• Aprendizagem sócio construtivista
    Podemos considerar como uma das causas do fracasso escolar e das dificuldades em leitura e escrita a alfabetização da sistematização de letras e sons. A alfabetização e o uso da leitura estão muito além de leituras que objetivam a assimilar somente o som sem valor de interpretação ou sentido. A alfabetização...
    2001 Palavras 9 Páginas
  • Como a criança se apropria do código linguístico.
    Para a inserção e participação da criança na sociedade letrada, é necessário que ela se aproprie do código lingüístico, tendo conhecimento assim, da leitura e da escrita. Entretanto, mesmo antes de a criança saber ler socialmente, ou seja, como as pessoas alfabetizadas, ela já observa, pensam e vão...
    1733 Palavras 7 Páginas
  • Construção da leitura e escrita na 1ª fase do 1º ciclo
    - universidade cândido Mendes SINDALVA CORREA de sousa CONSTRUÇÃO DA LEITURA E ESCRITA NA 1ª FASE DO 1º CICLO BETIM 2012 Icam - universidade cândido Mendes SINDALVA CORREA de sousa CONSTRUÇÃO DA LEITURA E ESCRITA NA 1ª FASE DO 1º CICLO Artigo Científico Apresentado à Universidade...
    2258 Palavras 10 Páginas
  • A construção da escrita e da oralidade na etapa alfabetizadora
    professores e pesquisadores, discute-se por que as crianças brasileiras lêem e escrevem mal, ocupando os últimos lugares em avaliações internacionais de leitura e escrita. Como tudo está em discussão, uma velha polêmica que opunha defensores de métodos globais aos partidários de métodos sintéticos ameaça ressurgir...
    6162 Palavras 25 Páginas
  • importancia das ics
     CAPITULO 1 – Trajetória Histórica da Leitura e escrita na Educação do Brasil Como sabemos, não há presente sem passado, e para ocorrer avanços; tecnológico, social, humano ou cultural é necessário pesquisas, estudos, ações e experimentos. “O ser humano é o único animal que, além de usar instrumentos...
    5178 Palavras 21 Páginas
  • pré projeto
    se identificou ao ensino-aprendizado da tecnologia da escrita, quer dizer, do sistema alfabético da escrita, o que, em linhas gerais significa na leitura, a capacidade de decodificar os sinais gráficos, transformando-os em sons, e, na escrita, a capacidade de codificar os sons da fala , transformando-os...
    1581 Palavras 7 Páginas
  • Contratar Amigos
    A ALFABETIZAÇÃO E O FRACASSO ESCOLAR NA LEITURA E ESCRITA1 JOSIVAL RODRIGUES DOS SANTOS (ULBRA) RESUMO O objetivo deste artigo é contribuir com elementos para debate das questões relativas...
    2862 Palavras 12 Páginas
  • PROJETO PRODUÇÃO DE TEXTO
    de validade de produto? Averiguar a composição do produto? Reconhecer o modo de usar e armazenar do produto? JUSTIFICATIVA As atividades de leitura e escrita com rótulos e embalagens possibilitam os alunos pensarem sobre: A percepção da forma e do valor sonoro convencional das letras. A conservação...
    1697 Palavras 7 Páginas
  • Sindrome de down
    restante do grupo. E essa adequação social é condição sine qua non para que seja integrada. (MILLS apud SCHWARTZMAN, 1999, p. 23) E a partir de leituras e pesquisas propôs neste trabalho, a apresentação ao leitor um conhecimento mais profundo sobre as crianças Down e suas habilidades e limitações....
    24368 Palavras 98 Páginas
  • Alfabetização: o processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no brasil.
    Martins Guerreiro Régis ALFABETIZAÇÃO: O processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no Brasil. UNAMA BELÉM-PARÁ 2009 Maria Carmélia Martins Guerreiro Régis ALFABETIZAÇÃO: O processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no Brasil. Projeto de pesquisa...
