Carta De Duarte Coelho artigos e trabalhos de pesquisa

  • O resgate de Coelho Rodrigues

    RESENHA CRÍTICA O resgate de Coelho Rodrigues (*) Domingos Bezerra Filho AGUIAR, Antonio Chrysippo de. Direito Civil: Coelho Rodrigues e a ordem de silêncio. 1ª ed. Teresina: Halley S. A. Gráfica e Editora, 2006. 198p. Pouco se fala ou se escreve sobre a contribuição de Antônio Coelho Rodrigues para a codificação do Direito Civil Brasileiro. Interesses escusos, estranhos e injustificáveis relegaram o nosso jurisconsulto ao esquecimento por longo período. Entretanto, depois de publicações...

    2044  Palavras | 9  Páginas

  • O resgate de coelho rodrigues

    O resgate de Coelho Rodrigues Domingos Bezerra Lima Filho AGUIAR, Antonio Chrysippo de. Direito Civil: Coelho Rodrigues e a ordem de silêncio. 1ª ed. Teresina: Halley S. A. Gráfica e Editora, 2006. 198p. Pouco se fala ou se escreve sobre a contribuição de Antônio Coelho Rodrigues para a codificação do Direito Civil Brasileiro. Interesses escusos, estranhos e injustificáveis relegaram o nosso jurisconsulto ao esquecimento por longo período. Entretanto, depois de publicações de João Pinheiro...

    2042  Palavras | 9  Páginas

  • Carta foral

    Forais Em definição preliminar diz-se foral ou carta de foral, o diploma concedido pelo rei, ou por um senhorio laico ou eclesiástico, à determinada terra, contendo normas que disciplinam as relações dos povoadores e destes com a entidade outorgante. Constitui a espécie mais significativa das chamadas cartas de previlégio. ( Dicionário de História de Portugal- Joel Serrão) Os forais eram feitos em três cópias , uma ia para a torre do tombo; outra para o donatário da vila e uma última era enviada...

    1135  Palavras | 5  Páginas

  • CARTA FORAL

    relevantes do direito e da estrutura judicial aplicados no Brasil Colônia, apontando sua influência na formação do pensamento e de instituições jurídicas do Brasil como Estado independente, com  enfoque nas ordenações portuguesas, Forais, Alvarás e Cartas Régias. Estrutura do Conteúdo "Descoberta" do Brasil no âmbito das Grandes Navegações e da expansão marítima portuguesa. Este ponto tem por propósito avaliar o simbólico ato de posse, em 1500, pelos portugueses, do que viria a ser, futuramente,...

    2134  Palavras | 9  Páginas

  • Cartas forais

    INSTITUTO AFRO BRASILEIRO DE ENSINO SUPERIOR Faculdade Zumbi dos Palmares Faculdade de Direito MARCOS PEREIRA LISBOA CARTAS FORAIS São Paulo 2013 MARCOS PEREIRA LISBOA CARTAS FORAIS Trabalho de Pesquisa apresentado ao Prof. Me. com vistas à obtenção de aprovação na disciplina de História do Direito, 2º sementre, Noturno, do Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares, Instituto Afro-brasileiro...

    2232  Palavras | 9  Páginas

  • Mapeando a entrada do você no quadro pronominal: análise de cartas familiares dos séculos XIX-XX

    Universidade Federal do Rio de Janeiro Mapeando a entrada do você no quadro pronominal: análise de cartas familiares dos séculos XIX-XX. Janaina Pedreira Fernandes de Souza Rio de Janeiro Fevereiro de 2012 Mapeando a entrada do você no quadro pronominal: análise de cartas familiares dos séculos XIX-XX. Janaina Pedreira Fernandes de Souza Dissertação Programa de de Mestrado apresentada Pós-Graduação em ao Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro como requisito para...

    35579  Palavras | 143  Páginas

  • Capitania de Pernambuco

    Pernambuco foi a Capitania mais rica do Brasil Colônia. Continente América do Sul Região Nordeste Capital Recife Língua oficial Português Religião Catolicismo Governo Monarquia absoluta Governador • 1534 - 1554 Duarte Coelho Pereira (Primeiro) • 1817 - 1821 Luís do Rego Barreto (Último) História • 10 de março de 1534 Criação da Capitania • 28 de fevereiro de 1821 Mudança de Capitania para Província Moeda Réis . A Capitania de...

