Calculos De Medicação artigos e trabalhos de pesquisa

  • Calculo DE Medica Es 1

    Calculo DE Medicações 1 1º Foi prescrito para a menor Juliana 3.000.00 UI de Penicilina Cristalina. Sabendo-se que no serviço dispomos de frascos-ampola de 5.000.000 UI, como você calcularia a dose em ml a ser administrada? 1. 1º passo: Retirar os dados do enunciado. Prescrito - 3.000.000 Disponível - 5.000.000 Pergunta-se: qual a dose em ml? Obs: nesta questão não foi dado o diluente então por se tratar de antibiótico usa-se 10ml sendo que 2ml será da medicação e 8ml seram acrescentados. 2º passo:...

    2138  Palavras | 9  Páginas

  • Erros de Medicação

    Erros de Medicação Definições e Estratégias de Prevenção CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO ESTADO DE SÃO PAULO – COREN-SP REDE BRASILEIRA DE ENFERMAGEM E SEGURANÇA DO PACIENTE – REBRAENSP – POLO SÃO PAULO SÃO PAULO – 2011 manual erros de medicação 13,8x20,5.indd 1 28/02/11 16:08 Manual originado da Dissertação de Mestrado “Erros de Medicação Notificados em uma Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos para Atendimento de Pacientes Oncológicos”, apresentada...

    6963  Palavras | 28  Páginas

  • Preparo de Medicação

    concentração do sangue. Hipotônica: menor que a concentração do sangue. Exemplos: NaCl a 0,9% é igual a concentração do sangue, portanto é uma solução isotônica. SG5% é igual a concentração do sangue, portanto é uma solução isotônica. Cálculo Das Dosagens Dos Medicamentos Mais Utilizados 1. Heparina (anticoagulante) Apresentação: Frasco-Ampolas de 5ml com 25.000U ( 5.000U/ml) Via de administração: EV e SC Exemplo: Administrar 200U de Heparina EV usando frasco...

    4639  Palavras | 19  Páginas

  • Erros de medicação na mídia

    Erros de Medicação na Mídia A indústria farmacêutica no Brasil, mostra grandes números em venda de medicamentos. O doente é considerado como consumidor e os medicamentos, mercadoria aos olhos das agências de publicidade e da grande mídia. • As notícias de morte de vários pacientes pelo uso indevido de medicamentos trazem à tona, e o problema que já vem sendo discutido há algum tempo ; • Existe um sério problema de erros com medicamentos e alguma ação deve ser tomada para sua redução...

    510  Palavras | 3  Páginas

  • Calculo De Medicamentos

    5.4 Cálculo de medicação Uma das atividades que o auxiliar de enfermagem realiza frequentemente é a administração de medicamentos. Para fazê-lo corretamente, na dose exata, muitas vezes ele deve efetuar cálculos matemáticos, porque nem sempre a dose prescrita corresponde à contida no frasco. Os cálculos, todavia, não são muito complicados; quase sempre podem ser feitos com base na regra de três simples. 5.4.1 Cálculo de medicação utilizando a regra de três simples Na regra de três simples trabalha-se...

    1716  Palavras | 7  Páginas

  • Cálculo de medicamentos

    Cálculo de medicação cálculos de Permanganato de Potássio (KMnO4) Cálculo de Penicilina cristalina Cálculo de insulina Cálculo de porcentagem Cálculo de bomba infusora Solução Padrão Marcelo Marinho e-mail : MMDELFINO@IBEST.COM.BR site: WWW.MMCUIDADOSINTENSIVOS.CO.CC 1 Cálculo de medicação A maioria dos cálculos de medição podem ser resolvidos pela “regra de 3”. Pode ser resolvido na maioria das situações,pela utilização da regra de três. Essa regra nos ajuda a descobrir...

    5274  Palavras | 22  Páginas

  • Erros de Medicação em Hospitais

    ERROS DE MEDICAÇÃO Os eventos adversos relacionados a medicamentos podem levar a importantes agravos à saúde dos pacientes. Os erros de medicação são ocorrências comuns e podem assumir dimensões clinicamente significativas e impor custos relevantes ao sistema de saúde. Os erros de prescrição são os mais sérios dentre o que ocorrem na utilização de medicamentos. Cerca de 98.000 norte-americanos morrem por ano devido a erros de associados à assistência à saúde, sendo estes considerados...

