Atividades Construtivistas Para Sala De Aula artigos e trabalhos de pesquisa

  • Organização da sala de aula e organização para o atendimento às necessidades das crianças.

    Organização da sala de aula e organização para o atendimento às necessidades das crianças.  O objetivo mais abrangente da educação construtivista é promover o desenvolvimento infantil. A organização para o atendimento às necessidades das crianças inclui  consideração quanto as suas necessidades fisiológicas, emocionais e intelectuais. Necessidades Fisiológicas Parece obvio que os adultos devem atender as necessidades físicas das crianças. Talvez parte da razão para que isso ocorra é que regras...

    1737  Palavras | 7  Páginas

  • O professor construtivista

    perspectiva de aprendizado, em que o aluno torna-se co-piloto do processo, necessário se faz que se procure traçar um perfil de professor que se circunscreva nesta proposta, tendo-se em vista que, ao contrário do que muita gente pensa, o ensino construtivista não relativiza a figura do professor e não propõe que ele seja dispensável no processo. Pelo contrário, nessa perspectiva, a figura do professor permanece de suma importância, mas com outra conotação: a de mediador e orientador, facultando ao...

    2773  Palavras | 12  Páginas

  • Projeto 2013 introdução de aulas experimentais de física

    INTRODUÇÃO DE AULAS EXPERIMENTAIS DE FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ INTRODUÇÃO DE AULAS EXPERIMENTAIS DE FÍSICA PARNAIBA – PI MARÇO DE 2013 ANA LUIZA BILIO DE SOUSA INTRODUÇÃO DE AULAS EXPERIMENTAIS DE FÍSICA Projeto de ensino apresentado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí – IFPI, como requisito parcial para aprovação da disciplina de Pratica Profissional II. PARNAIBA – PI MARÇO DE 2013 Conteúdo 1. TEMA 5 ...

    1608  Palavras | 7  Páginas

  • As Expectativas S Cio Construtivas Na Sala De Aula Resumo

     As Expectativas Sócio-Construtivistas na Sala de Aula Os professores a e concepção construtivista Segundo os escritores (Isabel Solé e César Coll) construtivismo não é uma teoria, e sim uma referência explicativa que auxilia os professores no ensino-aprendizagem. Levando em conta as necessidades de cada situação. Essas afirmações demonstram a necessidade de se compreender os conteúdos da aprendizagem como produtos sociais e culturais, o professor como agente mediador entre indivíduo e sociedade...

    1325  Palavras | 6  Páginas

  • Abordagem Construtivista

    Abordagens construtivistas, Histórico-Cultural e Dialógica Interações em sala de aula. Para explicarmos as atividades em sala de aula, é necessário que tenhamos o mínimo de conhecimento das três formas de abordagem mais usada no contexto escolar: a Construtivista de Piaget, a Histórico-cultural de Vygotsky e a dialógica de Paulo Freire. O construtivismo segundo Becker (1992), em poucas palavras, é uma abordagem onde considera o aluno o construtor de seu conhecimento, toda vez que o aluno troca...

    729  Palavras | 3  Páginas

  • Construtivismo em sala de aula

    COLL, César e outros. O construtivismo na sala de aula 3. COLL, César e outros. O construtivismo na sala de aula. São Paulo: Ática, 2006.Jeferson Anibal Gonzalez Pedagogo (FFCLRP/USP) e Mestrando em Educação (FE/UNICAMP). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil” – HISTEDBR (GT/UNICAMP). 1. Os professores a e concepção construtivista (Isabel Solé e César Coll)O construtivismo não é uma teoria, e sim uma referência explicativa, composta por diversas contribuições...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • RAZÃO E FINALIDADE DO PROFESSOR ANALIZAR SUAS AULAS.

    RAZÃO E FINALIDADE DO PROFESSOR ANALIZAR SUAS AULAS. O presente trabalho tem como objetivo analisar qual razão e finalidade do professor planejar suas aulas, sabendo que para educar, é necessário de um suporte que vá além dos significados e conteúdos de diferentes disciplinas. Isso só será possível realmente se a profissão de educar/ensinar estiver de acordo com atitudes éticas abertas à ação e a reflexão sobre o que realizamos no nosso dia a dia na escola. Para responder as novas demandas e exigências...

    1243  Palavras | 5  Páginas

  • Matemática construtivista

    MATEMÁTICA CONSTRUTIVISTA CARACTERÍSTICAS: Concepção filosófica psicológica sobre o desenvolvimento mental do homem e, em particular, das crianças. Concebe a aprendizagem como um processo de construção dos conhecimentos, de sua elaboração pela criança conjuntamente com o adulto/mediador. Ele se constitui pela interação do Indivíduo com o meio físico e social, com o simbolismo humano, com o mundo das relações sociais; e se constitui por força de sua ação sobre o conhecimento já construído. O...

