Artigo Cientifico O Mal Estar Na Civilização artigos e trabalhos de pesquisa

  • Fichamento do capítulo 3 do livro Mal-Estar na Civilização, de Sigmund Freud

     Faculdades de Campinas Curso de Relações Internacionais Artigo final para conclusão do curso de Laboratório de Análise de Pesquisas em Relações Internacionais – Estados Unidos Fichamento do capítulo 3 do livro Mal-Estar na Civilização, de Sigmund Freud Paulo Henrique Barros Faria Dragoni Ferreira Campinas, junho de 2013. Mal-estar na civilização, capítulo 3. Já no início do capítulo Sigmund Freud cita e explica quais as fontes de nosso sofrimento. São elas: poder...

    1634  Palavras | 7  Páginas

  • Mal-estar e subjetividade

    Mal-Estar e Subjetividade Universidade de Fortaleza cmps@unifor.br ISSN: 1518-6148 BRASIL 2002 Daniella Coelho de Oliveira O TEXTO FREUDIANO COMO ANALISADOR DA CULTURA: UMA RESPOSTA AOS DISCURSOS TOTALIZANTES DA CIÊNCIA E DA RELIGIÃO Revista Mal-estar E Subjetividade, setembro, año/vol. 2, número 002 Universidade de Fortaleza Fortaleza, Brasil pp. 123 - 144 ARTIGOS O texto freudiano como analisador da cultura: uma resposta aos discursos totalizantes da ciência e da religião ...

    7472  Palavras | 30  Páginas

  • Mal estar na civilização

    O Futuro de uma Ilusão, O mal-estar na civilização e outros trabalhos VOLUME XXI (1927-1931) Dr. Sigmund Freud 2 O FUTURO DE UMA ILUSÃO (1927) NOTA DO EDITOR INGLÊS DIE ZUKUNFT EINER ILLUSION (a) EDIÇÕES ALEMÃS: 1927 Leipzig, Viena e Zurique: Internationaler Psychoanalytischer Verlag, 91 págs. 1928 2ª ed. Mesmos editores. (Inalterada) 91 págs. 1943 G. W., 11,411-66. 1948 G. W., 14,325-380. (b) TRADUÇÃO INGLESA: The Future of an Illusion 1928 Londres: Hogarth Press e Instituto de Psicanálise...

    79445  Palavras | 318  Páginas

  • Do ‘mal-estar na civilização’ ao mal-estar na organização: um percurso

    UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA Barbara Angelica dos Santos Monteiro Carissimi DO ‘MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO’ AO MAL-ESTAR NA ORGANIZAÇÃO: UM PERCURSO Rio de Janeiro 2008 Barbara Angelica dos Santos Monteiro Carissimi DO ‘MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO’ AO MAL-ESTAR NA ORGANIZAÇÃO: UM PERCURSO Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado em Psicanálise, Saúde e Sociedade da Universidade Veiga de Almeida, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Psicanálise, Sociedade...

    23240  Palavras | 93  Páginas

  • Artigo Design E Sociedade

    consumidor. A Sociedade contra o Estado – Clastres (2003) analisa como a sociedade se comporta perante as punições e como o cidadão deve aprender através das leis, bem como faz um parametro entre a sociedade moderna e as culturas indigenas. Mal estar na civilização – Freud (2010), que descreve características psicológicas que influenciam na personanidade das pessoas desde seu nascimendo e a forma que cada emoção afeta o ser humano e como cada um desses fatores é importante para que as pessoas continuem...

    3637  Palavras | 15  Páginas

  • Mal-estar da civilização

    Em seu texto de 1920, “O mal-estar na civilização”, Freud chegou a conclusão que o indivíduo não pode ser feliz na civilização moderna. Mesmo com todo progresso técnico e cientifico o homem não se tornou mais feliz. Ao refletir sobre o propósito da vida, ele chegou à conclusão de que o objetivo da civilização não é a felicidade, mas é a renúncia a ela. A vida do indivíduo é a busca constante pela realização da satisfação do prazer, mas esta satisfação é impossível de realizar num mundo carente e...

    1256  Palavras | 6  Páginas

  • mal estar na civilização

    texto “O mal estar na civilização”, Freud chegou à conclusão que o indivíduo não pode ser feliz na civilização moderna. Mesmo com todo progresso técnico e cientifico o homem não se tornou mais feliz. Ao refletir sobre o propósito da vida, ele diagnosticou que o objetivo da civilização não é a felicidade, mas é a renúncia a ela. O processo civilizatório é marcado pela renúncia e pelo sentimento de insatisfação que os homens experimentam ao viver em sociedade. Portanto, o resultado disso é um mal estar...

