• projeto Camoes
    . Aula nº 12 O professor analisará o soneto Enquanto quis fortuna que tivesse.(anexo13) Primeiro será feita uma leitura do soneto e depois o professor lerá novamente apontando as características do poema. Aula nº 13 Após as análises dos sonetos amorosos de Camões o professor passará alguns...
    4137 Palavras 17 Páginas
  • Analise de luiz camões
    Analise do soneto Enquanto quis fortuna que tive de Luiz de Vaz camões feita por Manuel de Faria Souza  Um soneto de natureza proemial, quando o emissor lírico tinha ainda esperança de ser feliz, a vontade amorosa levou-o a escrever poemas em que ficavam descritos os tantos efeitos que esse...
    265 Palavras 2 Páginas
  • Coesão e Coerencia Textuais
    . http://profa-val.blogspot.com/2006/08/coeso-e-coerncia-textuais.html 2. Considerando a Coerência Textual e os requisitos responsáveis por sua produção (continuidade, progressão, não-contradição e articulação), faça uma análise detalhada dos problemas encontrados nas redações abaixo...
    3607 Palavras 15 Páginas
  • Estudante
    demonstrar situações de cunho jurídico em todas as suas obras. Uma análise criteriosa sobre a legislação aplicável às situações dentro do conto, em comparação com o que ocorre nos dias atuais, entre a legislação vigente e a da época em que o conto foi publicado. Palavra Chave: Análise do Conto...
    4599 Palavras 19 Páginas
  • Avaliação de Filosofia
    abandonado, o assaltante e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e o lacaio das empresas nacionais e multinacionais” (BERTHOLD BRECHT, escritor e dramaturgo alemão). Qual é a mensagem que o autor do poema abaixo quis passar para a sociedade...
    1636 Palavras 7 Páginas
  • seven
    análise, com a personagem ficcional Augusto dos Anjos, são cotejados tanto o eu lírico do poeta quanto o eu presente em sua correspondência pessoal e a imagem do poeta que aparece nas memórias de amigos e em sua fortuna crítica. PALAVRAS-CHAVE: Romance biográfico, construção de personagem, Augusto...
    3469 Palavras 14 Páginas
  • Fernando pessoa - "mensagem"
    "Português – 12.º Ano Mensagem, de Fernando Pessoa Sobre a obra, Análise de “Brasão” e “Mar Português”, 3 Testes de Análise de Poemas, Gramática – Actos ilocutórios, funções da linguagem, deícticos e figuras de estilo. Inclui texto complementar ao estudo da obra Mensagem Autor: Francisco...
    5108 Palavras 21 Páginas
  • Análise do contexto literário do Brasil Colonial
    seguir: “Suponho finalmente que os ladrões de que falo não são aqueles miseráveis, a quem a pobreza e vileza de sua fortuna condenou a este gênero de vida, porque a mesma sua miséria, ou escusa, ou alivia o seu pecado, como diz Salomão: Non grandis est culpa, cum quis furatus fuerit: furatur...
    4760 Palavras 20 Páginas
  • atividades
    homem enquanto ser humano. d) O poema descreve uma paisagem ao luar, aproximando-se da temática romântica de descrever a natureza brasileira em seus traços característicos. e) O recurso ao soneto e à personificação do rio indica a estética parnasiana do poema, que pregava o apuro formal e o...
    6814 Palavras 28 Páginas
  • camoes
    Portugal poder cumprir o seu destino! Semelhanças e diferenças entre a "Mensagem e Os Lusíadas" Semelhanças Poemas sobre Portugal. Conceção da História Portuguesa enquanto demanda mística. D. Sebastião, ser eleito, enviado por Deus ao mundo, para difundir a Fé de Cristo. Os heróis...
    4008 Palavras 17 Páginas
  • a alma perdida
    Plano Individual de Leitura Poemas de Camões (Soneto) Enquanto quis Fortuna que tivesse Enquanto quis Fortuna que tivesse Esperança de algum contentamento, O gosto de um suave pensamento Me fez que seus efeitos escrevessem. Porém, temendo...
    843 Palavras 4 Páginas
  • Luis de camões
    e dói não sei porquê. Luís de Camões *Enquanto quis Fortuna que tivesse Enquanto quis Fortuna que tivesse Esperança de algum contentamento, O gosto de um suave...
    5492 Palavras 22 Páginas
  • Fernando Pessoa
    ! Morre tão jovem ante os deuses quanto Morre! Tudo é tão pouco! Nada se sabe, tudo se imagina. Circunda-te de rosas, ama, bebe E cala. O mais é nada. Análise: O poema trata da vida enquanto espaço da transitoriedade. Há a aliteração da consoante |s|, sugerindo uma atmosfera de...
    13082 Palavras 53 Páginas
  • Infante D. Henrique
    . Mensagem – Análise do poema, “O Infante” (pg.180) Segunda Parte: Mar Português Deus quer, o homem sonha, a obra nasce Deus quis que a terra fosse toda uma, Que o mar unisse, já não separasse. Sagrou-te, e...
    624 Palavras 3 Páginas
  • analise viuvinha
    . “A leitura de um livro é um diálogo incessante em que o livro fala e a alma responde”. (André Maurois, 1885-1967). RESUMO Esta pesquisa propõe a análise do livro “A Viuvinha” de José de Alencar, enfatizando o senso crítico da obra a ser desenvolvido pelos alunos em...
    6560 Palavras 27 Páginas
  • okfr
    conformes as vontades. Aquilo a que já quis é tão mudado Que quase é outra cousa; porque os dias Têm o primeiro gosto já danado. Esperanças de novas alegrias Não mas deixa a Fortuna e o Tempo errado*, Que do contentamento são espias. *Algumas edições têm corrigido errado para...
    971 Palavras 4 Páginas
  • Análise literária noite na taverna
    AEI-ORGANIZAÇÃO SUPERIOR DE ENSINO FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS. GESSY CONCEIÇÃO AMORIM DOS SANTOS N°09 ANÁLISE LITERÁRIA NOITE NA TAVERNA ITAPETININGA-SP 2012 GESSY CONCEIÇÃO AMORIM DOS SANTOS ANÁLISE LITERÁRIA NOITE NA...
    2236 Palavras 9 Páginas
  • linguistica
    , conduza a discussão com perguntas que estimulem a interpretação. Por exemplo: o que o autor quis dizer quando se referiu a "capitalista"? Repita o procedimento nas etapas seguintes. 5ª etapa Sessão 3 (estrofes 43 a 62): o que a palavra "azougada" significa? 6ª etapa Sessão 4 (estrofes 63...
    10684 Palavras 43 Páginas
  • Machado de Assis - felicidade pelo casamento
    anteriormente citado. Mas nesta situação vemos que Azevedinho gastou toda a fortuna de sua esposa, tendo então que trabalhar para manterse e pagar suas contas. Situação prevista na página vinte e um do conto. ANÁLISE DA LEGISLAÇÃO ATUAL E DA LEGISLAÇÃO VIGENTE À EPOCA DA PUBLICAÇÃO Podemos analisar...
    4949 Palavras 20 Páginas
  • resumo
    , porém, não se animou a confiar sua fortuna aos azares especulativos daquele financeiro em botão. Este olhou então para o casamento como o meio mais suave e natural de adquirir fortuna. Malvina, a formosa filha de um riquíssimo negociante da corte, amigo do comendador, já estava destinada a Leôncio...
    9232 Palavras 37 Páginas