Capitulo Dos Chapeus artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha - O Homem que Confundiu sua Mulher com um Chapéu - Oliver Sacks

    UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE- UNIVILLE Acadêmico: Adam Andres Franca Asin – 1º Ano de Psicologia / Noturno Resenha do livro “O Homem que Confundiu sua Mulher com um Chapéu" - Oliver Sacks Disciplina: Projeto integrador Professora: Mariana Datria Schulze SACKS, Oliver. O homem que confundiu sua mulher com um chapéu. São Paulo: Companhia das Letras, 1997. Neste livro, pode-se encontrar relatos descritivos de casos clínicos, escritos em uma narrativa simples. evocando emoções e empatia...

    1531  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo do capitulo XVII dos Maias

    No capítulo 16 Ega encontra Guimarães quando se embora do sarau da Trindade, e este diz a Ega que tem um cofre de Maria Monforte para entregar à família, e no meio da conversa revela que Maria Eduarda e Carlos são irmãos. No capítulo 17 Ega sem coragem para revelar a verdade a Carlos vai ter com Vilaça e conta-lhe tudo, eles abrem o cofre de Maria Monforte, e este continha cartas em alemão, uma pintura de um homem, algumas contas por pagar e outras já pagas, Vilaça ficou estupefacto pois havia...

    1124  Palavras | 5  Páginas

  • Resumo do Capítulo I (Iconologia e Iconografia) de Panofsky

    Ficha!de!leitura!do!Capitulo!I!–!“Iconografia!e!Iconologia:! Uma!Introdução!ao! Estudo!da!Arte!do!Renascimento”!de!O"significado"nas" artes"visuais" ! ! ! ÍNDICE! ! 1.!INTRODUÇÃO!...........................................................................................................................!3! 1.1!BIOGRAFIA!............................................................................................................................!3! 2.!RESUMO!DO!CAPITULO!I!–!“ICONOGRAFIA!E...

    2517  Palavras | 11  Páginas

  • Trabalho Maias - capitulos 16/17/18

    Agrupamento de Escolas Dona Maria II Escola Secundária c/ 3.º ciclo Dona Maria II Os Maias de Eça de Queirós Capítulos XVI, XVII, XVIII Português – 11º ano Ano Letivo 2013/2014 INTRODUÇÃO Após a leitura dos três últimos capítulos da obra Os Maias de Eça de Queirós, podemos realçar alguns dos momentos mais marcantes. Assistimos, numa fase inicial ao Sarau do Teatro da Trindade. Este evento público decorre profundamente marcado pela falta de qualidade artística e pela presença...

    1784  Palavras | 8  Páginas

  • O Chapéu de Vermeer e a história

    O Chapéu de Vermeer e a História Por Aline Cristina Cristovam de Albuquerque No século XVII, houve um grande desenvolvimento intelectual e cultural, isto é, foi nesse século que as grandes navegações se expandiram, as faculdades começaram a ganhar renome internacional e grandes pintores e suas obras se destacam. Entre esses detentores de capacidade artística para a pintura que se destacam neste século, está Johannes Vermeer. Ele que nasceu nos Países Baixos e fez a maioria de seus quadros...

    1255  Palavras | 6  Páginas

  • Resumo capítulos 20 a 23 de Pinóquio

    CAPÍTULO 20 Libertado da prisão, Pinóquio pretende voltar para a casa da Fada, mas no caminho ele encontra uma serpente e depois é capturado em uma armadilha. Sentindo a felicidade da liberdade, Pinóquio seguiu pela estrada que o levaria de volta para a casa da Fada. Havia chovido por muitos dias e a estrada estava tão enlameada que algumas vezes Pinóquio afundava até quase os joelhos, mas mesmo assim continuava bravamente. Atormentado pelo desejo de ver seu pai e sua irmã, a Fada de cabelos...

    3344  Palavras | 14  Páginas

  • Malhadinhas - capitulo 2

    O Malhadinhas CAPÍTULO II Aquilino Ribeiro Reflexão  “…o homem é um bichinho para temer…”Malhadinhas, preocupado: Brízida pode fugir –lhe Ação  1º aventura de Malhadinhas : Malhadinhas ganha a luta de paus com o de Santa Eulália, no pátio de Faustino. Este oferece-lhe a sua filha, Rita, em casamento. Malhadinhas recusa. Facetas do Malhadinhas Um cristão confessado, um homem religioso embora não seja esclarecido sobre a influência de Deus na sua vida e...

