Características Crítica Subjetiva Linguagem Informal Narração De Um Fato E Crítica Bem Humorada E Relevante Com Assinatura Você Está Lendo artigos e trabalhos de pesquisa

  • rterwe

    partir dos dados, assinale a alternativa que contém a organização correta da referência bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Muitas vezes, quando elaboramos um fichamento, fazemos uma citação direta, isto é, transcrevemos as palavras do autor. Como devemos proceder...

    4037  Palavras | 17  Páginas

  • Oficina de Português II - ANHANGUERA

    correta da referência bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Resposta: Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. QUESTÃO 2 Muitas vezes, quando elaboramos um fichamento, fazemos uma citação...

    1000  Palavras | 4  Páginas

  • Oficina anhanguera português ii (com respostas)

    tona o fato de os EUA não terem respeitado seus débitos com os outros países do mundo, comportamento que, neste momento, inicia o processo de decadência norte-americana. e. Os dois textos criticam ironicamente a busca de soberania e de hegemonia que os países integrantes das nações unidas empreendem por meio de suas ações econômicas. Question 6 Notas: 1 Você abre o jornal e lê um texto com as seguintes características: crítica subjetiva, linguagem informal, narração de um fato e crítica bem...

    945  Palavras | 4  Páginas

  • Língua portuguesa

    referência bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta: Bossi, A Céu, Inferno - Ensaios de críticas Literária e Ideologia - 2 ed. São Paulo (ou SP): ------------------------------------------------- Livraria Duas Cidades, 2003,463. 2 - Muitas vezes, quando...

    1358  Palavras | 6  Páginas

  • Oficina de Língua Protuguesa II - AVA Anhanguera

    bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. e. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. Correto Correto Notas relativas a este envio: 1/1. Question 2 ...

    1600  Palavras | 7  Páginas

  • Oficina de português 2

    bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. | | | | c. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p.  | | | | | | | | Correto Notas relativas a este envio:...

    1526  Palavras | 7  Páginas

  • Oficina lingua portuguesa 2

    referência bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo c. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. 2- Muitas vezes, quando elaboramos um fichamento, fazemos uma citação direta...

    1329  Palavras | 6  Páginas

  • Oficina de aprendizagem - oficina de língua portuguesa ii

    bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor: Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo RESPOSTA : e. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. -------------------------------------------------------------------...

    1354  Palavras | 6  Páginas

  • Oficina de Portugues II

    bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho.  Dados:  Autor: Alfredo Bosi  Editora: Livraria Duas Cidades  Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica  Edição: 2ª edição  Número de páginas: 493  Data: 2003  Local da editora: São Paulo  Escolher uma resposta.  Resp: BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p.  2- Muitas vezes, quando elaboramos um fichamento, fazemos uma...

    1417  Palavras | 6  Páginas

  • Oficina de língua portuguesa ii verificação de aprendizagem

    bibliográfica de um fichamento, que constitui o seu cabeçalho. Dados: Autor:Alfredo Bosi Editora: Livraria Duas Cidades Obra: Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. | | b. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. | | Correto Notas relativas a este envio: 1/1. Question 2 Notas:...

    1509  Palavras | 7  Páginas

  • M Dulo Linguagens E Produ O De Texto

                LINGUAGENS E PRODUÇÃO DE TEXTO                                             LINGUAGENS E PRODUÇÃO DE TEXTO   IMES Instituto Mantenedor de Ensino Superior Metropolitano S/C Ltda. William Oliveira Presidente MATERIAL DIDÁTICO Produção Acadêmica Paulo César da Silva Gonçalves | Autor Produção Técnica Paula Rios | Revisão de Texto Paulo César da Silva Gonçalves | Revisão e Ampliação Equipe Ana Carolina Paschoal, Andréa Argôlo , Andrei Bittencourt, Augusto Sansão, Aurélio Corujeira...

