Brasil Na Primeira Metade Do Século Xx artigos e trabalhos de pesquisa

  • o modernismo na segunda metade do seculo xx

    SILVA MIRELA OLIVEIRA DA SILVA O MODERNISMO BRASILEIRO NA 2ª METADE DO SÉCULO XX ITAPEVI - SP 2013 JULIANA DANTAS DA ITAPEVI – SP 2013 SUMÁRIO 1. Introdução 1 2. O Modernismo Brasileiro Na 2ª Metade Do Século XX 2 3. O Modernismo No Brasil 3 4. O Modernismo De Ferreira Gullar 3 5. Obras de Ferreira Gullar 4 Poesia 4 Poemas...

    1802  Palavras | 8  Páginas

  • A EXPANSÃO DAS ESCOLAS DE ENFERMAGEM NO BRASIL NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX

    A EXPANSÃO DAS ESCOLAS DE ENFERMAGEM NO BRASIL NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX O ensino de Enfermagem surge no Brasil no final do século passado ante um processo de confronto de poderes entre Estado, igreja e medicina. Sua institucionalização se efetivou somente trinta anos depois da criação da Escola de Enfermeiras do Departamento Nacional de Saúde Pública (DNSP) em 1923, seguindo modelo inglês de Florence Nightingale, porém importado dos EUA. O objetivo da criação da escola foi responder...

    1456  Palavras | 6  Páginas

  • SOLUÇÕES DE ENGENHARIA PARA HABITAÇÃO NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX – BRASIL

    HABITAÇÃO NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XXBRASIL Aluna: Renata Camila Professor: Sílvio Xavier Santos BELO HORIZONTE 2012 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como tema as Soluções de Engenharia para Habitações, utilizadas na primeira metade do século XX no Brasil. A importância da realização dessa atividade é conhecer um pouco da história da construção civil no país, a partir dos conceitos e materiais mais comumente utilizados no início do século passado. O objetivo...

    3782  Palavras | 16  Páginas

  • Democracia das elites no Brasil do século XX

    DAS ELITES DO BRASIL NO SÉCULO XX1 Afonso Carlos Pereira Lima Resumo: Discutir a democracia no Brasil a partir da perspectiva do debate de Boaventura, da parte inicial do seu livro Democratizar a Democracia, com enfoque na trajetória da história da democracia no país, dos seus autores principais, que no nosso entendimento seriam as elites econômicas e políticas que circularam o poder central do país no século XX é a pretensa proposta desse trabalho. Que enfatiza que se, no século passado o debate...

    2807  Palavras | 12  Páginas

  • Formação econômica do brasil

    Formação Econômica do Brasil – Celso Furtado l O início da ocupação econômica do território brasileiro no século XV se deu devido uma pressão que sofria Portugal e Espanha pelas demais nações européias, que resultou no Tratado de Tordesilhas e foi baseada na busca de ouro. As terras brasileiras não eram de fácil exploração de metais preciosas, mas precisava produzir recursos capazes de defender as terras conquistadas e assim, tem início a exploração agrícola no Brasil. A cultura da cana-de-açucar...

    515  Palavras | 3  Páginas

  • Urbanização do Brasil

    Urbanização do Brasil: Consequências e características das cidades Urbanização é o aumento proporcional da população urbana em relação à população rural. Segundo esse conceito, só ocorre urbanização quando o crescimento da população urbana é superior ao crescimento da população rural. Somente na segunda metade do século XX, o Brasil tornou-se um país urbano, ou seja, mais de 50% de sua população passou a residir nas cidades. A partir da década de 1950, o processo de urbanização no Brasil tornou-se...

    1094  Palavras | 5  Páginas

  • Fatos marcantes do século xx

    O BRASIL AO LONGO DO SÉCULO XX ALGUNS FATOS ESTILIZADOS CAMPINA GRANDE DO SUL 2012 EVERSON FERNANDO DA CONCEIÇÃO FLAVIA PEREIRA JOCEMARA PEREIRA JOSE ACIR DOS SANTOS LUCCA GIOVANNI LEMOS ...

    1064  Palavras | 5  Páginas

  • Brasil: modernidade e “atraso”. Representações do povo brasileiro nas primeiras décadas do século XX

    O Brasil nas primeiras décadas do século XX vivenciava o desejo de se tornar uma nação civilizada e moderna, inspirada nas civilizações européias, principalmente na França. O país iniciaria um processo de reforma urbana, tomando como exemplo a reforma que a cidade de Paris sofrera na metade do século XIX. Com o intuito de promover para o Brasil, não só transformações nos espaços físicos de suas cidades, e sim construir novos hábitos, que eram comuns em países civilizados como a França. O Rio de...

