Citações De Platão artigos e trabalhos de pesquisa

  • Platão

     ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS DIREITO – PLATÃO BAURU Setembro – 2014 FACULDADE ANHANGUERA CURSO DE DIREITO 2º SEMESTRE - NOTURNO DISCIPLINA: FILOSOFIA E ÉTICA PROFESSORA: HENATA FILÓSOFO PLATÃO Trabalho baseado em pesquisas em 3 referências, sobre o filósofo Platão, proposto pela Professora Henata, no 2º Semestre - Turno: Noturno, do curso de Direito da Faculdade Anhanguera de Bauru/SP. Orientadora:...

    692  Palavras | 3  Páginas

  • Platão

    PLATÃO UNINDO O MUNDO HUMANO E O ABSTRATO Há um dito famoso de que toda a Filosofia ocidental são notas de rodapé a Platão. Isso porque seus escritos compõem um programa que, pode-se dizer, a Filosofia como um todo – e não só a Filosofia moral – tem seguido desde então. NENHUM DO FILÓSOFOS até agora examinados deixou obras escritas que tenham sobrevivido. Tudo o que sabemos deles provém de referências ou citações os escritos de outros pensadores posteriores, que os conheceram ou a suas...

    2800  Palavras | 12  Páginas

  • Platão e as idéias

    DOS ELEMENTOS BÁSICOS DA ESTRUTURA FRASAL DO TEXTO: PLATÃO AS IDÉIAS E A HIERARQUIA SOCIAL: Assim como nos outros dois textos que expõe um pouco da vida pessoal de cada um, o pensamento e o ponto de vista com este não é diferente. Refere-se o texto ao discípulo mais famoso de Sócrates que, muitos afirmam que, se não fosse por ele muitos nem se quer saberiam da história de Sócrates. Trata-se de um texto grande onde encontramos muitas citações também, como também muitas idéias de vários doutrinadores...

    724  Palavras | 3  Páginas

  • Biografia aristóteles sócrates e platão

    Biografias: Sócrates, Aristóteles, Platão Sócrates: (470-399 A.C) Gorducho e feio, diziam que ele não gostava de tomar banho e usava a mesma túnica inverno e verão. Porém, quando falava, era tão lúcido e profundo em suas colocações que, para ouvi-lo, os gregos completamente esqueciam de sua aparência. Sócrates cometeu o erro de nada escrever, o que dele conhecemos, são as citações de sua pessoa através das obras de Platão e Xenofonte (discípulos) e Aristófanes (opositor). Disse que era oleiro como...

    751  Palavras | 4  Páginas

  • fichamento platão

    - SEMINARIO EM FILOSOFIA GREGA Prof. Marcelo Pimenta Marques João Pedro Motta Rocha PLATÃO E A POESIA NA REPÚBLICA (VILLELA-PETIT,Maria da Penha) A autora do texto analisa a tão falada divergência entre poesia e filosofia. Começa por especificar o que deve ser considerado poesia no contexto da república...

    857  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo : Demócrito e Platão

    Nenhuma obra de Demócrito sobreviveu até os tempos presente. Assim, tudo o que se sabe dele vem de citações e comentários de outros autores. Portanto, de sua imensa obra só restaram fragmentos (que totalizam 300) de suas teorias. A coletânea de fragmentos mais conhecida é a organizada por Hermann Alexander Diels, em sua obra Die Fragmente der Vorsokratiker (Os Fragmentos dos Pré-socráticos). Platão foi um filósofo ematemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos...

    954  Palavras | 4  Páginas

  • Platão - Um estudo das relações entre conhecimento e sensação

    FEDERAL DE ALAGOAS Luís Eduardo Pinheiro da Costa Wesley Francis Torres Barbosa Ramos Platão: Um estudo das relações entre conhecimento e sensação Arapiraca-AL 2013 Luís Eduardo Pinheiro da Costa Wesley Francis Torres Barbosa Ramos Platão: Um estudo das relações entre conhecimento e sensação Trabalho acadêmico avaliativo para obtenção de nota do 1° Exame – AB1...

    879  Palavras | 4  Páginas

  • Amizade para Platão

     Escolhi o tema Amizade, segundo o pensamento do filósofo Platão. Este, nascido em Atenas, em 427 a.C., interessou-se pela filosofia logo cedo. Aos dezoito anos tornou-se discípulo de um dos maiores pensadores do mundo, Sócrates. Platão, fundou em Atenas, uma academia, ou seja, um ambiente de formação educacional. Neste ambiente o filósofo formava jovens que aspiravam o poder político. Como dito, Platão sempre foi um grande estudioso, sendo assim, publicou inúmeras obras de peso científico, como...