    46722  Palavras | 187  Páginas

  • Narração, descrição e dissertação

    FACULDADE OBJETIVO BRUNO COSTA FLAUBERT SILVA GLÓRIA LORENA LOURENÇO DE SOUZA MAGDAL VIEIRA TIPOS DE TEXTOS: DESCRIÇÃO, DISSERTAÇÃO E NARRAÇÃO. GOIÂNIA , MARÇO, 2013. BRUNO COSTA FLAUBERT SILVA GLÓRIA LORENA LOURENÇO DE SOUZA MAGDAL VIEIRA TIPOS DE TEXTOS: DESCRIÇÃO, DISSERTAÇÃO E NARRAÇÃO. Trabalho apresentado à disciplina Comunicação Empresarial como pré-requisito da mesma, orientado pela professora Gracielly Mendes pela Faculdade Objetivo. GOIÂNIA, MARÇO, 2013. SUMÁRIO ...

    3870  Palavras | 16  Páginas

  • tRABALHO DE LLINGUA PORTUGUES

    ironiza o “sonho americano” e o texto b critica o fato de os EUA terem dado um calote em seus credores. c. O texto a é uma charge e o texto b é um artigo de opinião. A charge se caracteriza por ser um texto icônico-verbal (constituído por palavras e imagens) em o artigo de opinião é um texto verbal (constituído por palavras, em linguagem formal) que se destina a estabelecer argumentos a partir de um posicionamento assumido pelo autor, como, no caso, a crítica à pretensa soberania americana. ...

    1398  Palavras | 6  Páginas

  • Características de gêneros textuais

    Autorretrato Receita Manual de instrução Lista de compras Folhetos Dissertativo/argumentativo: Um texto dissertativo é um texto no qual você expõe sua opinião sobre um determinado assunto, com argumentos lógicos e buscando convencer o leitor. EX: Artigo de opinião Critica Monografia Sermão Manifesto Narrativo: Tipo textual em que se conta uns fatos reais ou fictício, que ocorreu num determinado tempo e lugar, envolvendo personagens e um narrador. Refere-se a objetos do mundo real ou fictício...

    782  Palavras | 4  Páginas

  • Lingua portuguesa

    mesmo assunto em gêneros diferentes, fato este que podemos perceber pela organização do texto e pelo uso da linguagem . O texto a) é uma charge e se caracteriza pelo emprego da linguagem (verbal e não verbal), constituindo, por isso, um texto icônico-verbal. O texto b) é uma crônica, por apresentar uma linguagem verbal, tendo como características a subjetividade, ironia, informalidade, fato do cotidiano e fato atual. b. Os textos a e b partilham características genéricas, Isto é, traços particulares...

    1747  Palavras | 7  Páginas

  • Trabalhos faculdade

    a e b dizem respeito a um mesmo assunto em gêneros diferentes, fato este que podemos perceber pela organização do texto e pelo uso da linguagem . O texto a) é uma charge e se caracteriza pelo emprego da linguagem (verbal e não verbal), constituindo, por isso, um texto icônico-verbal. O texto b) é uma crônica, por apresentar uma linguagem verbal, tendo como características a subjetividade, ironia, informalidade, fato do cotidiano e fato atual. b. O texto a é uma charge e o texto b é um artigo de...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • gordo

    “sonho americano” e o texto b critica o fato de os EUA terem dado um calote em seus credores. b. O texto a é uma charge e o texto b é um artigo de opinião. A charge se caracteriza por ser um texto icônico-verbal (constituído por palavras e imagens) em o artigo de opinião é um texto verbal (constituído por palavras, em linguagem formal) que se destina a estabelecer argumentos a partir de um posicionamento assumido pelo autor, como, no caso, a crítica à pretensa soberania americana...

    1367  Palavras | 6  Páginas

  • 1 - Língua, linguagem e variação linguística

    APOSTILA DE PORTUGUÊS INSTRUMENTAL 1 - Língua, linguagem e variação linguística INTRODUÇÃO Repare que os momentos de nossa vida são constituídos de situações em que estamos com pessoas desconhecidas, pessoas próximas, pessoas de nossa intimidade, pessoas com quem temos pouca intimidade... Enfim, situações em que nos encontramos são enquadradas na formalidade ou na informalidade. Então, a necessidade de adquirirmos a linguagem mais elaborada, chamada por muitos: ―norma culta‖, é porque todos...