    865  Palavras | 4  Páginas

  • O Mal Estar Na Civilização

    O mal estar na civilização O mal estar na civilização Monografia apresentada como exigência para obtenção do grau de Ensino Médio em Socilogia da ETEC . Orientador: Osasco 2014 RESUMO SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 RESENHA - O MAL ESTAR NA CIVILIZAÇÃO Sigmund Freud O principal problema colocado por Freud neste trabalho...

    876  Palavras | 4  Páginas

  • Resumo de mal estar na civilização

    A Resumo de: O mal estar na civilização (Sigmund Freud) Neste livro Freud diferencia civilização de cultura. Civilização é tudo aquilo que diferencia o homem do animal e o que o afasta da sua natureza. Afirma que os homens valorizam muito mais o que os outros têm do que o que realmente tem valor em suas vidas e vivem em busca de riquezas, poder e sucesso e os que não valorizam essa busca são pouco admirados. Ele apresenta uma tese de que a cultura causa um mal estar nos homens, já que...

    647  Palavras | 3  Páginas

  • Drummond e a banalidade do mal

    à FAPERGS por ter apoiado a participação no evento. 7HUUD UR[D H RXWUDV WHUUDV ² 5HYLVWD GH (VWXGRV /LWHUiULRV Volume 1 (2002) – 50-63. ISSN 1678-2054 http:/ / www.uel.br/ cch/ pos/ letras/ terraroxa Jaime Ginzburg Drummond e a banalidade do mal 51 unificadores, interessados na formulação de um projeto hegemônico para o país. A fragmentação discursiva de Drummond confronta diretamente os fundamentos ideológicos desses discursos. Em 1923, Oliveira Vianna escreveu (YROXomR SROtWLFD QR %UDVLO...

    5503  Palavras | 23  Páginas

  • O mal estar na civilização

    CAMPUS DO SERTÃO POLO SANTANA DO IPANEMA O MAL ESTAR NA CIVILIZAÇÃO (FREUD) Rikelle Carla da Silva SANTANA DO IPANEMA – AL 2013 Rikelle Carla da Silva O MAL ESTAR NA CIVILIZAÇÃO (FREUD) Projeto apresentado à disciplina Produção do Conhecimento, pela Universidade Federal de Alagoas, ministrada pelo Professor Henrique, com o objetivo de obtenção de nota parcial. SANTANA DO IPANEMA – AL 2013 O Mal Estar na Civilização Em o mal estar na civilização Sigmund Freud tem como ideia central o fato...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha: a civilização é construída sobre uma renúncia aos extintos humanos.

    UFT - Túlio.cmms RESENHA: A CIVILIZAÇÃO É CONSTRUÍDA SOBRE UMA RENÚNCIA AOS INSTINTOS HUMANOS FREUD, S. O Mal Estar na Civilização - Obras Completas. Rio de Janeiro: Imago, 1974. v.XXI, 320 p. Sigismund Schlomo Freud, que passou a assinar Sigmund Freud, nasceu em 1856 em Freiberg, na Áustria, numa família judia de classe média que, três anos depois, se mudaria para Viena, onde Freud se formou em medicina. Seu interesse pela pesquisa o levou a estudar neuropatologia em Paris e a se associar...

    1434  Palavras | 6  Páginas

  • Artigo cientifico

    RESÍDUOS SÓLIDOS: PROPOSTAS DE TRABALHO PARA O ENSINO FUNDAMENTAL Nigth Alves de Lima Junior Douglas Pereira Alves Thyago Borges de Melo Brito Eduardo Adorno RESUMO Este artigo tem como objetivo diagnosticar, sistematizar e avaliar como o tema resíduos sólidos/lixo está sendo tratado em âmbito científico. Para tanto foram entrevistados 12 professores universitários de vários estados brasileiros que discutem o assunto. O intuito foi verificar a concepção e as alternativas de trabalho propostas...

    3950  Palavras | 16  Páginas

  • felicidade e mal estar na civilização

    FELICIDADE E MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO (Happiness and Discontents in the Civilization) Jaqueline Feltrin Inada1 Resumo: Palavras-chave: Abstract: Keywords: Este artigo apresenta o conceito de felicidade em Freud tendo em vista o funcionamento do psiquismo humano e as exigências impostas pela civilização. Na acepção freudiana, felicidade trata-se da realização do programa do princípio de prazer, ou seja, obter prazer e evitar desprazer. Freud mostra que este programa é irrealizável...

    8878  Palavras | 36  Páginas

  • O MAL ESTAR NA CIVILIZAÇÃO - RESUMO

    faz a análise da psique humana, definindo a teorias da dinâmica entre o id, o ego e o superego. Na década de 1930 escreveu seu principal e mais lido trabalho. O Mal-estar Na Civilização (Das Unbehagen in der Kultur, 1930) é um dos trabalhos mais importantes e mais lidos de Freud. Nela ele enumera as tensões básicas entre a civilização e os indivíduos. O primeiro atrito seria a divergência entre aquilo que é desejo individual e o que define a sociedade, como o desejo sexual ou o de matar o próximo...