    2531  Palavras | 11  Páginas

  • A organização do espaço em sala de aula e sua influência no processo ensino aprendizagem

     A organização do espaço em sala de aula e sua influência no processo ensino aprendizagem Utilizando apenas as quatro paredes de sala de aula, de forma tradicionalista, o professor não será capaz de oferecer um ensino qualitativamente adequado aos seus alunos, pois a sala de aula é um lugar que deve ir além do conteúdo, um lugar onde o educador leve seus alunos a reflexão, experimentação, levando o discente a participação do processo ensino/aprendizagem...

    941  Palavras | 4  Páginas

  • Teorias e práticas sobre o princípio construtivistas

    EDUCAÇÃO TEORIAS E PRÁTICAS SOBRE O PRINCÍPIO CONSTRUTIVISTAS ALUNA: SERGIMARA M. DE LIMA RA: 1026329 CENTRO UNIVERSITÁRIO CLARETIANO- BATATAIS/SP 2007 SERGIMARA MORAES DE LIMA TEORIAS E PRÁTICAS SOBRE O PRINCÍPIO CONSTRUTIVISTAS LORENA/SP 2007 SERGIMARA MORAES DE LIMA TEORIAS E PRÁTICAS SOBRE O PRINCÍPIO CONSTRUTIVISTAS ...

    2159  Palavras | 9  Páginas

  • TCC A Teoria Construtivista na prática da Educação Infantil - Manuela

    FACULDADES INTEGRADAS IPIRANGA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA GHISLANE MANUELA DA SILVA CRUZ A TEORIA CONSTRUTIVISTA NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO INFANTIL: uma revisão de Literatura Belém 2014 1 INFANTIL: uma revisão de Literatura Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Pedagogia das Faculdades Integradas Ipiranga, como requisito à obtenção do Grau de...

    13599  Palavras | 55  Páginas

  • Processos de trabalho em sala de aula

    PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL CURSO DE PEDAGOGIA- VIZIVALI - MODALIDADE DE EAD |[pic] | | DISCIPLINA: DIDÁTICA: PROCESSOS DE TRABALHO EM SALA DE AULA DOCENTES RESPONSÁVEIS: Maria Christine Berdusco Menezes Teresa Kazuko Teruya ACADÊMICA (O): SEGUNDA ATIVIDADE AVALIATIVA MARINGÁ – 07/07/2012 QUESTÃO 1 A partir da década de 1980 a educação brasileira apresenta necessidade...

    1026  Palavras | 5  Páginas

  • A METODOLIGIA CONSTRUTIVISTA NAS AULAS DE CIÊNCIAS

    A METODOLIGIA CONSTRUTIVISTA NAS AULAS DE CIÊNCIAS Andrea Gomes Fantinel ,Eunice Daiane da Silva Pacheco e Márcia dos Santos de Souza Prof.º Esp. Eduardo de Almeida Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Licenciatura em Biologia- (BID 0310) -Prática do Módulo II 07/10/2014 RESUMO O presente trabalho visa mostrar através da teoria construtivista de Jean Piaget o ensino dos seres vivos para crianças do sétimo ano do ensino fundamental, empregando interação social, ambiente...

    1796  Palavras | 8  Páginas

  • APOSTILA AULA 14 MAR O 2015

    diferentes pressupostos, alguns educadores receiam a antecipação de práticas pedagógicas tradicionais do Ensino Fundamental antes dos 6 anos (exercícios de prontidão, cópia e memorização) e a perda do lúdico. Como se a escrita entrasse por uma porta e as atividades com outras linguagens (música, brincadeira, desenho etc.) saíssem por outra. Por outro lado, há quem valorize a presença da cultura escrita na Educação Infantil por entender que para o processo de alfabetização é importante a criança ter familiaridade...

    6946  Palavras | 28  Páginas

  • Segunda atividade avaliativa

    necessidade de repensar e reorganizar o processo ensino e aprendizagem por meio de fundamentos referenciados por Jean Piaget. O quinto capítulo: Processo construtivista do livro Didática: processos de trabalho em sala de aula Negrão (2010) discorre sobre o enfoque de que a criança constrói seu próprio conhecimento denominado de processo construtivista. Diante disso redija um texto dissertativo de 15 a 20 linhas, explicando sobre a construção do conhecimento na criança relacionando com a educação escolar...