    22158  Palavras | 89  Páginas

  • APOSTILA Oficina Linguagem B1

     APOSTILA OFICINA DE LINGUAGEM 1o BIMESTRE Eliana M. C. J. Righi 2014 PROPOSTA DE REDAÇÃO TEXTO 1 Como comecei a escrever Aí por volta de 1910 não havia rádio nem televisão, e o cinema chegava ao interior do Brasil uma vez por semana, aos domingos. As notícias do mundo vinham pelo jornal, três dias depois de publicadas no Rio de Janeiro. Se chovia a potes, a mala do correio aparecia ensopada, uns sete dias mais tarde. Não dava para ler o jornal transformado em mingau...

    16747  Palavras | 67  Páginas

  • Oficina

    verbo amar empregado com valor de substantivo) | | Question2 Notas: 1 (CEETSP) Determine o único emprego errado do pronome pessoal: Escolher uma resposta. | a. Sobre ele e eu pesam sérias acusações. | | | b. Ajudemo-la que ela não se sente bem. | | | c. Põe-nos aqui, foi daqui que tiraste os livros. | | | d. Tua a feres, mas não o fazes impunemente. | | | e. Com nós todos já ocorreu isso. | | Question3 Notas: 1 (FUND. LUSÍADA) Assinale a alternativa que completa corretamente...

    2883  Palavras | 12  Páginas

  • Oficina de Língua Portuguesa II

    ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed.  b. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p.  c. Ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. Céu, inferno –2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p.  d. BOSI, A.. 2003, 463 p. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades.  e. Céu, inferno – ensaios de crítica literária...

    2413  Palavras | 10  Páginas

  • AVA Anhanguera

    01/11/2014 OF_PORT2_20142: Atividade Avaliativa Você acessou como RAFAEL RODRIGO LIZARDO Extensão OF_PORT2_20142 Questionários Aulas: SAIR Tentativa 1 Oficina de Língua Portuguesa II Oficina de Língua Portuguesa II Atividade Avaliativa Conteúdo Atividade Avaliativa - Tentativa 1 Atividade Avaliativa Emissão Certificado - Oficina de Língua Portuguesa II 1 A partir dos dados, assinale a alternativa que contém a organização correta da referência bibliográfica...

    2213  Palavras | 9  Páginas

  • oficina de portugues 2

    Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. a. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. Correto b. BOSI, A.. 2003, 463 p. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades. Errado c. Ensaios de crítica literária e ideológica-...

    2299  Palavras | 10  Páginas

  • PORTUGUES

    inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. a. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. b. Ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. Céu, inferno –2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. c. BOSI, A.. 2003, 463 p. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica-...

    2192  Palavras | 9  Páginas

  • LINGUA PORTUGUESA II

    inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. a. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. b. Ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. Céu, inferno –2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. c. BOSI, A.. 2003, 463 p. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica-...

    2192  Palavras | 9  Páginas

  • oficina portugues ii

    Céu, inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. a. BOSI, A. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p.  b. BOSI, A.. 2003, 463 p. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades. c. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica-...

    2157  Palavras | 9  Páginas

  • PORTUGUES

    inferno: ensaios de crítica literária e ideológica Edição: 2ª edição Número de páginas: 493 Data: 2003 Local da editora: São Paulo Escolher uma resposta. a. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. 2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. b. Ensaios de crítica literária e ideológica- BOSI, A. Céu, inferno –2ª ed. São Paulo (ou SP): Livraria Duas Cidades, 2003, 463 p. c. BOSI, A.. 2003, 463 p. Céu, inferno – ensaios de crítica literária e ideológica-...

    2192  Palavras | 9  Páginas

  • Linguagem e Conhecimento

    UEA 1 – Linguagem e Conhecimento Ementa e Objetivos Ementa A leitura e a escrita na Universidade: linguagem e conhecimento. Pressupostos básicos: concepções básicas  de  linguagem,  comunicação,  texto,  leitura  e  escrita.  Condições  de  produção  da  leitura  e  da escrita  do  texto  acadêmico.  Gêneros  e  tipos  textuais:  estrutura  e  funcionamento.  Argumentação, coesão e coerência textuais. Competências Dominar  os  conhecimentos  básicos  de  uso  da  língua  portuguesa,  oral  e  escrita...

