As 13 Colônias Inglesas Na América artigos e trabalhos de pesquisa

  • Independência das 13 colônias inglesas da américa do norte

    Independência das 13 colônias inglesas da América do Norte Para entendermos melhor o processo de independência norte-americano é importante conhecermos um pouco sobre a colonização deste território. De acordo com o historiador René Remond, “é impossível compreender o desenvolvimento da àrvore sem se observar primeiro a semente lançada a terra e as suas primeiras germinações”. Quando os primeiros navios de colonos ingleses chegaram ao território onde se instalariam as 13 colônias inglesas na América, encontraram...

    1237  Palavras | 5  Páginas

  • América Inglesa

     A América Inglesa A colonização, pelos ingleses, do que hoje chamamos de Estados Unidos foi iniciada no século XVII e em condições diferentes da colonização ibérica do Novo Mundo. No início daquele século, o governo da Inglaterra concedeu territórios àqueles interessados em explorá-los e povoá-los, numa tentativa de viabilizar a ocupação da América do Norte. No entanto, a efetiva colonização dessa área acontece somente a partir de 1620 e, de certa forma, à revelia do Estado...

    2658  Palavras | 11  Páginas

  • 13 Colonias

    AS 13 COLONIA INGLESAS Colonização dos Estados Unidos desenvolveu-se durante o século XVII, quase um século depois da colonização portuguesa e espanhola na América. A procura de liberdade religiosa, os conflitos políticos na Europa, a procura de melhores condições devida e o crescimento do comércio, foram as principais razões que motivaram a vinda de grandes levas de colonos, principalmente ingleses, para a América do Norte, fixando-se na costa do Oceano Atlântico, fazendo surgir as Treze Colônias...

    803  Palavras | 4  Páginas

  • As treze colônias e a formação dos Estados Unidos

    Treze colônias e a formação dos Estados Unidos As 13 colônias e a metrópole Inglesa As colônias inglesas da América do Norte eram bem diferentes da maioria das colônias existentes no mundo. Apesar de estarem divididas, as 13 colônias inglesas, de um modo geral, tinham certa autonomia em relação à metrópole.As colônias do Norte eram típicas de povoamento, utilizando mão-de-obra assalariada, tendo liberdade de comercializar seus produtos, já que não havia nenhum interesse da coroa inglesa em explorar...

    670  Palavras | 3  Páginas

  • Colonização da América Inglesa

    COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA INGLESA Colonização, independência dos E.U.A e Guerra de secessão SUMÁRIO Introdução...........................................................................................................3 Colonização........................................................................................................4 Conclusão...........................................................................................................7 Bibliografia..........................

    1335  Palavras | 6  Páginas

  • Treze Colônias

    Treze Colônias Em 1775 os britânicos reclamavam soberania sobre as áreas a vermelho e a rosa. A Espanha dominava as áreas a laranja. A ocupação da América do Norte foi marcada por intensos conflitos entre os ingleses e os povos indígenas da região. Um exemplo: o povoado de Jamestown, na Virgínia (1607), primeiro povoado inglês bem-sucedido na América do Norte, foi erguido nas terras tomadas dos índios Powhatan, que foram dizimados pelos ingleses. No início do séc.XVII, duas companhias de comércio...

    557  Palavras | 3  Páginas

  • A formação das 13 colônias norte americanas

    [pic][pic] Nome: Bruno Barbosa 3ºA Nº (Provisório) A Formação das 13 colônias norte americanas Para entender o momento histórico que culminou na declaração da independência das 13 colônias inglesas na América, em 4 de julho de 1776, por Thomas Jefferson, é preciso, entretanto, compreender a colonização inglesa. No século 16, Portugal e Espanha eram as mais importantes potências da Europa, detentoras da descoberta do Novo Mundo. A preocupação mercantilista motivou a exploração do novo continente...

    780  Palavras | 4  Páginas

  • as treze colonias

    Índice A ocupação da América do Norte foi marcada por intensos conflitos entre os ingleses e os povos indígenas da região. Um exemplo: o povoado de Jamestown, na Virgínia (1607), primeiro povoado inglês bem-sucedido na América do Norte, foi erguido nas terras tomadas dos índios Powhatan, que foram dizimados pelos ingleses. No início do séc. XVII, duas companhias de comércio foram autorizadas a empreender a colonização da América do Norte. Para atrair as pessoas, essas companhias lançaram uma propaganda...