    2398  Palavras | 10  Páginas

  • Medicação

    - Marcelo Marinho - www.mmcuidadosintensivos.com.br Página inicial | Cálculo de medicação      A maioria dos cálculos de medição podem ser resolvidos pela “regra de 3”. Pode ser resolvido na maioria das situações,pela utilização da regra de três. Essa regra nos ajuda a descobrir o valor de uma determinada grandeza que está incógnita.  Normalmente temos 4 itens mas só sabemos 3, montamos a conta de jeito que conseguimos descobrir esse item desconhecido. Uma regra de ouro é sempre usar...

    1563  Palavras | 7  Páginas

  • Calculo de medicações

    CONSIDERAÇÕES GERAIS A RESPEITO DE CÁLCULOS DE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS Introdução: Neste capitulo vamos enfocar problemas relativos às dosagens na administração de medicamentos, cálculos estes que fazem parte da vida da equipe de Enfermagem. A dose unitária já esta sendo utilizada em alguns hospitais: medicação rotulada e embalada, pronta para o uso, porém, isto ainda esta longe de ser nossa realidade. Portanto, muita atenção, para poder agir de forma perfeita nos cálculos das dosagens. Observe...

    2053  Palavras | 9  Páginas

  • MEDICAÇÃO INTRACANAL

    VALE DO PARAIBA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENDODONTIA MEDICAÇÃO INTRACANAL ANDRESSA DOS SANTOS MESSIANO SÃO PAULO - SP 2013 RESUMO O tratamento endodontico têm como um de seus objetivos primordiais a eliminação das bactérias, as quais, geralmente vem associadas com o surgimento de lesões periapicais. Desse modo, o emprego de medicação intracanal visa minimizar os microrganismos, ali sobreviventes, buscando ceder elementos...

    7834  Palavras | 32  Páginas

  • Calculo

    Cálculo de Medicamentos Profª Ms Vanessa Bastos Menezes CONCEITOS BÁSICOS Solução: mistura homogênea composta de soluto e solvente. - Solvente: é a porção líquida da solução. - Soluto: é a porção sólida da solução. Exemplo: No soro glicosado a água é o solvente e a glicose é o soluto. Concentração: a relação entre a quantidade de soluto e solvente. Exemplo: g/ml a quantidade em gramas de soluto pela quantidade em mililitros de solvente. CONCEITOS BÁSICOS Proporção: forma de expressar...

    882  Palavras | 4  Páginas

  • erros de medicação

    Sumário 1.Introdução ................................................................................................ 2 2.Tipos de erro de Medicação ............................................................................ 3 2.1 Erro de prescrição ....................................................................................... 3 2.2 Erro de dispensação .................................................................................... 4 2.3 Erro de omisão ............

    3697  Palavras | 15  Páginas

  • Cálculo de Gotejamento

    Cálculo de gotejamento Uma das atividades que a equipe de enfermagem realiza frequentemente é a administração de medicamentos. Para fazê-lo corretamente, na dose exata, muitas vezes ela deve efetuar cálculos matemáticos, porque nem sempre a dose prescrita corresponde ao contido no frasco. Os cálculos, todavia, não são muito complicados; quase sempre podem ser feitos com base na regra de três simples.O cálculo de gotejamento a principio é fácil, porém alguns detalhes podem confundir alguns profissionais...

    607  Palavras | 3  Páginas

  • Cálculos de medicamentos

    CÁLCULO DE MEDICAMENTOS TÉCNICO ENFERMAGEM TEMAS ABORDADOS Conceitos Básicos Sistema Métrico de Medidas Exercícios CONCEITOS BÁSICOS 1º) Conceitos básicos envolvidos no cálculo de medicamentos Solução : mistura homogênea composta de soluto e solvente. - Solvente: é a porção líquida da solução. - Soluto: é a porção sólida da solução. Exemplo: No soro glicosado, a água é o solvente e a glicose é o soluto. CONCEITOS BÁSICOS Concentração: a relação entre a quantidade...

    1013  Palavras | 5  Páginas

  • calculo gotejamento

     Cálculo de gotejamento Uma das atividades que a equipe de enfermagem realiza frequentemente é a administração de medicamentos. Para fazê-lo corretamente, na dose exata, muitas vezes ela deve efetuar cálculos matemáticos, porque nem sempre a dose prescrita corresponde ao contido no frasco. Os cálculos, todavia, não são muito complicados; quase sempre podem ser feitos com base na regra de três simples.O cálculo de gotejamento a principio é fácil, porém alguns detalhes podem confundir alguns profissionais...