    11140  Palavras | 45  Páginas

  • Artes de ler bem

     Apresentação A arte de escrever bem está em suas mãos Talvez não exista nada mais angustiante do que olhar para a tela limpa do computador e esperar que a inspiração traga as boas ideias para o nosso texto, enquanto o cursor impaciente fica ali à nossa frente, piscando como se dissesse: “Como é, vai começar a escrever ou não? Afinal, tenho muita coisa a fazer”. Até pouco tempo o mesmo ocorria com a folha de papel em branco, quando os textos eram só manuscritos, embora muita gente ainda...

    18378  Palavras | 74  Páginas

  • Linguagem juridica

    escolhas linguísticas em textos judiciais. 3 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - O processo de comunicação.> - Linguagem, língua, fala.> - Níveis de linguagem.> . Elementos coesivos. . Coesão e coerência textual. . Aspectos gramaticais. A Construção do texto: estrutura da frase e do parágrafo.> - Elementos que contribuem para a textualidade do texto. Tipologia Textual: - Descrição - Narração - Argumentação. - Dissertação. - O sentido das palavras: denotação, conotação, polissemia, homonímia...

    20427  Palavras | 82  Páginas

  • analise Critica do conto

    FACULDADE RUY BARBOSA ADMINISTRAÇÃO ADRIANA MASCARENHAS AINARA PEREIRA JÉSSICA PIRES MATHEUS SOARES “O OUTRO” Resenha crítica Salvador Abril 2015 Adriana Mascarenhas Ainara Perera Jéssica Pires Matheus Soares Resenha crítica do conto “O Outro” apresentado em cumprimento das exigências da disciplina Língua Portuguesa, do curso de Administração Orientadora Professora...

    2678  Palavras | 11  Páginas

  • Tipos de linguagem

    fortemente marcada por características subjetivas, emocionais. Essa proximidade com o mundo narrado revela fatos e situações que um narrador de fora não poderia conhecer. Ao mesmo tempo, essa mesma proximidade faz com que a narrativa seja parcial, impregnada pelo ponto de vista do narrador. O narrador-observador conta a história do lado de fora, na 3ª pessoa, sem participar das ações. Ele conhece todos os fatos e, por não participar deles, narra com certa neutralidade, apresenta os fatos e os personagens...

    956  Palavras | 4  Páginas

  • Narração

    NARRAÇÃO Narração sobre Redação por Paulo Sergio Rodrigues paulo@algosobre.com.br A narração está vinculada à nossa vida, pois sempre temos algo a contar. Narrar é relatar fatos e acontecimentos, reais ou fictícios, vividos por indivíduos, envolvendo ação e movimento. A narrativa impõe certas normas: a) o fato: que deve ter sequência ordenada; a sucessão de tais sequências recebe o nome de enredo, trama ou ação; b) a personagem; c) o ambiente: o lugar onde ocorreu o fato; d) o momento:...

    5049  Palavras | 21  Páginas

  • Linguagem, Comunicação e Interação

    I. LINGUAGEM, COMUNICAÇÃO E INTERAÇÃO. Conceitos: Interlocução – pessoas que participam do processo de interação comunicativa. Linguagem – processo de interação comunicativa que se constitui pela construção de sentidos. Classificação da Linguagem: Linguagem verbal: É aquela cuja unidade é a palavra. Linguagem não verbal: Tem unidades diferentes da palavra, tais como: • O Gesto • A imagem • A nota musical, etc. Linguagens mistas: É a combinação de unidades próprias de diferentes linguagens (Ex: combinação...

    4055  Palavras | 17  Páginas

  • Português e linguagem

    pontos) a) Resumo das principais ideias apresentadas pelo autor; b) Seu ponto de vista a respeito do assunto, a partir das ideias do autor. Orientações: a) Seu texto deverá ter entre 20 e 30 linhas. b) A redação deve ser clara e objetiva. c) A linguagem utilizada deve estar ortográfica e gramaticalmente correta. Gramática e desempenho Linguístico (Gilberto Scarton) Pretende-se demonstrar no presente artigo que o estudo intencional da gramática não traz benefícios significativos para o desempenho...