    1198  Palavras | 5  Páginas

  • História do Brasil I

    avermelhada de onde se extraia uma tinta vermelha pra tingir tecidos. Capítulo 7 Colonização e proveito 1) Faça uma análise das cartas de Duarte Coelho, abordando os principais problemas que o donatário enfrentou no processo de colonização da Capitania de Pernambuco ( as cartas a serem analisadas estarão disponíveis no Moodle). Em uma de suas cartas Duarte Coelho relata para seu Rei que está com problemas financeiros para pagar os homens e pede para Vossa Alteza que lhe mande escravos o que até...

    2254  Palavras | 10  Páginas

  • A história de igarassu e itamaracá

    europeus;  Em1535, o donatário Duarte Coelho desembarcou no local recepcionado no Sitio dos Marcos para tomar posse de sua capitania, doada pela Coroa Portuguesa, travando um combate com os índios; Por ordem de Duarte Coelho, foi instalado um marco de pedra, servindo de ponto divisório entre as capitania de Pernambuco e capitania de Itamaracá. Sua Capitania foi nomeada como “Nova Lusitânia” e era com este nome que Duarte Coelho se referia ela em suas cartas, nome este que, obviamente, não vingou...

    598  Palavras | 3  Páginas

  • olinda

    pela Coroa portuguesa para colonizar o Brasil. Para administrar a Capitania de Pernambuco o Rei D. João III nomeou o fidalgo Duarte Albuquerque Coelho Pereira, o qual tomou a posse das terras, em 9 de março de 1535, ao realizar sua primeira expedição para o reconhecimento das terras. Como já havia, desde 1516, uma feitoria fundada entre Pernambuco e Itamaracá, Duarte Coelho tratou de seguir para o sul em busca de um lugar para se instalar. Ao se deparar com algumas colinas pensou ser o lugar apropriado...

    1738  Palavras | 7  Páginas

  • introdução ao Direito

    para, logo após, explicar o que é uma Carta Foral e por que, ainda hoje, permite que ela continue a cobrar o tributo. Resposta: De forma geral, a Carta Foral, era concedida pelo rei ou por um senhor laico ou eclesiástico, a um determinado povoado, dotando-o de autoridade legítima na regulação da vida coletiva da população. Se caracterizava, em termos gerais, por ser uma lei escrita, orgânica, local, ou relativa. Os forais eram feitos em três cópias , uma delas era encaminhada para o donatário...

    939  Palavras | 4  Páginas

  • HISTÓRIA DE OLINDA CONVENTO DE SÃO FRANCISCO E IGREJA DA SÉ

    com interiores artísticos que encantam turistas e até os próprios moradores da região. A história de Olinda é um exemplo vivo de renascimento e superação, fato descrito no desenvolvimento desse trabalho. O nome mais marcante para Olinda é o de Duarte Coelho, português que fez muito pela cidade, fundou o 1º engenho de açúcar, desenvolveu a agricultura, e ordenou a construção de um edifício destinado ao funcionamento do Senado da Câmara de Olinda. O Convento de São Francisco e a Igreja da Sé, também...

    1431  Palavras | 6  Páginas

  • Carta Gastronomica Do Alentejo

    Ficha Técnica Título Carta Gastronómica do Alentejo Monumenta Transtaganae Gastronomica Projecto Confraria Gastronómica do Alentejo Coordenação Confraria Gastronómica do Alentejo Design Patrícia Alexandra Fotografia Capa e Contracapa - José Manuel Rodrigues Separador - Augusto Brázio Título do Ebook Dr. José Manuel Martins Textos Antónia Conde Ana Soeiro Cláudio Torres Confraria Gastronómica do Alentejo Inês de Ornelas e Castro & Fernando Melo Galopim de Carvalho João Cotta Dias José Luís Tirapicos...

    218252  Palavras | 874  Páginas

  • Foral de olinda

    Cobrança do Tributo Foral de Olinda Ao resgatar uma dívida do passado, decorrente do Foral de Olinda (a carta de doação de terras para a Câmara da cidade, assinada por Duarte Coelho em 1537), a Prefeitura de Olinda comprou uma briga com moradores e comerciantes do Recife. De um lado, os técnicos olindenses afirmam que a cobrança do foro é legal, pois os imóveis estão situados em terrenos cujo domínio direto pertence ao município. Os recifenses, por sua vez, argumentam que não pagarão duplo imposto...

