Agentes Superavitário E Agentes Deficitários artigos e trabalhos de pesquisa

  • Trabalho

    no relacionamento entre os agentes econômicos, necessitam de um sistema que organize e facilite a organização da moeda pelo sistema econômico. Esse papel é desempenhado pelo sistema financeiro, que é responsável pela intermediação da moeda entre os agentes econômicos. Considerando a economia como um todo, verificamos que há agentes econômicos superavitários e agentes econômicos deficitários. Com isso queremos dizer que, em um determinado momento, alguns agentes gastam uma quantia superior...

    936  Palavras | 4  Páginas

  • TAXA DE CAPTAÇÃO SOBRE A TAXA DE APLICAÇÃO

    Na atual situação econômica do Brasil, é grande a necessidade de recursos financeiros e é crucial o papel das instituições financeiras. Os intermediários financeiros captam recursos junto aos agentes econômicos superavitários mediante uma taxa de captação e os emprestam aos agentes econômicos deficitários mediante outras taxas. Os intermediários financeiros são responsáveis pelas flutuações das taxas de aplicação ou eles simplesmente repassam as flutuações ocorridas na captação, na inflação e/ou...

    984  Palavras | 4  Páginas

  • Intermediaçoes financeiras

    as altas taxas de juros é que existe o custo desses recursos, em boa parte representado pela taxa de captação, é elevado. Como se sabe, os intermediários financeiros captam recursos junto aos agentes econômicos superavitários mediante uma taxa de captação e os emprestam aos agentes econômicos deficitários mediante outras taxa, que deve cobrir o custo de captação, os gastos de intermediação, o risco e os tributos e, ainda, gerar resultado para a atividade de intermediação. Os intermediários financeiros...

    5126  Palavras | 21  Páginas

  • economia

    financeiras são estabelecidas sempre que um agente econômico é capaz de transferir o comando de recursos financeiros para terceiros contra o reconhecimento de uma obrigação (dívida, expressa em um contrato ou título) e seus serviços por parte do beneficiário A mais simples forma de relação financeira é o crédito: um agente empresta dinheiro a outro, por um prazo determinado e é remunerado pelo pagamento de juros futuro credores Poupadores Agendes Superavitários devedores crédito Risco 3 ...

    2207  Palavras | 9  Páginas

  • 201532 201113 Aula 2 Intermedia O Financeira

    Intermediação financeira • Para que haja intermediação financeira o sistema econômico necessariamente deve superar a fase primitiva das trocas diretas. • Na troca direta = agentes econômicos ocupavam-se com a produção, intercambio direto, consumo e estocagem de ativos reais • A poupança, neste estágio, era representada pela estocagem dos ativos reais produzidos e não consumidos no período corrente. • investimentos quando ocorriam, estavam relacionados com a produção de determinados ativos (produtos)...

    2387  Palavras | 10  Páginas

  • aamor

    Os Agentes Económicos Os agentes económicos são todos os indivíduos, instituições ou conjunto de instituições que, através das suas decisões e acções, tomadas racionalmente, intervêm num qualquer circuito económico. Apesar de terem funções diferenciadas no circuito económico, de produção, de consumo ou de investimento, estabelecem entre si relações económicas essenciais: Estado Que toma decisões de consumo, de investimento e de política económica; Famílias Que tomam decisões sobre o consumo...

    2289  Palavras | 10  Páginas

  • Atividade 1 - ECO 106 Unicamp

    facilmente. 3. Comente: o Sistema financeiro capta fundos de agentes superavitários e os canaliza para os agentes deficitários de fundos. O sistema financeiro pode ser definido como o conjunto de instituições, produtos e instrumentos que viabiliza a transferência de recursos ou ativos financeiros entre os agentes superavitários (poupadores) e os agentes deficitários (tomadores) da economia. O fato de existir agentes superavitários implica na possibilidade de geração de poupança, que é condição...

    681  Palavras | 3  Páginas

  • Economia

    que um agente econômico é capaz de transferir o comando de recursos financeiros para terceiros contra o reconhecimento de uma obrigação (dívida, expressa em um contrato ou título) e seus serviços por parte do beneficiário A mais simples forma de relação financeira é o crédito: um agente empresta dinheiro a outro, por um prazo determinado e é remunerado pelo pagamento de juros futuro credores Poupadores Agendes Superavitários crédito Risco 3 devedores Investidores Consumidores Agentes Deficitários ...

