A Escola E A Divisão Capitalista Do Trabalho artigos e trabalhos de pesquisa

  • ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO

    ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO FUNDAMENTOS DA GESTÃO Texto Norteador KUENZER, A. Z. Trabalho Pedagógico: da fragmentação à unitariedade possível. In: AGUIAR, M. A. S.; FERREIRA, N. S. C. (orgs.). Para onde vão a orientação e a supervisão educacional? Campinas/ SP: Papirus, 2002. OBJETIVO Compreender as positividades e os limites do trabalho pedagógico e ampliar as possibilidades de intervenção; FRAGMENTAÇÃO DO TRABALHO ESCOLAR O trabalho escolar, conforme a forma...

    1081  Palavras | 5  Páginas

  • Althusser - a escola como aparelho ideológico do estado

    ALTHUSSER: A ESCOLA COMO APARELHO IDEOLÓGICO DE ESTADO LINHARES, Luciano Lempek – Mestrando – PUCPR luciano.linhares@hotmail.com MESQUIDA Peri – Mestrado em Educação – PUCPR mesquida.peri@pucpr.br SOUZA, Laertes L. de - PUCPR Souzalaertes@pop.com.br Resumo: O presente artigo desenvolve uma reflexão sobre o tema da escola como aparelho ideológico do estado, segundo o pensamento de Louis Althusser, a partir da obra “Ideologia e Aparelhos Ideológicos de Estado”. Segundo autores, Establet...

    6029  Palavras | 25  Páginas

  • A ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NA PERSPECTIVA DO TRABALHO COLETIVO NA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR

    A ATUAÇÃO DO PEDAGOGO NA PERSPECTIVA DO TRABALHO COLETIVO NA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR1 Leni Terezinha Marcelo Pinzan2 Norma Barbosa Benedito Maccarini3 Profª Ms. Andréa Cristina Martelli4 RESUMO: Este artigo tem por objetivo apresentar uma reflexão sobre a atuação do Pedagogo na perspectiva do trabalho coletivo na organização escolar. Para tanto, embora convictas de que antes de ser um Especialista em Educação o Pedagogo é um Docente, estaremos discutindo o papel do Pedagogo Especialista em suas...

    4313  Palavras | 18  Páginas

  • Divisão Social do Trabalho

    Escola Estadual ( nome da escola) Divisão social do trabalho (Cidade) 2012 Escola Estadual ( nome da escola) Professor orientador: (nome do professor) Divisão social do trabalho Trabalho elaborado pela aluna (nome do aluno) do 1º ano F do Ensino Médio para a disciplina de Sociologia (Cidade) 2012 Sumário Introdução...............................

    1270  Palavras | 6  Páginas

  • Escola classica

    A ESCOLA CLÁSSICA (1776-1871) Os economistas clássicos fizeram a melhor análise do mundo econômico até sua época ultrapassando em muito as análises dos mercantilistas e dos fisiocratas. Lançaram-se os fundamentos da moderna Economia como ciência, e as gerações que se seguiram basearam-se em seus pontos de vista e em suas realizações. Portanto, a preocupação central de todos os autores clássicos é o crescimento econômico a longo prazo e o modo como a distribuição de renda entre...

    11864  Palavras | 48  Páginas

  • a relação entre trabalho e educação no capitalismo

     Jacqueline Paiva de Rezende¹ A RELAÇÃO ENTRE TRABALHO E EDUCAÇÃO NO CAPITALISMO RESUMO O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma reflexão sobre a relação entre trabalho e educação na sociedade baseada na economia capitalista, contextualizando os períodos históricos para compreender a origem da educação e a relação trabalho-educação chegando até sociedade moderna contemporânea. O método utilizado pautou-se em uma revisão bibliográfica dos textos estudados na disciplina...

    2382  Palavras | 10  Páginas

  • A escola do trabalho e o trabalho da escola

    Filosofia da Educação pela pue-sp. Trabalhos publicados: Breve histórico da formação profissional no Brasil (1984), Cenafor; Educação: escola-trabalho (1984), Pioneira; Ensino técnico industrial federal (19H'i). Cenafor; Problemas (Li educação (19H6), Cenafor. Dados de Catalogação na Publicação (CIP) Internacional (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Franco, Luiz Antônio Carvalho. F895e A escola do trabalho e o trabalho da escola I Luiz Antônio Carvalho...