    534  Palavras | 3  Páginas

  • historia

    Fernando Álvares de Andrade Não Sim Capitania do Ceará Antônio Cardoso de Barros Não Sim Capitania do Rio Grande João de Barros e Aires da Cunha Não Sim Capitania de Itamaracá Pero Lopes de Souza Não Não Capitania de Pernambuco Duarte Coelho Pereira Sim Sim Capitania da Baía de Todos os Santos Francisco Pereira Coutinho Não Não Capitania de Ilhéus Jorge de Figueiredo Correia Não Sim Capitania de Porto Seguro Pero do Campo Tourinho Não Sim Capitania do Espírito Santo ...

    609  Palavras | 3  Páginas

  • Capitanias Hereditárias

    Grande João de Barros e Aires da Cunha Capitania de Itamaracá Pero Lopes de Sousa Capitania de Pernambuco Duarte Coelho Pereira e Francisco Pereira Coutinho Capitania de Ilhéus Jorge de Figueiredo Correia Capitania de Porto...

    1629  Palavras | 7  Páginas

  • Capitanias hereditarias

    As Capitanias Hereditárias Em Setembro de 1532, Dom João III remeteu uma carta para Martins Afonso de Souza comunicando a decisão de dividir o Brasil em capitanias hereditárias mediante o usufruto de extensas porções de terra por um determinado tempo aos donatários que foram ilustres marinheiros, grandes soldados, fidalgos da Casa Real e altos funcionários do reino que estivessem dispostos a correr os riscos pela empresa colonizadora. A adoção do novo regime decorria de motivos ponderáveis: Portugal...

    1548  Palavras | 7  Páginas

  • 018890472240

    positivos. Através de uma carta Martim Afonso comunicava a decisão de dividir as terras. João de Barros, feitor e tesoureiro da Casa das Índias e da Mina, além de importante historiador; Fernando Álvares, tesoureiro-mor do Reino; Antônio Cardoso de Barros, escudeiro real e, depois, provedor-mor da Fazenda do Brasil. Fernão de Noronha recebeu a primeira capitania do Brasil, com a exploração do pau-brasil só conseguiria alcançar o lucro de 60 mil cruzados. Duarte Coelho conseguiu erguer núcleos realmente...

    1583  Palavras | 7  Páginas

  • os estados do nordeste que sediarão a copa do mundo

    Álvares Cabral aportaram no litoral baiano. Assim, os europeus descobriram oficialmente o Brasil ou as terras do Novo Mundo que estavam do lado português do meridiano de Tordesilhas. Aqui se redigiu o primeiro documento oficial em solo brasileiro: a Carta de Caminha. A Bahia foi a primeira capitania hereditária transformada em capitania real. Salvador foi a primeira capital do Brasil, fundada em 1549, por Thomé de Souza, o primeiro governador do Brasil. Foi a sede política e administrativa do Brasil...

    1537  Palavras | 7  Páginas

  • Portugal e sua colônia e o governo-geral

    Manuel. Dom Manuel não fica ansioso em colonizar as terras porque as cartas afirmam não haver nela indícios de metais preciosos. Entre 1501 e 1503, Portugal organiza duas expedições para explorar as terras, comandadas por Gonçalo Coelho, que contaram com a presença de Américo Vespúcio. Nessas viagens, foi percorrida toda a costa entre os atuais estados do Rio Grande do Norte e São Paulo. Retornando à Europa, Américo escreveu cartas relatando tudo o que viu. Tais relatos tiveram tanta repercussão que...

    829  Palavras | 4  Páginas

  • Capitães do Brasil

    prioritário das coroas espanhola e portuguesa. Duarte Coelho que era o donatário de Pernambuco viera para o Brasil para viver do que a terra lhe desse, diante essa situação se acomodar vivendo monotonamente e exaustivamente na vida de produtor agrário, ali viu silenciosamente Aires da Cunha apoitar. Duarte Coelho fincou suas raízes em Olinda, dando inicio ao estabelecimento da única capitania capaz de prosperar no Brasil. Depois de quase dois anos depois Coelho retornou para Lisboa e se tornou o primeiro...

    2793  Palavras | 12  Páginas

  • Comparativo entre o “boleto bancário” e os títulos de crédito em geral, abordando suas características e princípios.

    sacado, disposta em um layout diferente. O Manual técnico indica que a ficha de compensação deverá ter uma altura mínima de 95mm e máxima de 108mm; bem como uma largura mínima de 210mm (no caso de papel A4) e máxima de 216mm (quando utilizado papel carta), devendo sempre se observar se está sendo disponibilizado espaço para autenticação do boleto, efetuada no momento do seu pagamento. O bloqueto de cobrança nem sempre será emitidos pela instituição bancária. Existe a possibilidade do cedente emiti-lo...