    3928  Palavras | 16  Páginas

  • O mal estar na civilização

    RESENHA SOBRE O LIVRO "O MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO" Nesta interessante obra, Freud tenta por em prática o seu método psicanalítico para tentar entender as razões naturais do sofrimento humano, e a amplificação deste mesmo sofrimento gerado pela cultura civilizatória. O seres humanos necessitam organizar-se em sociedades a fim de se defender da própria natureza que o agride permanentemente e sem piedade, desde os primórdios de sua existência terrena. Daí, surge um grande dilema: o próprio esforço...

    2460  Palavras | 10  Páginas

  • O Mal-Estar na Civilização

    Competência ll Professor: Dr. Jotha Junior Alunos: Alberto Quitério e Joabe Almeida Rios Assunto: O Mal-Estar na Civilização  31 de outubro de 2014. RESUMO Nesta obra Freud destaca a investigação das raízes da infelicidade humana, do conflito entre instintos e cultura, e de como a sociedade se impõe sobre o homem. Freud defende a ideia de que a civilização poupa os homens das principais fontes de sofrimento, protegendo-os da natureza e regulamentando os vínculos...

    1881  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha de Freud: "o mal-estar na civilização"

    O MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO Não há uma distinção entre civilização e cultura. Tudo aquilo que difere o homem da vida animal, que o afasta de sua natureza é considerado a civilização. O controle do homem perante a natureza e os regulamentos que regem os relacionamentos humanos são o fatores que englobam a civilização. Freud expõe um artigo denominado Totem e Tabu, no qual explicita a passagem da natureza à cultura. Inicialmente existiria um pai onipotente, que possui todas as mulheres e de uma...

    931  Palavras | 4  Páginas

  • Artigo

    DIANTE DOS AVANÇOS DA TÉCNICA A SOCIAL FUNCTION OF ELECTRICAL ENGINEERING IN THE XXI CENTURY: HUMAN CHALLENGES IN THE FACE OF TECHNICAL ADVANCES Eduardo dos Santos Paqueira1 Sandro Luiz Bazzanella2 RESUMO Com o avanço do conhecimento técnico e científico, a função do engenheiro eletricista destaque-se no mercado de trabalho globalizado do século XXI. Tendo a responsabilidade pela pesquisa e desenvolvimento de novos produtos elétricos e eletrônicos, além da implantação de matrizes energéticas...

    11204  Palavras | 45  Páginas

  • o mal estar na civilização

    O presente trabalho e uma resenha do capitulo IV da obra o mal estar na civilização que se divide em VIII capitulos, autoria de Sigsmund Schlomo Freud considerado o pai da psicanálise. Nasceu em 6 de maio de 1856 em em Freiberg in Mähren, na época pertencente ao Império Austríaco. Atualmente a localidade é denominada Příbor, na República Tcheca, morreu em Londres no dia 23 de setembro de 1939, foi um médico neurologista e criador da Psicanálise. Ele iniciou seus estudos atraves da pratica de hipnose...

    1597  Palavras | 7  Páginas

  • Artigo Cientifico Danilo Praxedes b05

    GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO A RESPONSABILIDADE DO ADVOGADO PELA PERDA DE UMA CHANCE ORIENTANDO: Danilo Praxedes Magalhães ORIENTADORA: Profª Karla Beatriz Nascimento Pires GOIÂNIA 2015 DANILO PRAXEDES MAGALHÃES A RESPONSABILIDADE DO ADVOGADO PELA PERDA DE UMA CHANCE Artigo Científico apresentado a disciplina de Trabalho de Curso II, do Departamento Ciências Jurídicas, curso de Direito da Pontifícia...

    8463  Palavras | 34  Páginas

  • Resumo sobre transferencia,narcisismo e mal estar na civilização

    Freud descobriu a transferência em 1905 , isso se deve graças a uma paciente que Freud tratou, chamada Dora, que com apenas 11 semanas de tratamento, abandonou o tratamento. Freud se culpa por não ter descoberto a tempo essa transferência, em um artigo que publica sobre o tema, ele diz: “ A transferência, destinada a ser o maior obstáculo à psicanálise, torna-se seu mais poderoso auxiliar sempre que consegue desvendá-la e traduzir seu sentido para o doente.” Freud percebeu com 20 anos mais tarde...

    2587  Palavras | 11  Páginas

  • Mal estar da atualidade

    Mal-estar na atualidade A psicanálise e as novas formas de subjetivação Joel Birman SUJEITO e HISTÓRIA CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA [contra-capa] “O percurso vertiginoso pelos novos destinos do desejo foi realizado com a psicanálise conjugada a outros saberes. A psicanálise ainda é o saber mais consistente, construído pelo Ocidente, para indagar as relações turbulentas do sujeito com seu desejo, ficando para isso nos limiares da morte, do gozo e da violência, que nos entreabrem para o que...