    7667  Palavras | 31  Páginas

  • Conceitos Sobre Trabalho

    Síntese dos conceitos de trabalho dispostos no texto “Conceitos básicos sobre o Trabalho”, de Marise Ramos O ser humano é um ser que possui necessidades de diferentes naturezas, e para satisfazê-las ele trabalha. O trabalho é a projeção consciente de quem trabalha sobre a ação e produto da ação, ou seja, quem trabalha produz algo que se pensou e se planejou antes, característica essa que diferencia o trabalho do ser humano do trabalho dos animais, pois estes produzem e agem de acordo com seus...

    1442  Palavras | 6  Páginas

  • violência na escola

    A escola se encarrega das crianças de todas as classes sociais desde a mais tenra idade, inculcando nelas os saberes contidos da ideologia dominante (a língua materna, a literatura, a matemática, a ciência, a história) ou simplesmente a ideologia dominante em estágio puro (moral, educação cívica, filosofia). Na escola, ou em qualquer ambiente que se pretenda educativo, as idéias dominantes serão aquelas que favoreçam ou atendam os interesses capitalistas. Estando a escola inserida em um contexto...

    769  Palavras | 4  Páginas

  • Trabalho e capital monopolista

    historicamente nunca enfrentou uma ferrenha luta de classes, que sempre se renderam às ordens de seu presidente, sem nada questionar, sem lutar por melhores condições de trabalho, achando que o sistema capitalista fosse a coisa mais natural do mundo. O livro em estudo prova o contrário. Braverman descreve como o sistema capitalista se desenvolveu nos Estados Unidos da forma que vemos hoje, os acontecimentos mundiais que favoreceram esse desenvolvimento e as resistências da classe operária do seu país...

    4248  Palavras | 17  Páginas

  • ESCOLA MARXISTA

    ------A Escola Marxista A escola marxista refere-se à escola de pensamento desenvolvida a partir dos escritos do economista, filósofo e teórico político alemão Karl Marx (1818-1883).   Marx foi o primeiro pensador a criticar veementemente as escolas de pensamento econômico vigentes em sua época em sua mais importante e aclamada obra: O Capital – crítica a economia política.   Nesta obra o autor analisa as escolas de pensamento econômico existes desconstruindo-as com sua contra-argumentação certeira...

    712  Palavras | 3  Páginas

  • A relação entre a sociedade capitalista eo trabalho infantil

    A RELAÇÃO ENTRE O SISTEMA CAPITALISTA E TRABALHO INFANTIL Maria Claudiceia B. dos Santos1 Fundação educacional do baixo São Francisco Dr. Raimundo Marinho - FEBSFDRM Faculdade Raimundo Marinho – FRM RESUMO O presente artigo tem como objetivo discutir a questão do trabalho infantil e as suas diversas manifestações de produção na sociedade capitalista analisar as causas de sua utilização e intensificação durante a revolução industrial e a continuidade do fenômeno na sociedade Contemporânea...

    4749  Palavras | 19  Páginas

  • Resumo Educa O E Trabalho

    Resumo Educação e Trabalho – Aula 1: “O trabalho como príncipio educativo frente as novas tecnologias.” Essa situação tendeu a se alterar a partir da década de 60 com o surgimento da "teoria do capital humano", passando a educação a ser entendida como algo não meramente ornamental mas decisivo para o desenvolvimento econômico. Postula-se, assim, uma estreita ligação entre educação (escola) e trabalho; isto é, considera-se que a educação potencializa trabalho. Essa perspectiva está presente também...

    1291  Palavras | 6  Páginas

  • Educação básica: entre as contradições da pedagogia capitalista e a busca por uma formação para o desenvolvimento humano

    1 EDUCAÇÃO BÁSICA: ENTRE AS CONTRADIÇÕES DA PEDAGOGIA CAPITALISTA E A BUSCA POR UMA FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO HUMANO. Eliete Ramos de Souza1 Aluna do Curso de Especialização em Ensino de Sociologia - UEL E-mail: eliete-ramos@hotmail.com Resumo Neste texto procuramos discutir o papel da educação escolar em nossa sociedade. Julgamos esta análise necessária, porquanto entendemos que a Educação Básica, da forma que se encontra organizada, não é suficiente para garantir a formação do...

    7157  Palavras | 29  Páginas

  • A PRODUTIVIDADE DA ESCOLA IMPRODUTIVA

    Síntese do livro: “ A PRODUTIVIDADE DA ESCOLA IMPRODUTIVA “ de Gaudêncio Frigotto. POR ; Flavia laura Na leitura do livro, “A Produtividade da Escola Improdutiva “de Gaudêncio Frigotto, podemos perceber que trata-se de um estudo obrigatório, nos cursos de formação de professores e especialistas em educação por tratar de interesses em entender o processo de econômico e a educação. No primeiro capítulo o livro reconstitui a lógica interna à teoria do capital humano, pondo em evidência o seu caráter...