    1063  Palavras | 5  Páginas

  • Colonização portuguesa

                Neste período foram elaborados 2 documentos que representavam as bases jurídicas do sistema. Esses documentos eram a Carta de doação e a Carta Foral.              A Carta de doação garantia ao donatário a concessão da capitania, e em caso de morte do donatário, a posse seria transferida para seus descendentes, sendo que a venda do lote era proibida.  A Carta foral estabelecia os direitos e tributos devidos ao rei, os direitos e deveres dos colonos e a relação desses com os donatários...

    949  Palavras | 4  Páginas

  • camaragibe

     Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Cabo de Santo Agostinho) e a oitava de Pernambuco. História[editar] A área onde hoje está localizado o município de Camaragibe era povoada por minorias indígenas, até a chegada dos portugueses com Duarte Coelho Pereira, em meados do século XVI. As terras eram utilizadas para a exploração do pau-brasil e, posteriormente, a produção da cana-de-açúcar. O município surgiu com os antigos engenhos, como o Camaragibe, fundado em 1549 e considerado um dos mais...

    1876  Palavras | 8  Páginas

  • Novo A Documento Do Microsoft Office Word 97 2003

    portugueses. Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira[1] em 1498[2] e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 1500[3] [4] . Índice 1 A armada 2 A chegada a Vera Cruz 2.1 Os povos nativos 3 Polêmica 4 Ver também 5 Referências 6 Bibliografia complementar A armada...

    1974  Palavras | 8  Páginas

  • Quem reaumente descobriu o Brasil

    portugueses. Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira1 em 14982 e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 15003 4 . Índice [esconder] 1 A armada 2 A chegada a Vera Cruz 2.1 Os povos nativos 3 Polêmica 4 Ver também 5 Referências 6 Bibliografia complementar ...

    2128  Palavras | 9  Páginas

  • Coelhos

    ZOOTECNIA ALINE RÜDIGER BRUNA DE MATOS STUART CAMILA DUARTE PRAZERES JHÔNATAN SPERANDIO PROJETO DE CUNICULTURA FLORIANÓPOLIS – SC 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO A cunicultura visa à criação de coelhos (Oryctolagus cunículus) para a produção de carne e subprodutos. Essa é uma atividade bastante desenvolvida em diversos países, pois os coelhos são animais que possuem alta prolificidade (EMATER-RIO), sendo dóceis e...

    1852  Palavras | 8  Páginas

  • Brasil Colonia

    escravizar e vender índios, fundar vilas, cobrar tributos pela navegação nos rios, etc. Na verdade os donatários tinham de explorar com seus próprios recursos as capitanias recebidas. Juridicamente, a ocupação das terras era assegurada pela Carta de Doação  e pelo Foral. A Carta de Doação, assinada pelo Rei, cedia ao donatário as terras, bem como o poder administrativo e jurídico delas. O Foral determinava os direitos e deveres do donatário, que recebia as terras não como proprietário, mas como administrador...

    1213  Palavras | 5  Páginas

  • Brasil Colônia

    illustrated with various remarkable things Vol. 2, André Thevet, 1575. Library of Congress. Rare Book and Special Collections Division Política: Capitanias-Hereditárias     Baixo custo para Estado Prescedente de uso Carta de Doação Foral Pernambuco Duarte Coelho $ Solo fértil clima Fracasso Interesse (p.2-3) $ Hostilidade indígena - São Vicente 1ª Cidade “A Muralha” Séc. XVI: • Crise comércio de especiarías • Descoberta de prata na Bolívia 1549-1808: Governo Geral...

    1889  Palavras | 8  Páginas

  • A expansão ultramarina e a colonização da américa portuguesa

    menos 20 obras. Documentos manuscritos avulsos da Capitania de Pernambuco: Fontes. SOCORRO FERRAZ. http://books.google.com.br/books?id=0ZqQuBChgowC&pg=PA39&lpg=PA39&dq=cartas+de+duarte+coelho&source=bl&ots=4AVP_SKFy-&sig=Lsxzex9dxC_xPw0-svCm5cgADSI&hl=pt-BR&sa=X&ei=9_BMUIa9MoWx0QHliYCIBw&ved=0CDcQ6AEwAQ#v=onepage&q=cartas%20de%20duarte%20coelho&f=false Relatos do descobrimento do Brasil: as primeiras reportagens. GUIRALDO. MARIA CECILIA http://books.google.com.br/books?id=ddArAAAAYAAJ&q=Re...

