Bibliografia De Miguel Arroyo artigos e trabalhos de pesquisa

  • arroyo

    Arroyo, Miguel. (2001). Oficio de Mestre. Imagens e auto-imagens. Petrópolis, RJ, Brasil: Editora Vozes. 250 pp.  R$ 19,00     ISBN 85 326 2407-3 Resenhado por Nilton Bueno Fischer Junho 7, 2002 Livro de um educador, com 250 páginas de depoimento reflexivo de um professor, um mestre. A resenha deste instigante livro poderia ser reduzida a esse enunciado simples, direto e também instigador porque estaria carregado de hipóteses, perguntas, dúvidas sobre 'quem é esse mestre que escreve sobre a...

    3418  Palavras | 14  Páginas

  • Bibliografia Ciclos Cia

    Bibliografia sobre Ciclos & Cia [Atualizada em Março de 2007] ARROYO, Miguel G. Ciclos de desenvolvimento humano e Formação de Educadores. Educação & Sociedade, ano XX, n. 68, p. 143-162, Dezembro/99, Campinas, SP: Cedes. ARROYO, Miguel G. Experiências de Inovação Educativa: o Currículo na Prática da Escola. In: MOREIRA, Antonio Flávio B. (org.). Currículo: Políticas e Práticas. Campinas, SP: Papirus, 1999. ARROYO, Miguel G. Fracasso-Sucesso: o peso da cultura escolar e do ordenamento da educação...

    2207  Palavras | 9  Páginas

  • Síntese de Miguel Arroyo no Fórum Regional de Pesquisas e Experiências em Proeja.

    DOCENTE: SANDRA MARINHO DISCENTE: CAMILA ANDRADE SÍNTESE SOBRE PALESTRA DE MIGUEL ARROYO A palestra foi realizada em setembro durante o Fórum Regional de Pesquisas e Experiências em Proeja, que ocorreu no Cefet Minas Gerais. Arroyo Inicia sua fala com duas questões: Por que o interesse do proeja como políticas publicas e por que tem gerado muitas polemicas? Por que o direito à educação sempre foi tão limitado? Segundo Arroyo, uma das causas seria porque o direito a educação sempre foi tão limitado...

    556  Palavras | 3  Páginas

  • Análise dos capítulos 15 e 16 do livro ofício de mestre, de miguel arroyo

    GONZÁLEZ ARROYO, Miguel. Oficio de mestre: imagens e auto-imagens. 6.ed Petropolis: Vozes, 2002. 251p No capítulo 16, intitulado “Cultura Profissional do Magistério”, o autor inicia tecendo uma crítica a respeito de uma ideia errônea porém ainda vigente em nosso tempo: a crença de que qualquer pessoa pode ser professor, no sentido de que “para ensinar as primeiras letras qualquer um serve.”. Ele busca então estabelecer e afirmar a identidade do professor enquanto profissional, explicando a cultura...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha do texto “Diversidade” De Miguel Arroyo

    Resenha do texto “Diversidade” De Miguel Arroyo De acordo com o currículo Lattes, possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (1970), mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (1974) e doutorado (PhD em Educação) - Stanford University (1976). É Professor Titular Emérito da Faculdade de Educação da UFMG. Foi Secretário Adjunto de Educação da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, coordenando e elaborando...

    1070  Palavras | 5  Páginas

  • Projeto de Extens o a comunidade ARROYO

    anos de 1970 e, no Brasil, nos anos de 1980. Revelou-se, desde então, um importante balizador para a análise das relações de poder que envolvem os currículos. O próprio professor Miguel Arroyo contribuiu fortemente para o debate dessa época. Se o referido tema não é novo, qual é o acréscimo que traz o último livro de Arroyo, Currículo, território em disputa? O autor destaca que o currículo não é apenas território de disputas teóricas. Quem disputa vez nos currículos são os sujeitos da ação educativa:...

    3898  Palavras | 16  Páginas

  • Ensaio sobre o texto: Condição docente, trabalho e formação – Miguel G. Arroyo

    Ensaio sobre o texto: Condição docente, trabalho e formação – Miguel G. Arroyo Confesso encabulada, que quando comecei a ler o texto em questão pensei: Será um texto de compreensão difícil, cheio de termos técnicos e vocabulário rebuscado. Ledo engano. O texto me surpreendeu positivamente, tornando-se um dos textos mais interessantes indicados até aqui. À medida que o autor vai explanando seu ponto de vista, percebe-se um forte cunho político, um embasamento sócio histórico, e as justificativas...