    1009  Palavras | 5  Páginas

  • A CONSTRUÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL NO SÉCULO XX E INÍCIO DO SÉCULO XXI

    DISCIPLINA – FORMAÇÃO INTEGRAL EM SAÚDE PROFESSOR - DOUGLAS ANGEL 2º PERÍODO A CONSTRUÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL NO SÉCULO XX E INÍCIO DO SÉCULO XXI RESENHA Bruna Crislayne Jussara Krishina Marcelo Souza Sara Cristine Zenaide Gusmão Rio Branco, AC, Brasil 2013 A construção da Saúde Pública no Brasil no Século XX e início do Século XXI Os problemas de saúde vividos pelo homem vinculam-se a organização comunitária, e a estrutura social desenvolvida...

    1583  Palavras | 7  Páginas

  • A Educa O Infantil No Brasil No S Culo XIX

    Tabela Educação Infantil no Brasil no século XIX e XX A educação infantil no Brasil no século XIX. A história da educação infantil no Brasil no XIX era bastante difícil, pois o atendimento de crianças pequenas longe da mãe em instituições como creches ou parques infantis praticamente não existia no Brasil. No meio rural, onde residia a maior parte da população do país na época, famílias de fazendeiros assumiam o cuidado das inúmeras crianças órfãs ou abandonadas. Já na zona urbana...

    522  Palavras | 3  Páginas

  • História da Profissão Docente no Brasil

    MARINA DE OLIVEIRA SOUSA História da Profissão Docente no Brasil - 2013 A profissão docente emerge na Idade Moderna (séculos XVI e XVII). Os primeiros professores foram cléricos e leigos, que eram influenciados pelas crenças religiosas. Com a revolução das ideias do século XVIII, no período conhecido como Iluminismo, surgiram alguns reformadores com discussões acerca do perfil do professor, quem o poderia ser e a qual autoridade deveria pertencer. Nesse momento começa um processo de universalização...

    838  Palavras | 4  Páginas

  • ATRASO E MODERNIDADE NO CAPITALISMO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA POLÍTICA E DA ECONOMIA NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO

    ATRASO E MODERNIDADE NO CAPITALISMO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA POLÍTICA E DA ECONOMIA NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX.1 Diego Gomes Ferioto2 Resumo: O presente trabalho pretende realizar uma discussão teórica sobre o Brasil nos primórdios do século XX, mais precisamente recortando o período compreendido entre o fim do Império no século XIX e as primeiras décadas do século XX. Com ênfase nas discussões de conceitos como modernidade tardia, industrialização e partidarismo. Partindo...

    2066  Palavras | 9  Páginas

  • Argentina e uruguai seculos xix e xx

    políticas, sociais nos séculos XIX e XX. Argentina Em 1806, os ingleses invadem e tomam a cidade de Buenos Aires. Começa a resistência Argentina ao invasor inglês. Em 1807, a coroa inglesa envia à região um reforço de 11 mil soldados para combater a resistência. - A campanha de Independência da Argentina foi liderada por San Martin, sendo conquistada em 1816. - A Primeira Constituição da Argentina foi promulgada em 1853. - Entre 1865 e 1879, a Argentina uniu-se ao Brasil e Uruguai para lutar...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • A arte da primeira metade sec.20

    do seA Arte Da Primeira Metade Do Séc. XX Em relação ás tendências artísticas da primeira metade do século xx, Expressionismo, Fauvismo, Cubismo, Abstracismo, Surrealismo e Futurismo, Destaque: A) Uma característica de cada um deles; Expressionismo - Preferência pelo patético, trágico e sombrio Fauvismo - A temática não é relevante, não tendo qualquer conotação social, política ou outra Cubismo - Geometrização das formas e volumes Abstracismo - Compreensão da pintura como meio de emoções...

    792  Palavras | 4  Páginas

  • Principais correntes imigratórias para o Brasil

    imigratórias para o Brasil Os imigrantes no Brasil, sem contar os portugueses que estão espalhados por todo país, estão basicamente separados por regiões, a maioria deles chegou por volta de 1808, vésperas da independência. Nos séculos inicias da descoberta do Brasil os a entrada de estrangeiros no Brasil era proibida pela legislação portuguesa no período colonial, mas isso não impediu que chegassem espanhóis entre 1580 e 1640, eles começaram ficando pela região sul do Brasil Na região norte há...