    2502  Palavras | 11  Páginas

  • Linguagem e comunicação

    coesão e coerência. 2-O que são ambientes discursivos e como eles podem influenciar na produção de um texto?Exemplifique com situações vivenciadas por você em seu dia a dia. Ambientes Discursivos: Os lugares ou as instituições sociais onde se organizam formas de produção com respectivas estratégias de compreensão onde ocorrem as atividades de linguagem. Conforme Focault (1969) deve-se considerar que esses ambientes discursivos os” lieux sociaux” podem ser recortados em formações discursivas, de acordo...

    7085  Palavras | 29  Páginas

  • LINGUAGEM E INTERAÇÃO: CONSTRUINDO SABERES NOS DIÁLOGOS DO CONTEXTO DA SALA DE AULA

    CAMILA OSTE DELGADO VITTE LINGUAGEM E INTERAÇÃO: CONSTRUINDO SABERES NOS DIÁLOGOS DO CONTEXTO DA SALA DE AULA MESTRADO EM EDUCAÇÃO UNISAL Americana 2009 1 CAMILA OSTE DELGADO VITTE LINGUAGEM E INTERAÇÃO: CONSTRUINDO SABERES NOS DIÁLOGOS DO CONTEXTO DA SALA DE AULA. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL, como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Educação, sob a Orientação do...

    44433  Palavras | 178  Páginas

  • APOSTILA LINGUAGEM JURIDICA 2011

     FUMESC – Fundação Machadense de Ensino Superior e Comunicação LINGUAGEM JURÍDICA PROFESSOR RODRIGO LUIZ NERY 2º SEMESTRE / 2011 PLANEJAMENTO – LINGUAGEM JURÍDICA – 2º SEMESTRE/2011 Seg. 01/08 1º A CAPÍTULO I – LÍNGUA E VOCABULÁRIO CAPÍTULO II – LINGUAGEM JURÍDICA Ter. 02/08 1º B Seg. 08/08 1º A CAPÍTULO III – SIGNIFICAÇÃO DAS PALAVRAS Ter. 09/08 1º B Seg. 15/08 1º A CAPÍTULO IV - CORRESPONDÊNCIAS Ter. 16/08 1º B Seg. 22/08 1º A TRABALHO: CORRESPONDÊNCIAS...

    14676  Palavras | 59  Páginas

  • Avaliação do desempenho "voce"

    Brazil A Editora Nobel tem como objetivo publicar obras com qualidade editorial e gráfica, consistência de informações, confiabilidade de tradução, clareza de texto, impressão, acabamento e papel adequados. Para que você, nosso leitor, possa expressar suas sugestões, dúvidas, críticas e eventuais reclamações, a Nobel mantém aberto um canal de comunicação. Entre em contato com: Central Nobel de Atendimento ao Consumidor Fone: (11) 3933-2800 Fax: (11) 3931-3988 End.: Rua da Balsa, 559 São Paulo – CEP...

    14599  Palavras | 59  Páginas

  • Super dicas para escrever bem

    • Que informações o autor fornece sobre o livro? • Quais os temas abordados? • Onde e quando o livro foi publicado pela primeira vez? • Em que Editora? Obs. Toda leitura técnica é feita com um propósito que pode ser a investigação, a crítica, a comparação, a ampliação ou a construção ou reconstrução de conhecimento. Para atingir a esses propósitos, devemos identificar as idéias principais do autor. O conhecimento forma-se por fases e a quantidade de informação transforma-se em qualidade...

    3450  Palavras | 14  Páginas

  • Comunicação e linguagem

    WEB-AULA 1 COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM RUMO À PRODUÇÃO DE TEXTOS Objetivos de aprendizagem: o objetivo desta unidade é fornecer recursos e estratégias para a produção de textos. Vamos iniciar nosso estudo com as unidades menores, as frases e orações, passando pelo período, até chegar ao estudo do parágrafo. Trataremos da coesão e da clareza como requisitos fundamentais para a qualidade dos textos. Analisaremos como se processam as relações de sentido que estabelecem entre as partes do texto e os diversos...