    574  Palavras | 3  Páginas

  • calculos de medicamentos

    CÁLCULO DE MEDICAÇÃO CÁLCULO DE GOTEJAMENTO MACROGOTAS Fórmulas: Em horas: nº gotas = V / T x 3 Em minutos: V x 20 / T Sendo que: T= tempo V = volume total em ml a. 800 ml de SG 5% EV em 24 h b. 700 ml de SF 0,9% EV em 9 h c. 870 ml de SGF EV em 4 h d. 400 ml de SG 5% + 250 ml de SF 0,9% EV em 30 minutos e. 900 ml de Sangue Total em 120 minutos f. 80 ml de SGF em 20 minutos MICROGOTAS Fórmulas: Em horas: nº microgotas = V / T Em minutos: V x 60 / T a. SG 10%...

    1307  Palavras | 6  Páginas

  • Atividades de cálculos

    serão os horários se iniciar a medicação as 10h? R) 1 ml horários: 10-18-02 h 02 – Ceftriaxona (Rocefim) 400mg de 12/12. (Temos frascos de 1g diluir em 10ml). Quantos ml devo administrar de cada vez? Quais serão os horários se iniciar a medicação as 16h? Quanto sobrará dentro do frasco? R) 4 ml horários: 16-04 h 03 – Cefalotina (Keflim) 500mg de 6/6 (temos frascos de 1g e diluente de 5ml). Quantos ml devo administrar de cada vez? Quais serão os horários se a medicação for iniciada as 14h? R) 2,5...

    1413  Palavras | 6  Páginas

  • Calculos medicação

    CÁLCULOS DE GOTEJAMENTO EV: MACROGOTAS: T = (VT) / (nºgts x 3) ou VT = T x nºgts x 3 ou nºgts = (VT) / (T x 3) Sendo que: T= tempo em horas VT= volume total em ml nºgts= número de gotas por minuto 3= é uma constante MICROGOTAS: Usa-se a fórmula, T = VT / nºgotas MEDIDAS PADRONIZADAS: -Microgotas/min = ml/hora -Microgotas= nºgts x 3 -1 ml = 20 gts -1gt = 3 mgts -1 colher de sopa = 15 ml -1 medida = 10 ml -colher de sopa = 15ml -colher de sobremesa = 10ml -colher...

    1347  Palavras | 6  Páginas

  • Administração medicação intra-dérmica, subcutânea e intra-muscular.

    MEDICAÇÃO VIA INTRADÉRMICA . FINALIDADE: Administração de soluções com absorção lenta e, fins diagnósticos. INDICAÇÃO/CONTRAINDICAÇÃO: Indicação: diagnosticar reações de hipersensibilidade (provas de PPD para TB), sensibilidade de algumas alergias, dessensibilização e vacina. Contra-indicação: presença de lesões nos locais de aplicação. RESPONSABILIDADE: Enfermeiro e Auxiliar de Enfermagem. RISCOS/PONTOS CRÍTICOS: • Aparecimento de edema, rubor e dor; • Lesão da derme, se técnica incorreta...

    2429  Palavras | 10  Páginas

  • Estudo Dirigido Calculos

    – ESTUDO DIRIGIDO CÁLCULO DE MEDICAMENTOS Para preparar e administrar medicamentos, é preciso considerar 11 saberes, segundo Figueiredo et al (2003, p.173):  1. Saber quem é o cliente;  2. Saber quais são suas condições clínicas;  3. Saber seu diagnóstico;   4. Saber qual é o medicamento;  5. Saber as vias;  6. Saber as doses;  7. Saber calcular;  8. Saber as incompatibilidades;  9. Saber sobre interações medicamentosas, ambientais, pessoais e alimentares;  10. Saber sentir para identificar sinais e sintomas de ordem subjetiva; ...

    6840  Palavras | 28  Páginas

  • CÁLCULO DE DOSAGEM E DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS

     CÁLCULO DE DOSAGEM E DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS Prof. Rafael Celestino INTRODUÇÃO É fundamental que o enfermeiro e sua equipe tenham bom conhecimento dos princípios básicos de matemática, uma vez que qualquer erro de cálculo pode ser extremamente prejudicial; Um erro de cálculo da dose máxima (maior quantidade de medicamento capaz de produzir ação terapêutica sem causar efeito tóxico) pode ser...

    1935  Palavras | 8  Páginas

  • Exercicio de fixação calculos

    |Sonda vesical de alivio | | 2. Medicações e vias de administração. VIAS DE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAÇÃO |VIAS |VOLUME |LOCAIS |ÂNGULO DA AGULHA |MATERIAIS P/ADMINISTRAÇÃO | |SC | | | ...