    762  Palavras | 4  Páginas

  • Atividades Físicas no Brasil Império

    Atividades Físicas no Brasil Império Apesar de não ter ocorrido de maneira contundente, O início do desenvolvimento cultural da Educação Física no Brasil ocorreu no período do Brasil império. Pois foi nessa época que surgiram os primeiros tratados sobre a Educação Física. Em 1823, Joaquim Antônio Serpa, elaborou o “Tratado de Educação Física e Moral dos Meninos”. Esse tratado pressupunha que a educação englobava a saúde do corpo e a cultura do espírito, e considerava que os exercícios físicos...

    576  Palavras | 3  Páginas

  • economia alema na metade so sec XX

    A economia internacional no século XX: um ensaio de síntese Paulo Roberto de Almeida Doutor em ciências sociais pela Universidade de Bruxelas. Diplomata de carreira, MinistroConselheiro na Embaixada do Brasil em Washington RESUMO Ensaio sobre as grandes tendências da economia mundial no século XX, com ênfase nas transformações estruturais e institucionais de sua primeira metade, na expansão e crise da economia internacional no pós-Segunda Guerra e nas características do processo de globalização...

    3571  Palavras | 15  Páginas

  • QUADRO DA ARQUITETURA NO BRASIL -Resumo

    mais amplo das referencia básicas do esquema das transformações do quadro arquitetônico no Brasil. Bem como traça uma linha da evolução arquitetônica e urbanística que vai do no século XIX ao século XX. Outro tema a ser abobadado, será aperfeiçoamento das técnicas construtivas, que traz a trajetória do século XIX dando uma nova estrutura urbana, uma nova perspectiva do uso do solo urbano no século XX. E por fim um comparativo da desigualdade social refrente, a exploração da mão de obras e...

    6258  Palavras | 26  Páginas

  • Primeira avaliação a distância de introdução ao turismo

    CEDERJ-CEFET/RJ CAMPUS: DUQUE DE CAXIAS Curso de Tecnologia em Gestão de Turismo Primeira Avaliação a Distância de Introdução ao Turismo NOME: MATRÍCULA: DUQUE DE CAXIAS, 2013 QUESTÃO 1: Faça uma resenha crítica dividida em dois tópicos, o primeiro composto do Módulo 1, das aulas 1 e 2, e o segundo composto das aulas 3 e 4 do Livro Didático. Aborde os principais conteúdos do texto. (Máximo 4 laudas) Não há dúvidas que o Turismo é uma atividade lucrativa e vantajosa, que...

    1475  Palavras | 6  Páginas

  • A imdustrialização do brasil

    INTRODUÇÃO Enquanto o Brasil foi colônia de Portugal (1500 a 1822) não houve desenvolvimento industrial em nosso país. A metrópole proibia o estabelecimento de fábricas em nosso território, para que os brasileiros consumissem os produtos manufaturados portugueses. Mesmo com a chegada da família real (1808) e a Abertura dos Portos às Nações Amigas, o Brasil continuou dependente do exterior, porém, a partir deste momento, dos produtos ingleses. Diversos países, como Argentina, México e Brasil, iniciaram o...

    1990  Palavras | 8  Páginas

  • formação socio historica do Brasil

    Formação econômica do Brasil – Celso Furtado Capitulo XXV – Níveis de renda e ritmo de crescimento na segunda metade do século XIX O presente trabalho é sobre os níveis de renda da economia brasileira e o ritmo de crescimento desta, na segunda metade do século XIX. Mais precisamente, trata do alto crescimento econômico durante o período, onde houve um aumento de 214 por cento das exportações; o fato do Nordeste ter sido o menos favorecido pelo crescimento, tendo uma baixa renda per capita; o crescimento...

    2188  Palavras | 9  Páginas

  • Seculo xx historia da arte

    HISTÓRIA DA ARTE Século XX: Um Século de Artes, Letras, Ideias e Realizações. Abaporu – Tarsila do Amaral Aluna: Fabiana Nogueira 2012 Sumário Introdução .......................................................................................................... 3 Desenvolvimento desse Trabalho: Eventos e Conquistas do século XX ........................................................ 4 Cultura e Entretenimento .............................................................

    7119  Palavras | 29  Páginas

  • O envelhecimento do Brasil

    Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG Instituto de Ciências Sociais Aplicadas – ICSA Letícia Silva Rosário O envelhecimento do Brasil Varginha/MG 2014 RESUMO O objetivo desse trabalho foi de analisar os motivos que levaram o Brasil a apresentar um aumento no número de idosos no país. Assim, levou-se em considerações e meios de estudos tabelas e gráficos demonstrativos e tópicos sobre fecundidade, mortalidade e também...