    80310  Palavras | 322  Páginas

  • Resumo - o mal-estar na civilização sigmund

    Em Mal-Estar na Civilização, Freud argumenta que a verdadeira fonte da religiosidade consiste num sentimento peculiar. Trata-se, segundo ele, de um sentimento sem fronteiras, oceânico, por assim dizer. Esse sentimento configura um fato puramente subjetivo, e não um artigo de fé. A idéia de os homens receberem uma indicação de sua vinculação com o mundo que os cerca por meio de um sentimento imediato soa de modo tão estranho, que se torna justificável a tentativa de descobrir uma explicação...

    2110  Palavras | 9  Páginas

  • O Mal-estar na civilização

    O mal- estar, Freud e a modernidade Renato Mezan Freud, no início do século XX, afirmou que a insatisfação dos impulsos primordiais era decorr~encia de uma sociedade autoritária, “patriarcal”, cuja manifestação se dava pela repressão. As pessoas deveriam seguir a moral da sociedade e não podiam alimentar suas fantasias.Ou seja, caso, fosse alimentada suas fantasias, a culpabilidade fazia-se presente no contexto social. E essa repressão, a moral sexual exigia renúncias, acarretando assim fenômenos...

    730  Palavras | 3  Páginas

  • Artigo Tica E Psicologia

    fatuidade prática. Instala- se na Psicologia uma crise de identidade que a fragmenta num plural que mal se pode ocultar sob a designação de espaço psi. Não se trata aqui da saudável pluralidade da diferença, que é sinal de riqueza conceitual, mas de uma perigosa atomização, sintoma da incomunicabilidade de posições que se fecham em seus guetos teóricos. (Drawin, 1983). A complexidade da questão e o mal-estar que frequentemente acarreta nas relações dos psicólogos com a comunidade e com outros segmentos...

    3051  Palavras | 13  Páginas

  • RERSENHA: MAL-ESATR DA CIVILIZAÇÃO

     Curso de Psicologia Disciplina: Bases Sócio Antropológicas Resenha: MAL-ESTAR NA CIVILIZAÇÃO INTRODUÇÃO O trabalho ora apresentado visa relatar o entendimento e análise do aluno quanto à leitura do livro “Mal-Estar na Civilização”, de Sigmund Freud,que aborda o sentimento de insatisfação da sociedade diante dela mesma. Freud desvela seu raciocínio em oito capítulos que compõem a obra, principiando pela ideia de sentimento oceânico mencionado por seu amigo, Romain Rolland...

    3764  Palavras | 16  Páginas

  • Mal Estar na civilização

    atuante em milhões de pessoas -> sentimento oceânico (comum) -> Energia religiosa Sentimento Oceânico: vínculo indissolúvel, de ser uno com o mundo externo como um todo. Forma de uma indicação da vinculação com o mundo. Não há nada que possamos estar mais certos do que o sentimento do próprio eu, do próprio ego (que parece ser algo autônomo e unitário). O ego parece ter linhas de demarcação bem claras e nítidas com o exterior. Só há um estado em que ele não se apresenta assim: no auge do sentimento...

    6350  Palavras | 26  Páginas

  • Capitalismo e civilização nas cidades do ceará - práticas letradas

    “Laborar este solo com as intelligencias que o rodeiam”. Capitalismo, Civilização e Tradução Cultural nas Práticas Letradas e Urbanidades do Ceará (1860 - 1930). GLEUDSON PASSOS CARDOSO( RESUMO Este texto apresenta parte integrante de um estudo maior, em desenvolvimento no projeto CAPITALISMO, CIVILIZAÇÃO E TRADUÇÃO CULTURAL NAS CIDADES DO CEARÁ (1860 - 1930), com amparo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), contemplado no Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES – Ação...

    5482  Palavras | 22  Páginas

  • Eros e Civilização - Herbert Marcuse

    HERBERT MARCUSE EROS E CIVILIZAÇÃO Uma Interpretação Filosófica do Pensamento de Freud Tradução de ÁLVARO CABRAL Sexta edição ZAHAR EDITORES RIO DE JANEIRO Título original: EROS AND CIVILIZATION A Philosophical Inquiry into Freud Traduzido da nova edição, publicada em 1966 por Beacon Press, de Boston, E.U.A. Copyright © 1955, 1956 by The Beacon Press Capa de ÉRICO 1975 Direitos para a língua portuguesa adquiridos por ZAHAR EDITORES Caixa Postal 207, ZC-00, Rio que...