    677  Palavras | 3  Páginas

  • Erros de medicação

    Farmácia Hospitalar ERROS DE MEDICAÇÃO Tânia Azevedo Anacleto Mário Borges Rosa Hessem Miranda Neiva Maria Auxiliadora Parreiras Martins FARMACOVIGILÂNCIA HOSPITALAR: Como implantar 1. INTRODUÇÃO Os eventos adversos relacionados a medicamentos podem levar a importantes agravos à saúde dos pacientes, com relevantes repercussões econômicas e sociais1. Dentre eles, os erros de medicação são ocorrências comuns e podem assumir dimensões clinicamente significativas e impor custos...

    10120  Palavras | 41  Páginas

  • Calculo Renal

     CÁLCULO RENAL OU UROLITÍASE O que é cálculo renal? A urolitíase ou cálculo renal (pedra no rim) desenvolve-se quando o sal e as substâncias minerais contidas na urina formam cristais, os quais aderem-se uns aos outros crescendo em tamanho. Estes cristais usualmente são removidos do corpo pelo fluxo natural da urina, mas em certas situações, aderem ao tecido renal ou localizam-se, em áreas de onde não conseguem ser removidos. Estes cristais podem crescer variando desde o tamanho de um grão de...

    1496  Palavras | 6  Páginas

  • Cálculo renal

    químicas que inibem a formação de cálculos, porém estes podem não funcionar bem em todas as pessoas. Os rins devem manter a quantidade de água necessária ao corpo e ao mesmo tempo remover substâncias não necessárias. Quando há um desequilíbrio no balanço entre líquidos e substâncias sólidas dissolvidas na urina, a mesma fica sobrecarregada, formando-se pequenos cristais, que não se dissolvem. Estes cristais começam a se agregar em camadas para formar um cálculo, que pode crescer por meses ou mesmo...

    1355  Palavras | 6  Páginas

  • Medicação

    acufenos. O uso prolongado e em dose excessiva pode predispor a nefro toxicidade. Podem induzir bronco espasmo em pacientes com asma, alergias e pólipos nasais. Cuidados de enfermagem: Tomar 30 minutos antes, ou 2 horas após as refeições. Tomar a medicação com água e não deitar durante os 15 ou 30 minutos depois de tomar o medicamento. Aciclovir Vias de administração: V.O, I.V, Tópica. Indicação: medicamento para o tratamento de infecções cutâneas pelo vírus do herpes simples, inclusive...

    9082  Palavras | 37  Páginas

  • calculos de medica o

    heparina para o cliente da enfermaria A. No posto de enfermagem existem frascos de 5.000U/ml. A quantidade a ser administrada será: A. 0,5ml B. 0,6ml C. 1,0ml D. 3,5ml E. 5,0ml 03. Para administrar 2.500ml de soro glicosado a 5%, em 24 horas, o cálculo em gotas por minuto deverá ser de: A. 15 gts/min B. 27 gts/min C. 30 gts/min D. 35 gts/min E. 50 gts/min 04. Para administrar 150mg de ampicilina dispõe-se de frasco de 1,0 gramas que deverá ser diluído em 10ml de água destilada. Qual o volume a...

    10599  Palavras | 43  Páginas

  • Calculo de medicamento

    Cefalotina 600mg EV Tenho frasco de 1g  10ml ------ 1000mg x ------ 600mg 1000x= 6000 x= 6000/1000 x=6ml Prescrição Médica: 50 gts de uma medicação X para um paciente internado, temos a disposição seringa de 10 ml. Como devo proceder ?   20 gotas---------1 ml 50 gotas--------- X ml 50=20x 20x=50 x= 50:20 x= 2,5 Devo aspirar 2,5 ml da medicação. Prescrição Médica: 30UI de insulina, Tenho frasco com 100 UI/ml e seringas de 3ml quanto devo aspirar? 100UI---------1 ml 30UI-------- X...

    1354  Palavras | 6  Páginas

  • Calculo renal

    expelidos pelo organismo. O cálculo renal, ou pedra nos rins, é uma massa dura formada por cristais que se separam da urina e se unem para formar pedras. Sob condições normais, a urina contém substâncias que previnem a formação dos cristais. Entretanto, esses inibidores podem se tornar ineficientes causando a formação dos cálculos. 2-IDENTIFICAÇÃO Paciente: I. A. F; Data de nascimento: 29/11/1959; Indicada cirurgia: Nefrostomia Percutânea. 3- DEFINIÇÃO Cálculos urinários são pedras dentro...