    2155  Palavras | 9  Páginas

  • Transformações do século XX e Surrealismo

    FATEA – FACULDADES INTEGRADAS TERESA D’AVILA CAIO NUNES, CAMILLE FLORENCE, LARISSA E MARINA MULINARI SURREALISMO E TRANFORMAÇÕES DO SÉCULO XX Lorena- SP 2014 CAIO NUNES, CAMILLE FLORENCE, LARISSA E MARINA MULINARI SURREALISMO E TRANSFORMAÇÕES DO SÉCULO XX Dissertação apresentada ao curso de graduação em Letras, em História da Arte, da FATEA – Faculdades Integradas Teresa D’avila, com objetivo à obtenção...

    4152  Palavras | 17  Páginas

  • Processo de Industrialização da Europa e no Brasil

    Processo de Industrialização na Europa e no Brasil ②⑨⑩ ③⑤ ④⑥⑦⑧ ←­­__|_­___­­­­­­­­­_______________|__­_________________|_­__________________|_­__________________|_­______________→ XVI XVII XVIII ...

    707  Palavras | 3  Páginas

  • História do teatro no brasil

    História do teatro no Brasil séc. 17 ao 19 O teatro brasileiro surgiu quando Portugal começou a fazer do Brasil sua colônia. Os Jesuítas, com o intuito de catequizar os índios, trouxeram não só a nova religião católica, mas também uma cultura diferente, em que se incluía a literatura e o teatro. Aliada aos rituais festivos e danças indígenas, a primeira forma de teatro que os brasileiros conheceram foi a dos portugueses, que tinha um caráter pedagógico baseado na Bíblia. Nessa época, o maior...

    2964  Palavras | 12  Páginas

  • Educação Infantil no Brasil

    A EDUCAÇÃO INFANTIL NO BRASIL        OS PRIMEIROS PASSOS DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL NO BRASIL  Educação Infantil: Fundamentos e Métodos/  Zilma Ramos de Oliveira - 2ª.edição - São Paulo: Cortez, 2005      A história da educação infantil em nosso país tem, de certa forma, acompanhado a história dessa área no mundo, havendo, é claro, características que lhe são próprias. Até meados do século XIX, o atendimento de crianças pequenas longe da mãe em instituições como creches ou parques infantis...

    609  Palavras | 3  Páginas

  • o quadro da arquitetura no brasil

    Quadro da Arquitetura no Brasil Nestor Goulart Reis Filho 1. Lote Urbano e arquitetura Em cada época, a arquitetura é produzida e utilizada de um modo diverso, relacionando‐se uma forma característica com a estrutura urbana em que se instala. Um traço característico da arquitetura urbana é a relação que a prende ao tipo de lote em que esta implantada. A perspectiva que queremos destacar é, portanto, a da interdependência entre arquitetura e lote urbano, quando são amadurecidos pelas tradições...

    3560  Palavras | 15  Páginas

  • Aculturação dos indigenas no seculo XX

    formulação e na execução desta política. A partir de 1755 com o “Regimento Pombalino”, ocorre grande perda de poder junto aos índios por parte da igreja. Pombal coloca uma política de modernização do Estado português e da definição de suas fronteiras no Brasil, o que promove uma política de miscigenação física e cultural mais abertamente das populações indígenas. O “Regimento Pombalino” foi abolido pelo Príncipe Regente e futuro rei D. João VI em 1798, sendo substituído por algumas normas que proibiam...

    1457  Palavras | 6  Páginas

  • Arte no Brasil

    artísticas do Brasil representam nossa cultura e mostram um processo histórico de evoluções e conquistas. As artes brasileiras representam manifestações culturais de ordem estéticas realizadas no Brasil. O processo de identidade artística brasileira é resultante da combinação de diversas etnias, como os caucasianos (italianos, alemães, portugueses, etc), negróides e mongólicos. A arte brasileira se manifesta nos mais diversos ramos, cada um deles com suas influências e características. Na primeira metade...

    3627  Palavras | 15  Páginas

  • Resumo Critico Pequena cronologia do desenvolvimento contábil no Brasil

     CONTABILIDADE I DESENVOLVIMENTO CONTÁBIL NO BRASIL INTRODUÇÃO O texto aborda o desenvolvimento contábil no Brasil, seus movimentos iniciais para a regulamentação de consolidação da profissão contábil, criação dos primeiros cursos de ensino e a implementação de um sistema de contabilidade pública. Na primeira metade do século XX, abordou os esforços pelo reconhecimento da profissão, discussões e ações para uma padronização contábil. O desenvolvimento...