    767  Palavras | 4  Páginas

  • edital Concurso Coronel Fabriciano

    larga escala para tomar decisões pedagógicas. ADAPTAÇÕES CURRICULARES PARA O ATENDIMENTO DE ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS: Tipos e níveis de adaptações curriculares passíveis de serem adotadas para atender alunos com necessidades especiais; BIBLIOGRAFIA: • LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação - Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996 • Orientações para o professor – SAEB/Prova Brasil – 5º ano – Língua Portuguesa e Matemática – Brasília INEP, 2009 • Ensino Fundamental de Nove Anos...

    829  Palavras | 4  Páginas

  • PEDAGOGIA CONCEPÇÃO DE INFÂNCIA E DA CRIANÇA

    Conclusão O que esta faltando para a educação é conduta, interesse e capacitação para os professores e diretores e a sociedade valorizar melhor a educação. Bibliografia Guiomar Namo de Mello Edição Fatima Ali Agosto de 2003 Arroyo, Miguel G. (2002): Ofício de mestre: imagens e autoimagens, 6.ª ed., Rio de Janeiro, Editora Vozes. Arroyo, Miguel G. (2002): Ofício de mestre: imagens e auto-imagens, 6.ª ed., Rio de Janeiro, Editora Vozes. Furter, Pierre (1976): Educação e reflexão, 9.a ed., Rio...

    563  Palavras | 3  Páginas

  • Sintese Diversidade de Miguel Arroyo

    SINTESE – DIVERSIDADE Miguel G.Arroyo De acordo com o verbete, Arroyo inicia o texto indagando o porquê da atenção, centralidade e diversidade na construção de um projeto para a Educação do Campo. O autor responde a pergunta ressaltando que as lutas pela Educação no Campo carregam as marcas da diversidade dos sujeitos coletivos. Na sequência discute alguns princípios que orientam a Educação no Campo. Aborda o primeiro princípio que os seres humanos se fazem, se formam se humanizam no fazer histórico...

    1033  Palavras | 5  Páginas

  • Apresentação de mestrado

    TURMAS N° DE ALUNOS QTD UTILIZADA Agropecuária 6 190 15% Paisagismo 2 72 15% Agroecologia 2 79 15% EXECUÇÃO DA DISSERTAÇÃO CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES Atividades Estudo , coleta e pesquisa de bibliografia sobre o tema. Solicitar a autorização para a realização da pesquisa no do IFAM /AM Entrevista com o diretor Ifam CMZL do curso. Entrevista com o coordenador do curso. Reunião com os alunos para explicação da finalidade da pesquisa. Aplicação...

    1082  Palavras | 5  Páginas

  • Refleções sobre a educação da escola de tempo integral

    que vivem e compreender as suas contradições, o que lhes possibilitará a sua volta. BIBLIOGRAFIA ALMEIDA, L.R.S. Pierre Bordieu: a transformação social no contexto de “A reprodução”. INTER-AÇÃO. Revista da Faculdade de Educação, Editora da UFG, Goiânia, v. 30, n. 1, p. 139-155, 2005. ARENDT, H. A crise na educação. In: Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 1979. p. 221-247. ARROYO, Miguel Gonzales. O direito ao tempo de escola. Cadernos de Pesquisa, s.l., n. 65, p. 3-10, 1988...

    867  Palavras | 4  Páginas

  • Ensinar é fruto da autonomia pedagógica

    no contexto educacional. Os autores que serão utilizados para compreender esse problema de pesquisa são: Freire (2011), com o conceito da pedagogia da autonomia, bem como com a sua compreensão do papel do educador na construção da aprendizagem, Arroyo (2007) dialogando sobre as inquietações que decidem a transformação do magistério e da educação básica e Rios (2005) contextualizando a melhoria da qualidade em sala de aula através da ação de preparar o aluno para muito além de ler. Este trabalho...

    1698  Palavras | 7  Páginas

  • Ciências Sociais

    0,00 Teóricas: 0,00 Total: 0 Total: 0 Bibliografia Básica Padrão 1) COSTA, Cristina. Sociologia: questões da atualidade. 1ª ed. São Paulo: Saraiva, 2010. Bibliografia Básica Unidade : Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande (FCG) 1) ARROYO, Miguel G.. Currículo, território em disputa. 3ª ed. Valinhos: Vozes, 2012. 2) MATTOS, Regiane A.. História e cultura afro-brasileira. 2ª ed. São Paulo: CONTEXTO, 2014. Bibliografia Complementar: Centro Universitário Anhanguera de...