    3946  Palavras | 16  Páginas

  • recensão critica

    e, após uma breve dedicatória desenvolve onze temas, os quais após uma conclusão que mais uma vez destacava o orgulho português nas suas conquistas além fronteiras, são esclarecidos com a introdução de nove documentos anexos, na sua grande maioria cartas. Para clarificar o conteúdo desta obra segue-se um resumo dos onze capítulos retratados. Lisboa no ano de 1500 No ano de 1500 em que a armada de Pedro Álvares Cabral largava a Ribeira das Naus a caminho da Índia, Lisboa detinha uma fisionomia...

    3848  Palavras | 16  Páginas

  • Construções imagético-discursivas sobre o sertão

    inseri-lós na nova ordem social que se estabelecia. 1. CONSTRUÇÕES DISCURSIVAS SOBRE O SERTÃO NO BRASIL COLÔNIA A palavra sertão para referir-se ao Brasil foi utilizada pelas primeiras vezes na carta de Pero Vaz de Caminha e na carta de doação da Capitania de Pernambuco a Duarte Coelho. Significando primeiramente interior, lugar longe da costa, na dualidade opondo o sertão ao litoral, ou melhor, ao litoral açucareiro. Como nos diz Antônio Carlos Moraes : A dualidade mais repetida no...

    4182  Palavras | 17  Páginas

  • Descobrimento do brasil

    portugueses. Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira[1] em 1498[2] e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 1500[3][4]. Para selar o sucesso da viagem de Vasco da Gama de descobrimento do caminho marítimo para a Índia - que permitia contornar o Mediterrâneo...

    1499  Palavras | 6  Páginas

  • topicos de matematica

    pertencentia a Dom Álvaro de Bragança, filho do duque de Bragança, e fora equipada com os recursos de Bartolomeu Marchionni e Girolamo (ou Jerônimo) Sernige, banqueiros florentinos que residiam em Lisboa e investiam no comércio de especiarias. As cartas que eles trocaram com seus sócios e acionistas italianos preservaram o nome do navio. Conservou-se ainda o nome da caravela capitaneada por Pero de Ataíde, a São Pedro. A outra caravela, comandada por Bartolomeu Dias, teve o seu nome perdido. A...

    1922  Palavras | 8  Páginas

  • Duarte And Soares 2002

    Geol. e Mineiro, 2002, t. 89, pp. 135-154 Litostratigrafia das series margo-calcarias do Jun'issico inferior da Bacia Lusitanica (portugal) Lithostratigraphy of the Lower Jurassic marly limestone units from the Lusitanian Basin (Portugal) L. V. DUARTE'" & A. F. SOARES* Pafavras-cIJave: Litostrntigrafia, Margo-calcarios, Jurassico inferior, Bacia Lusitiinica, Portugal. ReSl/lllo; Siio npresentadas formalmente ns unidades litostratigrJificns do Junissico inferior margo-calcaria (ncimn dn Fonna(Jiio...

    11823  Palavras | 48  Páginas

  • A Chegada Dos Portugueses Ao Brasil 1

    Bahia. Era um local que havia um monte, que foi batizado de Monte Pascoal. No dia 24 de abril, dois dias após a chegada, ocorreu o primeiro contato entre os indígenas brasileiros que habitavam a região e os portugueses. De acordo com os relatos da Carta de Pero Vaz de Caminha foi um encontro pacífico e de estranhamento, em função da grande diferença cultural entre estes dois povos. A Chegada dos Portugueses ao Brasil   O resultado alcançado por Vasco da Gama, descobrindo o caminho marítimo para as...

    2539  Palavras | 11  Páginas

  • Linha do tempo dos direitos humano

    Segunda Guerra Mundial (1939-1945), fracassou, e foi dissolvida na sua 21º sessão. Desta forma, surgiu a idéia de uma nova organização, que foi aventada pelo Presidente norte-americano Franklin Roosevelt e pelo Primeiro Ministro Wiston Churchill, na Carta do Atlântico, de 26 de agosto de 1941. Descrição dos fatos do Evento histórico Quando os direitos humanos deixaram de ser considerados matéria de exclusiva jurisdição dos Estados soberanos e passaram a estar inseridos entre as prerrogativas...

    1657  Palavras | 7  Páginas

  • Roque

    portugueses. Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira1 em 14982 e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 15003 4 . Índice [esconder] 1 A armada 2 A chegada a Vera Cruz 2.1 Os povos nativos 3 Polêmica 4 Ver também 5 Referências 6 Bibliografia complementar ...

