• Letras
    “A IGREJA DO DIABO”: Ironia dos personagens machadianos GÉSSICA ALINE SOARES RESUMO O presente trabalho tem por objetivo analisar o conto “A Igreja do Diabo” de Machado de Assis, do livro Histórias sem Data (1884). A proposta se com se consiste em demonstrar a ironia típica em Machado imposta...
    4120 Palavras 17 Páginas
  • O fantástico e a crítica social em eça de queirós e machado de assis
    INTEGRADAS SANTA CRUZ – INOVE O FANTÁSTICO E A CRÍTICA SOCIAL EM EÇA DE QUEIRÓS E MACHADO DE ASSIS CURITIBA 2013 2 ANA CLARA DE LENA COSTA ANDRADE O FANTÁSTICO E A CRÍTICA SOCIAL EM EÇA DE QUEIRÓS E MACHADO DE ASSIS Trabalho acadêmico apresentado como requisito à obtenção de nota parcial das...
    3525 Palavras 15 Páginas
  • Machado de Assis
    Machado de Assis. Dados biográficos: Joaquim Maria Machado de Assis é considerado um dos mais importantes escritores da literatura brasileira. Nasceu no Rio de Janeiro em 21/6/1839, filho de uma família muito pobre. Mulato e vítima de preconceito, perdeu na infância sua mãe e foi criado pela madrasta...
    834 Palavras 4 Páginas
  • Analise Do Conto A igreja do Diabo
    Análise Literária - Conto: A Igreja do Diabo De Machado de Assis. Dentre todos os estilos de época, o Realismo foi aquele com maior influência na obra de Machado de Assis. O conto ‘A Igreja do Diabo’ é mais um dos que foram marcados com as características realistas. Através de uma narração...
    1150 Palavras 5 Páginas
  • As capas de algodão têm agora franjas de seda: a eterna contradição humana sob o olhar de machado de assis
    AS CAPAS DE ALGODÃO TÊM AGORA FRANJAS DE SEDA: A ETERNA CONTRADIÇÃO HUMANA SOB O OLHAR DE MACHADO DE ASSIS Ataíce Borges Doarte¹ RESUMO O conto “A Igreja do Diabo”, de Machado de Assis, foi publicado no livro “Histórias sem Data” (1884) e pode ser caracterizado por uma espécie de conto fabuloso, por...
    5496 Palavras 22 Páginas
  • Análise do conto a igreja do diabo
    Análise da obra A obra machadiana é permeada de surpresas e fatos curiosos; não só em suas histórias, como nos fatos que a constituem. Com personagens densos e "humanamente verdadeiros", Machado de Assis cria uma narrativa de tensão por ser tão perturbadora, deixando no leitor aquela sensação de asfixia...
    3545 Palavras 15 Páginas
  • dom, casmurro
    Dom Casmurro (2): Análise de obra de Machado de Assis se você ler essa obra de Machado de Assis com atenção, verá que Bentinho(apelidado de "casmurro", de velho, viúvo e calado) decide contar sua história desde a infância para compreender algo mais do que o suposto adultério de sua mulher: ele quer...
    603 Palavras 3 Páginas
  • quimmica mols
    DESTINÇÕES ENTRE:ROMANCE,NOVELA,CONTO E CRÔNICA.....................................................................................04 CAPITULO 2 MACHADO DE ASSIS.............................................05 CAPITULO 3 OBRAS LIDAS..........................................................06 CAPITULO 4...
    1719 Palavras 7 Páginas
  • literatura como sistema
    Texto analítico-interpretativo de aspectos anticlericais no romance O Homem de Aluísio Azevedo e A Igreja do Diabo de Machado de Assis Ao fazer a analise do romance O Homem, de Aluísio Azevedo, foi possível constatar o posicionamento pejorativo com relação à religião. No romance, Magdá procura a...
    659 Palavras 3 Páginas
  • Analise Literária A Igreja do Diabo
    Análise Literária A igreja do Diabo Tipo de Narrativa: Conto Aspectos que caracterizam um texto como Conto: • Narrador: 3° Pessoa • Extensão: O Conto é curto e conciso. • Linhas Dramáticas: A trama é única e não há possibilidades da dispersão no desenvolvimento da estória. ...