    547  Palavras | 3  Páginas

  • Plano de Estudos rea EJA 2013 1

    todos os envolvidos nesse fazer educacional a articulação entre tempo de trabalho (formal e informal) e tempo de EJA bem como a compreensão desse processo é que vai garantir uma aprendizagem que de fato vá fazer diferença na vida desses educandos. Miguel Arroyo(2007) discute essa questão colocando a necessidade de conhecermos os tempos dos trabalhadores e a construção do currículo dessa modalidade de educação: “Diante dessa instabilidade dos tempos do viver, de trabalhos informais e tempos de escola...

    1081  Palavras | 5  Páginas

  • drogas

    7 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO 8 RESULTADO ESPERADO 9 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFIAS 10 INTRODUÇÃO Nossa Senhora do Livramento é um município brasileiro do estado de Mato Grosso Sua população estimada em 2004 era de 19 988 habitantes. Nossa...

    1739  Palavras | 7  Páginas

  • Pedagogia

    Miguel Arroyo O APRENDIZADO DO OFÍCIO APRENDENDO NAS TRANGRESSOES (OFÍCIO DE MESTRE CAPÍTULOS 09 E 10) Trabalho apresentado para nota parcial da matéria de Desenvolvimento Profissional e Ético - Profª Rosangela Pedagogia I Semestre Arienes de Jesus Alves 21701 Julia Fidelis de Oliveira 21639 Juliana Barbosa Pedroso ...

    3004  Palavras | 13  Páginas

  • Projeto de Leitura

    dia percebemos com maior clareza que nossa história docente é inseparável da história humana e social dos(das) educandos(as) com que trabalhamos. Nossas sortes são atreladas. Só nos entenderemos na medida que tentamos enxergá-los e entendê-los. Miguel Arroyo No atual contexto em que nos encontramos, no qual a tecnologia e a grande quantidade de informações fazem parte da nossa vida cotidiana, é perceptível que a leitura prazerosa tem sido negligenciada em detrimento da obtenção de algo sempre urgente...

    1339  Palavras | 6  Páginas

  • Projeto de extensão à comunidade

    antes de desenvolver o meu trabalho, trazendo suas vivências para a sala de aula, partindo assim do que ele tem de conhecimento valorizando sua cultura e seu modo de vida, facilitando o seu aprendizado. Bibliografia: PLT da disciplina Currículo, território em disputa Miguel G. Arroyo. Resumos e atividades de autodesenvolvimento das aulas temas 2 e 3. http://pensador.uol.com.br/citacoes_de_paulo_freire/ ...

    572  Palavras | 3  Páginas

  • 2.2 Formação do alfabetizador de eja na 1ª etapa do ensino fundamental

    um futuro um pouco mais amplo, o direito à terra, o direito à sua identidade negra ou indígena. Esse traço é muito importante, a educação de jovens e adultos nunca aparece como direito isolado, sempre vem acompanhada de lutas por outros direitos (ARROYO, 2006 p.29). A Educação de Jovens e Adultos ainda é tida como “uma educação compensatória ou supletiva; marcada por um caráter emergencial e filantrópico, em que basta a “boa vontade” para atuar” (SOARES apud HADDAD, 2008, p 21). No entanto à...

    2698  Palavras | 11  Páginas

  • resenha oficio mestre

    1 RESUMO DE LIVROS - ARROYO, Miguel G. Oficio de Mestre ImageARROYO, Miguel G. Oficio de Mestre Imagens e Auto-Imagens. Petrpolis, Rio de Janeiro. Vozes,2000.A educao escolar um campo propcio a modas. Nossas prticas se orientam por saberes e artes aprendidas desde o bero da historia cultural e social. A Escola Plural vem tentar recuperar artes, saberes e fazeres mais perenes do oficio do magistrio, inovando no que diz respeito no dialogando com mestres da escola, estes colocados em primeiro plano...

    6121  Palavras | 25  Páginas

  • bibliografias politica na educação

    < 7.0 Reprovação por faltas > 25% de ausência 7. Bibliografia básica JEFFREY, D. C.; AGUILAR, L. E. Política educacional brasileira: análise e entraves. Campinas/SP: Mercado de Letras, 2012. PERONI, V. Política educacional e papel do Estado: no Brasil dos anos 1990. São Paulo: Xamã, 2003. SAVIANI, D. A nova lei da educação: trajetória, limites e perspectivas. Campinas/SP: Autores Associados, 2004. 8. Bibliografia complementar ARROYO, M. G. Ofício de mestre: imagens e autoimagens. Petrópolis/RJ:...