    1144  Palavras | 5  Páginas

  • a Urbanização Brasileira no século XX

    falaremos sobre a Urbanização Brasileira no século XX. Mas vamos relembrar primeiro o que é Urbanização. Então, em palavras simples, a urbanização é quando o crescimento das cidades é maior que o crescimento do campo, ou seja, a urbanização é simplesmente o crescimento das cidades tanto em população quanto em expansão territorial. Sabemos a Inglaterra foi o primeiro país a se urbanizar, até porque ela foi o berço da Revolução Industrial. E ainda no século 19, outros países como a Alemanha, França...

    640  Palavras | 3  Páginas

  • PEREIRA Sonia Gomes. A arte no Brasil no século XIX e início do século XX.

    PEREIRA Sonia Gomes. A arte no Brasil no século XIX e início do século XX. Com a vinda da família real para a Colônia ocorre a abertura dos portos e o fim do pacto colonial, além do início de um investimento numa estrutura para a corte. Assim, ocorre a criação da Academia de Belas Artes, numa tentativa de atualizar e modernizar a Colônia que deveria se tornar a sede do governo. O período colonial havia sido mercado pela produção religiosa, porém nesse momento ocorre uma mudança de gosto influenciada...

    749  Palavras | 3  Páginas

  • crianças no século xx

    durante o século XX, no Brasil, tomando por base um conjunto de estudos que vêm sendo levados a efeito pelo Grupo de Pesquisa 'Família e Socialização' visando identificar continuidades e descontinuidades nessa evolução, e, através da descrição de como costumavam ser as relações dentro da família, em especial entre pais e filhos do início do século até o presente, desenhar a linha que seguiram as alterações e analisar o sentido que assumiram. Introdução Percebemos que o século XX foi o século...

    5542  Palavras | 23  Páginas

  • RESUMO QUADRO DA ARQUITETURA NO BRASIL, NESTOR GOULART REIS FILHO

    Disciplina: Docente: Aluno: Resumo do livro: REIS FILHO, Nestor Goulart. Quadro da Arquitetura no Brasil. 12ª ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 2013. O livro Quadro da Arquitetura no Brasil de Nestor Goulart Reis Filho (2013) faz um estudo sobre a arquitetura no Brasil desde os tempos coloniais até o século XX, destacando relações importantes entre os modelos de arquitetura e as estruturas urbanas, a evolução das cidades e da cultura brasileira. O intuito de Reis Filho é demonstrar que ...

    1695  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo formação econômica do brasil

    FORMAÇÃO ECONÔMICA DO BRASIL Celso Furtado Primeira Parte – Fundamentos econômicos da ocupação territorial Capítulo 1 - Da expansão comercial à empresa agrícola A ocupação das terras americanas é resultado do desejo europeu em expandir seu comércio. Portugal teve de encontrar mais que uma economia de extração de metais preciosos, resultando assim na exploração agrícola de nossas terras, que passaram a desempenhar papel integrante da economia europeia ao destinar seus produtos ao mercado europeu...

    7336  Palavras | 30  Páginas

  • Industrialização no brasil

    A INDUSTRIALIZAÇÃO NO BRASIL Nova Friburgo, 22 de Abril de 2013 Introdução O Brasil é considerado um país emergente ou em desenvolvimento, apesar disso está quase um século atrasado industrialmente e tecnologicamente em relação às nações como Inglaterra, Alemanha, França, Estados Unidos, Japão e outros. As indústrias no Brasil se desenvolveram a partir de mudanças estruturais de caráter econômico...

    1039  Palavras | 5  Páginas

  • Historia da arte no Brasil

    Historia da arte no Brasil Nossa arte brasileira é o termo utilizado para designar toda e qualquer forma de expressão artística produzida no Brasil, desde a época pré-colonial até os dias de hoje. Dentro desta ampla definição, estão compreendidas as primeiras produções artísticas da pré-história brasileira e as diversas formas de manifestações culturais indígenas, bem como a arte do período colonial, de inspiração barroca, e os registros pictóricos de viajantes estrangeiros em terras brasileiras...