    1360 Palavras 6 Páginas
  • Análise
    Análise As obras analisadas constituem-se como obra de narração ficcional, onde encontram-se estruturas próprias para a sua formulação. Em “O gato preto” de Edgar Allan Poe o narrador situa-se como personagem principal na trama diferentemente do que ocorre em “Amor” de Clarice Lispector e “A igreja...
    396 Palavras 2 Páginas
  • Resenha critica
    MELHORES CONTOS DE MACHADO DE ASSIS Assis, Machado de, 1939-1908. Melhores Contos: Machado de Assis/ Edla Van Steen [Direção]; Domício Proença [Seleção]. – 16. Ed. – São Paulo: Global, 2010. (Coleção Melhores Contos) A partir da leitura feita sobre “Os Melhores Contos de Machado de Assis”, organizado...
    490 Palavras 2 Páginas
  • Machado de Assis
     FRANCISCO JOSÉ DE ASSIS Desde a baia, desde os cajueiros, dos mangues, junto a baia, ate o alto do morro tudo pertencia a chácara do Livramento. A casa-grande, com a senzala ao pé, era muito antiga, tinha mais de 200 anos, e pertencia imponente sobre o morro nu. Por volta de 1805 o Livramento...
    10652 Palavras 43 Páginas
  • Realismo Psicológico de Machado de Assis
    Realismo psicológico de Machado de Assis Principais características de Machado de Assis: - Enredo não linear. - Microcapítulos digressivos. - Metalinguagem. - Estilo anti-retórico. - Análise psicológica/psicanalítica das personagens. - Humor sutil e permanente. - Ironia fina e corrosiva. -...
    276 Palavras 2 Páginas
  • realismo e o psicologico de machado de assis
    Realismo psicológico de Machado de Assis Principais características de Machado de Assis: - Enredo não linear. - Microcapítulos digressivos. - Metalinguagem. - Estilo anti-retórico. - Análise psicológica/psicanalítica das personagens. - Humor sutil e permanente. - Ironia fina e corrosiva. ...
    276 Palavras 2 Páginas
  • Machado de assis
    CONTEXTO HISTORICO DO ROMANTISMO AO REALISMO A obra de Machado de Assis pode ser dividida em duas fases. A primeira compreende as obras da juventude, com forte influência do Romantismo, como os romances Ressurreição (1872), A Mão e A Luva (1874), Helena (1876) e Iaiá Garcia (1878). O seu estilo apresenta...
    692 Palavras 3 Páginas
  • Engenheiro
    uma aventura inesperada, “uma fortuna rara, uma coisa que ele nunca esperara achar, nem merecia mesmo, porque se conhecia e não passava de um pobre-diabo”. Andando à noite pela cidade, encontrara uma “dama vestida com simplicidade, vistosa de corpo”: “ao passar rentezinha com ele, fitou-lhe muito os olhos...
    3937 Palavras 16 Páginas
  • Realismo e Naturalismo
    maneira, por vezes, distanciada e racional. As escolas: realista, naturalista e parnasiana combateram o Romantismo e propuseram uma nova forma de análise da sociedade. O Realismo surgiu na França com publicação de Madame Bovary, de Gustave Flaubert, em 1857; o Naturalismo, com Thérèse Raquin, de Émile...
    1118 Palavras 5 Páginas
  • Machado de assis
    Projeto: Cem as sem Machado Colégio Projeto apresentado á professora _______ como avaliação da III Unidade na disciplina de Língua Portuguesa no 2º ano noturno do ensino médio. Por: Itabuna-Ba Outubro/2008 ...
    2755 Palavras 12 Páginas
  • OS SENTIMENTOS HUMANOS EM “O ENFERMEIRO” DE MACHADO DE ASSIS
    DO NASCIMENTO OS SENTIMENTOS HUMANOS EM “O ENFERMEIRO” DE MACHADO DE ASSIS FEIRA DE SANTANA 2014 DANIELE CRISTINA SANTOS DO NASCIMENTO OS SENTIMENTOS HUMANOS EM “O ENFERMEIRO” DE MACHADO DE ASSIS FEIRA DE SANTANA 2014 Resumo: ...
    3140 Palavras 13 Páginas