    590  Palavras | 3  Páginas

  • Projeto de Pesquisa

    que possamos diminuir o índice de evasão no EJA, é preciso elaborar um cronograma de horários que sejam acessíveis para os estudantes, para que possam trabalhar e estudar. São Paulo, SP Junho/2015 Bibliografia ALVES, Rubem. Conversas sobre educação. São Paulo: Verus, 2003. ARROYO, Miguel. A Educação de Jovens e Adultos em tempos de exclusão. Alfabetização e Cidadania. São Paulo: Rede de Apoio à Ação Alfabetizadora do Brasil (RAAAB), n. 11, abril 2001. BRASIL. EC. Lei de Diretrizes e Bases...

    684  Palavras | 3  Páginas

  • estagio

    Atividades Avaliativas a Critério do Professor Práticas: 10,00 Teóricas: Total: 10 Prova Escrita Oficial Práticas: 10,00 Teóricas: Total: 10 Bibliografia Básica Padrão 1) MORAES, Anna Cecília de; ALVARENGA, Marina; BIANCHI, Roberto. Orientação para estágio em licenciatura. 1ª ed. São Paulo: Pioneira - Thomson Learning, 2005. Bibliografia Básica Unidade: Faculdade Santa Terezinha (FST) 1) LIMA, M.S.L.. A Hora da Prática : Reflexões Sobre o Estágio Supervisionado. 2ª ed. Fortaleza:...

    771  Palavras | 4  Páginas

  • O bom professor

    sujeito e o que a própria história contribuiu para tal pensamento. Convém também relatar o porquê de a maioria de professores serem mulheres, uma vez que as funções maternas entrelaçam aos cuidados com as crianças, a esse necessário “amor”. Segundo Arroyo (2000), a frase “quem não sabe ensinar, ama” foi repetida nos anos 1980 como se a incompetência técnica da professora primária fosse compensada pelos seus traços amorosos. Isso traduzia uma visão tecnicista que reduzia o entendimento da Educação Básica...

    1825  Palavras | 8  Páginas

  • Publicar Projeto Extensao A Comunidade

    realidade da escola e da sociedade, contextualizando o saber e favorecendo o conhecimento prévio adquirido por cada um por meio de suas vivências sociais e políticas, culturais e socializadoras Bibliografia: http://graduacao.aeduvirtual.com.br/201402/mod/resource/view.php?id=2840 ARROYO, Miguel G. Currículo, território em disputa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. ...

    532  Palavras | 3  Páginas

  • modelo projeto

    fundamentação teórica da trajetória da agricultura familiar e como está sendo trabalhada a educação dos jovens na perspectiva de dar continuidade a esse trabalho na agricultura. Para tanto os autores como Paulo Freire (2003); Moacir Gadotti (2000); Miguel Arroyo, Roseli Caldart e Mônica Molina (org.) (2008); Roseli Caldart (2004) e Carmen Machado, Christiane Campos e Conceição Paludo (2008) fundamentará esse estudo. A pesquisa de campo proporcionará uma investigação do problema, pois serão sujeitos dessa...

    3318  Palavras | 14  Páginas

  • Historia da educacao

    é e do que era a infância. Conforme (Miguel G. Arroyo em seu livro Imagens Quebradas), “As crianças e adolescente em seus rostos violentos ou em seus gestos indisciplinados mais do que revelar-se revela um lado destrutivo da civilização”. Enquanto pedagogos tentam entender o que aconteceu com a infância deitaram anjos e acordaram demônios? Algumas escolas em rede de ensino procuram não condenar as vitimas, mas, tentam salva-las. BIBLIOGRAFIA Miguel G. Arroyo – Imagens Quebradas 2004 Editora Vozes...

    1895  Palavras | 8  Páginas

  • OS DESAFIOS DA GESTÃO ESCOLAR EM ESCOLAS NUCLEADAS

    cultura, crenças, ideais, religiosidades, histórias e identidades diferenciadas. Essa realidade se dava pela ideia que se tinha dos habitantes do campo, ideia essa que se baseava na declaração que os mesmos não necessitavam de educação específica. Miguel Arroyo (2004, p.71), ilustra esse fato com a seguinte reflexão: A imagem que sempre temos na academia, na política, nos governos é que para a escolinha rural qualquer coisa serve. Para mexer com a enxada não há necessidade de muitas letras. Para sobreviver...

    2086  Palavras | 9  Páginas

  • a importância da familia na escola

    --------------10  8 - METODOLOGIA-----------------------------------------------------------------------------------12  9 - CRONOGRAMA-----------------------------------------------------------------------------------13  10 - REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFIAS-------------------------------------------------------------14  3  1-INTRODUÇÃO   O presente projeto tem a finalidade de trabalhar a importância da família na educação dos filhos na escola...