    2018  Palavras | 9  Páginas

  • SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL

    recursos de agentes econômicos (pessoas, empresas, governo) superavitários para os deficitários e por meio desse processo de distribuição de recursos do mercado financeiro que se evidencia a função econômica e social do SFN (ASSAF NETO, 2010). Na economia existem agentes que possuem interesses e necessidades opostas, mas que se complementam. Para que os interesses de ambas as partes sejam atendidos, os agentes deficitários precisam encontrar com os agentes superavitários; então, surge o agente intermediário...

    981  Palavras | 4  Páginas

  • Economia

    3-Conceitue os agentes superavitáriosdeficitários e o papel dos bancos neste fluxo econômico. Agente superavitário É formado pelos agentes econômicos que apresentam orçamento superavitário, isto é, que têm excedente de renda, porque a renda é maior que o consumo e, assim, dispõem de poupança. Os agentes econômicos superavitários deparam-se com a seguinte pergunta: como aplicar os recursos excedentes provenientes de poupança não investida? Os agentes econômicos que têm orçamento superavitário são poupadores...

    1405  Palavras | 6  Páginas

  • Provas virtuais

    Nacional. São estes agentes que permitem o crescimento econômico do país, bem como, permitem a elevação ou diminuição das taxas para os investidores, bem como para os poupadores. Um dos conceitos mais importante no Sistema Financeiro Nacional são os agentes superavitários e os agentes deficitários. Acerca desses dois agentes, assinale a alternativa correta: a)os agentes superavitários precisam de poupança alheia para complementar as suas necessidades e os agentes deficitários são os que geram excedentes...

    2072  Palavras | 9  Páginas

  • GESTAO FINANCEIRA

    O Sistema Financeiro Brasileiro. As atividades de agentes econômicos restringem-se a produção, ao intercâmbio direto ao consumo e á estocagem de ativos reais. A poupança, quando acorre assume a forma de um aumento dos estoques dos ativos reais produzidos e não consumidos no período corrente , e os investimentos ocorrem sob a forma de produção de determinados tipos de ativos reais, cuja destinação á a servir, em períodos futuros como novos instrumentos de produção. A dimensão e as características...

    564  Palavras | 3  Páginas

  • Sistema Financeiro

    relação a renda q possuem q são chamados agentes superavitários e agentes deficitários. Agentes superavitários são aqueles q possuem um nível de renda superior aos seus gastos e os agentes deficitários são aqueles q possuem o nível de gastos maior que a renda O mercado de títulos é um bom exemplo onde o sistema financeiro aproxima esses dois tipos. Nesse mercado, os agentes superavitários buscando empregar seu excesso de renda emprestam para os deficitários mediante a participação de intermediários...

    755  Palavras | 4  Páginas

  • SITEMAS MONETARIOS

    tenha superado o estágio primitivo das trocas diretas em espécie. Em uma economia em que as trocas se estabelecem por meio do escambo, não há possibilidade de formaçäo de mercados monetários e de intermediaçäo de ativos financeiros. As atividades dos agentes econômicos restringem-se à produção, ao intercâmbio direto, ao consumo e à estocagem de ativos reais. A poupança, quando ocorre, assume a forma de um aumento dos estoques dos ativos reais produzidos e, porque são destinados ao consumo futuro, näo...

    3549  Palavras | 15  Páginas

  • Macroeconomia

    estudo as reservas monetárias, a poupança e a disponibilidade de moeda. Em toda economia existem os agentes superavitários e os deficitários. Agentes superavitários são aqueles que possuem um nível de renda superior aos seus gastos e os deficitários aqueles que possuem um nível de gastos superior ao da renda. Para tal, idealiza-se um mercado no qual os agentes superavitários emprestam para os deficitários, que é o mercado de títulos. Ex.: títulos do governo, ações, debêntures, duplicatas, etc. Desta...