    714  Palavras | 3  Páginas

  • Pela batina e pelo chapéu de três bicos: a caracterização de personagens a partir da vestuária

    “PELA BATINA E PELO CHAPÉU DE TRÊS BICOS”: A CARACTERIZAÇÃO DE PERSONAGENS A PARTIR DA VESTUÁRIA Adriano Portela1 Um leve sussurro correu pela nave, um murmúrio de admiração e respeito. A presença do padre, simpático e venerado, nas ricas roupas bordadas a ouro, atraiu por instantes toda a atenção dos fiéis. (SOUSA, 1987, p. 60) “Pela batina e pelo chapéu de três bicos” (SOUSA, 1987, p. 213), que lhe fizeram reconhecer o caráter sacerdotal, disse o Pe. Antônio de Morais ter-lhe poupado...

    5343  Palavras | 22  Páginas

  • Resumo capitulo i significado das artes visuais e.panofsky

    História da Arte I Significado nas Artes Visuais Resumo do Capitulo I Iconografia e Iconologia: Uma Introdução ao Estudo da Arte do Renascimento ÍNDICE Introdução 2 Resumo do Capitulo I – O Significado nas Artes Visuais 3 Biografia 8 Conclusão 12 INTRODUÇÃO O significado nas Artes Visuais, de um brilhante crítico e historiador, Erwin Panofsky, é um dos mais renomeados críticos de nosso tempo. Talvez por isso foi-me proposto um trabalho resumido...

    3293  Palavras | 14  Páginas

  • Resenha dos capítulos 1 e 3 do livro: "O HOMEM QUE CONFUNDIU SUA MULHER COM UM CHAPÉU" de Olivier Sacks

    1) Capítulo 1: O homem que confundiu sua mulher com um chapéu No primeiro capítulo de seu livro, com o mesmo nome, Olivier Sacks (Companhia das letras 2006), aborda a história de um musicista inicialmente diagnosticado com problemas visuais, mas que possui na realidade agnosia visual. Ele não identificava mais os rostos de seus alunos e de sua família. Como de fato aconteceu com o Dr. P., a agnosia é comumente confundida inicialmente com um tipo de cegueira, tratando-se na verdade de um déficit...

    1389  Palavras | 6  Páginas

  • Personagens capitulo XVI

    Personagens capitulo XVI – Maria Eduarda, Carlos da Maia, João da Ega, Craft, Cruges, Alencar, Rufino, Sr. Guimarães e Eusebiozinho. Carlos da Maia – Caracterização Física - Carlos era um belo e magnífico rapaz. Era alto, bem constituído, de ombros largos, olhos negros, pele branca, cabelos negros e ondulados. Tinha barba fina, castanha escura, pequena e aguçada no queixo. O bigode era arqueado aos cantos da boca. Com diz Eça, ele tinha uma fisionomia de "belo cavaleiro da Renascença". Caracterização...

    1044  Palavras | 5  Páginas

  • capitulo 7 8 e 9 de memorial do convento (resumos)

    Capítulo VII No início deste capítulo a falta de dinheiro é o grande obstáculo que Baltasar tem de ultrapassar para começar a construção da passarola. Iniciando o capitulo por se referir o trabalho de baltasar num acougue para ganhar o dinheiro necessário para poderem realizar o seu sonho, fazer a passarola voar. No decorrer deste capítulo o narrador relata os assaltos que os portugueses sofreram durante as suas viagens marítimas. Fala também sobre a evolucao da gravidez de D. Maria Ana...

    1218  Palavras | 5  Páginas

  • RESUMO DOS CAPITULOS |XI, XII, XIII, XIV, XV| DO LIVRO "O CORTIÇO"

    AVISO TAL TRABALHO NÃO PODE SER CONSIDERADO NEM AO MENOS PRIMARIO, POIS ESSES RESUMOS FORAM FEITOS COM BASE EM OUTROS SITES E COM POUCA AUTORIA PROPIA DA ALUNA QUE REALIZOU TAL PESQUISA E RESUMO DOS CAPITULOS APRESENTADOS. CAPITULO XI Após o quase incêndio que a Bruxa tentou provocar sorrateiramente, Joao Romão logo pensa em uma forma de recuperar os prejuízos causados por todo o alvoroço do quase incêndio e a invasão policial, decidindo que iria cobrar algo a mais dos inquilinos para cobrir...

    1464  Palavras | 6  Páginas

  • RESUMO + ANÁLIZES: os meninos da rua paulo (capítulos 2-5)

    Meninos da Rua Paulo, capítulos 2, 3, 4 e 5 (páginas 35 – 127) ATIVIDADE: resumo, descrição das personagens e opinião de 10 linhas do capítulo lido CAPÍTULO 2 RESUMO: No começo do capítulo dois temos uma longa e detalhada descrição do grund (lugar onde o grupo – de meninos – da Rua Paulo se encontra, é um terreno baldio e abandonado, lá os meninos se reúnem para diversas coisas). No grund há um forte, e nele fica a bandeira do grupo. O personagem principal desse capítulo é Nemecsek, mesmo ele...

