
  • Evolução da mulher
    mulher pode ser definida como qualquer conduta, ação ou omissão de discriminação, agressão ou coerção, ocasionada pelo simples fato de a vítima ser mulher e que cause dano, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político, econômico ou perda patrimonial...
    2738 Palavras 11 Páginas
  • Processo de efetivação do ensino
    pessoal: Você concorda com o pensamento Durkheiminiano de que a sociedade é quem direciona a moral do individuo e a formação educacional do mesmo? É através do trabalho humano que as realizações objetivam e exteriorizam os sujeitos que fazem parte do mundo. Esse trabalho é atividade humana que...
    4181 Palavras 17 Páginas
  • Analise de politicas publicas
    diálogos do dia-a-dia como nos discursos eloquentes. Seu uso extrapola o mundo da política e habita sem nenhuma cerimônia o universo das relações , o termo “maquiavélico” reduzido ao senso comum está associado à idéia de perfídia, falsidade, deslealdade, traição, um procedimento astucioso, velhaco...
    4520 Palavras 19 Páginas
  • Teoria do Estado
    do ponto de visto não só legal, mas do ponto de vista de sua eficiência. E há uma tendencia marjoritária de considerar o Estado Democrático de Direito. Doutrinários – Conceitual, dogmático, filosófico – estudam os elementos que compõem o estado. BONAVIDES: Hegel – realidade da idéia moral – o...
    6464 Palavras 26 Páginas
  • Porque para a historia da educaçao é importante estudarmos grécia e roma em algunsde seus aspectos, incluindo-se aí as suas respectivas sociedades
    sobre os fatos sociais são essenciais, pois segundo Durkheim, são eles que direcionam nossas ações cotidianas. Devemos pensar esses fatos sociais como “maneiras de agir, de pensar e de sentir exteriores aos indivíduos, dotadas de um poder de coerção em virtude do qual se lhe impõem” (Durkheim,1988, p...
    6774 Palavras 28 Páginas
  • Etnocentrismo
    O QUE É ETNOCENTRISMO   1 – Pensamento em Partir                 Etnocentrismo é uma visão do mundo onde o nosso próprio grupo é tomado como centro de tudo e todos os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, nossos modelos, nossas definições do que é a existência...
    2208 Palavras 9 Páginas
  • Resumo sociologia da educação
    de coerção em virtude do qual se lhe impõem” (Durkheim,1988, p. 48) lembrando sempre de suas categorias: coercitividade (coerção) no momento em que algum fato é imposto pela sociedade aos indivíduos, exterioridade (exterior) não dependendo do individuo para existir,  e generalidade (geral) pois...
    6041 Palavras 25 Páginas
  • Leitura
    exteriores aos indivíduos, dotadas de um poder de coerção em virtude do qual se lhe impõem” (Durkheim,1988, p. 48) lembrando sempre de suas categorias: coercitividade (coerção) no momento em que algum fato é imposto pela sociedade aos indivíduos, exterioridade (exterior) não dependendo do individuo para...
    5971 Palavras 24 Páginas
  • educaçao a distancia
    se expandiu em torno do engenho de açúcar inicialmente por meio do trabalho dos índios e, posteriormente, dos escravos. Essa economia se desenvolveu centrada no latifúndio, na escravidão e na monocultura. Com esta realidade social, podemos perceber que a educação não era algo primordial, uma vez...
    8837 Palavras 36 Páginas
  • Gilberto freyre e florestan fernandes
    tradições, da moral católica, do código legal e da razão de Estado. O mítico paraíso patriarcal escondia, pois, um mundo sombrio, no qual todos eram oprimidos, embora muito poucos tivessem acesso, de uma maneira ou de outra, à condição de opressores. Nessa sociedade se definia a figura legal do escravo...
    3205 Palavras 13 Páginas
  • historia economica do brasil
    historiografia” seria representada pela releitura que Malheiros Dias e Oliveira Vianna faziam de Vernhagem, Haldelman e Rodolfo Garcia na década de vinte. Vianna conferia os aspectos feudais da metrópole na colônia: senhor de engenho cercado da plebe colonial, rendeiros, ligados pelo laço do contrato...
    7864 Palavras 32 Páginas