    1769  Palavras | 8  Páginas

  • ESCOLA X VIOLÊNCIA X DISCIPLINA

    acreditar na educabilidade do ser humano, da infância que por ofício acompanha. Neste sentido, as violências infanto-juvenis e os embates que elas provocam trazem hoje as indagações mais desestabilizadoras para o pensar e o fazer pedagógicos. (Miguel González Arroyo,p, 805) A perspectiva de cidadania desenvolvida pela escola atual Não que exista, mas caminhamos rumo a uma escola ideal. Uma escola que pense numa formação concreta e realista que tenha em vista não somente a aprovação automática, mas...

    1181  Palavras | 5  Páginas

  • Pr Projeto II Gabriell Salvo Automaticamente

    do artigo X 8. Postagem do artigo X CRONOGRAM BIBLIOGRAFIA - Psicologia escolar e educacional; Zilda Aparecida Pereira Dell Prette - http://revistaeducacao.uol.com.br/textos/blog-redacao/quatro-olhares-sobre-educacao-240014-1.asp - Revista Educação BIBLIOGRAFIAS - MARTINS FILHO 1998. FILHO, M. J. A família como espaço privilegiado para construção da cidadania 1998. p.13 - ARROYO, Miguel G. Ofício de Mestre, 200, pag 166 -(PIAGET, 2007, p.50) - SZYMANSKI...

    752  Palavras | 4  Páginas

  • Resumos

    SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Anexo 10 - Programas e bibliografias recomendadas 19 Ciências Sociais e Ciências Naturais Conhecimento espontâneo e conceitos científicos; Pesquisa e as diversas concepções sobre os temas; A ação da escola no meio social Formação Social do Rio Grande do Sul; Bioma pampa e bioma Mata Atlântica; Artes e Música Diversidade artística e cultural na escola; Música e currículo. Bibliografia: ARROYO, Miguel Gonzalez; CALDART, Roseli Salete e MOLINA, Mônica Castagna...

    909  Palavras | 4  Páginas

  • informática aplicada

    como um ser de relações,se chega à distinção entre os dois mundos­ - o da natureza e o da cultura”(freire,2007,p132). Assim, a falta de compromisso do estado na geração dos serviços públicos na área educacional pode ser explicada, segundo Miguel Arroyo, sob a alegação de que “a negação do saber interessou sempre á burguesia que vem submetendo o operariado ao máximo de exploração e embrutecimento’’(Mendes,2006,p.158). Na concepção de educação há muito dominante, os governantes e os governados...

    946  Palavras | 4  Páginas

  • Tendencia libertadora

    professor-aluno. Sobre a avaliação, pode-se citar Maurício Tragtemberg. Nessa corrente dá-se valor a auto-avaliação ou a avaliação mutua, afinal, todos são iguais. No que diz respeito a metodologia acredita-se no diálogo, em rodas de grupo, debates. Miguel Gonzáles Arroyo teve grande participação neste tópico, acreditava que através desenhos, trabalhos manuais, músicas, artes em geral, junto com a ideia de debates era possível alcançar o ser crítico desejado. Fala-se muito em criar seres mais críticos...

    906  Palavras | 4  Páginas

  • Xadrez como método de aprendizagem

    Gardner A Inteligência Triárquica de Robert Sternberg Teorias psicológicas no desenvolvimento humano Bibliografia básica BOCK, Ana Merces Bahia et al. Psicologias: Uma introdução ao estudo de psicologia. São Paulo: Saraiva, 1999. CORIA-SABINI, Maria Aparecida. Psicologia do desenvolvimento. São Paulo: Ática, 2002. DAVIDOFF, Linda. Introdução à psicologia. São Paulo: MakronBooks, 2001. Bibliografia complementar BARROS, Célia Silva Guimarães. Pontos de psicologia do desenvolvimento. 9. ed. São Paulo:...

    2925  Palavras | 12  Páginas

  • Metodologia cientifica

    ............... 18 7. DESENHO DA PESQUISA............................................................................. 21 8. CRONOGRAMA GERAL......................................................... ....................... 23 BIBLIOGRAFIA.................................................................................................... 25 FONTES............................................................................................ ................... 28 INTRODUÇÃO ...

    5765  Palavras | 24  Páginas

  • Agro suzy

    que o torna extremamente difícil de encontrar e produzir. O ciclo de vida deste tipo de fungo é por isso complexo e ainda pouco compreendido, teorizando-se sobre o mesmo, com base em alguns dados científicos. Assim, segundo alguns autores (Moreno-Arroyo et al., 2005; Velasco e Domenech, 2007) admite-se a existência de uma fase micorrízica (fase em que o fungo se liga às raízes da planta hospedeira, estabelecendo a simbiose) e uma fase sapróbia ou decompositora (fase em que o fungo passa a ser independente...