    2068  Palavras | 9  Páginas

  • Os Maias - Capítulos XV e XVI

    Os Maias Capítulos XV e XVI Escola Secundária Francisco de Holanda José Eduardo de Lemos Pereira Introdução Este trabalho foi-nos proposto no âmbito da disciplina de português como modo de avaliação de conhecimentos da obra “Os Maias”. Neste trabalho abordarei várias tópicos como, narrador, espaço, tempo, personagens e naturalismo/realismo. Índice Resumo Narrador Espaço Tempo Personagens Naturalismo / Realismo Conclusão Bibliografia Resumo Capítulo XV Na manhã seguinte...

    2056  Palavras | 9  Páginas

  • resumo dos capitulos 1,2,3 e 4

    Colégio: Nome: Capitulo 4 – Períodos e campos de investigação da filosofia Capitulo 5 – Principais períodos da historia da filosofia Goiania 2014 ...

    1822  Palavras | 8  Páginas

  • Os Maias - capitulo dos cavalos

    Os Maias Capitulo X Corridas de Cavalo Por: Fátima Ferrão; Joana Salomé; Ruben Lourosa e Ruben Meneses Resumo O capitulo x começa com o fim do encontro de Carlos com a condessa de Gouvarinho e revela que Carlos já se sente farto desta. Ao descer a rua de S. Roque, Carlos encontrou o marquês através do qual descobriu que as corridas iam ser antecipadas para o próximo domingo. O Maia ficou contente, pois tinha esperanças de encontrar Mª Eduarda. Enquanto iam a descer a rua, Mª Eduarda...

    1462  Palavras | 6  Páginas

  • Capitulo 13 Machado de Assis

    Resumo Capítulo 13 Simão Bacamarte sagaz em descobrir enfermos se excede na diligência e penetração com que principiou a tratá-los. Sendo assim, os todos os cronistas estão em acordo com que o ilustre alienista faz curas pasmosas que excitaram a admiração de Itaguaí. Efetivo, era difícil imaginar métodos mais efetivos e racionais sistemas terapêuticos, Simão aplicava a medicação que pudesse incutir-lhe o sentimento oposto e não aplicava a dose máxima, ia aplicando pouco a pouco conforme seu estado...

    1102  Palavras | 5  Páginas

  • Capitulo 1 e 2 a revolução dos bichos

    CAPÍTULO 1 Sr.Jones era o proprietário da Granja do Solar e vivia bêbado. Numa certa noite organizou a granja, colocou os animais em seus lugares e foi em direção a sua casa, com uma lanterna, cambaleando de tanto que tinha bebido chegou tomou mais um copo de cerveja e deitou-se para dormir. Assim que os animais notaram q eu Jones dormira, houve um alvoroço, um falatório entre eles pois naquele dia ocorreu um boato de que o porco velho Major havia tido um sonho muito estranho na noite anterior...

    1148  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha - “Capítulo 3 - Surrealismo, mito e psicanálise” Briony Fer

     Resenha - “Capítulo 3 - Surrealismo, mito e psicanálise” Briony Fer Aluna: Louise Nunes de Mattos Para falar de surrealismo devemos falar primeiramente de diferença. A diferença tem um papel fundamental, na diferenciação com as outras artes, das próprias produções entre elas mesmas, e para gerar o significado na própria arte. O surrealismo ampliou ao longo de sua história os meio de executar sua arte, se disseminando para além das telas, se transportando para filmes, revistas, objetos...

    2843  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo a corrosão do carater - capitulo 5

    Capítulo 5 - Riscos Rose completou o ensino médio e logo se casou com um homem de meia idade. Fabricante de chapéus, como muito era utilizado na época, oferecia a família uma situação estável. Rose ficou viúva cedo, mãe de duas filhas. Após isto, comprou o Trout. Precisa escolher com que público queria lidar. Como primeira opção tinha os modelos, ricos, publicitários e famosos entediados e como segunda opção a clientela local entediada e sedentária local – músicos declinados, artistas esquecidos...

    812  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo do Capitulo 2 do livro ''Primo Basílio''

    CAPÍTULO II Como de costume, o casal recebia um grupo de amigos sempre aos domingos para uma pequena reunião social, eram eles: Julião Zuzarte, parente muito distante de Jorge; era um homem seco e nervoso, com lunetas azuis, os cabelos compridos caídos sobre a gola, cirurgião, estudioso e inteligente. Aos trinta anos ainda era pobre e via os medíocres e superficiais, subirem na vida e ele por ter um orgulho resistente e muita fé nas suas faculdades, não conseguia prosperar na vida, sonhava com um...