    1121  Palavras | 5  Páginas

  • Emancipação das 13 colônias

    PROCESSOS DE EMANCIPAÇÃO DAS 13 COLÔNIAS HISTÓRIA DA AMÉRICA A crise das monarquias absolutistas estabelecida no século 18 indicava o fim do antigo regime, juntando-se a este fato as revoluções burguesas também sinalizavam a busca por uma nova forma de poder, dentro deste contexto as 13 colônias inglesas na América do norte reivindicavam uma maior autonomia e liberdade e esta experiência ficou conhecida, historiograficamente, como sendo a primeira deste tipo a defender o pensamento iluminista...

    552  Palavras | 3  Páginas

  • As treze Colônias e a Formação dos E.U.A

    História História As Treze Colônias & A Formação dos E.U.A Sumário Apresentação___________________________________________________________ 4 Conflito Colônia – Metrópole _______________________________________________5 A busca da autonomia ____________________________________________________5 A dominação inglesa _____________________________________________________6 A Independência das 13 Colônias___________________________________________7 A...

    2308  Palavras | 10  Páginas

  • Independencia das 13 colonias

    Inglaterra – controle não rigoroso sobre suas 13 colônias da América do Norte. o Século XVII (Leis de Comércio e Navegação) – tentativa do governo inglês de proibir o comércio marítimo das colônias em navios não ingleses. o Os colonos recusam-se a obedecer as ordens britânicas. o Século XVIII – Guerra dos 7 anos (1756-1763) – Inglaterra e França disputam territórios na Ásia, África e América do Norte. o Apesar de vitoriosos, os ingleses tiveram muitos gastos; procuram arrecadar mais impostos...

    517  Palavras | 3  Páginas

  • Colonização da America Inglesa

    Introdução A colonização inglesa na América do Norte se deu com as reformas religiosas e políticas na Inglaterra Podemos dizer que a colonização da América inglesa realizou-se a partir da atuação da “iniciativa privada.” Mas eram subordinadas as leis do estado.As ultimas colônias a surgirem foram as do centro, após a Restauração da Monarquia inglesa em 1660.A organização colonial tende a aumentar constantemente sua influencia, reforçando a ideia de seus próprios diretos ,os interesses dos mesmos...

    1306  Palavras | 6  Páginas

  • Implatação das treze colônias dos eua

    das treze colônias Introdução A Inglaterra havia estabelecido treze colônias na costa atlântica da América do Norte, agrupadas sob o nome de Nova Inglaterra. Algumas dessas colônias tiveram grande desenvolvimento econômico. As do sul exportavam tabaco, café e arroz; as do centro, madeira e trigo; as do norte, peixe em conserva e navios. Desenvolveu-se um "comércio triangular" entre essas colônias, a América Central...

    1267  Palavras | 6  Páginas

  • As treze colônias

    *As 13 colônias e a metrópole Inglesa As colonias inglesas da Ámercia do Norte eram bem diferentes d maioria das colonias existentes no mundo.Apesar de estarem divididas,as 13 colônis inglesas,de um modo geral,tinham certa sautonomia em relação a metrópole. As colonias do Norte eram tipicasde povoamento,utilizando mão-de-obra assalariada,tendo liberdade de comercializar seus produtos,já que não havia nenhum interesse da coroa inglesa em explorar tal região em virtude de terem as mesmas condições...

    866  Palavras | 4  Páginas

  • A independência da américa inglesa

    Independência da América Inglesa Pq foi a pioneira? A INDEPENDÊNCIA DOS EUA Conflito colônia-metrópole No final do século XVIII, um importante acontecimento assinalou a influência, concreta, dos ideais iluministas de liberdade, igualdade e rebeldia às opressões políticas. As 13 colônias inglesas na América do Norte conquistam sua independência. Nasciam os Estados Unidos: a primeira nação independente do Novo Mundo, a primeira Constituição escrita, a primeira democracia moderna. Desfechava-se...