    579  Palavras | 3  Páginas

  • intermediários financeiros

    atividades econômicas. Descrevendo assim, a sua atuação no Sistema Financeiro Nacional. 2 REFERENCIAL TEÓRICO 2.1 INTERMEDIÁRIOS FINANCEIROS Todo empreendimento tem momentos em que é deficitário, e outros em que é superavitário, e isto decorre do ciclo de produção, dos investimentos realizados, da estrutura de recebimentos e pagamentos e dos riscos naturais e de mercado a que está sujeito. Se os responsáveis pelo empreendimento utilizarem somente recursos...

    1783  Palavras | 8  Páginas

  • valores eticos e esteticos

    A IMPORTÂNCIA DOS AGENTES ECONOMICOS NA ECONOMIA BRASILEIRA Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI Ciências Contábeis (CTB 0169) 13/12/2013 RESUMO O objetivo deste Paper é mostrar que os agentes econômicos são pessoas de natureza física ou jurídica que, através de suas ações, contribuem para o funcionamento do sistema econômico, tanto capitalista quanto socialista e também são instituições ou conjunto de instituições que através das suas decisões, e ações...

    1562  Palavras | 7  Páginas

  • Intermediação financeira e Sistema Financeiro Nacional

    neste trabalho, falaremos sobre a Intermediação Financeira e sobre o Sistema Financeiro Nacional. Sobre a Intermediação Financeira, será abordado como ela é feita e suas estratégias para tratar com agilidade os processos entre os agentes superavitários e os deficitários. A forma como auxilia e trazem vantagens na economia, uma vez que a Intermediação Financeira é de extrema importância para o desenvolvimento econômico. Mostraremos a organização do Sistema Financeiro Nacional que é composto por...

    3348  Palavras | 14  Páginas

  • intermediação financeira

    básica de juntar (ligar) as pessoas, ou agentes econômicos, transferindo os recursos daqueles que tem um excesso de fundos (poupadores) para os que têm uma escassez de fundos (os investidores). À medida que se estabelecem condições para a intermediação financeira, os agentes econômicos superavitários, cujos rendimentos correntes recebidos sejam superiores aos seus gastos totais, poderão canalizar suas disponibilidades de caixa aos agentes econômicos deficitários, cujos gastos totais em consumo e ...

    1106  Palavras | 5  Páginas

  • Direito

    estudo as reservas monetárias, a poupança e a disponibilidade de moeda. Em toda economia existem os agentes superavitários e os deficitários. Agentes superavitários são aqueles que possuem um nível de renda superior aos seus gastos e os deficitários aqueles que possuem um nível de gastos superior ao da renda. Para tal, idealiza-se um mercado no qual os agentes superavitários emprestam para os deficitários, que é o mercado de títulos. Ex.: títulos do governo, ações, debêntures, duplicatas, etc. Desta...

    716  Palavras | 3  Páginas

  • MERCADO FINANCEIRO. SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL. POLÍTICAS ECONÔMICAS

    vida de todos. Mercado financeiro, segundo conceitos econômicos, é o contexto no qual ocorrem intermediações de recursos entre agentes econômicos superavitários e agentes econômicos deficitários, os quais estabelecem uma relação de oferta e demanda. Para uma maior compreensão do mercado financeiro é necessário entender alguns conceitos básicos: agentes superavitários, são entidades econômicas com a capacidade de poupar e ofertar recursos, os quais frequentemente são direcionados a intermediários...

    2119  Palavras | 9  Páginas

  • Trabalho mercado capitais

    autorregulação, no mercado financeiro, significa: ... a) que a regulação é fruto de instituições práticas aceitas por todos os integrantes do sistema. b) que todos os participantes são competentes para ditar normas. c) que não há agente regulador específico. d) que a assimetria informacional está na base das escolhas individuais. e) que, à falta de agência reguladora, faz-se necessário, para fins de equidade, disciplinar as atividades. a) Explique em linhas...

    1531  Palavras | 7  Páginas

  • IBMR AFO QUESTION RIO RESPOSTAS

    Terceiros ATIVO Exigível a Longo Prazo L.P. Patrimônio Líquido Capital Próprio AFO Questão 11 Como são classificados os agentes econômicos e por quê? R: os agentes econômicos são as Famílias, as Empresas e o Governo e são classificados como: Superavitários e Deficitários Superavitários – possuem um nível de renda maior do que o nível de consumo. (superávit) Deficitários – possuem um nível de renda menor do que o nível de consumo. (déficit) AFO Questão 12 Demonstre o conceito de formação...

