Antonia Teve O Seu Veículo Apreendido Em Ação De Busca E Apreensão Movida Pelo Banco X Pagas As Prestações Em Atraso Seis Meses Depois O Veículo Lhe Foi Devolvido Mas Inteiramente Danificado Inclu Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos

  • agravo de instrumento

    1) Antônia teve o seu veículo apreendido em ação de busca e apreensão movida pelo Banco X. Pagas as prestações em atraso, seis meses depois o veículo lhe foi devolvido, mas inteiramente danificado, inclusive com subtração de peças e acessórios. Alega também Antonia que não poderá usar o seu veículo, enquanto...

      501 Palavras | 3 Páginas  

  • caso concreto 7 responsab. civil

    Antonia teve o seu veículo apreendido em ação de busca e apreensão movida pelo Banco X. Pagas as prestações em atraso, seis meses depois o veículo lhe foi devolvido, mas inteiramente danificado, inclusive com subtração de peças e acessórios. Alega também Antonia que não poderá usar o seu veículo, enquanto...

      365 Palavras | 2 Páginas  

  • Responsabilidade Civil

    com ação de indenização em face do comerciante. Pergunta-se: quais são os danos ressarcíveis e quem terá de repará-los? Resposta fundamentada. Augusto terá apenas que ressarcir os danos referentes ao boi e a boiada. Antonia teve o seu veículo apreendido em ação de busca e apreensão movida pelo...

      443 Palavras | 2 Páginas  

  • SEMANA 4

    SEMANA 4 Descrição Antonia teve o seu veículo apreendido em ação de busca e apreensão movida pelo Banco X. Pagas as prestações em atraso, seis meses depois o veículo lhe foi devolvido, mas inteiramente danificado, inclusive com subtração de peças e acessórios. Alega também Antonia que não poderá usar...

      318 Palavras | 2 Páginas  

  • Responsabilidade civil caso concreto 3 e 4

    Antonia teve o seu veículo apreendido em ação de busca e apreensão movida pelo Banco X. Pagas as prestações em atraso, seis meses depois o veículo lhe foi devolvido, mas inteiramente danificado, inclusive com subtração de peças e acessórios. Alega também Antonia que não poderá usar o seu veículo, enquanto...

      438 Palavras | 2 Páginas  

  • Responsabilidade civil caso concreto 3 e 4

    e vê seus bens penhorados, os quais são vendidos por preço abaixo de seu valor. Arruinado, o lavrador suicida-se. Seus filhos e viúva ingressam com ação de indenização em face do comerciante. Pergunta-se: quais são os danos ressarcíveis e quem terá de repará-los? Resposta fundamentada. Diante das excludentes...

      748 Palavras | 3 Páginas  

  • doreotp

    Aplicação Prática Teórica Antonia teve o seu veículo apreendido em ação de busca e apreensão movida pelo Banco X. Pagas as prestações em atraso, seis meses depois o veículo lhe foi devolvido, mas inteiramente danificado, inclusive com subtração de peças e acessórios. Alega também Antonia que não poderá usar...

      524 Palavras | 3 Páginas  

  • Responsabilidade CIVIL

    Ação indenizatória por danos materiais e morais movida por Antonio em face de José, fundada no seguinte fato: o veiculo do réu (José) colidiu com a porta do veículo do autor (Antonio) no momento em que este desembarcava do mesmo, decepando-lhe três dedos da mão esquerda. Em contestação, o réu alega...

      1073 Palavras | 5 Páginas  

  • Atividade de responsabilidade civil

    ATIVIDADE 1 - Joaquim moveu ação indenizatória por danos morais em face de Alexandre por ter este mantido relação amorosa com Priscila, sua esposa (do autor). Alega que em razão desse relacionamento acabou se separando da sua esposa, o que lhe causou grande abalo psicológico e humilhação. Terá Alexandre...

      919 Palavras | 4 Páginas  

  • direito civil

    RESPONSABILIDADE CIVIL CASOS CONCRETOS 1 -Joaquim moveu ação indenizatória por danos morais em face de Alexandre por ter este mantido relação amorosa com Priscila, sua esposa (do autor). Alega que em razão desse relacionamento acabou se separando da sua esposa, o que lhe causou grande abalo psicológico...