    2306  Palavras | 10  Páginas

  • America Inglesa

    A independência das Américas Inglesa e espanhola capítulo 28 Treze colônias, uma nação A formação das nações americanas é um processo marcado pela luta das antigas áreas coloniais contra a dominação de suas metrópoles, ocorrido no final do século XVIII e inicio do século XIX. Refletindo sobre a diversificação existente no continente em termos de população, hábitos, línguas e formas de colonização, esse processo é iniciado com o surgimento dos Estados Unidos, cujo exemplo será seguido pelo restante...

    3624  Palavras | 15  Páginas

  • As treze colonias

    Para entender o momento histórico que culminou na declaração da independência das 13 colônias inglesas na América, em 4 de julho de 1776, por Thomas Jefferson, é preciso, entretanto, compreender a colonização inglesa. No século 16, Portugal e Espanha eram as mais importantes potências da Europa, detentoras da descoberta do Novo Mundo. A preocupação mercantilista motivou a exploração do novo continente em busca de produtos tropicais e, principalmente, de metais preciosos. Os territórios considerados...

    1900  Palavras | 8  Páginas

  • Independencia das 13 colonias

    A Independência das 13 colônias O século XVIII foi um período de grandes transformações econômicas, políticas e sociais na Europa. Influência das idéias iluministas  essa corrente inspirou ao final do século XVIII, a revolução pela liberdade e igualdade A região das 13 colônias ficou dividida em colônias do norte, centro e sul: Colônias do norte se organizaram em torno do extrativismo, mão de obra assalariada, minifúndio, policultura; Colônias do sul se organizaram em torno do sistema de plantation:...

    1325  Palavras | 6  Páginas

  • AS TREZE COLÔNIAS E A FORMAÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS

    Luís Felipe Matos de Albuquerque Raissa Rhurianny de Sousa Queiroz Viviane Cardoso Silva AS TREZE COLÔNIAS E A FORMAÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS MA 2014 CENTRO INTEGRADO DO RIO ANIL - CINTRA TURMA: 200 Bone Alexandre Pinheiro Silva ...

    2758  Palavras | 12  Páginas

  • independencia das americas

    Os movimentos autonomistas nas Américas As ideias de liberdade e igualdade escancaradas com os ideais iluministas após a Revolução Francesa influenciaram os movimentos autonomistas nas Américas. Foi influente na Filosofia, na Política,na sociedade,na economia e até psicologia. O movimento de independência da América do Norte As Treze Colônias inglesas na América se desenvolveram de diferentes maneiras: As do centro norte eram baseadas na pequena propriedade, na produção de manufaturas...

    1674  Palavras | 7  Páginas

  • As treze colonias americanas

    Independência das treze Colônias Americanas O movimento de independência dos Estados Unidos inaugurou a falência do regime colonial na América e influenciou, com seus ideiais, o crescimento da maior revolução da história ocidental: a Revolução Francesa.Para entender o momento histórico que culminou na declaração da independência das 13 colônias inglesas na América, em 4 de julho de 1776, por Thomas Jefferson, é preciso, entretanto, compreender a colonização inglesa.Antes da Independência, os EUA...

    1237  Palavras | 5  Páginas

  • A independência das treze colônias americanas

    A Independência das treze colônias americanas O movimento de independência dos Estados Unidos inaugurou a falência do regime colonial na América e influenciou, com seus ideais, o crescimento da maior revolução da história ocidental: a Revolução Francesa. A Independência das treze colônias inglesas da América do Norte foi o primeiro movimento de emancipação que alcançou resultado efetivo, sendo considerado como uma das Revoluções Burguesas do século XVIII. Neste século, vários movimentos caracterizaram...

    1110  Palavras | 5  Páginas

  • As Treze Colônias

    AS TREZE COLÔNIAS Ocupação inglesa na América do Norte Enquanto buscavam um novo caminho para o Oriente, ingleses e franceses exploraram o leste da América do Norte durante o século XVI. Apesar de várias tentativas para estabelecer assentamentos permanentes na região durante esse período, apenas entrepostos comerciais se mantiveram. Foi somente no contexto dos acontecimentos abaixo, na primeira metade do século XVII, que teve início de modo efetivo a colonizaçãoinglesa na América do Norte: ...

