• A ORIGEM DA POLITICA
    , contrato social, Estado Civil 3º anos filosofia II UNIDADE: Thomas Hobbes, John Locke e Rousseau: Estado de Natureza, contrato social, Estado Civil Nota | Publicado em maio 15, 2013 por fsetemac Princípios contratualistas de Thomas Hobbes, John LockeJean Jacques Rousseau 1. A concepção de Hobbes...
    5062 Palavras 21 Páginas
  • Os contratualisatas
    natureza que fundamenta a necessidade do Estado e, de certa forma, define o principal serviço que este deve prestar a sociedade. Contudo, há também grandes diferenças. Agora, iremos ver as semelhanças e diferenças existentes entre as teorias de Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau...
    801 Palavras 4 Páginas
  • Diferenças entre Hobbes e Rousseau
    . Estas teorias tornaram-se conhecidas a partir das obras de Thomas Hobbes (1588-1679), John Locke (1632-1704) e Jean-Jacques Rousseau (1712-1778).  Para Thomas Hobbes, a humanidade, antes de criar a vida em sociedade, vivia em anarquia e violência, no chamado estado de natureza, no qual inexistia...
    643 Palavras 3 Páginas
  • letras
    . São eles, Thomas Hobbes, John Locke e Jean Jacque Rousseau, que dedicaram seus estudos à política, nos deixando importantes conceitos e reflexões sobre esse campo de nossas sociedades. Thomas Hobbes Para Hobbes, a concepção de Estado se liga à ideia de que os homens não vivem em cooperação...
    932 Palavras 4 Páginas
  • Os classicos
    sociedade civil serão apresentados de forma sintética. Os contratualistas, Thomas Hobbes, John Locke e Jean Jacques Rousseau, acreditavam que o Estado teria surgido através de um contrato onde os homens estabeleceram regras para o convívio social e subordinação política. Anterior à origem desse...
    738 Palavras 3 Páginas
  • letras
    . São eles, Thomas Hobbes, John Locke e Jean Jacque Rousseau, que dedicaram seus estudos à política, nos deixando importantes conceitos e reflexões sobre esse campo de nossas sociedades. Thomas Hobbes Para Hobbes, a concepção de Estado se liga à ideia de que os homens não vivem em cooperação...
    932 Palavras 4 Páginas
  • Quem foi thomas robbies
    THOMAS HOBBES Thomas Hobbes foi teórico político, filósofo e matemático inglês. Sua obra mais evidente é "Leviatã", cuja ideia central era a defesa do absolutismo e a elaboração da tese do contrato social. Hobbes viveu na mesma época que outro teórico político, John Locke, que era defensor...
    1035 Palavras 5 Páginas
  • Contrato social
    governados. Sendo Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau os mais conhecidos filósofos contratualistas. Para Hobbes e Rousseau, o conceito de estado de natureza, tem a função de explicar a situação pré-social na qual os indivíduos existem isoladamente. Na concepção de Hobbes, os...
    1409 Palavras 6 Páginas
  • Thomas Hobbes
    idéias e concepções de Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau, perscrutando, sobretudo, as peculiaridades de cada autor à luz do contratualismo e da formação do Estado.  Palavras-chave: Jusnaturalismo;Thomas HobbesJohn Locke; Jean-Jacques Rousseau.  Abstract: This present work has the...
    7755 Palavras 32 Páginas
  • Sociologia
    religiosa. Daí a temática recorrente do contrato social dos filósofos Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau. Os filósofos contratualistas partiam da hipótese do estado de natureza, em que o indivíduo viveria como dono exclusivo de si e dos seus poderes. Esses pensadores queriam...
    2276 Palavras 10 Páginas
  • Estado
    Hobbes e Jean-Jacques Rousseau, a propriedade privada não é um direito natural, e sim civil. Podemos dizer então que, mesmo no Estado de Natureza (em Hobbes) e no estado de sociedade (em Rousseau) se os indivíduos tomarem posse de terras e bens, essa posse é o mesmo que nada, pois não existem leis...