    1365  Palavras | 6  Páginas

  • Psicologia Construtivista

    Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no livro Educação e Construção do Conhecimento. Mesmo que a noção de aprendizado como reminiscência não encontre eco na ciência contemporânea, algumas ideias inatistas ainda pipocam nas salas de aula. Para o bem e para o mal: se por um lado é interessante levar os alunos a procurar respostas para suas inquietações com independência crescente, por outro é lamentável que muitos docentes sigam explicando o baixo rendimento escolar de certos estudantes...

    1499  Palavras | 6  Páginas

  • Didatica: processo de trabalho em sala de aula

    DISCIPLINA: DIDÁTICA: PROCESSOS DE TRABALHO EM SALA DE AULA Denise Cristina Pinho 2ª ATIVIDADE AVALIATIVA QUESTÃO1 A partir da década de 1980 a educação brasileira apresenta necessidade de repensar e reorganizar o processo ensino e aprendizagem por meio de fundamentos referenciados por Jean Piaget. O quinto capítulo: Processo construtivista do livro Didática: processos de trabalho em sala de aula Negrão (2010) discorre sobre o enfoque de que a criança constrói seu próprio conhecimento...

    591  Palavras | 3  Páginas

  • A IMPORTÂNCIA DO USO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO NAS AULAS DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL

    INSTITUTO DE FÍSICA CURSO DE FÍSICA - LICENCIATURA Jacques Tenório Correia A IMPORTÂNCIA DO USO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO NAS AULAS DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL Maceió/AL 2013 Jacques Tenório Correia A IMPORTÂNCIA DO USO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO NAS AULAS DE CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito obrigatório para obtenção do título de Licenciado...

    14255  Palavras | 58  Páginas

  • A hora da atividade na educação infantil

    Resumo: Hora da Atividade O texto aborda questões sobre como o professor deve atuar e interagir com a criança na hora da atividade sem ser autoritário e sim, amigo. Existem espécies de salas de aula construtivistas e não construtivistas. Onde a construtivista procura promover a interação e aprendizado da criança, desenvolvendo sua autonomia. Já a não construtivista vê a hora da atividade como um tempo livre para as crianças e nesse tempo o professor deixa as crianças brincarem a vontade...

    579  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha do primeiro capítulo da tese “atividades experimentais, do método à prática construtivista”

    da tese “Atividades Experimentais, do método à prática construtivista”, de José de Pinho Alves Filho. O primeiro capítulo da tese de doutorado “Atividades Experimentais, do método à prática construtivista”, de José de Pinho Alves Filho, tematiza a tomada de consciência a respeito da importância da inclusão das atividades experimentais nos cursos secundários de Física do Brasil, por volta dos anos 50 do século XX, e a sempre adiada passagem da intenção à execução de tais atividades. O autor...

    502  Palavras | 3  Páginas

  • PARADIGMAS CONTEMPORÂNEOS DE EDUCAÇÃO: ESCOLA TRADICIONAL E ESCOLA CONSTRUTIVISTA

    PARADIGMAS CONTEMPORÂNEOS DE EDUCAÇÃO: ESCOLA TRADICIONAL E ESCOLA CONSTRUTIVISTA DENISE MARIA MACIEL LEÃO Psicóloga, mestre e aluna especial do Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira – FACED – UFC RESUMO O texto procura demonstrar as principais características dos paradigmas de educação da atualidade – a Escola Tradicional e a Escola Construtivista – a partir da análise dos aspectos filosóficos, epistemológicos, teóricos e metodológicos de cada tipo de escola. Também...

    9274  Palavras | 38  Páginas

  • Plano de Aula Didatica

    por que e quando planejar. Projetos multidisciplinares. Passo 2: Plano de Aula: a) Público Alvo: Este plano de aula é uma proposta para o letramento sócio construtivista para a Educação Infantil, na primeira etapa da vida escolar, especificamente para alunos na faixa etária de 05 a 07 anos de idade. b) Perfil da turma para qual a aula será preparada: No geral apresenta comportamento adequado c) Tema da aula: Alfabetização Silábica d) Justificativa: Desenvolver a capacidade do uso da...

    1624  Palavras | 7  Páginas

  • A alfabetização no processo construtivista

    A ALFABETIZAÇÃO NO PROCESSO CONSTRUTIVISTA PARTE I 1º TÓPICO: O objetivo da presente reunião, é abordar as mudanças em relação a alfabetização em nossa escola. Temos como lema a promoção da aprendizagem no aluno que deve ser o objetivo principal do professor. Para atingir este objetivo não basta ao professor dar uma boa aula, trabalhar bem os conteúdos, ele deve ter bem claro o conhecimento amplo das concepções teóricas que fundamentam a sua prática. A alfabetização em nossa...