    2191  Palavras | 9  Páginas

  • America Inglesa

    América Inglesa (EUA) Introdução A Inglaterra iniciou seu processo de expansão marítima no final do século XV, após a Guerra das Duas Rosas, com a ascensão da Dinastia Tudor, que deu início a formação do absolutismo e desenvolveu uma política mercantilista. No entanto, as expedições que a princípio pretendiam encontrar uma passagem para o Oriente, não tiveram resultados efetivos, seja pelos conflitos com a Espanha, ou com os povos indígenas na América do Norte A Inglaterra No século XVII...

    953  Palavras | 4  Páginas

  • Independencia 13 COLONIAS

    A Crise do Sistema Colonial ( emancipação americana séc XVIII e XIX) “para explorar a colônia, a metrópole precisava desenvolvê-la; quanto mais a colônia se desenvolvia, mais se aproximava da independência.” 1. A expansão territorial no séc. XVI a colonização portuguesa no Brasil limitava-­se ao litoral brasileiro (engenhos para a produção do açúcar, e onde se realizava a extração do pau-brasil) No séc XVII tem início o processo de expansão territorial a partir de: ⇒ Pecuária: fonte de alimentação...

    1312  Palavras | 6  Páginas

  • As Colonias da América - diferenças e proximidades

    “AS COLÔNIAS DA AMÉRICA: DIFERENÇAS E PROXIMIDADES” América. Tanto a se falar, estudar, questionar. Desde a chegada do primeiro homem ao Continente, já que há unanimidade quanto à sua origem: ele não é autóctone. De resto, nenhuma precisão quanto a esta origem. Tantas teorias sobre sua chegada. Teria ele vindo pelo Estreito de Bering, quando da baixa dos oceanos nos períodos glaciais? Se sim, em quais destes períodos? Há 40.000 ou há 10.000 anos? Se não foi por este caminho quais das possíveis...

    3173  Palavras | 13  Páginas

  • Formaçao das treze colonias

    Independência dos Estados Unidos Entre 1607 e 1733, nas costas orientais da América do Norte, os ingleses fundaram treze colônias. Cada uma delas, politicamente, dispunha de liberdades limitadas, sendo governadas por ingleses nomeados pelo rei da Inglaterra. Sob o aspecto econômico, as colônias submetiam-se, teoricamente, ao regime de exclusividade comercial: só podiam comerciar com a metrópole. No norte se destacava a pequena propriedade, predominando a agricultura, o comércio e a pesca, para consumo...

    3150  Palavras | 13  Páginas

  • a independencia das 13 colonias

    Independência das treze colônias inglesas DISCIPLINA: HISTÓRIA PROF.: Rodrigo Torres de Morais O caminho para a Independência das Treze Colônias 13. Vitória Americana 12. Batalha de Bunker Hill 11. 2º Congresso de Filadélfia 10. Batalha de Lexington 9. 1º Congresso de Filadélfia 8. Parlamento e o decreto das Leis Intoleráveis 7. A festa do chá em Boston 6. Parlamento inglês e o decreto do ato do chá 5. Massacre de Boston 4. Parlamento inglês e a aprovação dos Atos de Townshend ...

    1360  Palavras | 6  Páginas

  • História da américa

    História da América: Em 1492, Colombo descobriu a América, com isso ocorreu um confronto entre Portugal e Espanha, sendo resolvido pelo Tratado de Tordesilhas, o qual, uma parte da América ficou para Portugal e todo o restante, quase a totalidade, ficou com a Espanha, mas, esta, só ocupou aquelas áreas que poderia render lucro imediato, como áreas de ouro e prata (México, Peru, Bolívia) e as áreas tropicais, com o objetivo de produzir no Brasil, o que não se pode produzir na Europa. A América do norte...

    624  Palavras | 3  Páginas

  • Colonização espanhola da américa

    trabalhos (...), durante um prazo determinado. Esses índios são compensados com certa quantidade de dinheiro e destinados aos mais variados tipos de serviços." - Como ficou conhecido este tipo de trabalho compulsório trabalho compulsório* nas colônias espanholas? R.:_____________________________________________________________________________________________ 2ª QUESTÃO – VALOR: 2,0 (________) “Aos colonos espanhóis era dado, de forma vitalícia, o direito de explorar o trabalho de toda...