    81225  Palavras | 325  Páginas

  • Resenha Científica do Artigo: CIÊNCIA E TECNOLOGIA: TRANSFORMANDO A RELAÇÃO DO SER HUMANO COM O MUNDO, de Rosemari Monteiro Castilho Foggiatto Silveira e Walter Antonio Bazzo

    CIÊNCIA E TECNOLOGIA: TRANSFORMANDO A RELAÇÃO DO SER HUMANO COM O MUNDO, de Rosemari Monteiro Castilho Foggiatto Silveira e Walter Antonio Bazzo Rafael Alexandre Lisboa O artigo “ CIÊNCIA E TECNOLOGIA:Transformando a relação do ser humano com o mundo”, foi realizado por Rosemari Monteiro Castilho Foggiatto Silveira , Professora da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e doutoranda pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), juntamente com Walter Antônio Bazzo , graduado...

    2123  Palavras | 9  Páginas

  • Metodologia do trabalho cientifico

    |07 | | |Conhecimento Filosófico………………………………………………………. |08 | | |Conhecimento Científico……………………………………………………… |08 | | | ...

    21485  Palavras | 86  Páginas

  • Freud O Mal Estar Da Civilizacao

    O mal estar da civilização Sigmund Freud *Freud foi o pai da psicanálise. Descobriu que muitas doenças, como a histeria, acontecem a partir de problemas psicológicos, e não físicos, como todos achavam. Ele que criou a ideia de inconsciente. O nosso inconsciente, segundo Freud, é uma parte do cérebro que nós não usamos quando estamos acordados. No entanto, o inconsciente registra muito do nosso dia a dia. Mas só registra o que o nosso consciente, nossa parte acordada, reprime. Afinal, nosso consciente...

    5600  Palavras | 23  Páginas

  • a civilização do espetaculo

    LIVROS, RJ V426c Vargas Llosa, Mario A civilização do espetáculo [recurso eletrônico] : uma radiografia do nosso tempo e da nossa cultura / Mario Vargas Llosa ; tradução Ivone Benedetti. - 1. ed. - Rio de Janeiro : Objetiva, 2013. recurso digital : il. Tradução de: La civilización del espectáculo Formato: ePub Requisitos do sistema: Adobe Digital Editions Modo de acesso: World Wide Web 172p. ISBN 978-85-390-0493-5 (recurso eletrônico) 1. Civilização moderna - Séc. XX - Filosofia. 2. Cultura...

    55652  Palavras | 223  Páginas

  • Civilizacão e Barbárie

    UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA MARIA ELISA NORONHA DE SÁ MÄDER CIVILIZAÇÃO E BARBÁRIE: A REPRESENTAÇÃO DA NAÇÃO NOS TEXTOS DE SARMIENTO E DO VISCONDE DO URUGUAI NITERÓI - RIO DE JANEIRO 2006 M181 Mäder, Maria Elisa Noronha de Sá. Civilização e Barbárie: a representação da nação nos textos de Sarmiento e do Visconde do Uruguai. / Maria Elisa Noronha de Sá Mäder. – 2006. 235 f. Orientador: Marco...

    92619  Palavras | 371  Páginas

  • normas trabalho cientifico

    deve mostrar maturidade científica, apuro técnico e capacidade de utilização das fontes, denotando rigor científico. Por seu turno, existe, no conjunto de trabalhos académicos, a tese de doutoramento e o trabalho curricular. A tese de doutoramento situa-se no fim dos estudos universitários e deve demonstrar que o estudante traz algo de novo à ciência, com um contributo válido, original e científico. Enquanto isso, o trabalho curricular para as diferentes disciplinas no decorrer duma licenciatura deve...

    3535  Palavras | 15  Páginas

  • Resumo capitulo ii de o mal estar na civilização

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COMUNICAÇÃO SOCIAL RESUMO DO PRIMEIRO CAPITULO DO LIVRO “O MAL ESTAR NA CIVILAZÃO” DE SIGMUNDO FREUD RIO BRANCO – AC JANEIRO/2013 ISABELLE NASCIMENTO RESUMO DO PRIMEIRO CAPITULO DO LIVRO “O MAL ESTAR NA CIVILAZÃO” DE SIGMUNDO FREUD Trabalho apresentado ao curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Acre para a disciplina de Psicologia Social, orientada pelo docente Enoque. RIO BRANCO – AC JANEIRO/2013 Universidade...

    1045  Palavras | 5  Páginas

  • artigo psicologia social e saude

    Psicanálise, Instituto Sedes Sapientiae; membro do conselho editorial da revista Boletim (DFP/ISS); membro do Lapsi (Laboratório de Psicanálise e Análise do Discurso), da USP RESUMO: Procura-se articular o que Freud denominou “mal-estar na civilização” às psicopatologias contemporâneas, examinando-se a relação da incidência do pânico com as modalidades subjetivas emergentes. Diante do deslocamento da ordem paterna como referencial central, o desamparo do sujeito contemporâneo tornou-se...