    3462  Palavras | 14  Páginas

  • Miguel Torga

    do pseudónimo………. página 4 A obra de Miguel Torga……….. página 5 Caracteristicas Estilisticas……… página 5 Análise do poema……………… página 6 Conclusão………………………. Página 6 Bibliografia……………………. Página 7 Introdução Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Português. Com este trabalho pretendemos conhecer ou aprofundar os nossos conhecimentos sobre o autor em estudo, Miguel Torga, sobre a sua obra poética. Pretendemos...

    1025  Palavras | 5  Páginas

  • Miguel Torga: Destinos

    Apreciação; Conclusão; Bibliografia; Introdução: Neste trabalho, vou focar no conto destinos. Eu vou falar um pouco deste conto. Escolhi este conto, porque gosto muito do título chamou-me atenção e acho que os meus colegas também vão gostar é um pouco ligado com a actualidade. Ficha de Leitura Titulo: Conto “Destinos” Autor: Miguel Torga Publicado: 2009, Novos Contos da Montanha Editora: Leya Biografia do autor: Nome verdadeiro: Adolfo Correia da Rocha Pseudónimo: Miguel Torga Data de...

    703  Palavras | 3  Páginas

  • Miguel reale

    ANHANGUERA EDUCACIONAL FILOSOFIA E ÉTICA JURÍDICA MIGUEL REALE E A TEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO Bauru / SP 2012 MIGUEL REALE E SUA VIDA Miguel Reale nasceu em São Bento do Sapucaí-SP, no dia 06 de novembro de 1910. Em 1921 seu pai o matriculou no Instituto Medio Dante Alighieri, na capital paulista. Ao entrar no colégio, conheceu aquela que viria ser sua mulher, Filomena Pucci. As aulas eram ministradas em italiano, idioma qual Miguel Reale não conhecia. Isso fez com que tivesse que...

    2043  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha do texto Educação e Humanização - Paulo Freire

    sentimento pode acabar empobrecido. Sentimento e estudo são como as asas dos pássaros, dos anjos, se auxiliam no equilíbrio para o vôo, há uma maior valorização da vida. Há uma maior valorização dos sonhos, e da construção do futuro de uma nação. BIBLIOGRAFIA 1. DEMO P. A educação do futuro e o futuro da educação. 2005. 2. GANDIN D. Planejamento como pratica educativa. São Paulo, 1997. 3. IMBERNOM F. & COL. A educação no Século XXI. Porto Alegre, 2000. 4. NUNES P. A. Educação Inclusiva e Igualdade...

    4595  Palavras | 19  Páginas

  • A interdisciplinaridade na educação infantil através das artes

    trabalhar a interdisciplinaridade? (tempo, número de alunos, desinteresse, material didático, condições técnicas da escola) BIBLIOGRAFIA ALVES, Rubem. O papel do professor. Disponível em:< http://www.youtube. com/watch?v=_OsYdePR1IU&feature=player_embedded#!>. Acesso em:19 jun. 2012 ARROYO, Miguel G. Oficio de Mestre: imagens e auto-|Imagens. Petrópolis, RJ. Vozes, 2000. CARLOS, Jairo Gonçalves. Interdisciplinaridade no Ensino Médio: desafios e potencialidades...

    1521  Palavras | 7  Páginas

  • EJA 2015 1 5 PERIODO PLANO DE ENSINO E CRONOGRAMA

    dissertativo-argumentativo valendo até 4,0 pontos. Os conteúdos para cada avaliação correspondem aqueles especificados no cronograma de aulas. Serão respeitados os critérios de aprovação definidos pela Universidade e explicitados no manual acadêmico. VII – BIBLIOGRAFIA: I – Básica: PAIVA, Jane. Os sentidos do direito à educação para jovens e adultos. Rio de Janeiro: DP e Alii/FAPERJ, 2009. FREIRE, Paulo. Ação Cultural para a liberdade e outros escritos. 12 a.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007. SOARES, Leôncio;...

    3284  Palavras | 14  Páginas

  • planejamento filosofia 1

    com o objetivo de mudar a perspectiva de percepção da realidade ou de um tema qualquer. AVALIAÇÃO (número de provas, trabalhos e recuperação paralela) BIBLIOGRAFIA ADORNO, Theodor W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995. ADORNO, Theodor W., HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Zahar, 1985. ARROYO, Miguel G. Da escola carente à escola possível. São Paulo: Loyola, 1986. BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CEB nº 15/98....