    1271  Palavras | 6  Páginas

  • Biografia e ideias de platão

    Platão Platão foi um filósofo e matemático da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental. Juntamente com seu mentor, Sócrates, e seu pupilo, Aristóteles, Platão ajudou a construir os alicerces da filosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental. Platão por sua vez extremamente politico em uma de sua para ser mais exata a carta VII dizia: "Outrora na minha juventude experimentei...

    2116  Palavras | 9  Páginas

  • Platão

    Henrique Ciucci da Silva Resumo: O presente trabalho tem como objetivo central demonstrar como Platão, numa linguagem matemática, organiza o mundo através de seu Organizador: O Demiurgo. Este diálogo é, sem nenhuma sombra de dúvida, uma obra de cunho astronômico e de extrema importância para futuros astrônomos, […] As formas de governo propostas por Platão As formas de governo propostas por Platão Platão (428 a.C. – 348 a.C.), filósofo grego discípulo de Sócrates foi o iniciador da tradição filosófica...

    2941  Palavras | 12  Páginas

  • fichamentos de citações sobre Sócrates, Platão e Santo Agostinho.

    INTRODUÇÃO Este trabalho consiste em realizar fichamentos de citações sobre Sócrates, Platão e Santo Agostinho. Sócrates e os socráticos menores se preocupavam com os problemas do homem na vida social. Buscavam o conhecimento, a verdade e a sabedoria. Levando o homem a pensar mais... “Quem conhece a verdade conhece aquela luz e quem conhece essa luz conhece a eternidade. E aquilo que conhece é o amor” (Santo Agostinho) SÓCRATES  Sócrates nasceu em Atenas...

    2053  Palavras | 9  Páginas

  • Citações da apologia de socates - platão

    DIREITO 1º PERIODO B DISCIPLINA: Filosofia Geral PROFESSOR: Valdair da Silva. ACADÊMICA: Jheniffer Baptista da Silva CITAÇÕES: • Apologia de Sócrates- Platão; • O homem: Animal político; • O mito da caverna. Campo Mourão Abril de 2012 Apologia de Sócrates – PLATÃO 1- “Contudo, por Zeus, não ouvireis, por certo, cidadãos atenienses, discursos enfeitados de locuções e de palavras, ou adornados como os deles, mas coisas ditas simplesmente...

    3240  Palavras | 13  Páginas

  • Isaac newton e platão

    Seu corpo foi enterrado na abadia de Westminster. Platão Platão nasceu em Atenas, provavelmente em 427 a.c. e morreu em 347 a.C. um ano após a morte do estadista Péricles. Seu pai, Aristão, tinha como ancestral o rei Codros e sua mãe, Perictione, tinha Sólon entre seus antepassados. Platão teve uma educação semelhante à dos jovens aristocratas da sua época, recebendo aulas de retórica, música, matemática e ginástica. Aos vinte anos, Platão travou relação com Sócrates, mais velho do que ele quarenta...

    6896  Palavras | 28  Páginas

  • República de PLATÃO

     Referencia: PLATÃO. República. Edição Integral. Trad. Enrico Corvisieri. São Paulo: Editora Nova Cultural Ltda, 1997. 352p. RESUMO: O livro de República, escrita pelo grande filósofo Platão, traz diálogos em que o autor fala sobre o seu pensamento em relação a um Estado ideal e a um Homem ideal. Nos diálogos vem trazendo a idéia da relação entre um amigo e um inimigo e o que se pode fazer com eles quando colocados postos a justiça. Também existe a presença de discurso sobre a superioridade...

    1200  Palavras | 5  Páginas

  • Platão

    Parte superior do formulário Parte inferior do formulário PLATÃO E A ADMINISTRAÇÃO 1 - RESUMO DA VIDA 1.1 – Cenário Histórico Cultural Nascido por volta de 428 a.C., Platão foi um jovem aristocrata, cuja mãe descendia de Sólon e seus ancestrais paternos do último rei de Atenas. Belo e vigoroso, duas vezes coroado nos jogos atléticos nacionais (o apelido “Platão” tem origem em seus largos ombros), seus dons intelectuais e físicos pareciam reservar-lhe uma brilhante carreira política numa...