    1374  Palavras | 6  Páginas

  • open market

    necessidades financeiras de curto, e longo prazos, manifestadas pelos agentes econômicos carentes de recursos, aplicando ao mesmo tempo o excedente monetário dos agentes superavitários, com mínimo de riscos. As precondições para a existência de intermediação financeira são: Superaçao do escambo; Existência de moeda; Excedente financeiro; Bases institucionais para o funcionamento do mercado de intermediação financeira; Existência de agentes econômicos dispostos a trocar ativos monetários por ativos financeiros...

    705  Palavras | 3  Páginas

  • AMBIENTE E COMPETIÇÃO DE MERCADO

    está ligada diretamente ao nível de Renda e de Consumo. • Para aumentar a Poupança preciso: – Aumentar a Renda, ou – Diminuir o Consumo • O nível de Poupança de um país é fundamental, pois implica diretamente no nível de Investimento dos agentes econômicos(famílias, empresas e governo). INVESTIMENTO • Podemos definir Investimento como a utilização dos recursos da poupança em atividades produtivas, que poderão, no futuro, aumentar a Renda. Juros • O juro é um índice que é expresso...

    943  Palavras | 4  Páginas

  • Tipologia E Opera Es No Mercado De Capitais

    títulos representativos da menor fração do capital de uma empresa e as debêntures, que são títulos da dívida de uma empresa. No mercado de capitais existem os agentes superavitários, que são os credores desse sistema e por sua vez ofertam recursos. Já os agentes deficitários, são os tomadores, que demandam por recursos oferecidos pelos superavitários para financiamento e aumento de capital. As empresas de capital aberto negociam a subscrição de suas ações no mercado primário e com isso obtém financiamento...

    3286  Palavras | 14  Páginas

  • Papel dos intermediarios financeiros

    cuja principal função mover os recursos dos agentes superavitários para os agentes tomadores de empréstimos ou deficitárioas, o mercado bancário torna-se sem dúvida alguma num dos principais pilares do Sistem financeiro ao peritirem a passagem de recursos de um agente para o outro promovendo os investimentos na economia e consequentimente o desenvolvimento económico.Para entendermos melhor a importância disto, é preciso percebermos o papel dos agentes económicos. Existem certos factores, que em...

    990  Palavras | 4  Páginas

  • POLÍTICAS ECONÔMICAS

    receitas e despesas do governo, que consiste na elaboração do orçamento, a qual demonstra as fontes de arrecadação e os gastos públicos a serem efetuados em um determinado período. Envolve a definição e a aplicação da carga tributaria exercida sobre os agentes econômicos. A política fiscal visa atingir a atividade econômica e assim alcançar dois objetivos: Estimular a produção, isto é, o crescimento econômico; Combater o desemprego; O governo pode alterar as receitas e os gastos públicos através da...

    994  Palavras | 4  Páginas

  • 515 2907 01conhecbanc

    entre os agentes econômicos superavitários e os deficitários. Um exemplo ajuda a entender: imagine você! Está estudando para concursos e quer comprar um curso para sua preparação. Imagine também que essa preparação já ocorre há algum tempo (pois ainda não tinha estudado pelo C24H..rsrsr). Você já pegou dinheiro com seu pai, sua mãe, sua vó, seu tio, enfim, você já deve dinheiro a quase todos de sua família (fique tranquilo, pois não é exclusividade sua!). Nesse caso, você é o agente deficitário, enquanto...

    20135  Palavras | 81  Páginas

  • Mercado de Credito

    ligação dos agentes econômicos no mercado, os agentes superavitários os considerados poupadores e os agentes deficitários que são aqueles que necessitam de recursos para se financiar. Para tal definição Assaf Neto (2012, p 8) explica: A intermediação financeira ocorre na relação entre os agentes econômicos superavitários (poupadores) e deficitários (tomadores de recursos).Os intermediários financeiros procuram atender as expectativas e necessidades de ambos segmentos de agentes econômicos,...