    2064  Palavras | 9  Páginas

  • Exame Físico e Cálculos de medicações

    Exame Físico e Cálculos de medicações Dr. JOSÉ LINO DE QUEIROZ - Biomédico - Quais são os procedimentos do método clínico (exame físico e anamnesia)? a) a entrevista b) a inspeção c) a palpação d) a percussão e) a ausculta f) o uso de alguns instrumentos e aparelhos simples. - Qual é a ordem dos procedimentos do método clinico (exame físico e anamnesia) que deverá ser seguida na realização do exame físico ou clinico? 1º - a inspeção 2º - a ausculta 3º - a palpação 4º - a...

    1701  Palavras | 7  Páginas

  • calculo

     CÁLCULOS DE DROGAS E SOLUÇÕES Somar: 1) 0,24 + 2,631= 4) 0,0005 + 25,84 = 7) 249,658 + 200,58 + 0,22 = 2) 1,78 + 0,2 = 5) 4821,36 + 2,003 = 8) 0,123 +1,123 + 2,12 = 3) 32,32+ 0,08 = 6) 0,009 + 0,0 2 = 9) 817,1 +95,64 + 6005,489 = Multiplicar: 1) 234, x 0,4 = 4) 0,0005 x 0,03= ...

    2052  Palavras | 9  Páginas

  • calculo renal

    INTRODUÇÃO Antes de começar a falar sobre litíase renal ou cálculo renal como é mais conhecido, se torna importe realizar um breve discorrido sobre o aparato urinario. Antes de empezar a hablar de cálculos renales o piedras en el riñón como se le conoce, es importante hacer un breve resumen del aparato urinario. O sistema urinário é constituído pelos órgãos uropoético, isto é, incumbidos de elaborar a urina e armazená-la temporariamente até a oportunidade de ser eliminada para o exterior. El...

    2904  Palavras | 12  Páginas

  • Calculo de medicação

    solvente em 20 soluto | |1: 10.000 = 1 g em 1000ml |utilizadas em soro, cloreto de sódio Nacl | 1) CÁLCULO DE GOTEJAMENTO FÓRMULAS: |GOTAS EM HORAS |MICROGOTAS EM HORAS | | V = VOLUME EM ML ...

    6095  Palavras | 25  Páginas

  • CALCULO DE DOSES

    FERRARI, Carlos Kusano Bucalen**; DAVID, Flavia Lucia*** Resumo Este artigo revisa os fundamentos da farmacoterapia para pacientes pediátricos, discutindo questões importantes como maturação e fisiologia da criança e suas relações farmacoterapêuticas, cálculo de doses, riscos toxicológicos, interações medicamentosas, antibioticoterapia e uso de medicamentos off label. Os princípios para o uso racional dos medicamentos em pediatria são enfocados neste artigo. A posologia pediátrica ainda é muito derivada...

    6188  Palavras | 25  Páginas

  • Curativos

    questão não foi dado o diluente então por se tratar de antibiótico usa-se 10ml sendo que 2ml será da medicação e 8ml seram acrescentados. 1. 2º passo: montar regra de três 5.000.000_____________10ml = 3.000.0000 x 10 / 5.000.000 = 30.000.000/ 5.000.000 = 6ml 3.000.000_____________x 1. 3º passo: formular a resposta de acordo com a pergunta R= A dose a ser administrada é de 6ml da medicação prescrita 2º Foi prescrito Gentamicina para a menor Marina. Sabendo-se que a dose indicada é de 7...

    1542  Palavras | 7  Páginas

  • Erro de medicaçoes

    Erros de Medicação Definições e Estratégias de Prevenção CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO ESTADO DE SÃO PAULO – COREN-SP REDE BRASILEIRA DE ENFERMAGEM E SEGURANÇA DO PACIENTE – REBRAENSP – POLO SÃO PAULO SÃO PAULO – 2011 Manual originado da Dissertação de Mestrado “Erros de Medicação Notificados em uma Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos para Atendimento de Pacientes Oncológicos”, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UNIFESP, em 2008...

    5795  Palavras | 24  Páginas

  • Calculo numerico

     UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA DE MATERIAIS Disciplina: Calculo Numérico Professor: Marcelo Barros Aluna: Ingrid Pereira da Silva Matrícula: 112150266 Mini Projeto Campina Grande, PB - 09 de Setembro de 2013. Sumário Descrição do Problema............................................................................