    826  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo por capitulo de vidas secas

    Resumo por capitulo A obra pertence a um gênero intermediário entre romance e livro de contos. Possui 13 capítulos até certo ponto autônomos, mas que se ligam pela repetição de alguns motivos e temas, como a paisagem árida, a zoomorfização e antropomorfização das criaturas, os pensamentos fragmentados das personagens e seu consequente problema de linguagem. 1º MUDANÇA Em uma longa trajetória pelo sertão castigado pela seca, Fabiano, Sinhá Vitória, a cachorra Baleia, e os dois filhos do casal...

    1174  Palavras | 5  Páginas

  • A cidade e as serras resumo e análise dos capítulos

    A Cidade e as Serras Resumo e análise dos capítulos Introdução A cidade e as serras é um romance da terceira fase de Eça de Queirós, iniciada com a publicação de A Ilustre casa de Ramires. Ao contrário da fase anterior, marcada por sátiras destrutivas à sociedade portuguesa, nesta fase encontramos uma espécie de pacificação no artista, que substitui o pessimismo amargo das obras anteriores por uma visão mais otimista da sua pátria. Especificamente nesta fase, o tom amargurado do autor, que...

    9485  Palavras | 38  Páginas

  • O primo basílio - resumo por capítulo

    lisboeta. Assim afirma o autor: “ a família Professora Maria Clara Celligoi COC PIRACICABA – Fuvest 200 3 lisboeta produto do namoro, reunião desagradável de egoísmos que se contradizem, e mais tarde ou mais cedo centro de bambochata.” CAPÍTULO I Onze horas na sala de jantar, Jorge, engenheiro de minas, fechou um volume de Luís Figuier (escritor francês, popular por seus livros de divulgação científica) , Luísa, sentada à mesa, lia o Diário de notícias, “no seu roupão de manhã de fazenda...

    10830  Palavras | 44  Páginas

  • capitulo 3 vidas secas

    Capitulo III - Cadeia FABIANO tinha ido a feira da cidade comprar mantimentos. Precisava de sal, farinha, feijão e rapaduras. Sinhá Vitoria pedira além disso uma garrafa de querosene e um corte de chita vermelha. Mas o querosene de seu Inácio estava misturado com agua, e a chita da amostra era cara demais. Fabiano percorreu as lojas, escolhendo o pano regateando um tostão em côvado, receoso de ser enganado. Andava irresoluto, uma longa desconfiança dava-lhe gestos oblíquos. A tarde puxou o dinheiro...

    2705  Palavras | 11  Páginas

  • Ficha de leitura do capítulo: “Iconografia e Iconologia: uma introdução ao estudo da arte da renascença”, do livro de Erwin Panofsky “O significado nas artes visuais”

    Ficha de Leitura Ficha de leitura do capítulo: “Iconografia e Iconologia: uma introdução ao estudo da arte da renascença”, do livro de Erwin Panofsky “O significado nas artes visuais”, Lisboa: Presença, 1989. Data: 29 de Outubro de 2013 Aluno n.º 7446 Nome: Mário Veríssimo de Almeida 1. Introdução O presente trabalho versa sobre o desenvolvimento do método iconológico de Erwin Panofsky descrito no capítulo: “Iconografia e Iconologia: uma introdução ao...

    2790  Palavras | 12  Páginas

  • Resenha do capítulo v da obra casa grande & senzala - gilberto freire

    Gilberto Freyre inicia o capítulo V descrevendo um aspecto peculiar e concomitantemente impressionante de nossa sociedade no século XIX. “Seus trajos, os de homens feitos. Seus ócios, os de homens. Sua preocupação, sifilizarem-se o breve possível”. Este era o perfil dos meninos da época, o qual chocou todos os viajantes que aqui aportaram, haja vista que, na Europa e América do Norte, o mesmo era completamente diferente, pois as crianças portavam-se como tal. E foi neste Brasil quase sem meninos...

    3063  Palavras | 13  Páginas

  • Resumo do capítulo "ICONOGRAFIA E ICONOLOGIA: UMA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ARTE DO RENASCIMENTO" de Erwin Panofsky

    História da Arte I Resumo do capítulo "ICONOGRAFIA E ICONOLOGIA: UMA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ARTE DO RENASCIMENTO" Erwin panofsky "O significado nas Artes Visuais" 2013/2014 Introdução Erwin Panorsky, critico e historiador de arte, alemão nasceu em Hannover em 1892. Interessado em arte europeia medieval e renascentista, literatura e cinema, sendo que esta associado com o desenvolvimento do campo da iconologia, seu maior interesse. Estudou Filologia, Filosofia e História nas...