    1242  Palavras | 5  Páginas

  • Projeto

    literaturas relativas ao assunto em questão, artigos, revistas,periódicos entre outros que possibilitaram que este trabalho tomasse forma para ser fundamentado. Pois segundo Marconi e Lakatos (1992), a pesquisa bibliográfica é o levantamento de toda a bibliografia já publicada, em forma de livros, revistas, publicações avulsas e imprensa escrita. Cuja finalidade é fazer com que o pesquisador entre em contato direto com todo o material escrito sobre um determinado assunto, auxiliando o na análise de suas...

    1407  Palavras | 6  Páginas

  • Mestre

    envolve a compreensão crítica e “[...] não se esgota na decodificação pura da palavra escrita ou da linguagem escrita, mas que se antecipa e se alonga na inteligência do mundo.” (FREIRE, 1988, p. 11). Nessa direção, referindo-se à escola do campo, Arroyo e Fernandes (1999) defendem que “a escola tem que ser mais rica, tem que incorporar o saber, a cultura, o conhecimento socialmente construído” (p. 25) alertando para o cuidado de que nem todos os saberes sociais estão no saber escolar e há muitos...

    6025  Palavras | 25  Páginas

  • Comparaçoes sobre max weber emileduarkim

    descoladas de condições históricos políticos determinadas”“. Na administração do Partido dos Trabalhadores (PT) eles ganharam lugar saliente, referindo-se em princípios anarquistas cujos principais interlocutores são Oder José dos Santos, Miguel Gonzales Arroyo e Mauricio Tragtemberg. Recebe menção, igualmente a pedagogia critica social dos conteúdos, formulada por José Carlos Libânio. Mesmo Saviani reconhecendo outras influencias como, por exemplo, Vygotsky e Libânio, ele inspirava-se diretamente...

    1491  Palavras | 6  Páginas

  • MIGUEL REALE

    MIGUEL REALE E A TEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO: INFLUÊNCIAS PARA O MEIO JURÍDICO Belém 2014 FACULDADE DE BELÉM– FABEL CURSO DE DIREITO IVONI FERREIRA JÚLIO PAIXÃO JUAN RAMON VASCONCELOS SIQUEIRA RAMOS BALIERO MIGUEL REALE E A TEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO : INFLUÊNCIAS PARA O MEIO JURÍDICO Trabalho, apresentado ao Curso de Direito da Faculdade de Belém – FABEL, como requisito parcial a obtenção de nota para o 2º NPC na Disciplina Filosofia do...

    2177  Palavras | 9  Páginas

  • Paulo Freire

    vivida, voltada para a construção da cidadania. Assim não existe modelo de educação, a escola não é o único lugar onde ela ocorre; ela se dá em variados contextos e territórios e também nas diversas relações que estabelecemos uns com os outros. Bibliografia: BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é o método Paulo Freire. 17° ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1991. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 39 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2009. FREIRE, Paulo. SHOR...

    1581  Palavras | 7  Páginas

  • Leitura e escrita

    orientação do Prof. Hugo. Recife 2012 SUMÁRIO 1. Resumo 2. Dificuldade de Aprendizagem 3. Hipóteses 4. Objetivos 4.1. Objetivo Geral 4.2. Objetivos Específicos 5. Justificativa 6. Metodologia 7. Considerações Finais 8. Bibliografia RESUMO Esse projeto tem por objetivo analisar os aspectos que interferem na aprendizagem de crianças nas séries do ensino fundamental, principalmente no...

    1396  Palavras | 6  Páginas

  • Livro Completo Juventude E Ensino Medio 19082014

    qualquer meio sem autorização escrita do Editor. J97 Juventude e ensino médio : sujeitos e currículos em diálogo / Juarez Dayrell, Paulo Carrano, Carla Linhares Maia, organizadores. – Belo Horizonte : Editora UFMG, 2014. 339 p. : il. Inclui bibliografia. ISBN: 978-85-423-0070-3 1. Educação. 2. Juventude. 3. Ensino médio. I. Dayrell, Juarez. II. Carrano, Paulo. III. Maia, Carla Linhares. IV. Série. Elaborada pela Biblioteca Professor Antônio Luiz Paixão – FAFICH/UFMG Este livro recebeu apoio...