    793  Palavras | 4  Páginas

  • Treze colonias

    As treze colônias As Treze Colônias foram as colônias Estados Unidos da América[->0] que se rebelaram contra o domínio do Império Britânico[->1], em 1775[->2], quando formaram um governo provisório, Norte-Americano[->3], o qual proclamou a sua independência no dia 4 de julho[->4] de 1776[->5]. Subsequentemente, as colônias constituíram-se nos treze primeiros Estados americanos. As demais colônias britânicas[->6] na América do Norte[->7] não aderiram imediatamente ao movimento de independência...

    933  Palavras | 4  Páginas

  • Colonização da américa

    Colonização da América, parecer geral de como tudo começou: A princípio donos do Oceano Atlântico, portugueses e espanhóis dividiram o Novo Mundo entre si. Os ingleses contestavam a validade do Tratado de Tordesilhas e praticavam pirataria oficial como corsários. Por muitos anos o saque de riquezas dos galeões espanhois foi mais tentador que o esforço sistemátio da colonização. A Inglaterra resolveu, não concentra-se apenas no roubo de navios, encarregou Jonh Cabot de explorar a América do Norte em...

    1833  Palavras | 8  Páginas

  • Independência das colonias americas

    Índice I. INTRODUÇÃO A Inglaterra, depois da guerra de sete 7 anos de 1756-1763, com a Franca, estendeu a sua política mercantilista as suas colónias da América do Norte. Os americanos começaram a reagir a atitude da metrópole colonizadora que impedia o seu desenvolvimento económico e a sua autonomia política. Após o conflito das duas potências devido as fronteiras entre a França e Inglaterra. Mais tarde, a França iria influenciar e participar na própria luta pala independência com o fim...

    5511  Palavras | 23  Páginas

  • Historia da america

    HISTÓRIA DA AMÉRICA II ALUNO: LAERCIO C RODRIGUES MATRÍCULA: 1055971 Atividade: Na Unidade 3, estudamos como foi a produção da vida material na América espanhola e, também, na América inglesa. Com base nesse estudo, bem como em uma pesquisa de, pelo menos, um texto de sua escolha, escreva sobre as diferenças existentes nas condições de trabalho entre a América inglesa e a América espanhola, relatando os motivos do uso da escravidão e do trabalho assalariado em diferentes regiões. Em seguida...

    828  Palavras | 4  Páginas

  • america espanhola e inglesa

    ! ! ! ! ! AMÉRICA ESPANHOLA: ! • Missão religiosa: -O rei espanhol so poderia tomar posse do das terras americanas se fosse em missão de cristianização, se ao contrario, haveria discussão, pois os espanhóis estavam dividos, os juristas e os teólogos começaram a discutir sobre a natureza do poder papal. Para uns o papa não tinha poder de conceder terras habitadas, e para outros a soberania incluía conflitos não religiosos. Assim foi resolvido que com a apoio da igreja o estado...

    819  Palavras | 4  Páginas

  • História da américa

    SUMÁRIO HISTÓRIA DA AMÉRICA I 1. POVOS NÔMADES: OS PRIMEIROS HABITANTES “DESCOBREM E EXPLORAM A AMÉRICA .......................................HIA I 05 2. OS MAIAS: A PRIMEIRA GRANDE CIVILIZAÇÃO SEDENTÁRIA DA AMÉRICA ..................................................................... HIA I 09 3. SÍNTESE PARA AUTO-AVALIAÇÃO .................................................HIA I 13 4. A DOMINAÇÃO ASTECA NA MESOAMÉRICA ............................................HIA I 15 5. OS INCAS: O DESENVOLVIMENTO...

    13787  Palavras | 56  Páginas

  • Resumo da independência dos estados da américa

    COLÉGIO TÉCNICO DA FUNDAÇÃO JOSÉ CARVALHO ANA PAULA DOS SANTOS CARVALHO – 3ºC Independência dos Estados Unidos da América A Independência dos Estados Unidos é considerada a primeira revolução americana (a segunda foi a Guerra de Secessão, também nos Estados Unidos). Ela foi um marco na crise do Antigo Regime porque rompeu a unidade do sistema colonial. As treze colônias americanas se formaram a partir do século XVII. Nos fins do século XVIII, havia 680 000 habitantes no norte, ou Nova...