    4396  Palavras | 18  Páginas

  • Teeteto de Platão

    mundial. A opinião nela proposta diz a respeito da conduta ética e política dos seus concidadãos e nos convém maravilhar-se a mesma, aproximadamente vinte e quatro séculos depois. A sua finalidade é sempre a busca da verdade por meio da dialética. Nela, Platão, categoricamente alude o papel de cinco personagens imaginários: Euclides, Terpisião, Teodoro, Teeteto e o brilhante Sócrates. Cada personagem em si, exerce papeis de fundamental importância no desleixo da obra; desde o início de uma simples prosa...

    1789  Palavras | 8  Páginas

  • Citaçoes

    EXERCÍCIOS SOBRE CITAÇÕES I 1. De acordo com a NBR 10520 (2002), caracterize as citações a seguir: 1.1. O contrato de seguro de vida, seguindo a definição da FUNENSEG (1998, p.17), pode ser: Em linhas gerais, denomina-se contrato de seguro de vida aquele em que a duração da vida humana serve de base para cálculo do prêmio devido ao segurador, para que este obrigue a pagar uma indenização em forma de um capital ou uma renda determinada ao beneficiário, por morte do segurado, podendo estipular-se...

    1867  Palavras | 8  Páginas

  • Mito da caverna - republica de platao - fichamento

    FICHAMENTO Platão. “A República” de Platão. 6º Edição, Editora Atena, 1956, p.287-291. 1 – RESUMO O texto se da em um dialogo entre Sócrates e Glauco, onde Sócrates através da ferramenta da imaginação, cria uma situação que se refere a alguns homens encerrados em uma caverna desde sua infância, estes homens tem o pescoço e as pernas presas de modo com que estejam imóveis, sendo assim só conseguem visualizar o que esta em sua fronte. Atrás destes homens presos, a uma certa distância e altura, há...

    1274  Palavras | 6  Páginas

  • A republica de platao

    a importância até então dos poetas, que criaram o modo de vida grego. Nas opiniões do “senso comum”, são utilizadas citações de dois poetas, Píndaro e Simonides como forma de autoridades incontestáveis. Então, entra Trasímaco, o sofista, e afirma que a justiça não é mais do que o interesse do mais forte, pois em toda cidade são os fortes que governam e fazem as leis. Aqui Platão mostra o sofista como alguém interesseiro em dinheiro, em aprovação pública, glória e estima, mas que tem sido ouvido...

    673  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo, Pré-Socráticos, Sócrates e os Sofistas, Platão

    E OS SOFISTAS PLATÃO Fabiana Rachel Rio de Janeiro 2013 Universidade Estácio de Sá – Unidade Norte Shopping Faculdade de Psicologia Curso de Filosofia Professora: Liana Furtado Ximenes Trabalho elaborado por: Rachel do Nascimento Barcelos; Fabiana Matrículas: Turma: Turno: Introdução: Este trabalho consiste em um resumo acompanhado de uma resenha crítica sobre os filósofos pré-socráticos, Sócrates e os Sofistas e Platão. Os Filósofos...

    3754  Palavras | 16  Páginas

  • Platão e os Pré-Socráticos

    PLATÃO E OS PRÉ-SOCRÁTICOS Um estudo do "Fédon" e dos pré-socráticos mediante a leitura de Hegel. Por Álvaro César Pestana Monografia apresentada em cumprimento às exigências da disciplina História da Filosofia: Hegel: O mundo grego como obstáculo e separação (FLF 768) FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO São Paulo 1995 PLATÃO E OS PRÉ-SOCRÁTICOS Platão filósofos é uma das pré-socráticos. fontes Ele do cita ...

    6216  Palavras | 25  Páginas

  • PLATÃO

    Platão Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.  Nota: Para outros significados, veja Platão (desambiguação). Platão Πλάτων Busto de Platão Cópia em mármore do busto de Platão feito por Silanião, ca. 370 Nome completo Πλάτων Nascimento 428/427 a.C. Atenas, Grécia Antiga Morte 348/347 a.C. Atenas Influências Influências[Expandir] Influenciados Influenciados[Expandir] Escola/tradição Platonismo Principais interesses Retórica, Arte, Literatura,Epistemologia, Justiça,Virtude...

    8216  Palavras | 33  Páginas

  • Filosofia de Platão

    Platão foi o maior filósofo de todos os tempos. Na minha opinião, sua filosofia é a mais completa, metafísica e humana que a de Aristóteles. Seus escritos em forma de diálogo são de uma beleza incomparável em relação a qualquer outro filósofo que já tenha existido. Vou analisar a filosofia platônica em seus principais aspectos, como o mundo das Ideias, a psicologia, a existência de Deus, o domínio da opinião, a moral e a política. A Ideia No começo, podemos definir a  teoria das Ideias dizendo...