    4117  Palavras | 17  Páginas

  • O mundo financeiro e seu impacto nas organizações

    iremos discutir os impactos que esse este misterioso universo das fianças provoca nas organizações das novas economias. Vale dizer que a imprevisibilidade do mercado, os agentes classificados como superavitários, deficitários, podem manipular tal operação. PALAVRAS-CHAVE: finanças; economias; operação; superavitários; deficitários. 1 INTRODUÇÃO (ROSS, 2002: 4) “Podemos definir finanças como a arte e a ciência da gestão do dinheiro. Preticamente todos os indivíduos e organizações recebem ou levam...

    1385  Palavras | 6  Páginas

  • Matemática

    próprios disponível, com recursos de terceiros. Essa característica qualifica as empresas como os agentes deficitários da economia ou tomadores de recursos. INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA ECONOMIA DE MERCADO Intermediação Financeira (cont.) Do outro lado do processo, encontram-se as famílias, que muitas vezes, possuem excesso de recursos. Isso faz com que seja classificadas como os agentes superavitários ou poupadores. É necessário que haja um incentivo para que o poupador permaneça com seus recursos...

    1491  Palavras | 6  Páginas

  • EMPRESARIAL

    funcao social;qualquer riqueza há de cumprir uma funcao,o que a sociedade espera art.170 III - função social da propriedade; e plena) Economia Estado (onde esta o estado a liberdade nao existe ou existe em parta mas nao Privados Art. 174. Como agente normativo e regulador da atividade econômica, o Estado exercerá, na forma da lei, as funções de fiscalização, incentivo e planejamento, sendo este determinante para o setor público e indicativo para o setor privado. § 1º - A lei estabelecerá as diretrizes...

    5939  Palavras | 24  Páginas

  • Ações

    são os agentes superavitários e os agentes deficitários. Os agentes econômicos superavitários e os agentes econômicos deficitários podem ser quaisquer pessoas ou entidades que tenham disponibilidades e necessidades de recursos, e os intermediários são geralmente instituições financeiras (CARVALHO et al., 2000, p. 239). De forma simplista podemos definir os agentes superavitários como aqueles que possuem capital disponível sem uso, pois este gasta menos do que possui. Os agentes deficitários...

    4413  Palavras | 18  Páginas

  • Banco do brasil

    Vicente Camillo – Aula 00 SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é nosso ponto de partida, pois reúne instituições, públicas e privadas, que permitem a realização dos fluxos de renda entre os agentes superavitários e os agentes deficitários da economia. Como assim? Na economia há dois tipos de pessoas: aquelas que poupam, consumindo menos do que ganham e aquelas que não poupam, ou seja, gastam mais do que seus rendimentos. Imagine quão difícil (e desorganizado)...

    1589  Palavras | 7  Páginas

  • Cenários Econômicos e Mercado Financeiro

    Sistema Financeiro Nacional Quando os agentes econômicos formam poupança, ou seja, consomem menos do que ganham, são chamados de agentes superavitários. Quando, por outro lado, conso¬mem mais que sua renda e precisam recorrer à poupança de terceiros, são conhecidos como agentes deficitários. Sistema Financeiro: conjunto de instituições e instrumentos que viabilizam o fluxo financeiro entre os poupadores e os tomadores na economia. O sistema financeiro segmentou-se em quatro grandes mercados:...

    663  Palavras | 3  Páginas

  • Sistema Financeiro Nacional e Internacional

    particular. Mas, se queremos encontrar um significado na nossa vida e não ficarmos a mercê de seus acasos, devemos desenvolver nossos próprios recursos intelectuais. Desta forma, aprendemos qual é o nosso papel na sociedade e de que forma podemos ser agentes atuantes nela. Vamos ver alguns significados importantes que encontramos no sistema financeiro nacional e internacional. • Empréstimos para pessoas e empresas poderem realizar compras e investimentos; • A possibilidade de conseguir financiamento...

    2488  Palavras | 10  Páginas

  • teatro

    principais características e o sistema financeiro nacional e a sua história. INTRODUÇÃO ­­­­­­­­­­­­­­___________________________________________________ CONCEITO ECONÔMICO DE MERCADO Antigamente, mercado referia-se a um lugar determinado onde os agentes econômicos realizavam suas operações de troca. Conforme Rossetti (2006, p. 395), alguns livros de história econômica revelam como os senhores feudais da alta Idade Média organizavam mercados em seus territórios, concedendo o privilégio de sua exploração...