    1669  Palavras | 7  Páginas

  • Revoluçao inglesa

    Revolução Inglesa A origem da Revolução Inglesa pode ser explicada por uma combinação de diversos fatores. Na época da Dinastia Tudor, o país apresentava um desenvolvimento econômico próspero e de várias conquistas. Enquanto Henrique VIII e Elisabeth I estavam no poder, ocorreu a adoção do anglicanismo, que trouxe grandes mudanças e era um instrumento importante do Estado. Além disso, neste período, a Inglaterra encontrava-se unificada e começou a disputar o descobrimento de novas colônias, fazendo...

    532  Palavras | 3  Páginas

  • Independência das américas

    das Américas  1. Historia Independência da América Hispânica 2. A CRISE DO SISTEMA COLONIAL O fim do Antigo Regime nas últimas décadas do século XVIII foi consequência das transformações ideológicas, econômicas e políticas produzidas pelo Iluminismo, pela Revolução Industrial, pela independência dos Estados Unidos e pela Revolução Francesa. Estes acontecimentos, que se condicionaram e se influenciaram reciprocamente, desempenharam um papel decisivo no processo de independência da América espanhola...

    2167  Palavras | 9  Páginas

  • A idependencia das colonias inglesas e espanholas

    A colonização da América obedeceu a mais um capítulo dos interesses europeus, para desafogar excedentes demográficos, escapar de conflitos político-religiosos e principalmente atender as práticas mercantilistas, enriquecendo os estados e a burguesia européia. As terras do novo mundo, recém descoberto, representavam a fonte de riqueza para os povos europeus, necessitados de metais preciosos, excedentes agrícolas e de todos os produtos que antes vinham das Índias Orientais. Neste capítulo vamos analisar...

    2330  Palavras | 10  Páginas

  • História da América

    UNIDADE 3 - ASPECTOS ECONÔMICOS DA COLONIZAÇÃO AMERICANA A exploração mineradora foi a atividade econômica mais importante na América Espanhola, na verdade foi a responsável pela colonização efetiva das terras de Espanha. O ouro na região do México e a prata na região do Peru, foram responsáveis pelo desenvolvimento de uma clara política de exploração por parte da metrópole, que passou a exercer um controle mais rígido sobre seus domínios. A mineração tornou-se responsável pelo desenvolvimento...

    823  Palavras | 4  Páginas

  • Treze colônias

    Treze colônias O surgimento de uma nova nação deu-se em virtude de descontentamentos por parte das Treze Colônias em relação à política inglesa, pois foram vários os fatores que levou ela a querer a independência e autonomia: leis, guerras, existência de tropas que os colonos deveriam sustentar, entre outras. Desde a fundação das Treze Colônias, ela teve certa autonomia comercial bastante grande, comerciavam e podiam criar até manufaturas, ou seja, no começo o pacto colonial inglês era...

    1048  Palavras | 5  Páginas

  • dominação europeia nas americas

    norte-americanos e a Coroa Inglesa, provocando a luta pela independência. Entre os objetivos dessas leis, devem ser destacados as seguintes: Recuperar a Companhia das Índias Ocidentais; abrir o porto de Boston às nações amigas e aumentar as importações das colônias. Aumentar o consumo de chá e açúcar nas colônias; obrigar ao uso de selos na correspondência intercolonial e aumentar as exportações das colônias. Pagar indenizações à França, devido à derrota inglesa na Guerra dos Sete Anos;...

    4788  Palavras | 20  Páginas

  • Independências na América Latina

     IDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA LATINA 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 1. Independência da América Latina 4 1.1 Haiti 4 1.2 México 4 1.3 América Central 5 1.4 Paraguai 5 1.5 Uruguai 5 1.6 Argentina, Chile e Peru 5 1.7 Brasil 5 CONCLUSÃO 6 REFERÊNCIAS 7 ANEXO - Mapa 8 INTRODUÇÃO O processo de independência da América Latina se iniciou no século XIX, nessa fase os pensamentos Iluministas já haviam chegado ao continente, o que influenciou...

    880  Palavras | 4  Páginas

  • A independencia dos eua, haiti e américa espanhola

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE HISTÓRIA A independência dos EUA, Haiti e América Espanhola Belém 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE HISTÓRIA Joana D’arc Moreira da Silva Matricula 11375004701 Belém 2013 1) Destaque...