    16049  Palavras | 65  Páginas

  • Citações famosas

    CITAÇÕES FAMOSAS “A imaginação é mais importante que o conhecimento” Alberto Einstein (Físico norte-americano) “Todas as verdades são simples de compreender quando são descobertas; a questão é descobri-las” Galileu (Matemático, Astrónomo e Físico italiano) “Acredito profundamente na sorte e acho que quanto mais trabalho mais a tenho” Thomas Jefferson “Não há substituto para o trabalho árduo” Thomas Edison “O trabalho consegue banir estes três grandes males: aborrecimento, vício...

    1501  Palavras | 7  Páginas

  • a possibilidade de pensar a mimese em Platão

    compreender aquilo que lhe é apresentado de modo quase que enigmático. Essa condição força-o, sobremaneira, a ir ao encontro do desconhecido na tentativa de desvendá-lo. Nesse sentido, propomos um estudo que trata da possibilidade de pensar a mimese em Platão e de suas implicações para a contemporaneidade. A diversidade de sentidos que a arte (tecné/poiesis) possui desde os primórdios da humanidade até os dias atuais mostra o quanto ela é imprescindível para a vida da espécie humana em sua inteira racionalidade...

    14745  Palavras | 59  Páginas

  • Platao

    Curso: Pedagogia Disciplina: Filosofia da Educação Citações: Livro Sétimo – A República, de Platão * Imagina os homens encerrados em morada subterrânea e cavernosa que dá entrada livre à luz em toda a extensão. Aí desde a infância, têm os homens o pescoço e as pernas presos de modo que permaneçam imóveis e só vêem os objetos que lhe estão diante. Presos pelas cadeias, não podem voltar o rosto. Atrás deles, certa distancia e altura, um fogo cuja luz os alumia; entre o fogo e os cativos...

    2340  Palavras | 10  Páginas

  • FICHAMENTO Citações Bibliográficas Metafísica e Ética – capítulo 4 – Pessoa Moral: capitulo 5 e Pessoa Absoluta: Capitulo 6.

    UNIVERSIDADE NILTON LINS FICHAMENTO Citações Bibliográficas Metafísica e Ética – A filosofia da pessoa em Lima Vaz como resposta ao niilismo contemporâneo. Pessoa Humana: capítulo 4 – Pessoa Moral: capitulo 5 e Pessoa Absoluta: Capitulo 6. Manaus – Amazonas Maio - 2014 UNIVERSIDADE NILTON LINS Rosilene Castro Nazira de Souza Mirla Leão Adriah Ferreira Leticia Souza Netto Lima Maria Luiza...

    6294  Palavras | 26  Páginas

  • Crítica de Platão à Poesia - Tese de Mestrado - Luiz Roberto Takayama

    UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTÉTICA SOBRE A CRÍTICA DE PLATÃO À POESIA Luiz Roberto Takayama Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em Estética, do Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, para obtenção do título de Mestre em Filosofia. Orientador: Prof. Dr. Luiz Fernando B. Franklin de Matos ...

    51462  Palavras | 206  Páginas

  • Alétheia, eídolon, mímesis: verdade, simulacro e crise da representação em platão

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ALÉTHEIA, EÍDOLON, MÍMESIS: VERDADE, SIMULACRO E CRISE DA REPRESENTAÇÃO EM PLATÃO Tatiana Maria Gandelman de Freitas Rio de Janeiro Agosto de 2009 ALÉTHEIA, EÍDOLON, MÍMESIS: VERDADE, SIMULACRO E CRISE DA REPRESENTAÇÃO EM PLATÃO Tatiana Maria Gandelman de Freitas Dissertação de Mestrado submetida ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Literatura da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, como parte dos requisitos necessários para...

    33737  Palavras | 135  Páginas

  • Citações

    .................................. 11 1.3.2 Exercícios sobre coesão e coerência .............................................................. 12 1.3.3 Estrutura do texto – Exercício de ideias-chave e palavras-chave ................... 13 2 CITAÇÕES ........................................................................................................14 2.1 SISTEMAS DE CHAMADA ................................................................................ 14 2.1.1 Sistema numérico ........