    3253  Palavras | 14  Páginas

  • Marx Trabalho No Processo Educativo

    A FUNÇÃO DO TRABALHO NO PROCESSO EDUCATIVO EM MARX Antonio Ruzza Resumo Este texto trata da relação que Marx estabelece entre o trabalho e a educação, partindo da sua concepção filosófica que o primeiro é a marca da humanidade. No projeto de sociedade comunista, Marx vê a possibilidade de um tipo de ensino que, unindo os aspectos intelectual, técnico e físico, permita criar o homem “onilateral”, pelo qual ele possa superar a característica da sociedade capitalista: a alienação, provocada...

    11301  Palavras | 46  Páginas

  • Trabalho De Sociologia

    Escola pública e classes socias em Marx: Alguns apontamentos João Carlos da Silva Educação e classes socias  “Os ideais da escola pública universal gratuita e laica, não são novos. Suas raízes estão ligadas ao passado, mais propriamente ao século XVIII, na França...”  Com a Revolução Francesa e a tomada do poder político pela burguesia, urgia construir um sistema de ensino, voltado para formar os novos homens.., Educação e classes socias  Escola burguesa: liberdade, igualdade em defesa...

    653  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho de economia

    Idade Moderna: teve como característica atividades economicas mercantis. Surge então a primeira escola: o mercantilismo, e seus principios eram de como sustentar o comércio exterior e poupar suas riquezas. Era considerado um governo forte e poderoso se a quantidade de metais preciosos fossem cada vez maior. Idade Contemporânea: foi marcada pelo surgimento de várias escolas do pensamento econômico. * A Escola Fisiocrata era liderada por François Quesnay( economista francês), pregava-se que a terra e...

    754  Palavras | 4  Páginas

  • PROCESSO DE TRABALHO

    tempo retornando aos primórdios. O trabalho é a relação que o homem mantém com a natureza, por meio da qual extrai as propriedades necessárias para a produção e a reprodução social, realizando, assim, as transformações possibilitadas por processos que requerem conhecimento mútuo e se apresentam sob mudança constante. A disciplina abordada tem como objetivo, obter aproximação à docência sob perspectiva histórica, e o entendimento do processo de formação do trabalho pedagógico nesta mesma perspectiva...

    1383  Palavras | 6  Páginas

  • o Trabalho na Sociedade Moderna Capitalista

    O TRABALHO NA SOCIEDADE MODERNA CAPITALISTA CONTEÚDOS: O ser social; Mundodotrabalho; Sociedade; Dimensões do trabalho humano, - Perspectiva histórica das transformações do mundo do trabalho; O trabalho como mercadoria: processo de alienação; Emprego, desemprego e subemprego; O processo de globalização e seu impacto sobre o mundo do trabalho; O impacto das novas tecnologias produtivas e organizacionais no Mundo do trabalho; Qualificação do trabalho e do trabalhador; Perspectivas de inclusão...

    2700  Palavras | 11  Páginas

  • Sociologia do trabalho

    SOCIOLOGIA DO TRABALHO O nascimento da Sociologia e a consolidação do capitalismo no século XIX O nascimento da Sociologia relaciona-se com com o lento processo da passagem do modo de produção feudal para o modo de produção capitalista, através das riquezas (capital) acumuladas nas mãos da burguesia comercial e dos Estados modernos. Século XVIII – 1ª Revolução Industrial: invenção da máquina a vapor e de tecer, momento em que o trabalho mecânico supera o manual. Século XIX – 2ª Rev. Industrial:...

    673  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha - parem de preparar para o trabalho.

    O trabalho se inicia evidenciando o caráter capitalista com que vem sendo tratada a administração de instituições básicas de ensino no Brasil. O conceito de “Gerência de Qualidade Total” que é o que vem sendo aplicado pela administração nas unidades de ensino possui uma concepção de qualidade considerada errônea pelo autor, e muito influenciada pela lógica capitalista. Sendo assim, a métrica da qualidade seria a quantidade de excedentes financeiros acumulados, o que seria um conceito deturpado para...

    510  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho infantil nas carvoarias

    SILVA BULHOES COSTA LORENA VIEIRA LIMA WANESSA KAROLLINE PEREIRA MORAES TRABALHO INFANTIL NAS CARVOARIAS NO ESTADO DO PARÁ. CASTANHAL-PA 2013 FACULDADE DE CASTANHAL – FCAT CURSO DE DIREITO BACHARELADO BIANCA DA COSTA PEREIRA ERIKA PATRICIA NEVES DE JESUS LORENA DA Trabalho apresentado ao curso de bacharelado em Direito, com requisito de avaliação parcial...