    3801  Palavras | 16  Páginas

  • Capítulo 18 Admiravel Mundo Novo

     Capítulo XVIII A porta estava entreaberta; eles entraram. - John! Do quarto de banho veio um ruído desagradável e caracte rístico. - Está sentindo alguma coisa? - gritou Helmholtz. Não houve resposta. O ruído desagradável repetiu-se p or duas vezes. Fez-se um silêncio. Depois, com um estalido, a porta do banhei ro abriu-se e, muito pálido, o Selvagem apareceu. - Que é isso, John? - exclamou Helmholtz com solici tude. - Você está mesmo com ar de doente! - Comeu alguma coisa...

    5540  Palavras | 23  Páginas

  • Resumo do Livro : África e Brasil Africano capítulos 1 2 e 3

    Escola Técnica Conselheiro Antônio Prado Talita de S. Ribeiro nº36/ 2ºC RESUMO: ÁFRICA E BRASIL AFRICANO Campinas 2014 Capítulo 1 Retrato físico do continente Suas principais marcas são o deserto do Saara ao norte, o de Calahari á sudoeste, as florestas no centro do continente, savanas e algumas terras altas ( como aquelas onde nasce os rios que formam o Nilo). O deserto do Saara se estende da costa do Atlântico à do Mar Vermelho e as bordas do sul e oeste do deserto são conhecidas...

    4290  Palavras | 18  Páginas

  • John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle - Deixe a Neve Cair - Capítulo 1

    Deixe_Neve_Cair.indd 1 10/10/13 18:02 Capítulo Um ra a noite antes do Natal. Bem, para ser mais precisa, era a tarde antes do Natal. Mas, antes que eu leve você para o âmago da ação, vamos esclarecer uma coisa. Sei por experiência própria que, se sur‑ gir mais tarde, vai distraí‑lo tanto que você não conseguirá se concentrar em mais nada, garanto. Meu nome é Jubileu Dougal. Pare um momento para absorver a informação. Viu, quando a recebe logo no início, não é tão ruim. Agora, imagine...

    3169  Palavras | 13  Páginas

  • trabalhos

    ANÁLISE DOS CONTOS: “Dona Paula”, “Senhora” e “Capítulo dos Chapéus” *Estilo : Realismo *Autor: Machado de Assis. *Características do Realismo _O Realismo desloca o eixo da produção artística de dentro para fora: o sujeito burguês agora lança um olhar desconfiado e crítico sobre a sociedade que o cerca. _A arte realista é a fidelidade ao real. _O triângulo amoroso, composto em geral de dois homens e uma mulher casada com um deles, é o esquema básico das narrativas de Machado de Assis.O adultério...

    1806  Palavras | 8  Páginas

  • Tecnólogo em Redes de Computadores

    Sobrenome, Turma 02, 1º Período do Curso de Redes de Computadores da Faculdade Laboro. Faculdade Laboro de São Luís São Luís - MA — janeiro de 2014 SUMÁRIO Introdução 3 Capítulo 1 HACKERS 4 1O que são Hackers? 4 1.1Origem do termo “hacker” 4 1.2Diferença entre Hacker e Cracker 5 1.3Tipos de Hacker e Cracker 5 Capítulo 2 INVASÃO HACKER 8 1 O que é uma invasão Hacker? 8 1.1 O porquê da Invasão 8 1.2 Métodos de Invasão 9 1.3 Técnicas de Invasão 9 Conclusão 10 Referência 11 Introdução ...

    1719  Palavras | 7  Páginas

  • Portfólio de p.o

    ........................ (Formatação, Arial 12, entre linhas 1,5 linha, primeira linha 0,5 cm, Justificado) Atividade Propósta: 1. Elabore uma síntese referente ao capítulo 1 do livro citado anteriormente, evidenciando os modelos, a finalidade, as ferramentas e a capacidade da pesquisa operacional. lendo o capítulo 1, tenho observado quando e como foram executadas as primeiras atividades formais de P.O. Naquela época, quando estava ocorrendo a 2ª Guerra Mundial, havia um grupo de cientístas...

    1392  Palavras | 6  Páginas

  • Pesquisa operacional

    compare com outros materiais e, por fim, escreva o que é do seu entendimento. DESCRIÇÃO BASEADO NO LIVRO TEXTO TAHA, Hamdy A. Pesquisa Operacional. 8. ed. São Paulo: Pearson, 2007. ATIVIDADE PROPOSTA 1. Elabore uma síntese referente ao capítulo 1 do livro citado anteriormente, evidenciando os modelos, a finalidade, as ferramentas e a capacidade da pesquisa operacional. Resposta: A PO é o Processo de Tomada de Decisões A Pesquisa Operacional é uma ciência voltada e aplicada nas resoluções...

    1336  Palavras | 6  Páginas

  • desenhando croquis de moda

    Capítulo 1 Proporções da figura humana em desenho de moda ............................................................................ Capítulo 2 Formas básicas da figura humana ................................................................................................................... Capítulo 3 Desenhando o modelo............................................................................................................................................ Capítulo 4 ...