    18598  Palavras | 75  Páginas

  • Fichamento A República de Platão

    MENDONÇA A REPÚBLICA Trabalho realizado para obtenção de nota na disciplina de História da Filosofia Antiga, sob a orientação do professor Pe. Edmilson C. Benício. PALMAS 2013 FICHAMENTO Referência: PLATÃO. A República. Trad. Pietro Nassetti. São Paulo: Martin Claret, 2005. Livro I - Tópicos: Descida ao Pireu; Vantagens e desvantagens da velhice; A virtude da justiça; RESUMO O Livro um inicia com uma discussão entre Sócrates e...

    5607  Palavras | 23  Páginas

  • Filosofia patrística

    desconhecido2012-12-31T12:34:548 1) Conforme estudamos, Platão considerava que o mundo físico era a cópia imperfeita do mundo das ideias, que é um mundo perfeito, onde as coisas existem idênticas eternamente. O conhecimento humano, segundo ele, acontecia porque a alma humana, tendo vivido no mundo das ideias, ao contemplar as coisas no mundo físico, lembrava-se do mundo das ideias e formava a respectiva ideia no intelecto. Segundo Platão, a tarefa do homem é levar a sua alma a contemplar as ideias...

    1007  Palavras | 5  Páginas

  • Filosofia

    Universo dentro de uma concepção científica. Para ele, a verdade está ligada ao bem moral do ser humano. 2- Como Platão supera as doutrinas dos pré-socráticos Heráclito e Parmênides? Heráclito disse que só havia mudança Parmênides, que só havia identidade Platão postulou que a mudança é característica do mundo sensível, e que a identidade é característica do mundo das ideias: logo, Platão superou os dois anteriores, não os negando, mas unificando-os, afirmando que a "fluidez" das coisas é "captada...

    1598  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia

    Universo dentro de uma concepção científica. Para ele, a verdade está ligada ao bem moral do ser humano. 2- Como Platão supera as doutrinas dos pré-socráticos Heráclito e Parmênides? Heráclito disse que só havia mudança Parmênides, que só havia identidade Platão postulou que a mudança é característica do mundo sensível, e que a identidade é característica do mundo das ideias: logo, Platão superou os dois anteriores, não os negando, mas unificando-os, afirmando que a "fluidez" das coisas é "captada...

    1598  Palavras | 7  Páginas

  • questionário do capitulo 13 do livro filosofando

    naturalistas, buscavam a essência, o princípio das coisas, já os filósofos do período clássico tudo se explicava com mitos.  2º Como Platão supera as doutrinas dos pré-socráticos Heráclito e Parmênides? R= Heráclito e Parmênides acreditavam no devir, tudo há mudanças, dizia que não podia entrar duas vezes no mesmo rio, pois o homem de hoje não é o mesmo homem de ontem. Já Platão acreditava que existiam dois tipos de realidades a inteligível e a sensível. A inteligível é uma realidade imutável, já a sensível...

    1380  Palavras | 6  Páginas

  • Material Para Estudo 2 SI Sofistas

    sofreram por parte de Sócrates, Platão e Aristóteles. Os Sofistas foram, portanto filósofos e educadores, além de mestres de retórica e de oratória, embora este papel lhes seja negado, p. ex. por Platão. É difícil por isso mesmo termos uma avaliação mais concreta de sua função e mesmo de sua concepção filosófica e pedagógica. Além de termos uma situação semelhante à dos pré-socráticos quanto aos textos dos sofistas, isto é, tudo o que nos resta são fragmentos, citações, testemunhos, esta dificuldade...

    1099  Palavras | 5  Páginas

  • O que é Filosofia

    sistemática conceitual apresentada pelo conhecimento como a maior contribuição de Platão, se revelando aí a Filosofia como o conhecimento do conhecimento. Foi ele, Platão, quem teve a intuição e marcou com clareza a distinção entre o conhecimento e o conhecimento do conhecimento. Outro ponto importante apresentado é a evolução da Filosofia. As principais características e diferenças entre o pensamento de filósofos como Platão e Aristóteles, por exemplo. É apresentado e esquematizado os conceitos de “matéria”...

    804  Palavras | 4  Páginas

  • concordancia

    monografia, além do fato de que é possível considerar algumas fases nesse processo de avaliação, não só pelo que avalia a monografia, como também pelo próprio aluno que a escreve. Com base nessas reflexões, consideramos algumas idéias dos autores Platão & Fiorin (2002), de Alves (2000) e de Demo (2002). Organizamos o texto em duas partes: a primeira trata do conceito de coerência e coesão. Na segunda parte, sugerimos passos para essa avaliação, tanto por parte do professor,quanto por parte...