    5396  Palavras | 22  Páginas

  • Resenha: braverman, h. trabalho e capital monopolista

    NOVOS HORIZONTES MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO RESENHA: “BRAVERMAN, H. TRABALHO E CAPITAL MONOPILISTA. CAP. 2 A 5” Adriana Dorado Tôrres Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO 1 RESUMO DO TEXTO 2 2 APRECIAÇÃO CRÍTICA 4 1 RESUMO DO TEXTO Capítulo 2 – As origens da gerência O capitalismo industrial começa quando um significado número de trabalhadores é empregado por um único capitalista. Os trabalhadores já estão adestrados nas artes tradicionais da indústria...

    1206  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho como principio educativo

    O TRABALHO COMO PRINCIPIO EDUCATIVO FRENTE AS NOVAS TECNOLOGIAS Dermeval Saviani* O problema das relações entre educação e trabalho tem sido abordado de diferentes maneiras. Em termos gerais, a concepção difusa parece ser aquela que contrapõe de modo excludente educação e trabalho. Considerando-se que na atualidade educação tende a coincidir com escola (esse tema será retomado mais adiante), a tendência dominante é a de situar a educação no âmbito do nãotrabalho. Daí o caráter improdutivo...

    6899  Palavras | 28  Páginas

  • Capitalismo e trabalho

    FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO Capitalismo e Trabalho Resenha do Capítulo “Capitalismo e Trabalho” do Livro “A escola do Trabalho e o Trabalho da Escola” de Luiz Antonio de Carvalho Franco O trabalho tem se constituído um poderoso instrumento de desumanização e embrutecimento do trabalhador.Enquanto a escola de 1° grau estará preparando o aluno para o trabalho a escola de 2° grau está muito mais presente e precisa ser tratada tendo em conta a especificidade desse grau de ensino. No período...

    1100  Palavras | 5  Páginas

  • Escolas Econômicas

    ADMINISTRAÇÃO TEORIA ECONÔMICA Prof. Pedro Anceles ESCOLAS ECONÔMICAS 1. Escola Clássica Como visto na aula anterior a escola clássica em especial a obra de Adam Smith surgiu como produto da primeira revolução industrial, que se iniciou por volta de 1770, na Inglaterra. Essa escola questionava os principais pressupostos do mercantilismo, como a intervenção do estado e a noção de que a riqueza ocorria através do acumulo de metais preciosos, esses escola defendia alguns pontos básicos como: a) o interesse...

    3772  Palavras | 16  Páginas

  • A RELAÇÃO TRABALHO E EDUCAÇÃO NA PEDAGOGIA

    Revista HISTEDBR On-line Artigo A RELAÇÃO TRABALHO E EDUCAÇÃO NA PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA Glademir Alves Trindade glademir.trindade@gmail.com Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFP Célia Regina Vendramini celiavendram@gmail.com Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC RESUMO No projeto educativo em curso na Pedagogia da Alternância, a relação entre trabalho e educação aparece como alternativa para os jovens do campo. Enquanto projeto educativo, consideramos tal articulação...

    8605  Palavras | 35  Páginas

  • Trabalho e capital

    Capítulo 5: Principais efeitos da gerência científica Separação do trabalho mental do trabalho manual (mão e cérebro separam-se / opõem-se). Separação da concepção e execução são divididos entre lugares distintos e de distintos grupos de trabalhadores. Controle na gerência moderna => exige que cada atividade na produção tenha suas diversas atividades paralelas no centro gerencial, ou seja, reproduz-se no papel antes e depois que adquire forma concreta. Concepção e execução apesar de estarem...

    698  Palavras | 3  Páginas

  • Filme tempos modernos - adequação das escolas classica e cientifica

    INTRODUÇÃO Este trabalho tem a finalidade de mostrar alguns dos métodos utilizados pelas escolas clássicas baseados no filme Tempos Modernos. Onde a mecanização do trabalho e a desvalorização do indivíduo enquanto um ser social é nítida em várias cenas do filme. Em determinados momentos do filme torna-se possível perceber a forma negativa como toda essa pressão e cobrança excessiva influenciava a vida dos operários. SUMÁRIO * Relato do Cenário...........................................