    8757  Palavras | 36  Páginas

  • TGPOT

    VERDE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA CURSO: CIÊNCIAS BIOLÓGICA – AMBIENTE PLANEAMENTO ORDENAMENTO DO TERRITORIO Impactos Ambientais Inerentes a Construções Espontâneas no bairro de Tira Chapéu Praia, 12 de fevereiro de 2015 Impactos Ambientais Inerentes a Construções Espontâneas no bairro de Tira Chapéu Elvis Júnior Semedo Varela ______________________________________________________________________ Janice Carine Mendonça de Barros ______________________________________________________________________...

    5291  Palavras | 22  Páginas

  • OFICINAS MATEMATICA

    Prática- Metodologia........................................................................... 16 2.1.1 Construção do Chapéu de Bruxa ....................................................................... 17 2.1.2 Estrategias dos Alunos ....................................................................................................... 17 2.1.3 Avaliação da Atividade do Chapéu de Bruxa..................................................................18 3 O Desafio do cálculo da área corporal...

    4113  Palavras | 17  Páginas

  • Panofsky

    Erwin Panofsky Biografia e Análise do primeiro capítulo da obra: “O significado nas Artes Visuais” Beatriz Fernandes 7540 Índice I. Biografia e Introdução..........................................p.3 II. Resumo do capítulo...............................................p.4 III. Conclusão................................................................p.8 IV. Biografia..................................................................p.9 I.Biografia ...

    1835  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha: O HOMEM QUE CONFUINDIU SUA MUULHER COM UM CHAPÉEU

    Introdução O homem que confundiu sua mulher com um chapéu é a obra de um neurologista, que diante de pacientes com deficiência cerebral que vivem em um mundo de sonhos, preservam a imaginação e constroem uma identidade moral própria. O neurologista transforma estes casos clínicos em literatura, trazendo novas realidades para mais conhecimento cientifico apresentando os limites do físico e psíquico. Capítulo 1 resenha Oliver Sacks nasceu em Londres...

    1192  Palavras | 5  Páginas

  • LIVRO - O HOMEM QUE CONFUNDIU SUA MULHER COM UM CHAPEU - OLIVER SACKS

    Índice PREFÁCIO Parte I - PERDAS INTRODUÇÃO 1 O HOMEM QUE CONFUNDIU SUA MULHER COM UM CHAPÉU 2 O MARINHEIRO PERDIDO 3 A MULHER DESENCARNADA 4 O HOMEM QUE CAIA DA CAMA 5 MÃOS 6 FANTASMAS 7 NIVELADO 8 OLHAR À DIREITA! 9 O DISCURSO DO PRESIDENTE Parte II - EXCESSOS INTRODUÇÃO 10 WITTY TICCY RAY 11 A DOENÇA DE CUPIDO 12 UMA QUESTÃO DE IDENTIDADE 13 SIM, PADRE-ENFERMEIRA 14 A POSSUÍDA Parte III - TRANSPORTES INTRODUÇÃO 15 REMINISCÊNCIA 16 NOSTALGIA INCONTINENTE 17 PESAGEM PARA...

    81502  Palavras | 327  Páginas

  • Os meninos da rua paulo

    parecia-se com a voz. Raramente dizia bobagens e não mostrava nenhum jeito de valentão ou sabido. Não gostava de entrar em brigas”. O primeiro capítulo denota o italiano vendedor de dozes, que resolve lucrar duplicando o preço de suas mercadorias o garoto Csele que compra doces diariamente é surpreendido com a idéia de Géreb (que é astuto) para atirar o chapéu em cima dos doce, mas ele recusa aparentemente por não querer perder elegância, segundo o autor “O caso estava perdido. Por mais interessante...

    906  Palavras | 4  Páginas

  • Elementos Projeto Grafico

    verificar ​ layouts​  criados com 5 e 7 colunas.      Exemplos de distribuição dos elementos do projeto gráfico em 5 e 7 colunas.    Etapas de distribuição dos elementos de um projeto gráfico com 5 colunas: elemento por elemento. 1 ­  Colocação do chapéu com 1 coluna; 2 – posicionamento da Imagem; 3 – Título e legenda; 4 – Subtítulo; 5 –  Textos corridos; 6 – colocação do Olho.  Mas quais são os elementos a distribuir nas colunas pensadas? Quais os elementos  compõem um projeto? É o que veremos a seguir...

    795  Palavras | 4  Páginas

  • Manual D4

    Página 1 ALESIS D4 Manual de Referência Página 2 CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO Principais Características 1,0 ............................................... ...................................... 1 1,1 devolva o cartão de garantia agora !........................................... ............ 2 CONEXÃO 1,2 / SATISFAÇÃO IMEDIATA ............................................. .................. 2 Instalação 1.2A ......................... ...................... ...............................