    2044  Palavras | 9  Páginas

  • Teoria macroeconomia

    capta o dinheiro com os agentes superavitários na forma de depósitos e transferem para os agentes deficitários na forma de empréstimos, mediante juros. A remuneração do sistema financeiro é a diferença da taxa de juros paga aos poupadores (superavitários) e a taxa de juros cobrada dos tomadores de empréstimos (deficitários). Essa diferença é denominada de spread. Naturalmente o spread é positivo, pois a taxa de juros cobrada dos deficitários é maior que a paga aos superavitários. 4 – Classifique...

    991  Palavras | 4  Páginas

  • sistema financeiro nacional

    recursos entre agentes superavitários e deficitários. O SFN é constituído por todas as Instituições Financeiras, públicas ou privadas, bancárias ou não.” “O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é composto pelo conjunto de instituições que realizam a intermediação financeira e pelos órgãos que normatizam e fiscalizam esse processo.” Agentes superavitários- possuidores de recursos que os disponibiliza aos deficitários em troca de algum beneficio, como recebimento de juros. Agentes deficitários – tomadores...

    1486  Palavras | 6  Páginas

  • AULA ATIVIDADE 01 MERCADO

    financeiros (moeda) entre agentes superavitários para deficitários por meio dos seus instrumentos financeiros. No sistema financeiro a poupança de um agente superavitário é destinada para um tomador que pode ser um agente deficitário, por isso em primeira instância a taxa de juros passa ser uma remuneração para o poupador e uma despesa para os tomadores. Para que esta transação seja realizada há uma instituição financeira que faz a intermediação entre esses dois agentes e é de responsabilidade desta...

    729  Palavras | 3  Páginas

  • 7097 26369 Transcricao Acessivel Webaula Configuracoesdosistemafinanceironacional Un4

    ponte entre os agentes que poupam e os que se encontram dispostas a despender além dos limites de suas rendas correntes. Então a gente sabe que na sociedade existem dois grupos de pessoas, os agentes econômicos superavitários que são aqueles gastam menos que ganham e os agente econômicos deficitários que são os que gastam mais do que ganham. Bom então a função desses intermediários financeiros seriam a canalização dos recursos excedentes dos agentes econômicos superavitários para os agentes econômicos...

    1685  Palavras | 7  Páginas

  • Contabilidade Social

    Pablo Saavedra Resumo Capitulo: 9 e10. Contabilidade Social: É o registro contábil da atividade de um país ao longo de dado período de tempo. Nessa economia simplificada, supõe-se que os únicos agentes são as empresas (que produzem bens e serviços) e as famílias (que recebem rendimentos pela prestação de serviços). Mercado de fatores de produção: Indivíduos são proprietários da força de trabalho, da terra, dos recursos naturais, etc. As firmas...

    1515  Palavras | 7  Páginas

  • Economia e mercado

    (overnight). COPOM: O Comitê de Política Monetária formado pelo presidente e os diretores do Banco Central, que se reúnem para fixar a taxa básica de juros, a Selic. 41) Quem são agentes superavitários e os agentes deficitários do mercado financeiro? Agentes superavitários: São os poupadores. Agentes deficitários: São tomadores de recursos financeiros. 42) Explique a expressão “spread bancário”? A sobretaxa cobrada pelas instituições financeiras aos tomadores de empréstimo em intermediações...

    3642  Palavras | 15  Páginas

  • mercado de capitais

    escambo , é um bem de uso comum em todo tipo de transação , que permite a participação de operação de troca , cumprindo papéis importantes na economia como meio de pagamento , estoque de valor , unidade-padrão de conta e intermediária de troca entre agentes . Poupança é a parte da renda que não é consumida integralmente , dando oportunidade de ser aplicados em fatores de produção , chamados de investimentos , consequente mente , maiores investimentos , são maiores oportunidades de obter rendas...