    5741  Palavras | 23  Páginas

  • Você sabe (mesmo) ler

    Ana Maria Mendez González Você sabe (mesmo) ler? Leitura, o sutil mundo das palavras Edições Anagon Junho 2007 © Copyright de Ana Maria Mendez González Primeira edição: julho 2007 Você sabe (mesmo) ler? Leitura, o sutil mundo das palavras Capa: Paulo Papaleo Diagramação: Constantino K. Riemma Assistência editorial: Ana Cláudia Vargas Nenhuma parte desta publicação pode ser armazenada, fotocopiada, reproduzida por meios mecânicos, eletrônicos ou outros quaisquer sem autorização...

    20385  Palavras | 82  Páginas

  • G Neros Textuais 3 Ano

    secundários, o que não acontece com o conto. O conto é conciso. Conto Fantástico Conto Fantástico Um mundo irreal, situações improváveis, ações que transpassam a realidade e que vão além do humano. Há presença de magia que dá margem para que fatos absurdos aconteçam ao longo da narrativa. Logo, situações contrárias à vida comum acontecem como se fossem normais: seres mágicos aparecem e desaparecem com facilidade. Conto Fantástico • Na maioria das vezes o herói possui um caráter excepcional...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • Consul: bem pensado

    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING LUIZ CARLOS DA SILVA “CONSUL: BEM PENSADO”. RECIFE 2013 LUIZ CARLOS DA SILVA “CONSUL: BEM PENSADO”. Trabalho apresentado ao Curso de Tecnologia em Gestão de Marketing da Universidade Norte do Paraná, para o Tema Atividade Interdisciplinar Individual - Módulo 3. Ministrada pelos Professores Gislene Fregoneze, Henry Nonaka, Fábio Rogério Regioli e Thais Accioly Baccaro RECIFE 2013 1- INTRODUÇÃO...

    2374  Palavras | 10  Páginas

  • Fichamento: Britto, Luiz Percival Leme, 1957. Contra o consenso: cultura escrita, educação e participação – Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003 – (Coleção ideias sobre Linguagem) p.99 à 115

    Britto, Luiz Percival Leme, 1957. Contra o consenso: cultura escrita, educação e participação – Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003 – (Coleção ideias sobre Linguagem) p.99 à 115 Acadêmica: Natasha Antunes Soares RESUMO: O autor Luiz Percival no livro “Contra o consenso: cultura escrita, educação e participação”, debate em torno da leitura, campanhas educativas e de promoção da leitura. No livro, o autor explica, que a leitura não existe fora do contexto histórico, e que ela é uma “ação intelectual...

    1983  Palavras | 8  Páginas

  • Administração comunicação e linguagem

    COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO COMUNICAÇÃO VERBAL E COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL A comunicação não se faz apenas por meio da língua, que denominamos código verbal. Usamos também os gestos, o tom de voz, as roupas para nos comunicar. Podemos lembrar outra situação corriqueira: o trânsito engarrafado às seis horas da tarde numa grande metrópole. É véspera de feriado. Pense na luz vermelha do semáforo, nas buzinas dos carros, no apito e nos gestos rápidos do agente de trânsito, tentando...

    6331  Palavras | 26  Páginas

  • Narração, descrição e dissertação

    NARRAÇÃO, DESCRIÇÃO E DISSERTAÇÃO. Comunicação Empresarial Introdução Tudo que se escreve recebe o nome de genérico de redação. O presente trabalho é sobre os três tipos de redação: a narração na qual contamos um ou mais fatos que ocorreram em um determinado tempo e lugar, envolvendo certos personagens. A descrição na qual se apontam as características que compõe certo objeto, pessoa, animal ou paisagem. E a dissertação na qual expomos ideias gerais, seguidas da apresentação de argumentos...

    1194  Palavras | 5  Páginas

  • Você, como empresário ou administrador de empresas, daria emprego a uma pessoa que utiliza a variante lingüística que não tem socialmente nenhum prestígio?

    APRESENTAÇÃO No mundo corporativo, independente da área profissional, há um elemento bastante importante para a solidificação da imagem, do desenvolvimento e do sucesso de uma empresa; a comunicação. A linguagem escrita constitui um de seus principais meios. Assim, este material visa eliminar obstáculos possíveis para uma boa escrita. Define o que se entende por comunicação, apresenta soluções práticas para as principais dúvidas e dificuldades de quem lê e redige um texto, também oferece orientações...