    2656  Palavras | 11  Páginas

  • planejamento de aula

     Qual a razão e a finalidade de o professor planejar suas aulas? O lugar que pertence ao aluno e ao professor, o papel que cada um vai desempenhar na sala de aula está relacionado ao entendimento de como ocorre a aprendizagem por parte do aluno. Se concebida numa perspectiva teórica construtivista, a aprendizagem é compreendida como um resultado do esforço de atribuir e encontrar significados para o mundo. Esse esforço exige construir e revisar hipóteses sobre o objeto do conhecimento. Na escola...

    995  Palavras | 4  Páginas

  • PLANO DE AULA

    vem se destacando pelas habilidades de integrar os conteúdos das aulas às atividades extracurriculares, possibilitando a construção do conhecimento de forma mais atrativa: jogos pedagógicos, saúde, higiene corporal, leitura e escrita, poesias, regionalismo e cultura, são aplicados para obter a atenção dos alunos para o ensino-aprendizagem Durante o estágio, pude observar que as aulas foram dinâmicas e interativas onde as atividades proposta pela professora, permitiram que as crianças tivessem livre-arbítrio...

    1419  Palavras | 6  Páginas

  • Abordagem construtivista-interacionista

    de Corpo Inteiro” sendo esta a principal obra da abordagem Interacionista Construtivista, embasada principalmente em seus estudos sobre Jean Piaget. De acordo com Freire ‘’Corpo e mente devem ser entendidos como comportamento que integram um único organismo. Ambos devem ter assento na escola, não um (a mente) para aprender o outro (o corpo) para transportar, mas ambos para se emancipar”. A proposta construtivista-interacionista é uma opção metodológica em oposição à proposta mecanicista...

    2511  Palavras | 11  Páginas

  • Zabala - Construtivismo na sala de aula

    1. Referência ZABALA, Antoni. Os enfoques didáticos. In: COLL, César. MARTÍN, Elena; MAURI, Teresa et al. Construtivismo na sala de aula. São Paulo: Ática, 1996. p.p.153 - 196. 2. Biografia do Autor Responsável pela maior transformação do sistema de ensino espanhol. Pós-ditadura de Franco, o educador Antoni Zabala tornou-se uma referência internacional na educação. Estudioso e mestre dos diferentes aspectos do desenvolvimento curricular e da formação de professores, Zabala presta consultorias...

    4188  Palavras | 17  Páginas

  • Brincadeiras em sala de aula ajudam a superar limites

    BRINCADEIRAS EM SALA DE AULA AJUDAM A SUPERAR LIMITES Elma Machado de Souza Damasceno1 RESUMO Este trabalho é uma breve revisão da monografia apresentada na obtenção do grau de especialista em Educação Infantil e Desenvolvimento à Universidade Candido Mendes, tendo como tema as brincadeiras orientadas em sala de aula pelo professor, como forma de enriquecer as atividades desenvolvidas com seus alunos. Hoje com uma bagagem carregada de experiências, venho focar este assunto...

    2374  Palavras | 10  Páginas

  • sala de aula

    SALA DE AULA : ESPAÇO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO PARA O ALUNO E DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL PARA O PROFESSOR Curso Licenciatura em Ciências Biológicas.3°fase 7.1 O QUE DIZ A PESQUISA SOBRE A SALA DE AULA ENQUANTO ESPAÇO DE APRENDIZAGEM E DE FORMAÇÃO INTELECTUAL DO ALUNO? AS INTERAÇÕES QUE SE DÃO NESSE ESPAÇO TEM SIDO OBJETO DE 3 GRANDES LINHAS DE PESQUISA: O MODELO PROCESSO PRODUTO, AS ABORDAGENS CONSTRUTIVAS E AS PERSPECTIVAS ETNOGRÁFICAS. 7.1.1 O ENSINO E A APRENDIZAGEM...

    569  Palavras | 3  Páginas

  • Metodologia de ensino na sala de aula

    METODOLOGIA DO ENSINO NA SALA DE AULA AMARGOSA 2013 BÁRBARA LUCIANA ANDRADE DA SILVA RESENHA: A METODOLOGIA DO ENSINO NA SALA DE AULA Resenha apresentada a Faculdade Vale do Cricaré, como avaliação parcial para o componente curricular Metodologia do Ensino Superior, do curso de Pós Graduação em Ensino da Matemática. Profª Esp. Msc. Michelle Oliveira da Silva Araujo Amargosa - Bahia 2013 SUMÁRIO 1. RESENHA: A METODOLOGIA DO ENSINO NA SALA DE AULA............................