    952  Palavras | 4  Páginas

  • gestão financeira

    11. Conceitue mercado financeiro e comente sobre seus vários agentes. Como eles interagem? Dê exemplos. Classifique o mercado financeiro Cite exemplos de produtos de investimento e financiamento. R: Mercado financeiro é a reunião das instituições financeiras, capazes de intermediar recursos. As empresas operam em um ambiente econômico onde existem agentes superavitários, com recursos financeiros excedentes e agentes deficitários, com falta de recursos. Quando o hiato de recebimentos e pagamentos...

    2290  Palavras | 10  Páginas

  • Adm financeira

    futuro. V) Os agentes deficitários têm recursos sobrando, e podem emprestá-los para os agentes superavitários. Assinale a alternativa incorreta: A resposta correta é: D – III e V estão incorretas. Justificativa: Numa economia existem agentes superavitários, ou seja, que conseguem acumular riqueza, e agentes deficitários, cujos recursos são escassos e lhes falta dinheiro, portando agentes deficitários não tem recursos sobrando para empresta-los para os agentes superavitários. 6- A circulação...

    1658  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo Sistemas de Amortização

    Empréstimos e Sistemas de Amortização Entende-se por empréstimos, a troca de recursos entre agentes superavitários e deficitários no mercado financeiro, onde o tomador ou o agente deficitário toma recursos do emprestador ou agente superavitário mediante o pagamento do valor tomado acrescido dos juros que representam o custo da operação, ou seja, para o tomador representa o ônus financeiro inerente à antecipação do consumo, e para o credor representa o prêmio ou a remuneração pelos recursos ou...

    674  Palavras | 3  Páginas

  • Macroeconomia

    dos preços e quantidades produzidas. • Mercado de títulos. Nas economias existem sempre agentes econômicos superavitários e agentes deficitários. Agentes superavitários são aqueles que possuem um nível de renda superior aos seus gastos e deficitários aqueles que possuem um nível de gastos superior ao da renda. Para tal, idealizase um mercado no qual os agentes superavitários emprestam para os deficitários, Texto elaborado para disciplinas de graduação da EESC-USP São Carlos (SP) 5 MACROECONOMIA...

    1641  Palavras | 7  Páginas

  • Conceitos Iniciais

    dos principais conceitos e da dinâmica do mercado financeiro. Em qualquer economia, os agentes podem encontrar-se em duas situações distintas, no que tange à disponibilidade de recursos financeiros em um determinado momento. Esqueçamos, por enquanto, as instituições financeiras: (a) AGENTES ECONÔMICOS SUPERAVITÁRIOS ($+, também chamados de APLICADORES, INVESTIDORES ou, mais vulgarmente, DOADORES): São agentes econômicos que, em dado momento, possuem recursos financeiros disponíveis e disposição...

    6610  Palavras | 27  Páginas

  • Captação de recursos internacionais

    criação do Banco do Brasil, pelo então príncipe-regente Dom João de Bragança. O sistema financeiro nacional é formado por várias instituições, que juntas, tem o objetivo de manter em boas condições o fluxo de recursos entre os agentes econômicos (superavitário e deficitário) no mercado financeiro. Sobre as instituições financeiras, a Lei de Reforma Bancária (4.595/64), Art. 17, as descreve da seguinte forma: Consideram-se instituições financeiras, para os efeitos da legislação em vigor, as pessoas...

    722  Palavras | 3  Páginas

  • Macro e Microeconomia

    contexto das Economias Capitalistas. Discute a funcionalidade do mercado para garantir a  organização e distribuição eficientes dos recursos escassos. Sua unidade de análise são os mercados específicos, examinando o comportamento e a interação dos agentes (consumidores e produtores). A Macroeconomia é o ramo da Ciência Econômica que estuda o comportamento da Economia como um todo, tendo como focos o Produto, o Emprego, a Inflação, e o Comércio Internacional. É o campo que embasa a atuação do  Estado...

    1332  Palavras | 6  Páginas

  • 1 PARTE APOSTILA MERCADO CAPITAIS 1SEM UNIESP ADM 8 2015

    transferência de recursos (moeda) de agentes superavitários (ofertantes) para os agentes deficitários (tomadores). É composto de instituições responsáveis pela captação de recursos financeiros, pela distribuição e circulação de valores e pela regulação deste processo. AGENTE SUPERAVITÁRIO < INSTITUIÇÃO FINANCEIRA > AGENTE DEFICITÁRIO COMENTÁRIO: O objetivo do Sistema Financeiro é facilitar a transferência de recursos entre os agentes superavitários e os agentes deficitários. CMN BACEN CVM INSTITUIÇÕES...