      816 Palavras | 4 Páginas  

  • Responsabilidade Civil

    Responsabilidade objetiva ou subjetiva? Resposta fundamentada. R: Ação indenizatória por danos materiais e morais movida por Antonio em face de José, fundada no seguinte fato: o veiculo do réu (José) colidiu com a porta do veículo do autor (Antonio) no momento em que este desembarcava do mesmo, decepando-lhe...

      1182 Palavras | 5 Páginas  

  • responsabilidade civil

    AULA 1: Caso Concreto 1: Marcos, tendo seu veículo fechado por outro carro, desvia com o intuito de evitar a colisão, sobe na calçada e atropela João, transeunte que retornava de seu trabalho. Reconhecido o estado de necessidade de Marcos na esfera criminal, com sua absolvição nesta seara, respaldada...

      1424 Palavras | 6 Páginas  

  • Documento Sem T Tulo

    aula 01 feita      JOAQUIM  MOVEU AÇÃO INDENIZATÓRIA POR DANOS  MORAIS EM FACE DE ALEXANDRE POR TER  ESTE  MANTIDO  RELAÇÃO  AMOROSA  COM PRISCILA, SUA  ESPOSA (DO AUTOR).  ALEGA  QUE EM  RAZÃO  DESSE  RELACIONAMENTO  ACABOU  SE  SEPARANDO  DA  SUA   ESPOSA,  O  QUE  LHE  CAUSOU  GRANDE  ABALO   PSICOLÓGICO...

      1315 Palavras | 6 Páginas  

  • Todos Os Planos De Responsabilidade

    PLANO 01 Joaquim moveu ação indenizatória por danos morais em face de Alexandre por ter este mantido relação amorosa com Priscila, sua esposa (do autor). Alega que em razão desse relacionamento acabou se separando da sua esposa, o que lhe causou grande abalo psicológico e humilhação. Terá Alexandre...

      1055 Palavras | 5 Páginas  

  • Responsabilidade civil semanas 1 a 7

    Resposta: Maria praticou ato ilícito em conduta comissiva de negligencia ou imprudência, praticou dano a outrem no art. 186 do CC/SEMANA 1 Joaquim moveu ação indenizatória por danos morais em face de Alexandre por ter este mantido relação amorosa com Priscila, sua esposa (do autor). Alega que em razão desse...

      1765 Palavras | 8 Páginas  

  • direito

    concreto, uma condição sine qua non do prejuízo. É preciso, ainda, que o fato constitua, em abstrato, uma causa adequada do dano (Antunes Varela) A ação ou omissão do presumivelmente responsável era, por si mesma, capaz de normalmente causar o dano? É preciso fazer um juízo de probabilidades AULA...

      1759 Palavras | 8 Páginas  

  • respostas de alguns casos concretos

    sacado Bernardo, que não aceitou, sob alegação de não possuir relação alguma com o sacador. Protestado o título por falta de aceite, Augusto promoveu ação de execução em face de Bernardo que, devidamente citado, alegou ilegitimidade passiva, uma vez que sua assinatura não consta do título, bem como falta...

      4322 Palavras | 18 Páginas  

  • Planos de aula responsabilidade Civil

    RESPONSABILIDADE CIVIL - CCJ0050 Plano de Aula: 01 – Responsabilidade Joaquim moveu ação indenizatória por danos morais em face de Alexandre por ter este mantido relação amorosa com Priscila, sua esposa (do autor). Alega que em razão desse relacionamento acabou se separando da sua esposa, o que lhe...

      4030 Palavras | 17 Páginas  

  • Responsabilidade civil

    segundo. Mário ajuizou ação indenizatória por danos morais em face de Roberto (autor da agressão física) e também contra o Condomínio Morada do Sol, sustentando que o dever de indenizar deste último decorre do fato de ter o seu preposto – responsável pela manobra dos veículos na garagem - presenciado...

      3493 Palavras | 14 Páginas  

  • Responsabilidade civil

    |Responsabilidade e Ato Ilícito  | |Aplicação prática e teórica |Marcos, tendo seu veículo fechado por outro carro, desvia com o intuito de | | |evitar a colisão, sobe na calçada e atropela...

      3918 Palavras | 16 Páginas  

tracking img