    1690  Palavras | 7  Páginas

  • O descobrimento do Brasil

    portugueses. Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira em 1498 e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 1500. A Armada Nau de Pedro Álvares Cabral conforme retratada no Livro das Armadas, atualmente na Academia das Ciências de Lisboa. Para...

    1605  Palavras | 7  Páginas

  • História e memória de antonio coelho rodrigues: sua contribuição para a formação do estado nacional brasileiro.

    PIAUÍ – UFPI CAMPUS UNIVERSITÁRIO SENADOR HELVÍDIO NUNES DE BARROS RELATÓRIO FINAL Antonio Coelho Rodrigues: de Monarquista a Republicano, de Conservador a Abolicionista. Coordenador: Prof. Dr. JOHNY SANTANA DE ARAÚJO Discente: Janicléa Aparecida de Brito Mendes PICOS - PI FEVEREIRO 2012 2 JOHNY SANTANA DE ARAÚJO JANICLÉA APARECIDA DE BRITO MENDES RELATÓRIO FINAL Antonio Coelho Rodrigues: de Monarquista a Republicano, de Conservador a Abolicionista. PICOS - PI FEVEREIRO 2012 ...

    3172  Palavras | 13  Páginas

  • o rio são francisco

    Opará, que significa algo como “rio-mar”. Outra expedição, em 1503, chegou à foz, comandada por Gonçalo Coelho, outra vez com Américo Vespúcio. O rio era visitado apenas nas cercanias da foz, pois a mata, a caatinga desconhecida e as tribos ferozes impediam os brancos de penetrar na terra Expedições, entradas, bandeiras Em 1522, o primeiro donatário da capitania de Pernambuco, Duarte Coelho Pereira, fundou a cidade de Penedo, no atual estado de Alagoas. Foi o primeiro núcleo povoador das margens...

    3603  Palavras | 15  Páginas

  • DESCOBRIMENTO DO BARSIL

    portugueses. Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira1 em 1498e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 1500. A armada Para selar o sucesso da viagem de Vasco da Gama de descobrimento do caminho marítimo para a Índia - que permitia contornar o Mediterrâneo, então...

    1479  Palavras | 6  Páginas

  • Direito

    seguir (adaptada de texto disponível em: e, depois, responda as questões formuladas.   "O Foral de Olinda, de 1537, o documento mais antigo relativo à cidade e o único Foral de Vila conhecido no Brasil, é uma carta de doação feita pelo primeiro donatário de Pernambuco, Duarte Coelho, aos povoadores e moradores. Este documento elevou o povoado de Olinda à Vila, estabelecendo seu patrimônio público, bem como um plano de ocupação territorial. Além da importância histórica, gera, ainda hoje, à Prefeitura...

    558  Palavras | 3  Páginas

  • Caso concreto

    br/Geodesia-online/arquivo/cobrac_2002/048/048.htm   e, depois, responda as questões formuladas.   “O Foral de Olinda, de 1537, o documento mais antigo relativo à cidade e o único Foral de Vila conhecido no Brasil, é uma carta de doação feita pelo primeiro donatário de Pernambuco, Duarte Coelho, aos povoadores e moradores. Este documento elevou o povoado de Olinda à Vila, estabelecendo seu patrimônio público, bem como um plano de ocupação territorial. Além da importância histórica, gera, ainda hoje, à Prefeitura...

    535  Palavras | 3  Páginas

  • ue condições favoreceram o surgimento de Renascimento na peninsula Itáçica?

    Antecedentes[editar | editar código-fonte] Tendo em vista que o processo de expansão marítima européia ocorreu sob a égide do metalismo, uma das faces do mercantilismo, a descoberta, exploração e colonização do Brasil não lhe ficaram alheias, como testemunha a Carta de Pero Vaz de Caminha, ao referir as perguntas dos descobridores aos indígenas sobre a existência de ouro e prata na terra. O historiador Jaime Cortesão chamou a atenção para "a precocidade, em Porto Seguro, do movimento de entrada para oeste, em...

    778  Palavras | 4  Páginas

  • História E Literatura Os Escritos Coloniais

    século XVI e início do XVII, trataram, basicamente, da Colônia, possuindo determinadas características que lhes são próprias. Com efeito, entre 1570 e 1630, grosso modo, encontramos alguns autores que trataram do Brasil em obras que se distinguem das cartas, das informações e das descrições elaboradas pelos colonos e pelos jesuítas até então. São eles Pero de Magalhães Gândavo (1965; 1980), Gabriel Soares de Sousa (1971), Ambrósio Fernandes Brandão, suposto autor dos Diálogos das Grandezas do Brasil...

