• SOLUCIONAR DIFICULDADE DE LEITURA, UM DESAFIO
    . REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS FERREIRO, Emília. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários à Prática Educacional. São Paulo: Paz e Terra, 2000. PIAGET, Jean. A Linguagem e o Pensamento da criança...
    1890 Palavras 8 Páginas
  • Alfabetização
    importância da alfabetização nos dias de hoje, conhecendo e analisando o posicionamento de alguns autores em relação a construção da leitura e da escrita; 5 OBJETIVOS ESPECÍFICOS ✓ Pesquisar e conhecer a visão de educação de Piaget, Vygotsky, Emília Ferreiro e Paulo Freire...
    7148 Palavras 29 Páginas
  • Avaliação da Leitura e Escrita
    tenham fundamento, eles são baseados em pesquisas que contribuem ainda hoje, e são usadas como parâmetros para confirmar, ou servir de base para novos estudos. No trabalho que ora se segue, teremos como foco a avaliação dos níveis de leitura e de escrita, baseados nos pressupostos de Emília Ferreiro...
    3730 Palavras 15 Páginas
  • Processo de aprendizagem
    situação de construção da escrita fundamentada nas propostas de Emilia Ferreiro e Piaget. Discutir o tema na sua especificidade mediante testes aplicados aos dois objetos de estudo, estruturar a pesquisa em torno dos processos na visão de teóricos, com práticas em testes para avaliação da escrita e...
    5180 Palavras 21 Páginas
  • Principais educadores
    sofrimento; · Terceiro quando há equilíbrio entre o ambiente e o organismo, nenhum prepondera sobre o outro, não há disputa; neutralidade emocional no comportamento. Emilia Ferreiro Emilia Ferreiro, psicóloga e pesquisadora argentina, radicada no México, fez seu doutorado na...
    1383 Palavras 6 Páginas
  • Psicogenese
    processo histórico do desenvolvimento da escrita e seu desenvolvimento na vida da criança no processo de apropriação do conhecimento da leitura e da escrita. 2.1– A PSICOGÊNESE DA ESCRITA CONFORME AS CONCEPÇÕES DE EMÍLIA FERREIRO No final dos anos 70, entre as tendências didáticas de...
    5181 Palavras 21 Páginas
  • Reflexões sobre alfabetização – capítulo 1 – a representação da linguagem e o processo de alfabetização
    país. Segundo Emilia Ferreiro, a criança pensa, raciocina, inventa, constrói interpretações, sempre buscando compreender a escrita. É dessa observação, que a autora explica que, quando a criança inventa a escrita ela está passando por um processo histórico de construção de um sistema de...
    1546 Palavras 7 Páginas
  • Magisterio
    normativas da ortografia. Bibliografia FERREIRO. Emilia TEBEROSK, Ana Psicogênese da língua escrita. Anexo...
    796 Palavras 4 Páginas
  • Emilia ferrero e ana teberosky
    Segundo Emília Ferreiro e Ana Teberosky, as crianças elaboram conhecimentos sobre a leitura e escrita, passando por diferentes hipóteses – espontâneas e provisórias – até se apropriar de toda a complexidade da língua escrita. Tais hipóteses, baseadas em conhecimentos prévios, assimilações e...
    957 Palavras 4 Páginas
  • Alfabetização: aprender e ensinar
    Emília Ferreiro e Ana Teberosky (2001) o processo de aquisição da leitura e escrita se descreve por estágios pelos quais as crianças passam até compreender o ler e o escrever. O livro Psicogênese da língua escrita representa uma grande revolução conceitual nas referências teóricas com que se trata a...
    14400 Palavras 58 Páginas
  • Pa língua portuguesa
    profissionais da educação de nosso país como uma verdadeira revolução nos conceitos até então conhecidos sobre alfabetização. Emilia Ferreiro publicou em1979 (no Brasil 1985), juntamente com Ana Teberosky, suas pesquisas no livro chamado Psicogênese da língua escrita, essa pesquisa foi realizada...
    4303 Palavras 18 Páginas
  • BRALFA
    de jovens e adultos – A Psicogênese da Língua escrita; As contribuições de Emília Ferreiro e Ana Teberosky para a alfabetização e letramento de jovens e adultos. Práticas de alfabetização linguística (Oficinas para confecção de materiais alusivos à temática: alfabeto móvel, fichas de...
    274 Palavras 2 Páginas
  • Aaaaaaaaaaaa
    tradicionais dão certo com algumas crianças, mas nenhuma delas é eficaz com todas as crianças”. (SMITH, 1999, p. 70). Dando prosseguimento, abordo os estudos de Emília Ferreiro e Ana Teberosky sobre a psicogênese da língua escrita. As investigações das pesquisadoras demonstram a existência de...
    905 Palavras 4 Páginas
  • estudante
    , sobre a orientação da Professora Especialista: Iêda Santos Conceição. Icatu-MA 2013 De acordo com a autora Emília Ferreiro, toda criança passa por níveis estruturais da linguagem escrita até que se aproprie da complexidade do sistema alfabético. A...
    911 Palavras 4 Páginas
  • Alfabetização: uma reflexão sobre os métodos
    próximo estágio. A partir de um recorte teórico, elegemos três pilares nos quais a pesquisa bibliográfica sustentou-se: história da alfabetização, construção da inteligência a partir da teoria de Jean Piaget e uma nova concepção da escrita e leitura segundo Emília Ferreiro. Será apresentado como...
    9780 Palavras 40 Páginas
  • Projeto literatura infantil
    bibliográficas a partir de informações publicadas em livros, artigos de revistas e sites. 2 REFERENCIAL TEÓRICO FERREIRO, Emilia & TEBEROSKY, Ana. A ideia das autoras se baseia em defender a contextualização e significação através das práticas sociais da leitura e da escrita, através de...
    1200 Palavras 5 Páginas
  • alfabetização e letramento
    exerce as práticas sociais que fazem uso da leitura e da escrita. Ao entrar em contrapartida com as concepções já existentes sobre a alfabetização, a Psicogênese da Língua Escrita acaba por apresentar um suporte teórico e também construtivista, no qual o conhecimento aparece como algo a ser produzido...
    1122 Palavras 5 Páginas
  • Sindrome de down
    Emília Ferreiro vem contribuindo significativamente para a elaboração de uma proposta pedagógica construtivista com os estudos sobre a psicogênese da leitura e da escrita. Ressaltando a teoria de Jean Piaget, ela investiga como a criança constrói seu conhecimento de leitura e escrita, isto é, em sua...
    24368 Palavras 98 Páginas
  • Alfabetização de jovens e adultos
    sujeito realiza nos contextos que está inserido. Cada um aprende de uma maneira ou seja o jeito como cada sujeito organiza e significa suas experiências são únicas. No que se refere especificamente á alfabetização de jovens e adultos ,Emília Ferreiro e sua equipe realizaram em 1983 ,uma pesquisa na...
    761 Palavras 4 Páginas
  • letramento
    somente na decodificação de palavras. Estudos realizados por Emilía Ferreiro e Ana Teberosky e intitulados como Psicogênese de Escrita, mostrando que a alfabetização passa a ser vista como uma construção conceitual dentro e fora da sala de aula, em um processo interativo, levando em consideração o...
    844 Palavras 4 Páginas