    3171  Palavras | 13  Páginas

  • Manual de administração de medicamentos

    ESTUDO DE ADMINISTRAÇÃO E CÁLCULO DE MEDICAMENTOS NA ENFERMAGEM ELABORAÇÃO: Profª Esp. Simone Mourão Abud Profª Esp. Aline Aparecida Bianchi VÁRZEA GRANDE – MT 2009 P ágina |1 Abud, Simone Mourão; Bianchi, Aline Aparecida Manual de introdução ao estudo de administração e cálculo de medicamentos na enfermagem/ Simone Mourão Abud; Aline Aparecida Bianchi. Várzea Grande, 2009. 1. Enfermagem. 2. Administração de Medicamentos. 3. Procedimentos de Enfermagem. 4. Cálculo de Medicamentos P...

    10206  Palavras | 41  Páginas

  • Trabalho Pronto

    atua causando danos ao DNA das células. Dosagem De Medicamento Profissionais de saúde aprendem a fazer cálculos de dosagem, porque a maioria dos remédios vêm em muitos diferentes dosagens e farmácias sempre não têm-los todos em estoque. Cálculo de dosagens médicas envolve o uso de álgebra básica para converter a dosagem que aparece na ordem de medicação que deseja preencher para a dosagem da medicação que você tem em estoque. Pesquisadores do departamento de farmacologia em Koirala Instituto de Ciências...

    721  Palavras | 3  Páginas

  • Como usar matem tica em carreiras da rea de sa de

    quantidades normais da medicação dada. Use uma balança precisa para medir o peso do paciente. Insira o peso encontrado na equação dada para determinar a quantidade apropriada de medicação para administrar. Faça as conversões necessárias para obedecer a equação. Peça para outro membro da equipe para verificar seus cálculos para prevenir erro médico. Aprenda o método de razão/proporção assim como o método de análise dimensional para uma maior confiança e precisão em seus cálculos. Médicos, enfermeiros...

    814  Palavras | 4  Páginas

  • ANHANGUERA

    adequação da prescrição e a dose do medicamento e que esteja disponível para esclarecimento de dúvidas nas outras etapas do processo de medicação. ERRO DE OMISSÃO; Implementar a prática de verificação dos certos da terapia medicamentosa: medicamento certo (confirmar o medicamento com a prescrição e conferir três vezes o rótulo), dose certa (esclarecer dúvidas e confirmar cálculos), via certa, horário certo, paciente certo (utilizar dois identificadores para cada paciente), anotação certa. Certificar-se de...

    1295  Palavras | 6  Páginas

  • Daquele jeito

    Concursos de Psiquiatria/ Saúde Mental/ Neurologia - página 4  O Miniexame do Estado Mental, indicado para avaliação de funções cognitivas, utiliza diversos critérios, como   Parte superior do formulário  a) orientação temporal e espacial.  b) cálculo e leitura de texto.  c) redação de texto e memorização.  d) repetir e memorizar a frase: “O rato roeu a roupa do rei de Roma”.  e) pegar um papel quadrado, dobrá-lo ao meio e escrever o nome com olhos fechados. Parte inferior do formulário ...

    1460  Palavras | 6  Páginas

  • Gota

    .......................................4 QUEM CONTRAI GOTA? ..........................................5 DIAGNÓSTICO ........................................................5 TRATAMENTO ..........................................................6 Medicação ............................................................6 Dieta ..................................................................10 A ARTHRITIS FOUNDATION ..................................12 Esta brochura foi revisada pelo COLÉGIO AMERICANO...

    2594  Palavras | 11  Páginas

  • Colestiramina

    50% dos casos (costuma ser leve e transitória, mas pode ser severa e resultar em incontinência fecal). Hemorragia digestiva, úlcera péptica. Perda de peso repentina (esteatorréia, síndrome de má-absorção). Epigastralgia severa, náuseas, vômitos (cálculos biliares, pancreatite). Pirose gástrica, aerofagia, distensão abdominal, diarréia. Precauções. Suspender em líquidos antes de ingeri-la. Não ingerir outros medicamentos antes de consultar o médico. Recomenda-se suspender o tratamento caso ocorra...

    630  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho de gestão de processos

    |“Requisição de exame” e “SADT" | |sobre o procedimento a| |1. Se for necessário ministrar medicação: Encaminha para | | |ser seguido. | |o Posto de Enfermagem do PA, informando que após a | | | | |medicação está liberado, porém deve retornar a Recepção | | | | ...