    2138  Palavras | 9  Páginas

  • O trabalho na sociedade moderna capitalista, e A questão do trabalho no Brasil

    Trabalho De Sociologia Componentes: Data: 23/07/2013 Disciplina: Sociologia Serie:2 Turma:A Turno: Vespertino TEMA : O trabalho na sociedade moderna capitalista, e A questão do trabalho no Brasil Introdução O trabalho na sociedade moderna capitalista Sociedade capitalista é caracterizada no seu principio mais importante o lucro, e a revolução industrial consolidou a sociedade burguesa liberal capitalista, que tinha como princípios a igualdade...

    2629  Palavras | 11  Páginas

  • O trabalho na socedade

    O TRABALHO NA SOCIEDADE MODERNA CAPITALISTA A crescente divisão do trabalho é uma das características das sociedades modernas. Os autores clássicos Émile Durkheim e Karl Marx, já conhecidos nossos, têm visões diferentes sobre essa questão, e o pensamento de ambos marca perspectivas de análise diversas ainda hoje. Assim, é impor¬tante conhecer essas duas visões para entender melhor a questão do trabalho na vida social moderna. Karl Marx e a divisão social do trabalho Para Karl Marx, a divisão social...

    3623  Palavras | 15  Páginas

  • Acumulação capitalista e questão social

    Rosavallon diz que o Estado deve ser regulador e interventor, garantindo o emprego como segurança (instrumento de justiça), através da forma de trabalho. Para o autor, há uma “nova questão social”, que é pensada perante a crise do Estado Providência europeu, e este, por pouco, não venceu a antiga insegurança social e o medo do futuro. Mas, este Estado Providência entrou em colapso a partir da década de 70, um colapso da utopia da “sociedade livre de necessidades”. Segundo Rosavallon, algumas desigualdades...

    4186  Palavras | 17  Páginas

  • Educação e Trabalho

    Trabalho, Educação e ontologia humana Sabemos que trabalho e educação são atividades especificamente humanas. Isso significa que, rigorosamente falando, apenas o ser humano trabalha e educa. Assim, a pergunta sobre os fundamentos ontológicos do Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos quais são as características do ser humano que lhe permitem realizar as ações de trabalhar e de educar? Ou: o que é que está inscrito no ser do homem que lhe possibilita trabalhar e educar? Perguntas...

    1444  Palavras | 6  Páginas

  • trabalho interdisciplinar, abordagem classica, humanistica e comportamental

    20320-30474000 01841500 SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO administração produção textual interdisciplinar i 02413000 Tangará da Serra 2014 Produção textual interdisciplinar i Trabalho apresentado ao Curso Administração da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Teoria da Administração, Comunicação e Linguagem,Sociologia, Filosofia. Prof. Sebastião de oliveiras Tangará da Serra 2014 Sumário 1Introdução......................................................

    3382  Palavras | 14  Páginas

  • Meus trabalhos

    estratégias políticas derivadas da leitura da obra de Marx e seus continuadores. Introdução: Marx e os problemas educacionais do seu tempo Um pensador como Marx, que tinha uma concepção de conjunto sobre a história humana e sobre o modo de produção capitalista, não pode ser dissociado do militante político que tinha como incumbência a formulação de propostas viáveis para os problemas do momento e que comporiam, por exemplo, as bandeiras de luta da Associação Internacional dos Trabalhadores, do qual foi...

    2314  Palavras | 10  Páginas

  • Escola Clássica - Economia

    grupo dominante e pretende preservar a sociedade. A utopia está com os contestadores e pretende transformar a sociedade. A ESCOLA CLÁSSICA - QUESTÕES 1) Que correntes a escola clássica teve que enfrentar e como respondeu a elas? R: As correntes do pensamento econômico, como Escola Clássica e seu precursor Adam Smith apostava na divisão de trabalho, sendo suas as leis de mercado. No entanto ele não previu a revolução industrial e seu desencadeamento na vida social. 2) Como você...

    2202  Palavras | 9  Páginas

  • marxista x capitalista

    Descrição da atividade Leia, atentamente, o fragmento a seguir, extraído do material didático Sociologia Geral: [...] Com a consolidação do sistema capitalista, a escola passou a ser a tradutora das ideias educacionais necessárias à nova ordem social. A escola propôs-se a um duplo objetivo: preparar os indivíduos para a vida em sociedade e desenvolver suas aptidões pessoais. Para que essa finalidade fosse alcançada, no decorrer dos séculos 18 e 19, surgiu uma estrutura de ensino com muitas...

