• Resumo R. Jackson
    O estudo das relações internacionais se dá pela importância em que a população mundial está dividida em territórios políticos distintos e a maioria dessa população é cidadã de apenas um Estado. “Particularmente, todos nós estamos ligados a um Estado particular e, por meio deste, nos conectamos ao sistema...
    1698 Palavras 7 Páginas
  • Resumo / Fichamento Capítulo 2 Teoria das Relações Internacionais
    livro ______ TRI O capitulo trata basicamente das relações internacionais desenvolvidas aproximadamente na época da Primeira Guerra Mundial. Durante esse período surgiram alguns dos problemas relacionados às relações internacionais, como relações de guerra e paz, conflitos, riqueza e pobreza, entre...
    2722 Palavras 11 Páginas
  • R. Aron - Teoria das R.I.
    A área de relações internacionais se manifestou pela primeira vez como uma disciplina logo após o final da Primeira Guerra Mundial sendo, desta maneira, um estudo que tem como base fundadora o estudo das relações e conflitos – violentos ou não – entre Estados, bem como o comportamento de cada um no...
    2032 Palavras 9 Páginas
  • Relaçoes Internacionais
    TÍTULO: Relações Internacionais AUTOR: Williams Gonçalves AFILIAÇÃO INSTITUCIONAL DO AUTOR: Professor dos PPGs. Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Universidade Federal Fluminense PALAVRAS-CHAVE: relações internacionais, definição, objeto de estudo, teoria, Realismo...
    3585 Palavras 15 Páginas
  • Teoria das relações internacionais
    Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Curso de Relações Internacionais Disciplina de Política IV – Teoria das Relações Internacionais I AVALIAÇÃO Resenha do texto “Que é uma teoria das relações internacionais?”, Raymond Aron Esther Rosalen, Lucas Maia, Lucas Porto e Victor Fonseca ...
    2000 Palavras 8 Páginas
  • Relações internacionais
    principais pontos da agenda de relações internacionais contemporâneas; • Estabelecer o conceito e as características da Globalização; • Assinalar a evolução histórica e a importância de Relações Internacionais como disciplina académica. AS RELACOES INTERNACIONAIS NO MUNDO CONTEMPORANEO As últimas...
    22464 Palavras 90 Páginas
  • Resumo expositivo do capítulo 2 de "repensando as relações internacionais" de fred halliday.
    RESUMO HALLIDAY, Fred. Repensando as Relações Internacionais. Porto Alegre: Editora UFRGS, 1999. Capítulo 2: Um encontro necessário: o materialismo histórico e as Relações Internacionais, p. 61 -86. Nascido em Dublin, Irlanda, em 1946, e falecido em 2010 em Barcelona, Espanha, vítima de câncer...
    731 Palavras 3 Páginas
  • A caracterização de John B. Watson como behaviorista metodológico na literatura brasileira: possíveis fontes de controle
    Estudos de Psicologia, 17(1), janeiro-abril/2012, 83-90 A caracterização de John B. Watson como behaviorista metodológico na literatura brasileira: possíveis fontes de controle Bruno Angelo Strapasson Universidade Positivo Resumo Vincular o nome de John B. Watson ao Behaviorismo Metodológico...
    6177 Palavras 25 Páginas
  • Explicando e entendendo as relações internacionais
    como escrever história “de dentro”. Apesar das tensões entre elas ambas são de extrema importância. Sempre existirão histórias a serem contadas e teorias que seguem estas histórias. Um tipo de história seria a “de fora”, contada da maneira de um cientista natural buscando explicar os trabalhos da natureza...
    2908 Palavras 12 Páginas
  • Escola inglesa
    Teorias das Relações Internacionais – Escola Inglesa – Martin Wight O ponto de partida dos trabalhos de Wight é a constatação da ausência de um corpo teórico suficiente para explicar as formas de relacionamento entre os estados. Wight contrapõe os autores realistas – Edward H. Carr, George Kennan...
    765 Palavras 4 Páginas
  • Halliday - Resumo Crítico
    DISCIPLINA: Teoria das Relações Internacionais CURSO: Relações Internacionais RESUMO: HALLIDAY, Fred. Repensando as Relações Internacionais. Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007. Um encontro necessário: o materialismo histórico e as Relações Internacionais...
    1773 Palavras 8 Páginas
  • Judicialização da política brasileira
    para, logo após, tratar das abordagens analíticas e dos métodos e técnicas da referida ciência. Este ensaio segue o referencial teórico dos seguintes autores: Aristóteles e Maquiavel (considerados os fundadores), até teóricos mais contemporâneos como Duverger (1962), Chevallier (1982, 1986), Prélot (1973)...
    2695 Palavras 11 Páginas
  • Mestre
    1 RELAÇÕES INTERNACIONAIS WILLIAMS GONÇALVES Professor dos PPGs. Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Universidade Federal Fluminense 1 Introdução A análise das relações internacionais passou a ter sua importância reconhecida no início do século XX. Até...
    14552 Palavras 59 Páginas
  • Liberalismo
    As premissas liberais básicas são: uma visão positiva da natureza humana, uma convicção de que as relações internacionais podem ser cooperativas em vez de conflituosas e uma crença no progresso. Introdução: premissas liberais básicas Conhecer a tradição liberal é necessário para se...
    4105 Palavras 17 Páginas
  • Escola Inglesa
    Estudos Internacionais (REI), ISSN 2236-4811, Vol. 2 (1), 2011 UM ENSAIO SOBRE A ESCOLA INGLESA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS Thiago Cavalcanti do Nascimento (UEPB) tc.nascimento@hotmail.com RESUMO: O presente trabalho examina as principais contribuições da Escola Inglesa das Relações Internacionais...
    5162 Palavras 21 Páginas
  • projeto
    Área temática: Gestão de Pessoas Aprendizagem organizacional: do taylorismo ao ócio criativo AUTORES CLAUDEMIR INACIO DOS SANTOS Universidade Federal de Pernambuco claudemir.santos@uol.com.br NALDEIR DOS SANTOS VIEIRA Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM naldeir@yahoo...
    7313 Palavras 30 Páginas
  • Taylor
    Administração Científica até os dias atuais. O objetivo deste artigo é compreender a evolução da aprendizagem no trabalho a partir do desenvolvimento da teoria das organizações. Percebe-se que o conceito de aprendizagem organizacional foi sendo alterado à medida que o pensamento administrativo foi sendo...
    7222 Palavras 29 Páginas
  • atividade
    Trabalho sobre as teorias de Herzberg,Maslow e Mc Gregor Curitiba,04/04/2013 Pedro Henrique Moller Trabalho sobre as teorias de Herzberg,Maslow e Mc...
    1378 Palavras 6 Páginas
  • Resumo Escola Inglesa
    Sorensen. Sociedade internacional. In: ______ INTRODUÇÃO ÁS RELAÇÕES INTERNACIONAS: Editora: Zahar, 2007, p. 195 - 240. Entender a sociedade de Estados não é uma questão de aplicação dos modelos de ciências social, mas sim de familiarizar com a história das relações internacionais á medida que é vivenciada...
    1521 Palavras 7 Páginas
  • Resenha
    Anhanguera Educacional S/A Curso: Administração Disciplina: Teorias da Administração Resenha * Cap. VII - A ESCOLA BEHAVIORISTA * CAP XI -  A ESCOLA NEOCLÁSSICA E A PRATICA DA ADMINISTRAÇÃO * CAP XIII - A TEORIA DOS SISTEMAS Nomes: RA’S: ...
    2599 Palavras 11 Páginas