    2433  Palavras | 10  Páginas

  • Questões de macroeconomia

    atividade é executada por instituições intermediárias, normalmente instituições financeiras, que captam recursos junto aos agentes econômicos superavitários, assumindo a obrigação de honrar a exigibilidade destes recursos e emprestam aos agentes econômicos deficitários. A segunda atividade é executada diretamente entre os agentes econômicos superavitários e os agentes econômicos deficitários, onde o papel das instituições financeiras é simplesmente promover a corretagem de valores. 8) Quais são as funções...

    1023  Palavras | 5  Páginas

  • Economia

    uma forma de se medir a riqueza 14- Qual a função do BACEN? É para controlar a moeda, monopólio na emissão primaria da moeda, bancos comerciais e instituições financeiras. 15- O que é mercado de títulos? Onde nos agentes superavitários emprestam para os deficitários. 16- O que é mercado cambial? São as instituições que realizam a conversão da moeda nacional em divisas estrangeiras de exportação e importação. 17- Tributos de gênero. Imposto: (IPVA) nem tudo que é arrecadado é...

    722  Palavras | 3  Páginas

  • trabalho economia h

    econômicas deficitárias. É a atividade típica dos bancos. 5- Intermediação Financeira Direta Agentes Superavitários: depositam ou aplicam seus recursos em uma “Instituição Financeira” Agentes Deficitários: tomam estes recursos na forma de “Operações de Crédito”. Intermediação Financeira Indireta Agentes Superavitários: adquirem como um investimento “Títulos de Crédito Mobiliários” Agentes Deficitários: tomam estes recursos na forma de títulos de crédito, inclusive abrindo a possibilidade de participação...

    929  Palavras | 4  Páginas

  • Títulos de crédito

    conjunto de instituições e órgãos que fiscalizam a circulação de moedas e de credito em circulação, operacionalizando as atividades desse sistema, transferindo recursos dos chamados agentes econômicos superavitários (aplicadores ou poupadores; pessoas, empresas, governo) para os denominados agentes econômicos deficitários (aqueles que necessitam de recursos por uma razão qualquer - inclusive investidores). Em seu sistema, encontramos o subsistema de supervisão e operativo. O primeiro tem a função de...

    2375  Palavras | 10  Páginas

  • Resumo: relações e mercados financeiros

    recursos próprios ou recursos provenientes das relações financeiras entre os agentes econômicos. Segundo Carvalho (2007, p. 212): Relações financeiras são estabelecidas sempre que um agente econômico capaz de transferir o comando sobre recursos para terceiros, contra o reconhecimento de uma obrigação (e de seu serviço) por parte do beneficiário. O agente superavitário, ao conceder o excedente para o agente deficitário na forma de concessão de crédito, irá analisar previamente a combinação de risco...

    1239  Palavras | 5  Páginas

  • aula de Varejo/ credito

    Gestão de Crédito Varejo Profa. Ana Cristina Mercado Financeiro Estrutura Básica % $ $ Agentes Superavitários (Poupadores) Receitas superiores aos gastos Agentes de Intermediação financeira (Bancos, financeiras, corretoras, etc ) Possibilitam a transferência da poupança através de empréstimos e financiamentos e a remuneração dos agentes superavitários Agentes Deficitários (Consumidores, empresas, investidores) Gastos excedem suas receitas, recursos insuficientes para ...

    1003  Palavras | 5  Páginas

  • GESTÃO DE COMPRAS: BANCO DO BRASIL

    financeiro (Mercado de Títulos), que refere- se aos títulos de dívidas, em toda economia existem os agentes superavitários e os deficitários. Agentes superavitários são aqueles que possuem um nível de renda superior aos seus gastos e os deficitários aqueles que possuem um nível de gastos superior ao da renda. Para tal, idealiza-se um mercado no qual os agentes superavitários emprestam para os deficitários, que é o mercado de títulos. 3 – PENSANDO NO SETOR DE COMPRAS O setor de compras do Banco...

    1392  Palavras | 6  Páginas

tracking img