    656  Palavras | 3  Páginas

  • As 3 Escolas Da Economia

    A escola Marxista A escola marxista refere-se à escola de pensamento desenvolvida a partir dos escritos do economista, filósofo e teórico político alemão Karl Marx (1818-1883). Seu método ficou conhecido como o materialismo histórico dialético.  A escola marxista deu origem aos mais diversos grupos políticos e linhas de pensamento da chamada esquerda no mundo todo e subsidiou o processo revolucionário na Rússia.  Marx foi, de fato, um revolucionário, não via o “escrever teorias” como um fim em...

    1262  Palavras | 6  Páginas

  • CONSIDERAÇÕES ACERCA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO ATUAL CONTEXTO CAPITALISTA: UMA REFLEXÃO SOBRE A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NOS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA – IFET´S.

    CONTEXTO CAPITALISTA: UMA REFLEXÃO SOBRE A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NOS INSTITUTOS FEDERAIS DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA – IFET´S. Autoras: Natália de Souza Castro. UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro Suellen Araújo Souza. UERJ- Universidade do Estado do Rio de Janeiro Orientador: Prof. Dr. Ney Luiz Teixeira de Almeida. Universidade do Estado do Rio de Janeiro Rua São Francisco Xavier, 524 Maracanã, Rio de Janeiro. Tel: 2334-0000 1- A Ontologia do Trabalho e sua...

    4218  Palavras | 17  Páginas

  • TRABALHO, SER SOCIAL, E A POSIÇÃO DA CONAE NO CONTEXTO DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO.

    TRABALHO, SER SOCIAL, E A POSIÇÃO DA CONAE NO CONTEXTO DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO. MACEIÓ 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDU Giovana Tenório da Silva Gomes Maria Madalena Moreira dos Santos TRABALHO, SER SOCIAL, E A POSIÇÃO DA CONAE NO CONTEXTO DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO. Artigo apresentado como requisito para composição parcial da nota referente à disciplina Trabalho e Educação...

    4577  Palavras | 19  Páginas

  • FAMÍLIA E TRABALHO NA REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA AUSÊNCIA DE POLÍTICAS DE EMPREGO E DETERIORAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA

    Sistema de Ensino Presencial Conectado SERVIÇO SOCIAL Rogerio do Rosário ribeiro FAMÍLIA E TRABALHO NA REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA: AUSÊNCIA DE POLÍTICAS DE EMPREGO E DETERIORAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA Sete Lagoas 2014 flAVIANE MARCIA MARTINS FAMÍLIA E TRABALHO NA REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA: AUSÊNCIA DE POLÍTICAS DE EMPREGO E DETERIORAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA Trabalho de Serviço Social apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção...

    2905  Palavras | 12  Páginas

  • A ESCOLA DE FRANKFURT, PENSADORES E INDÚSTRIA CULTURAL

    UNIDADE 2 – A ESCOLA DE FRANKFURT, PENSADORES E INDÚSTRIA CULTURAL Escola de Frankfurt A Escola de Frankfurt desenvolveu-se como mais uma maneira de estudar a sociedade, buscando explicações para as transformações ocorridas na época, principalmente a partir da Revolução Russa de 1917. Max Weber, anteriormente, já verificava que para compreender as ações sociais era de grande importância averiguar o funcionamento da sociedade capitalista. Os indivíduos imbuídos dos...

    1492  Palavras | 6  Páginas

  • Trabalho produtivo e trabalho improdutivo

    capítulos de Karl Marx: Trabalho Produtivo e Trabalho Improdutivo (O Capital. Livro I, capítulo VI) e Mais-Valia Absoluta e Relativa (O Capital, Livro I, v. 2). É um tanto quanto lógico quando ao se ter em mente o fator trabalho, logo relacioná-lo a algo como obrigação. No entanto, mesmo que este já tenha sido considerado um castigo ou uma necessidade para a sobrevivência, o trabalho acaba por integrar a vida humana, seja ele físico ou intelectual. No decorrer dos tempos o trabalho passou por várias...

    954  Palavras | 4  Páginas

  • Memorial Educação, Sociedade e Trabalho

    Docente: Laryssa Figueiredo de Souza Fritzen Módulo 5 – Educação, sociedade e trabalho Unidade 1 - Construção da Lente Sociológica Por volta de 1801 o homem começa a procurar a solução de suas dúvidas, problemas e mistérios por meio da ciência. Com o objetivo de aprofundar o conhecimento da realidade, surgiram dois grandes campos de investigação: 1. As ciências naturais - destinavam-se a pesquisar os fenômenos da natureza; 2. As ciências sociais - estudavam o homem na sociedade, em...