    2505  Palavras | 11  Páginas

  • Modelo Trabalhos Academicos 2013 1

    Indicativos de Seção 14 3.3 Alinhamentos 15 3.4 Espacejamentos 15 3.5 Margens 15 3.6 Paginação 15 3.7 Notas de Rodapé 15 4 ELEMENTOS GRÁFICOS 16 4.1 Tabelas 16 4.2 Ilustrações 16 5 CITAÇÕES 17 5.1 Citações diretas 17 5.1.1 Nome dentro dos parênteses 17 5.1.2 Nome fora dos parênteses 17 5.1.3 Citações com mais de três linhas 17 5.2 Citações indiretas 18 5.2.1 Nome do autor fora dos parênteses 18 5.2.2 Nome do autor dentro dos parênteses 18 5.3 Termos em Latim 18 5.4 Citação de citação 19 5.4.1 Citação indireta...

    3581  Palavras | 15  Páginas

  • Atividades filosofia

    online serão não serão considerados. 1. Conforme a norma ABNT NBR 14724, explique e dê exemplos dos diversos tipos de citações. 2. Conforme a norma ABNT NBR 14724, explique e dê exemplos das formas de indicação das fontes das citações em notas de rodapé ou finais. 3. Conforme a ABNT NBR 6023:2002, organize as referências abaixo. LIVROS Autor: Platão. Título: Górgias de Platão. Tradutor: Daniel R. N. Lopes. 2011. Editora: Perspectiva. São Paulo. Autor: Mauro Araújo de Souza. Nietzsche – p...

    577  Palavras | 3  Páginas

  • DELTA

    Das citações (in)diretas na discursividade do voto de Carlos Ayres Britto... http://dx.doi.org/10.1590/0102-445039144583911733 D E L T A Das citações (in)diretas na discursividade do voto de Carlos Ayres Britto acerca da união homoafetiva: efeitos de sentido possíveis On (in)direct quotations in Carlos Ayres Britto’s voting speech on same sex union in Brazil: some possible effects of meaning Lígia NEGRI (UFPR) Guida Fernanda Proença BITTENCOURT (UFPR) Selmo Ribeiro FIGUEIREDO JR. (USP) RESUMO...

    8589  Palavras | 35  Páginas

  • Sofistas

    criticas são tão intensas que nos leva a questionar, será que isso foi realmente verdade? Já que havia rivalidades entre eles, sabemos que foram contemporâneos, vamos tentar entender um pouco quais os motivos que levaram Platão a criticá-los. A hostilidade de Platão em relação aos sofistas é óbvia e sempre foi reconhecida. Mas o que exatamente ele diz sobre eles nem sempre tem sido descrito com precisão. Em dois lugares, nos seus diálogos, encontramos o que pode ser tomado como exemplo...

    2185  Palavras | 9  Páginas

  • modelo de trabalho tcc

    dará sustentação e credibilidade às suas ideias. Usamos as citações para fundamentar os textos argumentativos (falarei sobre citações e referências na parte 2 deste post). Uma forma bastante prática de se fazer isso, é no momento da leitura dos textos que utilizará (artigos em revistas, internet, ou livros, etc.) grifar trechos daquele autor que pode ratificar o que disse. No passo seguinte, é só ir escrevendo o texto e introduzindo as citações nos locais adequados de forma contextualizada ao que está...

    1760  Palavras | 8  Páginas

  • dom da producao academica

    Verso da Folha de Rosto 24 5.2.4 Folha de Aprovação 24 5.2.5 Dedicatória 24 5.2.6 Agradecimentos 24 5.2.7 Epígrafe 25 5.2.8 Resumo na Língua Vernácula (Graduação e Mestrado) 25 5.2.9 Resumo na Língua Estrangeira (Mestrado) 25 5.2.10 Sumário 25 5.3 Citações 25 5.3.1 Citação literal (direta) 27 5.3.1.1 Citação literal curta 27 5.3.1.2 Citação literal longa 27 5.3.1.3 Citação em língua estrangeira 28 5.3.1.4 Citação traduzida 28 5.3.2 Citação indireta (livre) 28 5.3.3 Citação de citação 29 5.3.4 Citação...

    8856  Palavras | 36  Páginas

  • Breve resumo de estética

    Maria Eduarda Machado Abril de 2013 Comentário às citações Definição de estética Platão defendia que o belo não é uma qualidade ou determinação mas sim um valor. O belo estava no plano do ideal, do absoluto e infinito, mas separado do plano sensível. Existência confinada ao mundo das ideias e associada ao bem, à verdade, ao inalterável e à perfeição. O que existe é verdadeiro, mas nem tudo o que existe é belo. Assim, a obra de arte era considerada por ele como cópia da natureza. Segundo este...