    1198  Palavras | 5  Páginas

  • Plano de aula

    Plano de aula 1° dia de aula: Acadêmico:Janaina Miranda Campo de estagio:Escola Rural Municipal de Avencal Turma:Pré-escola Faixa etária:4 a 6 anos Professora da turma:Rozeli de Jesus Dias Santos TEMA:Apresentando os números CONTEÚDO:Números,quantidade,música,coordenação motora fina e ampla,movimentos,pintura,colagem,cores,atenção,dialogo,contação de história,higiene. OBJETIVO: Geral: -Apresentar os números e desenvolver a coordenação motora. Especifíco: -Reconhecer números de 0...

    2547  Palavras | 11  Páginas

  • Relatório do livro o construtivismo em sala de aula

    O Construtivismo na Sala De Aula César Coll e Outros Muitos se referem ao Construtivismo como uma teoria, mas observamos que se trata na verdade de uma referência explicativa, sendo assim formada por diferentes contribuições de teorias que auxiliam os educadores a realizar seu planejamento e também a avaliação do ensino. Portanto, entendemos o Construtivismo não como uma receita, mas como uma referência que auxilia o professor a refletir sobre a sua prática pedagógica e em como se aprende e se...

    1922  Palavras | 8  Páginas

  • TRADICIONAL x CONSTRUTIVISTA

     ABORDAGEM TRADICIONAL X ABORDAGEM CONSTRUTIVISTA TRADICIONAL O aluno é um ser passivo, memorizador, receptor de conteúdos. Os conteúdos fornecidos são desestimulantes e desorientadores. Não respeitam a cultura que o aluno trás consigo e não aproveitam o dia a dia. EX: O cão joga bola no gato / vovó viu a uva / Lili é da Lala. O professor é o dono do saber. O aluno vem totalmente desprovido de conhecimento é um quadro em branco, que precisa do professor que é o conhecedor de toda a...

    592  Palavras | 3  Páginas

  • UM MODELO EDUCACIONAL CONSTRUTIVISTA DE INTERVEN AO PSICOPEDAGOGICA

    UM MODELO EDUCACIONAL CONSTRUTIVISTA DE INTERVENÇAO PSICOPEDAGOGICA. O capitulo 3 refere-se as características fundamentais do modelo psicopedagogico nas escolas,as suas finalidades,objetivos e suas concepções construtivistas.Segundo a autora a intervenção psicopedagógica no ambiente escolar serve para ajudar e resolver os problemas da escola ou preveni-los dependendo da situação e do momento. Uma característica importante dessa intervenção esta ligada a postura do psicopedagogo pois,seu papel...

    621  Palavras | 3  Páginas

  • AS DISCREPÂNCIAS PRÁTICAS E TEÓRICAS NA ATIVIDADE DE UM DOCENTE

    AS DISCREPÂNCIAS PRÁTICAS E TEÓRICAS NA ATIVIDADE DE UM DOCENTE Byanca Eugênia Duarte. Silva² - Francercirly Santos¹ - Maria Mabel Nunes de Morais² - Raiany Augusto Carvalho² - Samara Pereira de Sousa² - ¹- Mestre em Psicologia Social, pela Universidade Federal da Paraíba e docente da Faculdade Santa Maria. ² - Graduandas do Curso de Bacharelado em de Psicologia da Faculdade Santa Maria, 4º período, turno manhã. Discentes da Faculdade Santa Maria. Correspondência para: Byanca_psi@outlook...

    2441  Palavras | 10  Páginas

  • entrevista com professores sobre o planejamento de aula

    Conectado CIÊNCIAS BIOLOGICAS GEDALIA DE ANDRADE MACHADO Planejamento de aulas Rolim de Moura-RO 2014 GEDALIA DE ANDRADE MACHADO Planejamento de aulas Trabalho de produção textual interdisciplinar individual apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média bimestral nas disciplinas Psicologia da educação e aprendizagem. Orientadores: Tutora de sala: Greice Keli Laurentino Felix. ...

    2218  Palavras | 9  Páginas

  • PROPOSTA CONSTRUTIVISTA

    PROPOSTA CONSTRUTIVISTA Há tempos, inúmeros filósofos, psicólogos, antropólogos, sociólogos e educadores de todas as áreas procuram entender as relações dos indivíduos com a natureza e a sociedade. Tais estudos muito auxiliam a reformular algumas das questões fundamentais que perpassam a educação. Assim, a natureza do conhecimento e da aprendizagem emergiu, ao longo do tempo, como uma linha essencial de indagação. Nesse enfoque, não se pode esquecer do construtivismo, que é a aplicação pedagógica...