    6660  Palavras | 27  Páginas

  • ARTIGO COSMIRANDO

    EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS NO CENÁRIO JURÍDICO E SOCIAL VITÓRIA DA CONQUISTA MAIO/2014 ELENICE BRITO DA SILVA VANESSA SILVA DIAS O ESTATUTO DO IDOSO E AS PERSPECATIVAS DE EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS NO CENÁRIO JURÍDICO E SOCIAL Artigo Científico apresentado à disciplina Metodologia da Pesquisa Científica – do curso de Serviço Social em Saúde, Assistência e Seguridade Social – da UNIGRAD, como requisito para obtenção do título de Pós-Graduação. Sob a orientação da Professora Aldrina Cândido...

    5894  Palavras | 24  Páginas

  • Artigo de psicologia

    Artigo: Modernidade, contemporaneidade e subjetividade Modernidade, contemporaneidade e subjetividade Modern, contemporaneity and subjectivity Renata Dumont Flecha* Resumo O artigo objetiva a discussão das características da modernidade e contemporaneidade e seus possíveis efeitos de mal-estar sobre a subjetividade. O projeto da modernidade apresenta-se marcado pelo viés antropológico e antropocêntrico, já que o homem, enquanto indivíduo, foi alçado à condição fundamental de medida de...

    7821  Palavras | 32  Páginas

  • Organização de trabalho cientifico

    Análise Social, vol. XII (47), 1976-3.°, 562-620 José Barreto A organização do trabalho, o socialismo científico e o socialismo utópico A POSIÇÃO DOS FUNDADORES DO SOCIALISMO «CIENTÍFICO» SOBRE ALGUMAS QUESTÕES BÁSICAS DA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO 1. ENGELS, OS ANARQUISTAS E A QUESTÃO DA «AUTORIDADE» NA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO 562 Se a corrente socialista fundada por Marx e Engels reclamou desde o início a qualidade de científica, fê-lo em grande parte com o objectivo de se demarcar...

    30483  Palavras | 122  Páginas

  • texto ILUMINISMO OU BARBÁRIE A CRISE DA CIVILIZAÇÃO MODERNA

    Paulo, Iluminismo ou barbárie , in Mal estar na modernidade, S. Paulo, Cia das Letras,1993, pp 9-45. 1 I ILUMINISMO OU BARBÁRIE A CRISE DA CIVILIZAÇÃO MODERNA Todos dizem que a modernidade está em crise. É um lugar-comum, mas como outros lugarescomuns este pode ser até verdadeiro, desde que se entenda bem o alcance do diagnóstico. O que existe atrás da crise da modernidade.é uma crise de civilização. O que está em crise é o projeto moderno de civilização, elaborado pela Ilustração européia...

    17492  Palavras | 70  Páginas

  • Artigo Sobre Moral e Liberdade

    Consciência. Responsabilidade. INTRODUÇÃO Usamos a moral e liberdade para discernir certos hábitos do ser, que não devem agir por meio de uma consciência moral falha e dispersa quanto a nossa que não deve ser interpretada de maneira alguma como um artigo anti-cultura e anti-leis, e sim um texto baseado nas ideias de autores que questionaram se durante anos e afirmam que a consciência é contraditória pela seguinte questão que nunca teremos uma base solidificada do certo e errado e nem do que devemos...

    1857  Palavras | 8  Páginas

  • A Sombra Do Mal Nos Contos De Fada Marie Van Franz

    http://groups.google.com/group/digitalsource Marie-Louise von Franz A SOMBRA E O MAL NOS CONTOS DE FADA Paulus 6 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Von Franz, Marie-Louise, 1915V913s A sombra e o mal nos contos de fada / Marie-Louise Von Franz; [tradução Maria Christina Penteado Kujawski]. — São Paulo : Paulus, 1985. (Coleção amor e psique) ISBN 85-349-2044-3 1. Contos de fadas — Classificação 2. Contos de fadas — História e crítica...

    111954  Palavras | 448  Páginas

  • Artigo sobre a disputa das emissoras de televisão pela audiência.

    ARTIGO CIENTÍFICO SOBRE A DISPUTA DAS EMISSORAS DE TELEVISÃO PELA AUDIÊNCIA. 1 DEFINIÇÃO DO PROBLEMA A Disputa das grandes emissoras pela audiência é caracterizada por trazer consigo grandes problemas em relação à qualidade de informação o que afeta diretamente o público e como ele vai ser influenciado por tal conteúdo. A modernidade e os seus novos meios de comunicação rápidos e de fácil acesso foram de certa forma um agravante para esta situação. Pois a quantidade de informações errôneas...