    100596  Palavras | 403  Páginas

  • Miguel reale filosofia do direito

    SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. BIOGRAFIA DE MIGUEL REALE 3 3. TEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO 3 4. CONCLUSÃO 8 5. BIBLIOGRAFIA.........................................................................................................9 1. INTRODUÇÃO O presente trabalho tem por objetivo analisar “A Teoria Tridimensional do Direito” do jus-filósofo Miguel Reale, sendo que este exige do jurista que, ao se deparar...

    1193  Palavras | 5  Páginas

  • Miguel torga

    Curso Profissional de Animador Sociocultural Miguel Torga - Vida e Obra Trabalho realizado por: - Ana Flávia, nº 3 - José Carlos, nº 13 - Nicolas Domingues, nº 20 - Sónia Ferreira, nº 22 10ºF ÍNDICE: Introdução -------------------------------------------------------------------------------- pág.3 Biografia ----------------------------------------------------------------------------------- pág. 4 Obra Literária ----------------------------------------------------------------------------...

    1530  Palavras | 7  Páginas

  • Miguel de Cervantes

     escola adventista de santos Jacqueline Schindler - 7º ano C Pesquisa sobre o escritor MIGUEL DE CERVANTES Atividade de Espanhol Professora: Diva Ramona Santos 2015 Miguel de Cervantes Saavedra Nasceu no ano de 1547, e faleceu em 1616. Um dos maiores escritores da Espanha, mais conhecido por sua obra-prima Dom Quixote, que satiriza a cavalaria e os livros de cavalaria....

    506  Palavras | 3  Páginas

  • Atividades

    você! José Manuel Moran Diretor-Geral de EAD Universidade Anhanguera – Uniderp Thais Sousa Diretora de Desenvolvimento de EAD Universidade Anhanguera – Uniderp 6 Caro Aluno, Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro ARROYO, Miguel G. Currículo, território em disputa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. Livro-Texto 612. Roteiro de Estudo Profa. Cristina Miyuki Hashizume Projeto de Extensão à Comunidade Este roteiro tem como objetivo orientar seu percurso por meio dos materiais...

    20213  Palavras | 81  Páginas

  • Miguel Reale

    Miguel Reale nasceu em 06/11/1910 na cidade de São Bento da Sapucaí/SP, exerceu diversas profissões, tais quais: advogado, jurista, professor, filósofo, ensaísta, poeta e memorialista. Começou sua carreira acadêmica na Universidade de São Paulo, onde formou-se em direito, entretanto, sua carreira teve inicio no magistério quando ainda era estudante, lecionando Latim e Psicologia em um curso pré-jurídico, após, tornou-se um dos sócios e diretores do Ateneu Graça Aranha, onde lecionou português e...

    614  Palavras | 3  Páginas

  • ARTIGO URE

    Coordenadora pedagógica da URE Brasil Di Ramos Caiado Alcione Francinete de Carvalho Camargo – Diretora da URE Brasil Di Ramos Caiado Maurício Dias Paes Lemes – Apoio Pedagógico da URE Brasil Di Ramos Caiado BIBLIOGRAFIA GOIÂNIA. A organização da educação na Rede Municipal de Educação de Goiânia a partir dos Ciclos de Desenvolvimento Humano. Goiânia: Secretaria Municipal de Educação de Goiânia, 2001. GOIÂNIA. Diretrizes Curriculares para a Educação Fundamental...

    3157  Palavras | 13  Páginas

  • Livro Educa o Rural

    federal quanto pelas universidades e centros de pesquisa (WERLE, 2007, p. 10). Entretanto, outros caminhos vêm sendo traçados para a educação rural no Brasil, como apontam Caldart (1997), Arroyo, Caldart e Molina (2008) e Souza (2006). Essa história da educação rural pode ser bem entendida a partir do que afirma Arroyo na apresentação do livro de Maria Antonia de Souza (2006): De esquecida e marginalizada a repensada e desafiante. Esta poderia ser a travessia que vem fazendo a educação dos povos do campo...

    18015  Palavras | 73  Páginas

  • Normas tcc

    Estruturação do trabalho: Pré-textuais, textuais e pós-textuais 1. PRÉ-TEXTUAIS • Capa •Folha de rosto •Resumo •Sumário 2. TEXTUAIS • Introdução • Desenvolvimento: Materiais e métodos, Resultados, Discussão, etc •Conclusão 3. PÓS-TEXTUAIS • Bibliografia •Glossário (opcional) •Anexos (opcional) Elementos pré-textuais: CAPA MARGEM SUPERIOR 3.0 cm 3.5cm NOME DO ALUNO M a r g e m e s q u e r d a 2.0cm M A R G E M D I R E I T A ADILSON AMARAL Fonte: Arial n. 16, Caixa alta em...

    2340  Palavras | 10  Páginas

tracking img