    614  Palavras | 3  Páginas

  • 2 ANO PLANO DE AULA 2013

    CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER CURSO DE PEDAGOGIA – TURMA 2013 Plano de aula de História/Geografia e Artes ITAITUBA-PARÁ, 2013 Plano de aula de História/Geografia e Artes JOANA DARQUE DA SILVA BARROS RU 270584 ITAMIR FIRMINO RU SANDRA FERREIRA MENEZES RU938063 Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Didática e Libras, do curso de Pedagogia...

    1444  Palavras | 6  Páginas

  • Qual a importância das Teorias da Aprendizagem para o profissional da sala de aula?

    Curso: FORMAÇÃO DE DOCENTES PARA ENSINO SUPERIOR - EAD Disciplina: Teorias da Aprendizagem Prof. MURILO JARDELINO DA COSTA Atividade: Questões dissertativas Valor da Atividade: 2 Atividade 01 Nome: FRANCISCO FRANCISLANDO DE SOUSA RA 614106153 qual a importância das Teorias da Aprendizagem para o profissional da sala de aula? Artigo de Opinião: Elabore sua resposta no gênero "artigo de opinião" e cite, no mínimo, 3 referências ao longo do texto, articulando o posicionamento desses...

    2000  Palavras | 8  Páginas

  • OS DESAFIOS DA PERMANÊNCIA EM SALA DE AULA E APRENDIZAGEM DOS ALUNOS DA EJA

    OS DESAFIOS DA PERMANÊNCIA NA SALA DE AULA E APRENDIZAGEM DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) Francisca Nunes Nogueira Beserra 1 – Introdução A educação de jovens e adultos (EJA) é uma modalidade de ensino nos dias de hoje que requer um novo pensar acerca das políticas de (re)inclusão dos educandos nas redes de educação pública do nosso país. O que se tem pensado até o momento é que o trabalho pedagógico desenvolvido neste seguimento é de origem eminentemente alfabetizatório...

    1915  Palavras | 8  Páginas

  • atividades

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ-UFPI CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA-CEAD COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS/EAD DISCPILINA: INTRODUÇÃO À LINGUÍSTICA (MÓDULO I) PROFª. HANNAH ISABEL UNIDADE 1: COMPREENSÃO DA LINGUAGEM ATIVIDADE INDIVIDUAL 1-Levando em consideração os traços que demarcam a linguagem verbal, não verbal e mista, analise as imagens a seguir, elabore um conceito para esses tipos de linguagens. Em seguida, diga o sentido que as imagens abaixo nos transmitem...

    758  Palavras | 4  Páginas

  • Escola Construtivista

     Teoria da Educação A Escola Construtivista Porto, 19 de Maio de 2014 Índice Introdução Pág.3 Construtivismo: conceito, enfoques, metodologias Pág.4 Conclusão Pág. 8 Bibliografia Pág.9 Introdução Enquadrado na unidade curricular de Teoria da Educação, o presente trabalho procura construir sobre uma base Construtivista, um modelo pedagógico no qual os docentes podem adotar estratégias eficazes ao processo de desenvolvimento...

    2443  Palavras | 10  Páginas

  • FICHAMENTO Geografia Escolar e Procedimentos de Ensino numa Perspectiva Sócia construtivista LANA DE SOUZA CAVALCANTI

    Sócia construtivista 2 – AUTORES (ES): Lana de Souza Cavalcanti 3 – DADOS DA PUBLICAÇÃO: GEOGRAFIA E PRÁTICAS DE ENSINO, editora alternativa, Goiânia, 2002. Publicado em: Revista Ciência Geográfica, da AGB de Bauru, ano VI, v. 11, n. 16, maio/agosto de2000. 4 - OBJETIVOS DO AUTOR DO TEXTO: Apresentar e discutir em síntese uma proposta sócia construtivista do Ensino de Geografia, refletindo sobre os procedimentos e metodologias utilizados e possíveis no Ensino da geografia nas salas da Aula...

    2336  Palavras | 10  Páginas

  • Sócio-construtivista (INTERACIONISTA)

    As teorias sócio-construtivistas apresentam como ponto central a premissa de que aprendizagem e desenvolvimento são produtos da interação social. Há um conjunto de correntes variadas que, tendo como ponto central a interatividade psicosocial desenvolvem interpretações variadas para as diversas manifestações dos processos de desenvolvimento e aprendizagem. Destacaremos neste ensaio, as idéias básicas de Jerome Bruner e César Coll sobre Socio-Construtivismo. Jerome Bruner (1973) baseou seus estudos...