    3453 Palavras 14 Páginas
  • Tcc de alfabetização
    que a criança passará por várias fases do desenvolvimento infantil, descobrindo formas de aprendizagens e os processos da evolução da escrita e da leitura, que a levarão a uma alfabetização plena e satisfatória. O professor tem um papel fundamental no desenvolvimento desta alfabetização e deve reconhecer...
    5505 Palavras 23 Páginas
  • pedagogia ead
    de estudos, Ferreiro revolucionou o meio educacional quando lançou, com Ana Teberosky, o livro “Psicogênese da língua escrita”. Nesse estudo, as autoras descrevem os estágios pelos quais as crianças passam até compreenderem de fato o ato de ler e o ato de escrever. A aquisição da leitura e da escrita...
    319 Palavras 2 Páginas
  • Mini projeto de pesquisa
    ...7 ASSUNTO As dificuldades no processo de ensino e aprendizagem. TEMA As causas da deficiência nos processos de leitura e escrita na classe de alfabetização. PROBLEMATIZAÇÃO * Os professores reconhecem quando é adequado ensinar a pensar em situações de vivência...
    855 Palavras 4 Páginas
  • Avaliação da Leitura e Escrita
    Paiva Ferreira renatalarissa2011@gmail.com 1. INTRODUÇÃO A escola é o principal espaço responsável pelo desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita na criança. Essas ações são indispensáveis para a formação do indivíduo. Para que elas aconteçam de forma satisfatória é necessário um comprometimento...
    3730 Palavras 15 Páginas
  • Balanço social
    Linguagem & Ensino, Vol. 6, No. 1, 2003 (181-222) Resenhas FERREIRO, Emilia. Cultura escrita e educação: conversas de Emilia Ferreiro com José Antonio Castorina, Daniel Goldin e Rosa María Torres. (Trad. Ernani Rosa). Porto Alegre : Artmed, 2001. Resenhado por Cristina Pureza Duarte BOÉSSIO (Universidade...
    11183 Palavras 45 Páginas
  • Fundamentos da alfabetização
    Célestin Freinet dividiu as fases da aquisição da escrita em cinco, através de um método natural feito pela experiência pessoal da criança. Emilia Ferreiro contribuiu mostrando em seus estudos que a alfabetização é um longo processo dividido em cinco níveis, nos quais o aprendiz observa, estabelece relações...
    3943 Palavras 16 Páginas
  • Teorias e métodos de alfabetização: contribuições para a formação do leitor competente
    1 Alfabetização e letramento 3.2 O que diz as legislações educacionais sobre a alfabetização 17 19 20 22 24 26 3.3 O processo de construção da leitura e da escrita partir da teoria construtivista 32 3.4 A desconstrução do construtivismo no processo de alfabetização 4 METODOLOGIA 4.1 A pesquisa 4.2...
    14089 Palavras 57 Páginas
  • 052870310760
    e analisa os métodos, processos e técnicas de alfabetização nas seis últimas décadas e considera que as teorias construtivistas, especialmente a psicogênese da língua escrita, são as que mais amplamente explicam os processos de alfabetização. No entanto, pondera que a compreensão superficial dessa teoria...
    596 Palavras 3 Páginas
  • alfabetizar
    Alfabetizar-Intervir e Avançar nas Hipóteses de Escrita PSICOGÊNESE DA LÍNGUA ESCRITA INTERVIR PARA AVANÇAR Nível Pré-silábico - Intermediário I NESSE NÍVEL O ALUNO PENSA QUE SE ESCREVE COM DESENHOS. AS LETRAS NÃO QUEREM DIZER NADA PARA ELE. A PROFESSORA PEDE QUE ELE ESCREVA...
    3927 Palavras 16 Páginas
  • Aaaaaaaaaaaa
    alfabetização; c) o sujeito estudante permanece preso nas malhas da significação; d) exaustão, tédio e desinteresse, no que concerne à prática da leitura, tão por parte dos educandos quanto por parte dos educadores (método sintético). No que respeita as lacunas e brechas dos métodos analíticos, saliento:...
    905 Palavras 4 Páginas