    5454  Palavras | 22  Páginas

  • Linguagem Jurídica

    FUMESC – Fundação Machadense de Ensino Superior e Comunicação LINGUAGEM JURÍDICA PROFESSOR RODRIGO LUIZ NERY 2º SEMESTRE / 2011 FUMESC – Faculdade de Direito Disciplina: Linguagem Jurídica – Professor Rodrigo Luiz Nery PLANEJAMENTO – LINGUAGEM JURÍDICA – 2º SEMESTRE/2011 Seg. 01/08 1º A CAPÍTULO I – LÍNGUA E VOCABULÁRIO CAPÍTULO II – LINGUAGEM JURÍDICA Ter. 02/08 1º B Seg. 08/08 1º A Ter. 09/08 1º B Seg. 15/08 1º A Ter. 16/08 ...

    16566  Palavras | 67  Páginas

  • adequação da linguagem

    são: narração, descrição, dissertação ou exposição, argumentação, informação e injunção. É importante que não se confunda tipo textual com gênero textual. Texto Narrativo Modalidade em que se conta um fato, fictício ou não, que ocorreram num determinado tempo e lugar, envolvendo certos personagens. Refere-se a objetos do mundo real. Há uma relação de anterioridade e posterioridade, o tempo verbal predominante é o passado. O principal objetivo do texto narrativo é contar algum fato, e o...

    4861  Palavras | 20  Páginas

  • Linguagem Jurídica

    Dr. Maurício Fucsek Prof. Dr. Miguel Augusto Machado de Oliveira Prof. Dr. Wallace Ricardo Magri Coordenador de EAD: Prof. Dr. Wallace Ricardo Magri Assistentes de Diretoria: Daniela Espiñeira Gois Débora Guedes Cavalari Redação e linguagem jurídica Cauê hagio nogueira de lima Cauê Hagio Nogueira de Lima (Nogueira) é formado em Letras pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP e em Direito pela Faculdade de Direito da FMU. Pós-graduado em Direito Penal pela FMU...

    12960  Palavras | 52  Páginas

  • Questoes discursivas e resumos

    chegada do YouTube. Sabemos o quanto a força da imagem exerce fascínio e entendemos, definitivamente, que não há mais como sobreviver neste mundo sem que haja, de nossa parte, uma adaptação constante no que se refere ao acesso às diferentes linguagens disponíveis. É fundamental reconhecer que o sentido de todas as coisas nos vem, principalmente, por meio do olhar, da compreensão e interpretação desses múltiplos signos1 que enxergamos, desde os mais corriqueiros – nomes de ruas, por exemplo...

    2938  Palavras | 12  Páginas

  • Tipos de linguagens

    A Linguagem e os processos de Comunicação [pic][pic]1. Linguagem Observe a fala do vendedor: “Quem sabe o senhor desenha para nós?” Se o comprador soubesse desenhar, o problema estaria resolvido facilmente. Ele poderia lançar na mão de um outro meio de expressão que não fosse a fala. O homem dispõe de vários recursos para se expressar e se comunicar. Esses recursos podem utilizar sinais de diferente natureza.  Tais sinais admitem a seguinte classificação: a) Verbais; b) Não-Verbais; ...

    11873  Palavras | 48  Páginas

  • Crônica

    aprimoramento dos conhecimentos em relação ao seu desenvolvimento, quais as características que fazem desse texto um texto literário e os artistas brasileiros desse gênero. Crônica é um texto narrativo que expõe os fatos do cotidiano. É um gênero que retrata os acontecimentos da vida em tom despretensioso, ora poético, ora filosófico, muitas vezes divertido. A crônica é uma forma textual no estilo de narração que tem por base fatos que acontecem em nosso cotidiano. Por isso, é uma leitura agradável,...