    2144  Palavras | 9  Páginas

  • Aulas praticas de Biologia

    ATIVIDADES PRÁTICAS DE LABORATÓRIO NO ENSINO DE BIOLOGIA E DE CIÊNCIAS: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA Clívia Carolina Fiorilo Possobom1 Fátima Kazue Okada2 Renato Eugênio da Silva Diniz3 Resumo: Este artigo apresenta reflexões decorrentes de uma experiência com atividades práticas de laboratório nas disciplinas de Ciências e Biologia, contemplando as diferentes etapas do processo, ou seja: escolha, obtenção de materiais e teste das atividades; elaboração do roteiro para o aluno e para o professor;...

    4366  Palavras | 18  Páginas

  • A perspectiva do jogo em sala de aula

    A PERSPECTIVA DO JOGO EM SALA DE AULA[->0]: UMA ANÁLISE PSICOPEDAGÓGICA Alessandra Pereira Dias, Andréa Aires Costa Resumo: O conteúdo deste artigo é um relato de experiência de uma intervenção psicopedagógica institucional fazendo a análise do jogo como recurso didático na sala de aula. Esta intervenção foi proveniente da experiência de estágio[->1] do curso de especialização em psicopedagogia da Universidade[->2] Estadual do Ceará tendo como fundamentação teórica os estudos de Jean Piaget....

    2329  Palavras | 10  Páginas

  • O jogo na abordagem construtivista

    .....................................................3 Afinal, o que é o construtivismo?....................................................................4 Características do modelo construtivista.........................................................4 O jogo enquanto instrumento de ensino construtivista....................................5 O brinquedo na escola maternal – pré-escola de 2 a 5 anos............................5 Compreendendo o Desenvolvimento Moral... ...................

    2381  Palavras | 10  Páginas

  • Autoritarismo em sala de aula

    Autoritarismo O autoritarismo por parte dos professores aparece como uma das principais questões que influenciam a relação professor-aluno. É relevante notar que a questão disciplinar é necessária em sala de aula, porém as regras ou limites criados devem ser discutidos com o outro participante do processo, o aluno. Para que os mesmos desenvolvam autonomia de ideais e principalmente uma visão crítica de mundo. Autoridade – sf. 1. Direito ou poder de fazer-se obedecer, de dar ordens, tomar decisões...

    1821  Palavras | 8  Páginas

  • A AÇÃO PEDAGÓGICA DO PROFESSOR EM SALA DE AULA

    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO HISTÓRIA NOME A AÇÃO PEDAGÓGICA DO PROFESSOR EM SALA DE AULA Vitória da Conquista – Bahia 2014 SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO HISTÓRIA NOME MARCONDES DE OLIVEIRA A AÇÃO PEDAGÓGICA DO PROFESSOR EM SALA DE AULA Trabalho apresentado ao Curso de História, da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Sociedade...

    1697  Palavras | 7  Páginas

  • Sala de aula é lugar de brincar?

    Sala de aula é lugar de brincar?1 Tânia Ramos Fortuna2 "Brincar com as crianças não é perder tempo, é ganhá-lo. Se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem." (Carlos Drummond de Andrade) Introdução Que relações pode o jogo estabelecer com a Educação? Qual é o papel da atividade lúdica na aprendizagem e no desenvolvimento humano? Afinal, sala de aula pode ser um lugar de brincar?...

    6268  Palavras | 26  Páginas

  • Psicologia do pré-escolar – uma visão construtivista

    pré-escolar – uma visão construtivista Seber, Maria Glória ed. Moderna, 1995 Interação Professor-aluno Considerações gerais O estudo psicológico da criança e as pesquisas sobre os processos de aprendizagem trouxeram como conseqüência a multiplicação programas educativos destinados, principalmente, às etapas iniciais ­escolarização. Uma análise das fundamentações teóricas desses programas permite-nos observar que a influência da corrente de pensamento educacional construtivista é menor do que...

    4454  Palavras | 18  Páginas

  • Construtivismo na sala de aula

    O CONSTRUTIVISMO NA SALA DE AULA A CONCEPÇÃO CONSTRUTIVISTA DA APRENDIZAGEM ESCOLAR E DO ENSINO Escola, cultura e desenvolvimento A existência da instituição escolar é algo tão inerente à nossa sociedade e à nossa maneira de viver que, às vezes, não nos perguntamos por que há escola ou damos a essa pergunta respostas um pouco simples ("para guardar as crianças e distraí-Ias", "para reproduzir a cultura estabeleci¬da"). Não vamos entrar em uma análise - mesmo breve - daquilo que a escola significa...