    1613  Palavras | 7  Páginas

  • Artigo " Psicanálise e Depressão"

     DEPRESSÃO NA TERCEIRA IDADE: SOBRE O OLHAR DA GERONTOLOGIA E DA PSICANALISE.1 Eduardo dos Santos Júnior 2 Resumo: O presente artigo tem o objetivo de propor uma revisão bibliográfica, sobre o tema depressão na visão da gerontologia e da leitura psicanalítica. Patologia recorrente entre a população idosas que têm na sua origem causalidades múltiplas que percorrem diversos os aspectos sejam eles: sociais, biológicos e medicamentosos, tornando o seu tratamento um grande desafio para as...

    8049  Palavras | 33  Páginas

  • TÓPICOS AVALIATIVOS 2ª VERIFICAÇÃO DE APRENDIZAGEM E RESENHA/ARTIGO SOBRE O FILME DERSU UZALA.

    UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS – UNIEVANGÉLICA CURSO DE BACHAREL EM DIREITO ANTROPOLOGIA APLICADA AO DIREITO 4º PERÍODO B Anderson Pereira de Sousa de Mesquita TÓPICOS AVALIATIVOS 2ª VERIFICAÇÃO DE APRENDIZAGEM E RESENHA/ARTIGO SOBRE O FILME DERSU UZALA. Professor Orientador: Antônio Alves de Carvalho Anápolis /2013 Centro Universitário de Anápolis – Uni Evangélica Anápolis, 06 de Novembro de 2013 Acadêmico: Anderson Pereira de Sousa de Mesquita ...

    2211  Palavras | 9  Páginas

  • civilização do espetaculo

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE PALMAS A CIVILIZAÇÃO DO ESPETÁCULO ( RESENHA) LUIS CARLOS DOS ANJOS OLIVEIRA 1° Periodo do Curso de Ciências Contabéis Português Instrumental Professor: Ary Carlos Conforme inscrito pelo Autor, no livro A Civilização do Espetáculo de Mario Vargas Lhosa, é provável que nunca na história tenham sido escritos tantos tratados, ensaios, teorias e análises sobre a cultura...

    4572  Palavras | 19  Páginas

  • Como formatar um artigo cientifico

    INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS UNIP – 2011 (COLOCAR O TÍTULO AQUI) Autor, autor, autor.............. orientador Resumo- Este modelo apresenta as instruções para a preparação de artigos científicos, os quais são requisitos para a conclusão do curso de graduação da Universidade Paulista de São José dos Campos, 2012. Os autores devem segui-lo para a preparação de originais em formato Word. Somente os artigos que respeitarem este modelo serão considerados adequados para...

    1443  Palavras | 6  Páginas

  • Eros e civilização

    EROS E CIVILIZAÇÃO Uma Interpretação Filosófica do Pensamento de Freud HERBERT MARCUSE ÍNDICE PREFÁCIO POLÍTICO, 1966 PREFÁCIO DA PRIMEIRA EDIÇÃO INTRODUÇÃO PARTE I — SOB O DOMÍNIO DO PRINCIPIO DE REALIDADE 1. A Tendência Oculta na Psicanálise Princípio de Prazer e Princípio de Realidade Repressão Genética e Individual "Retorno do Reprimido" na Civilização Civilização e Carência: Racionalização da Renúncia A "Recordação de Coisas Passadas" Como Veículo de Libertação 2. A Origem...

    76862  Palavras | 308  Páginas

  • Artigo de reflexão: Filosofia em um novo século

    CULTURA LTDA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA CURSO DE DIREITO karollyne de souza chisté RESENHA CRÍTICA: ARTIGO DE REFLEXÃO rolim de moura – ro 2014 SOCIEDADE ROLIMOURENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA LTDA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA CURSO DE DIREITO KAROLLYNE DE SOUZA CHISTÉ RESENHA CRÍTICA: ARTIGO DE REFLEXÃO Trabalho apresentado como pré-requisito para a obtenção de nota parcial na Disciplina de Filosofia do curso de Direito...

    1120  Palavras | 5  Páginas

  • A civilização dos pais

    A civilização dos pais* Norbert Elias Recebido: 20.07.2012 Aprovado: 14.09.2012 * Texto original retirado de “Die Zivilisierung der Eltern”, publicado em: Linde Burkhardt (ed.), ...und wie wohnst du?, Berlim, Internationales Design Zentrum, 1980, p. 11-28. Editado em espanhol em Elias, N., La Civilización de los Padres y Otros Ensayos In: V. Weiler (ed.). Bogotá: EUN, –Norma. Tradução a partir do espanhol para o português feita por Bruno Gontyjo do Couto. Supervisão de Edson Farias. A publicação...