    2027  Palavras | 9  Páginas

  • A função da crítica gastronômica no jornalismo cultural

    Para isso foi realizada uma pesquisa bibliográfica que inicia com a história da Gastronomia e sua importância para a sociedade. Em seguida, abordamos uma breve história do Jornalismo Cultual e seu crítico. O segundo capítulo começa com a história da crítica gastronômica, mostrando como surgiram as primeiras regras da culinária e quem foram os principais críticos da história.Também discutimos a questão da subjetividade do gosto e a relação com o crítico. Por último, busquei os critérios e regras que...

    15115  Palavras | 61  Páginas

  • Critica de cinema: gênero que auxilia na construção da opinião

    PROFESSORES, POR TER ME ACOMPANHADO DO TERCEIRO SEMESTRE EM DIANTE ATÉ O FIM DA JORNADA DO CURSO. ELE ME CEDEU UM ESPAÇO NO WEB JORNAL LABORATORIAL COMTEXTO ONDE LOGO NO INÍCIO, PODE COMEÇAR NA COLUNA SOFÁ COM PIPOCA E ASSIM APRESENTAR MINHAS MATÉRIAS DE CRÍTICA DE CINEMA. OBRIGADA. FOI UMA EXPERIÊNCIA MUITO GRATIFICANTE E HONROSA PARA MIM. A Professora Érika Pelegrino com quem tive aulas no primeiro semestre da faculdade. Ela atenciosamente sempre me atendia quando eu precisava, mesmo fora...

    26051  Palavras | 105  Páginas

  • ProfessorAutor Portug s Portugu s 6 ano Fundamental G neros textuais bilhete carta informais postal di rios pessoais de viagem verbete de dicion rio

    Linguagens, Códigos e suas Tecnologias - Português Ensino Fundamental, 6° Ano Gêneros textuais: bilhete, carta (informais), postal, diários (pessoais, de viagem), verbete de dicionário Língua Portuguesa, 6º Ano do Ensino Fundamental Gêneros textuais: bilhete, carta, postal, diários, verbete de dicionário Bilhete O bilhete é um breve recado escrito para pessoas próximas, por isso a linguagem utilizada é, geralmente, a coloquial. Imagem: Lensim/ GNU Free Documentation License Língua Portuguesa...

    2035  Palavras | 9  Páginas

  • Leitura e Produção de Texto

    MENDES ALVES SANTO ANDRÉ, 18 DE JUNHO DE 2013. INTRODUÇÃO: Esta atividade prática supervisionada tem por finalidade, compreendermos as definições e o conceito de leitura. Veremos também os diferentes gêneros textuais e suas características, elementos de coesão e conhecer as reformas ortográficas da língua portuguesa para que possamos utilizá-las no dia a dia. CONCEPÇÃO DE LEITURA: Entende se como leitura a capacidade de interpretar e entender o texto produzido. ...

    4915  Palavras | 20  Páginas

  • Linguagem

    Linguagem e comunicação RECIFE 2014 FACULDADE BOA VIAGEM FABÍOLA SERAFIM GOMES MOEMA LEITE DE OLIVEIRA SILVA LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO . Desenvolvimento de estudo de conteúdo e problemáticas da linguagem e comunicação, baseado no resumo das aulas aplicas. Para avaliação de português do curso de Direito, 1º período, da Faculdade Boa Viagem, PE. Orientador(a): Prof. Wanda Cardoso RECIFE 2014 SUMÁRIO 1 LINGUAGEM E A COMUNICAÇÃO...

    2666  Palavras | 11  Páginas

  • O ensino de história numa perspectiva crítica: um estudo de caso na escola estadual de ensino fundamental e médio professor lordão – picuí-pb

    ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO COM FOCO EM ENSINO APRENDIZAGEM ROSINALVA APARECIDA MARTINS DE OLIVEIRA O ENSINO DE HISTÓRIA NUMA PERSPECTIVA CRÍTICA: Um estudo de caso na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Lordão – Picuí-Pb CUITÉ – PB Dezembro de 2011 ROSINALVA APARECIDA MARTINS DE OLIVEIRA O ENSINO DE HISTÓRIA NUMA PERSPECTIVA CRÍTICA: Um estudo de caso na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Lordão – Picuí PB. Monografia apresentada ao programa de...

    11520  Palavras | 47  Páginas

tracking img