    8239  Palavras | 33  Páginas

  • viagem do velho para o novo mundo

    capitanias foi plantado cana-de-açucar, apenas duas capitanias eram realmente denominadas grandes produtoras, responsáveis por dois terços do açucar produzido em toda colonia portuguesa. Uma delas era a capitania de Pernambuco, chefiada por Duarte Coelho, que com uma mistura de determinação de fazer a produção vingar, vantagens no meio fisico e um bom relacionamento com os indios nativos, pois a localidade já tinha unioes entre indias e colonos, conseguiu tornar a capitania a mais bem sucedida...

    2251  Palavras | 10  Páginas

  • Send to friends

    Semana II Questão Formulada “O Foral de Olinda, de 1537, o documento mais antigo relativo à cidade e o único Foral de Vila conhecido no Brasil, é uma carta de doação feita pelo primeiro donatário de Pernambuco, Duarte Coelho, aos povoadores e moradores. Este documento elevou o povoado de Olinda à Vila, estabelecendo seu patrimônio público, bem como um plano de ocupação territorial. Além da importância histórica, gera, ainda hoje, à Prefeitura Municipal, o direito de cobrança do foro anual...

    534  Palavras | 3  Páginas

  • Partitras

    Embora quase exclusivamente utilizado em relação à viagem de Pedro Álvares Cabral, o termo "descoberta do Brasil", também pode referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira1 em 14982 e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 15003 4 . Era pré-cabralina [Expandir] Temáticas [Expandir] Portal Brasil A armada Para selar o sucesso da viagem de Vasco da Gama de...

    2136  Palavras | 9  Páginas

  • Descobrimento do Brasil

    referir-se à suposta chegada de outros navegantes europeus antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira1 em 14982 e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 1500. A chegada a Vera Cruz No dia 24 de Abril, Andreza Balbino e Cabral receberam os nativos no seu navio. Então, acompanhado de Sancho de Tovar, Simão de Miranda, Nicolau Coelho, Aires Correia e Pero Vaz de Caminha, recebeu o grupo de índios que reconheceram de imediato o ouro e a prata...

    525  Palavras | 3  Páginas

  • Responsabilidade social e meio ambiente

    Cabral não foi o primeiro a chegar ao país Antonio Carlos Olivieri* Da Página 3 Pedagogia & Comunicação Em dezembro de 1498, uma frota de oito navios, sob o comando de Duarte Pacheco Pereira, atingiu o litoral brasileiro e chegou a explorá-lo, à altura dos atuais Estados do Pará e do Maranhão. Essa primeira chegada dos portugueses ao continente sul-americano foi mantida em rigoroso segredo. Estadistas hábeis, os dois últimos reis de Portugal entre os séculos 15 e 16 - D. João II e D. Manuel...

    1972  Palavras | 8  Páginas

  • História do direito brasileiro

    Semana 2 “O Foral de Olinda, de 1537, o documento mais antigo relativo à cidade e o único Foral de Vila conhecido no Brasil, é uma carta de doação feita pelo primeiro donatário de Pernambuco, Duarte Coelho, aos povoadores e moradores. Este documento elevou o povoado de Olinda à Vila, estabelecendo seu patrimônio público, bem como um plano de ocupação territorial. Além da importância histórica, gera, ainda hoje, à Prefeitura Municipal o direito de cobrança do foro anual, laudêmio e resgate de aforamento...

    748  Palavras | 3  Páginas

  • Capitanis do brasil

    capitania não). Antecedentes e primórdio Portal Brasil | O sistema de capitanias, bem sucedido nas ilhas da Madeira e de Cabo Verde, foi inicialmente implantado no Brasil com a doação da Ilha de São João (atual ilha de Fernando de Noronha), por Carta Régia de Dom Manuel I (1495 - 1521), datada de 16 de Fevereiro de 1504, que doou a Fernando de Noronha, arrendatário do contrato de exploração do pau-brasil ("Caesalpinia echinata"), constituindo a capitania de São João, sem qualquer efeito na prática...

    2991  Palavras | 12  Páginas

  • ficha de leitura alice no país das maravilhas

     Ficha de Leitura: Alice no País das Maravilhas Título: As Aventuras de Alice no País das Maravilhas Autor: Charles Lutwige Dogson (Lewis Carroll) Ilustrador: John Tenniel Tradutor: Maria Filomena Duarte Editora: Bertrand Ano de Edição: 2010 Nº de Páginas: 149 ISBN: 978-972-25-2117-8 Referências: O livro foi traduzido em 125 línguas. Biografia do autor Lewis Carroll (1832-1898) nasceu em Daresbury, Inglaterra, no dia 27 de janeiro de 1832. Filho de um clérico de província, nasceu no presbitério...