    11734  Palavras | 47  Páginas

  • RESUMO DO LIVRO: MAL ESTAR NACIVILIZAÇÃO

    RESUMO DO LIVRO: MAL ESTAR NA CIVILIZAÇÃO O texto é um resumo da obra de Freud, mas obviamente contem parte de minha subjetividade agregada. O objetivo desse resumo é despertar no leitor a necessidade de ler a obra original. Freud afirma que as pessoas valorizam tudo que os outros possuem e subestimam tudo que verdadeiramente tem valor em suas vidas. Segundo Freud as pessoas buscam poder, sucesso e riquezas, para ele aqueles sujeitos que não valorizam essa busca não é tida como herói e apenas...

    1275  Palavras | 6  Páginas

  • Paradigma cientifico

    49 A influência do paradigma científico-natural no jusnaturalismo moderno e no positivismo comteano. The influence of scientific-natural paradigm in the modern jusnaturalism thought and in the Comtean positivism. Flavio Elias Riche* RESUMO O artigo em questão tem por objetivo verificar, do ponto de vista epistemológico, como o conhecimento oriundo das ciências naturais afetou o desenvolvimento dos saberes político e social no período moderno. Toma-se por base as experiências do jusnaturalismo...

    7975  Palavras | 32  Páginas

  • artigo cientifico a crianca como um promissor consumidor

     UNIVERSIDADE GAMA FILHO Curso de Administração Artigo Científico A CRIANÇA COMO PROMISSOR CONSUMIDOR Autores: Amanda Santos, Cristiano Felix, Hayne Araujo, Juliana Torres e Marta Santiago. 2013 SUMÁRIO RESUMO--------------------------------------------------------------------------------------------------- 3 1. INTRODUÇÃO---------------------------------------------------------------------------------------- 3 2. REFERENCIAL...

    3301  Palavras | 14  Páginas

  • Guia Artigo

    ARTIGO CIENTÍFICO: Guia de Estrutura e Apresentação. Cursos de Pós-Graduação 1 • ISABELLA TAMINE PARRA MIRANDA • NARCISO AMÉRICO FRANZIN • GIANCARLO LUCCA • CRISTIANE CARVALHO PASQUINELLI 2 ARTIGO CIENTÍFICO: Guia de Estrutura e Apresentação. Cursos de Pós-Graduação 3 • ISABELLA TAMINE PARRA MIRANDA • NARCISO AMÉRICO FRANZIN • GIANCARLO LUCCA • CRISTIANE CARVALHO PASQUINELLI INSTITUTO PARANAENSE DE ENSINO - UNIDADE II Direção: Profº Amaury Meller Filho FACULDADE MARINGÁ ...

    13902  Palavras | 56  Páginas

  • Artigos de psicologia

    http://psicologia-ro.blogspot.com.br/search/label/Comportamental Maquiavel: A religião como instrumento da política Período Histórico Maquiavel, autor que tomamos como objeto de nosso artigo, viveu em Florença durante um período conturbado. A Itália, que até então não estava reunificada, passava por um processo violento, estava dividida em muitas e pequenas soberanias que guerreavam entre si. Analisando sobre o viés histórico, na época de Maquiavel (1469-1527), os principados estavam sendo...

    4695  Palavras | 19  Páginas

  • Projeto de Artigo

    4 FACULDADE DE MIRANDÓPOLIS – FAM UNIESP – União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo GUIA PRÁTICO DE NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E CIENTÍFICOS Mirandópolis SP 2012 5 Presidente Fernando da Costa Diretora Executiva Elide Hoyler Direção Geral da Faculdade de Mirandópolis José Carlos Codonho Coordenador do Curso de Administração Profº. Esp. Denis Alex Roque Ferreira Coordenadora do Curso de Pedagogia Profª Msc. Geuza Garcia...

    11591  Palavras | 47  Páginas

  • Artigo Científico sobre EUTANÁSIA, feito em 2011 pelos alunos de Direito do Centro Universitário Barriga Verde - Orleans/SC

    sabe se portar, necessitando de uma ampla discussão, com o intuito de buscar soluções para o impasse, ou seja, a eutanásia. A vida é o bem mais supremo do ser humano e nota-se que tais descobertas, ao invés de proporcionar qualidade de vida e bem estar, vem, muitas vezes, direcionando-se apenas para a quantidade de vida, desferindo golpes fatais em princípios éticos e constitucionais, que à deriva passam sem serem observados. 1 EUTANÁSIA 1.1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA A primeira pessoa a empregar...

    3871  Palavras | 16  Páginas

  • Artigo A esfera pública

    jan-jul 2010 http://www.facitec.br/erevista/index.php?option=com_content&task=view&id=9&Itemid=2 Todos os direitos, inclusive de tradução, são reservados. É permitido citar parte de artigos sem autorização prévia desde que seja identificada a fonte. A reprodução total de artigos é proibida. Os artigos só devem ser usados para uso pessoal e não comercial. Em caso de dúvidas, consulte a redação: revistafacitec@facitec.br. A e-Revista Facitec é a revista eletrônica da FACITEC, totalmente...

    8547  Palavras | 35  Páginas

tracking img