    8595  Palavras | 35  Páginas

  • Trabalho e educação: fundamentos antológicos e históricos- dermeval saviani

    Trabalho e educação: Fundamentos antológicos e históricos DERMEVAL SAVIANI, doutor em filosofia da educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e livre-docente em história da educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), é professor emérito da Faculdade de Educação da UNICAMP e coordenador geral do Grupo de Estudos e Pesquisas "História, Sociedade e Educação no Brasil" (HISTEDBR). Publicou grande número de livros, capítulos de livros e artigos em revistas nacionais...

    3192  Palavras | 13  Páginas

  • Trabalhos

    Arquivo de Serviço Social As formas de enfrentamento da questão social:Nas décadas de 30 e 40 Posted in As formas de enfrentamento da questão social. Nas déc with tags Ação Social, assistencialista, capitalistas, classe proletária, ditadura militar, Escolas, Estado, Estado intervencionista, Estado liberal, Estado moderno, Igreja Católica, LBA, Loas, missão, prática profissional, Questão Sociais, Serviço Social, trabalhadores on 20 Junho, 2008 by nusocial [pic]Esse texto visa fazer uma abordagem...

    2889  Palavras | 12  Páginas

  • Fichamento Fichamento: Escola e Democracia

    Fichamento: Escola e Democracia Disciplina: Metodologia da pesquisa Acadêmica: Suzana Martins Fichamento Escola e Democracia SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre a educação política. 19.ª ed. Vol. 5. Campinas, São Paulo: Autores Associados: Cortez,1987. 96 p. (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo). O livro Escola e Democracia...

    2814  Palavras | 12  Páginas

  • trabalho de sociologia

     ESCOLA ESTADUAL RAUL TEIXEIRA DA COSTA BRENET KELVIN FERREIRA GRIGORIO Número: 05 TURMA: 1005 TRABALHO DE SOCIOLOGIA SANTA LUZIA: 15 de dezembro de 2014 “ O Amor,para durar,tem de ser também confiança,também estima, isto é,deve adquirir algumas da propriedade da Amizade.” Francesco Alberoni “ O Amor,para durar,tem de ser também confiança,também estima, isto é,deve adquirir algumas da propriedade da Amizade.” Francesco Alberoni “Até na pessoa...

    3966  Palavras | 16  Páginas

  • Resumo do texto: Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. de Dermeval Saviani.

    RESUMO: Logo no início da leitura percebemos que o estudo caracteriza, em linhas gerais, os fundamentos histórico-ontológicos da relação entre trabalho e educação que, nas suas origens, se manifestava na forma de plena identidade. Podemos dizer que trabalho e educação são atividades especificamente humanas. O autor estabelece o papel do homem neste viés: Na definição de homem mais difundida (animal racional), o atributo essencial é dado pela racionalidade, consoante o significado clássico de definição...

    1604  Palavras | 7  Páginas

  • Escolas do pensamento econômico

    Principais escolas ou teorias: mercantilismo, fisiocracia, economia clássica, marxismo, economia neoclássica e escola keynesiana. 1. Mercantilismo • Conjunto de princípios que orienta a economia dos Estados europeus • Contexto de expansão comercial entre os séculos XV e XVII. • Teóricos: o Thomas Mun (1571-1641) o Josiah Child (1630-1699) o Barthélemy de Laffemas (1545-1612) o Jean-Baptiste Colbert (1619-1683) o Antoine de Montchrestien (1575-1621) • Teses: o Riqueza provém de reservas...

    1477  Palavras | 6  Páginas

  • TRABALHO DE SOCIOLOGIA SOBRE DURKHEIM

    TRABALHO DE SOCIOLOGIA 1) Qual a contribuição de Durkheim para a sociologia? 1º contribuição: Estabelecer regras do "método sociológico", ciência - objeto - "Fato Social + Método". 2º contribuição: Estabelecer normas que justifiquem a manutenção da sociedade capitalista, "Coesão Social - Ordem Social. 2) Segundo Durkheim, qual é o objeto de estudo da sociologia? Para Durkheim o objeto de estudo é o "Fato Social"- que é toda a maneira de fazer, fixa ou não, suscetível de exercer sobreo individuo...

    791  Palavras | 4  Páginas

  • Construção histórica da psicologia organizacional e do trabalho

    Trajetória da Psicologia Organizacional e do Trabalho com análise crítica. Thaís Franco Pereira Universidade Estadual de Maringá Fundamentos Teóricos e Filosóficos da Psicologia no Contexto do Trabalho Abril de 2007 Turma 2 Maringá – Paraná 2008 INTRODUÇÃO ...