    1919  Palavras | 8  Páginas

  • As origens do Turismo e do Patrimônio no Brasil 1a

    Turismo e Patrimônio Cultural no Brasil: 1ª Parte: As origens do Turismo e do Patrimônio no Brasil, das festividades coloniais à criação do SPHAN (Atual IPHAN). Texto Base: Haroldo Leitão Camargo. “Inventando o Patrimônio e o Turismo no Brasil”. In: Patrimônio Histórico e Cultural. São Paulo: Aleph, 2002, p. 67-99. 1. As origens do Turismo no Brasil: Para se pensar as origens do turismo e dos lugares de visitação turística no Brasil é preciso recuar até o início do século XIX, mas precisamente a 1808...

    4190  Palavras | 17  Páginas

  • Industrialização no Brasil

    Industrialização do Brasil O início da industrialização no Brasil ocorreu graças à produção cafeeira e aos capitais derivados dela. Diversos países, como Argentina, México e Brasil, iniciaram o processo de industrialização efetiva a partir da segunda metade do século XX, no entanto, o embrião desse processo no Brasil ocorreu ainda nas primeiras décadas de 30, momentos depois da crise de 29. Crise essa que ocasionou a falência de muitos produtores de café, com isso, a produção cafeeira entrou em...

    4448  Palavras | 18  Páginas

  • Trajetória do Pensamento Educacional Brasileiro nos séculos XIX e meados do século XX

    A mistura da filosofia ecletista e positivista resumiu toda a filosofia do Brasil ao longo do século XIX. No final deste século, o Brasil assistia ao declínio da doutrina positivista de Augusto Comte, que para alguns manteve-se, mas de forma difusa. Também nesse período, o país passava pela Abolição dos escravos, um dos momentos mais importantes da vida social e política brasileira. Chega ao país uma nova corrente, a do Evolucionismo de Charles Darwin e que esteve a serviço do Positivismo difuso...

    569  Palavras | 3  Páginas

  • A educação infantil européia no século XX

    A educação infantil europeia no século XX O século XX começou com vários passos dados em direção ao estudo científico da criança. O psicólogo francês Alfred Binet defendeu, em 1898, a ideia de “pedagogia experimental” e deu inicio aos testes de avaliação das funções psicológicas, os quais iriam exercer grande influencia nas futuras gerações de educadores. No período seguinte a Primeira Guerra Mundial, com o aumento do numero de órfãos, as funções de hospitalidade e higiene exercidas pelas instituições...

    1477  Palavras | 6  Páginas

  • Industrializção do Brasil

    Argentina, México e Brasil, iniciaram o processo de industrialização efetiva a partir da segunda metade do século XX, no entanto, o embrião desse processo no Brasil ocorreu ainda nas primeiras décadas de 30, momentos depois da crise de 29. Crise essa que ocasionou a falência de muitos produtores de café, com isso, a produção cafeeira entrou em declínio. Quando se fala em industrialização do Brasil é bom ressaltar que tal processo não ocorreu em nível nacional, uma vez que a primeira região a se desenvolver...

    572  Palavras | 3  Páginas

  • Fundamentos históricos da educação no brasil

    as reformas pombalinas foram aplicadas no Brasil? Até o início do século XVIII, a ocupação européia no Brasil era basicamente rural. No entanto, a descoberta do ouro alterou esse panorama. Com a ocupação européia, o Brasil deixou de ser litoral expandindo assim sua população, a qual saltou de 300.000 habitantes para 3.000.000 no final deste século, sendo que, as características da mineração levaram a uma rápida urbanização dessa região. Contudo, o Brasil vivia um processo de intensificação da colonização...

    2174  Palavras | 9  Páginas

  • aculturação dos indiginas no seculo 20

    formulação e na execução desta política. A partir de 1755 com o “Regimento Pombalino”, ocorre grande perda de poder junto aos índios por parte da igreja. Pombal coloca uma política de modernização do Estado português e da definição de suas fronteiras no Brasil, o que promove uma política de miscigenação física e cultural mais abertamente das populações indígenas. O “Regimento Pombalino” foi abolido pelo Príncipe Regente e futuro rei D. João VI em 1798, sendo substituído por algumas normas que proibiam...

    1457  Palavras | 6  Páginas

  • A Questão Agraria no Brasil

    Jailson B S A QUESTÃO AGRÁRIA NO BRASIL, SOB A ÓTICA DAS LUTAS CAMPONESAS: ORGANIZAÇÃO POLÍTICA E RESISTÊNCIA. TERESINA (PI) A QUESTÃO AGRÁRIA NO BRASIL, SOB A ÓTICA DAS LUTAS CAMPONESAS: ORGANIZAÇÃO POLÍTICA E RESISTÊNCIA. Jailson B S* RESUMO Desde sua colonização, ocorre no Brasil a luta pela Terra, a luta contra o cativeiro e exploração conseqüência do latifúndio, modelo de origem histórica no Brasil. Neste aspecto, temos primeiro a luta dos índios...