    3229  Palavras | 13  Páginas

  • Ressonacia magnetica

    1. Os cinco certos da medicação são: a. Via certa, dose certa, medicação certa, hora certa e paciente certo. b. Via certa, medicação certa, paciente certo, hora certa e equipamento certo. c. Dose certa, via certa, hora certa, paciente certo e prescrição certa. d. Medicação certa, paciente certo, seringa certa, via certa e hora certa. e. Medicação certa, agulha certa, seringa certa, via certa e hora certa. 2. Via parenteral significa: a. Via que tem contato com a corrente sanguínea. ...

    909  Palavras | 4  Páginas

  • Estudo

    Cálculo de Gotejamento Se o tempo prescrito for dado em horas devemos usar as seguintes fórmulas: Se for usado equipo de microgotas: |V T | (o volume dividido pelo tempo, neste caso o número de horas). Se for usado equipo de macrogotas: |V | |T x 3 | (o volume dividido pelo tempo multiplicado por três, multiplica-se primeiro o número de horas por 3 para depois dividir o volume por esse número que deu). Exemplo: Foram prescritos 500 ml de SF...

    2208  Palavras | 9  Páginas

  • Administração de medicamentos na enfermagem

    efeitos e reações dos fármacos, além de ter a competência e a habilidade para administração das medicações, passando ao paciente confiança e segurança, minimizando a ansiedade e, consequentemente, aumentando a eficácia da medicação. Os cinco certos: Paciente certo. Medicação certa. Dosagem certa. Via de administração certa. Horário certo. Matemática aplicada Assimilar conceitos básicos em soluções e apresentações de medicamentos. Conhecer as quatro operações básicas. Conhecer a muito...

    5939  Palavras | 24  Páginas

  • enfermagem

    exploratório, com base em pesquisas bibliográficas com referências relacionadas ao tema proposto. Resultados: Na administração de uma medicação, deve-se levar em conta como principio básico o conhecimento acerca da via certa. Esse princípio exige da equipe de enfermagem a atenção em relação aos outros pontos determinantes do sucesso da administração como a cálculo da medicação, reconstituição, a incompatibilidade e os efeitos adversos ou colaterais que poderão ocorrer. Conclusão: É evidente que o conhecimento...

    5795  Palavras | 24  Páginas

  • Indicadores de qualidade

    de São Paulo e de outros da Federação, temos como indicadores de qualidade os descritos a seguir. 1.1 - Incidência de Queda de Paciente Definição: relação entre o número de quedas e o número de pacientes-dia, multiplicado por 1000. Fórmula para Cálculo: Incidência de Queda de Paciente = nº de quedas X 1000 nº de pacientes dia Responsável pelo dado: Enfermagem Freqüência de Levantamento: (...

    1083  Palavras | 5  Páginas

  • Farmacologia relatório

    trazer conseqüências fatais para o paciente. Por isso é indispensável que os profissionais dessa área tenham muito conhecimento, consciência e uma atuação extremamente cuidadosa. O cálculo de medicação é o método pelo qual se calcula a quantidade de medicamento a ser administrado, para que o paciente receba medicação na dose prescrita. Nos medicamentos em forma de solução considera-se soluto a substância a ser dissolvida no solvente, normalmente água destilada ou soro fisiológico. Para calcular...

    588  Palavras | 3  Páginas

  • Medicamentos

    ADVERSO: São considerados como resposta grave a um medicamento. Ex: Um paciente torna-se comatoso ao ingerir um fármaco. EFEITO TÓXICO: Pode se desenvolver após o uso prolongado de um medicamento. REAÇÕES ALÉRGICAS:É uma reação imprevisível de uma medicação As reações podem ir de leve a grave, como por exemplo o choque anafilático ( constrição do músculo brônquico, edema de faringe e laringe, chiado, encurtamento respiratório). RECEITA: Prescrição escrita de medicamento, contendo nome do paciente, do...

    5701  Palavras | 23  Páginas

  • Assitência de enfermagem a paciente com cólica nefrética estudo de caso

    infecção pode ocorrer a partir da irritação constante causada pelo cálculo. Os cálculos são formados no trato urinário quando as concentrações urinárias de substâncias como o oxalato de cálcio, fosfato de cálcio e ácido úrico, aumentam. Isso é referido como a supersaturação e depende da quantidade de substância e existe uma deficiência de substâncias que, normalmente, impedem a cristalização na urina, como citrato, magnésio. Os cálculos podem ser encontrados em qualquer ponto a partir do rim até a bexiga...