    622  Palavras | 3  Páginas

  • Os sofistas

    foi lá que se originou o pensar filosófico. Neste trabalho mostraremos quem eram os sofistas, o pensamento político de Platão ( suas obras e le- gado para a Filosofia ), mostraremos também que foi Aristóteles e suas formas de governo. É um tanto difícil discorrer sobre tudo, mas tentaremos expor através de pesquisas ( em livros didáticos e também livros de autoria de Platão e Aristóteles ) o pensamento político grego e sua política normativa. ...

    679  Palavras | 3  Páginas

  • heraclito

    Entrega:24/02/2015 1-Ler As origens do pensamento grego, capítulos IV, V, VI, VII e VIII.Ler: O que é isto filosofia? 2- Desenvolver um dissertação com o seguinte tema: Como surgiu a filosofia?O que é filosofia? 3- Incluir no mínimo duas citações no corpo de seu texto. 4- O trabalho deve ser elaborado de acordo com as normas da Abnt (clique no link), e Manual de trabalhos Acadêmicos (clique no link). Para mais informações acesse: Tutorial para formatação de texto https://textosdefilosofia...

    3412  Palavras | 14  Páginas

  • Resumo julagemento de socrates

    que viviam lá). O conhecimento do bem, sim. Rosselini recheia o filme com diversas citações retiradas dos Diálogos de Platão. Isso enriquece e dá uma dinâmica interessante ao filme. Uma dessas passagens é a célebre afirmação de Platão de que a escrita prejudicaria a memória dos homens que não procurariam mais o conhecimento dentro de si, mas no exterior. Por fim, Rosselini junta dois Diálogos de Platão: Apologia de Sócrates e Fédon. No primeiro, temos a defesa de Sócrates diante do tribunal...

    760  Palavras | 4  Páginas

  • filosofia

    tem no seu horizonte o desafio de levar o indivíduo ao conhecimento de si mesmo. DESENVOLVIMENTO SÓCRATES Sócrates foi um ateniense que viveu no século V a.C. O que sabemos de suas ideias deve-se a citações, principalmente daqueles que o conheceram, como seu discípulo Platão. Tinha o hábito de caminhar pela cidade propondo diálogos aos cidadãos. Sócrates abordava questões complexas que acabavam por deixar seus interlocutores perplexos. Ele é considerado o “pai da Filosofia”. Sempre...

    1000  Palavras | 4  Páginas

  • Estetica e o belo

    de Faria pioli | Platão e os primórdios da estética | trabalho | | Lucas n*16, Danilo n*9 | 14/11/2012 | Os conceitos de estética vista por diferentes filósofos | Introdução: Nestas paginas será apresentado quem Foi que lanço primeiro ao público o conceito de estética em uma obra menor e quem ganho o mérito por ter feito uma obra mais ampla do conceito do que seria estética, havendo nesta obra diálogos discutido a questão de estética. Onde será feitas citações diretas dos diálogos...

    579  Palavras | 3  Páginas

  • Socrates

    escultor, Socrates foi escultor, oleiro, soldado e na sua maturidade filósofo. Ele foi conhecido pelos seus contemporâneos como um dos homens mais inteligentes e sábios de toda a Grécia, e até hoje os filósofos fazem referencia a Sócrates por suas citações Sócrates causou uma ruptura entre os filósofos, e tbm deixou um legado e discípulos Socrates dizia que ouvia uma voz interior que incentivava o ofício da filosofia, ele perambulava pelas ruas de Atenas na intenção de passar seu conhecimento as...

    508  Palavras | 3  Páginas

  • A IMPORT NCIA DE S CRATES PLAT O E ARISTOTELES PARA O DIREITO

    A IMPORTÂNCIA DE SÓCRATES PLATÃO ARISTOTELES E THOMAS HOBBES PARA O DIREITO A IMPORTANCIA DE SÓCRATES PARA O DIREITO Pouco se sabe a respeito das particularidades de Sócrates. Os dados que se possuem, pouquíssimos deles de cunho ontologicamente histórico, derivam-se de relatos de Platão, XENOFONTE e ARISTOFANES. Os dois primeiros de forma óbvia, exaltam a pessoa e o pensamento socrático. Quanto a Aristófanes, este posiciona-se de forma oposta a Platão, demonstrando em sua comédia intitulada...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofos

    inverno e verão. Porém, quando falava, era tão lúcido e profundo em suas colocações que, para ouvi-lo, os gregos completamente esqueciam de sua aparência. Socrates cometeu o erro de nada escrever, o que dele conhecemos, são as citações de sua pessoa através das obras de Platão e Xenofonte (dicipulos) e Aristófanes (opositor). Disse que era oleiro como seu pai, casado com Xântipe, teve três filhos dos quais foi acusado de abandonar, ao se recusar a fugir da prisão num plano arquitetado por seu amigos...