    2742  Palavras | 11  Páginas

  • Imigração portuguesa no brasil

    A Imigração Portuguesa no Brasil representou a segunda maior corrente de estrangeiros que vieram fazer a vida no país. Mesmo na condição de colonizadores do Brasil, os portugueses só perderam a primeira posição para os africanos que foram trazidos ao Brasil em enorme proporção. Os portugueses possuem uma história muito íntima com a história do Brasil. Do mesmo modo, o Brasil tem todo seu processo de desenvolvimento histórico muito aliado aos portugueses, inicialmente porque fomos colônia de Portugal...

    713  Palavras | 3  Páginas

  • a menina que descobriu o brasil

    máquinas-ferramentas, além da substituição da madeira e de outros biocombustíveis pelo carvão. A revolução teve início no Reino Unido e em poucas décadas se espalhou para a Europa Ocidental e os Estados Unidos. + A Revolução Industrial teve início na Inglaterra no século XVIII com a mecanização dos sistemas de produção, bem diferente da idade média, onde a forma de produção principal era o artesanato. Na idade moderna, tudo se transformou a burguesia industrial, ávida por lucros maiores, menores custos e produção...

    3428  Palavras | 14  Páginas

  • Geografia, Revolução Industrial, Industrialização Brasileira e desnvolvimento ferroviário no Brasil

     TRABALHO DE GEOGRAFIA Nome: Ano: N° Professor: Nota: Revolução Industrial: A Revolução Industrial teve início no século XVIII, na Inglaterra, com a mecanização dos sistemas de produção. Enquanto na Idade Média o artesanato era a forma de produzir mais utilizada, na Idade Moderna tudo mudou. A burguesia industrial, ávida por maiores lucros, menores custos e produção acelerada, buscou alternativas para melhorar a produção de mercadorias. Também podemos apontar o crescimento...

    2257  Palavras | 10  Páginas

  • A linha do tempo do ensino de matemática no brasil.

    TEMPO DO ENSINO DE MATEMÁTICA NO BRASIL A História da Matemática no Brasil ao longo dos tradicionais períodos político administrativo caracteriza-se na “história serial’ pela disposição dos dados ao longo dos cinco séculos. Esta história por tomar como referência o próprio conhecimento matemático, pode ser agrupada em quatro períodos: a matemática jesuíta; a matemática militar; a matemática positivista e a matemática institucionalizada. A partir da descoberta do Brasil até o ano de 1808, a metrópole...

    1135  Palavras | 5  Páginas

  • O Processo de Industrialização no Brasil

    O Processo de Industrialização no Brasil Enquanto o Brasil foi colônia de Portugal (1500 a 1822) não houve desenvolvimento industrial em nosso país. A metrópole proibia o estabelecimento de fábricas em nosso território, para que os brasileiros consumissem os produtos manufaturados portugueses. Mesmo com a chegada da família real (1808) e a Abertura dos Portos às Nações Amigas, o Brasil continuou dependente do exterior, porém, a partir deste momento, dos produtos ingleses. Começo da industrialização ...

    775  Palavras | 4  Páginas

  • Literatura no brasil e em portugal

    O modernismo brasileiro foi um amplo movimento cultural que repercutiu fortemente sobre a cena artística e a sociedade brasileirana primeira metade do século XX, sobretudo no campo da literatura e das artes plásticas. O movimento no Brasil foi desencadeado a partir da assimilação de tendências culturais e artísticas lançadas pelas vanguardas europeias no período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial, como o Cubismo e o Futurismo.[1] As novas linguagens modernas colocadas pelos movimentos artísticos e literários...

    1402  Palavras | 6  Páginas

  • Literatura infantil no brasil

    A Literatura Infantil no Brasil iniciou-se na segunda metade do século XIX. As lendas eram recontadas por pessoas as quais conhecemos por “preto velho”, assim, carinhosamente chamados, são os nossos “contadores de histórias”. Há, também, as histórias do folclore gaúcho, como Negrinho do Pastoreiro, histórias européias como Contos da Carochinha. Em 1921, inicia-se a Literatura Infantil no Brasil com a história: “Narizinho Arrebitado”, publicação de Monteiro Lobato, no que diz respeito à técnica...

