• O ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL COMO MEIO EFICAZ DE REINSERÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, EM OBSERVÂNCIA AO DIREITO DE CONVIVÊNCIA FAMILIAR
    SOCIEDADE EDUCACIONAL DE ITAPIRANGA – SEI FACULDADE DE ITAPIRANGA – FAI CURSO DE DIREITO HUMBERTO BEUTER O ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL COMO MEIO EFICAZ DE REINSERÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, EM OBSERVÂNCIA AO DIREITO DE CONVIVÊNCIA FAMILIAR...
    5688 Palavras 23 Páginas
  • atividades -30406 precisa
    à meses, do Reavaliação, em no máximo 6 história usuário; da situação das crianças e adolescentes que estão em serviços Isolamento e segregação Inserção na comunidade e preservação de vínculos; de acolhimento (institucional ou familiar) Revitimização ü Reparação; dos serviços de...
    3775 Palavras 16 Páginas
  • Redes sociais de atendimento: o atendimento as famílias de crianças em situação de acolhimento institucional e os desafios para a garantia do direito à convivência familiar e comunitária
    CENTRO UNIVERSITÁRIO MONTE SERRAT CLEIA DE SOUZA SANTOS WLADILA CANDIDA PEREIRA REDES SOCIAIS DE ATENDIMENTO: O atendimento às famílias de crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional e os desafios para a garantia do direito à convivência familiar e comunitária. SANTOS...
    10491 Palavras 42 Páginas
  • O ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL COMO MEIO EFICAZ DE REINSERÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, EM OBSERVÂNCIA AO DIREITO DE CONVIVÊNCIA FAMILIAR
    SOCIEDADE EDUCACIONAL DE ITAPIRANGA – SEI FACULDADE DE ITAPIRANGA – FAI CURSO DE DIREITO HUMBERTO BEUTER O ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL COMO MEIO EFICAZ DE REINSERÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, EM OBSERVÂNCIA AO DIREITO DE CONVIVÊNCIA FAMILIAR...
    5688 Palavras 23 Páginas
  • engenharia
    Executivo e Judiciário, promoverão conjuntamente a permanente qualificação dos profissionais que atuam direta ou indiretamente em programas de acolhimento institucional e destinados à colocação familiar de crianças e adolescentes, incluindo membros do Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho...
    2877 Palavras 12 Páginas
  • Cress 4152
    medidas de proteção que poderão ser utilizadas quando houver uma situação de violação de direitos, entre elas encontra-se o abrigo, hoje chamado de acolhimento institucional, é a sétima medida de proteção prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (BRASIL, 1990), que deve ser aplicada, sempre...
    6219 Palavras 25 Páginas
  • O PROCESSO DE GESTÃO DA INSTITUIÇÃO
    .Hipóteses 8 3.1 Acolhimento institucional como medida protetiva as crianças e adolescentes 12 3.2 Acolhimento institucional destinado a crianças e adolescentes na atualidade 13 APÊNDICES...
    5174 Palavras 21 Páginas
  • Artigo sobre adoçao
     Adoção, Acolhimento Institucional e Acolhimento Familiar: avanço nas politicas de defesa da criança e adolescente. Resumo: O objetivo deste artigo é contextualizar a importância do convívio familiar, seja ela natural, extensa ou fora dos “padrões” colocado pela sociedade. Assim mostrado a...
    2983 Palavras 12 Páginas
  • anida nao comecei
    JUSTIFICATIVA O acolhimento institucional é uma temática de grande importância para a compreensão das problemáticas relacionadas às crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade e risco pessoal, pelo que muitos estudiosos dessa questão tentam compreender os...
    9669 Palavras 39 Páginas
  • Anhanguera atps
    cadastra e habilita pessoas voluntárias a se tornarem Padrinhos Afetivos de crianças e adolescentes de 3 a 18 anos, com remotas chances de adoção, que se encontram em situação de acolhimento institucional. Tem o intuito de garantir a estas crianças e adolescentes o direito a convivência familiar e...
    2133 Palavras 9 Páginas
  • Artigo 101
    tenha legítimo interesse, de procedimento judicial contencioso, no qual se pode garantir aos pais ou ao responsável legal o exercício do contraditório e da ampla defesa. As crianças e os adolescentes para serem encaminhados às instituições que executam programas de acolhimento institucional...
    729 Palavras 3 Páginas
  • ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL
    FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO – FADISA SAULO FERREIRA ROCHA ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL: um estudo do atendimento institucional a crianças e adolescentes no Brasil exemplificado pela ACICLAR – Aninha Gomes da comarca de Turmalina/MG MONTES CLAROS/MG 2012 SAULO FERREIRA ROCHA...
    16837 Palavras 68 Páginas
  • Crianças em acolhimento institucional
    /CNAS fornece subsídios para a regulamentação dos direitos das crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional, bem como, estabelece as diretrizes para o funcionamento das instituições de acolhimento e para a contratação dos profissionais que atuam nas instituições. O Estatuto da...
    1581 Palavras 7 Páginas
  • Novas regras da adoção
    art. 19, § 1º, do Estatuto da Criança e do Adolescente teve uma relevante alteração quanto à avaliação da situação das crianças inseridas em programa de acolhimento familiar ou institucional, que deve acontecer, no máximo, a cada seis meses. A autoridade competente, com base em relatório elaborado...
    5258 Palavras 22 Páginas
  • Nova lei de adoção
    família substituta, em quaisquer das modalidades previstas no art. 28 desta Lei. § 2o A permanência da criança e do adolescente em programa de acolhimento institucional não se prolongará por mais de 2 (dois) anos, salvo comprovada necessidade que atenda ao seu superior interesse, devidamente...
    8665 Palavras 35 Páginas
  • conselho tutelar e acolhimento institucional
    PESQUISA • Pode o Conselho Tutelar retirar criança ou adolescente do convívio familiar e colocá-lo em acolhimento institucional sem autorização judicial? O art. 136, inciso I do Estatuto da Criança e do adolescente indica as atribuições do Conselho Tutelar. Tal dispositivo pode fazer parecer...
    772 Palavras 4 Páginas
  • Administracao
    família substituta, em quaisquer das modalidades previstas no art. 28 desta Lei. § 2o A permanência da criança e do adolescente em programa de acolhimento institucional não se prolongará por mais de 2 (dois) anos, salvo comprovada necessidade que atenda ao seu superior interesse, devidamente...
    9085 Palavras 37 Páginas
  • Acolhimento Institucional
     PALESTRA : ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL Palestrante: Andréa Mismoto (promotora) Iniciou falando da familia, familia é a base da sociedade art.226. Compete a familia, juntamente com o Estado, a sociedade em geral e as comunidades, assegurar à criança e ao adolecente o exercício de seus...
    1600 Palavras 7 Páginas
  • eu vou
    Acolhimento provisório e excepcional para crianças e adolescentes de ambos os sexos, inclusive crianças e adolescentes com deficiência, sob medida de proteção (Art. 98 do Estatuto da Criança e do Adolescente).  – PSEAC – Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes,  Oferta...
    476 Palavras 2 Páginas
  • Crianças com hiv
    situação de acolhimento institucional 4. PROBLEMAS: O que levou essas Crianças para a situação de acolhimento institucional Foi abandono ou os pais morreram. 5. JUSTIFICATIVA Conforme preconizado no Estatuto da Criança e Adolescente a importância em restabelecer a convivência...
    886 Palavras 4 Páginas