    5235  Palavras | 21  Páginas

  • Iatrogenias

    55 / Rev. Soc. Bras. Enferm. Ped. v.5, n.1, p. 55-61 São Paulo, julho de 2005 ARTIGO DE REVISÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO DE ERROS DE MEDICAÇÃO EM PEDIATRIA: PRESCRIÇÃO INFORMATIZADA, CÓDIGO DE BARRAS E BOMBAS DE INFUSÃO INTELIGENTES Mavilde L. G. Pedreira1 Maria Angélica Sorgini Peterlini1 Maria de Jesus Castro Souza Harada 1 Resumo Enquanto os profissionais da indústria começaram a perceber que erros podem ser eventos evitáveis, no sistema de saúde alguns continuam a...

    3742  Palavras | 15  Páginas

  • Estudo de caso sobre cólica renal ou nefrética

    infecção pode ocorrer a partir da irritação constante causada pelo cálculo. Os cálculos são formados no trato urinário quando as concentrações urinárias de substâncias como o oxalato de cálcio, fosfato de cálcio e ácido úrico, aumentam. Isso é referido como a supersaturação e depende da quantidade de substância e  existe uma deficiência de substâncias que, normalmente, impedem a cristalização na urina, como citrato, magnésio. Os cálculos podem ser encontrados em qualquer ponto a partir do rim até a bexiga...

    5182  Palavras | 21  Páginas

  • Enfermagem

    Medicina, Ribeirão Preto, 33: 322-330, jul./set. 2000 ARTIGO ORIGINAL ERROS NA MEDICAÇÃO: ANÁLISE DAS SITUAÇÕES RELATADAS PELOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM* MEDICATION ERRORS : ANALYSIS OF SITUATIONS REPORTED BY NURSING STAFF Viviane Tosta de Carvalho1 & Silvia Helena De Bortoli Cassiani2 1 Enfermeira. Mestre pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP; 2Docente do Departamento de Enfermagem Geral e Especializada da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP. CORRESPONDÊNCIA: Viviane...

    5344  Palavras | 22  Páginas

  • Sistema para Controle de Alimentação de Diabéticos

    se resumir apenas ao controle da glicemia de jejum e da hemoglobina glicada, mas também da glicemia pós-prandial. O tratamento de um diabético DM ou tipo 1 é realizado visando um bom plano alimentar, prática de atividades físicas regularmente, medicação e rastreamento. O plano alimentar é um ponto fundamental do tratamento de qualquer tipo de paciente diabético. O objetivo geral é de auxiliar o indivíduo a fazer mudanças em seus hábitos alimentares, permitindo um controle metabólico adequado. Estabeleça...

    6146  Palavras | 25  Páginas

  • Atuação do enfermeiro frente a redução de iatrogenia com medicações

    mesmos. O erro cometido pela equipe de enfermagem consiste na ação não intencional mediante as falhas, que ocorrem durante a assistência do cliente, que poderá ser cometido por qualquer integrante da área da saúde, como por exemplo, no manuseio de medicação (SANTANA et al. 2012). Uma das áreas com mais eficiência, é a área da ciência da saúde, sendo capaz de trazer longevidade e qualidade de vida ao cliente, sendo sua busca mais constante a cura de doenças. Os profissionais da área da saúde estão...

    4367  Palavras | 18  Páginas

  • Uso de medicamentos anti-inflamatórios esteroidais

    Imediatamente antes de administrar o medicamento ao paciente. Dose Certa- comparar a dose prescrita do medicamento com a especificada nos livros de referência disponíveis no posto de enfermagem; conclua os cálculos do medicamento como indicado. Paciente Certo-sempre confira antes de preparar a medicação o nome e sobrenome do paciente, número do quarto e leito. Se possível solicite ao mesmo dizer o nome. Via Certa: tenha certeza na via de aplicação no medicamento conforme prescrito, mesmo o médico oferecendo...

    679  Palavras | 3  Páginas

  • trabalho fabiana prof claudia pronto

    visualização do trajeto da bile desde o fígado até o duodeno e permite identificar eventuais obstruções dos canais por onde a bile passa, bem como outras lesões, estenoses ou dilatação desses ductos. Esses canais podem ser obstruídos por tumores, cálculos biliares, parasitas ou corpo estranho. A colangiografia pode ser endovenosa, endoscópica, intra ou pós-operatória. Em que consiste cada tipo de colangiografia: A colangiografia endovenosa: Consiste em administrar um contraste na corrente sanguínea...

    1227  Palavras | 5  Páginas

tracking img