    3160  Palavras | 13  Páginas

  • Trabalho

    MELLO ESCOLAS DE PENSADORES ECONÔMICOS: MERCANTILISTAS, FISOCRATAS E ESCOLA CLÁSSICA SANTO ÂNGELO 201 NAGIELLY CIGANA MELLO Trabalho de avaliação do curso para cumprimento parcial das exigências do Curso de Direito e Engenharia Mecânica da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai. Orientador. FABIO CÉSAR JUNGES SANTO ÂNGELO 2013 NAGIELLY CIGANA MELLO ESCOLAS DE PENSADORES ECONÔMICOS: MERCANTILISTAS, FISOCRATAS E ESCOLA CLÁSSICA Trabalho de avaliação...

    1921  Palavras | 8  Páginas

  • Divisão do trabalho - fisiocracia

    Divisão do Trabalho Adam Smith e David Ricardo deram início à Escola Clássica e propondo grandes alterações ao que havia sido exposto até então pelos fisiocratas e mercantilistas. Ambos surgiram explicando teorias até então nunca abordadas, como a teoria do valor, teoria do lucro, dentre outras alterações. Smith e Ricardo foram dois dos maiores pensadores já vistos pela economia moderna, ao lado de outros grandes estudiosos que surgiram posteriormente. Suas teorias são dignas de profundas análises...

    516  Palavras | 3  Páginas

  • Educação no contexto da crise capitalista contemporânea

    EDUCAÇÃO NO CONTEXTO DA CRISE CAPITALISTA CONTEMPORÂNEA Introdução Este trabalho analisa a Educação no contexto da crise capitalista contemporânea, na qual a educação e os processos sociais de reprodução estão intimamente ligados. Consequentemente, uma reformulação significativa da educação é inconcebível sem a correspondente transformação do quadro social. Para nós pedagogos em formação, a educação é a base da sociedade, partindo disto faremos um resgate das últimas décadas de crise com...

    2032  Palavras | 9  Páginas

  • O TRABALHO DOCENTE NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA

    DE PEDAGOGIA Alane Maria Francelino de Almeida Santos Mayara Siqueira de Melo O TRABALHO DOCENTE NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA Maceió 2013 Alane Maria Francelino de Almeida Santos Mayara Siqueira de Melo O TRABALHO DOCENTE NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA Artigo apresentado á disciplina Trabalho e Educação do curso de pedagogia da Universidade Federal de Alagoas, com requisito parcial de avaliação...

    4115  Palavras | 17  Páginas

  • A improdutividade da escola improdutiva

    POLÍTICA EDUCACIONAL JORGE O. DOS SANTOS A PRODUTIVIDADE DA ESCOLA IMPRODUTIVAGAUDÊNCIO FRIGOTTO | Aluna: LUZIA CRISTINA CARLOS DE OLIVEIRA Rio de Janeiro/2011 A PRODUTIVIDADE DA ESCOLA IMPRODUTIVA Introdução Este trabalho tem como finalidade apresentar as idéias de Gaudêncio Frigotto no que tange a formação do capital humano geradora da macroeconomia e das microeconomias fomentadas pelas ideologias capitalistas dominadoras. Apresenta em sua primeira parte “A educação como capital...

    1666  Palavras | 7  Páginas

  • Escola de frankfurt

    A Escola de Frankfurt Escrito por Editoria MSM | 27 Maio 2007 em http://www.midiasemmascara.org/arquivos/6083-a-escola-de-frankfurt.html Por Ipojuca Pontes. Cineasta, jornalista, e autor de livros como A Era Lula, Cultura e Desenvolvimento e Politicamente Corretíssimos. Também é conferencista e foi Secretário Nacional da Cultura. O pensamento da Escola de Frankfurt perpetua, no plano cultural, a gororoba revolucionária de Marx, sob a capa do aprofundamento de uma nova visão crítica. Quando o...

    966  Palavras | 4  Páginas

  • As Escolas Econ Micas

    As Escolas Econômicas Disciplina: Fundamentos da Economia Prof.: Ruth Pinto Silva O mercantilismo   O pensamento mercantil desenvolveu-se entre a Idade Média e o período do liberalismo econômico. Nesse sentido o mercantilismo pode ser datado, aproximadamente, entre os anos de 1500 a 1776, variando entre diferentes países e regiões. Período de transição entre um feudalismo avançado nas atividades comerciais, mas com uma base forte na agricultura, para um sistema capitalista voltado para o crescimento...

    826  Palavras | 4  Páginas

tracking img