    1978 Palavras 8 Páginas
  • Rosseau x locke
    Comparativo entre os pensamentos de Thomas Hobbes (1588-1679), J.J. Rousseau (1712-1778) e John Locke (1632-1704). Por Anderson V, Teixeira( Embora o objeto do presente estudo seja a doutrina hobbesiana, consoante o fato de Rousseau e Locke, ao lado de Hobbes, serem marcos fundamentais no...
    5324 Palavras 22 Páginas
  • Sociologia
    Os principais jusnaturalistas modernos, Thomas Hobbes, John Locke e Jean Jacques Rousseau, também chamados de contratualistas, fazem parte de uma doutrina que reconhece o "direito natural" (ius naturale) e a necessidade de um Estado natural por parte dos homens. Porém, as idéias desses filósofos...
    586 Palavras 3 Páginas
  • Concepçoes Classicas de Origem e Formação do Estado
    NOBREGA POLIANE DE ALENCAR HOLANDA THALITA SILVA ALEXANDRE “CONCEPÇÕES CLÁSSICAS DA ORIGEM E FORMAÇÃO DO ESTADO: Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau”. MAQUIAVEL: vida e obra. João Pessoa, PB. 2013 ANA CAROLLINE DE SOUZA GOMES. ANA PAULA CORDEIRO ERNESTO...
    3823 Palavras 16 Páginas
  • Contratualistas: thomas hobbes, john locke e jean-jacques rousseau
    Estado natural por parte dos homens. Porém, as idéias desses filósofos, apesar de terem pontos de concordância, se diferem em alguns aspectos. Os contratualistas, Thomas Hobbes, John Locke e Jean Jacques Rousseau, acreditavam que o Estado teria surgido através de um contrato onde os homens...
    4761 Palavras 20 Páginas
  • Contratualistas
    de Hobbes, Locke e Rousseau. Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau. Três pensadores – uma convicção: o contrato social é a única alternativa para garantir a paz e a segurança dos indivíduos dentro de uma nova ordem social estabelecida. Cada um, de acordo com o momento histórico em...
    2563 Palavras 11 Páginas
  • direito
    concepções de Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau, perscrutando, sobretudo, as peculiaridades de cada autor à luz do contratualismo e da formação do Estado.  Palavras-chave: Jusnaturalismo;Thomas HobbesJohn Locke; Jean-Jacques Rousseau.  Abstract: This present work has the aim to...
    6235 Palavras 25 Páginas
  • Teoria do estado i: “guerra contratual”: o(s) contrato(s) social e o jusnaturalismo
    ), John Locke (1689) e Jean-Jacques Rousseau (1762) são os mais famosos filósofos do contratualismo. Teóricos do contrato social, como Hobbes e Locke, postulavam um "estado de natureza" original em que não haveria nenhuma autoridade política e argumentavam que era do interesse de cada indivíduo entrar...
    1781 Palavras 8 Páginas
  • Trabalho de filosofia
    ), John Locke (1689) e Jean-Jacques Rousseau (1762) são os mais famosos filósofos do contratualismo. Locke rejeitava a doutrina das ideias inatas e afirmava que todas as nossas ideias tinham origem no que era percebido pelos sentidos. Escreveu o Ensaio acerca do Entendimento Humano, onde desenvolve...
    1534 Palavras 7 Páginas
  • Soberania
    democráticas, que conferem ao povo ou à nação o poder soberano. Estas teorias tornaram-se conhecidas a partir das obras de Thomas Hobbes (1588-1679), John Locke (1632-1704) e Jean-Jacques Rousseau (1712-1778). Para Thomas Hobbes, a humanidade, antes de criar a vida em sociedade, vivia em anarquia e...
    735 Palavras 3 Páginas