    822  Palavras | 4  Páginas

  • Filosofia Medieval - Aurelius Augustinus, Santo Agostinho

    Algumas obras:...........................................................................................6 3.3 Citações:.....................................................................................................6 4. São Tomás de Aquino 7 4.1 Obras:.........................................................................................................7 4.2 Citações:.....................................................................................................7 5. Conclusão...

    1181  Palavras | 5  Páginas

  • Classicos - Moral

    Sócrates, Platão e Aristóteles, pois na visão destes, os sofistas não valorizavam o conhecimento. • O pouco que se sabe sobre os sofistas veio através de fragmentos, citações e testemunhos de seus rivais, como Platão e Aristóteles, por exemplo. • Entre os principais filósofos sofistas estão: Protágoras (c. 485-c.410 a.C.), Górgias (c. 483-376 a.C.), Hípias (séc. V a.C.), entre outros. O DUALISMO PLATÔNICO E O ANTAGONISMO ENTRE O CORPO E A ALMA RACIONAL • Platão foi responsável...

    1075  Palavras | 5  Páginas

  • soroco sua mae sua filha

    bibliografia - 2 Elaborar a bibliografia básica antes de começar a leitura Catálogo > Averiguação preliminar dos livros > Cruzamento de dados Anotações > arquivo de fichas arquivo bibliográfico arquivo de leitura arquivo de ideias arquivo de citações Elaboração da bibliografia - 3 Levantamento bibliográfico > Referências bibliográficas Seguir as normas de citação bibliográfica nas fichas (ABNT 6023) Leitura “A leitura, cientificamente conduzida, é instrumento fundamental para a...

    2091  Palavras | 9  Páginas

  • Fichamento do livro - o crepúsculo dos ídolos ou a filosofia a golpes de martelo

    surpreendente, porém, não somente o cristianismo, mas também a política, a cultura alemã, algumas idéias filosóficas, aos gregos, aos ídolos e a Sócrates. “Há mais ídolos do querealidades no mundo.”(Nietzsche, O crepúsculo dos ídolos- p.4) | Prefácio | Citações | Ao iniciar, Nietzsche fala da serenidade que se circunda de uma causa sombria e justificável, e que nada triunfa sobre ela a não ser que tenha a petulância como participante. Quando Nietzsche menciona a transmutação de todos os valores ele esta...

    3374  Palavras | 14  Páginas

  • texto dicertativo

    oportunidades para um novo mundo cheio de expectativas.  Para compor o conteúdo dentro de todas suas divisões e subdivisões, além do pensamento para uma credibilidade maior ao trabalho foi utilizada a metodologia de pesquisa via internet enriquecida de citações e análise do assunto tratado. Estas foram construídas e abordadas por todos os autores e concluídas em um senso comum. 1 TEXTOS DISSERTATIVOS Nos dias atuais, quando encontramos respostas facilmente obtidas...

    2691  Palavras | 11  Páginas

  • Resumo crítico filosofia

    natureza da educação, usando para isso algumas citações de Paulo Freire e Saviani. O terceiro tópico do texto o que é filosofia da educação: especificidades, a autora fala da importância da filosofia para a educação, do significado e da especificidade da filosofia da educação. O capitulo II a autora apresenta três subtemas: Os pressupostos da educação, os filosófico-antropológicos e o gnosiológicos e as concepções filosóficas, sociais e educacionais de Platão, Rousseau, Marx e Gramsci. Nos pressupostos...

    3285  Palavras | 14  Páginas

  • O que é Filosofia?

    Esse tema era debatido para encontrar um objeto na natureza, que explicasse de certa forma a origem do universo. Além dos cosmogonicos, o livro trata de maneira complexa, pensamentos de outros filósofos como: Platão, Aristóteles e Karl Marx, além de outros que são citados. Começando por Platão,o qual, trata de dois mundos completamente diferentes, o mundo das idéias e o mundo sensível, em que o mundo das idéias é considerado o mundo das perfeições, no entanto, o mundo sensível, é composto por imperfeições...

    789  Palavras | 4  Páginas

tracking img