    2025  Palavras | 9  Páginas

  • História do direito

    br/Geodesia-online/arquivo/cobrac_2002/048/048.htm   e, depois, responda as questões formuladas.   “O Foral de Olinda, de 1537, o documento mais antigo relativo à cidade e o único Foral de Vila conhecido no Brasil, é uma carta de doação feita pelo primeiro donatário de Pernambuco, Duarte Coelho, aos povoadores e moradores. Este documento elevou o povoado de Olinda à Vila, estabelecendo seu patrimônio público, bem como um plano de ocupação territorial. Além da importância histórica, gera, ainda hoje, à Prefeitura...

    628  Palavras | 3  Páginas

  • Ficha de Leitura Alice no país das maravilhas

    Elaborado por: Joana Ferro Licenciatura em Educação Básica 1º Ano B Obra Literária Título: As Aventuras de Alice no País das Maravilhas Autor: Charles Lutwige Dogson (Lewis Carroll) Ilustrador: John Tenniel Tradutor: Maria Filomena Duarte Editora: Bertrand Ano de Edição: 2010 Nº de Páginas: 149 ISBN: 978-972-25-2117-8 Bio biografia: Lewis Carroll é o pseudónimo do Reverendo Charles Lutwige Dogson (1832-1898). Foi um matemático, poeta e fotógrafo Inglês. Distinguiu-se pela sua...

    2209  Palavras | 9  Páginas

  • Limoeiro (Pernambuco)

    um padre com o nome de Ponciano Coelho, que teria chegado à região para catequizar os índios. Conta-se que um dia chegou para morar perto de Limoeiro, em Poço do Pau, um português que tinha por nome Alexandre Moura, trazendo consigo a imagem de Nossa Senhora da Apresentação, imagem essa que atraía os índios. Alexandre Moura construiu perto de sua residência uma igrejinha, onde colocou a imagem da referida santa, que tinha missas celebradas pelo padre Ponciano Coelho, e organizando festas, sendo isso...

    1403  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha: “Emoções, individuais ou sociais?” REZENDE, Claudia & COELHO, Maria Claudia.

    REZENDE, Claudia & COELHO, Maria Claudia. Nesta seção, vamos acompanhar a condição de fã e as emoções a ela associadas, a saber, o amor e a fascinação. Em um trabalho de Coelho para compreender a experiência da fama, ele analisou 208 cartas enviadas de fãs para ídolos, um ator e uma atriz. Os fãs se diferenciavam perante seus ídolos e diziam ser o “fã numero 1”. Nas cartas eles falavam de amor, afeto, apreço e admiração; faziam elogios e declarações de amor. Morin afirma que nas cartas de fãs “a linguagem...

    843  Palavras | 4  Páginas

  • História do brasil i

    João I e seus irmãos D. Duarte e D. Pedro; "PARECER DO INFANTE D. HENRIQUE SOBRE A CONQUISTA DE CEUTA E RESOLUÇÃO DO EL-REI D. JOÃO I DE A TOMAR”. (Monumenta Henricina, Documento nº 29, cap. 14). Analisando a fonte encontrada nota-se que o infante esteve em todas as decisões do rei de Portugal, D. João I, na tomada de Ceuta. Notamos o ávido interesse de D. Henrique pela propagação do cristianismo e declarava guerra aquele a quem julgava serem inimigos da fé cristã; CARTA DE EL-REI D. HENRIQUE V...

    11512  Palavras | 47  Páginas

  • Descobrimento do brasil

    antes dele. Esse é o caso das possíveis expedições de Duarte Pacheco Pereira1 em 14982 e mais tarde do espanhol Vicente Yáñez Pinzón em 26 de janeiro de 15003 4 . Carta de Pero Vaz de Caminha ao rei D. Manuel I, comunicando sobre o descobrimento da Ilha de Vera Cruz (Brasil). No dia 24 de Abril, Andreza Balbino e Cabral receberam os nativos no seu navio. Então, acompanhado de Sancho de Tovar, Simão de Miranda, Nicolau Coelho, Aires Correia e Pero Vaz de Caminha, recebeu o grupo de...

    611  Palavras | 3  Páginas

tracking img