    3577  Palavras | 15  Páginas

  • Matematica em sala de aula

    comportar adequadamente em sala de aula, quais metodologias usar, entre outras habilidades necessárias para que o aluno de licenciatura seja um professor dentro dos parâmetros adequados, além de aumentar o IDEB da escola onde ele irá atuar. TEMA Estar em sala de aula com um professor da escola estadual, atuando com o método construtivista e interacionista, tendo como dinâmica de aula o uso das ferramentas computacionais. As aulas serão ministradas na própria sala dos alunos, onde o projetor...

    797  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha ( Matemática e Investigação em Sala de Aula)

    Estatística e Informática Resenha do Texto:"Matemática e Investigação em Sala de Aula" Belém 2013 Resenha do Texto: "Matemática e Investigação em Sala de Aula" Belém 2014 O capitulo abordado, da obra: "Matemática e Investigação em Sala de Aula" de Iran Abreu Mendes, traz um discussão a cerca de um assunto um tanto polemico da pratica de ensino de matemática, que se trata do processo...

    641  Palavras | 3  Páginas

  • PRÁTICA DO INTERACIONISMO EM SALA DE AULA: REALIDADE OU UTOPIA?

    UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO PRÁTICA DO INTERACIONISMO EM SALA DE AULA: REALIDADE OU UTOPIA? ADRIANA CAMINHA DE CASTRO Rio de Janeiro 2008 ADRIANA CAMINHA DE CASTRO PRÁTICA DO INTERACIONISMO EM SALA DE AULA: REALIDADE OU UTOPIA? Monografia de conclusão de curso apresentada à Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ ...

    6493  Palavras | 26  Páginas

  • As relaçoes interativas em sala de aula

    AS RELACÕES INTERATIVAS EM SALA DE AULA; O PAPEL DOS PROFESSORES E DOS ALUNOS As seqüências didáticas, como conjunto de atividades, nos oferece uma série de oportunidades comunicativas, mas que por si mesmas não determinam o que constitui a chave de todo ensino: as relações que se estabelecem entre os professores, os alunos e os conteúdos de aprendizagem. As atividades são o meio para mobilizar a trama das comunicações que se pode estabelecer em classe; as relações que ali se estabelecem definem...

    594  Palavras | 3  Páginas

  • As relações interativas em sala de aula

    interativas em sala de aula: o papel dos professores e dos alunos AS RELAÇÕES INTERATIVAS  As seqüências didáticas, como conjunto de atividades, nos oferece uma série de oportunidades comunicativas.  As atividades são o meio para mobilizar a trama das comunicações que se pode estabelecer em classe; as relações que ali se estabelecem definem os diferentes papéis dos professores e dos alunos. A INFLUÊNCIA DA CONCEPÇÃO CONSTRUTIVISTA NA ESTRUTURAÇÃO DAS INTERAÇÕES EDUCATIVAS NA AULA O conjunto...

    535  Palavras | 3  Páginas

  • A teoria construtivista: uma nova maneira de pensar a aprendizagem

    CURSO DE PEDAGOGIA EMPRESARIAL DISCIPLINA: ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO PROFESSORA: MARIA JANINE DALPIAZ RESCHKE Renato Pereira de Almeida A Teoria Construtivista: uma nova maneira de pensar a aprendizagem Gravataí 2007 RESUMO : A proposta da teoria construtivista consiste em proporcionar ao aluno interagir, pensar, criar. Conhecer o que o aluno pensa e sente torna-se um facilitador no processo de aprendizagem. Baseado no autor Burke,...

    1327  Palavras | 6  Páginas

  • RELATORIO ATIVIDADES PNAIC

     RELATÓRIO DE ATIVIDADES CARGA HORÁRIA COMPLEMENTAR Documento do Professor Alfabetizador Varjota – CE 2014 Período ( X ) Julho a setembro de 2014 ( ) Outubro a dezembro de 2014 DADOS GERAIS DO PROFESSOR ALFABETIZADOR NOME COMPLETO Adriana Silva de Souza ESCOLA EM QUE LECIONA Benjamim Rodrigues Macedo ENDEREÇO DA ESCOLA Rua Engenheiro Valdir Leopércio n°156 Acampamento D.N.O.C.S ANO (S) EM QUE LECIONA ( X ) 1º ( ) 2º ( ) 3º ( ...

    1655  Palavras | 7  Páginas

  • Trabalho Socio Construtivista

     Teoria Sócio-Construtivista Anhanguera Educacional 2013 Disciplina: Didática Atividade de Autodesenvolvimento Trabalho desenvolvido na disciplina Didática apresentado à Anhanguera Educacional como exigência para a avaliação na Atps, sob orientação do professora Mônica Costa Anhanguera Educacional 2013 Alunas Isabel Desete da Silva Ra: 6820477026  ...

    1610  Palavras | 7  Páginas

tracking img