    2268  Palavras | 10  Páginas

  • Muito Brasil para pouca educação

    MUITO BRASIL E POUCA EDUCAÇÃO Cláudio de Moura Castro Num mundo ideal escolhemos um título, e o título diz tudo até o ponto em que não precisamos dizer mais nada. Acho que esse título chega muito próximo disso. Esse é o tema: muito Brasil e pouca educação. O problema não é o de não se ter educação. O problema é que o país é muito grande, as necessidades de educação são enormes, e a nossa educação é muito fraca, pequena. A primeira proposição, não podia ser mais simples e mais direta...

    4512  Palavras | 19  Páginas

  • A Arquitetura Eclética no Brasil e no Mundo

    A ARQUITETURA ECLÉTICA NO BRASIL E NO MUNDO Luciana Carvalho 1. INTRODUÇÃO O Ecletismo é o uso ou mistura de estilos do passado ocorrido na segunda metade do século XIX, é a linguagem eufórica da liberdade calcada na nova tecnologia. Além do uso e mistura de estilos estéticos históricos, a arquitetura eclética de maneira geral se caracterizou pela simetria, busca de grandiosidade, rigorosa hierarquização dos espaços internos e riqueza decorativa. 2. CONCEITO O termo Ecletismo denota a combinação...

    778  Palavras | 4  Páginas

  • A IMIGRAÇÃO ITALIANA NO BRASIL, SOB O ASPECTO DA MISCIGENAÇÃO CULTURAL

    DISCIPLINA ELETIVA DE SOCIOLOGIA DA IMIGRAÇÃO TRABALHO SOBRE A IMIGRAÇÃO ITALIANA NO BRASIL, COM FOCO NO ASPECTO DA MISCIGENAÇÃO CULTURAL Trabalho semestral de Sociologia da Imigração, apresentado ao professor Márcio de Oliveira pelo aluno André de Freitas Nunes, do quarto período do curso de Comunicação Social – Jornalismo da UFPR. Curitiba 2011 Introdução O século XIX trouxe o advento da Unificação Italiana, entre os anos de 1815 e 1870, assim como várias tranformações...

    2760  Palavras | 12  Páginas

  • TORÉ E JUREMA: EMBLEMAS INDÍGENAS NO NORDESTE DO BRASIL

    colonização antiga do Brasil. Logo no século XVI, a monocultura canavieira se desenvolveu no litoral da região e, em seguida, registra-se a introdução e o desenvolvimento da criação de gado no interior. Aliadas ao sistema de doação de sesmarias, essas experiências colonizadoras tiveram, como principal objetivo, a ocupaRodrigo de Azeredo Grünewald ção efetiva da terra. Para tanto, entre o rio São Francisco até a Serra do Ibiapaba (CE), estabeleceu-se, no início do século XVII, as “gueroré e jurema...

    2592  Palavras | 11  Páginas

  • A implantação da arquitetura no século XIX

    A implantação da arquitetura no século XIX 1800-1850 O século XIX foi herdeiro direto das tradições arquitetônicas e urbanísticas do período colonial, assistiu novos esquemas de implantação da arquitetura urbana que representa um verdadeiro esforço de adaptação as condições de ingresso do Brasil no mundo contemporâneo. Os primeiros anos do século interior a independência, não tem muitas modificações repetindo geralmente os esquemas urbanísticos e arquitetônicos coloniais de origem ibérica...

    1634  Palavras | 7  Páginas

  • Do século XIX à atualidade Ensaio sobre o papel dos intelectuais na política brasileira

    Do século XIX à atualidade Ensaio sobre o papel dos intelectuais na política brasileira Teresina, abril 2010 Do século XIX à atualidade Ensaio sobre o papel dos intelectuais na política brasileira XIX century to the present Essay about the role of intellectuals in Brazilian politics Resumo: Este ensaio pretende discutir a respeito de um grupo tão peculiar e pouco conhecido no Brasil: o dos intelectuais, assim como mostrar...

    2550  Palavras | 11  Páginas

  • O Pensamento Filos Fico No Brasil

    - O pensamento filosófico no Brasil - O pensamento filosófico no Brasil, começou há muito tempo atrás, porém, foi sentida uma necessidade de buscar um pensamento filosófico em nosso país juntamente com os pensadores e filósofos modernos, que foram em busca de fontes históricas para descobrir onde começou isso no Brasil. *Padre Antônio Vieira: Português, vindo ao Brasil com 6 anos, Antônio Vieira começou a lecionar seu "Curso de Filosofia" com 18 anos e em pouco tempo, todas as escolas jesuítas já...

    530  Palavras | 3  Páginas

tracking img