    11007  Palavras | 45  Páginas

  • Cena da corrida de cavalos

    Episódio da corrida de cavalos Este capítulo pertence ao título e ao subtítulo. No que diz respeito ao título fala-nos do romance de Carlos com Maria Eduarda. Quanto ao subtítulo é-nos demonstrada a crítica que o autor faz à sociedade dessa época. Antes do episódio X: Carlos forma-se em Medicina, abre um consultório, mas tem pouco sucesso (apesar de todo o luxo). Chega uma brasileira à cidade que desperta a atenção de Carlos. Este deseja muito conhece-la. Mais tarde, Carlos é informado que a...

    1545  Palavras | 7  Páginas

  • Panofsky

    Artes 2013/2014 Ficha de leitura do capítulo “Iconografia e Iconologia: Uma Introdução ao Estudo da Arte do Renascimento” do livro O significado nas artes visuais de ERWIN PANOFSKY Curso: 9754 – Escultura História da Arte I – Professor Luís Jorge Gonçalves Índice 1 – Introdução 1.1- Biografia – Erwin Panofsky 3 1.2- Obras mais conhecidas 3 2 - Resumo do capitulo I 4 3 – Conclusão ...

    2213  Palavras | 9  Páginas

  • Como Ser um bom aluno

    saúde para baixo e ele vai ser terminou fora facilmente. Você vai ter uma "violência contra as crianças" no seu medidor de violência, mas não importa porque não há que qualquer policial no freak show tenda Dica - chapéu de burro Ir para o vestiário meninos e ligue os chuveiros para um chapéu de burro grátis Dica - desafio de ginásio fácil Vencer todos os desafios no ginásio, uma vez feito isso, você vai ser capaz de desafiar todos a qualquer momento. A chave para o dinheiro fácil é ir à linha de...

    1250  Palavras | 5  Páginas

  • Impostos

    PRODUTOS DO REINO ANIMAL Notas de Seção. Capítulos: 1 Animais vivos. 2 Carnes e miudezas, comestíveis. 3 Peixes e crustáceos, moluscos e os outros invertebrados aquáticos. 4 Leite e laticínios; ovos de aves; mel natural; produtos comestíveis de origem animal, não especificados nem compreendidos em outros Capítulos. 5 Outros produtos de origem animal, não especificados nem compreendidos em outros Capítulos. SEÇÃO II PRODUTOS DO REINO VEGETAL Nota de Seção. Capítulos: 6 Plantas vivas e produtos de floricultura...

    1456  Palavras | 6  Páginas

  • Estatuto

    contendo a finalidade de que a lei dispõe ou institui; 4. Informação introdutória com a identificação dos órgãos que decretam e sancionam as leis; 5. O texto é subdivido em: Títulos, Capítulos, Artigos, Parágrafos e Alíneas. Os títulos expõem a forma abrangente do que será tratado em cada módulo. Os capítulos especificam e direcionam o assunto. Os artigos tratam diretamente do que se quer apresentar. Quando são seguidos por parágrafos, os artigos caracterizam um aspecto introdutório do assunto...

    2672  Palavras | 11  Páginas

  • Corrida de cavalos

    conhece-la. Mais tarde, Carlos é informado que a filha da brasileira está doente e este vai a casa dela tratar da filha. Ia todos os dias cuidar da sua doente. Depois: No próximo episódio Carlos acaba por conhecer Maria Eduarda.   Resumo: O capítulo X começa com o fim do encontro de Carlos com Gouvarinho e revela que Carlos já se sente farto desta: “E nessa tarde, como não havia ainda outro esconderijo, tinham abrigado os seus amores dentro daquela tipóia de praça. Mas Carlos vinha de lá enervado...

    1597  Palavras | 7  Páginas

  • Fenomenologia e o Pequeno Príncipe

    e depois li novamente quando já tinha 19. Quando tinha 12 anos, não tive a mesma interpretação que tive aos19 anos. O interessante é que as interpretações foram muito diferentes. A parte do livro a qual eu relaciono com a fenomenologia é do Capítulo I: “Certa vez, quando tinha seis anos, vi num livro sobre a Floresta Virgem, “Histórias Vividas”, uma imponente gravura. Representava uma jiboia que engolia fera. Dizia o livro: “as jiboias engolem, sem mastigar, a presa inteira. Em seguida, não...