    1206  Palavras | 5  Páginas

  • Independencia na américa

    PROCESSOS DE INDEPENDÊNCIA NA AMÉRICA. AMÉRICAS INGLESA, PORTUGUESA E ESPANHOLA. AMÉRICA INGLESA. • Entre 1607 e 1733, as Treze Colônias tiveram como base de ocupação do território a iniciativa privada. • População bastante diferenciada: – Grupos religiosos buscando liberdade de culto (os peregrinos); – Órfãos, mulheres, homens pobres... • Território com clima e geografia distintos. – As colônias de povoamento e de exploração não refletiram um projeto especifico de ocupação do território...

    1846  Palavras | 8  Páginas

  • Colonialismo nas Americas -

    infra-estrutura e lutam por melhorias. Como exemplo, podemos citar a colonização inglesa nos Estados Unidos. Colonialismo na America  América foi inicialmente povoada por povos indígenas , durante milhares de anos desenvolveram-se civilizações por todo o continente, tal como os maias, os astecas e os incas, entre outros. Na busca do caminho para as Índias (nome genérico dado ao Oriente), Cristóvão Colombo chega à América em 1492. Dois anos depois, o Tratado de Tordesilhas divide o controle do Novo...

    847  Palavras | 4  Páginas

  • Processos de colonização da América Espanhola e Inglesa

    DE COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA. A conquista da América representou um dos maiores genocídios registrados na história da humanidade. Em aproximadamente um século, a população do México, que era de mais de 20 milhões de pessoas, despencou para menos de 2 milhões. Doenças trazidas pelos europeus, guerras, assassinatos, abortos e suicídios foram os responsáveis por todas essas mortes. O desastre foi acompanhado pela destruição de grandes culturas existentes na América. O processo...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • Questionario de Literatura Inglesa

     Anhanguera Educacional Faculdade Anhanguera De Valparaíso De Goiás Curso: Letras - Português e Inglês / 6º e 7º Série Disciplina: Literatura de Língua Inglesa II Ana Paula Monteiro Bispo - RA: 4251826934 Áurea Cristina Chagas dos Santos - RA: 7529603717 Anna Luiza Rodrigues - RA: 5666136878 Henísio Pires Gonçalves - RA: 3776750130 Isléya Da Silva Alves - RA: 4243828335 Questionário Capitulo 1 - Período Inicial e Colonial Até 1776 Capitulo 2 - Origens Democráticas e Escritores Revolucionários...

    1605  Palavras | 7  Páginas

  • AMÉRICA ESPANHOLA

    AMÉRICA ESPANHOLA ECONOMIA  Os espanhóis estruturaram a economia colonial em torno da exploração mineral. Grandes reservas de prata e ouro foram localizadas na região dos Andes e na América Central. Era tudo aquilo que um país mercantilista sonhava. Grandes minas (como a de Potosí, no Vice-Reinado do Peru) promoveram um enorme fluxo de metais para a Europa, fazendo da Espanha um império poderoso  e alterando as relações monetárias naquele continente. O trabalho empregado na mineração seja...

    1835  Palavras | 8  Páginas

  • Colonização inglesa na america do norte

    A colonização inglesa na América do Norte Introdução A Inglaterra iniciou seu processo de expansão marítima no final do século XV, após a Guerra das Duas Rosas, com a ascensão da Dinastia Tudor, que deu início a formação do absolutismo e desenvolveu uma política mercantilista. No entanto, as expedições que a princípio pretendiam encontrar uma passagem para o Oriente, não tiveram resultados efetivos, seja pelos conflitos com a Espanha, ou com os povos indígenas na América do Norte. O IMPERIO...

    2664  Palavras | 11  Páginas

  • A independência das Americas

    2014 Capitulo 13- A independência das Américas Inglesa e Espanhola. Desde o início da independência da América aos dias atuais , ditaduras e governos autoritários constituíram obstáculos para a manutenção da democracia, especialmente no que diz respeito aos governos Latino-Americanos. O pioneirismo da América inglesa na ruptura do sistema colonial está ligado à afirmação crescente de uma identidade própria, no primeiro local e depois norte- americana. Nesse processo colônias separadas conceberam...

    1367  Palavras | 6  Páginas

  • Colonização das américas - estudo dirigido

    Capítulo 16 – COLONIZAÇÃO das AMÉRICAS 1.Relacione mercantilismo e colonização. Os Estados europeus apoiaram o início da colonização da América porque acreditavam que as colônias ajudariam a alcançar os objetivos mercantilistas,ou seja,as colônias contribuíram para a prosperidade do Reino.Um dos objetivos mercantilistas era alcançar a balança comercial favorável,ou seja,o país deveria exportar mais que importar.Também há acumulação de metais preciosos,o chamado metalismo. 2.Escreva três...

    907  Palavras | 4  Páginas

  • Independencia dos estados unidos da america

    Unidos da América………................................................... 4-6 Conclusão……………………………………………………………………………………………………………..……………7 Bibliografia…………………………………………………………………………………………………………………………8 Introdução Neste trabalho vamos falar da Independência dos Estados Unidos da América. Das 13 colónias, como se iniciou a guerra e como se deu a independência. Os Estados Unidos era constituído por trezes colónias, que por sua vez era dividida em colónia do norte e colónia do sul...

    550  Palavras | 3  Páginas

  • Descobrimentos na america pre colombiana

    Os primórdios da América pré-colombiana Os habitantes da América pré-colombiana não são naturais do continente, mas oriundos de outras regiões, isto é, são alóctones. Recentes achados arqueológicos indicam que eles chegaram ainda na época paleolítica, em pequenos grupos nômades – e isto certamente antes de 50000 a.C. O provável caminho percorrido por esses homens, originários da Ásia, em direção à America foi o que passa pelo estreito de Bering. No entanto, não se pode descartar outras possibilidades...

    4995  Palavras | 20  Páginas

  • COLONIZAÇÃO INGLESA E ESPANHOLA

    COLONIZAÇÃO INGLESA E ESPANHOLA NA AMÉRICA A colonização da América obedeceu a mais um capítulo dos interesses europeus, para desafogar excedentes demográficos, escapar de conflitos político-religiosos e principalmente atender as práticas mercantilistas, enriquecendo os estados e a burguesia européia. As terras do novo mundo, recém descoberto, representavam a fonte de riqueza para os povos europeus, necessitados de metais preciosos, excedentes agrícolas e de todos os produtos que antes vinham...

    3919  Palavras | 16  Páginas

  • Revolução americana, france e inglesa

    São Paulo, 13 de março de 2013 Trabalho de Sociologia: Revolução Francesa Revolução Inglesa Revolução Americana Revolução Americana - Parte da grande revolução que mudou os destinos da civilização ocidental no final do século XVIII, a guerra da independência dos Estados Unidos (revolução americana) abriu uma nova era na história da humanidade. E o país surgido desse movimento...

    1394  Palavras | 6  Páginas

  • America colonial

    América Colonial Colonização Inglesa No ano de 1620, o navio Mayflower saiu da Inglaterra com um grupo de artesãos, pequenos burgueses, comerciantes, camponeses e pequenos proprietários interessados em habitar uma terra onde poderiam prosperar e praticar o protestantismo livremente. Chegando à América do Norte naquele mesmo ano, os colonos fundaram a colônia de Plymouth – atual estado de Massachusetts – que logo se transformou em ponto original da chamada Nova Inglaterra.  Com o passar do...

    1291  Palavras | 6  Páginas

  • Guiana inglesa

    Trabalho de Inglês Guiana Inglesa Matéria: Inglês Professora: Julia Nomes: Jaqueline Roberta Alves Shimoda Kleber Golçalves Yanara Silva Baltazar Série: 1°F Data:18/03/13 Índice Pagina 1 Guiana Inglesa e geografia da Guiana inglesa Pagina 2 Clima e Vegetação...

    765  Palavras | 4  Páginas

  • O processo de crise e independência da américa espanhola e da amércia portuguesa

    O Processo De Crise E Independência Da América Espanhola E Da Amércia Portuguesa   A partir do século XVIII a Espanha passou por um intenso processo de mudança (crise) que determinou sua história como potência colonial.       Neste período, Espanha e Portugal – até então as grandes potências da Europa – vinham perdendo seus espaços para França e Inglaterra. A mineração nas colônias espanholas estava em declínio. O esgotamento das principais jazidas no México e Peru ocorria desde o século XVII...

    2238  Palavras | 9  Páginas

tracking img