    682  Palavras | 3  Páginas

  • port

    semana no Japão segundo o ranking daOricon.3 One Piece é a série mais vendida na história dos mangás4 . Índice   [esconder]  1 Enredo 2 Akuma no Mi 3 Haki 4 As forças que comandam o Mundo 5 Recompensas (Bounties) 6 Personagens 6.1 Piratas do Chapéus de Palha 6.2 Outros Personagens 6.3 Supernovas 7 Anime 7.1 Músicas 8 Jogo 9 Referências 10 Ligações externas Enredo[editar] Vinte e dois anos depois da execução de Gol D. Roger (Rei dos Piratas), o interesse em One Piece diminuiu exponencialmente...

    3775  Palavras | 16  Páginas

  • Modelo Relatorio Campo

    excedam 1 página. 2 RELATÓRIO DE OBSERVAÇÃO: DESCRIÇÃO E APONTAMENTOS DOS LUGARES VISITADOS Para a realização da aula de campo em São Bento do Chapéu e na comunidade de Monte Alegre, em Cachoeiro de Itapemirim, saímos de Vitória ás 07h00min de sábado, dia 22/02/2014. Chegando a Domingos Martins, fomos direcionados para a comunidade de São Bento do Chapéu, sendo recepcionados com um café da manhã na Escola Família Agrícola EFA, com o mesmo café que é servido todos os dias para as crianças que estudam...

    1545  Palavras | 7  Páginas

  • Plantas medicinais

    Matricaria recutita, Chamomilla recutita Nome inglês: camomile. Família Asteraceae (Asteráceas) Constituintes camomila  Óleo essencial, matricina, flavonóide, cumarina, taninos. Partes utilizadas camomila Flores secas (flores de camomila) ou capítulos florais secos. Efeitos da camomila  Antiflogistíca, cicatrizante, espasmolítico, antialérgico, antibacteriano, antifúngico, calmante, sonífero. Indicações da camomila  Em uso interno (infusão) Problemas digestivos (úlceras - acidez, náuseas...

    724  Palavras | 3  Páginas

  • Gerontologia

    .............................1 Capítulo I- Centro Cultural Social e Desportivo da Ramela 1.1.Enquadramento territorial................................................................................................. 3 1.2.Caracterização da Instituição............................................................................................ 4 1.3. Definição da estratégia de intervenção da instituição ..................................................... 7 Capítulo II- Contextualização Teórica 2...

    6547  Palavras | 27  Páginas

  • Exercícios de Pontuação

    entendia o funcionamento da empresa dois anos depois, sabia mais que o dono. 4) Para os amigos, tudo para os inimigos, a lei. 5) Tivera uma infância cheia de dissabores não pretenderá, pois, rever amigos daquela época. 6) “Outros leram da vida um capítulo tu leste o livro inteiro.” (Carlos Drummond de Andrade) 7) o jardim, enfeitado de rosas, anunciava um lugar de paz a varanda, de onde se via o mar, tinha uma rede branca estendida. II. Empregue os dois-pontos onde possível: 1) Cada funcionário...

    946  Palavras | 4  Páginas

  • SERES VIVOS

    história tem continuado muito além das suas expectativas. Sua origem vem do mangá Wanted! - Oda Eiichiro Tanpenshu, no qual Eiichiro Oda criava histórias individuais a cada capítulo. Em Romance Dawn, o 5º e último capítulo surgiu Luffy, o qual teria se tornado um pirata para seguir os passos de seu avô (do qual teria ganho seu chapéu de palha na história original). Nami também aparece, com o nome de Anne, a qual posteriormente ainda se chamaria Shiruku (no piloto de One Piece, também designado como Romance...

    10331  Palavras | 42  Páginas

  • Ficha de Leitura Panofsky

    Erwin Panofsky. Capitulo I - “Iconografia e Iconologia: uma introdução ao estudo da arte do Renascimento” Faculdade de Belas Artes Disciplina de História da Arte I Licenciatura – 1º Ano, Escultura Sónia Maria Hilário Bonito, Nº7922 Ano Lectivo: 2013/14 Introdução No âmbito da disciplina de História da Arte, foi proposta a elaboração da Ficha de Leitura do Capítulo I, do Livro ‘O significado nas Artes Visuais’ de Erwin Panofsky. A análise deste Capítulo tem como objetivo...

    1047  Palavras | 5  Páginas

  • Ariana

    A PEQUENA PRINCESA. Escritora: Arielle Belkice Pereira. Editora: Space A pequena princesa. Capitulo 1 Certa vez, quando tinha seis anos, vi num livro sobre a Floresta Encantadas, “Histórias Vividas”, uma imponente gravura. Representava ele um coelho que comia uma cenoura. Dizia o livro: “Os coelhos comem, com dois dentes grandes, que mastiga a comida inteira. Em seguida, não podem corre então esperam fazer a digestão. Refleti muito então sobre as aventuras da selva, e fiz, com lápis...

    1180  Palavras | 5  Páginas

tracking img